12046
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Ciências > 9º ano > Vida e Evolução

Plano de aula - Conhecimentos sobre teorias evolutivas

Plano de Aula de ciências com atividades para 9º Ano do EF sobre teorias evolutivas

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Clara Nery da Silva

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta aula representa a segunda etapa de uma sequência de aulas sobre a temática das teorias evolutivas, iniciada com o plano CIE9_10VE01. Você observará que a habilidade será contemplada em sua totalidade ao longo de todas as aulas. Esta aula é o primeiro contato dos alunos com as ideias evolucionistas de Lamarck e de Darwin.

Materiais necessários para a aula: Folhas impressas das atividades, cartolinas e folhas sulfites coloridas, post its coloridos, tesouras, cola e projetor (Data Show), caso tenha disponível em sua escola.

Título da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Leia o tema da aula com os alunos e comente que eles farão uma atividade em que observarão lagartixas existentes no Cerrado brasileiro. Suas pesquisas e estudos serão para compreender melhor a evolução desses répteis.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Inicie a aula com os alunos organizados em um semicírculo. Em seguida, comece a falar sobre o assunto dessa aula, que são as lagartixas do Cerrado. Você pode pedir que eles pesquisem previamente as características do Cerrado para apresentarem na aula de hoje, ou ainda, estimular um trabalho interdisciplinar com o professor de Geografia, por exemplo. Caso esteja usando um projetor, projete a imagem para que eles vejam uma paisagem do Cerrado, bem como a notícia que será usada nessa aula (ou registre as informações no quadro e leve as imagens impressas para apresentar aos alunos). A partir disso, provoque reflexões a partir de questionamentos, como: O que mais chama atenção quando vocês observam a paisagem do Cerrado? E quando vocês observam essa manchete de jornal?

Juntamente às respostas dos alunos, comente que o Cerrado é um local de grande biodiversidade e por isso ele é bastante estudado por alguns cientistas, como os biólogos, que estudam os seres vivos e seus ambientes. Para mais informações sobre o assunto, você pode consultar a notícia disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2017/09/1916731-hidreletrica-provocou-adaptacoes-evolutivas-em-lagartixas-do-cerrado.shtml.

Atenção: a pesquisa científica que deu origem à essa reportagem pode ser consultada no link: http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/19232/1/2015_MarianaEloydeAmorim.pdf. A espécie investigada pela pesquisadora é um lagarto do cerrado (Gymnodactylus amarali). A reportagem classifica o animal como lagartixa. O nome popular pode mudar de região para região, então, se achar relevante, você poderá abordar esse assunto nesse momento da aula.

Questão disparadora select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Com os alunos ainda organizados em semicírculo peça que se imaginem como biólogos estudando lagartixas do Cerrado. Explique que houve algum tipo de alteração nesse local e as lagartixas mudaram em um curto período de tempo (a manchete indica evolução “relâmpago”). Leia então a questão disparadora. Deixe que os alunos compartilhem suas opiniões sobre o tema e o levantamento de hipóteses para explicar a questão (O que pode ter ocorrido? Como ocorreu? Em quanto tempo ocorreu? Quais características mudaram?). Não se preocupe em responder aos questionamentos trazidos, mas em estimular os alunos a pensarem sobre o tema.

Mão na massa select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: A sugestão é que esse momento leve cerca de 13 minutos. Organize os alunos em trios ou quartetos estabelecendo que um dos alunos deve ficar responsável por registrar a explicação do seu grupo, que será compartilhada em um momento posterior. Explique a atividade usando o slide projetado (ou registrando no quadro) e leia as orientações para eles. Você pode imprimir as indicações e materiais para essa momento que estão disponíveis aqui.

Caso você não possua uma impressora, você pode ler a notícia para os grupos e escrever as informações das cartas em uma cartolina ou mesmo registrá-las no quadro, indicando qual grupo deverá se atentar a cada uma delas. Você deverá circular entre os grupos, auxiliando na construção e desenvolvimento das explicações. Para finalizar, os alunos podem produzir pequenas tarjetas (usando pedaços coloridos de papel ou post its) com suas explicações que serão coladas em cartolinas para apresentação para toda a turma.

Materiais necessários: folhas impressas com a notícia e as cartas, cartolinas, folhas sulfites coloridas ou post its coloridos, tesoura e cola.

Mão na massa select-down

Slide Plano Aula

Orientações: A sugestão de tempo para esse momento é de cerca de 12 minutos. Peça para que dois grupos compartilhem os registros uns com os outros. É importante que os dois grupos que vão interagir tenham recebido cartas diferentes. Circule pela sala e observe como os alunos interagem e como cada grupo consegue contribuir com o trabalho do outro. Intervenha quando eles não conseguirem interagir de forma construtiva, indicando soluções e fazendo questionamentos que possam auxiliar no encontro de concordâncias e divergências entre as ideias de cada grupo. Você pode estipular com os alunos um modo de organização do tempo, dividindo o momento de apresentações e o momento de contribuições entre eles. Ajude a marcar esse tempo, indicando-o no quadro, por exemplo. Caso você esteja usando projeção de imagens e tenha acesso à internet, poderá usar também o cronômetro on line disponível no link https://relogioonline.com.br/cronometro/.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: Para este momento sugere-se o tempo de 6 minutos. Após o término do tempo estipulado para as partilhas, você deve fazer uma sistematização das possíveis explicações para o porquê das mudanças no corpo e no hábito das lagartixas apresentadas na notícia, como está ilustrado no mapa conceitual. Essas explicações devem estar ligadas a processos evolutivos, que levam a construção de teorias evolutivas. Uma teoria afirmava que mudanças são intencionais entre os seres vivos; ou seja, que a evolução depende da capacidade do indivíduo em se transformar para sobreviver nesse local (essas são as ideias evolutivas associadas ao pesquisador chamado Jean Baptiste Lamarck). As teorias de Lamarck foram importantes para os estudos evolutivos, mas já não são mais aceitas. Agora, aceitam-se as teorias que afirmam que a evolução acontece ao acaso (sem uma intencionalidade por parte dos seres vivos) e é o ambiente que vai “facilitar ou dificultar” a sobrevivência dos organismos, dependendo das características que eles possuem (essas são as ideias evolutivas associadas ao pesquisador chamado Charles Darwin), selecionando os indivíduos mais aptos a sobreviver neste ambiente. Assim, as teorias evolutivas vão sendo construídas dentro de um contexto histórico. A teoria darwinista, por exemplo, foi sendo aprimorada com o passar do tempo (nomeada de Teoria Moderna da Evolução), pois ela agora inclui elementos da genética, que foram e vêm sendo descobertos. Desta forma, essa teoria tem se consolidado e se fortalecido a cada nova descoberta da Ciência, pois novas descobertas e evidências têm mostrado que Darwin estava certo ao propor que os grupos de organismos mudam (evoluem) ao longo do tempo e que a biodiversidade atual é produto dessa mudança. As novas descobertas têm permitido uma maior compreensão de como essas mudanças ocorrem e quais fatores contribuem para que ocorram (áreas como a Biologia Molecular, a Anatomia Comparada, a Paleontologia e a Bioquímica têm colaborado nesses estudos). Dê um tempo aos alunos para registrarem o mapa conceitual no caderno, completando-o e indicando para eles as explicações relacionadas às ideias de Lamarck e de Darwin.

Para saber mais sobre o assunto da notícia, sugere-se a leitura das páginas vii, 1, 2, 30 e 31 do trabalho: AMORIM, M. E. Insularização do Cerrado: comunidade de lagartos e respostas adaptativas de Gymnodactylus amarali em ilhas artificiais no reservatório da UHE Serra da Mesa. 2015. 94 p. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) – Universidade de Brasília, Departamento de Engenharia Florestal, 2015. (Disponível em: http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/19232/1/2015_MarianaEloydeAmorim.pdf)

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Para este momento sugere-se o tempo de 6 minutos. Indique aos alunos que os conhecimentos das teorias evolutivas dependem de estudos e “provas” (evidências evolutivas), como os fósseis ou as comparações entre espécies ainda existentes, sendo cientificamente embasados. Com novas descobertas os pesquisadores podem propor teorias novas. Retome com eles o que foi estudado na aula anterior (plano CIE9_10VE01), sobre as mudanças que podem ser observadas em aves - e como elas estão ligadas a processos evolutivos que dependem de fatores como diferentes ambientes, nos quais as barreiras geográficas podem levar ao aparecimento de diferentes ilhas - ao longo dos processos evolutivos, assim originando aves com bicos adaptados a diferentes alimentos. Pode-se observar também penas com cores diferentes, que podem facilitar a camuflagem em ambientes diversos, por exemplo. Os alunos devem compreender que as teorias evolutivas não são estáticas e nem imutáveis e que, normalmente, para que os processos evolutivos possam ser percebidos é necessário que as mudanças se mantenham ao longo de muitas gerações de uma mesma população. Tente questionar os alunos sobre qual tipo de teoria parece fazer mais sentido para eles, indicando, por exemplo, que eles tentem trazer elementos que sustentem suas ideias e explicações à questão disparadora e ao que foi discutido na etapa Mão na massa. Indique também que essas observações e teorias serão estudadas em mais detalhes nas próximas aulas. Você pode encontrar mais informações sobre a Teoria Evolutiva de Darwin e seus principais conceitos (relações de parentesco, adaptação e seleção natural) no vídeo “Entendendo a evolução das espécies” disponível no link https://www.youtube.com/watch?v=caypO4YJWp0 (Destaca-se a importância de não confundir o termo “família” usado no vídeo para facilitar a compreensão das evidências evolutivas, com o termo “família” empregado na classificação biológica (taxonomia). Caso você opte por usar este vídeo com os alunos, deve ser importante fazer esta diferenciação).

Lembre-se de deixar um tempo da aula disponível para a reorganização da sala.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta aula representa a segunda etapa de uma sequência de aulas sobre a temática das teorias evolutivas, iniciada com o plano CIE9_10VE01. Você observará que a habilidade será contemplada em sua totalidade ao longo de todas as aulas. Esta aula é o primeiro contato dos alunos com as ideias evolucionistas de Lamarck e de Darwin.

Materiais necessários para a aula: Folhas impressas das atividades, cartolinas e folhas sulfites coloridas, post its coloridos, tesouras, cola e projetor (Data Show), caso tenha disponível em sua escola.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Leia o tema da aula com os alunos e comente que eles farão uma atividade em que observarão lagartixas existentes no Cerrado brasileiro. Suas pesquisas e estudos serão para compreender melhor a evolução desses répteis.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Inicie a aula com os alunos organizados em um semicírculo. Em seguida, comece a falar sobre o assunto dessa aula, que são as lagartixas do Cerrado. Você pode pedir que eles pesquisem previamente as características do Cerrado para apresentarem na aula de hoje, ou ainda, estimular um trabalho interdisciplinar com o professor de Geografia, por exemplo. Caso esteja usando um projetor, projete a imagem para que eles vejam uma paisagem do Cerrado, bem como a notícia que será usada nessa aula (ou registre as informações no quadro e leve as imagens impressas para apresentar aos alunos). A partir disso, provoque reflexões a partir de questionamentos, como: O que mais chama atenção quando vocês observam a paisagem do Cerrado? E quando vocês observam essa manchete de jornal?

Juntamente às respostas dos alunos, comente que o Cerrado é um local de grande biodiversidade e por isso ele é bastante estudado por alguns cientistas, como os biólogos, que estudam os seres vivos e seus ambientes. Para mais informações sobre o assunto, você pode consultar a notícia disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2017/09/1916731-hidreletrica-provocou-adaptacoes-evolutivas-em-lagartixas-do-cerrado.shtml.

Atenção: a pesquisa científica que deu origem à essa reportagem pode ser consultada no link: http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/19232/1/2015_MarianaEloydeAmorim.pdf. A espécie investigada pela pesquisadora é um lagarto do cerrado (Gymnodactylus amarali). A reportagem classifica o animal como lagartixa. O nome popular pode mudar de região para região, então, se achar relevante, você poderá abordar esse assunto nesse momento da aula.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Com os alunos ainda organizados em semicírculo peça que se imaginem como biólogos estudando lagartixas do Cerrado. Explique que houve algum tipo de alteração nesse local e as lagartixas mudaram em um curto período de tempo (a manchete indica evolução “relâmpago”). Leia então a questão disparadora. Deixe que os alunos compartilhem suas opiniões sobre o tema e o levantamento de hipóteses para explicar a questão (O que pode ter ocorrido? Como ocorreu? Em quanto tempo ocorreu? Quais características mudaram?). Não se preocupe em responder aos questionamentos trazidos, mas em estimular os alunos a pensarem sobre o tema.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: A sugestão é que esse momento leve cerca de 13 minutos. Organize os alunos em trios ou quartetos estabelecendo que um dos alunos deve ficar responsável por registrar a explicação do seu grupo, que será compartilhada em um momento posterior. Explique a atividade usando o slide projetado (ou registrando no quadro) e leia as orientações para eles. Você pode imprimir as indicações e materiais para essa momento que estão disponíveis aqui.

Caso você não possua uma impressora, você pode ler a notícia para os grupos e escrever as informações das cartas em uma cartolina ou mesmo registrá-las no quadro, indicando qual grupo deverá se atentar a cada uma delas. Você deverá circular entre os grupos, auxiliando na construção e desenvolvimento das explicações. Para finalizar, os alunos podem produzir pequenas tarjetas (usando pedaços coloridos de papel ou post its) com suas explicações que serão coladas em cartolinas para apresentação para toda a turma.

Materiais necessários: folhas impressas com a notícia e as cartas, cartolinas, folhas sulfites coloridas ou post its coloridos, tesoura e cola.

Slide Plano Aula

Orientações: A sugestão de tempo para esse momento é de cerca de 12 minutos. Peça para que dois grupos compartilhem os registros uns com os outros. É importante que os dois grupos que vão interagir tenham recebido cartas diferentes. Circule pela sala e observe como os alunos interagem e como cada grupo consegue contribuir com o trabalho do outro. Intervenha quando eles não conseguirem interagir de forma construtiva, indicando soluções e fazendo questionamentos que possam auxiliar no encontro de concordâncias e divergências entre as ideias de cada grupo. Você pode estipular com os alunos um modo de organização do tempo, dividindo o momento de apresentações e o momento de contribuições entre eles. Ajude a marcar esse tempo, indicando-o no quadro, por exemplo. Caso você esteja usando projeção de imagens e tenha acesso à internet, poderá usar também o cronômetro on line disponível no link https://relogioonline.com.br/cronometro/.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: Para este momento sugere-se o tempo de 6 minutos. Após o término do tempo estipulado para as partilhas, você deve fazer uma sistematização das possíveis explicações para o porquê das mudanças no corpo e no hábito das lagartixas apresentadas na notícia, como está ilustrado no mapa conceitual. Essas explicações devem estar ligadas a processos evolutivos, que levam a construção de teorias evolutivas. Uma teoria afirmava que mudanças são intencionais entre os seres vivos; ou seja, que a evolução depende da capacidade do indivíduo em se transformar para sobreviver nesse local (essas são as ideias evolutivas associadas ao pesquisador chamado Jean Baptiste Lamarck). As teorias de Lamarck foram importantes para os estudos evolutivos, mas já não são mais aceitas. Agora, aceitam-se as teorias que afirmam que a evolução acontece ao acaso (sem uma intencionalidade por parte dos seres vivos) e é o ambiente que vai “facilitar ou dificultar” a sobrevivência dos organismos, dependendo das características que eles possuem (essas são as ideias evolutivas associadas ao pesquisador chamado Charles Darwin), selecionando os indivíduos mais aptos a sobreviver neste ambiente. Assim, as teorias evolutivas vão sendo construídas dentro de um contexto histórico. A teoria darwinista, por exemplo, foi sendo aprimorada com o passar do tempo (nomeada de Teoria Moderna da Evolução), pois ela agora inclui elementos da genética, que foram e vêm sendo descobertos. Desta forma, essa teoria tem se consolidado e se fortalecido a cada nova descoberta da Ciência, pois novas descobertas e evidências têm mostrado que Darwin estava certo ao propor que os grupos de organismos mudam (evoluem) ao longo do tempo e que a biodiversidade atual é produto dessa mudança. As novas descobertas têm permitido uma maior compreensão de como essas mudanças ocorrem e quais fatores contribuem para que ocorram (áreas como a Biologia Molecular, a Anatomia Comparada, a Paleontologia e a Bioquímica têm colaborado nesses estudos). Dê um tempo aos alunos para registrarem o mapa conceitual no caderno, completando-o e indicando para eles as explicações relacionadas às ideias de Lamarck e de Darwin.

Para saber mais sobre o assunto da notícia, sugere-se a leitura das páginas vii, 1, 2, 30 e 31 do trabalho: AMORIM, M. E. Insularização do Cerrado: comunidade de lagartos e respostas adaptativas de Gymnodactylus amarali em ilhas artificiais no reservatório da UHE Serra da Mesa. 2015. 94 p. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) – Universidade de Brasília, Departamento de Engenharia Florestal, 2015. (Disponível em: http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/19232/1/2015_MarianaEloydeAmorim.pdf)

Slide Plano Aula

Orientações: Para este momento sugere-se o tempo de 6 minutos. Indique aos alunos que os conhecimentos das teorias evolutivas dependem de estudos e “provas” (evidências evolutivas), como os fósseis ou as comparações entre espécies ainda existentes, sendo cientificamente embasados. Com novas descobertas os pesquisadores podem propor teorias novas. Retome com eles o que foi estudado na aula anterior (plano CIE9_10VE01), sobre as mudanças que podem ser observadas em aves - e como elas estão ligadas a processos evolutivos que dependem de fatores como diferentes ambientes, nos quais as barreiras geográficas podem levar ao aparecimento de diferentes ilhas - ao longo dos processos evolutivos, assim originando aves com bicos adaptados a diferentes alimentos. Pode-se observar também penas com cores diferentes, que podem facilitar a camuflagem em ambientes diversos, por exemplo. Os alunos devem compreender que as teorias evolutivas não são estáticas e nem imutáveis e que, normalmente, para que os processos evolutivos possam ser percebidos é necessário que as mudanças se mantenham ao longo de muitas gerações de uma mesma população. Tente questionar os alunos sobre qual tipo de teoria parece fazer mais sentido para eles, indicando, por exemplo, que eles tentem trazer elementos que sustentem suas ideias e explicações à questão disparadora e ao que foi discutido na etapa Mão na massa. Indique também que essas observações e teorias serão estudadas em mais detalhes nas próximas aulas. Você pode encontrar mais informações sobre a Teoria Evolutiva de Darwin e seus principais conceitos (relações de parentesco, adaptação e seleção natural) no vídeo “Entendendo a evolução das espécies” disponível no link https://www.youtube.com/watch?v=caypO4YJWp0 (Destaca-se a importância de não confundir o termo “família” usado no vídeo para facilitar a compreensão das evidências evolutivas, com o termo “família” empregado na classificação biológica (taxonomia). Caso você opte por usar este vídeo com os alunos, deve ser importante fazer esta diferenciação).

Lembre-se de deixar um tempo da aula disponível para a reorganização da sala.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Vida e Evolução do 9º ano :

MAIS AULAS DE Ciências do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF09CI10 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Ciências

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano