Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Uma série e dez filmes em cartaz na Netflix que você precisa assistir

Aproveite as férias para relaxar no sofá, rir e chorar com outros professores (alunos, gestores e pais)

POR:
Ana Ligia Scachetti

Ah, as férias. Já colocou a leitura em dia, resolveu as pendências de casa e até viajou um pouquinho? Então, pronto, chegou a hora do sofá. Fizemos uma seleção e indicamos abaixo uma série e dez filmes que todo professor vai adorar ver na Netflix. Porque a gente sabe que você vai continuar pensando em como fazer uma Educação melhor, mesmo nesses dias de completa folga. Então, pode dar o play!

Duas mulheres de cabelos longos: uma filha ao lado de uma mãe
GILMORE GIRLS
A clássica série dos anos 2000 voltou. Nem pense em pular etapas para terminar logo a maratona, volte lá para a primeira temporada, quando a adolescente (e espertíssima) Rory, filha da intrépida Lorelay Gilmore, muda de escola. Ela enfrenta uma nova cultura de ensino, a expectativa dos avós tradicionais e o bullying dos colegas de nariz empinado com maestria. De brinde, tem o romance do professor de Literatura com a mãe da garota.



Imagem de um homem de costas virando a cabeça para trás

A CAÇA
Um homem vai trabalhar em uma pré-escola e acaba acusado de explorar sexualmente uma menininha. Os gestores e os outros educadores se veem despreparados e, ao mesmo tempo, impelidos a lidar contra o que imaginam ser uma terrível situação. Na comunidade pequena, a história toma uma grande proporção e apenas a suposta vítima é ouvida.


 Menina de lado virando a cabeça. Cabelos em movimento.DEPOIS DE LÚCIA
A adolescente Alejandra muda de cidade e de escola após a morte da mãe. Enquanto tenta construir uma nova relação e algum diálogo com o pai, ela sofre também para se enturmar com a classe. Uma viagem que parecia ideal para estreitar as amizades acaba acentuando um bullying ferrenho.




Ilustração duas mãos formando asas entre os dedos indicadores e polegares. Uma pessoa está entre as mãos.
GIRL RISING
O documentário mostra a história de nove meninas que tiveram suas vidas mudadas (para melhor) pela Educação. Elas vivem no Camboja, no Haiti, no Nepal, no Egito, na Etiópia, na Índia, no Peru, em Serra Leoa e no Afeganistão. Em comum, têm um passado difícil e um futuro agora cheio de possibilidades.




Um menino olhando para baixo e outro com as mãos apoiadas em seu ombroHOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO
Nesta produção brasileira, Leonardo é um estudante cego. Vive uma rotina normal, acompanhada de perto pelos pais e pela melhor amiga Giovanna. Apesar da calmaria, o desejo de independência vai aumentando com a idade e tudo ganha um novo sentido depois que ele conhece Gabriel.



Um bebê segurando uma corda e olhando para cimaO COMEÇO DA VIDA
A diretora Estela Renner discute, neste documentário, a importância dos cuidados e do carinho nos primeiros anos de vida. A produção viajou para vários países e deu voz a pais, mães, avós, educadores e crianças. O resultado é um sincero convite para o despertar de quem convive com os pequenos, na escola ou em casa.




Matéria Uma série e dez filmes em cartaz na Netflix que você precisa assistir 7THE MASK YOU LIVE IN
Neste outro documentário, o foco são os meninos e o sofrimento deles por serem forçados a se encaixar em uma visão imposta de masculinidade. O filme discute os efeitos de práticas como fazer os garotos esconderem suas emoções e faz relações entre este processo social e crimes que assustam os Estados Unidos.


Homem de meia idade e duas crianças ao seu lado dentro de uma criança dentro de uma sala de aulaO ALUNO
Quando o governo anuncia que haverá Educação gratuita para todos, um queniano de 84 anos vê uma oportunidade para finalmente aprender a ler. Mas, o acesso ao ensino não é tão irrestrito assim e ele precisa convencer a escola, que atende apenas crianças em idade de alfabetização, a aceitá-lo.

A ONDA
Em tempos de intensa discussão sobre como a ideologia está presente na escola, é imprescindível ver este filme alemão. Um professor resolve agitar a aula e propõe um experimento comportamental para que os alunos entendam o que é o fascismo. Parece inovador, até que tudo foge do controle.




O MILAGRE DE ANNE SULLIVAN
A professora norte-americana Anne Sullivan se tornou conhecida por desenvolver técnicas de comunicação e ensino para a menina Helen Keller, que era cega e surda. Usando língua de sinais, tato e braile, as duas se tornaram um exemplo nessa área e Helen virou uma ativista reconhecida mundo afora.




Uma criança sentada numa carteira e outra sentada no chão encolhidaA EDUCAÇÃO ESTÁ PROIBIDA
Produzido pela Rede de Educação Alternativa, o documentário investiga novas propostas de ensino, que visam romper com os fracassos do sistema escolar. A pesquisa indica, por exemplo, que as escolas não têm conseguido acompanhar as mudanças da sociedade. Em busca de alternativas, são apresentadas experiências inovadoras em oito países.

E você, tem outras sugestões para os momentos de lazer dos seus colegas professores? Conte para a gente, aí nos comentários.

 

Tags

Guias