19300
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Empreendedora > 2º ano > Unidade

Plano de aula - Um backup das memórias de escola

Plano de aula de Educação Empreendedora para Ensino Fundamental 2 Refletir sobre a trajetória escolar e as vivências no Ensino Fundamental e construir um livro de artista baseado em lembranças.

Plano 01 de 2 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Samuel Andrade

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esse plano: plano de aula previsto para ser realizado no decorrer de duas aulas (totalizando 100 minutos). Na esteira da transição para o Ensino Médio, o plano propõe que os estudantes relembrem vivências escolares, aprendizagens e façam um backup, ou cópia de segurança, dessas lembranças. Essa será uma forma de se apropriarem delas, projetarem como elas poderão ser importantes para o futuro e fortalecerem a autoestima. Para isso, a turma vai refletir sobre lembranças individuais, debater e compartilhar ideias. Posteriormente, cada estudante vai criar um livro de artista que funcionará como um backup de lembranças do Ensino Fundamental.

Esse plano de aula faz parte da sequência “Transição para o Ensino Médio”, em que serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com as seguintes habilidades de Arte da BNCC: EF69AR01, EF69AR05, EF69AR06, EF69AR07 e EF69AR31. Além disso, serão trabalhados aspectos relacionados aos projetos de vida dos estudantes, igualmente presentes na BNCC. A sequência também contempla as seguintes Competências Gerais da Educação Básica previstas na BNCC: 3, 4, 6 e 8.

Organização das aulas: a sugestão é que o plano seja dividido entre as duas aulas da seguinte maneira:

- 1ª aula - apresentação do que é um backup, reflexões sobre lembranças pessoais e resgates de lembranças do Ensino Fundamental.

- 2ª aula - produção de livros de artista individuais e montagem de uma biblioteca com as produções.

Você pode rearranjar as atividades ao longo das aulas de acordo com o que considerar mais adequado para o seu contexto.

Alinhamento da sequência com a Educação Empreendedora: o plano de aula mobiliza e incentiva o desenvolvimento de aspectos bastante relevantes para a Educação Empreendedora, tais como: autoconfiança, autoestima, estabelecimento de metas, planejamento, trabalho e grupo, escuta ativa e criatividade. Estimula, de forma direta, o desenvolvimento do projeto de vida dos estudantes, ao convidá-los a projetar seus sonhos, interesses e necessidades e a refletir sobre como suas aprendizagens e competências podem ajudá-los a concretizar seus projetos pessoais.

Materiais necessários: materiais de arte diversos, como: folhas, canetinhas, cola, tesoura, revistas para recorte e outros materiais para que os estudantes construam os livros de artista.

Para você saber mais: para compreender o que é um backup na acepção mais tradicional, acesse:

- O que é backup e como fazer a cópia de segurança das suas informações. Fonte: Rock Content. Disponível em: https://rockcontent.com/blog/backup/. Acesso em: 10-fev-2020.

- O que é backup e como fazer?. Fonte: TechTudo. Disponível em: https://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2014/08/o-que-e-e-como-fazer-backup.html. Acesso em: 18-dez-2019.

Para compreender um pouco mais sobre aspectos que permeiam a transição do Ensino Fundamental para o Ensino Médio, recomenda-se a leitura e apreciação de alguns materiais, como os indicados a seguir:

- A transição entre o ensino fundamental e o Ensino Médio. Fonte: TV Brasil. Disponível em: http://tvbrasil.ebc.com.br/papodemae/episodio/a-transicao-entre-o-ensino-fundamental-e-o-ensino-medio. Acesso em: 18-dez-2019.

- Próximos passos: Como fazer a transição dos Anos Finais para o Ensino Médio. Fonte: Porvir. Disponível em: https://porvir.org/proximos-passos-como-fazer-transicao-dos-anos-finais-para-ensino-medio/ Acesso em: 13-mai-2020.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: para iniciar, realize o acolhimento da turma e pergunte se sabem o que é um backup, que pode ser traduzido para o português como “cópia de segurança”, ainda que o termo em inglês seja bastante usado no Brasil. Pergunte para que serve esse processo e dê exemplos de como ele pode ser realizado. Caso a turma não possua esse conhecimento prévio, explique que backup é o nome que geralmente se dá à cópia de segurança que os usuários fazem dos dispositivos digitais. O objetivo é salvar, em outro ambiente que não aquele de origem, uma cópia das informações e dados que o usuário considera importantes. Dessa forma, o usuário poderá restaurá-las no futuro, caso perca os dados originais.

Em seguida, diga à turma que, com a aproximação do Ensino Médio, é cada vez mais importante que façam projeções para o futuro, reconheçam as aprendizagens e competências que desenvolveram no Ensino Fundamental e como elas são importantes para concretizar os projetos. Por isso, esse plano propõe que os estudantes construam um backup para deixarem registradas essas informações sobre eles próprios. Apresente o percurso que será realizado nas duas aulas e, se você decidir realizar toda a sequência, também nas próximas duas.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

 

Orientações: inicie um debate com a turma, perguntando se os estudantes têm o hábito de guardar ou registrar as próprias memórias de alguma maneira: fotos, vídeos, textos, objetos etc.

Peça que reflitam sobre quais tipos de lembranças eles gostam de guardar e o porquê. Coloque em discussão o fato das pessoas não gostarem de guardar determinados tipos de lembranças e incentive que reflitam acerca disso.

Deixe que o debate flua com naturalidade e garanta que os estudante tenham espaço para compartilhar as ideias. Oriente a turma a exercitar a escuta ativa e respeitar o tempo de fala dos colegas, assim como respeitar diferentes opiniões.

Aprofunde a conversa perguntando como e onde cada um deles guarda as próprias lembranças materiais ou onde as registra. Para contextualizar a pergunta do slide, relembre com a turma alguns suportes e processos tradicionalmente utilizados para registrar e guardar memórias, tanto digitais como analógicos, por exemplo: álbuns de fotografia, vídeos, celulares, pen drives, diários e o próprio backup digital. Comente que as redes sociais, como o Instagram e o Facebook, além de permitirem o armazenamento de fotos, vídeos e textos, também costumam ser utilizados como um arquivo para esses materiais, ou seja, como um lugar de guardar memórias.

 

Se algum estudante tiver em sala um exemplo de registro de memória, peça que compartilhe com a turma. Leve você também alguns exemplos, como o próprio diário de classe, que pode ilustrar essa discussão como um instrumento de registro de alguns aspectos da rotina escolar.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

 

Orientações: após o debate, incentive os estudantes a resgatarem lembranças que possuem do Ensino Fundamental e a refletirem de que maneiras essas lembranças podem ser relevantes na transição para o Ensino Médio. Garanta que a turma não considere apenas lembranças conteudistas da escola, mas também momentos particulares, que promoveram aprendizagens sociais e emocionais.

Você pode impulsionar a autorreflexão deles propondo perguntas disparadoras, como:

- O que de mais valioso você considera ter desenvolvido durante o Ensino Fundamental?

- Quais aprendizagens são mais valiosas para você?

- O que mudou da pessoa que você era no início do EF 2 para quem você é hoje?

- Quais qualidades e competências você desenvolveu?

Se achar interessante, peça que anotem em um caderno todas as lembranças e respostas que vierem à cabeça deles. Deixe-os fazerem essas reflexões com calma e individualmente durante mais ou menos 15 minutos. Após esse primeiro momento, incentive os estudantes que se sentirem confortáveis a compartilharem as reflexões. Medie uma conversa entre eles, apontando pontos em comuns e divergentes nas lembranças compartilhadas. Peça que percebam como essas lembranças são memórias muito particulares e individuais, mas que, muitas vezes, quando unidas, podem compor memórias de um grupo.

Continue estimulando-os a refletir sobre o futuro, a partir das lembranças levantadas. Algumas perguntas podem estimular a reflexão e os alunos podem anotar as respostas no caderno:

- Quais competências e habilidades ainda desejam desenvolver?

- Vocês têm projetos para o futuro, para os próximos 3 anos? E para os próximos 10 anos?

- O que te ‘puxa’ para esse futuro (o que é importante para você, em suas projeções?).

- Você pensa em caminhos que podem ajudar você a alcançar esses projetos?

- Como o que você viveu e aprendeu nos últimos anos pode ajudá-lo nisso?

 

Para você saber mais:

 

A transição para o Ensino Médio é uma fase que pode gerar diversas dúvidas, angústias, ansiedade e outros sentimentos complexos para os estudantes. Se, por um lado, eles podem viver a empolgação de vislumbrar um futuro com mais independência, por outro, se veem cada vez mais próximos e pressionados a encarar novas responsabilidades, os desafios do mundo do trabalho e da idade adulta. Nesse contexto, a educação e a continuidade dos estudos formais, para parte dos estudantes, pode perder sentido. Por isso, é fundamental que a escola apoie os adolescentes a ressignificarem os percursos estudantis e aprendizagens, a darem continuidade aos estudos e a construírem seus projetos de vida. Muitas ações podem ser realizadas com esses objetivos. Essa sequência de planos de aula é um exemplo de como vincular esse esforço ao trabalho alinhado à BNCC.

 

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações: apresente aos estudantes o conceito de livro de artista. Explique o que é um livro de artista, comentando que é uma obra de arte no formato de livro e não um livro sobre arte. Diga também que os livros de artista não seguem nenhuma regra, podem ter tamanhos e formatos diferentes, podem ser feitos em tiragens ou haver apenas uma cópia. Esse formato de trabalho artístico é bastante utilizado por vários artistas no mundo todo, mas ainda é pouco difundido e conhecido. Se puder, pesquise na internet algumas imagens de livros de artista e mostre aos estudantes. Recolha exemplos bem diversos, que contemplem a liberdade de criação que os artistas possuem ao criarem esses livros.

Peça que relembrem o que foi discutido na aula anterior, retomem as lembranças que foram resgatadas e as projeções que fizeram da relevância dessas lembrança para a transição para o Ensino Médio. A partir desses dados, convide-os a criar livros de artistas individuais, que funcionarão como um backup do Ensino Fundamental que vivenciaram.

Incentive que, antes de começarem a produção, planejem o que desejam fazer. Para isso, eles podem fazer esboços a lápis ou até mesmo pequenos “bonecos” de livros, simulando o formato que desejam. Oriente que decidam como será a organização desse livro:

- Haverá páginas sequenciais?

- Cada uma conterá uma lembrança?

- Haverá uma sequência narrativa?

- Haverá textos, desenhos, colagens ou fotografias?

- Haverá uma capa? Como ela será feita?

Estimule a criatividade e incentive-os a fugirem do formato tradicional de livro.

Quando tudo estiver planejado, auxilie-os na produção dos livros de artista. Deixe-os livres para utilizarem os materiais que desejarem, de acordo com o que planejaram. Nessa etapa, é comum que alguns estudantes se sintam inseguros e comparem os próprios trabalhos com os trabalhos dos colegas, alegando que outros são mais bonitos ou bem-feitos. Por isso, circule pela sala durante a produção, converse e valorize o trabalho de todos. Se achar interessante, comente com eles que a arte não é apenas beleza, mas também ideia, conceito, inteligência, raciocínio, criatividade, crítica etc.

 

Materiais necessários: folhas, canetinhas coloridas, tintas, cola, tesoura, revistas para recorte e outros materiais para que os estudantes construam os livros.

Para você saber mais:

- O livro de artista: a criação da mudança e a expansão de dois mundos. Fonte: Carta Capital. Disponível em: https://biblioo.cartacapital.com.br/o-livro-de-artista-a-criacao-da-mudanca-e-a-expansao-de-dois-mundos/ Acesso em: 12-mai-2020.

- Livros de artista. Fonte: ENredo Cultural. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=zw-CKgsqstI Acesso em: 13-mai-2020.

- Livros de artista na Coleção Itaú Cultural. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Lo_bvfx8MjQ Acesso em: 12-mai-2020.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: ao final da aula, espera-se que cada aluno tenha construído seu backup para o futuro. Se for necessário mais tempo para finalizar as produções, incentive que as complementem em casa. Quando tudo for finalizado, monte um pequeno espaço na biblioteca da escola para que os estudante possam deixar os livros de artista, para que sejam consultados por quem desejar. Caso não seja possível utilizar a biblioteca, monte um pequeno espaço ou prateleira na própria sala de aula ou em outro local disponível na escola. Assim, além de guardarem os livros-backup, os estudantes poderão compartilhá-los com colegas de outras turmas e sentirem que fazem parte da história da escola.

Para encerrar, realize uma breve conversa avaliativa. Inicie conferindo com os estudantes se eles ainda têm dúvidas sobre o que é um backup e como a atividade se apropria desse conceito para trabalhar a memória do Ensino Fundamental e as projeções para o Ensino Médio. Em seguida, proponha algumas questões, como:

- O que foi mais interessante e empolgante nesse processo? E mais desafiador?

- Vocês refletiram bastante sobre o passado e o futuro na escola. Que tipo de sentimento isso provocou em vocês?

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esse plano: plano de aula previsto para ser realizado no decorrer de duas aulas (totalizando 100 minutos). Na esteira da transição para o Ensino Médio, o plano propõe que os estudantes relembrem vivências escolares, aprendizagens e façam um backup, ou cópia de segurança, dessas lembranças. Essa será uma forma de se apropriarem delas, projetarem como elas poderão ser importantes para o futuro e fortalecerem a autoestima. Para isso, a turma vai refletir sobre lembranças individuais, debater e compartilhar ideias. Posteriormente, cada estudante vai criar um livro de artista que funcionará como um backup de lembranças do Ensino Fundamental.

Esse plano de aula faz parte da sequência “Transição para o Ensino Médio”, em que serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com as seguintes habilidades de Arte da BNCC: EF69AR01, EF69AR05, EF69AR06, EF69AR07 e EF69AR31. Além disso, serão trabalhados aspectos relacionados aos projetos de vida dos estudantes, igualmente presentes na BNCC. A sequência também contempla as seguintes Competências Gerais da Educação Básica previstas na BNCC: 3, 4, 6 e 8.

Organização das aulas: a sugestão é que o plano seja dividido entre as duas aulas da seguinte maneira:

- 1ª aula - apresentação do que é um backup, reflexões sobre lembranças pessoais e resgates de lembranças do Ensino Fundamental.

- 2ª aula - produção de livros de artista individuais e montagem de uma biblioteca com as produções.

Você pode rearranjar as atividades ao longo das aulas de acordo com o que considerar mais adequado para o seu contexto.

Alinhamento da sequência com a Educação Empreendedora: o plano de aula mobiliza e incentiva o desenvolvimento de aspectos bastante relevantes para a Educação Empreendedora, tais como: autoconfiança, autoestima, estabelecimento de metas, planejamento, trabalho e grupo, escuta ativa e criatividade. Estimula, de forma direta, o desenvolvimento do projeto de vida dos estudantes, ao convidá-los a projetar seus sonhos, interesses e necessidades e a refletir sobre como suas aprendizagens e competências podem ajudá-los a concretizar seus projetos pessoais.

Materiais necessários: materiais de arte diversos, como: folhas, canetinhas, cola, tesoura, revistas para recorte e outros materiais para que os estudantes construam os livros de artista.

Para você saber mais: para compreender o que é um backup na acepção mais tradicional, acesse:

- O que é backup e como fazer a cópia de segurança das suas informações. Fonte: Rock Content. Disponível em: https://rockcontent.com/blog/backup/. Acesso em: 10-fev-2020.

- O que é backup e como fazer?. Fonte: TechTudo. Disponível em: https://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2014/08/o-que-e-e-como-fazer-backup.html. Acesso em: 18-dez-2019.

Para compreender um pouco mais sobre aspectos que permeiam a transição do Ensino Fundamental para o Ensino Médio, recomenda-se a leitura e apreciação de alguns materiais, como os indicados a seguir:

- A transição entre o ensino fundamental e o Ensino Médio. Fonte: TV Brasil. Disponível em: http://tvbrasil.ebc.com.br/papodemae/episodio/a-transicao-entre-o-ensino-fundamental-e-o-ensino-medio. Acesso em: 18-dez-2019.

- Próximos passos: Como fazer a transição dos Anos Finais para o Ensino Médio. Fonte: Porvir. Disponível em: https://porvir.org/proximos-passos-como-fazer-transicao-dos-anos-finais-para-ensino-medio/ Acesso em: 13-mai-2020.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: para iniciar, realize o acolhimento da turma e pergunte se sabem o que é um backup, que pode ser traduzido para o português como “cópia de segurança”, ainda que o termo em inglês seja bastante usado no Brasil. Pergunte para que serve esse processo e dê exemplos de como ele pode ser realizado. Caso a turma não possua esse conhecimento prévio, explique que backup é o nome que geralmente se dá à cópia de segurança que os usuários fazem dos dispositivos digitais. O objetivo é salvar, em outro ambiente que não aquele de origem, uma cópia das informações e dados que o usuário considera importantes. Dessa forma, o usuário poderá restaurá-las no futuro, caso perca os dados originais.

Em seguida, diga à turma que, com a aproximação do Ensino Médio, é cada vez mais importante que façam projeções para o futuro, reconheçam as aprendizagens e competências que desenvolveram no Ensino Fundamental e como elas são importantes para concretizar os projetos. Por isso, esse plano propõe que os estudantes construam um backup para deixarem registradas essas informações sobre eles próprios. Apresente o percurso que será realizado nas duas aulas e, se você decidir realizar toda a sequência, também nas próximas duas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

 

Orientações: inicie um debate com a turma, perguntando se os estudantes têm o hábito de guardar ou registrar as próprias memórias de alguma maneira: fotos, vídeos, textos, objetos etc.

Peça que reflitam sobre quais tipos de lembranças eles gostam de guardar e o porquê. Coloque em discussão o fato das pessoas não gostarem de guardar determinados tipos de lembranças e incentive que reflitam acerca disso.

Deixe que o debate flua com naturalidade e garanta que os estudante tenham espaço para compartilhar as ideias. Oriente a turma a exercitar a escuta ativa e respeitar o tempo de fala dos colegas, assim como respeitar diferentes opiniões.

Aprofunde a conversa perguntando como e onde cada um deles guarda as próprias lembranças materiais ou onde as registra. Para contextualizar a pergunta do slide, relembre com a turma alguns suportes e processos tradicionalmente utilizados para registrar e guardar memórias, tanto digitais como analógicos, por exemplo: álbuns de fotografia, vídeos, celulares, pen drives, diários e o próprio backup digital. Comente que as redes sociais, como o Instagram e o Facebook, além de permitirem o armazenamento de fotos, vídeos e textos, também costumam ser utilizados como um arquivo para esses materiais, ou seja, como um lugar de guardar memórias.

 

Se algum estudante tiver em sala um exemplo de registro de memória, peça que compartilhe com a turma. Leve você também alguns exemplos, como o próprio diário de classe, que pode ilustrar essa discussão como um instrumento de registro de alguns aspectos da rotina escolar.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

 

Orientações: após o debate, incentive os estudantes a resgatarem lembranças que possuem do Ensino Fundamental e a refletirem de que maneiras essas lembranças podem ser relevantes na transição para o Ensino Médio. Garanta que a turma não considere apenas lembranças conteudistas da escola, mas também momentos particulares, que promoveram aprendizagens sociais e emocionais.

Você pode impulsionar a autorreflexão deles propondo perguntas disparadoras, como:

- O que de mais valioso você considera ter desenvolvido durante o Ensino Fundamental?

- Quais aprendizagens são mais valiosas para você?

- O que mudou da pessoa que você era no início do EF 2 para quem você é hoje?

- Quais qualidades e competências você desenvolveu?

Se achar interessante, peça que anotem em um caderno todas as lembranças e respostas que vierem à cabeça deles. Deixe-os fazerem essas reflexões com calma e individualmente durante mais ou menos 15 minutos. Após esse primeiro momento, incentive os estudantes que se sentirem confortáveis a compartilharem as reflexões. Medie uma conversa entre eles, apontando pontos em comuns e divergentes nas lembranças compartilhadas. Peça que percebam como essas lembranças são memórias muito particulares e individuais, mas que, muitas vezes, quando unidas, podem compor memórias de um grupo.

Continue estimulando-os a refletir sobre o futuro, a partir das lembranças levantadas. Algumas perguntas podem estimular a reflexão e os alunos podem anotar as respostas no caderno:

- Quais competências e habilidades ainda desejam desenvolver?

- Vocês têm projetos para o futuro, para os próximos 3 anos? E para os próximos 10 anos?

- O que te ‘puxa’ para esse futuro (o que é importante para você, em suas projeções?).

- Você pensa em caminhos que podem ajudar você a alcançar esses projetos?

- Como o que você viveu e aprendeu nos últimos anos pode ajudá-lo nisso?

 

Para você saber mais:

 

A transição para o Ensino Médio é uma fase que pode gerar diversas dúvidas, angústias, ansiedade e outros sentimentos complexos para os estudantes. Se, por um lado, eles podem viver a empolgação de vislumbrar um futuro com mais independência, por outro, se veem cada vez mais próximos e pressionados a encarar novas responsabilidades, os desafios do mundo do trabalho e da idade adulta. Nesse contexto, a educação e a continuidade dos estudos formais, para parte dos estudantes, pode perder sentido. Por isso, é fundamental que a escola apoie os adolescentes a ressignificarem os percursos estudantis e aprendizagens, a darem continuidade aos estudos e a construírem seus projetos de vida. Muitas ações podem ser realizadas com esses objetivos. Essa sequência de planos de aula é um exemplo de como vincular esse esforço ao trabalho alinhado à BNCC.

 

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações: apresente aos estudantes o conceito de livro de artista. Explique o que é um livro de artista, comentando que é uma obra de arte no formato de livro e não um livro sobre arte. Diga também que os livros de artista não seguem nenhuma regra, podem ter tamanhos e formatos diferentes, podem ser feitos em tiragens ou haver apenas uma cópia. Esse formato de trabalho artístico é bastante utilizado por vários artistas no mundo todo, mas ainda é pouco difundido e conhecido. Se puder, pesquise na internet algumas imagens de livros de artista e mostre aos estudantes. Recolha exemplos bem diversos, que contemplem a liberdade de criação que os artistas possuem ao criarem esses livros.

Peça que relembrem o que foi discutido na aula anterior, retomem as lembranças que foram resgatadas e as projeções que fizeram da relevância dessas lembrança para a transição para o Ensino Médio. A partir desses dados, convide-os a criar livros de artistas individuais, que funcionarão como um backup do Ensino Fundamental que vivenciaram.

Incentive que, antes de começarem a produção, planejem o que desejam fazer. Para isso, eles podem fazer esboços a lápis ou até mesmo pequenos “bonecos” de livros, simulando o formato que desejam. Oriente que decidam como será a organização desse livro:

- Haverá páginas sequenciais?

- Cada uma conterá uma lembrança?

- Haverá uma sequência narrativa?

- Haverá textos, desenhos, colagens ou fotografias?

- Haverá uma capa? Como ela será feita?

Estimule a criatividade e incentive-os a fugirem do formato tradicional de livro.

Quando tudo estiver planejado, auxilie-os na produção dos livros de artista. Deixe-os livres para utilizarem os materiais que desejarem, de acordo com o que planejaram. Nessa etapa, é comum que alguns estudantes se sintam inseguros e comparem os próprios trabalhos com os trabalhos dos colegas, alegando que outros são mais bonitos ou bem-feitos. Por isso, circule pela sala durante a produção, converse e valorize o trabalho de todos. Se achar interessante, comente com eles que a arte não é apenas beleza, mas também ideia, conceito, inteligência, raciocínio, criatividade, crítica etc.

 

Materiais necessários: folhas, canetinhas coloridas, tintas, cola, tesoura, revistas para recorte e outros materiais para que os estudantes construam os livros.

Para você saber mais:

- O livro de artista: a criação da mudança e a expansão de dois mundos. Fonte: Carta Capital. Disponível em: https://biblioo.cartacapital.com.br/o-livro-de-artista-a-criacao-da-mudanca-e-a-expansao-de-dois-mundos/ Acesso em: 12-mai-2020.

- Livros de artista. Fonte: ENredo Cultural. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=zw-CKgsqstI Acesso em: 13-mai-2020.

- Livros de artista na Coleção Itaú Cultural. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Lo_bvfx8MjQ Acesso em: 12-mai-2020.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: ao final da aula, espera-se que cada aluno tenha construído seu backup para o futuro. Se for necessário mais tempo para finalizar as produções, incentive que as complementem em casa. Quando tudo for finalizado, monte um pequeno espaço na biblioteca da escola para que os estudante possam deixar os livros de artista, para que sejam consultados por quem desejar. Caso não seja possível utilizar a biblioteca, monte um pequeno espaço ou prateleira na própria sala de aula ou em outro local disponível na escola. Assim, além de guardarem os livros-backup, os estudantes poderão compartilhá-los com colegas de outras turmas e sentirem que fazem parte da história da escola.

Para encerrar, realize uma breve conversa avaliativa. Inicie conferindo com os estudantes se eles ainda têm dúvidas sobre o que é um backup e como a atividade se apropria desse conceito para trabalhar a memória do Ensino Fundamental e as projeções para o Ensino Médio. Em seguida, proponha algumas questões, como:

- O que foi mais interessante e empolgante nesse processo? E mais desafiador?

- Vocês refletiram bastante sobre o passado e o futuro na escola. Que tipo de sentimento isso provocou em vocês?

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Unidade do 2º ano :

MAIS AULAS DE Educação Empreendedora do 2º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF01CI01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Empreendedora

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano