17110
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 9º ano > Modernização, ditadura civil-militar e redemocratização: o Brasil após 1946

Plano de aula - A história das mulheres no mercado de trabalho

Plano de aula de História com atividades para 9º ano do EF sobre A história das mulheres no mercado de trabalho

Plano 02 de 3 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Isis Fernanda Ferrari

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos (troque 50 por 100 se este plano for de 1º ou 2º anos). Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09HI26, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Cópias impressas do texto e da imagem e/ou projetor (se tiver disponível).

Contexto:

Link para a Charge: ONU Mulheres e cartunistas divulgam charges para criticar desigualdades de gênero:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2mV3VsA8ChUBYpPzfVTNRAPDnrjX8EvSEtgR5536zzUKHpw2wz9VacwCB2uj/charge-discriminacao-da-mulher-trabalho.pdf

Para você saber mais:

ONU Mulheres e cartunistas divulgam charges para criticar desigualdades de gênero. Nações Unidas no Brasil. Publicado em 06/03/2018. Disponível em: https://nacoesunidas.org/onu-mulheres-e-cartunistas-divulgam-charges-para-criticar-desigualdades-de-genero/. Acesso em: 14 de março de 2019.

Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Estatísticas de gênero indicadores sociais das mulheres no Brasil:
https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/media/com_mediaibge/arquivos/efcd55e98064b8cd52204e31a90b19c0.pdf Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Problematização:

Link Texto 1 - Lugar de mulher (trecho 1)
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/GNNJB9aP8UQCW29N5w2JVYzX69htY3h2bCMEHCvJ5pe29xrN8QF99Wc7QNcp/texto-1-lugar-de-mulher.pdf
Link Texto 2 - Lugar de mulher (trecho 2)
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/snpuHNDbwVqq2CGe4w6dMPVQAYt7fuK5vfff3DHrx6AsfJf3PguPrGQHDsj9/texto-2-lugar-de-mulher.pdf
Para você saber mais:Conceito de charge:
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/S5KSThP5mTdK5hqCfhFaEqsafb2YsGqh7ENNAfzEVKAGa9NhGTPMBsCvFPuc/conceito-de-charge.pdf
DEL PRIORE, Mary (org.) & BASSANEZI, Carla (coord. de textos). História das mulheres no Brasil. São Paulo: 7. ed. – São Paulo: Contexto, 2004.

Sistematização:

Para você saber mais:
Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho:
https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Escreva no quadro ou projete o objetivo da aula e leia em voz alta para os alunos. Esta ação é importante para apresentar o tema ou conteúdo da aula aos alunos.

Para você saber mais:

Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Estatísticas de gênero indicadores sociais das mulheres no Brasil:
https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/media/com_mediaibge/arquivos/efcd55e98064b8cd52204e31a90b19c0.pdf Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

DEL PRIORE, Mary (org.) & BASSANEZI, Carla (coord. de textos). História das mulheres no Brasil. São Paulo: 7. ed. – São Paulo: Contexto, 2004.

Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho:
https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.


Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Este primeiro momento da aula tem a função de preparar o aluno para o tema. Para isso organize os alunos em duplas e imprima ou projete a charge do cartunista Arionauro da Silva Santos. Solicite aos alunos que observem a charge e que escrevam no caderno suas análises e interpretações. Sorteie uma das duplas para que venha até a frente da sala e escreva sua análise no quadro. Sorteie outra dupla e solicite que explique a análise dos colegas. Esta dupla pode concordar, acrescentar informações ou discordar da análise da charge. Se for necessário corrija possíveis equívocos e complete com outras informações que possam auxiliar na atividade sobre o tema. Aproveite este momento para verificar como os alunos constroem a análise sobre o tema. Controle o tempo, para que esta etapa não ultrapasse os 10 minutos sugeridos.

Análise da charge:

Trecho transcrito da charge:

“No canto superior esquerdo, lê-se: “Homens/mulheres: escala dos salários”. O executivo diz: “Procuro alguém ambicioso, que não perca tempo cuidando das crianças ou passando roupa. Nicolas Vadot, de nacionalidade francesa, britânica e australiana, trabalha para as revistas Newsmagazine e Le Vif/L’express e para o jornal diário de finanças L’Echo. A artista também produz histórias em quadrinhos e, desde 2011, apresenta programas de rádio na estação RTBF.”

Análise da charge:

A mulher é representada com terno e saia, ela está em uma escada que, comparada a escada do homem, a deixa em patamar mais baixo. Em uma das mãos a mulher carrega uma sacola de compras, em outra mão ela carrega um bebê, ao lado dela está um balde com roupas e um esfregão. As escadas estão divididas em cores azul, para o homem, e rosa para mulher. Os dois homens estão no mesmo patamar dialogando.

Reflexão:

  • O terno, na maior parte das situações, é vestimenta usual de cargos de liderança como gerência ou direção.
  • Em nossa sociedade a cor rosa e a saia são atribuídas à mulher como características de feminilidade.
  • O papel social historicamente atribuído à mulher é o de “dona de casa”, ou seja, a mulher é responsável por cuidar das atividades domésticas e dos filhos.
  • A cada ano as mulheres ocupam cargos mais altos, têm mais acesso à educação formal, estão conquistando independência econômica. Porém o papel de responsável pelas tarefas domésticas ainda está fortemente ligado ao papel social da mulher.
  • A charge deixa claro a desigualdade entre os gêneros em relação ao mercado de trabalho. As escadas que sustentam o homem e a mulher tem patamares diferentes ironizando esta desigualdade.

Link para a Charge: ONU Mulheres e cartunistas divulgam charges para criticar desigualdades de gênero:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2mV3VsA8ChUBYpPzfVTNRAPDnrjX8EvSEtgR5536zzUKHpw2wz9VacwCB2uj/charge-discriminacao-da-mulher-trabalho.pdf

Para você saber mais:

ONU Mulheres e cartunistas divulgam charges para criticar desigualdades de gênero. Nações Unidas no Brasil. Publicado em 06/03/2018. Disponível em: https://nacoesunidas.org/onu-mulheres-e-cartunistas-divulgam-charges-para-criticar-desigualdades-de-genero/. Acesso em: 14 de março de 2019.

Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Estatísticas de gênero indicadores sociais das mulheres no Brasil:

https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/media/com_mediaibge/arquivos/efcd55e98064b8cd52204e31a90b19c0.pdf Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações: Distribua os textos impressos para as duplas. Há dois trechos de documentos que foram divididos como: Texto 1 - Lugar de mulher (trecho 1) e Texto 2 - Lugar de mulher (trecho 2). Faça a distribuição das folhas garantindo que metade das duplas leia o Texto 1 e a outra metade o Texto 2. Projete ou escreva no quadro as orientações da atividade, leia para a classe. Apresente sinteticamente o conceito de charge (a intenção não é ministrar uma aula sobre charge, mas lembrar os alunos que a charge apresenta características como a sátira ou a ironia, que, frequentemente, traz uma crítica política e social dos fatos atuais). O objetivo desta etapa da aula é a produção de uma charge com base na análise dos documentos sobre a ascensão da mulher no mercado de trabalho no Brasil da década de 1950. Enquanto os alunos desenvolvem a atividade circule entre as duplas. Pode ser que haja dúvidas principalmente sobre como construir uma charge. Se necessário retome a explicação das orientações da atividade. Peça para os alunos usarem a criatividade. Se possível deixe disponível lápis de cores diversas. Controle o tempo.

Link Texto 1 - Lugar de mulher (1º trecho)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/GNNJB9aP8UQCW29N5w2JVYzX69htY3h2bCMEHCvJ5pe29xrN8QF99Wc7QNcp/texto-1-lugar-de-mulher.pdf

Link Texto 2 - Lugar de mulher (2 trecho)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/snpuHNDbwVqq2CGe4w6dMPVQAYt7fuK5vfff3DHrx6AsfJf3PguPrGQHDsj9/texto-2-lugar-de-mulher.pdf

Para você saber mais:

Conceito de charge:
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/S5KSThP5mTdK5hqCfhFaEqsafb2YsGqh7ENNAfzEVKAGa9NhGTPMBsCvFPuc/conceito-de-charge.pdf

DEL PRIORE, Mary (org.) & BASSANEZI, Carla (coord. de textos). História das mulheres no Brasil. São Paulo: 7. ed. – São Paulo: Contexto, 2004.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Nesta etapa da aula o objetivo é sistematizar o conhecimento construído pelos alunos. Para isto, peça que uma dupla socialize sua charge, se for necessário ou pertinente sorteie ou indique a dupla. As outras charges podem ser recolhidas para avaliação ou fixadas na sala para apreciação. Para auxiliar na atividade compare a charge dos alunos com a charge do cartunista Arionauro. A comparação pode ser feita oralmente, como retomada para sistematizar a aula e por meio destas perguntas: Qual ironia está presente na charge do cartunista Arionauro? Alguma charge produzida em aula apresenta a mesma ironia? Com base nas charges dos alunos faça um esquema no quadro contendo palavras-chave que deixem claro o debate sobre a história das mulheres e sua inserção no mercado de trabalho na década de 1950. Faça uma comparação com a atualidade.
O link abaixo disponível em “Para você saber mais” traz dados estatísticos coletados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) que apresentam a jornada dupla de trabalho das mulheres, o acesso à educação formal, a desigualdade salarial entre homens e mulheres e outros dados que traduzem a desigualdade de gênero presente em nossa sociedade atual. Finalize o tema solicitando a um aluno que conte para a classe o que compreendeu da aula.

Para você saber mais:

Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho:

https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos (troque 50 por 100 se este plano for de 1º ou 2º anos). Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09HI26, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Cópias impressas do texto e da imagem e/ou projetor (se tiver disponível).

Contexto:

Link para a Charge: ONU Mulheres e cartunistas divulgam charges para criticar desigualdades de gênero:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2mV3VsA8ChUBYpPzfVTNRAPDnrjX8EvSEtgR5536zzUKHpw2wz9VacwCB2uj/charge-discriminacao-da-mulher-trabalho.pdf

Para você saber mais:

ONU Mulheres e cartunistas divulgam charges para criticar desigualdades de gênero. Nações Unidas no Brasil. Publicado em 06/03/2018. Disponível em: https://nacoesunidas.org/onu-mulheres-e-cartunistas-divulgam-charges-para-criticar-desigualdades-de-genero/. Acesso em: 14 de março de 2019.

Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Estatísticas de gênero indicadores sociais das mulheres no Brasil:
https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/media/com_mediaibge/arquivos/efcd55e98064b8cd52204e31a90b19c0.pdf Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Problematização:

Link Texto 1 - Lugar de mulher (trecho 1)
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/GNNJB9aP8UQCW29N5w2JVYzX69htY3h2bCMEHCvJ5pe29xrN8QF99Wc7QNcp/texto-1-lugar-de-mulher.pdf
Link Texto 2 - Lugar de mulher (trecho 2)
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/snpuHNDbwVqq2CGe4w6dMPVQAYt7fuK5vfff3DHrx6AsfJf3PguPrGQHDsj9/texto-2-lugar-de-mulher.pdf
Para você saber mais:Conceito de charge:
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/S5KSThP5mTdK5hqCfhFaEqsafb2YsGqh7ENNAfzEVKAGa9NhGTPMBsCvFPuc/conceito-de-charge.pdf
DEL PRIORE, Mary (org.) & BASSANEZI, Carla (coord. de textos). História das mulheres no Brasil. São Paulo: 7. ed. – São Paulo: Contexto, 2004.

Sistematização:

Para você saber mais:
Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho:
https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Escreva no quadro ou projete o objetivo da aula e leia em voz alta para os alunos. Esta ação é importante para apresentar o tema ou conteúdo da aula aos alunos.

Para você saber mais:

Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Estatísticas de gênero indicadores sociais das mulheres no Brasil:
https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/media/com_mediaibge/arquivos/efcd55e98064b8cd52204e31a90b19c0.pdf Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

DEL PRIORE, Mary (org.) & BASSANEZI, Carla (coord. de textos). História das mulheres no Brasil. São Paulo: 7. ed. – São Paulo: Contexto, 2004.

Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho:
https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.


Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Este primeiro momento da aula tem a função de preparar o aluno para o tema. Para isso organize os alunos em duplas e imprima ou projete a charge do cartunista Arionauro da Silva Santos. Solicite aos alunos que observem a charge e que escrevam no caderno suas análises e interpretações. Sorteie uma das duplas para que venha até a frente da sala e escreva sua análise no quadro. Sorteie outra dupla e solicite que explique a análise dos colegas. Esta dupla pode concordar, acrescentar informações ou discordar da análise da charge. Se for necessário corrija possíveis equívocos e complete com outras informações que possam auxiliar na atividade sobre o tema. Aproveite este momento para verificar como os alunos constroem a análise sobre o tema. Controle o tempo, para que esta etapa não ultrapasse os 10 minutos sugeridos.

Análise da charge:

Trecho transcrito da charge:

“No canto superior esquerdo, lê-se: “Homens/mulheres: escala dos salários”. O executivo diz: “Procuro alguém ambicioso, que não perca tempo cuidando das crianças ou passando roupa. Nicolas Vadot, de nacionalidade francesa, britânica e australiana, trabalha para as revistas Newsmagazine e Le Vif/L’express e para o jornal diário de finanças L’Echo. A artista também produz histórias em quadrinhos e, desde 2011, apresenta programas de rádio na estação RTBF.”

Análise da charge:

A mulher é representada com terno e saia, ela está em uma escada que, comparada a escada do homem, a deixa em patamar mais baixo. Em uma das mãos a mulher carrega uma sacola de compras, em outra mão ela carrega um bebê, ao lado dela está um balde com roupas e um esfregão. As escadas estão divididas em cores azul, para o homem, e rosa para mulher. Os dois homens estão no mesmo patamar dialogando.

Reflexão:

  • O terno, na maior parte das situações, é vestimenta usual de cargos de liderança como gerência ou direção.
  • Em nossa sociedade a cor rosa e a saia são atribuídas à mulher como características de feminilidade.
  • O papel social historicamente atribuído à mulher é o de “dona de casa”, ou seja, a mulher é responsável por cuidar das atividades domésticas e dos filhos.
  • A cada ano as mulheres ocupam cargos mais altos, têm mais acesso à educação formal, estão conquistando independência econômica. Porém o papel de responsável pelas tarefas domésticas ainda está fortemente ligado ao papel social da mulher.
  • A charge deixa claro a desigualdade entre os gêneros em relação ao mercado de trabalho. As escadas que sustentam o homem e a mulher tem patamares diferentes ironizando esta desigualdade.

Link para a Charge: ONU Mulheres e cartunistas divulgam charges para criticar desigualdades de gênero:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2mV3VsA8ChUBYpPzfVTNRAPDnrjX8EvSEtgR5536zzUKHpw2wz9VacwCB2uj/charge-discriminacao-da-mulher-trabalho.pdf

Para você saber mais:

ONU Mulheres e cartunistas divulgam charges para criticar desigualdades de gênero. Nações Unidas no Brasil. Publicado em 06/03/2018. Disponível em: https://nacoesunidas.org/onu-mulheres-e-cartunistas-divulgam-charges-para-criticar-desigualdades-de-genero/. Acesso em: 14 de março de 2019.

Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Estatísticas de gênero indicadores sociais das mulheres no Brasil:

https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/media/com_mediaibge/arquivos/efcd55e98064b8cd52204e31a90b19c0.pdf Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações: Distribua os textos impressos para as duplas. Há dois trechos de documentos que foram divididos como: Texto 1 - Lugar de mulher (trecho 1) e Texto 2 - Lugar de mulher (trecho 2). Faça a distribuição das folhas garantindo que metade das duplas leia o Texto 1 e a outra metade o Texto 2. Projete ou escreva no quadro as orientações da atividade, leia para a classe. Apresente sinteticamente o conceito de charge (a intenção não é ministrar uma aula sobre charge, mas lembrar os alunos que a charge apresenta características como a sátira ou a ironia, que, frequentemente, traz uma crítica política e social dos fatos atuais). O objetivo desta etapa da aula é a produção de uma charge com base na análise dos documentos sobre a ascensão da mulher no mercado de trabalho no Brasil da década de 1950. Enquanto os alunos desenvolvem a atividade circule entre as duplas. Pode ser que haja dúvidas principalmente sobre como construir uma charge. Se necessário retome a explicação das orientações da atividade. Peça para os alunos usarem a criatividade. Se possível deixe disponível lápis de cores diversas. Controle o tempo.

Link Texto 1 - Lugar de mulher (1º trecho)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/GNNJB9aP8UQCW29N5w2JVYzX69htY3h2bCMEHCvJ5pe29xrN8QF99Wc7QNcp/texto-1-lugar-de-mulher.pdf

Link Texto 2 - Lugar de mulher (2 trecho)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/snpuHNDbwVqq2CGe4w6dMPVQAYt7fuK5vfff3DHrx6AsfJf3PguPrGQHDsj9/texto-2-lugar-de-mulher.pdf

Para você saber mais:

Conceito de charge:
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/S5KSThP5mTdK5hqCfhFaEqsafb2YsGqh7ENNAfzEVKAGa9NhGTPMBsCvFPuc/conceito-de-charge.pdf

DEL PRIORE, Mary (org.) & BASSANEZI, Carla (coord. de textos). História das mulheres no Brasil. São Paulo: 7. ed. – São Paulo: Contexto, 2004.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Nesta etapa da aula o objetivo é sistematizar o conhecimento construído pelos alunos. Para isto, peça que uma dupla socialize sua charge, se for necessário ou pertinente sorteie ou indique a dupla. As outras charges podem ser recolhidas para avaliação ou fixadas na sala para apreciação. Para auxiliar na atividade compare a charge dos alunos com a charge do cartunista Arionauro. A comparação pode ser feita oralmente, como retomada para sistematizar a aula e por meio destas perguntas: Qual ironia está presente na charge do cartunista Arionauro? Alguma charge produzida em aula apresenta a mesma ironia? Com base nas charges dos alunos faça um esquema no quadro contendo palavras-chave que deixem claro o debate sobre a história das mulheres e sua inserção no mercado de trabalho na década de 1950. Faça uma comparação com a atualidade.
O link abaixo disponível em “Para você saber mais” traz dados estatísticos coletados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) que apresentam a jornada dupla de trabalho das mulheres, o acesso à educação formal, a desigualdade salarial entre homens e mulheres e outros dados que traduzem a desigualdade de gênero presente em nossa sociedade atual. Finalize o tema solicitando a um aluno que conte para a classe o que compreendeu da aula.

Para você saber mais:

Estatísticas de gênero: responsabilidade por afazeres afeta inserção das mulheres no mercado de trabalho:

https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/20232-estatisticas-de-genero-responsabilidade-por-afazeres-afeta-insercao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho Acesso em: 13 de janeiro de 2019.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Modernização, ditadura civil-militar e redemocratização: o Brasil após 1946 do 9º ano :

9º ano / História / Modernização, ditadura civil-militar e redemocratização: o Brasil após 1946

9º ano / História / Modernização, ditadura civil-militar e redemocratização: o Brasil após 1946

MAIS AULAS DE História do 9º ano:

9º ano / História / Modernização, ditadura civil-militar e redemocratização: o Brasil após 1946

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF09HI26 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano