13346
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Bebês

Atividade - Danças, balanços e acalantos

Diferentes sons, provocados pelo professor ou pelos bebês, levam todos a dançar, cada um do seu jeito.

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Tamira Paula Torres Martins

Danças, balanços e acalantos

Apresente a proposta

Pense em uma forma bacana para convidar a família: procure e compartilhe fotos de momentos na escola onde o grupo esteja embalado ao som de acalantos. Você pode gravar um vídeo embalando do seu jeito e propondo a atividade no plano, ao som de um dos acalantos que faça parte do repertório do seu grupo na escola. Aproveite a memória dos momentos que viveram para convidar a turma.

Solicite que, agora, dêem continuidade à atividade em casa, embalando em família ao som que costumam cantar no contexto domiciliar. Envie o vídeo pela plataforma que estão utilizando em sua rede ou pelo Whatsapp. Essa proximidade desperta o pertencimento no grupo, e aguça a participação de mais famílias. Esses serão momentos valiosos para aprofundar os vínculos afetivos e gerar memórias, que poderão ser evocadas no retorno escolar.

 

Adaptações necessárias

Oriente que organizem um espaço aconchegante para realizarem a proposta de acordo com o que tiverem em casa: se dispuserem de quintal, pode ser realizada na sombra, com edredom fofinho no chão para ficar confortável; se for um espaço menor, é possível preparar um cantinho com almofadas e paninhos, de forma acolhedora. Esclareça que a intenção é gerar a sensação de aconchego e acolhimento para terem liberdade de movimento na hora de embalar ao som do acalanto. Os familiares podem usar como referência o espaço criado por você no vídeo enviado ou nas fotos das vivências escolares. Se não tiverem repertório, em casa, de acalantos, poderão usar a canção que você sugeriu, que o bebê já conhece.

 

Sugira às famílias

Convide os familiares a deixarem o bebê em uma posição confortável durante a proposta, que é interativa e inclui movimento corporal. Desta forma, esclareça que não é necessário ele ficar sentado ou olhando para demonstrar que está prestando atenção. Oriente que é fundamental validar as iniciativas do bebê e perceber os interesses dele. Os familiares podem cantar o acalanto que costumam usar em casa ou ouvir com som no celular. Essa pode ser uma possibilidade, mas, ressalte que evitem o uso de vídeos porque poderiam focar a atenção na imagem. Peça para que privilegiem o contato entre a família nesse momento.

A intenção é estreitar laços através da interação. Diga que será bem prazeroso estarem juntos, desfrutando de momentos assim. Ao som do acalanto, o adulto pode convidar o bebê para a proposta de forma envolvente, fazendo o movimento corporal de embalo, mexendo o corpo para lá e para cá, com ou sem um objeto (aquele que tiver disponível em casa), e assim ser imitado pelo bebê. Para ficar mais divertido, poderá fazer sons típicos do ritmo: “ummm”, “lalalalá” e improvisar com um pano enrolado ou almofada, simulando um bebê no colo.

 

Para compartilhar com o grupo

Convide os familiares para que compartilhem com você esses valiosos momentos através de foto, vídeo ou áudio, com comentários sobre como foi essa vivência. Compartilhe-os com as demais famílias e, assim, favoreça que uma contribua com a outra, ampliando possibilidades. Esse material, além de repertoriar outras famílias nesse momento, fazendo com que participem mais, é também um rico recurso para diversificar as práticas na escola.

Quando voltarem à sala de aula, terão outras versões dos acalantos já conhecidos, ampliando o repertório cultural do grupo de acordo com essas experiências compartilhadas em casa. Planeje quais e como poderão ser retomadas com os bebês na escola, se tornando um importante apoio na readaptação.



Sugestão Enviada Por: Keli Patricia Luca


Código: EDI1_09UND01

(EI01TS03) Explorar diferentes fontes sonoras e materiais para acompanhar brincadeiras cantadas, canções, músicas e melodias.

(EI01EO05) Reconhecer seu corpo e expressar suas sensações em momentos de alimentação, higiene, brincadeira e descanso.

(EI01CG01) Movimentar as partes do corpo para exprimir corporalmente emoções, necessidades e desejos.

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês:

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas