Seções | Educação Infantil | Neury Responde

Na pré-escola, o professor deve ser o mesmo todo ano?

Neurilene Martins responde a dúvidas sobre sala de aula

POR:
NOVA ESCOLA
Neurilene Martins,

Neurilene Martins,
doutora em Educação e professora do curso de Pedagogia do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge)

Pergunta enviada por Mirian Pereira de Sousa, Serra, ES

Não necessariamente. Seja mantendo o mesmo educador, seja trocando de um ano para outro, o essencial para as crianças é que a escola constitua-se em um ambiente educativo seguro e afetivo, com a gestão continuada da turma. Os fatores envolvidos na construção das relações entre os pequenos e os professores são muitos e interferem na aprendizagem. A opção pela permanência de um único docente no acompanhamento da classe não deve ser tomada como princípio educativo, mas como estratégia a ser avaliada, levando em conta os resultados alcançados, as metas institucionais e as potencialidades pedagógicas. É a corresponsabilidade dos educadores pelo desenvolvimento de todas as crianças que oferece as melhores condições institucionais e didáticas para a qualidade do trabalho com elas ao longo dos anos. A adoção de um pensamento pedagógico sistêmico e a realização de intervenções articuladas a curto, médio e longo prazo são mais adequadas do que o trabalho individual e isolado feito por cada professor. A missão da escola é consolidar um projeto educativo em rede possível de ser realizado por todos os educadores, de modo a gerar atuações estratégicas e em conjunto para atingir as metas educativas. O registro de sala por meio de instrumentos como diários das turmas, relatórios de aprendizagem e portfólios podem evitar que se perca a biografia da classe e as singularidades do trabalho pedagógico, dados a ser considerados para o planejamento do ano seguinte com o mesmo professor ou não.

Compartilhe este conteúdo: