Cinco perguntas sobre petróleo

POR:
NOVA ESCOLA
Veja na Sala de Aula

Entenda a importância econômica deste recurso natural que está presente em quase tudo no nosso cotidiano. Conheça como ele se forma e enriqueça sua aula sobre o tema

1. O que é o petróleo e para que serve?
Trata-se de um hidrocarboneto, tipo de composto orgânico formado por carbono e hidrogênio, cuja combustão (ou queima) gera grande quantidade de energia. Esta reação ocorre entre um combustível, neste caso o petróleo, e um reagente, como o ar por exemplo, e libera o calor utilizado para produzir a energia que consumimos. Atualmente, o petróleo é a principal fonte energética utilizada no mundo. Por meio do seu  refino, processo que basicamente separa em frações e elimina impurezas, são produzidos a gasolina, o óleo diesel, o querosene e a nafta, matérias primas fundamentais para a indústria petroquímica. Seu processamento dá origem a tecidos sintéticos, inseticidas, medicamentos, tintas, explosivos e ao plástico, base para inúmeros produtos do nosso dia a dia.

2. Onde estão as reservas mundiais e porque há petróleo nestes lugares?
As maiores reservas em exploração na atualidade estão nos países da bacia do Golfo Pérsico (Arábia Saudita, Irã, Emirados Árabes e Kuwait), na Venezuela, na Sibéria Ocidental (Rússia), e no entorno do Golfo do México, nos estados norte-americanos voltados para essa bacia.
Todas essas regiões foram, entre 135 e 65 milhões de anos atrás, durante o Período Cretáceo, fundo do mar.  Camadas de microorganismos marinhos se depositaram nestes locais e foram recobertos por rochas, criando um ambiente propício para as bactérias decompositoras cuja ação, aliada ao calor e à pressão, fez  com que os restos de seres marinhos se transformassem em uma substância rica em hidrocarbonetos (petróleo, gás natural e xisto betuminoso). 

3. Ainda é possível encontrar novas reservas?
Sim, principalmente em áreas de pré-sal, como ocorreu no Brasil. O termo refere-se às rochas localizadas nas porções marinhas de parte do litoral, com potencial para a geração e acúmulo de petróleo. Recentemente foi descoberto o pré-sal africano, que está associado ao brasileiro. Isso porque há milhões de anos atrás o que hoje é a África e o nosso país formavam um único território. Com o movimento das placas que constituem o planeta Terra, uma fissura se formou e deu origem a um ambiente aquático ocupado por vários organismos. Ao morrerem, eles se acumularam no fundo do mar e sua decomposição gerou, com o tempo, o petróleo que hoje está  nas bordas dos dois continentes. 
Também está em discussão a exploração do petróleo no Ártico, que poderá ser mais facilmente extraído devido ao degelo da calota polar.

Um espaço funcional. Infografia: Bruno Algarve
Dados do Anuário Estatístico da Agência Nacional de Petróleo (2011).

 

 

4. O que significa a cotação do barril de petróleo?
O barril de petróleo é uma unidade de medida equivalente a aproximadamente 159 litros de petróleo. O seu preço é definido pelos países produtores de acordo com a quantidade que definem colocar à disposição para compra no mercado internacional. A escassez ou a abundância desta matéria-prima, na maioria da vezes, não tem a ver com a quantidade produzida ou com o potencial da fonte produtora, mas com questões mercadológicas e como forma de pressão  sobre os consumidores, estes últimos, em geral, representados pelos países mais ricos e industrializados.


5.O petróleo pode acabar? 
O petróleo é um recurso natural não renovável, isso significa que ele vai acabar dentro de algumas décadas. Devido à descoberta recente de novas jazidas, alguns especialistas não precisam uma data para seu fim. Embora outros afirmem que ele pode durar por,  aproximadamente, mais cinquenta anos.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias