Leitura de listas de títulos

Para pedir que as crianças encontrem onde está escrito determinado título, é preciso pensar em quais desafios elas terão de enfrentar

POR:
Anderson Moço

Criar momentos para que os alunos pensem sobre as peculiaridades da língua escrita é uma das principais tarefas do alfabetizador. Mesmo sem saber ler convencionalmente, as crianças devem ser desafiadas a tentar. Uma das atividades que melhor atendem a esse objetivo é a leitura de listas de títulos de histórias conhecidas. "Em geral, eles são formados por mais de uma palavra, o que aumenta ainda mais a dificuldade para o estudante", explica Renata Frauendorf, formadora de professores do Instituto Avisa Lá, na capital paulista, e do programa Ler e Escrever, da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo. Os títulos, de acordo com ela, fornecem um contexto didático favorável para que a turma se sinta capaz. As crianças devem conhecer as histórias e já ter folheado os livros várias vezes para, com isso, conseguir ativar um repertório que as ajude a pensar sobre a escrita das palavras.

Como em todas as situações numa sala de alfabetização, é preciso planejar muito bem e pensar nos desafios a serem propostos (leia na próxima página um exemplo de lista fácil demais e outra com desafios). Só assim a turma reflete sobre o sistema alfabético de escrita e avança em suas hipóteses de leitura. Uma dica inicial é que a lista contenha apenas os títulos e não ilustrações que permitiriam aos pequenos descobrir sem precisar ler. O foco aqui é a leitura e não a interpretação de imagens. Outra recomendação importante é em relação ao número de itens apresentados. "Não é a quantidade de títulos que é desafiadora. Em geral, seis títulos bem pensados, com questões a responder, geram trocas ricas entre as crianças", diz Renata.

Há algumas formas consagradas de desenvolver a atividade. É possível, por exemplo, pedir que um aluno com hipóteses mais avançadas leia a lista afixada no quadro e diga qual, dentre aquelas histórias, é sua preferida. Outra possibilidade é pedir que a criança identifique um título específico dentre dois diferentes da lista. Nesse caso, é possível variar o grau de dificuldade escolhendo os que começam da mesma forma para alunos com hipóteses mais avançadas ou títulos diferentes para aqueles com conhecimento menor. Se a primeira letra se repete em um título, ele tem de lançar mão de diferentes estratégias de leitura, buscando outros indícios para conseguir ler. De qualquer forma, é fundamental fazer perguntas que ajudem na reflexão. A palavra que você procura começa e termina com que letra? Quantas letras ela tem? "Mais importante do que a lista são as perguntas do professor, que podem tornar a situação desafiadora. A leitura, se mal conduzida, gera dificuldades para a criança, que pode não conseguir avançar", conclui a educadora. 

Listas que fazem a diferença

Para esta atividade, o professor mostra os títulos de várias histórias e pede que a criança encontre um deles. Ela precisa dizer onde ele está escrito e como descobriu isso

Fácil demais

Se os alunos sabem resolver todas as questões propostas pelo professor, a lista não está sendo eficiente. Títulos que sejam muito diferentes geram menos dificuldades. Identifique o que os alunos já dominam e acrescente itens que deixem a lista complexa.

Lista fácil demais

A maior parte dos títulos começa com letras diferentes, o que facilita muito a tarefa. Mesmo um aluno nas hipóteses menos avançadas não terá dificuldade para encontrar a história pedida tendo como critério apenas a letra inicial.

Marcelo Marmelo Martelo
Todas as palavras desse título começam com a mesma sílaba, o que leva as crianças a deduzir rapidamente qual a resposta correta. Muitas delas entendem que o mesmo som deve ser grafado da mesma forma.

Pinóquio
Esse é o único formado por uma palavra só. Se o aluno utilizar o critério de quantidade, um dos primeiros em que a maioria se apoia, não precisará continuar pensando e encontrará o título com facilidade.


Com desafio

Uma lista que exige esforço dos alunos de alfabetização é aquela formada por títulos com várias palavras e itens que iniciam com uma mesma letra - mas a atividade não funciona sem boas intervenções do professor.

Lista com desafio

A Bela e a Fera
O fato de haver dois títulos iniciando com as mesmas palavras fará com que o aluno busque outras pistas. "Fera" e "adormecida" têm um número de letras bem diferente e isso pode ajudá-lo.

O Patinho Feio
Cada título desta lista tem um correspondente que começa com a mesma letra. Por isso, o aluno ficará em dúvida apenas entre o correto e O Pequeno Polegar. Tomando como indício a primeira letra da segunda palavra, poderá encontrar o título procurado.

Chapeuzinho Vermelho
A criança poderá ficar em dúvida com o título Cachinhos Dourados. Para ajudá-la a refletir, é possível perguntar sobre o fim da palavra, já que "cachinhos" termina com "s", e não com "o".

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias