17806
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 7º ano > Conexões e escalas

Plano de aula - Direito à água - povos ribeirinhos e pescadores artesanais

Plano de aula de Geografia com atividades para 7º ano do Fundamental sobre conhecer a dinâmica de vida dos povos ribeirinhos e pescadores artesanais.

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Laiany Rose Souza Santos

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF07GE03 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Nessa aula, será trabalhado especificamente o direito e dinâmica de vida dos povos ribeirinhos e pescadores artesanais a partir de argumentos que identifiquem sua territorialidade.

Materiais necessários:

Revistas; jornais; imagens impressas relacionadas ao tema; papel; canetas coloridas; tesoura e cola.

Material complementar:

Imagens da problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/RKyGzmEgyyHyyCypRpdSR632wnjJEuBnJtmfuPUWXrXNjHmJdha8St8yRM98/geo7-03und04-imagens-da-problematizacao.pdf

Imagem da ação propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/rJj3FdnmVtKYmBYjZysy6zTXygatchZUVYSNbWUwv3XS9qthf4Ey2TMBX6VM/geo7-03und04-imagem-da-acao-propositiva.pdf

Imagem da sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/UbA2mJGt2QWdwztnVdrRypg92aDQggNhtf2qeUxyEVB2YZvn6YkHy6R8fmZG/geo7-03und04-imagem-da-sistematizacao.pdf

Para você saber mais:

Os povos ribeirinhos vivem nas proximidades dos rios, que são para eles o cerne da vida, pois daí extraem grande parte de seus alimentos e deles dependem para ir e vir, inclusive às escolas. Assim como os pescadores artesanais, caracterizados principalmente pela mão de obra familiar, com embarcações de pequeno porte como canoas ou jangadas, ou ainda na captura de moluscos perto da costa, no que caracteriza o trabalho principalmente realizado por mulheres marisqueiras.

É possível ter mais informações, inclusive sobre direito e defeso nos sites indicados abaixo:

http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&id=1053%3Aribeirinhos, acessado 20/04/2019.

https://www.inss.gov.br/beneficios/seguro-desemprego-do-pescador-artesanal/, acessado 20/04/2019.

https://educacaointegral.org.br/reportagens/a-escola-dos-povos-ribeirinhos-entre-a-potencia-e-os-desafios/, acessado 20/04/2019.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete o tema aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Questione se sabem do que se trata os povos ribeirinhos e pescadores artesanais, guarde as falas para utilizá-las ao longo da aula.

Como adequar à sua realidade: A depender de onde a escola se localiza, é possível utilizar de elementos do cotidiano para explicar a realidade e configuração sócio espacial e histórica desses povos.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Para iniciar a aula faça um levantamento prévio a partir das seguintes questões:

1- Conhecem ou vivem próximo ao rio ou mar, que depende deste para sobreviver?

2- Trabalham com o que?

3- Quais as comidas que comem? (não aceite somente peixe como resposta, mas estimule a pensar moqueca, siri catado, entre outros pratos que são feitos nessas comunidades)

Em seguida fale do Decreto 6.040 de 7 de fevereiro de 2007, que reconheceu a existência dos povos e comunidades tradicionais, dentre os quais estão os ribeirinhos. E busque pontuar com a turma a necessidade deste Decreto, e tente enfatizar de que é uma forma de assegurar a esses povos o direito de existir da sua forma de se reproduzir econômica e socialmente.

Como adequar à sua realidade: Caso a escola esteja inserida num contexto ribeirinho ou de pesca artesanal pergunta o que os alunos gostam de fazer? o que fazem iguais aos pais? e das respostas pode fazer uma relação com a aula.

Para você saber mais:

Para ler o decreto na íntegra acesse:

BRASIL. Decreto 6.040 de 7 de fevereiro de 2007. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/

decreto/d6040.htm>. Acesso em: 19/04/2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Mostre para turma que o direito dos povos ribeirinhos e pescadores artesanais, afirmado no Decreto 6.040, foi uma luta para garantir sua forma de existência, em seguida, levante o questionamento do slide “quais as diferenças e consequências desses tipos de pesca?” e mostre as ameaças dessa forma de existência com a disputa com a pesca predatória ou industrial. Para referenciar o debate pode-se afirmar que enquanto os povos ribeirinhos e pescadores artesanais têm na pesca o valor de uso, ou seja, principalmente para alimentação da família e o excedente comercializado para atender outras necessidades que não podem ser garantidas com a pesca, como compra de remédios, vestimentas etc. A pesca predatória ou industrial tem em seu cerne o valor de troca, ou seja, é direcionada ao mercado como uma sobrepesca, que retira do meio ambiente muito mais do que ele consegue repor de maneira natural.

Com o avanço da tecnologia é possível saber a localização exata de cardumes e retirar do mar uma quantidade significativa de peixes, e mesmo nas proximidades onde é realizada a pesca artesanal há um processo de privatização das águas, Trata-se da Cessão de águas Públicas lançada em editais no mês de junho de 2013 (Licitações: 11/2013- 12/2013-13/2013-14/2013), que transfere determinada área do mar para grupos que pretendem cultivar uma determinada espécie de peixe, interferindo diretamente na pesca artesanal, pois proíbe pessoas que viviam especificamente da pesca de acessarem determinados espaços, além dos problemas que causam com a alimentação dos peixes com rações transgênicas e que voltam para o mar poluindo e matando outras espécies.

Material complementar

Imagens da problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/RKyGzmEgyyHyyCypRpdSR632wnjJEuBnJtmfuPUWXrXNjHmJdha8St8yRM98/geo7-03und04-imagens-da-problematizacao.pdf

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Com base na imagem peça que façam uma reflexão sobre o modo de vida dos povos ribeirinhos e pescadores artesanais, em seguida entregue a turma revistas, jornais, imagens impressas de tamanhos diversos e peça que com esses materiais criem um fanzine. Fanzine é uma publicação não profissional, realizada por composição (recortes de letras diferentes, imagens e montagem como uma revista pequena, não precisa ter um formato padrão, o que conta é a criatividade dos alunos, pode ter grafitagem, foto, adesivo, pintura, a dobradura estilo origami, como sentirem que têm maior facilidade), em que o principal objetivo é transmitir uma mensagem. Assim, eles irão criar uma mensagem que mostre a importância e também a necessidade de preservação desse modo de vida e em seguida buscar meios de criar um fanzine atrativo, divertido e que passe uma mensagem importante. Lembre-se de apresentar que a maioria do pescado que consumimos vem da pesca artesanal. Para observar um exemplo de fanzine, verifique a seção Para você saber mais, logo abaixo.

Material complementar

Imagem da ação propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/rJj3FdnmVtKYmBYjZysy6zTXygatchZUVYSNbWUwv3XS9qthf4Ey2TMBX6VM/geo7-03und04-imagem-da-acao-propositiva.pdf

Como adequar à sua realidade: Se a escola está inserida numa comunidade desta natureza, seria interessante apresentar foto da própria comunidade e fazer com que o fanzine seja em defesa da sua comunidade. Esses podem depois serem fotografados e enviados ao poder público.

Para você saber mais:

Para montar o fanzine é preciso definir a mensagem e depois buscar recortes que atendam a responder o objetivo. Um passo a passo disponibilizado na internet está no link: <https://jucienebertoldo.files.wordpress.com/2017/06/como-fazer-um-fanzine.pdf>, acessado em 13 de maio de 2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Agora é hora de socializar as produções. Peça que apresentem seus fanzines destacando a mensagem que foi criada por cada um. Como forma de valorizar o trabalho, pode-se usar um barbante e pendurar na escola para que outros alunos possam ter acesso à produção.

Material complementar

Imagem da sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/UbA2mJGt2QWdwztnVdrRypg92aDQggNhtf2qeUxyEVB2YZvn6YkHy6R8fmZG/geo7-03und04-imagem-da-sistematizacao.pdf

Resumo da aula

download Baixar plano

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF07GE03 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Nessa aula, será trabalhado especificamente o direito e dinâmica de vida dos povos ribeirinhos e pescadores artesanais a partir de argumentos que identifiquem sua territorialidade.

Materiais necessários:

Revistas; jornais; imagens impressas relacionadas ao tema; papel; canetas coloridas; tesoura e cola.

Material complementar:

Imagens da problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/RKyGzmEgyyHyyCypRpdSR632wnjJEuBnJtmfuPUWXrXNjHmJdha8St8yRM98/geo7-03und04-imagens-da-problematizacao.pdf

Imagem da ação propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/rJj3FdnmVtKYmBYjZysy6zTXygatchZUVYSNbWUwv3XS9qthf4Ey2TMBX6VM/geo7-03und04-imagem-da-acao-propositiva.pdf

Imagem da sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/UbA2mJGt2QWdwztnVdrRypg92aDQggNhtf2qeUxyEVB2YZvn6YkHy6R8fmZG/geo7-03und04-imagem-da-sistematizacao.pdf

Para você saber mais:

Os povos ribeirinhos vivem nas proximidades dos rios, que são para eles o cerne da vida, pois daí extraem grande parte de seus alimentos e deles dependem para ir e vir, inclusive às escolas. Assim como os pescadores artesanais, caracterizados principalmente pela mão de obra familiar, com embarcações de pequeno porte como canoas ou jangadas, ou ainda na captura de moluscos perto da costa, no que caracteriza o trabalho principalmente realizado por mulheres marisqueiras.

É possível ter mais informações, inclusive sobre direito e defeso nos sites indicados abaixo:

http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&id=1053%3Aribeirinhos, acessado 20/04/2019.

https://www.inss.gov.br/beneficios/seguro-desemprego-do-pescador-artesanal/, acessado 20/04/2019.

https://educacaointegral.org.br/reportagens/a-escola-dos-povos-ribeirinhos-entre-a-potencia-e-os-desafios/, acessado 20/04/2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete o tema aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Questione se sabem do que se trata os povos ribeirinhos e pescadores artesanais, guarde as falas para utilizá-las ao longo da aula.

Como adequar à sua realidade: A depender de onde a escola se localiza, é possível utilizar de elementos do cotidiano para explicar a realidade e configuração sócio espacial e histórica desses povos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Para iniciar a aula faça um levantamento prévio a partir das seguintes questões:

1- Conhecem ou vivem próximo ao rio ou mar, que depende deste para sobreviver?

2- Trabalham com o que?

3- Quais as comidas que comem? (não aceite somente peixe como resposta, mas estimule a pensar moqueca, siri catado, entre outros pratos que são feitos nessas comunidades)

Em seguida fale do Decreto 6.040 de 7 de fevereiro de 2007, que reconheceu a existência dos povos e comunidades tradicionais, dentre os quais estão os ribeirinhos. E busque pontuar com a turma a necessidade deste Decreto, e tente enfatizar de que é uma forma de assegurar a esses povos o direito de existir da sua forma de se reproduzir econômica e socialmente.

Como adequar à sua realidade: Caso a escola esteja inserida num contexto ribeirinho ou de pesca artesanal pergunta o que os alunos gostam de fazer? o que fazem iguais aos pais? e das respostas pode fazer uma relação com a aula.

Para você saber mais:

Para ler o decreto na íntegra acesse:

BRASIL. Decreto 6.040 de 7 de fevereiro de 2007. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/

decreto/d6040.htm>. Acesso em: 19/04/2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Mostre para turma que o direito dos povos ribeirinhos e pescadores artesanais, afirmado no Decreto 6.040, foi uma luta para garantir sua forma de existência, em seguida, levante o questionamento do slide “quais as diferenças e consequências desses tipos de pesca?” e mostre as ameaças dessa forma de existência com a disputa com a pesca predatória ou industrial. Para referenciar o debate pode-se afirmar que enquanto os povos ribeirinhos e pescadores artesanais têm na pesca o valor de uso, ou seja, principalmente para alimentação da família e o excedente comercializado para atender outras necessidades que não podem ser garantidas com a pesca, como compra de remédios, vestimentas etc. A pesca predatória ou industrial tem em seu cerne o valor de troca, ou seja, é direcionada ao mercado como uma sobrepesca, que retira do meio ambiente muito mais do que ele consegue repor de maneira natural.

Com o avanço da tecnologia é possível saber a localização exata de cardumes e retirar do mar uma quantidade significativa de peixes, e mesmo nas proximidades onde é realizada a pesca artesanal há um processo de privatização das águas, Trata-se da Cessão de águas Públicas lançada em editais no mês de junho de 2013 (Licitações: 11/2013- 12/2013-13/2013-14/2013), que transfere determinada área do mar para grupos que pretendem cultivar uma determinada espécie de peixe, interferindo diretamente na pesca artesanal, pois proíbe pessoas que viviam especificamente da pesca de acessarem determinados espaços, além dos problemas que causam com a alimentação dos peixes com rações transgênicas e que voltam para o mar poluindo e matando outras espécies.

Material complementar

Imagens da problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/RKyGzmEgyyHyyCypRpdSR632wnjJEuBnJtmfuPUWXrXNjHmJdha8St8yRM98/geo7-03und04-imagens-da-problematizacao.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Com base na imagem peça que façam uma reflexão sobre o modo de vida dos povos ribeirinhos e pescadores artesanais, em seguida entregue a turma revistas, jornais, imagens impressas de tamanhos diversos e peça que com esses materiais criem um fanzine. Fanzine é uma publicação não profissional, realizada por composição (recortes de letras diferentes, imagens e montagem como uma revista pequena, não precisa ter um formato padrão, o que conta é a criatividade dos alunos, pode ter grafitagem, foto, adesivo, pintura, a dobradura estilo origami, como sentirem que têm maior facilidade), em que o principal objetivo é transmitir uma mensagem. Assim, eles irão criar uma mensagem que mostre a importância e também a necessidade de preservação desse modo de vida e em seguida buscar meios de criar um fanzine atrativo, divertido e que passe uma mensagem importante. Lembre-se de apresentar que a maioria do pescado que consumimos vem da pesca artesanal. Para observar um exemplo de fanzine, verifique a seção Para você saber mais, logo abaixo.

Material complementar

Imagem da ação propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/rJj3FdnmVtKYmBYjZysy6zTXygatchZUVYSNbWUwv3XS9qthf4Ey2TMBX6VM/geo7-03und04-imagem-da-acao-propositiva.pdf

Como adequar à sua realidade: Se a escola está inserida numa comunidade desta natureza, seria interessante apresentar foto da própria comunidade e fazer com que o fanzine seja em defesa da sua comunidade. Esses podem depois serem fotografados e enviados ao poder público.

Para você saber mais:

Para montar o fanzine é preciso definir a mensagem e depois buscar recortes que atendam a responder o objetivo. Um passo a passo disponibilizado na internet está no link: <https://jucienebertoldo.files.wordpress.com/2017/06/como-fazer-um-fanzine.pdf>, acessado em 13 de maio de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Agora é hora de socializar as produções. Peça que apresentem seus fanzines destacando a mensagem que foi criada por cada um. Como forma de valorizar o trabalho, pode-se usar um barbante e pendurar na escola para que outros alunos possam ter acesso à produção.

Material complementar

Imagem da sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/UbA2mJGt2QWdwztnVdrRypg92aDQggNhtf2qeUxyEVB2YZvn6YkHy6R8fmZG/geo7-03und04-imagem-da-sistematizacao.pdf

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Conexões e escalas do 7º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF07GE03 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano