16155
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 9º ano > Mundo do trabalho

Plano de aula - A agroindústria

Plano de aula de Geografia com atividades para 9ºano do Fundamental sobre Compreender a interdependência da produção do campo e da cidade no processo agroindustrial

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Mariana Soares Domingues

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09GE13 de Geografia, que consta na BNCC. Esta habilidade diz respeito à análise da importância da produção agropecuária na sociedade urbano-industrial ante o problema da desigualdade mundial de acesso aos recursos alimentares e à matéria-prima. Assim, o uso de materiais didáticos visuais como mapas, podem ser úteis para interpretações e comparações entre as localidades. Como esta habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. A habilidade EF09GE12, por exemplo, pode ser relacionada a esta aula e, então, ser explorada para relacionar o processo de urbanização às transformações da produção agropecuária, à expansão do desemprego estrutural e ao papel crescente do capital financeiro em diferentes países, com destaque para o Brasil. Assim como a habilidade EF09GE11 que busca relacionar as mudanças técnicas e científicas decorrentes do processo de industrialização com as transformações no trabalho em diferentes regiões do mundo e suas consequências no Brasil.

Materiais necessários: cartolina, recortes de jornais, revistas, panfletos, ou quaisquer materiais não digitais, lápis e/ou caneta, imagem representando o campo e a cidade, disponível no slide e no material complementar.

Para você saber mais:

Para maiores informações e para complementar o estudo você pode acessar o texto no site da embrapa: “Ciência que transforma” . O texto define agroindústria e demonstra resultados e impactos positivos da pesquisa agropecuária na economia, no meio ambiente e na mesa do brasileiro; disponível em: https://www.embrapa.br/grandes-contribuicoes-para-a-agricultura-brasileira/agroindustria. Acesso em 04/12/2017.

O relatório do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada): “O Perfil da Agroindústria Rural no Brasil: uma análise com base nos dados do Censo Agropecuário 2006” é um estudo que analisa um conjunto de variáveis censitárias referentes ao desenvolvimento da agricultura e do meio rural brasileiro no que respeita à “agroindústria rural”. As análises aqui apresentadas seguem essencialmente as classificações utilizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para a coleta e tabulação dos dados censitários. Deste modo, a definição de agroindústria rural aqui utilizada privilegia um amplo conjunto de atividades de transformação e beneficiamento de produtos agropecuários, abarcando a diversidade de itens processados e beneficiados nos estabelecimentos rurais, independentemente da destinação a eles conferida, do tipo de estabelecimento e do volume processado. Os dados foram organizados de forma a possibilitar comparações macrorregionais. Está disponível em: http://www.ipea.gov.br/agencia/images/stories/PDFs/relatoriopesquisa/130319_relatorio_perfil_agroindustria.pdf. Acesso em 04/12/2017.

Contextos prévios: Para trabalhar esse plano de aula é importante que os alunos já tenham estudado sobre as Revoluções Industriais e suas alterações no modo de produção, assim como a inserção de adventos tecnológicos no meio rural para aprimoramento e ampliação da produtividade agrícola.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 min

Orientações: Comente com os alunos que nesta aula eles vão compreender a inter-relação entre o espaço rural e urbano, através da evolução do sistema agropecuário e da indústria. A ideia é que estabeleçam relações entre os dois ambientes compreendendo a interdependência entre o agropecuária e indústria por meio das produções do campo e da cidade. Divida-os em grupos de quatro alunos para o desenvolvimento dessa atividade. No resultado final espera-se um cartaz/painel/slide de apresentação produzido por eles que retrata a troca de produtos entre os setores.

Para você saber mais:

O Instituto Federal do Sudeste de Minas e a Escola Técnica Estadual (ETEC) de São Paulo oferecem o curso técnico em Agroindústria. Você pode acessar o site para compreender as competências gerais dessa profissão para relatar aos alunos. Disponível em: http://www.barbacena.ifsudestemg.edu.br/medioagroindustria e https://www.vestibulinhoetec.com.br/unidades-cursos/curso.asp?c=1001. Acesso em 04/12/2018.

Para maiores informações e para complementar o estudo você pode acessar o texto no site da embrapa: “Ciência que transforma” . O texto define agroindústria e demonstra resultados e impactos positivos da pesquisa agropecuária na economia, no meio ambiente e na mesa do brasileiro; disponível em: https://www.embrapa.br/grandes-contribuicoes-para-a-agricultura-brasileira/agroindustria. Acesso em 04/12/2018.

O relatório do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada): “O Perfil da Agroindústria Rural no Brasil: uma análise com base nos dados do Censo Agropecuário 2006” é um estudo que analisa um conjunto de variáveis censitárias referentes ao desenvolvimento da agricultura e do meio rural brasileiro no que respeita à “agroindústria rural”. As análises aqui apresentadas seguem essencialmente as classificações utilizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para a coleta e tabulação dos dados censitários. Deste modo, a definição de agroindústria rural aqui utilizada privilegia um amplo conjunto de atividades de transformação e beneficiamento de produtos agropecuários, abarcando a diversidade de itens processados e beneficiados nos estabelecimentos rurais, independentemente da destinação a eles conferida, do tipo de estabelecimento e do volume processado. Os dados foram organizados de forma a possibilitar comparações macrorregionais. Está disponível em: http://www.ipea.gov.br/agencia/images/stories/PDFs/relatoriopesquisa/130319_relatorio_perfil_agroindustria.pdf. Acesso em 04/12/2018.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 min

Orientações: Nesse momento procure levantar os conhecimentos prévios dos alunos,como eles entendem o termo agroindústria. Como relacionar as imagens entre si? A ideia é que compreendam que a produção agropecuária, principalmente de matérias-primas, atende a indústria; assim como a produção da indústria, por meio das máquinas, produtos industrializados e insumos agrícolas, atende a produção agrícola. É também importante que eles percebam que sem a matéria-prima produzida não há produção industrial, tendo em vista que o processo envolve a transformação da matéria-prima bruta em produto final. Retome com os alunos que a agroindústria é o conjunto de atividades relacionadas à transformação de matérias-primas provenientes da agricultura, pecuária, aquicultura ou silvicultura. O grau de transformação varia amplamente em função dos objetivos das empresas agroindustriais. Vale a pena recordar a importância das Revoluções Industriais que, além de criarem máquinas e insumos tecnológicos para incrementar a produção agrícola, também aceleram os processos produtivos demandando maior quantidade de matérias-primas para serem transformadas na indústria.

Para você saber mais:

o texto do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada de Gesmar Rosa dos Santos: “Agroindústria no Brasil: um olhar sobre indicadores de porte e expansão regional” aborda sobre os impactos dessa atividade na economia e sociedade brasileiratrazendo dados regionais sobre essa produção. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/radar/temas/agricultura/333-radar-n-31-agroindustria-no-brasil-um-olhar-sobre-indicadores-de-porte-e-expansao-regional. (Acesso em 04/12/2018).

O texto “Agroindústria brasileira cresceu 4,7%” aborda sobre a produção agroindustrial no país por meio de dados recentes de crescimento dos produtos desse setor.

Disponível em: http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2011/02/agroindustria-brasileira-cresceu-4-7 (Acesso em 04/12/2018) Assim como o artigo “Agroindústria se recupera e impulsiona PIB do Agronegócio em 2018” do CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) traz dados e informações recentes dessa atividade no Brasil. Disponível em: https://www.cepea.esalq.usp.br/br/releases/pib-agro-cepea-agroindustria-se-recupera-e-impulsiona-pib-do-agronegocio-em-2018.aspx.

(Acesso em 04/12/2018)

Recomenda-se algumas literaturas para o aprofundamento do assunto:

ABRAMOVAY, R. Paradigmas do capitalismo agrário em questão. São Paulo, Edusp, 2012.

MAZZALI, L. O processo recente de reorganização agroindustrial: do complexo à organização “em rede”. São Paulo, Unesp, 2000.

MÜLLER, G. Complexo agroindustrial e modernização agrária. São Paulo: HUCITEC/PUC-SP, 1989. 149p. (Estudos Rurais, 10).

VEIGA, J. E. Desenvolvimento agrícola: uma visão histórica. São Paulo, Edusp, 2012.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 min

Orientações: A ideia é que os alunos possam entender que sem as matérias-primas não há produção industrial, assim como a indústria produz bens e insumos agrícolas para o incremento da produtividade e rentabilidade do campo, tais como máquina, fertilizantes, agrotóxicos, etc. Se necessário, retome a imagem do slide anterior e o que discutiram para compreender essa inter-relação. Relacione a esse conceito a ideia de agronegócio, ou seja, o amplo investimento financeiro no campo para aprimorar e ampliar a produtividade com objetivo de atender a produção industrial e o mercado consumidor na obtenção de lucro. É importante que eles percebam a interdependência das atividades econômicas que se consolida com a inserção de adventos tecnológicos nos meios produtivos.

Retome a ideia de complexo industrial que designa as relações entre a indústria e a agricultura na fase em que a agricultura representa intensas conexões para trás, com a indústria para a agricultura, e para a frente, com as agroindústrias. O complexo agroindustrial é uma forma de unificação das relações interdepartamentais com os ciclos econômicos e as esferas de produção, distribuição e consumo, relações estas associadas às atividades agrárias. Também é uma unidade de análise na qual as atividades (agricultura, pecuária, reflorestamento) se vinculam com as atividades industriais de uma dupla maneira: com a de máquinas e insumos para a agricultura e com as de beneficiamento e processamento; com o comércio atacadista e varejista internos; e com o comércio externo, tanto de produtos agrários quanto agroindustriais, e da indústria para a agricultura.

O que discutiram poderá ser resumido no slide posterior.

Para você saber mais: Consulte o Instituto Souza Cruz, dsponível em: http://www.institutosouzacruz.org.br/groupms/sites/INS_8BFK5Y.nsf/vwPagesWebLive/DO8P6LRQ?opendocument. Acesso em 04/12/2018.

No link: https://www.agron.com.br/publicacoes/mundo-agron/curiosidades/2016/02/22/047456/o-que-e-agronegocio.html (acesso em 11/12/2018) há a definição de agronegócio dividindo o setor em 3 partes, que se segue para orientar os alunos:

“Agronegócio (também chamado de agrobusiness) é o conjunto de negócios relacionados à agricultura e pecuária dentro do ponto de vista econômico.

Costuma-se dividir o estudo do agronegócio em três partes: a primeira parte trata dos negócios agropecuários propriamente ditos, ou de "dentro da porteira", que representam os produtores rurais, sejam eles pequenos, médios ou grandes, constituídos na forma de pessoas físicas (fazendeiros ou camponeses) ou de pessoas jurídicas (empresas).

Na segunda parte, os negócios à montante da agropecuária, ou da "pré-porteira", representados pela indústria e comércio que fornecem insumos para a produção rural, como por exemplo os fabricantes de fertilizantes, defensivos químicos, equipamentos.

E na terceira parte estão os negócios à jusante dos negócios agropecuários, ou de "pós-porteira", onde estão a compra, transporte, beneficiamento e venda dos produtos agropecuários até o consumidor final. Enquadram-se nesta definição os frigoríficos, as indústrias têxteis e calçadistas, empacotadores, supermercados, distribuidores de alimentos”.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 18 min

Orientações: Os alunos deverão montar um cartaz para estabelecer a inter relação da produção agropecuária e da indústria. Por meio de recortes de jornais, revistas, panfletos, quaisquer materiais que não sejam digitais, devem coletar imagens de matérias-primas, tais como, produtos agrícolas e pecuários que são produzidos na atividade agropecuária (feijão, milho, trigo, soja, algodão, carne de frango, bovina, ovos, leite, etc) e colar na seta no sentido da indústria. No sentido contrário, devem coletar imagens de insumos agrícolas produzidos na indústria tais como agrotóxicos (inseticidas, herbicidas, pesticidas, etc), máquinas agrícolas (tratores, colheitadeiras, plantadeiras, etc), fertilizantes, adubos, sementes, e colar na seta no sentido da agropecuária. Não esqueça de orientá-los a colocarem um título no cartaz. Você pode expor em sala de aula ou na escola. Use o que discutiram no slide anterior a respeito da produção agroindustrial e agronegócio.

Se achar conveniente, para não ficar repetitivo você pode solicitar uma divisão dos grupos, especifique que tipo de matérias-prima ou produto industrial devem focar. Por exemplo: um grupo faz a respeito trabalha com insumos agrícolas (fertilizantes, agrotóxicos, adubos, etc), outro com tecnologias aplicadas a agricultura (sistemas de irrigação, gotejamento, sementes geneticamente modificadas), outro com máquinas agrícolas (colheitadeiras, tratores, plantadeiras, etc)

Tambéms e tiver dificuldade no uso de materiais sugeridos, você pode orientá-los a desenhar os insumos e produtos que completariam as setas ou, se preferir, pode solicitar que montem por meio o uso de imagens do computador (sala de informática da escola, computadores pessoais trazidos em aula) ou powerpoint essa relação. Como resultado espera-se um painel de apresentação, seja por meio de cartaz ou apresentação em slides.

Para você saber mais:

O Portal do professor do MEC, da autora Suely Aparecida Gomes Moreira presenta imagens que poderiam completar a figura sugerida. Disponível em: http://2.bp.blogspot.com/-sC5mp-SkjGQ/Ud4ZOraNZXI/AAAAAAAAAIc/BItBpWrzDdc/s1600/Interdepend%C3%AAncia.jpg Acesso em 04/12/2018.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 min

Orientações: Essa reflexão leva em consideração as imagens que utilizaram anteriormente, sistematizando a troca de produtos entre os dois setores, mas que ficará no caderno para posteriores estudos entre eles. Após a exposição dos cartazes/painéis/ slides entre eles, como sugerido no slide anterior, eles devem incrementar as ideias a respeito dos produtos trocados entre os setores e completar no caderno com palavras e termos dos produtos em questão; além do que sugeriram nos recortes e imagens do cartaz/painel/slide, somando assim, às conclusões dos colegas.

Retome o que discutiram, o que explanaram entre si e solicite que preencham as setas de acordo com as conclusões das conversas entre eles. A ideia é que escrevam que a agropecuária oferta matéria-prima ao setor industrial e esse oferta insumos agrícolas, tecnologia e máquinas para o setor agropecuário. Você pode solicitar que especifiquem algumas matérias-primas tais como algodão, trigo, leite, carne etc.; assim como especifiquem os insumos agrícolas e maquinário (agrotóxicos, fertilizantes, adubos, sementes geneticamente modificadas, colheitadeiras, tratores, etc).

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09GE13 de Geografia, que consta na BNCC. Esta habilidade diz respeito à análise da importância da produção agropecuária na sociedade urbano-industrial ante o problema da desigualdade mundial de acesso aos recursos alimentares e à matéria-prima. Assim, o uso de materiais didáticos visuais como mapas, podem ser úteis para interpretações e comparações entre as localidades. Como esta habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. A habilidade EF09GE12, por exemplo, pode ser relacionada a esta aula e, então, ser explorada para relacionar o processo de urbanização às transformações da produção agropecuária, à expansão do desemprego estrutural e ao papel crescente do capital financeiro em diferentes países, com destaque para o Brasil. Assim como a habilidade EF09GE11 que busca relacionar as mudanças técnicas e científicas decorrentes do processo de industrialização com as transformações no trabalho em diferentes regiões do mundo e suas consequências no Brasil.

Materiais necessários: cartolina, recortes de jornais, revistas, panfletos, ou quaisquer materiais não digitais, lápis e/ou caneta, imagem representando o campo e a cidade, disponível no slide e no material complementar.

Para você saber mais:

Para maiores informações e para complementar o estudo você pode acessar o texto no site da embrapa: “Ciência que transforma” . O texto define agroindústria e demonstra resultados e impactos positivos da pesquisa agropecuária na economia, no meio ambiente e na mesa do brasileiro; disponível em: https://www.embrapa.br/grandes-contribuicoes-para-a-agricultura-brasileira/agroindustria. Acesso em 04/12/2017.

O relatório do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada): “O Perfil da Agroindústria Rural no Brasil: uma análise com base nos dados do Censo Agropecuário 2006” é um estudo que analisa um conjunto de variáveis censitárias referentes ao desenvolvimento da agricultura e do meio rural brasileiro no que respeita à “agroindústria rural”. As análises aqui apresentadas seguem essencialmente as classificações utilizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para a coleta e tabulação dos dados censitários. Deste modo, a definição de agroindústria rural aqui utilizada privilegia um amplo conjunto de atividades de transformação e beneficiamento de produtos agropecuários, abarcando a diversidade de itens processados e beneficiados nos estabelecimentos rurais, independentemente da destinação a eles conferida, do tipo de estabelecimento e do volume processado. Os dados foram organizados de forma a possibilitar comparações macrorregionais. Está disponível em: http://www.ipea.gov.br/agencia/images/stories/PDFs/relatoriopesquisa/130319_relatorio_perfil_agroindustria.pdf. Acesso em 04/12/2017.

Contextos prévios: Para trabalhar esse plano de aula é importante que os alunos já tenham estudado sobre as Revoluções Industriais e suas alterações no modo de produção, assim como a inserção de adventos tecnológicos no meio rural para aprimoramento e ampliação da produtividade agrícola.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 min

Orientações: Comente com os alunos que nesta aula eles vão compreender a inter-relação entre o espaço rural e urbano, através da evolução do sistema agropecuário e da indústria. A ideia é que estabeleçam relações entre os dois ambientes compreendendo a interdependência entre o agropecuária e indústria por meio das produções do campo e da cidade. Divida-os em grupos de quatro alunos para o desenvolvimento dessa atividade. No resultado final espera-se um cartaz/painel/slide de apresentação produzido por eles que retrata a troca de produtos entre os setores.

Para você saber mais:

O Instituto Federal do Sudeste de Minas e a Escola Técnica Estadual (ETEC) de São Paulo oferecem o curso técnico em Agroindústria. Você pode acessar o site para compreender as competências gerais dessa profissão para relatar aos alunos. Disponível em: http://www.barbacena.ifsudestemg.edu.br/medioagroindustria e https://www.vestibulinhoetec.com.br/unidades-cursos/curso.asp?c=1001. Acesso em 04/12/2018.

Para maiores informações e para complementar o estudo você pode acessar o texto no site da embrapa: “Ciência que transforma” . O texto define agroindústria e demonstra resultados e impactos positivos da pesquisa agropecuária na economia, no meio ambiente e na mesa do brasileiro; disponível em: https://www.embrapa.br/grandes-contribuicoes-para-a-agricultura-brasileira/agroindustria. Acesso em 04/12/2018.

O relatório do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada): “O Perfil da Agroindústria Rural no Brasil: uma análise com base nos dados do Censo Agropecuário 2006” é um estudo que analisa um conjunto de variáveis censitárias referentes ao desenvolvimento da agricultura e do meio rural brasileiro no que respeita à “agroindústria rural”. As análises aqui apresentadas seguem essencialmente as classificações utilizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para a coleta e tabulação dos dados censitários. Deste modo, a definição de agroindústria rural aqui utilizada privilegia um amplo conjunto de atividades de transformação e beneficiamento de produtos agropecuários, abarcando a diversidade de itens processados e beneficiados nos estabelecimentos rurais, independentemente da destinação a eles conferida, do tipo de estabelecimento e do volume processado. Os dados foram organizados de forma a possibilitar comparações macrorregionais. Está disponível em: http://www.ipea.gov.br/agencia/images/stories/PDFs/relatoriopesquisa/130319_relatorio_perfil_agroindustria.pdf. Acesso em 04/12/2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 min

Orientações: Nesse momento procure levantar os conhecimentos prévios dos alunos,como eles entendem o termo agroindústria. Como relacionar as imagens entre si? A ideia é que compreendam que a produção agropecuária, principalmente de matérias-primas, atende a indústria; assim como a produção da indústria, por meio das máquinas, produtos industrializados e insumos agrícolas, atende a produção agrícola. É também importante que eles percebam que sem a matéria-prima produzida não há produção industrial, tendo em vista que o processo envolve a transformação da matéria-prima bruta em produto final. Retome com os alunos que a agroindústria é o conjunto de atividades relacionadas à transformação de matérias-primas provenientes da agricultura, pecuária, aquicultura ou silvicultura. O grau de transformação varia amplamente em função dos objetivos das empresas agroindustriais. Vale a pena recordar a importância das Revoluções Industriais que, além de criarem máquinas e insumos tecnológicos para incrementar a produção agrícola, também aceleram os processos produtivos demandando maior quantidade de matérias-primas para serem transformadas na indústria.

Para você saber mais:

o texto do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada de Gesmar Rosa dos Santos: “Agroindústria no Brasil: um olhar sobre indicadores de porte e expansão regional” aborda sobre os impactos dessa atividade na economia e sociedade brasileiratrazendo dados regionais sobre essa produção. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/radar/temas/agricultura/333-radar-n-31-agroindustria-no-brasil-um-olhar-sobre-indicadores-de-porte-e-expansao-regional. (Acesso em 04/12/2018).

O texto “Agroindústria brasileira cresceu 4,7%” aborda sobre a produção agroindustrial no país por meio de dados recentes de crescimento dos produtos desse setor.

Disponível em: http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2011/02/agroindustria-brasileira-cresceu-4-7 (Acesso em 04/12/2018) Assim como o artigo “Agroindústria se recupera e impulsiona PIB do Agronegócio em 2018” do CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) traz dados e informações recentes dessa atividade no Brasil. Disponível em: https://www.cepea.esalq.usp.br/br/releases/pib-agro-cepea-agroindustria-se-recupera-e-impulsiona-pib-do-agronegocio-em-2018.aspx.

(Acesso em 04/12/2018)

Recomenda-se algumas literaturas para o aprofundamento do assunto:

ABRAMOVAY, R. Paradigmas do capitalismo agrário em questão. São Paulo, Edusp, 2012.

MAZZALI, L. O processo recente de reorganização agroindustrial: do complexo à organização “em rede”. São Paulo, Unesp, 2000.

MÜLLER, G. Complexo agroindustrial e modernização agrária. São Paulo: HUCITEC/PUC-SP, 1989. 149p. (Estudos Rurais, 10).

VEIGA, J. E. Desenvolvimento agrícola: uma visão histórica. São Paulo, Edusp, 2012.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 min

Orientações: A ideia é que os alunos possam entender que sem as matérias-primas não há produção industrial, assim como a indústria produz bens e insumos agrícolas para o incremento da produtividade e rentabilidade do campo, tais como máquina, fertilizantes, agrotóxicos, etc. Se necessário, retome a imagem do slide anterior e o que discutiram para compreender essa inter-relação. Relacione a esse conceito a ideia de agronegócio, ou seja, o amplo investimento financeiro no campo para aprimorar e ampliar a produtividade com objetivo de atender a produção industrial e o mercado consumidor na obtenção de lucro. É importante que eles percebam a interdependência das atividades econômicas que se consolida com a inserção de adventos tecnológicos nos meios produtivos.

Retome a ideia de complexo industrial que designa as relações entre a indústria e a agricultura na fase em que a agricultura representa intensas conexões para trás, com a indústria para a agricultura, e para a frente, com as agroindústrias. O complexo agroindustrial é uma forma de unificação das relações interdepartamentais com os ciclos econômicos e as esferas de produção, distribuição e consumo, relações estas associadas às atividades agrárias. Também é uma unidade de análise na qual as atividades (agricultura, pecuária, reflorestamento) se vinculam com as atividades industriais de uma dupla maneira: com a de máquinas e insumos para a agricultura e com as de beneficiamento e processamento; com o comércio atacadista e varejista internos; e com o comércio externo, tanto de produtos agrários quanto agroindustriais, e da indústria para a agricultura.

O que discutiram poderá ser resumido no slide posterior.

Para você saber mais: Consulte o Instituto Souza Cruz, dsponível em: http://www.institutosouzacruz.org.br/groupms/sites/INS_8BFK5Y.nsf/vwPagesWebLive/DO8P6LRQ?opendocument. Acesso em 04/12/2018.

No link: https://www.agron.com.br/publicacoes/mundo-agron/curiosidades/2016/02/22/047456/o-que-e-agronegocio.html (acesso em 11/12/2018) há a definição de agronegócio dividindo o setor em 3 partes, que se segue para orientar os alunos:

“Agronegócio (também chamado de agrobusiness) é o conjunto de negócios relacionados à agricultura e pecuária dentro do ponto de vista econômico.

Costuma-se dividir o estudo do agronegócio em três partes: a primeira parte trata dos negócios agropecuários propriamente ditos, ou de "dentro da porteira", que representam os produtores rurais, sejam eles pequenos, médios ou grandes, constituídos na forma de pessoas físicas (fazendeiros ou camponeses) ou de pessoas jurídicas (empresas).

Na segunda parte, os negócios à montante da agropecuária, ou da "pré-porteira", representados pela indústria e comércio que fornecem insumos para a produção rural, como por exemplo os fabricantes de fertilizantes, defensivos químicos, equipamentos.

E na terceira parte estão os negócios à jusante dos negócios agropecuários, ou de "pós-porteira", onde estão a compra, transporte, beneficiamento e venda dos produtos agropecuários até o consumidor final. Enquadram-se nesta definição os frigoríficos, as indústrias têxteis e calçadistas, empacotadores, supermercados, distribuidores de alimentos”.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 18 min

Orientações: Os alunos deverão montar um cartaz para estabelecer a inter relação da produção agropecuária e da indústria. Por meio de recortes de jornais, revistas, panfletos, quaisquer materiais que não sejam digitais, devem coletar imagens de matérias-primas, tais como, produtos agrícolas e pecuários que são produzidos na atividade agropecuária (feijão, milho, trigo, soja, algodão, carne de frango, bovina, ovos, leite, etc) e colar na seta no sentido da indústria. No sentido contrário, devem coletar imagens de insumos agrícolas produzidos na indústria tais como agrotóxicos (inseticidas, herbicidas, pesticidas, etc), máquinas agrícolas (tratores, colheitadeiras, plantadeiras, etc), fertilizantes, adubos, sementes, e colar na seta no sentido da agropecuária. Não esqueça de orientá-los a colocarem um título no cartaz. Você pode expor em sala de aula ou na escola. Use o que discutiram no slide anterior a respeito da produção agroindustrial e agronegócio.

Se achar conveniente, para não ficar repetitivo você pode solicitar uma divisão dos grupos, especifique que tipo de matérias-prima ou produto industrial devem focar. Por exemplo: um grupo faz a respeito trabalha com insumos agrícolas (fertilizantes, agrotóxicos, adubos, etc), outro com tecnologias aplicadas a agricultura (sistemas de irrigação, gotejamento, sementes geneticamente modificadas), outro com máquinas agrícolas (colheitadeiras, tratores, plantadeiras, etc)

Tambéms e tiver dificuldade no uso de materiais sugeridos, você pode orientá-los a desenhar os insumos e produtos que completariam as setas ou, se preferir, pode solicitar que montem por meio o uso de imagens do computador (sala de informática da escola, computadores pessoais trazidos em aula) ou powerpoint essa relação. Como resultado espera-se um painel de apresentação, seja por meio de cartaz ou apresentação em slides.

Para você saber mais:

O Portal do professor do MEC, da autora Suely Aparecida Gomes Moreira presenta imagens que poderiam completar a figura sugerida. Disponível em: http://2.bp.blogspot.com/-sC5mp-SkjGQ/Ud4ZOraNZXI/AAAAAAAAAIc/BItBpWrzDdc/s1600/Interdepend%C3%AAncia.jpg Acesso em 04/12/2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 min

Orientações: Essa reflexão leva em consideração as imagens que utilizaram anteriormente, sistematizando a troca de produtos entre os dois setores, mas que ficará no caderno para posteriores estudos entre eles. Após a exposição dos cartazes/painéis/ slides entre eles, como sugerido no slide anterior, eles devem incrementar as ideias a respeito dos produtos trocados entre os setores e completar no caderno com palavras e termos dos produtos em questão; além do que sugeriram nos recortes e imagens do cartaz/painel/slide, somando assim, às conclusões dos colegas.

Retome o que discutiram, o que explanaram entre si e solicite que preencham as setas de acordo com as conclusões das conversas entre eles. A ideia é que escrevam que a agropecuária oferta matéria-prima ao setor industrial e esse oferta insumos agrícolas, tecnologia e máquinas para o setor agropecuário. Você pode solicitar que especifiquem algumas matérias-primas tais como algodão, trigo, leite, carne etc.; assim como especifiquem os insumos agrícolas e maquinário (agrotóxicos, fertilizantes, adubos, sementes geneticamente modificadas, colheitadeiras, tratores, etc).

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Mundo do trabalho do 9º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF09GE13 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano