15118
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Acampamento na área externa

Nesta atividade, desperte a curiosidade das crianças sobre acampamentos e proponha que brinquem em pequenos grupos.

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Fernanda Silvia Lionese

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Nesta atividade será utilizada uma mochila com objetos para acampar como disparador de uma conversa sobre o tema, despertando o interesse e a curiosidade das crianças. Se desejar, você pode vestir uma roupa esportiva, como bermuda e tênis e usar um chapéu ou boné, caracterizando-se para ir acampar, com a mochila nas costas.

Materiais:

1) Uma mochila para ser usada na roda, com objetos dentro dela que remetam a um acampamento, tais como: saco de dormir, lanterna, bússola, cantil ou outra garrafa com água, repelente, protetor solar, papel higiênico, sabonete, escova e pasta de dente, toalha, cordas, um livro, máquina fotográfica, canga ou outro tecido para montagem de uma barraca (lençol velho, por exemplo), kit de prato, caneca e talheres. Se possível, algumas outras mochilas com o mesmo conteúdo para serem utilizadas no momento da brincadeira pelas crianças.

2) Cordas, barbantes, tecidos e tesouras como recursos para as construções. Esses materiais podem estar organizados em uma caixa no parque ou no pátio externo onde acontecerá a brincadeira.

3) Equipamentos e materiais para realizar registros de imagens e escritos.

Espaços:

Planeje que a atividade ocorra no parque da escola ou na área externa. Se houver um espaço gramado ou arborizado, dê preferência para ele, pois tornará a brincadeira de acampar mais real,prazerosa e estimulante.

Tempo sugerido:

Entre uma hora e uma hora e 30 minutos, dependendo do envolvimento da turma.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como as crianças expressam os conhecimentos, as experiências anteriores e as curiosidades sobre o tema acampamento? Que relações estabelecem a partir dos objetos retirados da mochila?

2. Que hipóteses são levantadas nas construções dos elementos do ambiente do acampamento e como são testadas? Como as crianças expressam suas ideias e se comunicam com os colegas, construindo a brincadeira coletiva?

3. Em que momentos da brincadeira o autocuidado se faz presente? Que ações e falas indicam atenção à higiene e ao conforto?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Por se tratar de uma exploração livre de materiais diversos, incluindo elementos naturais, as crianças têm múltiplas possibilidades de envolvimento e interação, conforme suas preferências. Ao retirar os pertences da mochila e durante a organização do acampamento, incentive as crianças a manipularem os objetos e a narrarem as descobertas que fazem, descrevendo as características deles.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Com a turma na sala, conte que todos farão uma atividade em outro espaço e convide as crianças para ir até lá. Pegue a mochila (previamente organizada), coloque-a nas costas e não comente nada com as crianças.

Observe se sua ação provoca curiosidade ou observações por parte da turma. Algumas crianças podem perguntar por que você está levando uma mochila, o que tem dentro etc. Converse com elas, instigando suas hipóteses sobre o que acham quehá dentroda mochilae sigam caminhando até chegarem ao local da brincadeira. Reúnam-se em um espaço agradável, em grande grupo. Comente que algumas crianças estão querendo saber o que há na mochila e que já deram algumas ideias sobre o que pode estar dentro dela. Convide-as a socializar as hipóteses e, em seguida, dialoguem sobre as possibilidades levantadas pelas crianças. Com a ajuda delas, tire os objetos da mochila.Favoreça que explorem os recursos usando os diferentes sentidos (audição, visão, tato, olfato). Troquem ideias sobre o que é cada um deles, o nome, para que serve e envolva-as, problematizando e fazendo provocações sobre onde e em que situaçãopodem utilizar os materiais que você trouxe na mochila. Provavelmente as crianças dirão que podem usar para fazer uma trilha ou um acampamento. Diante disso, compartilhem experiências e conhecimentos a respeito do tema acampamento. Alguém já acampou? Onde? Já viram algum vídeo, imagem de acampamento? O que tem em um acampamento?


2

Retome a conversa sobre os pertences que estavam na mochila e levante com as crianças em que situação se usa cada um deles ao acampar. Por exemplo, será que é importante levar um livro? Vocês levariam? Para que? Aqui tem itens de cuidados pessoais, mas onde fica o banheiro do acampamento? Onde podemos fazer nossa higiene pessoal? Diga às crianças que você trouxe a mochila pensando que poderiam brincar de acampar hoje. Pergunte o que acham da ideia, onde seria mais legal fazê-lo e como poderiam organizar o espaço para montar um acampamento. Problematize sobre onde irão acampar: uma praia, montanha, floresta, próximo a um lago, cachoeira, rio etc. Planejem o que haverá nele e quais recursos naturais ou artificiais podem coletar para as construções. Pensem sobre as ações no acampamento. O que as pessoas costumam fazer? Elas cozinham, cantam, contam histórias, pescam? Levante hipóteses e sugestões, envolvendo-as na socialização das ideias para a construção de cenários, enredos e brincadeiras. Mostre os recursos que você separou previamente e que podem ser úteis: tecidos, cordas, barbantes e tesouras. Procure garantir ao máximo que as crianças sejam as protagonistas das conversas, das trocas e da produção de ideias! Esteja sempre atento para apoiar conversas e ideias com novas provocações, com informações necessárias, com socializações entre elas e com a promoção de relações entre o que falam.


3

As crianças iniciam seus projetos, organizando-se espontaneamente em duplas, pequenos grupos, ou podem ainda optar por brincar sozinhas.

Enquanto as crianças montam o acampamento, observe quais critérios utilizam na seleção de objetos e materiais. Que diálogos, trocas de ideias e conhecimentos estão acontecendo? Estão seguindo o planejamento que fizeram inicialmente em relação ao uso do espaço e estão construindo elementos para agregar à brincadeira de acampar? Dentro do grupo há divisão de tarefas, por exemplo, algumas crianças constroem a barraca enquanto outra está colhendo gravetos para a fogueira? Os pequenos cooperam uns com os outros? Compartilham suas ideias e pedem a ajuda dos colegas? Diante dos desafios, como reagem, desistem e procuram outra tarefa ou buscam resolvê-los utilizando outras estratégias? Observe as crianças que brincam sozinhas, como estão construindo a brincadeira, os recursos estão utilizando, seus gestos e expressões. Faça registros que guiarão suas intervenções a partir das necessidades e possibilidades dos pequenos.


4

Circule pelo espaço e interaja com as crianças. Ofereça apoio nas construções mais desafiantes, seja ajudando-as diretamente ou instigando-as a pensar em materiais que poderiam usar, ou talvez um deslocamento para outro local mais adequado para o tipo de brincadeira que estejam construindo. Relembre o planejamento e as conversas iniciais sobre como seria o acampamento e os elementos que iam construir. Sugira que uma criança que está tendo alguma dificuldade, por exemplo, de montar uma barraca, pergunte a um colega que já realizou tal projeto.


5

Quando o acampamento estiver montado, as crianças vão brincar de acampar. Brinque em alguns grupos, atentando-se para participar a partir do enredo criado pelos pequenos, ao mesmo tempo em que você trará elementos novos para a brincadeira. Por exemplo, se as crianças construíram uma fogueira mas não a usaram, comece a cozinhar algo usando a fogueira e inclua as crianças, convidando-as e experimentar o que você preparou.

Caso alguma criança ou grupo não tenha se envolvido na brincadeira de acampar, pergunte se não deseja explorar uma aventura diferente hoje, se gostaria da sua ajuda na construção de uma barraca para acamparem juntos,ou de ir nadar na praia junto com algum colega. Você pode ainda propor que ela fotografe o local, a paisagem, pois sempre que acampamos tiramos muitas fotos.


6

Quando o tempo proposto para a brincadeira estiver terminando, avise as crianças. Após alguns minutos, convide-as para se reunir com você, no grande grupo, para que possam conversar sobre a vivência.Se foi criada uma fogueira, aproveitem-na para uma conversa ao redor dela, organizando com as crianças o local para se sentarem, com tecidos, pedaços de madeira etc.Dialoguem sobre as experiências na brincadeira: como foi a construção do acampamento, o que fizeram enquanto estavam acampados, aonde realizaram a higiene pessoal, com quem estavam acampando, que local exploraram, do que mais gostaram, quais desafios enfrentaram, o que gostariam de utilizar e que não encontraram no espaço. Compartilhem as vivências, dando oportunidade para que todos se expressem.


Para finalizar:

Ainda no clima da brincadeira, diga às crianças que agora vocês darão sequência à rotina do dia e que como todos estão em um acampamento, é necessário encontrar uma fonte de água. Onde irão lavar as mãos? Envolvidos na brincadeira, busquem uma torneira, uma mangueira ou uma pia que tenha no espaço e lavem as mãos como se estivessem em uma cachoeira ou em um rio e passem para a próxima atividade do dia.

Desdobramentos

Esta atividade pode ser repetida várias vezes com a turma. A cada vez que forem acampar, vocês podem combinar um local diferente (praia, montanha, próximo a uma cachoeira etc.) e coletar objetos específicos para o local. Podem também combinar a criação de um canto permanente no parque com o tema acampamento e planejar que a atividade aconteça com outras turmas da escola, já que muitas vezes crianças de diferentes grupos estão na área externa ou no parque juntas. Para isso, programe ações junto a outros professores da escola.

Engajando as famílias

Você pode envolver as famíliaspor meio de um registro enviado para casa, contando sobre a vivência. Ele pode iniciar com a seguinte frase: Hoje nós acampamos na escola e fizemos... Assim, as crianças poderão utilizar a escrita espontânea e o desenho como expressão. Junto ao registro dos pequenos, peça que os familiares colaborem na ampliação do repertório do grupo sobre o tema, enviando fotos e vídeos de acampamentos ou sugestões de links interessantes sobre o assunto. A partir do material enviado pelos responsáveis, as crianças poderão estabelecer novas formas de brincar de acampar.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EF01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG04 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano