14248
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Desenho com interferência

As crianças irão incorporar um recorte ao seu desenho e criar com base nessa interferência.

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Maria de Lourdes Carvalho Pereira

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

O preparo dos materiais precisa ser realizado com antecedência. Se deseja ampliar seus conhecimentossobre a interferência gráfica nos desenhos das crianças, segue abaixo sugestões enriquecedoras sobre o tema.

https://avisala.org.br/index.php/assunto/sustanca/interferencias-graficas-como-apoio-para-o-desenho-infantil/

https://avisala.org.br/index.php/assunto/reflexoes-do-professor/para-alem-do-desenho-livre-quando-a-interferencia-ajuda-as-criancas/

Materiais:

Para esta propostaas crianças precisam ter algumas alternativas para suas escolhas. Ofereça três opções de suporte (cartolina, papel cartão ou sulfite, branco ou colorido) e três opções de interferências (caixas de fósforo, figura geométrica e imagem recortada de revistas) e cola.

As possibilidades expressivas ficarão mais ricas com algumadiversidade de giz, lápis de cor e canetinhas hidrocor, conforme o material que você tenha disponível.

Espaços:

Na organização, disponha os materiais de forma atrativa e caprichosa, fazendo bancadas ao redor ou no meio da sala, como em um ateliê de artes. Coloque os suportes com as interferências em caixas, organizadas por tipos e os elementos riscantes (giz, lápis e canetinhas) em potes.Cuide para que todo material esteja acessível a todos da turma e com boa visibilidade no momento da escolha.

Tempo sugerido:

Aproximadamente uma hora.

Perguntas para guiar suas observações:

1. As crianças observam atentamente os suportes e, durante a escolha, manifestam planos para o desenho a partir da interferência?

2. Durante a produção, elas solicitam auxílio dos colegas ou do professor, ouvem as ideias, trocam impressões ou mesmo alteram suas criações movidas por percepções diferentes das suas?

3. No desenho é possível perceber riqueza de detalhes, intencionalidade dos traços, ampliação do pensamento imaginativo e percepção do contexto, devido à interferência oferecida?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança.

A oferta de alternativas para o desenho com interferênciaassegura a liberdade de expressão das crianças e suas preferências também são respeitadas quando elas escolhem pessoalmente os suportes e materiais de desenho para suas produções.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide as crianças para se reunirem em volta da mesa de materiais (grande grupo) com você, para que observem o que há disponível para realizar a atividade. Compartilhe a proposta de criar um desenho com interferência, individualmente.

Conversem sobre os materiais que você deixou previamente organizados e comunique às crianças que terão um tempo para analisarem os três suportes e as três interferências oferecidas, para que escolham um de cada e criem seus desenhos.

Mostre que, além desses, há vários elementos riscantes disponíveis para selecionarem e utilizarem conforme desejam.

Diga que depois que finalizarem suas produções, poderão compartilhar o que fizeram aos seus amigos.


2

Proponha o início da atividade convidando o grupo a selecionar os materiais. Promova o momento da escolha, em pequenos grupos, para favorecer o contato, a exploração e definição do suporte e da interferência mais atrativos para cada criança.

Ofereça orientações sobre a colagem da interferência no suporte, para posicionar da melhor maneira a figura antes de colar (centralizada, lateralizada, em cima), deixando espaços suficientes para as possibilidades de criação.

Lembre-as de que, caso precisem de algo mais durante o desenho, podem buscar na mesa e ou trocar os materiais entre os colegas da turma.


3

Neste momento individual de produção, proponha que as crianças planejem e criem seus desenhos a partir do objeto (interferência) escolhido. Avise que terão 30 minutos para elaborar sua produção, e que quando estiver faltando 5 minutos para acabar o tempo você irá avisá-las.

Durante a produção das crianças, atente-se às narrativas que emergirem do processo, à observação, à escuta e ao envolvimento delas. Ao observar esse elementos, você poderá perceber as implicâncias da interferência no planejamento do desenho, e como as crianças norteiam seu pensamento criativo favorecendo a ampliação e a intencionalidade dos traços.

Interaja naturalmente com o grupo a partir de suas narrativas, fazendo comentários cuidadosos e pontuais, que respeitem as produções e sejam convites para que elas comentem sobre o que estão produzindo.


4

Comunique o tempo para a finalização da atividade. Conforme as crianças forem terminando as criações, o que ocorrerá em tempos diferentes, proponha que se juntem a outras que escolheram materiais diferentes dos dela, formando pequenos grupos e conversem sobre suas produções. Auxilie nessa organização, para que todos tenham oportunidade de partilhar ideias, a não ser que alguém não deseje.Se isso ocorrer, respeite o momento da criança, ela pode estar se sentindo insegura para expor ou falar sobre a produção. Dialogue com ela sobre o desenho que ela realizou e diga que, se desejar, ela pode apenas ir conhecer o trabalho dos colegas. Durante essa troca, pontue algumas observações colhidas no decorrer do processo, de modo a valorizar a produção de cada criança.


Para finalizar:

Convide as crianças para colaborar com a organização do espaço, guardando os materiais e limpando alguma coisa que necessitar. Em seguida, defina com elas se preferem levar os desenhos para casa para contar aos familiares sobre o processo de criação deles ou se desejam organizá-los no mural, no hall de entrada da escola, para que as produções sejam expostas.

Desdobramentos

Você poderá repetir esta proposta da mesma forma ou oferecer outras alternativas de interferência como: clips, barbantes, botões e figuras temáticas, recortes de rostos ou roupas.

Engajando as famílias

Organizar um mural ou levar os desenhos para casa (conforme a escolha das crianças) favorece o envolvimento dos familiares com as propostas realizadas na escola. Você pode elaborar um pequeno texto explicando como foi o desenvolvimento da proposta, assim as famílias podem acompanhar melhor as produções das crianças.

Se a turma optar por organizar um mural, uma sugestão é expor também as interferências que foram sugeridas às crianças para que realizassem suas produções. Próximas a elas, deixe todas as produções baseadas em uma mesma interferência, para mostrar a variedade de possibilidades criativas a partir de um ponto em comum.

Proponha também que as crianças levem para casa um suporte com interferência para que realizem um desenho em casa, junto com os familiares. Assim, você as incentiva para que elas tenham um momento criativo em casa. Em seguida, elas podem socializar esse momento com os colegas, trazendo as produções e dialogando sobre elas na escola.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03TS02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano