12728
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Flexibilidade dos materiais

POR: Helisabety Barros Mendes de Melo 25/02/2019
Código: CIE2_02M&E02

2º ano / Ciências / Matéria e Energia

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF02CI02) Propor o uso de diferentes materiais para a construção de objetos de uso cotidiano, tendo em vista algumas propriedades desses materiais (flexibilidade, dureza, transparência etc.).

Plano de aula de Ciências com atividades para 2o ano do EF sobre Flexibilidade dos materiais

 

Sobre este plano select-down

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Materiais necessários para a aula:

  • Vídeo "A folha de papel que queria ser um barquinho”. Acesse: https://www.youtube.com/watch?v=llAm5I5v7TE; https://www.youtube.com/watch?v=x5MgGanLtwM
  • Origami de barco de papel: https://www.youtube.com/watch?v=8kWNh4ubID0
  • 01 caixa de papelão;
  • 01 folha de papel sulfite A4 (branco ou colorido) para cada aluno;
  • 01 folha de papel sulfite para distribuir em cada grupo de até 04 (quatro) alunos(as);
  • 01 clip metálico para distribuir em cada grupo de até 04 (quatro) alunos(as);
  • 01 lápis de madeira para distribuir em cada grupo de até 04 (quatro) alunos(as);
  • 01 pedaço de mangueira para distribuir em cada grupo de até 04 (quatro) alunos(as);
  • 01 cópia do slide 7 para distribuir em cada grupo de até 04 (quatro) alunos(as);

Título da aula select-down

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Organize os alunos em um semicírculo. Leia o tema da aula e comente com os alunos que eles irão discutir sobre a flexibilidade de alguns materiais. Discuta sobre os que eles(as) pensam ser flexibilidade. Depois, prossiga com a apresentação.

Contexto select-down

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Convide a turma para participar de uma história que se chama “O papel que queria ser um barquinho". Mas antes de contar a história, entregue uma folha de papel A4 para cada aluno(a). Explique que a cada dobradura realizada, os(as) alunos(as) deverão buscar fazer da mesma forma. Mas esta aula não deve ser uma “aula de fazer barquinho de papel”, o mais importante é o contato como o papel, o dobrar e desdobrar.

Sugestão de link:

Contexto select-down

Orientações: Inicie a história "O papel que queria ser um barquinho": https://www.youtube.com/watch?v=llAm5I5v7TE.

Questão disparadora select-down

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Leia a questão disparadora do slide e explique à turma que todos irão participar de uma atividade experimental para verificar a capacidade que alguns materiais em se dobrar, quando submetido a forças exteriores, e não se partir. Organize os alunos em grupos de até 4 alunos(as), distribua os materiais necessários para o experimento e mais uma cópia do slide 6 para cada grupo. Prossiga com a apresentação.

Mão na massa select-down

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Distribua para cada grupo uma cópia do slide 6 e os seguintes materiais: 01 clip metálico, 01 folha de papel sulfite, 01 pedaço de mangueira e 01 lápis de madeira. Explique que nesse quadro, eles(as) deverão realizar o registro da atividade experimental. Na primeira coluna deve ser escrito o nome do material mais flexível. Enquanto que na segunda coluna deve ser demonstrado por escrito a forma como eles(as) compreenderam o conceito de flexibilidade e aplicaram aos diferentes materiais/objetos. O tempo total sugerido para o Mão na Massa é de 25 minutos

Mão na massa select-down

Orientações: Leia as questões do slide e explique que o quadro distribuído para cada grupo é uma forma de registro das respostas a esses três questionamentos e que eles(as) deverão realizar a atividade experimental manuseando os materiais e verificando a sua capacidade de dobrar e desdobrar sem partir e preencher o quadro conforme as orientações fornecidas anteriormente no slide 6.

Sistematização select-down

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Leia para turma os resultados encontrados em cada grupo e peça para cada grupo defender a sua opinião.

Sugestão de respostas às questões:

  • Entre uma folha de papel e a mangueira, o mais flexível é a folha de papel pois conseguimos dobrá-la mais facilmente que a mangueira.
  • Entre a mangueira e a madeira, o mais flexível é a mangueira, é mais mole, enquanto a madeira é tenaz, mais resistente.
  • Entre a madeira e um clip, o mais flexível é o clip, o material com o qual é feito (metal) é mais maleável que a madeira.

Em seguida, proponha a construção coletiva de uma resposta a questão disparadora: O que significa dizer que "a flexibilidade é uma característica do papel" e registre no quadro.

Sugestões de respostas:

Significa dizer que o papel pode ser dobrado, amassado facilmente e mesmo assim não rasga ou é partido.

Significa dizer que o papel é um material que podemos dobrar e que não parte.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Materiais necessários para a aula:

  • Vídeo "A folha de papel que queria ser um barquinho”. Acesse: https://www.youtube.com/watch?v=llAm5I5v7TE; https://www.youtube.com/watch?v=x5MgGanLtwM
  • Origami de barco de papel: https://www.youtube.com/watch?v=8kWNh4ubID0
  • 01 caixa de papelão;
  • 01 folha de papel sulfite A4 (branco ou colorido) para cada aluno;
  • 01 folha de papel sulfite para distribuir em cada grupo de até 04 (quatro) alunos(as);
  • 01 clip metálico para distribuir em cada grupo de até 04 (quatro) alunos(as);
  • 01 lápis de madeira para distribuir em cada grupo de até 04 (quatro) alunos(as);
  • 01 pedaço de mangueira para distribuir em cada grupo de até 04 (quatro) alunos(as);
  • 01 cópia do slide 7 para distribuir em cada grupo de até 04 (quatro) alunos(as);

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Organize os alunos em um semicírculo. Leia o tema da aula e comente com os alunos que eles irão discutir sobre a flexibilidade de alguns materiais. Discuta sobre os que eles(as) pensam ser flexibilidade. Depois, prossiga com a apresentação.

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Convide a turma para participar de uma história que se chama “O papel que queria ser um barquinho". Mas antes de contar a história, entregue uma folha de papel A4 para cada aluno(a). Explique que a cada dobradura realizada, os(as) alunos(as) deverão buscar fazer da mesma forma. Mas esta aula não deve ser uma “aula de fazer barquinho de papel”, o mais importante é o contato como o papel, o dobrar e desdobrar.

Sugestão de link:

Orientações: Inicie a história "O papel que queria ser um barquinho": https://www.youtube.com/watch?v=llAm5I5v7TE.

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Leia a questão disparadora do slide e explique à turma que todos irão participar de uma atividade experimental para verificar a capacidade que alguns materiais em se dobrar, quando submetido a forças exteriores, e não se partir. Organize os alunos em grupos de até 4 alunos(as), distribua os materiais necessários para o experimento e mais uma cópia do slide 6 para cada grupo. Prossiga com a apresentação.

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Distribua para cada grupo uma cópia do slide 6 e os seguintes materiais: 01 clip metálico, 01 folha de papel sulfite, 01 pedaço de mangueira e 01 lápis de madeira. Explique que nesse quadro, eles(as) deverão realizar o registro da atividade experimental. Na primeira coluna deve ser escrito o nome do material mais flexível. Enquanto que na segunda coluna deve ser demonstrado por escrito a forma como eles(as) compreenderam o conceito de flexibilidade e aplicaram aos diferentes materiais/objetos. O tempo total sugerido para o Mão na Massa é de 25 minutos

Orientações: Leia as questões do slide e explique que o quadro distribuído para cada grupo é uma forma de registro das respostas a esses três questionamentos e que eles(as) deverão realizar a atividade experimental manuseando os materiais e verificando a sua capacidade de dobrar e desdobrar sem partir e preencher o quadro conforme as orientações fornecidas anteriormente no slide 6.

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Leia para turma os resultados encontrados em cada grupo e peça para cada grupo defender a sua opinião.

Sugestão de respostas às questões:

  • Entre uma folha de papel e a mangueira, o mais flexível é a folha de papel pois conseguimos dobrá-la mais facilmente que a mangueira.
  • Entre a mangueira e a madeira, o mais flexível é a mangueira, é mais mole, enquanto a madeira é tenaz, mais resistente.
  • Entre a madeira e um clip, o mais flexível é o clip, o material com o qual é feito (metal) é mais maleável que a madeira.

Em seguida, proponha a construção coletiva de uma resposta a questão disparadora: O que significa dizer que "a flexibilidade é uma característica do papel" e registre no quadro.

Sugestões de respostas:

Significa dizer que o papel pode ser dobrado, amassado facilmente e mesmo assim não rasga ou é partido.

Significa dizer que o papel é um material que podemos dobrar e que não parte.


2º Ano

 

Objetivos de aprendizagem

Identificar a capacidade de alguns materiais em se dobrar, quando submetido a forças exteriores, e não se partir.

 

Habilidade da Base Nacional Comum Curricular
(EF02CI02) Propor o uso de diferentes materiais para a construção de objetos de uso cotidiano, tendo em vista algumas propriedades desses materiais (flexibilidade, dureza, transparência etc.).

 

Este plano foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Professor-autor: Helisabety Melo

Mentor: Lisandra Amaral

Especialista: Margareth Polido


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

2º ano / Ciências / Matéria e Energia

2º ano / Ciências / Matéria e Energia

AULAS RELACIONADAS:

2º ano / Ciências / Matéria e Energia

2º ano / Ciências / Matéria e Energia

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes