Muy ou Mucho

POR:
novaescola

Objetivo(s) 

- Reconhecer diferenças do emprego de muy e mucho em contraste com muito.

Conteúdo(s) 

- Regularidades para o uso de muy e mucho.

Ano(s) 

6º, 7º

Tempo estimado 

Três aulas.

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Inicie a aula descrevendo um personagem conhecido pelos alunos, usando frases em espanhol, dando preferência ao uso de muy mucho, como "Ella es muy guapa" e "Ella tiene mucho dinero". Escreva todas no quadro e peça que observem e derivem a regularidade nos usos. Garanta que que a turma domine o vocabulário.

2ª etapa 

Em trios, os estudantes devem elaborar hipóteses para justificar o uso dos dois termos. Chame a atenção para a classificação gramatical das palavras que eles acompanham nos exemplos da primeira etapa e oriente-os a determinar qual é o termo usado para intensificar e qual serve para quantificar.

3ª etapa 

Estimule os jovens a traduzir as frases para o português. A ideia é que eles percebam que não existe uma palavra na língua materna específica para muy e outra para mucho. Ambas equivalem a muito. Questione-os por quê, então, existem dois termos diferentes se eles expressam a mesma coisa.

4ª etapa 

Socialize as ideias dos alunos e registre no quadro as que mais se aproximam das regras gramaticais. Para refutar as que não se enquadram, peça que as apliquem em exemplos e contraponha-os.

5ª etapa 

Com a ajuda da turma, organize um quadro como o modelo abaixo. Com ele, é possível normatizar o uso de muy mucho. Exponha-o na sala para ser consultado pelo grupo.

MUY + adjetivo (muy lindo) 

MUY + adverbio (muy tarde) 

MUCHO/A (S) + sustantivo
(mucho viento) 

verbo + MUCHO
(estudio mucho) 

MUCHO + algunos adverbios
(mucho más / mucho menos)
(mucho antes / mucho después) 

MUCHO + algunos adjetivos
(mucho menor / mucho peor)
(mucho mayor / mucho menor)

6ª etapa 

Selecione uma lista de palavras e peça que os estudantes preencham as lacunas com muy, mucho, muchos ou muchas para acompanhar adjetivos, advérbios, substantivos e verbos. Alguns exemplos: 

_______ dinero
_______ lindo
_______ cariñoso
_______ computadoras
_______ alumnos
_______ temprano
_______ grande
_______ pequeño
_______ más
_______ sillas


Faça a correção oralmente, pedindo que, além da resposta, cada um argumente a escolha que fez.

Avaliação 

Organize a moçada em quartetos e peça que todos pensem em personalidades famosas que poderiam ser descritas sem revelar o nome - músicos, políticos e atores, por exemplo. O objetivo é levar os colegas a adivinhar quem é. Oriente-os a usar muy, mucho, muchas ou muchos. Observe as apresentações e anote os equívocos cometidos, para retomá-los posteriormente, usando o quadro exposto na sala tanto para atividades orais como escritas.

Flexibilização 

Para ajudar o aluno com deficiência auditiva, os registros orais devem ser transformados em registros escritos. Deve-se lembrar que, para o aluno surdo, aprender uma Língua Estrangeira significa aprender uma terceira língua - a primeira é Libras e a segunda, a Língua Portuguesa. Nesta idade, os alunos com deficiência auditiva e devidamente alfabetizados, já são capazes de escrever textos coerentes em Português, mas ainda costumam apresentar dificuldades com as conjugações verbais e a utilização de conectivos nas frases - já que essas estruturas inexistem em Libras. Por isso, fazer todos os registros das hipóteses levantadas pelos alunos é muito importante, visto que coloca o estudante surdo em contato com a leitura e a escrita. Na etapa de tradução das frases, um intérprete de Libras pode ajudá-lo a explicar para o aluno surdo que em Espanhol existem os termos muy e mucho, que possuem o mesmo significado, mas são empregados de maneiras diferentes. Ele também deve traduzir as frases para Libras. A correção dos exercícios também deve ser feita por escrito para facilitar a compreensão do aluno. Na avaliação oriente os grupos para que façam cartazes descrevendo as personalidades por escrito e complemente a sequência com exercícios no AEE.

Deficiências 

Auditiva

Créditos: Beatriz Mainardi Formação: Professora da Target Idiomas, em São Paulo.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias