19288
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Empreendedora > 2º ano > Unidade

Plano de aula - Pitch de apresentação

Plano de aula de Educação Empreendedora para Ensino Fundamental 2 sobre Refletir sobre as naturezas do problema que envolve a comunidade escolar para definir uma estratégia de ação a fim de saná-lo ou minimizá-lo.

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Carolina Alecrim Benzoni

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Resumo da sequência: essa sequência tem como objetivo proporcionar aos alunos o desafio de idealizarem um aplicativo cuja função seja sanar algum problema ou situação que precise de melhora e que esteja relacionada ao cotidiano escolar. Na primeira aula, eles deverão pensar sobre as problemáticas da escola. Na segunda, deverão debater sobre o problema escolhido. Na terceira, idealizar o aplicativo. Na quarta e quinta, desenvolvê-lo. E, por fim, na sexta, apresentá-lo para a sala. Esta sequência é composta por cinco planos de aula, todos planejados para serem realizados 50 minutos cada, exceto o plano 4, que deverá ser realizado em 100 minutos. Os planos são interdependentes.

Sobre esse plano: previsto para ser realizado no decorrer de 50 minutos, esse plano de aula é a sexta aula de uma sequência de seis, destinadas à idealização de um aplicativo pelos estudantes. Nesta etapa, os alunos, que previamente selecionaram um problema relacionado à comunidade escolar, aprofundaram o olhar sobre ele, pensaram em uma solução e a desenvolveram, deverão apresentar à sala um Pitch com o produto pronto. Pitch é uma apresentação curta (2 a 5 minutos) em que cada grupo deverá apresentar para a sala o produto idealizado, contemplando as etapas:

1. Problema selecionado;

2. Por que aquilo é um problema;

3. Qual a solução pensada;

4. Como ela funciona e os resultados esperados.

Esse plano de aula faz parte de uma sequência mais ampla, em que serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com as habilidades EF89LP21 e EF89LP27 que constam na BNCC. Como as habilidades devem ser desenvolvidas ao longo de todo o ano, você observará que elas não serão contempladas na totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Além disso, a sequência contempla as seguintes Competências Gerais da Educação Básica previstas na BNCC: 5, 7 e 10.

Organização das aulas: essa sequência pode acontecer no contexto de um único componente (Português, Ciências, Matemática ou História, por exemplo) ou combinar encontros de dois ou três deles, a fim de obter um trabalho mais transversal. Sugere-se que os professores desenvolvam essa sequência como um projeto transversal da escola. O olhar de mais de uma matéria para o assunto contribuirá para a reflexão dos estudantes.

Ação prévia: conforme orientado na aula anterior, os alunos devem chegar para a aula com a apresentação do pitch pronta, em slides, prezi ou cartaz. Verifique a aula anterior para orientação. No dia da apresentação, monte estações para exposição dos aplicativos. Essa apresentação pode ser feita na própria sala ou você pode organizar um evento, envolvendo toda a comunidade escolar na apresentação e exposição dos aplicativos.

Alinhamento da sequência com a Educação Empreendedora: a sequência, organizada como um projeto e em diálogo com o design thinking, favorece a resolução de problemas, a comunicação, a colaboração, a iniciativa e o desenvolvimento da autonomia, posto o protagonismo que os estudantes têm ao longo de todo o processo. Também envolve planejamento, organização de recursos, criatividade e imaginação para idealizar os aplicativos. Por fim, cabe destacar que o desenvolvimento social, a ética e a responsabilidade são pautados pela relação entre os projetos desenvolvidos e o contexto da escola.

Materiais necessários: notebooks, chromebooks, projetor para a apresentação. carteiras para a montagem da exposição, lugar para fixar os cartazes, caso a apresentação seja feita com cartazes. Tablets, celulares, chromebook para mostrar o aplicativo, caso ele tenha sido desenvolvido efetivamente.

Para você saber mais: o design thinking é uma metodologia usada para solucionar problemas a partir de uma investigação colaborativa sobre o assunto/problema a ser sanado. Essa metodologia permite aos alunos debaterem ideias sobre as possíveis soluções e é, geralmente, dividida em: descoberta, interpretação, ideação, experimentação, evolução.

  • Design Thinking: o que é e como usar em sala de aula. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/12457/design-thinking-o-que-e-e-como-usar-em-sala-de-aula - Acesso em: 14-fev-2020.

  • Design Thinking e bibliotecas inovadoras são realidade no Brasil. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/12902/design-thinking-e-bibliotecas-inovadoras-sao-realidade-no-brasil#_=_ - Acesso em: 14-fev-2020.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 05 minutos

Orientações: peça aos alunos para organizarem as equipes e materiais para a apresentação.

Coloque um dispositivo com um dos aplicativos abertos em cada estação, para que haja, depois da apresentação, a visitação e manipulação dos aplicativos.

Caso os aplicativos tenham sido feitos em papel, coloque os protótipos nas carteiras para que os colegas vejam.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: organize a ordem das apresentações e determine um aluno para marcar o tempo de cada uma, conforme combinado previamente.

Distribua aos demais alunos uma ficha de avaliação da apresentação e diga que deverão avaliar a apresentação de cada grupo, colocando um feedback para cada apresentação. Caso julgue mais adequado ao perfil da turma, essa avaliação pode ser feita em duplas.

Antes de começar a apresentação, lembre os estudantes da importância da altura da voz, da clareza e coerência da fala e da postura corporal durante uma apresentação oral.

Dê início às apresentações, dando um intervalo entre uma e outra para os colegas e você fazerem a avaliação.

Na sua avaliação, sugere-se que sejam avaliados os aspectos que envolvem todo o trabalho: criatividade, condução da discussão em cada uma das aulas, postura diante dos desafios que enfrentaram, o quanto eles evoluíram ao longo do processo, se a solução apresenta-se coerente e plausível e se houve organização do grupo para a divisão das tarefas.

Dê um feedback para cada grupo, contemplando não apenas os aspectos técnicos da apresentação, mas ressaltando o quanto eles evoluíram e aprenderam ao longo do processo, evidenciando aspectos positivos da caminhada e sugestões de melhoria.

Terminadas as apresentações, dê um tempo para que os alunos circulem entre as estações e possam ver os aplicativos desenvolvidos.

Material complementar:

Ficha de avaliação. Disponível nos materiais complementares.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: terminadas as apresentações, promova um feedback entre os alunos. Peça para que os alunos que viram a apresentação levantem dois aspectos positivos e sugiram uma melhoria para cada apresentação vista. Para que essa parte não fique extensa, peça para dois alunos darem feedback para cada equipe. Garanta que todos participem.

Diga aos alunos que um feedback é uma análise séria e adequada que deve contribuir para o crescimento do colega. Explique que a pessoa que faz o feedback é muito responsável por aquilo que fala.

Ao final do feedback entre os alunos, complemente a análise com o seu olhar, a fim de contribuir para a avaliação dos alunos.

Quando todos tiverem recebido feedback, peça aos alunos uma avaliação sobre a sequência de aulas:

- O que você aprendeu ao longo de todo o processo?

- Quais foram as dificuldades a serem superadas?

- Se pudessem, mudariam alguma ação ou escolha ao longo do processo?

Finalize o projeto contribuindo com o seu olhar para o crescimento da turma: como eles desenvolveram autonomia, como eles lidam com a situação de busca e a solução para uma problemática.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Resumo da sequência: essa sequência tem como objetivo proporcionar aos alunos o desafio de idealizarem um aplicativo cuja função seja sanar algum problema ou situação que precise de melhora e que esteja relacionada ao cotidiano escolar. Na primeira aula, eles deverão pensar sobre as problemáticas da escola. Na segunda, deverão debater sobre o problema escolhido. Na terceira, idealizar o aplicativo. Na quarta e quinta, desenvolvê-lo. E, por fim, na sexta, apresentá-lo para a sala. Esta sequência é composta por cinco planos de aula, todos planejados para serem realizados 50 minutos cada, exceto o plano 4, que deverá ser realizado em 100 minutos. Os planos são interdependentes.

Sobre esse plano: previsto para ser realizado no decorrer de 50 minutos, esse plano de aula é a sexta aula de uma sequência de seis, destinadas à idealização de um aplicativo pelos estudantes. Nesta etapa, os alunos, que previamente selecionaram um problema relacionado à comunidade escolar, aprofundaram o olhar sobre ele, pensaram em uma solução e a desenvolveram, deverão apresentar à sala um Pitch com o produto pronto. Pitch é uma apresentação curta (2 a 5 minutos) em que cada grupo deverá apresentar para a sala o produto idealizado, contemplando as etapas:

1. Problema selecionado;

2. Por que aquilo é um problema;

3. Qual a solução pensada;

4. Como ela funciona e os resultados esperados.

Esse plano de aula faz parte de uma sequência mais ampla, em que serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com as habilidades EF89LP21 e EF89LP27 que constam na BNCC. Como as habilidades devem ser desenvolvidas ao longo de todo o ano, você observará que elas não serão contempladas na totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Além disso, a sequência contempla as seguintes Competências Gerais da Educação Básica previstas na BNCC: 5, 7 e 10.

Organização das aulas: essa sequência pode acontecer no contexto de um único componente (Português, Ciências, Matemática ou História, por exemplo) ou combinar encontros de dois ou três deles, a fim de obter um trabalho mais transversal. Sugere-se que os professores desenvolvam essa sequência como um projeto transversal da escola. O olhar de mais de uma matéria para o assunto contribuirá para a reflexão dos estudantes.

Ação prévia: conforme orientado na aula anterior, os alunos devem chegar para a aula com a apresentação do pitch pronta, em slides, prezi ou cartaz. Verifique a aula anterior para orientação. No dia da apresentação, monte estações para exposição dos aplicativos. Essa apresentação pode ser feita na própria sala ou você pode organizar um evento, envolvendo toda a comunidade escolar na apresentação e exposição dos aplicativos.

Alinhamento da sequência com a Educação Empreendedora: a sequência, organizada como um projeto e em diálogo com o design thinking, favorece a resolução de problemas, a comunicação, a colaboração, a iniciativa e o desenvolvimento da autonomia, posto o protagonismo que os estudantes têm ao longo de todo o processo. Também envolve planejamento, organização de recursos, criatividade e imaginação para idealizar os aplicativos. Por fim, cabe destacar que o desenvolvimento social, a ética e a responsabilidade são pautados pela relação entre os projetos desenvolvidos e o contexto da escola.

Materiais necessários: notebooks, chromebooks, projetor para a apresentação. carteiras para a montagem da exposição, lugar para fixar os cartazes, caso a apresentação seja feita com cartazes. Tablets, celulares, chromebook para mostrar o aplicativo, caso ele tenha sido desenvolvido efetivamente.

Para você saber mais: o design thinking é uma metodologia usada para solucionar problemas a partir de uma investigação colaborativa sobre o assunto/problema a ser sanado. Essa metodologia permite aos alunos debaterem ideias sobre as possíveis soluções e é, geralmente, dividida em: descoberta, interpretação, ideação, experimentação, evolução.

  • Design Thinking: o que é e como usar em sala de aula. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/12457/design-thinking-o-que-e-e-como-usar-em-sala-de-aula - Acesso em: 14-fev-2020.

  • Design Thinking e bibliotecas inovadoras são realidade no Brasil. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/12902/design-thinking-e-bibliotecas-inovadoras-sao-realidade-no-brasil#_=_ - Acesso em: 14-fev-2020.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 05 minutos

Orientações: peça aos alunos para organizarem as equipes e materiais para a apresentação.

Coloque um dispositivo com um dos aplicativos abertos em cada estação, para que haja, depois da apresentação, a visitação e manipulação dos aplicativos.

Caso os aplicativos tenham sido feitos em papel, coloque os protótipos nas carteiras para que os colegas vejam.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: organize a ordem das apresentações e determine um aluno para marcar o tempo de cada uma, conforme combinado previamente.

Distribua aos demais alunos uma ficha de avaliação da apresentação e diga que deverão avaliar a apresentação de cada grupo, colocando um feedback para cada apresentação. Caso julgue mais adequado ao perfil da turma, essa avaliação pode ser feita em duplas.

Antes de começar a apresentação, lembre os estudantes da importância da altura da voz, da clareza e coerência da fala e da postura corporal durante uma apresentação oral.

Dê início às apresentações, dando um intervalo entre uma e outra para os colegas e você fazerem a avaliação.

Na sua avaliação, sugere-se que sejam avaliados os aspectos que envolvem todo o trabalho: criatividade, condução da discussão em cada uma das aulas, postura diante dos desafios que enfrentaram, o quanto eles evoluíram ao longo do processo, se a solução apresenta-se coerente e plausível e se houve organização do grupo para a divisão das tarefas.

Dê um feedback para cada grupo, contemplando não apenas os aspectos técnicos da apresentação, mas ressaltando o quanto eles evoluíram e aprenderam ao longo do processo, evidenciando aspectos positivos da caminhada e sugestões de melhoria.

Terminadas as apresentações, dê um tempo para que os alunos circulem entre as estações e possam ver os aplicativos desenvolvidos.

Material complementar:

Ficha de avaliação. Disponível nos materiais complementares.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: terminadas as apresentações, promova um feedback entre os alunos. Peça para que os alunos que viram a apresentação levantem dois aspectos positivos e sugiram uma melhoria para cada apresentação vista. Para que essa parte não fique extensa, peça para dois alunos darem feedback para cada equipe. Garanta que todos participem.

Diga aos alunos que um feedback é uma análise séria e adequada que deve contribuir para o crescimento do colega. Explique que a pessoa que faz o feedback é muito responsável por aquilo que fala.

Ao final do feedback entre os alunos, complemente a análise com o seu olhar, a fim de contribuir para a avaliação dos alunos.

Quando todos tiverem recebido feedback, peça aos alunos uma avaliação sobre a sequência de aulas:

- O que você aprendeu ao longo de todo o processo?

- Quais foram as dificuldades a serem superadas?

- Se pudessem, mudariam alguma ação ou escolha ao longo do processo?

Finalize o projeto contribuindo com o seu olhar para o crescimento da turma: como eles desenvolveram autonomia, como eles lidam com a situação de busca e a solução para uma problemática.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Unidade do 2º ano :

MAIS AULAS DE Educação Empreendedora do 2º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF89LP21 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF89LP27 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Empreendedora

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano