13842
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Bingo de sílabas iniciais

POR: Luciane Rolim De Moura Vilain 27/11/2018
Código: LPO1_11ATS01

1º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF01LP08) Relacionar elementos sonoros (sílabas, fonemas, partes de palavras) com sua representação escrita.

(EF01LP09) Comparar palavras, identificando semelhanças e diferenças entre sons de sílabas iniciais, mediais e finais.

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 1º ano do Ensino Fundamental sobre relacionar elementos sonoros (sílaba oral inicial) à respectiva escrita

 

Sobre este plano select-down

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é primeira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é que o aluno estabeleça relações entre os elementos sonoros (sílabas orais) e a respectiva escrita.

Materiais necessários:

  • cartelas de bingo (clique aqui para acessar o arquivo das cartelas) - uma para cada dupla de alunos;
  • fichas com palavras (clique aqui para acessar o arquivo das fichas);
  • envelope para guardar as fichas;
  • marcadores para o bingo (podem ser bolinhas de papel, pedrinhas, tampinhas etc.);
  • atividade complementar para preencher a sílaba inicial de palavras (acesse aqui o arquivo).

Dificuldades antecipadas: Os alunos silábicos com valor sonoro poderão ter dificuldade em identificar as sílabas de algumas palavras. Os alunos silábicos sem valor sonoro, além da dificuldade mencionada, poderão não conseguir reconhecer que as palavras são segmentadas em sílabas. Os alunos pré-silábicos, por sua vez, poderão ter as dificuldades anteriores, somadas ao fato de não conseguirem reconhecer que a escrita representa os sons da fala.

Referências sobre o assunto:

Livros:

  • “Sistema de escrita alfabética”, de Artur Gomes de Morais
  • “Alfabetização: apropriação do sistema de escrita alfabética”, organizado por Artur Gomes de Morais, Eliana Borges Correia de Albuquerque e Telma Ferraz Leal (disponível neste link).
  • “Jogos de alfabetização”, organizado por Ana Carolina Perrusi Alves Brandão e outros (disponível neste link).
  • “Guia teórico do alfabetizador”, de Miriam Lemle
  • “Guia prático do alfabetizador”, de Marlene Carvalho
  • “Consciência fonológica em crianças pequenas”, de Marilyn Jager Adams

Artigo:

  • “Parceiros em ação na alfabetização”, publicado no site da Nova Escola (acesse neste link)

Tema da aula select-down

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Inicie a aula contando para a turma qual é a proposta da aula do dia.
  • Explique aos alunos que eles vão jogar bingo e pergunte:
  • Alguém já jogou bingo?
  • Sabem como se joga?
  • Como se faz para ganhar no bingo?
  • Ouça as hipóteses dos alunos e diga que eles vão descobrir a partir de agora.

Introdução select-down

Tempo sugerido: 9 minutos

Orientações:

  • Apresente aos alunos as cartelas do bingo (acesse aqui as cartelas) e mostre que você vai sortear algumas palavras (acesse aqui as fichas de palavras).
  • Explique que esse bingo é diferente, pois você vai sortear palavras e dizê-las em voz alta, para que eles identifiquem, na fala, qual é a primeira parte (sílaba) da palavra dita e identifiquem em suas cartelas uma imagem cujo nome comece com essa mesma parte (sílaba).
  • Não é necessário falar em “sílabas” para eles nesse momento, você pode falar apenas em “partes”.
  • Antes de explicar na prática as regras do jogo, passe os próximos slides para que os alunos possam confirmar ou rever suas ideias sobre o que são as partes iniciais das palavras.

Materiais complementares:

  • cartelas de bingo - uma para cada dupla de alunos;
  • fichas com palavras;
  • envelope para guardar as fichas;
  • marcadores para o bingo (podem ser bolinhas de papel, pedrinhas, tampinhas etc.).

Introdução select-down

Orientações:

  • Mostre as imagens dos animais deste e dos próximos slides e peça aos alunos que digam os respectivos nomes de forma silabada, para que compreendam que as “partes” das palavras se referem a quantas vezes abrimos a boca para pronunciá-las. Essa é uma forma simplificada de dizer a eles o que é uma sílaba (fonema ou conjunto de fonemas pronunciado em uma só emissão de voz na enunciação de uma palavra).
  • As sílabas apresentadas nesta sequência de cinco slides têm estruturas diversas - consoante e vogal (CV); consoante, vogal e consoante (CVC); consoante, vogal e vogal (CVV); vogal e consoante (VC).
  • O intuito de apresentar estruturas mais complexas já no início, assim como no jogo do bingo (no qual, inclusive, há outras estruturas que podem ser consideradas ainda de complexidade), é de que os alunos tenham contato com essa diversidade, a fim de que se sintam desafiados e possam avançar em suas hipóteses.
  • No caso deste slide número 4, a estrutura da sílaba é a mais comum (CV), para que os alunos se familiarizem com o procedimento de segmentação.
  • Exemplo de como pode ser essa intervenção:
  • Que animal é esse?
  • Vamos ver como fazemos com a boca para dizer esse nome?
  • JA-CA-RÉ… (Faça uma pequena pausa entre a leitura das sílabas e aponte-as no slide conforme for dizendo cada uma, pedindo que prestem atenção no som que cada uma delas tem.)
  • Vejam como se escreve a primeira parte dessa palavra: JA. É essa aqui em vermelho (mostre a sílaba em destaque).

Introdução select-down

Orientações:

  • Neste slide número 5, a estrutura da sílaba é mais complexa (CVC).
  • Prossiga com as intervenções:
  • Que animal é esse?
  • Vamos ver como fazemos com a boca para dizer esse nome?
  • FOR-MI-GA… Prestem atenção às partes em que esta palavra está dividida e ao som que cada parte tem!
  • Vejam aqui a primeira parte em vermelho: FOR (mostre a sílaba em destaque).

Introdução select-down

Orientações:

  • Neste slide número 6, é retomada a estrutura considerada canônica (CV).
  • Prossiga com as intervenções:
  • Que animal é esse?
  • Vamos ver como fazemos com a boca para dizer esse nome?
  • LE-ÃO… Prestem atenção às partes em que esta palavra está dividida e ao som que cada parte tem!
  • Vejam aqui a primeira parte em vermelho: LE (mostre a sílaba em destaque).

Introdução select-down

Orientações:

  • Neste slide número 7, a estrutura apresentada é CVV.
  • Prossiga com as intervenções:
  • E esse animal, vocês sabem qual é?
  • Vamos ver como fazemos com a boca para dizer esse nome?
  • TUI-UI-Ú… Prestem atenção às partes em que esta palavra está dividida e ao som que cada parte tem!
  • Vejam aqui a primeira parte em vermelho: TUI (mostre a sílaba em destaque).
  • A segmentação dessa palavra possivelmente represente um desafio para os alunos, por haver a presença de uma sucessão de vogais, com dois ditongos e um hiato. Se a dificuldade se confirmar, em um primeiro momento deixe que eles realizem testes na separação oral das sílabas. Em seguida, faça a leitura apontada da segmentação já feita por escrito, no slide.

Introdução select-down

Orientações:

  • Neste slide número 8, a estrutura apresentada é VC.
  • Questione:
  • Que animal é esse?
  • Vamos ver como fazemos com a boca para dizer esse nome?
  • UR-SO… Prestem atenção às partes em que esta palavra está dividida e ao som que cada parte tem!
  • Vejam aqui a primeira parte em vermelho: UR (mostre a sílaba em destaque).

Desenvolvimento select-down

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Parta agora para a explicação das regras, dizendo que vão jogar em duplas. Procure reunir crianças de hipóteses de escritas diferentes, porém próximas entre si. Este artigo apresenta fundamentos e propõe estratégias de agrupamento.
  • Diga aos alunos que, ao ouvirem a palavra sorteada por você, eles deverão identificar a parte inicial e verificar se entre as imagens/palavras que estão em suas cartelas existe essa parte (sílaba).
  • Dê alguns exemplos:
  • Vamos ver qual é a primeira parte desta palavra? (Mostre a figura do bolo.)
  • Vamos falar a palavra juntos?
  • BO-LO.
  • Qual é a primeira parte?
  • BO!
  • E agora, qual é a primeira parte desta palavra? (Mostre a figura do pato.)
  • PA! (E assim por diante, até que compreendam a dinâmica.)
  • Explique que, ao identificarem na cartela a imagem cujo nome começa com a mesma parte que a palavra dita por você, deverão colocar um marcador sobre ela.
  • Ganha quem completar uma linha (na horizontal) por primeiro. Ao completar, deve gritar: “Bingo!”.
  • Se necessário, simule algumas jogadas para mostrar a eles como se faz para completar a cartela e poder gritar “Bingo!”.
  • Coloque as palavras em um envelope para realizar o sorteio.

Desenvolvimento select-down

Orientações:

  • Distribua as cartelas para as duplas.
  • Entregue também alguns grãos, bolinhas de papel, tampinhas ou pedrinhas para que os alunos possam marcar nas cartelas as palavras sorteadas.
  • Realize os sorteios pausadamente, dando tempo para os alunos identificarem as sílabas iniciais em suas cartelas.
  • Preste atenção nas marcações feitas pelas crianças nas cartelas, certificando-se de que realmente estão marcando as sílabas de forma consciente, ou seja, de forma não aleatória.
  • Ao verificar que alguma criança ou dupla marcou uma imagem/palavra equivocadamente, questione essa ação, por meio de perguntas como:
  • Você tem certeza de que essa imagem que você marcou começa com a mesma parte da que eu falei?
  • Vamos comparar? Eu sorteei RABANETE. Diga pra mim o nome da figura que você marcou.
  • PRAIA.
  • RABANETE… PRAIA… (Pronuncie a primeira sílaba com ênfase.) São iguais?
  • Não…
  • Vamos ver então que palavra começa com a mesma parte que RABANETE? (Procure nesse momento onde está a cartela com a figura do rato.)
  • Olha só, a Roberta marcou a palavra RATO. RABANETE… RATO… PRAIA... Percebe como PRAIA não começa da mesma forma?
  • Qual é a primeira parte da palavra PRAIA? Vamos pensar? (Caso ele não consiga responder, peça ajuda à turma.)
  • Pessoal, para o Felipe poder marcar PRAIA, que palavra eu teria que sortear?
  • PRATO!
  • Que outras palavras começam com essa mesma parte?
  • PRATA, PRAÇA, PRÁTICA...
  • Se mesmo com essa intervenção o aluno não perceber a diferença, aproxime a palavra que consta na ficha que você sorteou à palavra que está registrada abaixo da imagem marcada pelo aluno.

PRAIA

RABANETE

  • Repita cada palavra, apontando para cada sílaba à medida que faz a leitura. Pergunte o que está faltando para que as duas partes iniciais (a primeira sílaba de cada palavra) sejam iguais (falta a letra P na sílaba RA). Nesse momento, você pode tapar o restante das palavras com a mão, deixando à vista só a primeira sílaba de cada palavra.
  • Proceda dessa forma até que o aluno perceba as diferenças, por meio da comparação da pauta sonora e, se necessário, pela comparação das escritas.
  • Promova mais de uma rodada, conforme o interesse dos alunos.

Fechamento select-down

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Proponha uma atividade de retomada das sílabas iniciais, na qual os alunos deverão completar (individualmente) algumas palavras com base na observação das imagens. Acesse a atividade na lista de materiais complementares.
  • Mostre as partes que estão no alto da atividade (banco de sílabas), pois elas servirão de apoio para eles completarem as palavras. Oriente-os de que poderão riscar as palavras já usadas, como forma de controle.
  • Circule entre as mesas enquanto os alunos estiverem realizando a atividade.
  • Sempre que apresentarem dúvida, peça que verbalizem a palavra em voz alta, para que consigam identificar a sílaba inicial.
  • Caso não consigam, encontre em algumas palavras estáveis da turma - por exemplo, na lista de chamada - algum nome ou sobrenome que comece com a sílaba em questão. Exemplo:
  • Que palavra é essa? (LOBO)
  • Vamos ver na lista de chamada um nome que comece com essa parte inicial “LO”? (Convide o aluno a dizer com você o nome dos colegas, até chegar em LORENA ou LORENZO.)
  • LORENA… LOBO… Olha só, a primeira parte dessas palavras é igual!
  • Que palavra é essa? (PICA-PAU)
  • Vamos ver aqui na lista… Olha só o sobrenome da Luísa… PIMENTEL!
  • PIMENTEL... PICA-PAU… Que outras palavras começam assim?
  • PIMENTA, PIZZA, PIRULITO, PIPOCA…

Materiais complementares: acesse aqui o arquivo com a atividade complementar (completar sílabas iniciais).

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é primeira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é que o aluno estabeleça relações entre os elementos sonoros (sílabas orais) e a respectiva escrita.

Materiais necessários:

  • cartelas de bingo (clique aqui para acessar o arquivo das cartelas) - uma para cada dupla de alunos;
  • fichas com palavras (clique aqui para acessar o arquivo das fichas);
  • envelope para guardar as fichas;
  • marcadores para o bingo (podem ser bolinhas de papel, pedrinhas, tampinhas etc.);
  • atividade complementar para preencher a sílaba inicial de palavras (acesse aqui o arquivo).

Dificuldades antecipadas: Os alunos silábicos com valor sonoro poderão ter dificuldade em identificar as sílabas de algumas palavras. Os alunos silábicos sem valor sonoro, além da dificuldade mencionada, poderão não conseguir reconhecer que as palavras são segmentadas em sílabas. Os alunos pré-silábicos, por sua vez, poderão ter as dificuldades anteriores, somadas ao fato de não conseguirem reconhecer que a escrita representa os sons da fala.

Referências sobre o assunto:

Livros:

  • “Sistema de escrita alfabética”, de Artur Gomes de Morais
  • “Alfabetização: apropriação do sistema de escrita alfabética”, organizado por Artur Gomes de Morais, Eliana Borges Correia de Albuquerque e Telma Ferraz Leal (disponível neste link).
  • “Jogos de alfabetização”, organizado por Ana Carolina Perrusi Alves Brandão e outros (disponível neste link).
  • “Guia teórico do alfabetizador”, de Miriam Lemle
  • “Guia prático do alfabetizador”, de Marlene Carvalho
  • “Consciência fonológica em crianças pequenas”, de Marilyn Jager Adams

Artigo:

  • “Parceiros em ação na alfabetização”, publicado no site da Nova Escola (acesse neste link)

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Inicie a aula contando para a turma qual é a proposta da aula do dia.
  • Explique aos alunos que eles vão jogar bingo e pergunte:
  • Alguém já jogou bingo?
  • Sabem como se joga?
  • Como se faz para ganhar no bingo?
  • Ouça as hipóteses dos alunos e diga que eles vão descobrir a partir de agora.

Tempo sugerido: 9 minutos

Orientações:

  • Apresente aos alunos as cartelas do bingo (acesse aqui as cartelas) e mostre que você vai sortear algumas palavras (acesse aqui as fichas de palavras).
  • Explique que esse bingo é diferente, pois você vai sortear palavras e dizê-las em voz alta, para que eles identifiquem, na fala, qual é a primeira parte (sílaba) da palavra dita e identifiquem em suas cartelas uma imagem cujo nome comece com essa mesma parte (sílaba).
  • Não é necessário falar em “sílabas” para eles nesse momento, você pode falar apenas em “partes”.
  • Antes de explicar na prática as regras do jogo, passe os próximos slides para que os alunos possam confirmar ou rever suas ideias sobre o que são as partes iniciais das palavras.

Materiais complementares:

  • cartelas de bingo - uma para cada dupla de alunos;
  • fichas com palavras;
  • envelope para guardar as fichas;
  • marcadores para o bingo (podem ser bolinhas de papel, pedrinhas, tampinhas etc.).

Orientações:

  • Mostre as imagens dos animais deste e dos próximos slides e peça aos alunos que digam os respectivos nomes de forma silabada, para que compreendam que as “partes” das palavras se referem a quantas vezes abrimos a boca para pronunciá-las. Essa é uma forma simplificada de dizer a eles o que é uma sílaba (fonema ou conjunto de fonemas pronunciado em uma só emissão de voz na enunciação de uma palavra).
  • As sílabas apresentadas nesta sequência de cinco slides têm estruturas diversas - consoante e vogal (CV); consoante, vogal e consoante (CVC); consoante, vogal e vogal (CVV); vogal e consoante (VC).
  • O intuito de apresentar estruturas mais complexas já no início, assim como no jogo do bingo (no qual, inclusive, há outras estruturas que podem ser consideradas ainda de complexidade), é de que os alunos tenham contato com essa diversidade, a fim de que se sintam desafiados e possam avançar em suas hipóteses.
  • No caso deste slide número 4, a estrutura da sílaba é a mais comum (CV), para que os alunos se familiarizem com o procedimento de segmentação.
  • Exemplo de como pode ser essa intervenção:
  • Que animal é esse?
  • Vamos ver como fazemos com a boca para dizer esse nome?
  • JA-CA-RÉ… (Faça uma pequena pausa entre a leitura das sílabas e aponte-as no slide conforme for dizendo cada uma, pedindo que prestem atenção no som que cada uma delas tem.)
  • Vejam como se escreve a primeira parte dessa palavra: JA. É essa aqui em vermelho (mostre a sílaba em destaque).

Orientações:

  • Neste slide número 5, a estrutura da sílaba é mais complexa (CVC).
  • Prossiga com as intervenções:
  • Que animal é esse?
  • Vamos ver como fazemos com a boca para dizer esse nome?
  • FOR-MI-GA… Prestem atenção às partes em que esta palavra está dividida e ao som que cada parte tem!
  • Vejam aqui a primeira parte em vermelho: FOR (mostre a sílaba em destaque).

Orientações:

  • Neste slide número 6, é retomada a estrutura considerada canônica (CV).
  • Prossiga com as intervenções:
  • Que animal é esse?
  • Vamos ver como fazemos com a boca para dizer esse nome?
  • LE-ÃO… Prestem atenção às partes em que esta palavra está dividida e ao som que cada parte tem!
  • Vejam aqui a primeira parte em vermelho: LE (mostre a sílaba em destaque).

Orientações:

  • Neste slide número 7, a estrutura apresentada é CVV.
  • Prossiga com as intervenções:
  • E esse animal, vocês sabem qual é?
  • Vamos ver como fazemos com a boca para dizer esse nome?
  • TUI-UI-Ú… Prestem atenção às partes em que esta palavra está dividida e ao som que cada parte tem!
  • Vejam aqui a primeira parte em vermelho: TUI (mostre a sílaba em destaque).
  • A segmentação dessa palavra possivelmente represente um desafio para os alunos, por haver a presença de uma sucessão de vogais, com dois ditongos e um hiato. Se a dificuldade se confirmar, em um primeiro momento deixe que eles realizem testes na separação oral das sílabas. Em seguida, faça a leitura apontada da segmentação já feita por escrito, no slide.

Orientações:

  • Neste slide número 8, a estrutura apresentada é VC.
  • Questione:
  • Que animal é esse?
  • Vamos ver como fazemos com a boca para dizer esse nome?
  • UR-SO… Prestem atenção às partes em que esta palavra está dividida e ao som que cada parte tem!
  • Vejam aqui a primeira parte em vermelho: UR (mostre a sílaba em destaque).

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Parta agora para a explicação das regras, dizendo que vão jogar em duplas. Procure reunir crianças de hipóteses de escritas diferentes, porém próximas entre si. Este artigo apresenta fundamentos e propõe estratégias de agrupamento.
  • Diga aos alunos que, ao ouvirem a palavra sorteada por você, eles deverão identificar a parte inicial e verificar se entre as imagens/palavras que estão em suas cartelas existe essa parte (sílaba).
  • Dê alguns exemplos:
  • Vamos ver qual é a primeira parte desta palavra? (Mostre a figura do bolo.)
  • Vamos falar a palavra juntos?
  • BO-LO.
  • Qual é a primeira parte?
  • BO!
  • E agora, qual é a primeira parte desta palavra? (Mostre a figura do pato.)
  • PA! (E assim por diante, até que compreendam a dinâmica.)
  • Explique que, ao identificarem na cartela a imagem cujo nome começa com a mesma parte que a palavra dita por você, deverão colocar um marcador sobre ela.
  • Ganha quem completar uma linha (na horizontal) por primeiro. Ao completar, deve gritar: “Bingo!”.
  • Se necessário, simule algumas jogadas para mostrar a eles como se faz para completar a cartela e poder gritar “Bingo!”.
  • Coloque as palavras em um envelope para realizar o sorteio.

Orientações:

  • Distribua as cartelas para as duplas.
  • Entregue também alguns grãos, bolinhas de papel, tampinhas ou pedrinhas para que os alunos possam marcar nas cartelas as palavras sorteadas.
  • Realize os sorteios pausadamente, dando tempo para os alunos identificarem as sílabas iniciais em suas cartelas.
  • Preste atenção nas marcações feitas pelas crianças nas cartelas, certificando-se de que realmente estão marcando as sílabas de forma consciente, ou seja, de forma não aleatória.
  • Ao verificar que alguma criança ou dupla marcou uma imagem/palavra equivocadamente, questione essa ação, por meio de perguntas como:
  • Você tem certeza de que essa imagem que você marcou começa com a mesma parte da que eu falei?
  • Vamos comparar? Eu sorteei RABANETE. Diga pra mim o nome da figura que você marcou.
  • PRAIA.
  • RABANETE… PRAIA… (Pronuncie a primeira sílaba com ênfase.) São iguais?
  • Não…
  • Vamos ver então que palavra começa com a mesma parte que RABANETE? (Procure nesse momento onde está a cartela com a figura do rato.)
  • Olha só, a Roberta marcou a palavra RATO. RABANETE… RATO… PRAIA... Percebe como PRAIA não começa da mesma forma?
  • Qual é a primeira parte da palavra PRAIA? Vamos pensar? (Caso ele não consiga responder, peça ajuda à turma.)
  • Pessoal, para o Felipe poder marcar PRAIA, que palavra eu teria que sortear?
  • PRATO!
  • Que outras palavras começam com essa mesma parte?
  • PRATA, PRAÇA, PRÁTICA...
  • Se mesmo com essa intervenção o aluno não perceber a diferença, aproxime a palavra que consta na ficha que você sorteou à palavra que está registrada abaixo da imagem marcada pelo aluno.

PRAIA

RABANETE

  • Repita cada palavra, apontando para cada sílaba à medida que faz a leitura. Pergunte o que está faltando para que as duas partes iniciais (a primeira sílaba de cada palavra) sejam iguais (falta a letra P na sílaba RA). Nesse momento, você pode tapar o restante das palavras com a mão, deixando à vista só a primeira sílaba de cada palavra.
  • Proceda dessa forma até que o aluno perceba as diferenças, por meio da comparação da pauta sonora e, se necessário, pela comparação das escritas.
  • Promova mais de uma rodada, conforme o interesse dos alunos.

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Proponha uma atividade de retomada das sílabas iniciais, na qual os alunos deverão completar (individualmente) algumas palavras com base na observação das imagens. Acesse a atividade na lista de materiais complementares.
  • Mostre as partes que estão no alto da atividade (banco de sílabas), pois elas servirão de apoio para eles completarem as palavras. Oriente-os de que poderão riscar as palavras já usadas, como forma de controle.
  • Circule entre as mesas enquanto os alunos estiverem realizando a atividade.
  • Sempre que apresentarem dúvida, peça que verbalizem a palavra em voz alta, para que consigam identificar a sílaba inicial.
  • Caso não consigam, encontre em algumas palavras estáveis da turma - por exemplo, na lista de chamada - algum nome ou sobrenome que comece com a sílaba em questão. Exemplo:
  • Que palavra é essa? (LOBO)
  • Vamos ver na lista de chamada um nome que comece com essa parte inicial “LO”? (Convide o aluno a dizer com você o nome dos colegas, até chegar em LORENA ou LORENZO.)
  • LORENA… LOBO… Olha só, a primeira parte dessas palavras é igual!
  • Que palavra é essa? (PICA-PAU)
  • Vamos ver aqui na lista… Olha só o sobrenome da Luísa… PIMENTEL!
  • PIMENTEL... PICA-PAU… Que outras palavras começam assim?
  • PIMENTA, PIZZA, PIRULITO, PIPOCA…

Materiais complementares: acesse aqui o arquivo com a atividade complementar (completar sílabas iniciais).

Este plano de aula foi produzido pelo Time de Autores NOVA ESCOLA
Professor-autor: Luciane Vilain
Mentor: Priscila Medeiros
Especialista: Tania Rios

Título da aula: Bingo de sílabas iniciais

Finalidade da aula:Por meio do jogo do bingo, relacionar elementos sonoros (sílaba oral inicial) à respectiva escrita Ano:1º ano do Ensino Fundamental

Objeto(s) do conhecimento:Construção do sistema alfabético

Prática de linguagem: Análise linguística e semiótica

Habilidade(s) da BNCC: EF01LP08, EF01LP09

Sobre esta aula: esta é primeira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é que o aluno estabeleça relações entre os elementos sonoros (sílabas orais) e a respectiva escrita.

 

Materiais necessários:

  • cartelas de bingo - uma para cada dupla de alunos;
  • fichas com palavras;
  • envelope para guardar as fichas;
  • marcadores para o bingo (podem ser bolinhas de papel, pedrinhas, tampinhas etc.);
  • atividade complementar para preencher a sílaba inicial de palavras.

 

Dificuldades antecipadas: Os alunos silábicos com valor sonoro poderão ter dificuldade em identificar as sílabas de algumas palavras. Os alunos silábicos sem valor sonoro, além da dificuldade mencionada, poderão não conseguir reconhecer que as palavras são segmentadas em sílabas. Os alunos pré-silábicos, por sua vez, poderão ter as dificuldades anteriores, somadas ao fato de não conseguirem reconhecer que a escrita representa os sons da fala.

 

Referências sobre o assunto:

Livros:

  • “Sistema de escrita alfabética”, de Artur Gomes de Morais
  • “Alfabetização: apropriação do sistema de escrita alfabética”, organizado por Artur Gomes de Morais, Eliana Borges Correia de Albuquerque e Telma Ferraz Leal.
  • “Jogos de alfabetização”, organizado por Ana Carolina Perrusi Alves Brandão e outros.
  • “Guia teórico do alfabetizador”, de Miriam Lemle
  • “Guia prático do alfabetizador”, de Marlene Carvalho
  • “Consciência fonológica em crianças pequenas”, de Marilyn Jager Adams

Artigo:

  • “Parceiros em ação na alfabetização”, publicado no site da Nova Escola 

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

1º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes