13818
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 6º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Utilização do /s/ ou /z/

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 6º ano do Fundamental sobre uso do S e do Z

Plano 03 de 3 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Kelli Cristina Olbi De Moraes

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é terceira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é revisar o uso do /s/ e do /z/ por meio de palavras presentes em trechos do conto “Um apólogo”.

Materiais necessários: cópia impressa de partes do texto “Um apólogo”; caderno para registro das palavras; quadro; projetor; tela.

Dificuldades antecipadas: alguns alunos não perceberem determinadas palavras grafadas incorretamente.

Referências sobre o assunto: ABCL. Disponível em: <http://www.ablc.com.br> Acesso em: 14 nov. 2018.

AULETE. Gramática. Disponícel em: <http://www.aulete.com.br/site.php?mdl=gramatica>. Acesso em: 14 nov. 2018.

DOMÍNIO Público. Disponível em: <www.dominiopublico.gov.br>. Acesso em: 14 nov. 2018.

PENSADOR. Braulio. Disponível em: < https://www.pensador.com/busca.php?q=braulio>. Acesso em: 14 nov. 2018.

PLATAFORMA do letramento. Ortografia reflexiva e caminhos entre letras e sons. Disponível em: <http://www.plataformadoletramento.org.br/acervo-especial/872/ortografia-reflexiva-caminhos-entre-letras-e-sons.html>. Acesso em: 14 nov. 2018.

RECANTO das Letras. Disponível em: <https://www.recantodasletras.com.br/gramatica/2188300>. Acesso em: 14 nov. 2018.

SECRETARIA Municipal de Educação. Aprender padrões. Disponível em: <http://www.cdcc.usp.br/cda/PARAMETROS-CURRICULARES/Portal-Secretaria-Municipal-De-Educacao-Sao-Paulo-Capital/EF-CICLOII/AprenderPadroes/Aprender_Padroes_Lingua_Escrita_Modo_Reflexivo_Parte_I_Prof.pdf>. Acesso em 14 nov. 2018.

TV ESCOLA. Um apólogo. Disponível em: <https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo>. Acesso em 14 nov. 2018.

VOLP. Disponível em: <http://www.academia.org.br/nossa-lingua/busca-no-vocabulario>. Acesso em: 14 nov. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Exponha a proposta da aula aos alunos e verifique os conhecimentos prévios adquiridos quanto à utilização do /s/ e do /z/.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Inicie o assunto questionando do que os alunos se lembram sobre o do /s/ e do /z/. Pergunte, por exemplo, se: ainda têm dificuldades em escrever determinadas palavras; alguém se recorda de alguma regra aprendida; qual lhes parece a maneira mais eficiente para sanar eventuais dúvidas que possam surgir, seja no momento de leitura ou de escrita; se possuem o costume de recorrer ao dicionário.

2. Volte o foco da discussão para o apólogo. Pode ser que alguns alunos nunca tenham ouvido falar nesse gênero textual, então, seguem algumas sugestões de perguntas que você poderá fazer: “Alguém saberia dizer o que é um apólogo?”; “Quem já leu um?”; “Quem já produziu um?”; “Há alguma característica específica desse tipo de texto?”; “Costumamos lê-los com uma certa frequência?”; “Um apólogo traz algum ensinamento ou moral?”; “Existe algum tema específico para se escrever um apólogo?”; “Seu conteúdo pode ser aplicado em nosso dia a dia?”.

3. Se achar necessário, mencione que o apólogo é um texto narrativo, moralizante, que assim como a fábula sempre apresenta um ensinamento implícito. Se citar a fábula, diferencie os dois gêneros textuais. Faça de modo superficial, dizendo que enquanto a fábula apresenta animais na história, o apólogo dá vida a seres inanimados, transformando-os em personagens da narrativa. Vale ainda ressaltar que ele é utilizado há bastante tempo e que aparece mencionado até mesmo na Bíblia (Apólogo de Jotão, presente em Juízes 9.7-21).

4. Aproveite a oportunidade para verificar se o grupo conhece Machado de Assis. Diga-lhes que se trata de um autor do século XIX, que vivia na época do Brasil Império (fato facilmente notado durante a leitura), alfabetizado aos 16 anos e se tornou um dos maiores autores da Língua Portuguesa. Era um homem negro, gago, epilético e analfabeto em meio a um Brasil escravocrata. Machado não recebeu todo reconhecimento merecido em vida, mas atualmente é considerado um dos cem maiores escritores do mundo e é o patrono da Academia Brasileira de Letras.

5. Caso o grupo se interesse pelas características do apólogo, seguem algumas sugestões de interessantes, os quais poderão ser trabalhos em outra ocasião:

Materiais complementares: Cópia fragmentada do texto “Um apólogo”; vídeo “Um apólogo”, produzido por TV Escola, 00:12min, disponível em: <(https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo> (acesso em 14 nov. 2018).

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade propriamente dita, crie uma situação hipotética com os alunos. Diga que cada um deles é um jornalista de considerável prestígio que trabalha em um jornal de grande circulação e que será o responsável por corrigir um texto. Este texto será publicado e não poderá de forma alguma sair no jornal com erros.
  • Oriente que prestem atenção apenas na grafia das palavras e que nesse momento não é necessário alterar nenhum sinal de pontuação.
  • Explique que agora não receberão o texto na íntegra porque não seria interessante que aparecessem palavras repetidas ou que lhes dessem pistas para revisão. Além disso, fale que cada parêntese com reticências indica que, naquele local, houve supressão textual. É importante evidenciar que, ainda que fragmentada, esta atividade não terá seu resultado comprometido, pois ao término da atividade assistirão ao vídeo em casa e, além disso, terão acesso ao apólogo em questão na íntegra.
  • Distribua uma cópia do texto para cada um e solicite que façam a revisão individualmente. Não permita que, neste momento, troquem informações entre si.
  • Feita a revisão, peça que transcrevam corretamente as palavras encontradas no caderno, respeitando a sequência em que aparecem no apólogo.
  • Caso seja possível, projete aos alunos o texto na íntegra (disponível no Material Complementar).
  • Após a realização desta atividade, exiba o vídeo “Um apólogo”, disponível no site da TV Escola (https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo). Trata-se de uma animação com aproximadamente 13 minutos de duração, que permitirá que você dê continuidade aos conteúdos trabalhados.
  • Se desejar, realize esta mesma atividade, mas oferecendo vários apólogos para revisão em sala, não atendo-se à revisão de apenas um.
  • Caso considere pertinente, diga que treze desvios deverão ser encontrados ao longo do texto.

Materiais complementares: cópia de partes do texto “Um apólogo”.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade propriamente dita, crie uma situação hipotética com os alunos. Diga que cada um deles é um jornalista de considerável prestígio que trabalha em um jornal de grande circulação e que será o responsável por corrigir um texto. Este texto será publicado e não poderá de forma alguma sair no jornal com erros.
  • Oriente que prestem atenção apenas na grafia das palavras e que nesse momento não é necessário alterar nenhum sinal de pontuação.
  • Explique que agora não receberão o texto na íntegra porque não seria interessante que aparecessem palavras repetidas ou que lhes dessem pistas para revisão. Além disso, fale que cada parêntese com reticências indica que, naquele local, houve supressão textual. É importante evidenciar que, ainda que fragmentada, esta atividade não terá seu resultado comprometido, pois ao término da atividade assistirão ao vídeo em casa e, além disso, terão acesso ao apólogo em questão na íntegra.
  • Distribua uma cópia do texto para cada um e solicite que façam a revisão individualmente. Não permita que, neste momento, troquem informações entre si.
  • Feita a revisão, peça que transcrevam corretamente as palavras encontradas no caderno, respeitando a sequência em que aparecem no apólogo.
  • Caso seja possível, projete aos alunos o texto na íntegra (disponível no Material Complementar).
  • Após a realização desta atividade, exiba o vídeo “Um apólogo”, disponível no site da TV Escola (https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo). Trata-se de uma animação com aproximadamente 13 minutos de duração, que permitirá que você dê continuidade aos conteúdos trabalhados.
  • Se desejar, realize esta mesma atividade, mas oferecendo vários apólogos para revisão em sala, não atendo-se à revisão de apenas um.
  • Caso considere pertinente, diga que treze desvios deverão ser encontrados ao longo do texto.
  • Se desejar, projete o texto em vez de oferecê-lo impresso. Se optar pela projeção, tenha o cuidado de verificar se as palavras grafadas incorretamente não estão destacadas no Word.

Materiais complementares: cópia de partes do texto “Um apólogo”.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade propriamente dita, crie uma situação hipotética com os alunos. Diga que cada um deles é um jornalista de considerável prestígio que trabalha em um jornal de grande circulação e que será o responsável por corrigir um texto. Este texto será publicado e não poderá de forma alguma sair no jornal com erros.
  • Oriente que prestem atenção apenas na grafia das palavras e que nesse momento não é necessário alterar nenhum sinal de pontuação.
  • Explique que agora não receberão o texto na íntegra porque não seria interessante que aparecessem palavras repetidas ou que lhes dessem pistas para revisão. Além disso, fale que cada parêntese com reticências indica que, naquele local, houve supressão textual. É importante evidenciar que, ainda que fragmentada, esta atividade não terá seu resultado comprometido, pois ao término da atividade assistirão ao vídeo em casa e, além disso, terão acesso ao apólogo em questão na íntegra.
  • Distribua uma cópia do texto para cada um e solicite que façam a revisão individualmente. Não permita que, neste momento, troquem informações entre si.
  • Feita a revisão, peça que transcrevam corretamente as palavras encontradas no caderno, respeitando a sequência em que aparecem no apólogo.
  • Caso seja possível, projete aos alunos o texto na íntegra (disponível no Material Complementar).
  • Após a realização desta atividade, exiba o vídeo “Um apólogo”, disponível no site da TV Escola (https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo). Trata-se de uma animação com aproximadamente 13 minutos de duração, que permitirá que você dê continuidade aos conteúdos trabalhados.
  • Se desejar, realize esta mesma atividade, mas oferecendo vários apólogos para revisão em sala, não atendo-se à revisão de apenas um.
  • Caso considere pertinente, diga que treze desvios deverão ser encontrados ao longo do texto.
  • Se desejar, projete o texto em vez de oferecê-lo impresso. Se optar pela projeção, tenha o cuidado de verificar se as palavras grafadas incorretamente não estão destacadas no Word.

Materiais complementares: cópia de partes do texto “Um apólogo”.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade propriamente dita, crie uma situação hipotética com os alunos. Diga que cada um deles é um jornalista de considerável prestígio que trabalha em um jornal de grande circulação e que será o responsável por corrigir um texto. Este texto será publicado e não poderá de forma alguma sair no jornal com erros.
  • Oriente que prestem atenção apenas na grafia das palavras e que nesse momento não é necessário alterar nenhum sinal de pontuação.
  • Explique que agora não receberão o texto na íntegra porque não seria interessante que aparecessem palavras repetidas ou que lhes dessem pistas para revisão. Além disso, fale que cada parêntese com reticências indica que, naquele local, houve supressão textual. É importante evidenciar que, ainda que fragmentada, esta atividade não terá seu resultado comprometido, pois ao término da atividade assistirão ao vídeo em casa e, além disso, terão acesso ao apólogo em questão na íntegra.
  • Distribua uma cópia do texto para cada um e solicite que façam a revisão individualmente. Não permita que, neste momento, troquem informações entre si.
  • Feita a revisão, peça que transcrevam corretamente as palavras encontradas no caderno, respeitando a sequência em que aparecem no apólogo.
  • Caso seja possível, projete aos alunos o texto na íntegra (disponível no Material Complementar).
  • Após a realização desta atividade, exiba o vídeo “Um apólogo”, disponível no site da TV Escola (https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo). Trata-se de uma animação com aproximadamente 13 minutos de duração, que permitirá que você dê continuidade aos conteúdos trabalhados.
  • Se desejar, realize esta mesma atividade, mas oferecendo vários apólogos para revisão em sala, não atendo-se à revisão de apenas um.
  • Caso considere pertinente, diga que treze desvios deverão ser encontrados ao longo do texto.
  • Se desejar, projete o texto em vez de oferecê-lo impresso. Se optar pela projeção, tenha o cuidado de verificar se as palavras grafadas incorretamente não estão destacadas no Word.

Materiais complementares: cópia de partes do texto “Um apólogo”.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade propriamente dita, crie uma situação hipotética com os alunos. Diga que cada um deles é um jornalista de considerável prestígio que trabalha em um jornal de grande circulação e que será o responsável por corrigir um texto. Este texto será publicado e não poderá de forma alguma sair no jornal com erros.
  • Oriente que prestem atenção apenas na grafia das palavras e que nesse momento não é necessário alterar nenhum sinal de pontuação.
  • Explique que agora não receberão o texto na íntegra porque não seria interessante que aparecessem palavras repetidas ou que lhes dessem pistas para revisão. Além disso, fale que cada parêntese com reticências indica que, naquele local, houve supressão textual. É importante evidenciar que, ainda que fragmentada, esta atividade não terá seu resultado comprometido, pois ao término da atividade assistirão ao vídeo em casa e, além disso, terão acesso ao apólogo em questão na íntegra.
  • Distribua uma cópia do texto para cada um e solicite que façam a revisão individualmente. Não permita que, neste momento, troquem informações entre si.
  • Feita a revisão, peça que transcrevam corretamente as palavras encontradas no caderno, respeitando a sequência em que aparecem no apólogo.
  • Caso seja possível, projete aos alunos o texto na íntegra (disponível no Material Complementar).
  • Após a realização desta atividade, exiba o vídeo “Um apólogo”, disponível no site da TV Escola (https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo). Trata-se de uma animação com aproximadamente 13 minutos de duração, que permitirá que você dê continuidade aos conteúdos trabalhados.
  • Se desejar, realize esta mesma atividade, mas oferecendo vários apólogos para revisão em sala, não atendo-se à revisão de apenas um.
  • Caso considere pertinente, diga que treze desvios deverão ser encontrados ao longo do texto.
  • Se desejar, projete o texto em vez de oferecê-lo impresso. Se optar pela projeção, tenha o cuidado de verificar se as palavras grafadas incorretamente não estão destacadas no Word.

Materiais complementares: cópia de partes do texto “Um apólogo”.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 18 minutos

Orientações:

  • Pergunte aos “revisores” quais palavras estavam erradas no texto e, à medida que as forem mencionado, anote-as no quadro.
  • Verifique com o grupo se alguém percebeu alguma regra que explique o uso do /s/ ou do /z/ em determinadas palavras. Espera-se que os estudantes sejam capazes de observar que palavras como “coisa”, “orgulhosa”, “silenciosa” etc., obedecem à regra do /s/ intervocálico, com som de z. Se quiser, aproveite a oportunidade para diferenciar os vocábulos coser e cozer.
  • Solicite que anotem no caderno a conclusão a que chegaram.
  • Projete o slide com as treze palavras redigidas corretamente.
  • Finalize o assunto sistematizando com o grupo a moral do apólogo.

Materiais complementares: texto na íntegra para impressão; resolução da atividade.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é terceira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é revisar o uso do /s/ e do /z/ por meio de palavras presentes em trechos do conto “Um apólogo”.

Materiais necessários: cópia impressa de partes do texto “Um apólogo”; caderno para registro das palavras; quadro; projetor; tela.

Dificuldades antecipadas: alguns alunos não perceberem determinadas palavras grafadas incorretamente.

Referências sobre o assunto: ABCL. Disponível em: <http://www.ablc.com.br> Acesso em: 14 nov. 2018.

AULETE. Gramática. Disponícel em: <http://www.aulete.com.br/site.php?mdl=gramatica>. Acesso em: 14 nov. 2018.

DOMÍNIO Público. Disponível em: <www.dominiopublico.gov.br>. Acesso em: 14 nov. 2018.

PENSADOR. Braulio. Disponível em: < https://www.pensador.com/busca.php?q=braulio>. Acesso em: 14 nov. 2018.

PLATAFORMA do letramento. Ortografia reflexiva e caminhos entre letras e sons. Disponível em: <http://www.plataformadoletramento.org.br/acervo-especial/872/ortografia-reflexiva-caminhos-entre-letras-e-sons.html>. Acesso em: 14 nov. 2018.

RECANTO das Letras. Disponível em: <https://www.recantodasletras.com.br/gramatica/2188300>. Acesso em: 14 nov. 2018.

SECRETARIA Municipal de Educação. Aprender padrões. Disponível em: <http://www.cdcc.usp.br/cda/PARAMETROS-CURRICULARES/Portal-Secretaria-Municipal-De-Educacao-Sao-Paulo-Capital/EF-CICLOII/AprenderPadroes/Aprender_Padroes_Lingua_Escrita_Modo_Reflexivo_Parte_I_Prof.pdf>. Acesso em 14 nov. 2018.

TV ESCOLA. Um apólogo. Disponível em: <https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo>. Acesso em 14 nov. 2018.

VOLP. Disponível em: <http://www.academia.org.br/nossa-lingua/busca-no-vocabulario>. Acesso em: 14 nov. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Exponha a proposta da aula aos alunos e verifique os conhecimentos prévios adquiridos quanto à utilização do /s/ e do /z/.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Inicie o assunto questionando do que os alunos se lembram sobre o do /s/ e do /z/. Pergunte, por exemplo, se: ainda têm dificuldades em escrever determinadas palavras; alguém se recorda de alguma regra aprendida; qual lhes parece a maneira mais eficiente para sanar eventuais dúvidas que possam surgir, seja no momento de leitura ou de escrita; se possuem o costume de recorrer ao dicionário.

2. Volte o foco da discussão para o apólogo. Pode ser que alguns alunos nunca tenham ouvido falar nesse gênero textual, então, seguem algumas sugestões de perguntas que você poderá fazer: “Alguém saberia dizer o que é um apólogo?”; “Quem já leu um?”; “Quem já produziu um?”; “Há alguma característica específica desse tipo de texto?”; “Costumamos lê-los com uma certa frequência?”; “Um apólogo traz algum ensinamento ou moral?”; “Existe algum tema específico para se escrever um apólogo?”; “Seu conteúdo pode ser aplicado em nosso dia a dia?”.

3. Se achar necessário, mencione que o apólogo é um texto narrativo, moralizante, que assim como a fábula sempre apresenta um ensinamento implícito. Se citar a fábula, diferencie os dois gêneros textuais. Faça de modo superficial, dizendo que enquanto a fábula apresenta animais na história, o apólogo dá vida a seres inanimados, transformando-os em personagens da narrativa. Vale ainda ressaltar que ele é utilizado há bastante tempo e que aparece mencionado até mesmo na Bíblia (Apólogo de Jotão, presente em Juízes 9.7-21).

4. Aproveite a oportunidade para verificar se o grupo conhece Machado de Assis. Diga-lhes que se trata de um autor do século XIX, que vivia na época do Brasil Império (fato facilmente notado durante a leitura), alfabetizado aos 16 anos e se tornou um dos maiores autores da Língua Portuguesa. Era um homem negro, gago, epilético e analfabeto em meio a um Brasil escravocrata. Machado não recebeu todo reconhecimento merecido em vida, mas atualmente é considerado um dos cem maiores escritores do mundo e é o patrono da Academia Brasileira de Letras.

5. Caso o grupo se interesse pelas características do apólogo, seguem algumas sugestões de interessantes, os quais poderão ser trabalhos em outra ocasião:

Materiais complementares: Cópia fragmentada do texto “Um apólogo”; vídeo “Um apólogo”, produzido por TV Escola, 00:12min, disponível em: <(https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo> (acesso em 14 nov. 2018).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade propriamente dita, crie uma situação hipotética com os alunos. Diga que cada um deles é um jornalista de considerável prestígio que trabalha em um jornal de grande circulação e que será o responsável por corrigir um texto. Este texto será publicado e não poderá de forma alguma sair no jornal com erros.
  • Oriente que prestem atenção apenas na grafia das palavras e que nesse momento não é necessário alterar nenhum sinal de pontuação.
  • Explique que agora não receberão o texto na íntegra porque não seria interessante que aparecessem palavras repetidas ou que lhes dessem pistas para revisão. Além disso, fale que cada parêntese com reticências indica que, naquele local, houve supressão textual. É importante evidenciar que, ainda que fragmentada, esta atividade não terá seu resultado comprometido, pois ao término da atividade assistirão ao vídeo em casa e, além disso, terão acesso ao apólogo em questão na íntegra.
  • Distribua uma cópia do texto para cada um e solicite que façam a revisão individualmente. Não permita que, neste momento, troquem informações entre si.
  • Feita a revisão, peça que transcrevam corretamente as palavras encontradas no caderno, respeitando a sequência em que aparecem no apólogo.
  • Caso seja possível, projete aos alunos o texto na íntegra (disponível no Material Complementar).
  • Após a realização desta atividade, exiba o vídeo “Um apólogo”, disponível no site da TV Escola (https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo). Trata-se de uma animação com aproximadamente 13 minutos de duração, que permitirá que você dê continuidade aos conteúdos trabalhados.
  • Se desejar, realize esta mesma atividade, mas oferecendo vários apólogos para revisão em sala, não atendo-se à revisão de apenas um.
  • Caso considere pertinente, diga que treze desvios deverão ser encontrados ao longo do texto.

Materiais complementares: cópia de partes do texto “Um apólogo”.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade propriamente dita, crie uma situação hipotética com os alunos. Diga que cada um deles é um jornalista de considerável prestígio que trabalha em um jornal de grande circulação e que será o responsável por corrigir um texto. Este texto será publicado e não poderá de forma alguma sair no jornal com erros.
  • Oriente que prestem atenção apenas na grafia das palavras e que nesse momento não é necessário alterar nenhum sinal de pontuação.
  • Explique que agora não receberão o texto na íntegra porque não seria interessante que aparecessem palavras repetidas ou que lhes dessem pistas para revisão. Além disso, fale que cada parêntese com reticências indica que, naquele local, houve supressão textual. É importante evidenciar que, ainda que fragmentada, esta atividade não terá seu resultado comprometido, pois ao término da atividade assistirão ao vídeo em casa e, além disso, terão acesso ao apólogo em questão na íntegra.
  • Distribua uma cópia do texto para cada um e solicite que façam a revisão individualmente. Não permita que, neste momento, troquem informações entre si.
  • Feita a revisão, peça que transcrevam corretamente as palavras encontradas no caderno, respeitando a sequência em que aparecem no apólogo.
  • Caso seja possível, projete aos alunos o texto na íntegra (disponível no Material Complementar).
  • Após a realização desta atividade, exiba o vídeo “Um apólogo”, disponível no site da TV Escola (https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo). Trata-se de uma animação com aproximadamente 13 minutos de duração, que permitirá que você dê continuidade aos conteúdos trabalhados.
  • Se desejar, realize esta mesma atividade, mas oferecendo vários apólogos para revisão em sala, não atendo-se à revisão de apenas um.
  • Caso considere pertinente, diga que treze desvios deverão ser encontrados ao longo do texto.
  • Se desejar, projete o texto em vez de oferecê-lo impresso. Se optar pela projeção, tenha o cuidado de verificar se as palavras grafadas incorretamente não estão destacadas no Word.

Materiais complementares: cópia de partes do texto “Um apólogo”.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade propriamente dita, crie uma situação hipotética com os alunos. Diga que cada um deles é um jornalista de considerável prestígio que trabalha em um jornal de grande circulação e que será o responsável por corrigir um texto. Este texto será publicado e não poderá de forma alguma sair no jornal com erros.
  • Oriente que prestem atenção apenas na grafia das palavras e que nesse momento não é necessário alterar nenhum sinal de pontuação.
  • Explique que agora não receberão o texto na íntegra porque não seria interessante que aparecessem palavras repetidas ou que lhes dessem pistas para revisão. Além disso, fale que cada parêntese com reticências indica que, naquele local, houve supressão textual. É importante evidenciar que, ainda que fragmentada, esta atividade não terá seu resultado comprometido, pois ao término da atividade assistirão ao vídeo em casa e, além disso, terão acesso ao apólogo em questão na íntegra.
  • Distribua uma cópia do texto para cada um e solicite que façam a revisão individualmente. Não permita que, neste momento, troquem informações entre si.
  • Feita a revisão, peça que transcrevam corretamente as palavras encontradas no caderno, respeitando a sequência em que aparecem no apólogo.
  • Caso seja possível, projete aos alunos o texto na íntegra (disponível no Material Complementar).
  • Após a realização desta atividade, exiba o vídeo “Um apólogo”, disponível no site da TV Escola (https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo). Trata-se de uma animação com aproximadamente 13 minutos de duração, que permitirá que você dê continuidade aos conteúdos trabalhados.
  • Se desejar, realize esta mesma atividade, mas oferecendo vários apólogos para revisão em sala, não atendo-se à revisão de apenas um.
  • Caso considere pertinente, diga que treze desvios deverão ser encontrados ao longo do texto.
  • Se desejar, projete o texto em vez de oferecê-lo impresso. Se optar pela projeção, tenha o cuidado de verificar se as palavras grafadas incorretamente não estão destacadas no Word.

Materiais complementares: cópia de partes do texto “Um apólogo”.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade propriamente dita, crie uma situação hipotética com os alunos. Diga que cada um deles é um jornalista de considerável prestígio que trabalha em um jornal de grande circulação e que será o responsável por corrigir um texto. Este texto será publicado e não poderá de forma alguma sair no jornal com erros.
  • Oriente que prestem atenção apenas na grafia das palavras e que nesse momento não é necessário alterar nenhum sinal de pontuação.
  • Explique que agora não receberão o texto na íntegra porque não seria interessante que aparecessem palavras repetidas ou que lhes dessem pistas para revisão. Além disso, fale que cada parêntese com reticências indica que, naquele local, houve supressão textual. É importante evidenciar que, ainda que fragmentada, esta atividade não terá seu resultado comprometido, pois ao término da atividade assistirão ao vídeo em casa e, além disso, terão acesso ao apólogo em questão na íntegra.
  • Distribua uma cópia do texto para cada um e solicite que façam a revisão individualmente. Não permita que, neste momento, troquem informações entre si.
  • Feita a revisão, peça que transcrevam corretamente as palavras encontradas no caderno, respeitando a sequência em que aparecem no apólogo.
  • Caso seja possível, projete aos alunos o texto na íntegra (disponível no Material Complementar).
  • Após a realização desta atividade, exiba o vídeo “Um apólogo”, disponível no site da TV Escola (https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo). Trata-se de uma animação com aproximadamente 13 minutos de duração, que permitirá que você dê continuidade aos conteúdos trabalhados.
  • Se desejar, realize esta mesma atividade, mas oferecendo vários apólogos para revisão em sala, não atendo-se à revisão de apenas um.
  • Caso considere pertinente, diga que treze desvios deverão ser encontrados ao longo do texto.
  • Se desejar, projete o texto em vez de oferecê-lo impresso. Se optar pela projeção, tenha o cuidado de verificar se as palavras grafadas incorretamente não estão destacadas no Word.

Materiais complementares: cópia de partes do texto “Um apólogo”.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade propriamente dita, crie uma situação hipotética com os alunos. Diga que cada um deles é um jornalista de considerável prestígio que trabalha em um jornal de grande circulação e que será o responsável por corrigir um texto. Este texto será publicado e não poderá de forma alguma sair no jornal com erros.
  • Oriente que prestem atenção apenas na grafia das palavras e que nesse momento não é necessário alterar nenhum sinal de pontuação.
  • Explique que agora não receberão o texto na íntegra porque não seria interessante que aparecessem palavras repetidas ou que lhes dessem pistas para revisão. Além disso, fale que cada parêntese com reticências indica que, naquele local, houve supressão textual. É importante evidenciar que, ainda que fragmentada, esta atividade não terá seu resultado comprometido, pois ao término da atividade assistirão ao vídeo em casa e, além disso, terão acesso ao apólogo em questão na íntegra.
  • Distribua uma cópia do texto para cada um e solicite que façam a revisão individualmente. Não permita que, neste momento, troquem informações entre si.
  • Feita a revisão, peça que transcrevam corretamente as palavras encontradas no caderno, respeitando a sequência em que aparecem no apólogo.
  • Caso seja possível, projete aos alunos o texto na íntegra (disponível no Material Complementar).
  • Após a realização desta atividade, exiba o vídeo “Um apólogo”, disponível no site da TV Escola (https://tvescola.org.br/tve/video/umapologo). Trata-se de uma animação com aproximadamente 13 minutos de duração, que permitirá que você dê continuidade aos conteúdos trabalhados.
  • Se desejar, realize esta mesma atividade, mas oferecendo vários apólogos para revisão em sala, não atendo-se à revisão de apenas um.
  • Caso considere pertinente, diga que treze desvios deverão ser encontrados ao longo do texto.
  • Se desejar, projete o texto em vez de oferecê-lo impresso. Se optar pela projeção, tenha o cuidado de verificar se as palavras grafadas incorretamente não estão destacadas no Word.

Materiais complementares: cópia de partes do texto “Um apólogo”.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 18 minutos

Orientações:

  • Pergunte aos “revisores” quais palavras estavam erradas no texto e, à medida que as forem mencionado, anote-as no quadro.
  • Verifique com o grupo se alguém percebeu alguma regra que explique o uso do /s/ ou do /z/ em determinadas palavras. Espera-se que os estudantes sejam capazes de observar que palavras como “coisa”, “orgulhosa”, “silenciosa” etc., obedecem à regra do /s/ intervocálico, com som de z. Se quiser, aproveite a oportunidade para diferenciar os vocábulos coser e cozer.
  • Solicite que anotem no caderno a conclusão a que chegaram.
  • Projete o slide com as treze palavras redigidas corretamente.
  • Finalize o assunto sistematizando com o grupo a moral do apólogo.

Materiais complementares: texto na íntegra para impressão; resolução da atividade.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 6º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF67LP32 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano