Europa e Islã

POR:
novaescola

Objetivo(s) 

  • Compreender a origem dos conflitos entre cristãos e muçulmanos.
  • Assimilar os conceitos de alteridade e intolerância.
  • Entender as relações entre europeus e árabes na atualidade.

Conteúdo(s) 

  • Surgimento do Islã e a expansão islâmica.
  • Conflitos na Idade Média: Cruzadas.
  • Conflitos atuais: extremismo e marginalização.

Ano(s) 

7º, 8º

Tempo estimado 

6 aulas

Material necessário 

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Para compreender o que os alunos entendem por islamismo, apresente uma imagem que retrate os costumes muçulmanos, como aqui, que mostra um grupo de homens rezando abaixados. Questione se eles sabem onde aquela foto pode ter sido tirada e o que aquelas pessoas estão fazendo. Anote as ideias para pensar quais pontos trabalhar no desenvolvimento do conteúdo.

Pergunte se os estudantes conhecem muçulmanos ou têm alguma proximidade com a cultura islâmica. Caso a turma não tenha essas referências, apresente personalidades importantes, como Malala Yousafzai, jovem ativista paquistanesa pela Educação feminina, e o líder político palestino Yasser Araft (1929-2004), ambos ganhadores do Prêmio Nobel da Paz.

Nesse momento, é possível que surja algum tipo de preconceito, como relacionar muçulmanos a terroristas. Caso isso aconteça, questione se é uma ideia estereotipada sobre uma cultura que ainda não se conhece. Ressalte que o extremismo religioso faz parte de um processo histórico complexo que será desenvolvido nas próximas aulas.

2ª etapa 

Explique o surgimento do islamismo no século 7, indicando suas características, ritos e cultura. Promova a compreensão da ideia de alteridade, identificando semelhanças e diferenças entre os costumes de muçulmanos e cristãos. Você pode se basear no livro Dicionário Temático de História Medieval (Jacques Le Goff e Jean-Claude Schmitt, Edusc, 2006, vol. 1, 674 págs., vol. 2, 640 págs., tel. 14/2107-7220, 141,90 reais, os dois volumes).

Em seguida, proponha que os alunos analisem os territórios de Europa, norte da África e Oriente Médio no mapa da expansão islâmica. Identifique o local de origem do Islã e as áreas que ocupou, salientando a rapidez desse processo e seu domínio sobre a Península Ibérica.

3ª etapa 

Faça uma aula expositiva sobre a Reconquista Cristã, que buscou retomar os territórios europeus da posse dos árabes na Idade Média. Detalhe a Batalha de Poitiers de 732, entre muçulmanos e francos, liderados por Carlos Martel, que marcou o fim da expansão islâmica.

Depois, exponha o movimento das Cruzadas, entre os séculos 11 e 15. Usando mapas, peça que os alunos observem as rotas comerciais que surgiram com base nesses conflitos e quais países ocupam atualmente o território da Terra Santa reivindicado pelos cristãos.

4ª etapa 

Divida a turma em duplas e entregue para cada uma o discurso do papa Urbano II, no concílio de Clermont em 1095, que oficializa o início das Cruzadas, destacando um trecho como este: "(...) ouvimos sobre uma raça de homens saídos de presença profana e falta de fé. Turcos, persas e árabes, amaldiçoados, estranhos a nosso Deus, que devastam por fogo ou espada as muralhas de Constantinopla. (...) os descrentes forçam cristãos a (...) curvar as cabeças e esperar o golpe da espada. (...) turcos abusam de mulheres cristãs. Turcos abusam de crianças cristãs. Ó, francos, deixem a chama sagrada queimar, lutem contra os amaldiçoados, raça que avilta a terra sagrada. Não temam a morte, pois nela reside a vida eterna!".

Após a leitura, sugira que anotem, em duplas, as principais impressões sobre o texto e, então, promova uma discussão sobre as ideias que as lideranças cristãs daquela época disseminavam sobre os muçulmanos.

5ª etapa 

Passe para a turma cenas do filme Cruzada, de Ridley Scott, em que muçulmanos e cristãos referem-se uns aos outros como infiéis e justificam suas batalhas como algo sagrado - especialmente o encontro entre o rei de Jerusalém e o chefe dos muçulmanos. Estimule o debate sobre as semelhanças entre os discursos de islâmicos e cristãos nas cenas.

6ª etapa 

Após introduzir o contexto de formação dos conflitos entre cristãos e muçulmanos, traga a discussão para o tempo atual. Mostre o mapa com os países em que o islamismo está presente atualmente. Compare os territórios ocupados pelos muçulmanos em sua época de expansão e hoje, mencionando as regiões de maioria islâmica colonizadas pelos europeus entre o século 19 e o início do 20, como as colônias francesas no norte da África.

Questione se os alunos conhecem casos em que minorias religiosas são discriminadas ou protagonizam atos extremistas. Leve reportagens sobre atentados recentes, como o ataque à revista francesa Charlie Hebdo e o massacre a milhares de civis na Nigéria realizado pelo grupo extremista islâmico Boko Haram. Promova a discussão sobre os conflitos atuais, relacionando-os ao histórico trabalhado.
 

Avaliação 

Solicite que os alunos produzam, individualmente, uma dissertação argumentativa sobre como os ocidentais veem os muçulmanos. O professor deve levar em consideração a argumentação e a capacidade de relacionar a atualidade ao contexto histórico estudado. Reúna os textos produzidos e crie um jornal da sala. Se possível, faça cópias para que levem para casa. Outra opção é criar um blog para disponibilizar as produções na internet.  

Créditos: Laís Sanchez Formação: Mestre em História Social pela Universidade de São Paulo (USP) e professora do Colégio João Friaza, em Embu-Guaçu, a 45 quilômetros de São Paulo.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias