19269
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Empreendedora > 2º ano > Unidade

Plano de aula - Refletindo sobre a vida de estudante

Plano de aula de Educação Empreendedora para Ensino Fundamental 2 sobre Despertar o olhar crítico para o próprio hábito de estudo e descobrir potencialidades que poderão ser compartilhadas com os colegas.

Plano 01 de 2 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Carolina Alecrim Benzoni

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Resumo da sequência: essa sequência, prevista para ser realizada em 3 aulas de 50 minutos, tem como objetivo proporcionar aos alunos um momento de reflexão sobre estratégias de estudo e troca de saberes nas diversas áreas do conhecimento, promovendo um olhar mais autônomo sobre o ato de estudar, tanto individualmente quanto de forma colaborativa. Para isso serão realizadas ações de levantamento de estratégia de estudo, afinidades com as matérias e assuntos. Essa sequência é composta de 2 planos de aula. O primeiro tem duração de 1 aula, o segundo de 2 aulas. Os planos são interdependentes.

Sobre esse plano: previsto para ser realizado no decorrer de 50 minutos, esse plano contempla a primeira aula de uma sequência de 3, que têm como objetivo ampliar e melhorar o olhar crítico dos alunos para a prática de estudos e desenvolvimento de estratégias, otimizando essa prática. Nessa primeira etapa, os alunos deverão refletir sobre a própria relação com os estudos e com a vida acadêmica.

Esse plano de aula faz parte de uma sequência mais ampla, em que serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com as habilidades EF67LP24, EF69LP30, EF69LP34, que constam na BNCC. Como as habilidades devem ser desenvolvidas ao longo de todo o ano, você observará que elas não serão contempladas em na totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Além disso, a sequência contempla as seguintes Competências Gerais da Educação Básica previstas na BNCC: 1, 5 e 10.

Organização das aulas: essa sequência pode acontecer no contexto de um único componente (Língua Portuguesa) ou combinar encontros de dois ou três deles, a fim de alcançar um trabalho transversal. Recomenda-se a participação de professores de todas as áreas, a fim de atingir um olhar mais amplo para o aluno, dadas as especificidades de conduta para cada área do conhecimento.

Ação prévia: solicite aos alunos que tragam, se tiverem, caderno de resumos, mapas mentais e canetas coloridas. Faça uma conta previa no mentimeter, e crie a pesquisa sobre hábitos de estudo dos alunos conforme orientação ao professor em slide próprio.

Alinhamento da sequência com a Educação Empreendedora: autogestão, colaboração, responsabilidade e persistência são competências centrais para uma Educação Empreendedora. A atividade incentiva uma atitude protagonista dos estudantes em relação às próprias aprendizagens, por meio da autogestão para os estudos e do estudo colaborativo.

Materiais necessários: canetas coloridas, cópias dos gráficos de reflexão, projetor, computador, celulares, tablets ou notebook com acesso à internet são desejáveis, mas não obrigatórios. Pesquisa elaborada no mentimeter.com para ser projetada para a sala. Caso não seja possível utilizar a pesquisa no mentimeter, imprima uma cópia do arquivo de pesquisa para cada aluno.

Para você saber mais: o mentimeter é um site que serve para apresentações interativas. Nesta aula, ele servirá para uma pesquisa interativa com os alunos sobre os hábitos de estudos. A utilização desta ferramenta vai possibilitar uma aula mais dinâmica, ao mostrar em tempo real as respostas dos alunos e ajudá-los a visualizar os hábitos da turma e como ela se configura enquanto equipe.

Os sites sobre mapa mental, mapa de síntese, aprendizagem criativa e inteligências múltiplas servem como base para que você conduza a aula pensando nas diversas formas de aprender, e como é importante reconhecer e estimular os diversos tipos de inteligência e a troca entre os alunos.

Como utilizar o mentimeter:

https://www.youtube.com/watch?v=ILXwkxby1Pk - Acesso em: 5-3-2020

Como usar mapas mentais para melhorar a aprendizagem na escola. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/17882/como-usar-mapas-mentais-para-melhorar-aprendizagem-na-escola - Acesso em: 5-mar-2020

Como a aprendizagem criativa pode alavancar o processo de ensino e aprendizagem. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/17761/como-a-aprendizagem-criativa-pode-alavancar-o-processo-de-ensino-e-aprendizagem - Acesso em: 5-mar-2020

Mapa de síntese: resumo contado em imagens e símbolo. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/2175/mapa-de-sintese-resumo-contado-em-imagens-e-simbolos - Acesso em: 5-mar-2020

Howard Gardner, o cientista das inteligências múltiplas. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/1462/howard-gardner-o-cientista-das-inteligencias-multiplas - Acesso em 5-mar-2020

As trocas que fazem a turma avançar. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/366/as-trocas-que-fazem-a-turma-avancar - Acesso em 5-mar-2020

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: abra a aula fazendo questionamentos provocativos aos alunos. Para tornar a aula mais dinâmica, faça uma conta no mentimeter (link abaixo) e crie uma apresentação com escala “Scales” (verifique orientações e tutoriais no slide de abertura da sequência).

Coloque cada uma das perguntas provocadoras sugeridas no Questionário Reflexivo (disponível nos materiais complementares) como um “statement” e estabeleça uma escala de 1 a 4, sendo 1- discordo totalmente, 2 - discordo parcialmente, 3 - concordo parcialmente e 4 - concordo totalmente

Projete o mentimeter aos alunos e peça para eles preencherem o questionário. Para fazer a atividade, os alunos não precisam ter conta no mentimeter, basta entrarem no site descrito no início do slide, digitar o número da apresentação e responder.

Caso não seja possível a utilização do recurso digital, imprima o questionário (disponível nos materiais complementares) e o entregue aos alunos para que preencham. Dê um tempo para o preenchimento, orientando-os a serem o mais honestos possível. Depois do preenchimento, faça uma coleta de dados, pedindo para que os alunos levantem a mão de acordo com o que preencheram em cada uma das perguntas. A partir das respostas, faça um gráfico na lousa usando giz colorido. Se desejar, selecione alguns alunos que ficarão responsáveis pelas coletas de dados e pela confecção de cartazes com os gráficos. Deixe, por exemplo, três alunos responsáveis por coletar os dados e fazer um gráfico de barras mostrando o resultado. Depois, fixe os cartazes na lousa para a análise dos dados com os alunos.

Diante do gráfico formado em tempo real, no caso do mentimeter, ou pelos alunos, no caso da lousa ou cartaz, conduza a discussão sobre métodos de estudo e a relação de cada grupo com esse desafio da rotina escolar. Seria interessante se houvesse mais de um professor mediando a discussão e análise dos gráficos. Esse é o momento em que a sala terá uma percepção de si como grupo, ao mesmo tempo em que cada aluno olhará para a própria parcela de responsabilidade diante do próprio estudo.

Fale sobre as diversas formas de estudo, veja o que eles consideram como estratégia de estudo e anote o que eles dizem na lousa.

Aproveite a oportunidade para que eles percebam como recorrer a uma estratégia de estudo única pode não ser interessante ou produtivo.

Link para o mentimeter:

Mentimeter: www.mentimeter.com - Acesso em 6-abr-2020

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: entregue aos alunos uma cópia do gráfico disponível no link abaixo. Diga que eles devem preencher o gráfico com o nome das matérias ou dos tópicos vistos no ano, de acordo com o julgamento que fazem de si e das próprias potencialidades.

Diga que esse preenchimento deve ser feito em silêncio. Caso julgue pertinente, antes de fazer o levantamento com o gráfico, faça no quadro uma lista das matérias que eles precisam estudar e dos tópicos/assuntos vistos até o momento. Dessa forma, eles poderão recordar tudo o que já viram durante o ano letivo.

Diga aos alunos que terão 15 minutos para preencher o gráfico.

Durante o tempo de preenchimento, incentive-os a se concentrarem em nas próprias potencialidades e serem justos com as categorias dispostas nas quatro áreas do gráfico: sei e ensino, sei e não ensino, não sei e aprendo sozinho, não sei e gostaria de ajuda. Esse momento é importante para fazer com que cada aluno volte o olhar para si e procure potencialidades. Alunos com baixa autoestima podem não preencher o campo do “sei e ensino”. Sua intervenção neste momento é fundamental. Como a divisão dos tópicos foi feita pela sala, procure mostrar a eles que não há alguém que “não saiba nada” ao ponto de não poder ensinar. Caso seja possível, realizar a atividade com professores de outras áreas pode tornar esse olhar mais rico e plural.

Passado o tempo combinado (15 minutos), reúna a sala em trios, a fim de que eles possam trocar os gráficos entre si. Oriente-os que apresentem os gráficos para o grupo e justifiquem o preenchimento. Peça que os colegas, ao ouvirem, tragam o olhar para a pessoa que está apresentando. Peça para que digam se concordam com o gráfico ou se mudariam alguma coisa e o motivo. Ressalte que esse feedback deve ser construtivo e feito com seriedade. Explique que o intuito, aqui, é que cada um tenha uma percepção de como o outro olha para ele e percebe que, às vezes, o outro enxerga em nós uma potencialidade que nós não vemos. Diga que eles têm, para esta etapa, 10 minutos.

Incentive-os, ao trocarem os gráficos, a revelarem para os colegas a forma como se engajam nos estudos. Ao contar como determinada matéria os motiva, aprofundam conhecimentos e trocam estratégias de engajamento e significação do que foi estudado. Esse momento de troca é importante porque eles podem perceber que as próprias potencialidades e modo de olhar para determinado conteúdo servirá de inspiração e apoio a outro, da mesma forma que poderão se apoiar na experiência do colega para mudar e ampliar o olhar para o cotidiano escolar.

Material complementar

Gráfico de potencialidade. Disponível nos materiais complementares.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 05 minutos

 

Orientações: depois da discussão, retome a atenção dos alunos e pergunte quais descobertas eles fizeram nessa aula. Ouça-os e conduza a discussão com algumas perguntas como:

- O que você descobriu ou tomou consciência sobre seus hábitos de estudo?

- O que você descobriu ou tomou consciência sobre os hábitos de estudo da turma?

- Como foi olhar para as suas potencialidades?

- Como foi receber o feedback dos colegas?

Recolha os gráficos para uma análise em casa do perfil da turma e divisão dos grupos de trabalho da próxima etapa, da seguinte forma:

  • Momento 01: grupos com até 5 alunos devem ser formados de acordo com a afinidade do campo “sei e ensino”. Ou seja, grupos de alunos que sabem e ensinam tópicos de Língua Portuguesa, outros que sabem e ensinam tópicos de Matemática e assim por diante. Não há problema se houver mais de um grupo responsável por um mesmo componente curricular, mas não é desejável que fique algum componente sem cobertura.
  • Momento 02: grupos de alunos compostos por 4 integrantes sendo, preferencialmente, 2 que “sabem e ensinam” uma matéria com 2 que “não sabem e precisam de ajuda”. A ideia, nesta segunda etapa, é promover a troca de saberes e permitir que os alunos ajudem uns aos outros.

Oriente os alunos a realizarem uma pesquisa sobre “métodos e estratégias” de estudo: mapa mental, resumo, exercícios, fluxograma, fichamento são algumas delas.

Se desejar, oriente os alunos a pesquisarem em sites confiáveis como o da Nova Escola, e escreva na lousa um roteiro, para que eles guiem a pesquisa.

Acesse o roteiro de pesquisa disponível no material complementar:

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Resumo da sequência: essa sequência, prevista para ser realizada em 3 aulas de 50 minutos, tem como objetivo proporcionar aos alunos um momento de reflexão sobre estratégias de estudo e troca de saberes nas diversas áreas do conhecimento, promovendo um olhar mais autônomo sobre o ato de estudar, tanto individualmente quanto de forma colaborativa. Para isso serão realizadas ações de levantamento de estratégia de estudo, afinidades com as matérias e assuntos. Essa sequência é composta de 2 planos de aula. O primeiro tem duração de 1 aula, o segundo de 2 aulas. Os planos são interdependentes.

Sobre esse plano: previsto para ser realizado no decorrer de 50 minutos, esse plano contempla a primeira aula de uma sequência de 3, que têm como objetivo ampliar e melhorar o olhar crítico dos alunos para a prática de estudos e desenvolvimento de estratégias, otimizando essa prática. Nessa primeira etapa, os alunos deverão refletir sobre a própria relação com os estudos e com a vida acadêmica.

Esse plano de aula faz parte de uma sequência mais ampla, em que serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com as habilidades EF67LP24, EF69LP30, EF69LP34, que constam na BNCC. Como as habilidades devem ser desenvolvidas ao longo de todo o ano, você observará que elas não serão contempladas em na totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Além disso, a sequência contempla as seguintes Competências Gerais da Educação Básica previstas na BNCC: 1, 5 e 10.

Organização das aulas: essa sequência pode acontecer no contexto de um único componente (Língua Portuguesa) ou combinar encontros de dois ou três deles, a fim de alcançar um trabalho transversal. Recomenda-se a participação de professores de todas as áreas, a fim de atingir um olhar mais amplo para o aluno, dadas as especificidades de conduta para cada área do conhecimento.

Ação prévia: solicite aos alunos que tragam, se tiverem, caderno de resumos, mapas mentais e canetas coloridas. Faça uma conta previa no mentimeter, e crie a pesquisa sobre hábitos de estudo dos alunos conforme orientação ao professor em slide próprio.

Alinhamento da sequência com a Educação Empreendedora: autogestão, colaboração, responsabilidade e persistência são competências centrais para uma Educação Empreendedora. A atividade incentiva uma atitude protagonista dos estudantes em relação às próprias aprendizagens, por meio da autogestão para os estudos e do estudo colaborativo.

Materiais necessários: canetas coloridas, cópias dos gráficos de reflexão, projetor, computador, celulares, tablets ou notebook com acesso à internet são desejáveis, mas não obrigatórios. Pesquisa elaborada no mentimeter.com para ser projetada para a sala. Caso não seja possível utilizar a pesquisa no mentimeter, imprima uma cópia do arquivo de pesquisa para cada aluno.

Para você saber mais: o mentimeter é um site que serve para apresentações interativas. Nesta aula, ele servirá para uma pesquisa interativa com os alunos sobre os hábitos de estudos. A utilização desta ferramenta vai possibilitar uma aula mais dinâmica, ao mostrar em tempo real as respostas dos alunos e ajudá-los a visualizar os hábitos da turma e como ela se configura enquanto equipe.

Os sites sobre mapa mental, mapa de síntese, aprendizagem criativa e inteligências múltiplas servem como base para que você conduza a aula pensando nas diversas formas de aprender, e como é importante reconhecer e estimular os diversos tipos de inteligência e a troca entre os alunos.

Como utilizar o mentimeter:

https://www.youtube.com/watch?v=ILXwkxby1Pk - Acesso em: 5-3-2020

Como usar mapas mentais para melhorar a aprendizagem na escola. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/17882/como-usar-mapas-mentais-para-melhorar-aprendizagem-na-escola - Acesso em: 5-mar-2020

Como a aprendizagem criativa pode alavancar o processo de ensino e aprendizagem. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/17761/como-a-aprendizagem-criativa-pode-alavancar-o-processo-de-ensino-e-aprendizagem - Acesso em: 5-mar-2020

Mapa de síntese: resumo contado em imagens e símbolo. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/2175/mapa-de-sintese-resumo-contado-em-imagens-e-simbolos - Acesso em: 5-mar-2020

Howard Gardner, o cientista das inteligências múltiplas. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/1462/howard-gardner-o-cientista-das-inteligencias-multiplas - Acesso em 5-mar-2020

As trocas que fazem a turma avançar. Fonte: Nova Escola. Disponível em:

https://novaescola.org.br/conteudo/366/as-trocas-que-fazem-a-turma-avancar - Acesso em 5-mar-2020

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: abra a aula fazendo questionamentos provocativos aos alunos. Para tornar a aula mais dinâmica, faça uma conta no mentimeter (link abaixo) e crie uma apresentação com escala “Scales” (verifique orientações e tutoriais no slide de abertura da sequência).

Coloque cada uma das perguntas provocadoras sugeridas no Questionário Reflexivo (disponível nos materiais complementares) como um “statement” e estabeleça uma escala de 1 a 4, sendo 1- discordo totalmente, 2 - discordo parcialmente, 3 - concordo parcialmente e 4 - concordo totalmente

Projete o mentimeter aos alunos e peça para eles preencherem o questionário. Para fazer a atividade, os alunos não precisam ter conta no mentimeter, basta entrarem no site descrito no início do slide, digitar o número da apresentação e responder.

Caso não seja possível a utilização do recurso digital, imprima o questionário (disponível nos materiais complementares) e o entregue aos alunos para que preencham. Dê um tempo para o preenchimento, orientando-os a serem o mais honestos possível. Depois do preenchimento, faça uma coleta de dados, pedindo para que os alunos levantem a mão de acordo com o que preencheram em cada uma das perguntas. A partir das respostas, faça um gráfico na lousa usando giz colorido. Se desejar, selecione alguns alunos que ficarão responsáveis pelas coletas de dados e pela confecção de cartazes com os gráficos. Deixe, por exemplo, três alunos responsáveis por coletar os dados e fazer um gráfico de barras mostrando o resultado. Depois, fixe os cartazes na lousa para a análise dos dados com os alunos.

Diante do gráfico formado em tempo real, no caso do mentimeter, ou pelos alunos, no caso da lousa ou cartaz, conduza a discussão sobre métodos de estudo e a relação de cada grupo com esse desafio da rotina escolar. Seria interessante se houvesse mais de um professor mediando a discussão e análise dos gráficos. Esse é o momento em que a sala terá uma percepção de si como grupo, ao mesmo tempo em que cada aluno olhará para a própria parcela de responsabilidade diante do próprio estudo.

Fale sobre as diversas formas de estudo, veja o que eles consideram como estratégia de estudo e anote o que eles dizem na lousa.

Aproveite a oportunidade para que eles percebam como recorrer a uma estratégia de estudo única pode não ser interessante ou produtivo.

Link para o mentimeter:

Mentimeter: www.mentimeter.com - Acesso em 6-abr-2020

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: entregue aos alunos uma cópia do gráfico disponível no link abaixo. Diga que eles devem preencher o gráfico com o nome das matérias ou dos tópicos vistos no ano, de acordo com o julgamento que fazem de si e das próprias potencialidades.

Diga que esse preenchimento deve ser feito em silêncio. Caso julgue pertinente, antes de fazer o levantamento com o gráfico, faça no quadro uma lista das matérias que eles precisam estudar e dos tópicos/assuntos vistos até o momento. Dessa forma, eles poderão recordar tudo o que já viram durante o ano letivo.

Diga aos alunos que terão 15 minutos para preencher o gráfico.

Durante o tempo de preenchimento, incentive-os a se concentrarem em nas próprias potencialidades e serem justos com as categorias dispostas nas quatro áreas do gráfico: sei e ensino, sei e não ensino, não sei e aprendo sozinho, não sei e gostaria de ajuda. Esse momento é importante para fazer com que cada aluno volte o olhar para si e procure potencialidades. Alunos com baixa autoestima podem não preencher o campo do “sei e ensino”. Sua intervenção neste momento é fundamental. Como a divisão dos tópicos foi feita pela sala, procure mostrar a eles que não há alguém que “não saiba nada” ao ponto de não poder ensinar. Caso seja possível, realizar a atividade com professores de outras áreas pode tornar esse olhar mais rico e plural.

Passado o tempo combinado (15 minutos), reúna a sala em trios, a fim de que eles possam trocar os gráficos entre si. Oriente-os que apresentem os gráficos para o grupo e justifiquem o preenchimento. Peça que os colegas, ao ouvirem, tragam o olhar para a pessoa que está apresentando. Peça para que digam se concordam com o gráfico ou se mudariam alguma coisa e o motivo. Ressalte que esse feedback deve ser construtivo e feito com seriedade. Explique que o intuito, aqui, é que cada um tenha uma percepção de como o outro olha para ele e percebe que, às vezes, o outro enxerga em nós uma potencialidade que nós não vemos. Diga que eles têm, para esta etapa, 10 minutos.

Incentive-os, ao trocarem os gráficos, a revelarem para os colegas a forma como se engajam nos estudos. Ao contar como determinada matéria os motiva, aprofundam conhecimentos e trocam estratégias de engajamento e significação do que foi estudado. Esse momento de troca é importante porque eles podem perceber que as próprias potencialidades e modo de olhar para determinado conteúdo servirá de inspiração e apoio a outro, da mesma forma que poderão se apoiar na experiência do colega para mudar e ampliar o olhar para o cotidiano escolar.

Material complementar

Gráfico de potencialidade. Disponível nos materiais complementares.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 05 minutos

 

Orientações: depois da discussão, retome a atenção dos alunos e pergunte quais descobertas eles fizeram nessa aula. Ouça-os e conduza a discussão com algumas perguntas como:

- O que você descobriu ou tomou consciência sobre seus hábitos de estudo?

- O que você descobriu ou tomou consciência sobre os hábitos de estudo da turma?

- Como foi olhar para as suas potencialidades?

- Como foi receber o feedback dos colegas?

Recolha os gráficos para uma análise em casa do perfil da turma e divisão dos grupos de trabalho da próxima etapa, da seguinte forma:

  • Momento 01: grupos com até 5 alunos devem ser formados de acordo com a afinidade do campo “sei e ensino”. Ou seja, grupos de alunos que sabem e ensinam tópicos de Língua Portuguesa, outros que sabem e ensinam tópicos de Matemática e assim por diante. Não há problema se houver mais de um grupo responsável por um mesmo componente curricular, mas não é desejável que fique algum componente sem cobertura.
  • Momento 02: grupos de alunos compostos por 4 integrantes sendo, preferencialmente, 2 que “sabem e ensinam” uma matéria com 2 que “não sabem e precisam de ajuda”. A ideia, nesta segunda etapa, é promover a troca de saberes e permitir que os alunos ajudem uns aos outros.

Oriente os alunos a realizarem uma pesquisa sobre “métodos e estratégias” de estudo: mapa mental, resumo, exercícios, fluxograma, fichamento são algumas delas.

Se desejar, oriente os alunos a pesquisarem em sites confiáveis como o da Nova Escola, e escreva na lousa um roteiro, para que eles guiem a pesquisa.

Acesse o roteiro de pesquisa disponível no material complementar:

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Unidade do 2º ano :

MAIS AULAS DE Educação Empreendedora do 2º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP30 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF67LP24 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP34 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Empreendedora

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano