17683
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 6º ano > Trabalho e formas de organização social e cultural

Plano de aula - O trabalho servil em diferentes contextos

Plano de aula de História com atividades para 6º ano do EF sobre O trabalho servil em diferentes contextos

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ivonilda Ferreira De Andrade

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06HI17, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Para realizar a aula serão utilizados projetor ou quadro digital (que poderá precisar também do computador) e cópias impressas na quantidade necessária ao desenvolvimento da aula. Em caso de não dispor dos recursos audiovisuais, faça a impressão dos materiais, ou utilize o quadro ou cartaz, de acordo com as orientações contidas no plano.

Link para o material do slide da Contextualização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NU7hGjyxfP5ysM6vP46BJYnH2jv6mHSUx564UafZSFmhgWZgCxk9abb9meGG/his6-17und03-imagens-contextualizacao.pdf

Link para a Tabela de registros:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/QnVhtWAvQZpqmgEVv3W5rWNkM554k7RNB2zHkZYgkc2Jmu5Zxs5wsRWd44qY/his6-17und03-tabela-de-registros.pdf

Link para as Abordagens:

Abordagem 1- Das condições do servo. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HvPKrSEJqx4Y5UkEXE3zfmn7wcCCjfDSCGWNQbgNWkpyn6GbdG3FsRZjzNM4/his6-17und03-abordagem-01-das-condicoes-do-servo.pdf

Abordagem 2 - A servidão voluntária. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/B9qCyP4X75t9wzVKfqvdvxPKc2H9PbWpfBcT9draf8ERqJvDGj6CujM7uzDK/his6-17und03-abordagem-02-discurso-da-servidao-voluntaria.pdf

Abordagem 3 - A servidão contemporânea. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/d3wCxYvWjEupDfyQcjrvKNJJRMhBdmJXsuTwZjgac9pTTuWWDrYYqXbMX3pb/his6-17und03-abordagem-03-a-servidao-contemporanea.pdf

Referências das imagens usadas:

Declaração Universal dos Direitos Humanos. Fotografia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Declara%C3%A7%C3%A3o_Universal_dos_Direitos_Humanos#/media/File:Eleanor_Roosevelt_and_Human_Rights_Declaration.jpg>. Acesso em: 1º mai. 2019.

Parte de el Calendario Crescenzi, en The Patrician Garden,1495, British Library. <https://es.wikipedia.org/wiki/Pietro_Crescenzi#/media/File:Crescenzi_calendar.jpg>. Acesso em: 1º mai. 2019.

Ilustração medieval de servos colhendo trigo. <https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/61/ Reeve_and_Serfs.jpg>.
Acesso em: 1º mai. 2019.

Alberto Neres da Silva e Claudia. https://reporterbrasil.org.br/servidao-por-divida/. Acesso em: 1º mai. 2019.

Referências dos textos:

SÃO PAULO (Estado) Secretaria da Educação. Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas. Coletânea de documentos históricos para o 1.0 grau: 5 8 a 8,8 séries. São Paulo, SE/CENP, 1985. 97 p.

de La Boétie, Étienne, Discurso da servidão voluntária, Ensaio, Brasiliense, 1982.

Lazerri, Thais. 100 anos de servidão. https://reporterbrasil.org.br/servidao-por-divida/. Acesso em: 1º mai. 2019.

Link para o Manifesto pela liberdade - Sistematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ycveyUsdc7CNB4GMMVEQtXDqcPnSKXgDBnnVXu8XaPNGYjBNvv9vGABH45Vt/his6-17und03-manifesto-pela-liberdade.pdf

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo para a turma. É muito importante começar com esta apresentação para que os estudantes entendam o que farão e compreendam aonde se quer chegar no fim da aula. Contudo, tome cuidado para, ao fazer isso, não antecipar respostas desde o começo. É necessário sempre garantir que os alunos construam o raciocínio por conta própria.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Para garantir o protagonismo dos alunos, é necessário não ir diretamente para à razão que motivou a formulação desta atividade (caracterizar a servidão em diferentes contextos durante a História).

Divida a turma em grupos de três pessoas. Informe que deverão permanecer nessa formação até o fim da aula.

Projete o slide e pergunte se reconhecem o documento exposto. É esperado que tenham dificuldades em reconhecê-lo, por isso, informe que se trata da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Explique que o documento é um marco na história dos direitos humanos e foi redigido ao final da Segunda Guerra Mundial, por representantes de todas as regiões do mundo como uma norma comum a ser alcançada por todos os povos e nações. Acrescente que o documento estabeleceu, pela primeira vez, a proteção universal aos direitos humanos.

Para contextualizar este primeiro momento no conteúdo proposto, estimule o pensamento dos estudantes para que consigam identificar a diferença entre escravidão e servidão, com base nas questões seguintes: (4 minutos)

  • Vocês sabem o que são os chamados Direitos Humanos? O que poderiam falar a respeito?

Caso os estudantes apresentem dificuldades na definição dos chamados Direitos Humanos, explique que os direitos humanos incluem o direito à vida e à liberdade, à liberdade de opinião e de expressão, o direito ao trabalho e à educação, entre muitos outros, lembrando que esses direitos abrangem a todos, sem discriminação.

  • Na imagem aparece o Artigo 4 da Declaração, que trata da condição de trabalho escravo ou servil. Vocês conseguiriam explicar qual a diferença entre os dois?

Possivelmente os estudantes apresentarão dificuldades na diferenciação entre trabalho escravo e trabalho servil. Estimule o debate e, após a exposição de ideias, explique que na servidão o servo não é propriedade de outra pessoa, por isso não pode ser vendido, enquanto na escravidão um ser humano assume direitos de propriedade sobre outro, ao qual é imposta tal condição.

  • Ainda existe trabalho servil hoje em dia?

É esperado que os estudantes respondam positivamente a questão que ainda existe trabalho servil, porém apresentando condições que são mais próximas da definição exposta acima de escravidão. Questione aos mesmos se conhecem alguma pessoa que tenha vindo do interior em busca de estudos e trocou seu trabalho por moradia ou estudos; ou se conhecem pessoas que trabalham em lavouras, fazendas ou outros empregos e que vivem na casa do patrão e pagam uma parte do salário por moradia; apresente esses exemplos a fim de esclarecer aos estudantes que estas condições podem ser consideradas servidão, pelo fato de o trabalhador não ser propriedade de outra pessoa, porém estar preso a ela, por causa de dívidas, moradia ou alimentação que a mesma fornece.

Link para o material do slide:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NU7hGjyxfP5ysM6vP46BJYnH2jv6mHSUx564UafZSFmhgWZgCxk9abb9meGG/his6-17und03-imagens-contextualizacao.pdf

Referências das imagens usadas:

Declaração Universal dos Direitos Humanos. Fotografia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Declara%C3%A7%C3%A3o_Universal_dos_Direitos_Humanos#/media/File:Eleanor_Roosevelt_and_Human_Rights_Declaration.jpg>. Acesso em: 1º mai. 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações: Para este momento, separe previamente todo o material a ser entregue à turma. Imprima os documentos disponíveis nos links abaixo, na quantidade suficiente para o número de estudantes que irão realizar a tarefa. Você deverá distribuir as diferentes abordagens (1, 2 e 3) para diferentes grupos. Sendo assim, a quantidade de cópias de cada uma delas dependerá da quantidade de estudantes que tiver na turma. Por exemplo: uma turma com 27 estudantes terá nove grupos, portanto, deverá ter em mãos três cópias de cada um dos arquivos disponíveis, de forma que três grupos trabalharão com o mesmo material. O mesmo vale para a Tabela de registros, que deverá ser entregue a cada grupo conforme a abordagem trabalhada.

Esta distribuição poderá ser adequada a turmas com outras quantidades de estudantes. No item “Para adequar à sua realidade” você encontrará outras informações a respeito.

É muito importante fornecer todas as orientações antes de iniciar a atividade (sugere-se 3 minutos para isso).

  • Distribua uma cópia das abordagens e da Tabela de registro correspondente para cada grupo. Explique que a tabela será utilizada até o final da aula. Mostre cada parte, esclarecendo como deverão registrar as informações, de acordo com os comandos constantes na própria tabela. Deve-se mostrar que os comandos da tabela estão apresentados de acordo com a análise que deve ser feita do documento ao qual terão acesso.
  • Deixe claro que nesta primeira etapa deverão ler os trechos e registrar o entendimento do grupo na tabela que receberam.

Sugere-se o tempo de 20 minutos para esta leitura e registro.

É fundamental que acompanhe a atividade, estimulando a reflexão e orientando sem, no entanto, desconsiderar o protagonismo dos estudantes. Outra forma de ajudar a reflexão é chamar-lhes a atenção para o direcionamento contido na própria tabela de registros.

  • Ao concluírem todas as anotações, peça para que um representante do grupo leia para a turma as informações que registraram na última parte da tabela. Lembre-se de garantir que as três abordagens sejam contempladas neste compartilhamento, de maneira que os estudantes que não tiveram acesso aos conteúdos das demais abordagens durante a realização da atividade possam saber o que foi estudado nos demais grupos.

Além disso, pode, ao terminar a aula, expor todas as tabelas, com o registro de cada grupo, em forma de painel, ou penduradas em um varal, ou mesmo afixadas (se for possível), nas paredes da sala.

  • Pergunte, aleatoriamente, a alguns estudantes de outros grupos o que conseguiram entender dos registros feitos pelos colegas e apresente algumas questões na ocasião. (Sugere-se 10 minutos para esta leitura.)

Link para a Tabela de registros:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/QnVhtWAvQZpqmgEVv3W5rWNkM554k7RNB2zHkZYgkc2Jmu5Zxs5wsRWd44qY/his6-17und03-tabela-de-registros.pdf

Link para as Abordagens:

Abordagem 1- Das condições do servo. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HvPKrSEJqx4Y5UkEXE3zfmn7wcCCjfDSCGWNQbgNWkpyn6GbdG3FsRZjzNM4/his6-17und03-abordagem-01-das-condicoes-do-servo.pdf

Abordagem 2 - A servidão voluntária. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/B9qCyP4X75t9wzVKfqvdvxPKc2H9PbWpfBcT9draf8ERqJvDGj6CujM7uzDK/his6-17und03-abordagem-02-discurso-da-servidao-voluntaria.pdf

Abordagem 3 - A servidão contemporânea. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/d3wCxYvWjEupDfyQcjrvKNJJRMhBdmJXsuTwZjgac9pTTuWWDrYYqXbMX3pb/his6-17und03-abordagem-03-a-servidao-contemporanea.pdf

Referência das imagens:

Parte de el Calendario Crescenzi, en The Patrician Garden,1495, British Library. https://es.wikipedia.org/wiki/Pietro_Crescenzi#/media/File:Crescenzi_calendar.jpg. Acesso em: 1º mai. 2019.

Ilustração medieval de servos colhendo trigo. https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/61/ Reeve_and_Serfs.jpg. Acesso em 01 mai. 2019.

Alberto Neres da Silva e Claudia. https://reporterbrasil.org.br/servidao-por-divida/. Acesso em: 1º mai. 2019.

Referências dos textos:

SÃO PAULO (Estado) Secretaria da Educação. Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas. Coletânea de documentos históricos para o 1.0 grau: 5 8 a 8,8 séries. São Paulo, SE/CENP, 1985. 97 p

de La Boétie, Étienne, Discurso da servidão voluntária, Ensaio, Brasiliense, 1982.

Lazerri, Thais. 100 anos de servidão. https://reporterbrasil.org.br/servidao-por-divida/. Acesso em: 1º mai. 2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Peça aos grupos que retornem para seus lugares ou sentem-se confortavelmente em algum lugar. Em seguida, distribua para cada estudante uma cópia do documento onde farão a redação do Manifesto.

  • Esclareça que deverão imaginar que são servos atualmente e deverão contar para um servo medieval sobre tudo o que mudou e permaneceu durante a História em sua condição de trabalho. Além deste relato, os estudantes deverão escrever ao servo medieval conclamando o mesmo a romper a condição servil e iniciar uma jornada pela liberdade. Chame a atenção para pensarem na forma que redigirão a carta, as palavras e expressões, já que gírias e a linguagem da internet não será compreendida pelo servo.
  • Caso algum estudante deseje produzir um desenho ou representação gráfica, deixe o mesmo se expressar da forma que for mais confortável.
  • Informe que terão apenas 10 minutos para esta atividade.
  • Circule na sala, auxiliando em caso de dúvidas sobre a atividade.

A leitura das narrativas em um momento posterior pode ser muito estimulante e divertida, como forma de revisar o conteúdo e discutir os pontos levantados com base nos textos produzidos.

Link para o Manifesto pela liberdade:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ycveyUsdc7CNB4GMMVEQtXDqcPnSKXgDBnnVXu8XaPNGYjBNvv9vGABH45Vt/his6-17und03-manifesto-pela-liberdade.pdf

Como adequar a sua realidade

Em caso de dificuldade com a impressão do material, solicite que escrevam o texto no próprio caderno.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06HI17, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Para realizar a aula serão utilizados projetor ou quadro digital (que poderá precisar também do computador) e cópias impressas na quantidade necessária ao desenvolvimento da aula. Em caso de não dispor dos recursos audiovisuais, faça a impressão dos materiais, ou utilize o quadro ou cartaz, de acordo com as orientações contidas no plano.

Link para o material do slide da Contextualização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NU7hGjyxfP5ysM6vP46BJYnH2jv6mHSUx564UafZSFmhgWZgCxk9abb9meGG/his6-17und03-imagens-contextualizacao.pdf

Link para a Tabela de registros:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/QnVhtWAvQZpqmgEVv3W5rWNkM554k7RNB2zHkZYgkc2Jmu5Zxs5wsRWd44qY/his6-17und03-tabela-de-registros.pdf

Link para as Abordagens:

Abordagem 1- Das condições do servo. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HvPKrSEJqx4Y5UkEXE3zfmn7wcCCjfDSCGWNQbgNWkpyn6GbdG3FsRZjzNM4/his6-17und03-abordagem-01-das-condicoes-do-servo.pdf

Abordagem 2 - A servidão voluntária. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/B9qCyP4X75t9wzVKfqvdvxPKc2H9PbWpfBcT9draf8ERqJvDGj6CujM7uzDK/his6-17und03-abordagem-02-discurso-da-servidao-voluntaria.pdf

Abordagem 3 - A servidão contemporânea. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/d3wCxYvWjEupDfyQcjrvKNJJRMhBdmJXsuTwZjgac9pTTuWWDrYYqXbMX3pb/his6-17und03-abordagem-03-a-servidao-contemporanea.pdf

Referências das imagens usadas:

Declaração Universal dos Direitos Humanos. Fotografia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Declara%C3%A7%C3%A3o_Universal_dos_Direitos_Humanos#/media/File:Eleanor_Roosevelt_and_Human_Rights_Declaration.jpg>. Acesso em: 1º mai. 2019.

Parte de el Calendario Crescenzi, en The Patrician Garden,1495, British Library. <https://es.wikipedia.org/wiki/Pietro_Crescenzi#/media/File:Crescenzi_calendar.jpg>. Acesso em: 1º mai. 2019.

Ilustração medieval de servos colhendo trigo. <https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/61/ Reeve_and_Serfs.jpg>.
Acesso em: 1º mai. 2019.

Alberto Neres da Silva e Claudia. https://reporterbrasil.org.br/servidao-por-divida/. Acesso em: 1º mai. 2019.

Referências dos textos:

SÃO PAULO (Estado) Secretaria da Educação. Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas. Coletânea de documentos históricos para o 1.0 grau: 5 8 a 8,8 séries. São Paulo, SE/CENP, 1985. 97 p.

de La Boétie, Étienne, Discurso da servidão voluntária, Ensaio, Brasiliense, 1982.

Lazerri, Thais. 100 anos de servidão. https://reporterbrasil.org.br/servidao-por-divida/. Acesso em: 1º mai. 2019.

Link para o Manifesto pela liberdade - Sistematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ycveyUsdc7CNB4GMMVEQtXDqcPnSKXgDBnnVXu8XaPNGYjBNvv9vGABH45Vt/his6-17und03-manifesto-pela-liberdade.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo para a turma. É muito importante começar com esta apresentação para que os estudantes entendam o que farão e compreendam aonde se quer chegar no fim da aula. Contudo, tome cuidado para, ao fazer isso, não antecipar respostas desde o começo. É necessário sempre garantir que os alunos construam o raciocínio por conta própria.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Para garantir o protagonismo dos alunos, é necessário não ir diretamente para à razão que motivou a formulação desta atividade (caracterizar a servidão em diferentes contextos durante a História).

Divida a turma em grupos de três pessoas. Informe que deverão permanecer nessa formação até o fim da aula.

Projete o slide e pergunte se reconhecem o documento exposto. É esperado que tenham dificuldades em reconhecê-lo, por isso, informe que se trata da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Explique que o documento é um marco na história dos direitos humanos e foi redigido ao final da Segunda Guerra Mundial, por representantes de todas as regiões do mundo como uma norma comum a ser alcançada por todos os povos e nações. Acrescente que o documento estabeleceu, pela primeira vez, a proteção universal aos direitos humanos.

Para contextualizar este primeiro momento no conteúdo proposto, estimule o pensamento dos estudantes para que consigam identificar a diferença entre escravidão e servidão, com base nas questões seguintes: (4 minutos)

  • Vocês sabem o que são os chamados Direitos Humanos? O que poderiam falar a respeito?

Caso os estudantes apresentem dificuldades na definição dos chamados Direitos Humanos, explique que os direitos humanos incluem o direito à vida e à liberdade, à liberdade de opinião e de expressão, o direito ao trabalho e à educação, entre muitos outros, lembrando que esses direitos abrangem a todos, sem discriminação.

  • Na imagem aparece o Artigo 4 da Declaração, que trata da condição de trabalho escravo ou servil. Vocês conseguiriam explicar qual a diferença entre os dois?

Possivelmente os estudantes apresentarão dificuldades na diferenciação entre trabalho escravo e trabalho servil. Estimule o debate e, após a exposição de ideias, explique que na servidão o servo não é propriedade de outra pessoa, por isso não pode ser vendido, enquanto na escravidão um ser humano assume direitos de propriedade sobre outro, ao qual é imposta tal condição.

  • Ainda existe trabalho servil hoje em dia?

É esperado que os estudantes respondam positivamente a questão que ainda existe trabalho servil, porém apresentando condições que são mais próximas da definição exposta acima de escravidão. Questione aos mesmos se conhecem alguma pessoa que tenha vindo do interior em busca de estudos e trocou seu trabalho por moradia ou estudos; ou se conhecem pessoas que trabalham em lavouras, fazendas ou outros empregos e que vivem na casa do patrão e pagam uma parte do salário por moradia; apresente esses exemplos a fim de esclarecer aos estudantes que estas condições podem ser consideradas servidão, pelo fato de o trabalhador não ser propriedade de outra pessoa, porém estar preso a ela, por causa de dívidas, moradia ou alimentação que a mesma fornece.

Link para o material do slide:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NU7hGjyxfP5ysM6vP46BJYnH2jv6mHSUx564UafZSFmhgWZgCxk9abb9meGG/his6-17und03-imagens-contextualizacao.pdf

Referências das imagens usadas:

Declaração Universal dos Direitos Humanos. Fotografia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Declara%C3%A7%C3%A3o_Universal_dos_Direitos_Humanos#/media/File:Eleanor_Roosevelt_and_Human_Rights_Declaration.jpg>. Acesso em: 1º mai. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações: Para este momento, separe previamente todo o material a ser entregue à turma. Imprima os documentos disponíveis nos links abaixo, na quantidade suficiente para o número de estudantes que irão realizar a tarefa. Você deverá distribuir as diferentes abordagens (1, 2 e 3) para diferentes grupos. Sendo assim, a quantidade de cópias de cada uma delas dependerá da quantidade de estudantes que tiver na turma. Por exemplo: uma turma com 27 estudantes terá nove grupos, portanto, deverá ter em mãos três cópias de cada um dos arquivos disponíveis, de forma que três grupos trabalharão com o mesmo material. O mesmo vale para a Tabela de registros, que deverá ser entregue a cada grupo conforme a abordagem trabalhada.

Esta distribuição poderá ser adequada a turmas com outras quantidades de estudantes. No item “Para adequar à sua realidade” você encontrará outras informações a respeito.

É muito importante fornecer todas as orientações antes de iniciar a atividade (sugere-se 3 minutos para isso).

  • Distribua uma cópia das abordagens e da Tabela de registro correspondente para cada grupo. Explique que a tabela será utilizada até o final da aula. Mostre cada parte, esclarecendo como deverão registrar as informações, de acordo com os comandos constantes na própria tabela. Deve-se mostrar que os comandos da tabela estão apresentados de acordo com a análise que deve ser feita do documento ao qual terão acesso.
  • Deixe claro que nesta primeira etapa deverão ler os trechos e registrar o entendimento do grupo na tabela que receberam.

Sugere-se o tempo de 20 minutos para esta leitura e registro.

É fundamental que acompanhe a atividade, estimulando a reflexão e orientando sem, no entanto, desconsiderar o protagonismo dos estudantes. Outra forma de ajudar a reflexão é chamar-lhes a atenção para o direcionamento contido na própria tabela de registros.

  • Ao concluírem todas as anotações, peça para que um representante do grupo leia para a turma as informações que registraram na última parte da tabela. Lembre-se de garantir que as três abordagens sejam contempladas neste compartilhamento, de maneira que os estudantes que não tiveram acesso aos conteúdos das demais abordagens durante a realização da atividade possam saber o que foi estudado nos demais grupos.

Além disso, pode, ao terminar a aula, expor todas as tabelas, com o registro de cada grupo, em forma de painel, ou penduradas em um varal, ou mesmo afixadas (se for possível), nas paredes da sala.

  • Pergunte, aleatoriamente, a alguns estudantes de outros grupos o que conseguiram entender dos registros feitos pelos colegas e apresente algumas questões na ocasião. (Sugere-se 10 minutos para esta leitura.)

Link para a Tabela de registros:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/QnVhtWAvQZpqmgEVv3W5rWNkM554k7RNB2zHkZYgkc2Jmu5Zxs5wsRWd44qY/his6-17und03-tabela-de-registros.pdf

Link para as Abordagens:

Abordagem 1- Das condições do servo. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HvPKrSEJqx4Y5UkEXE3zfmn7wcCCjfDSCGWNQbgNWkpyn6GbdG3FsRZjzNM4/his6-17und03-abordagem-01-das-condicoes-do-servo.pdf

Abordagem 2 - A servidão voluntária. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/B9qCyP4X75t9wzVKfqvdvxPKc2H9PbWpfBcT9draf8ERqJvDGj6CujM7uzDK/his6-17und03-abordagem-02-discurso-da-servidao-voluntaria.pdf

Abordagem 3 - A servidão contemporânea. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/d3wCxYvWjEupDfyQcjrvKNJJRMhBdmJXsuTwZjgac9pTTuWWDrYYqXbMX3pb/his6-17und03-abordagem-03-a-servidao-contemporanea.pdf

Referência das imagens:

Parte de el Calendario Crescenzi, en The Patrician Garden,1495, British Library. https://es.wikipedia.org/wiki/Pietro_Crescenzi#/media/File:Crescenzi_calendar.jpg. Acesso em: 1º mai. 2019.

Ilustração medieval de servos colhendo trigo. https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/61/ Reeve_and_Serfs.jpg. Acesso em 01 mai. 2019.

Alberto Neres da Silva e Claudia. https://reporterbrasil.org.br/servidao-por-divida/. Acesso em: 1º mai. 2019.

Referências dos textos:

SÃO PAULO (Estado) Secretaria da Educação. Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas. Coletânea de documentos históricos para o 1.0 grau: 5 8 a 8,8 séries. São Paulo, SE/CENP, 1985. 97 p

de La Boétie, Étienne, Discurso da servidão voluntária, Ensaio, Brasiliense, 1982.

Lazerri, Thais. 100 anos de servidão. https://reporterbrasil.org.br/servidao-por-divida/. Acesso em: 1º mai. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Peça aos grupos que retornem para seus lugares ou sentem-se confortavelmente em algum lugar. Em seguida, distribua para cada estudante uma cópia do documento onde farão a redação do Manifesto.

  • Esclareça que deverão imaginar que são servos atualmente e deverão contar para um servo medieval sobre tudo o que mudou e permaneceu durante a História em sua condição de trabalho. Além deste relato, os estudantes deverão escrever ao servo medieval conclamando o mesmo a romper a condição servil e iniciar uma jornada pela liberdade. Chame a atenção para pensarem na forma que redigirão a carta, as palavras e expressões, já que gírias e a linguagem da internet não será compreendida pelo servo.
  • Caso algum estudante deseje produzir um desenho ou representação gráfica, deixe o mesmo se expressar da forma que for mais confortável.
  • Informe que terão apenas 10 minutos para esta atividade.
  • Circule na sala, auxiliando em caso de dúvidas sobre a atividade.

A leitura das narrativas em um momento posterior pode ser muito estimulante e divertida, como forma de revisar o conteúdo e discutir os pontos levantados com base nos textos produzidos.

Link para o Manifesto pela liberdade:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ycveyUsdc7CNB4GMMVEQtXDqcPnSKXgDBnnVXu8XaPNGYjBNvv9vGABH45Vt/his6-17und03-manifesto-pela-liberdade.pdf

Como adequar a sua realidade

Em caso de dificuldade com a impressão do material, solicite que escrevam o texto no próprio caderno.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Trabalho e formas de organização social e cultural do 6º ano :

MAIS AULAS DE História do 6º ano:

6º ano / História / História: tempo, espaço e formas de registros

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06HI17 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano