15857
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Massagem na construção dos vínculos

Nesta atividade, o professor realiza massagens individuais nas crianças e, assim, aumenta a relação afetiva com os bebês.

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Bárbara de mello

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para essa atividade, é interessante que as crianças tenham vivenciado práticas com massagem anteriormente. Também é possível realizá-la se for a primeira vez. Para isso, mantenha seu olhar sensível e atento. Por exemplo: caso elas estranhem, permita a participação através da observação e, em uma próxima oportunidade, ofereça a massagem novamente.

Materiais:

Colchonetes e almofadas.

Espaços:

Nos espaços do sono, sobre colchonetes e almofadas. É importante que seja um local calmo e tranquilo, que favoreça a interação adulto-bebê.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 30 minutos

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como o bebê responde e reage ao convite do adulto durante a proposta?

2. Como os bebês podem participar e atuar durante os cuidados pessoais (como troca de fralda/roupa, banho, sono etc.)?

3. Os bebês podem comunicar de muitas formas seus desejos: falar, balbuciar, indicar com o corpo e os gestos. Quais expressões corporais, verbais e gestuais cada bebê realiza durante a massagem?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Fique atento aos bebês que não se sentem à vontade com o toque das mãos para massagem. Por isso, respeite os ritmos próprios de cada um e as escolhas manifestadas por meio dos gestos faciais, corporais e expressões orais.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Enquanto o grupo todo está engajado em outras atividades, convide individualmente um dos bebês para o local onde será realizada a massagem corporal. Faça o convite no momento antes do sono ou dos cuidados pessoais, com a seguinte fala: “antes do seu sono chegar, posso fazer uma massagem nos seus pés?” ou “enquanto troco a sua roupa, posso fazer uma massagem nos seus braços?”. Observe a disponibilidade do bebê para essa interação e realize a proposta em um momento de rotina deles. Considere que o corpo do bebê precisa ser visto em sua totalidade e que está em constante relação com o outro. Por isso, pergunte se ele permite ser tocado e, mesmo que não responda verbalmente, os códigos já criados entre adulto-bebê (olhar, gestos, confiança) conduzirão a essa resposta, contribuindo para um elo recíproco e respeitoso de cuidados e conscientização do bebê sobre seu próprio corpo. É importante que o professor chame o bebê pelo nome e que haja outro adulto na sala para estar próximo enquanto o grupo brinca nos cantos previamente organizados.


2

Durante a massagem individual, observe como o bebê reage a cada toque em seu corpo (pés, mãos e braços) e como corresponde a essa interação. Relembre por meio do contato corporal, dialogando sobre os momentos em que estiveram juntos, adulto e bebê.

Possíveis falas do professor neste momento: lembra como eu toco você quando troco sua fralda, sua roupa, durante o banho ou quando coloco você para dormir?

Possíveis ações da criança neste momento: o bebê sorri e balbucia, parecendo desejar conversar com o professor e confirmar esse momento caro entre os dois.


3

Continue a massagem no bebê nos pés, pernas e braços. Mantenha as mãos suaves e o olhar atento. Esteja disponível aos gestos, olhares, balbucios e falas do bebê. Mantenha um diálogo carinhoso com ele. Relembre os momentos que estiveram juntos durante o dia, como com a frase. Perceba como o bebê irá responder a essa fala e mantenha um diálogo. Invista na troca de olhares e chame sempre o bebê pelo nome. Respeite seus desejos e maneiras de se manifestar. Seja sensível e compreenda caso ele não deseje participar da proposta, a ofereça novamente em um outro momento ou dia.

Possíveis falas do professor neste momento: antes do banho, você almoçou e pareceu gostar. Comeu toda a comida e eu ajudei, o que achou? Depois do banho, você costuma sentir sono, você deseja dormir?


Para finalizar:

Ao retornar com um bebê da massagem, enquanto os demais estão brincando, diga aos bebês o próximo acontecimento do dia, atribuindo uma previsibilidade a experiência seguinte do cotidiano. Isso ajuda na compreensão das noções de tempo e espaço.

Desdobramentos

Ao longo da semana, o professor pode propor novamente a atividade e garantir a continuidade da experiência da massagem individualmente em cada criança. É necessário respeitar o ritmo e o tempo de cada bebê engajado na proposta.

Engajando as famílias

Convide as famílias para registrar em um caderno circular, a ser compartilhado entre elas, a proposta da troca de experiências sobre como acontecem os momentos de sono e cuidados pessoais com os bebês. Os responsáveis também podem compartilhar em uma roda de conversa no início do ano letivo. Assim, escola e famílias podem conhecer nas suas experiências e narrativas valiosas informações. Fale da importância da construção dos vínculos durante a relação adulto-bebê.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG04 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EO05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano