14188
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Esculturas de Insetos

A turma irá investigar sobre os animais que vivem na escola e elaborar uma exposição para o restante da turma.

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Josiane Souza do Porto

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Antes da realização desta atividade, observe quais insetos estão presentes no ambiente escolar. Faça uma lista com estes nomes, pesquise imagens destas espécies e selecione algumas curiosidades curtas e interessantes sobre hábitos e características deles. Imprima pelo menos três cópias em tamanho A4 das curiosidades que selecionou e das imagens.

Materiais:

Massinha de modelar e argila (50 gramas para cada criança), palitos de dente, palitos de sorvete, palitos de fósforos, cola, pedaços de papelão, bandejinhas de isopor, sementes grandes ou botões pequenos, etiquetas, folhas de sulfite, papel pardo (kraft) ou jornal, canetinhas e lápis de cores, lupas (uma para cada 3 ou 4 crianças).

Espaços:

Espaço externo e espaço interno. Organize no espaço interno mesas e cadeiras em pequenos grupos e forre as mesas com papel pardo ou jornal. Coloque para cada grupo um pouco de cada um dos materiais apresentados em quantidades suficientes para que todos do grupo possam utilizar. Disponibilize outra mesa ou bancada para colocar as esculturas ao final do processo. Utilize os materiais para desenho, organizando um canto para que, ao concluírem suas esculturas, as crianças desenhem enquanto aguardam os colegas.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 1 hora e 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Quais características dos insetos as crianças observam enquanto procuram por eles no espaço externo e posteriormente na análise das imagens? Como isto contribui com o processo de elaboração da escultura?

2. Quais estratégias as crianças se utilizam quando precisam resolver o problema de manter a escultura em pé? Como é este processo de tentativa e erro e como lidam com as ideias que não deram certo até obterem o resultado esperado?

3. Esta proposta de representação tridimensional envolve habilidades como observação atenta, planejamento estratégico, seleção de materiais e resolução de situações problemas. Como a interação com os colegas e com o professor contribui para isso?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Esteja atento para que os materiais estejam visíveis e ao alcance de todas as crianças. Potencialize a exploração do espaço, de modo que a criança possa criar sobre a mesa, sentada no chão, com a escultura sobre a cadeira ou de qualquer outra forma que achar mais confortável.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Faça uma roda com o grande grupo e apresente as imagens dos insetos que você selecionou. Converse com as crianças a respeito das figuras apresentadas, perguntando o que conhecem sobre aqueles animais, em que ambientes eles podem ser vistos, se desconhecem alguns deles, se estão presentes na nossa casa e/ou na escola e quais as características que possuem. Vá interagindo com o grupo enquanto eles comentam tudo o que sabem. Registre as falas das crianças e os conhecimentos que trazem as possíveis dúvidas ou curiosidades que possam surgir a partir do tema. Aproveite o interesse da turma e diga que você selecionou algumas informações interessantes sobre alguns daqueles insetos e gostaria de compartilhar com eles. Faça a leitura das curiosidades pesquisadas e interaja novamente com a turma ouvindo o que acharam das descobertas.


2

Sugira ao grupo uma expedição pelo espaço externo da escola para observarem os insetos que se fazem presentes no ambiente escolar. Combine que você disponibilizará algumas lupas para que possam encontrar os animais e investigar melhor suas características. Divida a turma em pequenos grupos de três a quatro crianças e entregue uma lupa por grupo, para que possam compartilhá-la durante a observação dos insetos encontrados. Acompanhe a expedição observando o envolvimento da turma na proposta. Se achar necessário, interaja com eles sugerindo alguns lugares para que possam investigar. Fotografe os insetos que encontrarem. Assim que perceber que todos já exploraram o suficiente, reúna as crianças e retorne para a sala. De volta à sala, reúna as crianças em roda e apresente novamente as imagens dos insetos, perguntando quais deles foram vistos no espaço externo. Peça para que selecionem as imagens que correspondem aos insetos encontrados no ambiente escolar e as colem no papel kraft, montando um painel dos insetos que passeiam pela nossa escola.


3

Chame a atenção para o painel que se formou e pergunte aos pequenos como foi a investigação destes insetos com a lupa, quais características dos corpos eles puderam perceber ao observá-los melhor. Interaja com o grupo chamando a atenção para as partes do corpo, como o número de patas, se possuem ou não antenas, como é o formato das partes que os compõem e se há alguma outra característica interessante.

Sugira a possibilidade de compartilhar as descobertas que fizeram com outras turmas da escola e peça para que dêem sugestões de como podem fazer isso. Caso ainda não tenham mencionado, sugira à turma para organizarem juntos uma exposição com imagens (representação bidimensional) e esculturas (reprodução tridimensional) dos insetos, convidando outras turmas para observarem o que pesquisaram e produziram.


4

Antes de iniciar a produção das esculturas, reflita com o grupo a respeito do que é mais importante para que a representação dos insetos fique bem próxima da realidade. Mostre à turma os materiais que estarão disponíveis para essa produção e dialogue com eles. Sugira que utilizem o papelão ou as bandejas de isopor como base para produzirem, assim a escultura não se desmontará quando tirarem do lugar. Faça questionamentos sobre como podem elaborar a escultura. Fale sobre o que devem observar para essa construção, quais materiais irão precisar, de que forma utilizarão esses materiais, como farão para colar as partes da escultura umas às outras, como podem fazer para que fique de pé, assim como é o corpo do inseto, dentre outras perguntas que julgar pertinente. Ouça as hipóteses formuladas pelas crianças e faça mediações durante esse diálogo de forma a considerar as sugestões dadas por elas.


5

Convide as crianças para se organizarem em pequenos grupos e se acomodarem nos espaços em que os materiais estiverem dispostos. Após todos se acomodarem em seus lugares, combine que devem escolher um dos insetos do painel para que possam produzir a escultura, utilizando os materiais que estão disponíveis em cada grupo. Chame a atenção para as imagens que estão nas mesas, pedindo para que as utilizem como apoio para as produções. Circule entre os grupos e acompanhe este momento de produção. Interaja com eles dialogando se estão atentos a representação do corpo do inseto, à figura que representa o animal e à observação das características para que possam aperfeiçoar a sua representação. Auxilie-os a perceber se há partes faltando, sobrando ou muito discrepantes e apoie este processo, dando sugestões para que acrescentem ou tirem materiais e potencialize para que, caso não tenham conseguido representar da maneira como gostariam, possam testar outras possibilidades.


6

Ainda neste momento de produção, incentive a interação entre as crianças. Sugira que olhem para a construção do colega e conversem entre si, buscando saber quais estratégias o colega utilizou. Reforce que a estratégia utilizada por um colega pode servir de inspiração para o outro. Identifique se há alguma criança que ainda não começou a produção e a auxilie com questionamentos para verificar se já sabe o que vai fazer e qual material utilizará. Sugira que converse com um colega, ouça as ideias que ele têm e como realizará a proposta.

Observe as crianças que já finalizaram e ofereça a elas uma etiqueta para que escrevam seus nomes e identifiquem suas produções. Caso não tenham ainda este domínio da escrita, ofereça apoios como crachás ou listas de nomes da sala com fotos, para auxiliá-los nesta escrita. Depois de identificarem as esculturas, oriente as crianças a guardarem os materiais utilizados, higienizarem as mãos e aguardarem os colegas enquanto desenham no espaço que reservou para isso.


7

Reúna novamente as crianças e convide o grande grupo a observar as esculturas. Após

esta observação, convide-os a formarem uma roda e conversem a respeito dos desafios encontrados na elaboração da esculturas e como solucionaram esses problemas. Peça para que contem como foi esta experiência. Reforce os combinados para que todos possam se ouvir e anote as impressões trazidas pelas crianças.


Para finalizar:

Organize o espaço juntamente com as crianças, orientando-as a guardarem os materiais que não foram utilizados. Planeje com a turma o local mais adequado para montarem uma exposição. Assim que definirem o espaço, organizem a disposição das esculturas em uma mesa ou balcão, peça para que as crianças organizem da maneira como acharem mais viável e medie os possíveis conflitos que podem surgir. Analise com as crianças se todas as esculturas estão visíveis. Escreva os nomes de cada um em uma etiqueta e peça para que identifiquem sua produção colocando a etiqueta próxima à escultura.

Desdobramentos

Convide as outras turmas da escola para visitarem a exposição. Sugira que ampliem esta observação de insetos investigando outros espaços que extrapolam o ambiente escolar, seja em casa ou em algum lugar em que passeiem com a família. Dessa forma, eles conhecerão melhor estes animais e farão outras representações.

Engajando as famílias

Elabore, juntamente com a turma, um convite às famílias para visitarem a exposição. Planejem o texto deste convite coletivamente. O professor deve servir como escriba neste momento. Digite o texto elaborado pelas crianças, cole em um cartão, peça para que desenhem no convite e encaminhe às famílias. Deixe a exposição à disposição por alguns dias para que os pais possam visitar.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03TS02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EO03 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano