19197
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Empreendedora > 1º ano > Unidade

Plano de aula - Compartilhando nossas produções literárias

Plano de aula de Educação Empreendedora para Ensino Fundamental 1 sobre Planejar e iniciar a construção de um processo de escrita autônoma e compartilhada de objetos literários da turma.

Plano 03 de 3 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Cibele Diogo Kimura

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Esse slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Resumo da sequência: essa sequência é composta de 3 atividades, distribuídas em 5 aulas (1 de 50 minutos e 2 de 100 minutos). A primeira e a segunda atividades podem ser aplicadas independentemente, já a terceira tem relação direta com as anteriores. A sequência tem como intuito realizar levantamento da relação dos estudantes com leitura e produção textual, e introduzir uma proposta de construção de objetos literários e vivência de processo de publicação de microedições de histórias que serão produzidas e apresentadas pela turma durante essa sequência de atividades.

Sobre esse plano: esse plano trata-se da terceira atividade proposta dessa sequência e tem previsão para ser realizado em duas aulas de 50 minutos cada (totalizando 100 minutos). Com foco no fechamento da sequência, o objetivo dessa atividade será realizar a revisão final das produções, proporcionar um momento de apresentações e apreciação coletiva da turma. Além disso, deverá ser finalizada com uma avaliação coletiva, para identificação das aprendizagens, habilidades e competências trabalhadas durante todo o processo da sequência de atividades. Dependendo do planejamento que a turma realizar sobre a forma e do público para as apresentações, combine com a equipe gestora da escola como serão feitos os convites e o melhor horário para que a apreciação da comunidade escolar aconteça.

Esse plano de aula faz parte de uma sequência mais ampla, em que serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com as habilidades EF01LP16, EF01LP18, EF01LP26, EF15LP05, EF15LP06, EF15AR04, EF15LP07 e EF15AR06 de Língua Portuguesa e Arte, que constam na BNCC. Como as habilidades devem ser desenvolvidas ao longo de todo o ano, você observará que elas não serão contempladas em sua totalidade e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Além disso, a sequência contempla as seguintes Competências Gerais da Educação Básica previstas na BNCC: 3 - Repertório Cultural (Valorizar e fruir as diversas manifestações artísticas e culturais, das locais às mundiais, e também participar de práticas diversificadas da produção artístico-cultural) e 4 - Comunicação (Utilizar diferentes linguagens – verbal (Oral ou visual-motora, como Libras, e escrita), corporal, visual, sonora e digital –, bem como conhecimento das linguagens artística, matemática e científica, para se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos em diferentes contextos e produzir sentidos que levem ao entendimento mútuo).

Organização das aulas: essa sequência pode acontecer combinando os dois componentes envolvidos (Português e Arte). Sugerimos que o plano de aula seja realizado em formato de aula compartilhada envolvendo os dois componentes. Se não for possível, os professores podem organizar as aulas de outra forma, tendo em vista os objetivos e as especificidades da sequência.

Ação prévia: é importante que o professor faça a leitura antecipada das produções realizadas até o momento, para que possa dar uma devolutiva/feedback mais sistematizado e qualificado para a turma. Assim, o grupo será motivado a focar nos apontamentos realizados e seguir na evolução das produções.

Alinhamento da sequência com a Educação Empreendedora: a sequência apresentará diversos aspectos de Educação Empreendedora, com destaque para o alto grau de escolha e protagonismo dos estudantes ao serem provocados a escolher o gênero com que mais se identificam, conforme atividade proposta no plano introdutório. O trabalho colaborativo e a demanda por criatividade e imaginação para a criação dos objetos literários (microedições de histórias), que foi motivado na segunda atividade da sequência, e, finalmente, o processo projetificado de ideação, planejamento e execução, estruturando uma participação efetiva das crianças em todas as etapas para que a produção das narrativas aconteça, também são consonantes com o que se espera de uma educação empreendedora.

Materiais necessários: leve para a sala de aula as produções já iniciadas pela turma, seguindo com impressos e/ou outros objetos literários de diferentes gêneros textuais, para servirem de inspiração, e demais materiais e recursos midiáticos que serão usados nas produções, caso seja escolha dos grupos.

Material complementar: foram selecionados dois materiais, sendo um livro da educadora argentina Delia Lerner, um artigo sobre produção de texto e como auxiliar o aluno no processo de ler e escrever, para trazer um pouco de embasamento teórico para essa sequência. Fica a dica de leitura.

“Produção de texto: como ensinar os alunos a escrever de verdade". Fonte: Nova Escola. Disponível em: https://novaescola.org.br/conteudo/231/producao-de-texto-como-ensinar-os-alunos-a-escrever-de-verdade. Acesso em: 25 fev. 2020.

LERNER, Delia. Ler e escrever na escola. O real, o possível e o necessário. Porto Alegre. Artmed. 2002.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: inicie a aula retomando a atividade anterior (Atividade 2 - Planejamento e construções de objetos literários). Apresente boas práticas de produção e os pontos que precisam ser melhorados, de uma forma consolidada e que sirva de apoio para todos os grupos.

  • Quais sugestões vocês podem dar para avançarmos com a produção?
  • A produção feita até o momento está alinhada ao que realmente o grupo pretende transmitir como mensagem? Ela precisa de ajustes?
  • As tarefas planejadas estão, até o momento, sendo cumpridas?
  • Vocês acham que esse é um caminho para ser um bom escritor?

É importante propor um processo de reflexão, para que auxiliem os grupos na aquisição de boas escolhas e na qualificação do processo de produção. Com uma rápida retomada das dificuldades encontradas, faça a mediação para que, juntamente com os grupos, sejam encontradas boas opções.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 50 minutos

Orientações: com a sala organizada em grupos, retome as produções pensadas e desenvolvidas até o momento. Esse será o momento de fazer uma revisão final em todo o processo e pensar em necessidades de ajustes.

  • Agora com as produções em mãos e com tudo que foi conversado, o que é necessário fazer de ajustes em grupo?

Proponha a ideia de uma leitura/apresentação simultânea, onde um grupo apresenta para outro e o grupo que está ”avaliando” faz um elogio e aponta algo que possa ser melhorado no momento da revisão final. Depois os papéis se invertem.

É importante que os educandos entendam que, dependendo da mensagem/intenção que queira ser passada (por exemplo, noticiar um fato em um jornal ou ensinar uma receita em um programa de tevê), essas ações envolvem um tipo de texto com uma finalidade, um suporte e um meio de veiculação específico. Circule pela sala e auxilie o processo de avaliação entre os grupos, trazendo o foco e o respeito que todos devem ter entre os integrantes de cada apresentação. Faça as intervenções necessárias no momento dos ajustes finais das produções literárias, procurando colaborar com os alunos.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: após a revisão final das produções, planeje a organização da exposição da galeria das microedições produzidas pela turma.

Peça para os grupos definirem a função de cada um na exposição:

  • Quem ficará responsável por falar sobre a produção?
  • Quem falará sobre os textos de apoio lidos que serviram para escolha de toda a produção?
  • Quem fará a leitura da produção do grupo?

Será preciso estudar para o momento da exposição. Disponibilize um tempo para que haja esse ensaio.

Esse será o momento de os grupos de trabalho escolherem a melhor forma de apresentar as produções. Juntamente com a turma, pensem nas possibilidades de dividir essa exposição com a comunidade escolar, como, por exemplo, convidando outras turmas para visitarem, ou ainda, articular com outros professores os espaços onde possa acontecer a exposição (se a escola tiver sala de leitura ou biblioteca, esses são excelentes ambientes para isso).

Proponha um dia de autógrafos e/ou de apresentações das microedições literárias, juntamente com as famílias dos estudantes. Se a turma aceitar a ideia, pensem também em uma organização para que isso aconteça como forma de valorizar o esforço e o empenho nas produções. Também com os alunos, crie um convite para as famílias e planejem, juntos, como pode acontecer a organização da exposição:

  • Que dia e horário podemos definir? (Essa conversa precisa ser alinhada com a gestão da escola.)
  • Quando os pais chegarem, como vamos recebê-los? O que deve acontecer primeiro e o que vem depois?
  • Seria interessante cada grupo contar como foi o processo de construção dos objetos literários? Por que escolheram esses gêneros? O que foi mais difícil? O que foi mais prazeroso?
  • Podemos ter um momento em que os pais contam o que acharam das produções? Que eles digam sobre as sensações que tiveram ao ler os objetos? O que mais os deixou curiosos? Será que eles se lembraram de outros textos que já tinham lido anteriormente?

Sugestões de cuidados para o dia da exposição (vale ressaltar que esse momento vai além do tempo destinado para essa aula, dependendo da organização de cada unidade escolar):

  • Acolha os alunos e retome o que foi planejado.
  • Organize, com a participação dos alunos, o ambiente onde se darão a exposição e os objetos literários.
  • Prepare quem vai acolher as famílias e quem vai fazer alguma fala ou apresentação etc.
  • Apoie os alunos que demonstrarem ansiedade ou dificuldades em realizar o que foi previsto/combinado.

Permita a corresponsabilidade dos estudantes. Esse momento é importante para estimular o protagonismo e valorizar todo o percurso de produção dos objetos literários. Acolha e valorize todas as participações!

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

 

Orientações: como fechamento dessa sequência de atividades, proponha uma avaliação coletiva, convidando os alunos a compartilharem visões sobre o processo vivido e sobre as produções construídas, apresentando as próprias considerações.

Como é um momento de sistematização de conhecimentos, leia pergunta por pergunta e espere que escrevam (caso achem importante). Abra mais um espaço de conversa para que socializem as respostas.

  • Como foi o processo de produção?
  • O que levou o grupo a fazer tais escolhas? Foi fácil fazer essas escolhas?
  • Quais foram os aspectos positivos e outros negativos desse processo de escolha?
  • Pensando agora que tudo já aconteceu, vocês acham que fariam alguma escolha diferente?
  • O que foi possível aprender com essa sequência de atividades?
  • O que mais gostou de fazer? Por quê?
  • O que menos gostou de fazer? Por quê?
  • Houve algo de que não gostou ou que você mudaria se tivesse de fazer outras produções?
  • Como você avalia a sua dedicação para a composição das microedições literárias?
  • O que vocês acham que podem levar dessa experiência de criar com os colegas para a vida de vocês aqui na escola, na família e nos ambientes em que vivem e convivem?

Enfatize o esforço e o resultado da turma em todo o processo de produção. Traga os avanços e, se for possível, pontue aspectos positivos que deixem evidentes o bom trabalho dos grupos e o quanto é prazeroso e rico uma aprendizagem colaborativa.

Resumo da aula

download Baixar plano

Esse slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Resumo da sequência: essa sequência é composta de 3 atividades, distribuídas em 5 aulas (1 de 50 minutos e 2 de 100 minutos). A primeira e a segunda atividades podem ser aplicadas independentemente, já a terceira tem relação direta com as anteriores. A sequência tem como intuito realizar levantamento da relação dos estudantes com leitura e produção textual, e introduzir uma proposta de construção de objetos literários e vivência de processo de publicação de microedições de histórias que serão produzidas e apresentadas pela turma durante essa sequência de atividades.

Sobre esse plano: esse plano trata-se da terceira atividade proposta dessa sequência e tem previsão para ser realizado em duas aulas de 50 minutos cada (totalizando 100 minutos). Com foco no fechamento da sequência, o objetivo dessa atividade será realizar a revisão final das produções, proporcionar um momento de apresentações e apreciação coletiva da turma. Além disso, deverá ser finalizada com uma avaliação coletiva, para identificação das aprendizagens, habilidades e competências trabalhadas durante todo o processo da sequência de atividades. Dependendo do planejamento que a turma realizar sobre a forma e do público para as apresentações, combine com a equipe gestora da escola como serão feitos os convites e o melhor horário para que a apreciação da comunidade escolar aconteça.

Esse plano de aula faz parte de uma sequência mais ampla, em que serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com as habilidades EF01LP16, EF01LP18, EF01LP26, EF15LP05, EF15LP06, EF15AR04, EF15LP07 e EF15AR06 de Língua Portuguesa e Arte, que constam na BNCC. Como as habilidades devem ser desenvolvidas ao longo de todo o ano, você observará que elas não serão contempladas em sua totalidade e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Além disso, a sequência contempla as seguintes Competências Gerais da Educação Básica previstas na BNCC: 3 - Repertório Cultural (Valorizar e fruir as diversas manifestações artísticas e culturais, das locais às mundiais, e também participar de práticas diversificadas da produção artístico-cultural) e 4 - Comunicação (Utilizar diferentes linguagens – verbal (Oral ou visual-motora, como Libras, e escrita), corporal, visual, sonora e digital –, bem como conhecimento das linguagens artística, matemática e científica, para se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos em diferentes contextos e produzir sentidos que levem ao entendimento mútuo).

Organização das aulas: essa sequência pode acontecer combinando os dois componentes envolvidos (Português e Arte). Sugerimos que o plano de aula seja realizado em formato de aula compartilhada envolvendo os dois componentes. Se não for possível, os professores podem organizar as aulas de outra forma, tendo em vista os objetivos e as especificidades da sequência.

Ação prévia: é importante que o professor faça a leitura antecipada das produções realizadas até o momento, para que possa dar uma devolutiva/feedback mais sistematizado e qualificado para a turma. Assim, o grupo será motivado a focar nos apontamentos realizados e seguir na evolução das produções.

Alinhamento da sequência com a Educação Empreendedora: a sequência apresentará diversos aspectos de Educação Empreendedora, com destaque para o alto grau de escolha e protagonismo dos estudantes ao serem provocados a escolher o gênero com que mais se identificam, conforme atividade proposta no plano introdutório. O trabalho colaborativo e a demanda por criatividade e imaginação para a criação dos objetos literários (microedições de histórias), que foi motivado na segunda atividade da sequência, e, finalmente, o processo projetificado de ideação, planejamento e execução, estruturando uma participação efetiva das crianças em todas as etapas para que a produção das narrativas aconteça, também são consonantes com o que se espera de uma educação empreendedora.

Materiais necessários: leve para a sala de aula as produções já iniciadas pela turma, seguindo com impressos e/ou outros objetos literários de diferentes gêneros textuais, para servirem de inspiração, e demais materiais e recursos midiáticos que serão usados nas produções, caso seja escolha dos grupos.

Material complementar: foram selecionados dois materiais, sendo um livro da educadora argentina Delia Lerner, um artigo sobre produção de texto e como auxiliar o aluno no processo de ler e escrever, para trazer um pouco de embasamento teórico para essa sequência. Fica a dica de leitura.

“Produção de texto: como ensinar os alunos a escrever de verdade". Fonte: Nova Escola. Disponível em: https://novaescola.org.br/conteudo/231/producao-de-texto-como-ensinar-os-alunos-a-escrever-de-verdade. Acesso em: 25 fev. 2020.

LERNER, Delia. Ler e escrever na escola. O real, o possível e o necessário. Porto Alegre. Artmed. 2002.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: inicie a aula retomando a atividade anterior (Atividade 2 - Planejamento e construções de objetos literários). Apresente boas práticas de produção e os pontos que precisam ser melhorados, de uma forma consolidada e que sirva de apoio para todos os grupos.

  • Quais sugestões vocês podem dar para avançarmos com a produção?
  • A produção feita até o momento está alinhada ao que realmente o grupo pretende transmitir como mensagem? Ela precisa de ajustes?
  • As tarefas planejadas estão, até o momento, sendo cumpridas?
  • Vocês acham que esse é um caminho para ser um bom escritor?

É importante propor um processo de reflexão, para que auxiliem os grupos na aquisição de boas escolhas e na qualificação do processo de produção. Com uma rápida retomada das dificuldades encontradas, faça a mediação para que, juntamente com os grupos, sejam encontradas boas opções.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 50 minutos

Orientações: com a sala organizada em grupos, retome as produções pensadas e desenvolvidas até o momento. Esse será o momento de fazer uma revisão final em todo o processo e pensar em necessidades de ajustes.

  • Agora com as produções em mãos e com tudo que foi conversado, o que é necessário fazer de ajustes em grupo?

Proponha a ideia de uma leitura/apresentação simultânea, onde um grupo apresenta para outro e o grupo que está ”avaliando” faz um elogio e aponta algo que possa ser melhorado no momento da revisão final. Depois os papéis se invertem.

É importante que os educandos entendam que, dependendo da mensagem/intenção que queira ser passada (por exemplo, noticiar um fato em um jornal ou ensinar uma receita em um programa de tevê), essas ações envolvem um tipo de texto com uma finalidade, um suporte e um meio de veiculação específico. Circule pela sala e auxilie o processo de avaliação entre os grupos, trazendo o foco e o respeito que todos devem ter entre os integrantes de cada apresentação. Faça as intervenções necessárias no momento dos ajustes finais das produções literárias, procurando colaborar com os alunos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: após a revisão final das produções, planeje a organização da exposição da galeria das microedições produzidas pela turma.

Peça para os grupos definirem a função de cada um na exposição:

  • Quem ficará responsável por falar sobre a produção?
  • Quem falará sobre os textos de apoio lidos que serviram para escolha de toda a produção?
  • Quem fará a leitura da produção do grupo?

Será preciso estudar para o momento da exposição. Disponibilize um tempo para que haja esse ensaio.

Esse será o momento de os grupos de trabalho escolherem a melhor forma de apresentar as produções. Juntamente com a turma, pensem nas possibilidades de dividir essa exposição com a comunidade escolar, como, por exemplo, convidando outras turmas para visitarem, ou ainda, articular com outros professores os espaços onde possa acontecer a exposição (se a escola tiver sala de leitura ou biblioteca, esses são excelentes ambientes para isso).

Proponha um dia de autógrafos e/ou de apresentações das microedições literárias, juntamente com as famílias dos estudantes. Se a turma aceitar a ideia, pensem também em uma organização para que isso aconteça como forma de valorizar o esforço e o empenho nas produções. Também com os alunos, crie um convite para as famílias e planejem, juntos, como pode acontecer a organização da exposição:

  • Que dia e horário podemos definir? (Essa conversa precisa ser alinhada com a gestão da escola.)
  • Quando os pais chegarem, como vamos recebê-los? O que deve acontecer primeiro e o que vem depois?
  • Seria interessante cada grupo contar como foi o processo de construção dos objetos literários? Por que escolheram esses gêneros? O que foi mais difícil? O que foi mais prazeroso?
  • Podemos ter um momento em que os pais contam o que acharam das produções? Que eles digam sobre as sensações que tiveram ao ler os objetos? O que mais os deixou curiosos? Será que eles se lembraram de outros textos que já tinham lido anteriormente?

Sugestões de cuidados para o dia da exposição (vale ressaltar que esse momento vai além do tempo destinado para essa aula, dependendo da organização de cada unidade escolar):

  • Acolha os alunos e retome o que foi planejado.
  • Organize, com a participação dos alunos, o ambiente onde se darão a exposição e os objetos literários.
  • Prepare quem vai acolher as famílias e quem vai fazer alguma fala ou apresentação etc.
  • Apoie os alunos que demonstrarem ansiedade ou dificuldades em realizar o que foi previsto/combinado.

Permita a corresponsabilidade dos estudantes. Esse momento é importante para estimular o protagonismo e valorizar todo o percurso de produção dos objetos literários. Acolha e valorize todas as participações!

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

 

Orientações: como fechamento dessa sequência de atividades, proponha uma avaliação coletiva, convidando os alunos a compartilharem visões sobre o processo vivido e sobre as produções construídas, apresentando as próprias considerações.

Como é um momento de sistematização de conhecimentos, leia pergunta por pergunta e espere que escrevam (caso achem importante). Abra mais um espaço de conversa para que socializem as respostas.

  • Como foi o processo de produção?
  • O que levou o grupo a fazer tais escolhas? Foi fácil fazer essas escolhas?
  • Quais foram os aspectos positivos e outros negativos desse processo de escolha?
  • Pensando agora que tudo já aconteceu, vocês acham que fariam alguma escolha diferente?
  • O que foi possível aprender com essa sequência de atividades?
  • O que mais gostou de fazer? Por quê?
  • O que menos gostou de fazer? Por quê?
  • Houve algo de que não gostou ou que você mudaria se tivesse de fazer outras produções?
  • Como você avalia a sua dedicação para a composição das microedições literárias?
  • O que vocês acham que podem levar dessa experiência de criar com os colegas para a vida de vocês aqui na escola, na família e nos ambientes em que vivem e convivem?

Enfatize o esforço e o resultado da turma em todo o processo de produção. Traga os avanços e, se for possível, pontue aspectos positivos que deixem evidentes o bom trabalho dos grupos e o quanto é prazeroso e rico uma aprendizagem colaborativa.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Unidade do 1º ano :

MAIS AULAS DE Educação Empreendedora do 1º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF01LP16 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF01LP18 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP06 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP07 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF01LP26 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Empreendedora

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano