15858
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Massagem com música instrumental

Nesta proposta, os bebês realizam massagens no próprio corpo embalados pelo som de canções.

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Bárbara de mello

O que fazer antes?

Materiais:

Colchonetes e suporte de mídia com música instrumental.O ideal é que seja uma melodia calma.

Espaços:

Na sala, com colchonetes organizados no chão e música instrumental ambiente.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 30 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Quais movimentos o bebê realiza com seu corpo durante a proposta?

2. Como cada bebê se relaciona com outro bebê e adulto?

3. Quais expressões e/ou falas o bebê utiliza para se comunicar?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Fique atento aos bebês que não se sentem à vontade com o toque das mãos para massagem. Por isso, respeite seus ritmos próprios e as escolhas manifestadas por meio dos gestos faciais, corporais e expressões orais. Garanta que todos os bebês possam se expressar por meio de seus movimentos corporais. Para isso, crie condições para sua autonomia e bem-estar.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide o grupo de bebês a se locomover até o local escolhido, organizado previamente e com a música instrumental tocando. Garanta que todos os bebês tenham acesso. Se coloque na altura deles e diga que podem fazer movimentos livres com o corpo. Faça alguns movimentos e encoraje-os.

Possíveis ações da criança neste momento: um dos bebês observa o movimento do professor e o imita, levantando uma das pernas enquanto está sentado e apoiando-se com as duas mãos no chão.

Possíveis falas do professor neste momento: olhem como o bebê mexe as suas pernas o outro bebê está rolando no chão. Olhem como estico as minhas pernas e como movimento meus braços. vocês podem fazer também!


2

Incentive que o grupo de bebês realize os movimentos de forma autônoma enquanto escutam, sentema música, exploram os espaços, interagem com seus corpos e com a proposta. Neste momento, faça registros fotográficos e anotações para posterior documentação pedagógica. Em seguida, convide os bebês para auto-massagem.

Possíveis falas do professor neste momento: como é bom massagear as minhas pernas, vocês também podem fazer massagem em vocês, tocar as pernas, pés, mãos e cabeça.


3

Enquanto o grupo está engajado na exploração do próprio corpo, se aproxime de duplas de bebês e ofereça a massagem, entrando na brincadeira por meio dos movimentos corporais. Considere que o corpo do bebê precisa ser visto em sua totalidade e que está em constante relação com o outro. Por isso, pergunte se ele permite ser tocado e, mesmo que não responda verbalmente, os códigos já criados entre adulto-bebê (olhar, gestos, confiança) conduzirão a essa resposta, contribuindo para um elo recíproco e respeitoso de cuidados e conscientização do bebê sobre seu próprio corpo. Sempre utilize os nomes dos bebês.Respeite o tempo de cada um mesmo que ele não deseje participar neste momento. Observar também é uma forma de participar. Chame atenção dos bebês para o som da música instrumental enquanto encoraja as interações entre eles durante a massagem. Fique próximo, disponível e atento ao grupo.


Para finalizar:

Perto do término, diga aos bebês o próximo acontecimento do dia, atribuindo previsibilidade à experiência seguinte do cotidiano. Isso ajuda na compreensão das noções de tempo e espaço. Reduza aos poucos o som da música.

Desdobramentos

Ao longo da semana, o professor pode propor novamente a atividade e garantir a continuidade da experiência com outras duplas de bebês. É necessário respeitar o ritmo e o tempo de cada bebê engajado na proposta. Outro momento importante é oferecer a massagem antes do soninho, em duplas ou de forma mais individualizada.

Engajando as famílias

Através de um bilhete ou em reunião/encontros com as famílias, sensibilize-as para pensarem a respeito do corpo, suas várias formas de expressão e o toque suave das mãos como um elo de carinho e confiança. Depois, convide-as a deixarem registrado, de forma escrita em um mural coletivo, como são as interações durante os cuidados corporais dos seus filhos e se há momentos de massagens e entre eles na rotina familiar.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EO02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano