13780
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Minisseminários

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 2º ano do Ensino Fundamental sobre a prática de gêneros orais.

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Pena

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é uma proposta de atividade permanente para trabalhar minisseminários. O campo de atuação priorizado nessa atividade é a oralidade, não o tema em si.

Justificativa: A prática de ensino pautada em gêneros orais é, ainda, uma realidade distante dos ambientes escolares. Pensar a oralidade como um campo de estudo e pesquisas, constituída por conjunto de gêneros com características que lhe são peculiares é uma tarefa necessária, pois aproxima as aulas das práticas sociais vigentes. Sob esta perspectiva, espera-se promover ações que se voltem para a busca da autonomia do estudante, por meio da pesquisa, produção, comunicação e participação coletiva, primando pelo campo investigativo, por meio da indagação e da busca, averiguando as informações. Acresce-se que, apesar de o foco estar sobre o gênero oral, considera-se para essa idade a necessidade de construção da base alfabética e demais habilidades ligadas à aquisição do letramento, com ênfase em pequenos textos. As linguagens visual e verbal são ferramentas de apoio à apresentação, assim, deve-se fazer uso de imagens, palavras-chave e suas correspondências para se divulgar o tema pesquisado.

Materiais necessários: Cartolina, folhas de papel sulfite, papel-cartão, canetas coloridas e/ou giz de cera e um boneco “O Senhor Descoberta” que tenha algo na parte da frente, como um avental de bolso ou uma barriga com entrada para colocar e tirar os cartões.

Dificuldades antecipadas: As dificuldades mais comuns que os alunos deste ano do Ensino Fundamental apresentam em relação às situações comunicativas mobilizadas nesta atividade estão diretamente relacionadas ao fato de eles ainda se encontrarem em construção do letramento. Isso demandará mais do professor no preparo do ambiente externo para a apresentação dos minisseminários.

Referências sobre o assunto:

MARTINS NETO, Irando Alves. A importância do ensino de gêneros orais na formação do aluno como sujeito ativo na sociedade. In: Ave Palavra. Edição Especial do Ensino de Língua Portuguesa. Agosto, 2012. Disponível em <http://www2.unemat.br/avepalavra/EDICOES/Esp0812/artigos/irando.pdf>. Acesso em: jul. 2018.

GOMES-SANTOS, S. A exposição oral nos anos iniciais do ensino fundamental. São Paulo: Cortez, 2012. (Trabalhando com... na escola).

ZANI, Juliana Bacan & BUENO, Luzia. Os gêneros orais no programa ler e escrever do Estado de São Paulo. Revista Intercâmbio, v. XXVI: 114-128, 2012. São Paulo: LAEL/PUCSP. ISSN 2237-759x. Disponível em <https://revistas.pucsp.br/index.php/intercambio/article/viewFile/15179/11321>. Acesso em: 20 jul. 2018.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Preparação: Considerando como objeto da aula o minisseminário, validando a construção do conhecimento, é preciso prepará-lo.

  • Converse com os alunos sobre minisseminário quando iniciar esta modalidade de exposição oral no ano.
  • Qual a sua função, características, preparação necessária para apresentá-lo.
  • Com a pergunta: Quem será nosso apresentador? Espere a sugestão de participação, tendo em vista que terá 25 minutos para a exposição oral. Assim, para cada dinâmica, será possível ter até cinco alunos apresentando seus temas.
  • Monte também um disparador de interesse. Neste caso, sugerimos um boneco, o Senhor Descoberta, para que ative imediatamente a necessidade de pesquisar sobre um tema para apresentar e colaborar com este espaço lúdico, alimentando o boneco de informação. Há outras sugestões, como aventais de descobertas, caixas de descobertas, contanto que sejam móveis com a ideia de que possa disseminar pesquisas, saberes escolhidos pelos alunos para vários lugares.
  • Trabalhe com as crianças os pontos da investigação e preparação do recurso visual, aparatos necessários no momento de preparação do minisseminário. Reflita com eles acerca do momento de apresentação: papel do apresentador, dos participantes que apresentam, de quem ouve; enfim, fale dos recursos paralinguísticos presentes no gênero oral.

b. Pesquisa:

OBS: A pesquisa é um tempo preparatório, que pode ser breve, proposto em algum período antes do dia do seminário propriamente dito. Este tempo pode variar em dias, de acordo com a maturidade da turma e a complexidade do tema proposto. O tempo de 10 minutos contados acima é para a introdução, no dia do seminário.

  • Peça que escolham um tema de interesse para expor para a sala, de algum assunto que tenha despertado maior curiosidade entre os alunos. Elabore em sala, antes, uma preparação para o seminário.
  • Peça para as crianças que pesquisem sobre este tema escolhido. Oriente-as quanto aos materiais de apoio e deixe em sala sempre materiais que permitam a pesquisa ou ofereça oportunidades de seleção da informação em locais variados, inclusive meios digitais. As orientações de pesquisas são diversas e precisam atender à curiosidade temática imediata, com pequenas anotações ou representações. Combine que devem anotar os dados obtidos com a pesquisa nos cartões-descoberta, utilizando palavras ou frases curtas. Estes resultados serão sempre guardados no Senhor Descoberta.

c. O recurso visual para apoio no momento da apresentação oral:

  • Combine com as crianças quais recursos irão usar para apresentar. Busque orientar no sentido de combinar linguagem verbal e não verbal. Pode combinar para cada momento quais as crianças vão apresentar. E pode combinar entre eles a ajuda para a construção do material de apoio visual.

Introdução: Para introduzir o assunto, convide os alunos a produzir um material para o Senhor Descoberta. Entregue a cada aluno que se manifestou para fazer a pesquisa um cartão-descoberta e deixe que escrevam ou representem por imagem o tema que vão estudar, validados pela pesquisa que irão fazer.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Desenvolvimento: Para a apresentação:

  • Reforce, na apresentação oral, a importância da entonação da voz, da linguagem sem gírias, da postura corporal, uso do recurso visual.
  • E, também, a participação do ouvinte: ouvir com atenção.

  • Durante a apresentação, coloque os alunos em semicírculo, deixando do outro lado carteiras um pouco separadas do círculo, para ser ocupadas pelo grupo que irá responder a pergunta.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido:

Orientações:

Desenvolvimento:

  • Continuação do “Contando a descoberta”. A apresentação pode ser interativa, dependendo da curiosidade e da manifestação do grupo. Faça a mediação das participações, de forma que cada criança que levantou a mão tenha a oportunidade de comentar ou perguntar.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações:

Fechamento: Este tempo deve considerar toda a avaliação. Como propósito nesta aula centre o procedimento sobre três pilares: o tema escolhido, o campo investigativo pautado pela escolha do gênero textual e o gênero oral: minisseminário. Assim, ao avaliar, dê ênfase aos três aspectos. Propõe-se uma avaliação coletiva, inicialmente.

Para isso, escreva em uma folha de papel cada uma das perguntas do quadro do slide 6, faça oralmente com a turma a avaliação, lendo cada pergunta e pedindo que levantem a mão, com o polegar para cima se gostaram ou para baixo se ainda precisa melhorar. A mão do boneco criado como disparador também pode funcionar com este julgamento de acordo ou desacordo: mão do boneco para baixo, mão do boneco para cima. Peça a um aluno que anote quantos gostaram e quantos consideram que precisa melhorar. Reflita sobre os pontos a ser melhorados.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Fechamento

Perguntas para avaliação.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Fechamento: Coloque no boneco as descobertas dos alunos e faça um envelope onde serão guardados os resultados da avaliação. Guarde junto com as descobertas, dentro do boneco.

OBS: Sugere-se que as crianças levem o Senhor Descoberta para casa. Assim, terão a oportunidade de ler mais descobertas do que aquelas que foram apresentadas. Podem combinar também o dia do boneco visitar a diretora, ou a orientadora, ou alguma outra turma da escola, levando as descobertas, compartilhando o conhecimento pesquisado.

Variação da atividade select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • O jogo de perguntas e respostas pode ser utilizado para o trabalho individual, considerando o início apresentado em equipe.

  • Peça aos alunos para pesquisarem sobre temas de interesse ou que causam curiosidade.

  • Na sequência, para o desenvolvimento do minisseminário, cada aluno elabora uma pergunta acerca do tema que pesquisou e coloca em um envelope.

  • Coloque as crianças em círculo e cada uma delas pega uma pergunta. Caso queira, pode pedir ajuda aos colegas para responder.

  • Proponha como etapa final que os alunos preencham um quadro com avaliação de itens, com os seguintes quesitos:
  • Aprendizado sobre o tema.
  • Qualidade dos argumentos.
  • Atuação dos expositores.
  • Participação dos observadores.
  • Desempenho do mediador/professor.

6. Guarde as perguntas no Senhor Descoberta.

Variação da atividade select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • Desenvolva este trabalho em equipe.

  • Acerca de um tema de interesse dos alunos, estabeleça um roteiro de perguntas contendo dúvidas e ou curiosidades.

  • Convide um professor para ser entrevistado pelos alunos ou seja o próprio entrevistado de seu aluno.

  • Combine as apresentações:
  • Quem será o aluno que vai presidir a entrevista? Quem serão os alunos que farão as perguntas ao convidado?

5. Estabeleça com os alunos a construção de um palavras-chave ou uma frase (com uma imagem desenhada por eles) colocando uma conclusão acerca do que aprenderam sobre a curiosidade estudada. Então, hora de alimentar o Senhor Descoberta.

Variação da atividade select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • Desenvolva esse trabalho também em equipe.

  • Acerca de um tema de interesse dos alunos ou de algum acontecimento atual do universo infantil (vacinas, brincadeiras, vídeos, jogos, datas comemorativas) pedir que eles façam pesquisas, trazendo para a sala as informações que encontraram.

  • Trabalhe a socialização das informações, por meio de apresentação.

  • Organize as crianças em grupos e peça que produzam um verbete com a palavra-chave que resuma o tema.

  • Peça a cada grupo que apresente seu tema e guarde no Senhor Descoberta.

  • Também recomenda-se a avaliação sob o aprendizado acerca do tema, da investigação e da apresentação.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é uma proposta de atividade permanente para trabalhar minisseminários. O campo de atuação priorizado nessa atividade é a oralidade, não o tema em si.

Justificativa: A prática de ensino pautada em gêneros orais é, ainda, uma realidade distante dos ambientes escolares. Pensar a oralidade como um campo de estudo e pesquisas, constituída por conjunto de gêneros com características que lhe são peculiares é uma tarefa necessária, pois aproxima as aulas das práticas sociais vigentes. Sob esta perspectiva, espera-se promover ações que se voltem para a busca da autonomia do estudante, por meio da pesquisa, produção, comunicação e participação coletiva, primando pelo campo investigativo, por meio da indagação e da busca, averiguando as informações. Acresce-se que, apesar de o foco estar sobre o gênero oral, considera-se para essa idade a necessidade de construção da base alfabética e demais habilidades ligadas à aquisição do letramento, com ênfase em pequenos textos. As linguagens visual e verbal são ferramentas de apoio à apresentação, assim, deve-se fazer uso de imagens, palavras-chave e suas correspondências para se divulgar o tema pesquisado.

Materiais necessários: Cartolina, folhas de papel sulfite, papel-cartão, canetas coloridas e/ou giz de cera e um boneco “O Senhor Descoberta” que tenha algo na parte da frente, como um avental de bolso ou uma barriga com entrada para colocar e tirar os cartões.

Dificuldades antecipadas: As dificuldades mais comuns que os alunos deste ano do Ensino Fundamental apresentam em relação às situações comunicativas mobilizadas nesta atividade estão diretamente relacionadas ao fato de eles ainda se encontrarem em construção do letramento. Isso demandará mais do professor no preparo do ambiente externo para a apresentação dos minisseminários.

Referências sobre o assunto:

MARTINS NETO, Irando Alves. A importância do ensino de gêneros orais na formação do aluno como sujeito ativo na sociedade. In: Ave Palavra. Edição Especial do Ensino de Língua Portuguesa. Agosto, 2012. Disponível em <http://www2.unemat.br/avepalavra/EDICOES/Esp0812/artigos/irando.pdf>. Acesso em: jul. 2018.

GOMES-SANTOS, S. A exposição oral nos anos iniciais do ensino fundamental. São Paulo: Cortez, 2012. (Trabalhando com... na escola).

ZANI, Juliana Bacan & BUENO, Luzia. Os gêneros orais no programa ler e escrever do Estado de São Paulo. Revista Intercâmbio, v. XXVI: 114-128, 2012. São Paulo: LAEL/PUCSP. ISSN 2237-759x. Disponível em <https://revistas.pucsp.br/index.php/intercambio/article/viewFile/15179/11321>. Acesso em: 20 jul. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Preparação: Considerando como objeto da aula o minisseminário, validando a construção do conhecimento, é preciso prepará-lo.

  • Converse com os alunos sobre minisseminário quando iniciar esta modalidade de exposição oral no ano.
  • Qual a sua função, características, preparação necessária para apresentá-lo.
  • Com a pergunta: Quem será nosso apresentador? Espere a sugestão de participação, tendo em vista que terá 25 minutos para a exposição oral. Assim, para cada dinâmica, será possível ter até cinco alunos apresentando seus temas.
  • Monte também um disparador de interesse. Neste caso, sugerimos um boneco, o Senhor Descoberta, para que ative imediatamente a necessidade de pesquisar sobre um tema para apresentar e colaborar com este espaço lúdico, alimentando o boneco de informação. Há outras sugestões, como aventais de descobertas, caixas de descobertas, contanto que sejam móveis com a ideia de que possa disseminar pesquisas, saberes escolhidos pelos alunos para vários lugares.
  • Trabalhe com as crianças os pontos da investigação e preparação do recurso visual, aparatos necessários no momento de preparação do minisseminário. Reflita com eles acerca do momento de apresentação: papel do apresentador, dos participantes que apresentam, de quem ouve; enfim, fale dos recursos paralinguísticos presentes no gênero oral.

b. Pesquisa:

OBS: A pesquisa é um tempo preparatório, que pode ser breve, proposto em algum período antes do dia do seminário propriamente dito. Este tempo pode variar em dias, de acordo com a maturidade da turma e a complexidade do tema proposto. O tempo de 10 minutos contados acima é para a introdução, no dia do seminário.

  • Peça que escolham um tema de interesse para expor para a sala, de algum assunto que tenha despertado maior curiosidade entre os alunos. Elabore em sala, antes, uma preparação para o seminário.
  • Peça para as crianças que pesquisem sobre este tema escolhido. Oriente-as quanto aos materiais de apoio e deixe em sala sempre materiais que permitam a pesquisa ou ofereça oportunidades de seleção da informação em locais variados, inclusive meios digitais. As orientações de pesquisas são diversas e precisam atender à curiosidade temática imediata, com pequenas anotações ou representações. Combine que devem anotar os dados obtidos com a pesquisa nos cartões-descoberta, utilizando palavras ou frases curtas. Estes resultados serão sempre guardados no Senhor Descoberta.

c. O recurso visual para apoio no momento da apresentação oral:

  • Combine com as crianças quais recursos irão usar para apresentar. Busque orientar no sentido de combinar linguagem verbal e não verbal. Pode combinar para cada momento quais as crianças vão apresentar. E pode combinar entre eles a ajuda para a construção do material de apoio visual.

Introdução: Para introduzir o assunto, convide os alunos a produzir um material para o Senhor Descoberta. Entregue a cada aluno que se manifestou para fazer a pesquisa um cartão-descoberta e deixe que escrevam ou representem por imagem o tema que vão estudar, validados pela pesquisa que irão fazer.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Desenvolvimento: Para a apresentação:

  • Reforce, na apresentação oral, a importância da entonação da voz, da linguagem sem gírias, da postura corporal, uso do recurso visual.
  • E, também, a participação do ouvinte: ouvir com atenção.

  • Durante a apresentação, coloque os alunos em semicírculo, deixando do outro lado carteiras um pouco separadas do círculo, para ser ocupadas pelo grupo que irá responder a pergunta.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido:

Orientações:

Desenvolvimento:

  • Continuação do “Contando a descoberta”. A apresentação pode ser interativa, dependendo da curiosidade e da manifestação do grupo. Faça a mediação das participações, de forma que cada criança que levantou a mão tenha a oportunidade de comentar ou perguntar.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações:

Fechamento: Este tempo deve considerar toda a avaliação. Como propósito nesta aula centre o procedimento sobre três pilares: o tema escolhido, o campo investigativo pautado pela escolha do gênero textual e o gênero oral: minisseminário. Assim, ao avaliar, dê ênfase aos três aspectos. Propõe-se uma avaliação coletiva, inicialmente.

Para isso, escreva em uma folha de papel cada uma das perguntas do quadro do slide 6, faça oralmente com a turma a avaliação, lendo cada pergunta e pedindo que levantem a mão, com o polegar para cima se gostaram ou para baixo se ainda precisa melhorar. A mão do boneco criado como disparador também pode funcionar com este julgamento de acordo ou desacordo: mão do boneco para baixo, mão do boneco para cima. Peça a um aluno que anote quantos gostaram e quantos consideram que precisa melhorar. Reflita sobre os pontos a ser melhorados.

Slide Plano Aula

Orientações:

Fechamento

Perguntas para avaliação.

Slide Plano Aula

Orientações:

Fechamento: Coloque no boneco as descobertas dos alunos e faça um envelope onde serão guardados os resultados da avaliação. Guarde junto com as descobertas, dentro do boneco.

OBS: Sugere-se que as crianças levem o Senhor Descoberta para casa. Assim, terão a oportunidade de ler mais descobertas do que aquelas que foram apresentadas. Podem combinar também o dia do boneco visitar a diretora, ou a orientadora, ou alguma outra turma da escola, levando as descobertas, compartilhando o conhecimento pesquisado.

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • O jogo de perguntas e respostas pode ser utilizado para o trabalho individual, considerando o início apresentado em equipe.

  • Peça aos alunos para pesquisarem sobre temas de interesse ou que causam curiosidade.

  • Na sequência, para o desenvolvimento do minisseminário, cada aluno elabora uma pergunta acerca do tema que pesquisou e coloca em um envelope.

  • Coloque as crianças em círculo e cada uma delas pega uma pergunta. Caso queira, pode pedir ajuda aos colegas para responder.

  • Proponha como etapa final que os alunos preencham um quadro com avaliação de itens, com os seguintes quesitos:
  • Aprendizado sobre o tema.
  • Qualidade dos argumentos.
  • Atuação dos expositores.
  • Participação dos observadores.
  • Desempenho do mediador/professor.

6. Guarde as perguntas no Senhor Descoberta.

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • Desenvolva este trabalho em equipe.

  • Acerca de um tema de interesse dos alunos, estabeleça um roteiro de perguntas contendo dúvidas e ou curiosidades.

  • Convide um professor para ser entrevistado pelos alunos ou seja o próprio entrevistado de seu aluno.

  • Combine as apresentações:
  • Quem será o aluno que vai presidir a entrevista? Quem serão os alunos que farão as perguntas ao convidado?

5. Estabeleça com os alunos a construção de um palavras-chave ou uma frase (com uma imagem desenhada por eles) colocando uma conclusão acerca do que aprenderam sobre a curiosidade estudada. Então, hora de alimentar o Senhor Descoberta.

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • Desenvolva esse trabalho também em equipe.

  • Acerca de um tema de interesse dos alunos ou de algum acontecimento atual do universo infantil (vacinas, brincadeiras, vídeos, jogos, datas comemorativas) pedir que eles façam pesquisas, trazendo para a sala as informações que encontraram.

  • Trabalhe a socialização das informações, por meio de apresentação.

  • Organize as crianças em grupos e peça que produzam um verbete com a palavra-chave que resuma o tema.

  • Peça a cada grupo que apresente seu tema e guarde no Senhor Descoberta.

  • Também recomenda-se a avaliação sob o aprendizado acerca do tema, da investigação e da apresentação.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 2º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 2º ano:

2º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano