13199
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Ciências > 9º ano > Terra e Universo

Plano de aula - Desvendando os mistérios das viagens interestelares

Plano de aula de Ciências com atividades para 9o ano do EF sobre Desvendando os mistérios das viagens interestelares

Plano 10 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Denise Aparecida Chiconato

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: este plano é parte de uma sequência, podendo ser aplicado concomitantemente aos planos pertencentes a unidade CIE9_16TU.

Materiais necessários para a aula: duas cópias de cada uma das fichas 1, 2, 3 e 4 (material complementar).

Optativa a impressão da ficha de respostas no material complementar.

Título da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Leia o título da aula de forma a introduzir o tema que será tratado.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Inicie a contextualização projetando (ou esquematizando no quadro) a imagem de uma teia alimentar. O intuito é que os alunos percebam/relembrem que uma teia está em equilíbrio e que este equilíbrio depende de uma série de fatores interligados. Para isso, faça suposições como: e se retirarmos o rato da teia? E o pássaro? Levantem hipóteses sobre o desequilíbrio causado pela retirada de algum integrante desta teia. Depois, questione sobre fatores essenciais que não aparecem na teia. Por exemplo: o que aconteceria nessa teia se não existisse luz?

Questão disparadora select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Leia a questão disparadora. Deixe que os alunos levantem algumas hipóteses, e as retome na sistematização.

Mão na massa select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 32 minutos

Orientações: Divida a sala em oito grupos e os encaminhe a atividade que será realizada em 3 etapas:

Etapa 1: Interpretação de fichas ilustradas (10 minutos)

Distribua uma ficha para cada grupo. Existem quatro tipos de fichas. Cuide para que dois grupos trabalhem com a mesma ficha, totalizando os oito grupos.

Ficha 1

Ficha 2

Ficha 3

Ficha 4

Peça para que observem, interpretem e discutam dentro do grupo o que está ocorrendo nas figuras da ficha que receberam. Distribua (ou passe no quadro) um roteiro para que organizem ideias e reflitam sobre alguns fatores, e anotem as observações realizadas (por enquanto é somente para preencherem a parte do “mão na massa” indicada na ficha).

Ficha de relatório (material complementar).

Etapa 2: Troca de resultados entre grupos (10 minutos)

Peça para que os grupos que receberam fichas iguais troquem os resultados a que chegaram e discutam possíveis semelhanças e diferenças entre eles. Por exemplo, os dois grupos que receberam a ficha 1 discutirão entre eles os fatores que anotaram. Incentive para que argumentem sobre como chegaram nas suas anotações.

Mão na massa select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido:

Orientações:

Etapa 3: Discussão de dados levantados pelos grupos (12 minutos)

Após o preenchimentos das fichas de relatório, os grupos mostrarão suas anotações ao restante da sala. É importante que a ficha trabalhada por cada grupo seja projetada ou colada no quadro, para que todos visualizem o que foi trabalhado. Os alunos devem ter levantado fatores biológicos importantes para a sobrevivência dos seres vivos. Por exemplo:

  • Na ficha 1 é importante discutir fatores interligados para a sobrevivência em uma floresta, como as trocas gasosas e a falta desses gases, de alimento e água que começará a ocorrer após o surgimento da barreira.
  • Na ficha 2 é importante levantar os efeitos da falta de oxigênio a curto e longo prazo.
  • Na ficha 3 é importante levantar os efeitos da falta de água a curto e longo prazo.
  • Na ficha 4 é importante discutir o apodrecimento dos alimentos pela passagem do tempo e falta de conservação.

Caso algum grupo não tenha se atentado ao objetivo central das observações, faça perguntas que o encaminhe a pensar nos fatores biológicos relacionados com a sobrevivência dos seres vivos.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Agora, relacione todos os fatores levantados pelos alunos, que permitem a existência e manutenção da vida, com uma viagem interestelar.

Aponte que para a realização uma viagem interestelar, em uma previsão mais otimista e com o desenvolvimento de novas tecnologias, levaríamos pelo menos 30 anos. Relembre, relacionando com o que estudaram anteriormente, o que aconteceria com a vida se faltasse alguns fatores ao longo de anos, dentro de uma espaçonave. Após essa sensibilização, retome a questão disparadora: “Em que precisamos pensar antes de decolar em uma viagem interestelar?” Deixe que façam suas considerações e os atente ao fato de que o homem precisa fazer algumas adaptações para conseguir ficar tanto tempo em uma nave, como a conservação de alimentos, desidratação desses alimentos para que não apodreçam, alimentos leves para a menor geração de resíduos, equipamentos para a respiração e fornecimento de água e etc. Levante também a questão do psicológico de um ser humano durante essa viagem.

Introduza sobre o programa MELiSSA (Alternativa de Sistema de Suporte à Vida Micro-Ecológica), que tem a finalidade de construir um sistema auto sustentável, utilizando microrganismos, convertendo lixo orgânico e CO2 em oxigênio, água e comida.

“Viagens espaciais longas e de longa distância só podem ser possíveis com sistemas de suporte de vida adequados que permitam a reciclagem extensiva de água, a produção in situ de oxigênio e alimentos, e com sistemas regenerativos fechados sendo a maneira mais ideal de reduzir massa e custos. O projeto MELISSA a bordo (MELONDAU) é um experimento de voo precursor significativo para verificar a recuperação dos processos biológicos de micro-organismos selecionados, testar um sistema microfluido que é essencial para o monitoramento e controle global de um sistema de suporte vital regenerativo fechado e verificar a aceitabilidade de lanches compostos por ingredientes do Sistema Micro-Ecológico de Suporte de Vida Alternativa (MELiSSA). Este é um primeiro passo para permitir a implementação bem sucedida do sistema MELiSSA da Agência Espacial Europeia (ESA) no espaço no futuro.”

Fonte: https://www.nasa.gov/mission_pages/station/research/experiments/2131.html

Enfatize a importância desses projetos de simulação para a segurança do ser humano em uma viagem de longa distância.

Peça para que finalizem preenchendo o quadro da folha de relatório, na parte de sistematização. Os grupos poderão fazer na forma de esquema, relacionando os fatores por eles listados.

Material complementar:

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/04/160412_interestelar_np

http://spacetoday.com.br/a-nave-interestelar-que-usa-um-asteroide-para-viajar-pelo-espaco/

https://www.nasa.gov/mission_pages/station/research/experiments/2131.html

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: este plano é parte de uma sequência, podendo ser aplicado concomitantemente aos planos pertencentes a unidade CIE9_16TU.

Materiais necessários para a aula: duas cópias de cada uma das fichas 1, 2, 3 e 4 (material complementar).

Optativa a impressão da ficha de respostas no material complementar.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Leia o título da aula de forma a introduzir o tema que será tratado.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Inicie a contextualização projetando (ou esquematizando no quadro) a imagem de uma teia alimentar. O intuito é que os alunos percebam/relembrem que uma teia está em equilíbrio e que este equilíbrio depende de uma série de fatores interligados. Para isso, faça suposições como: e se retirarmos o rato da teia? E o pássaro? Levantem hipóteses sobre o desequilíbrio causado pela retirada de algum integrante desta teia. Depois, questione sobre fatores essenciais que não aparecem na teia. Por exemplo: o que aconteceria nessa teia se não existisse luz?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Leia a questão disparadora. Deixe que os alunos levantem algumas hipóteses, e as retome na sistematização.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 32 minutos

Orientações: Divida a sala em oito grupos e os encaminhe a atividade que será realizada em 3 etapas:

Etapa 1: Interpretação de fichas ilustradas (10 minutos)

Distribua uma ficha para cada grupo. Existem quatro tipos de fichas. Cuide para que dois grupos trabalhem com a mesma ficha, totalizando os oito grupos.

Ficha 1

Ficha 2

Ficha 3

Ficha 4

Peça para que observem, interpretem e discutam dentro do grupo o que está ocorrendo nas figuras da ficha que receberam. Distribua (ou passe no quadro) um roteiro para que organizem ideias e reflitam sobre alguns fatores, e anotem as observações realizadas (por enquanto é somente para preencherem a parte do “mão na massa” indicada na ficha).

Ficha de relatório (material complementar).

Etapa 2: Troca de resultados entre grupos (10 minutos)

Peça para que os grupos que receberam fichas iguais troquem os resultados a que chegaram e discutam possíveis semelhanças e diferenças entre eles. Por exemplo, os dois grupos que receberam a ficha 1 discutirão entre eles os fatores que anotaram. Incentive para que argumentem sobre como chegaram nas suas anotações.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido:

Orientações:

Etapa 3: Discussão de dados levantados pelos grupos (12 minutos)

Após o preenchimentos das fichas de relatório, os grupos mostrarão suas anotações ao restante da sala. É importante que a ficha trabalhada por cada grupo seja projetada ou colada no quadro, para que todos visualizem o que foi trabalhado. Os alunos devem ter levantado fatores biológicos importantes para a sobrevivência dos seres vivos. Por exemplo:

  • Na ficha 1 é importante discutir fatores interligados para a sobrevivência em uma floresta, como as trocas gasosas e a falta desses gases, de alimento e água que começará a ocorrer após o surgimento da barreira.
  • Na ficha 2 é importante levantar os efeitos da falta de oxigênio a curto e longo prazo.
  • Na ficha 3 é importante levantar os efeitos da falta de água a curto e longo prazo.
  • Na ficha 4 é importante discutir o apodrecimento dos alimentos pela passagem do tempo e falta de conservação.

Caso algum grupo não tenha se atentado ao objetivo central das observações, faça perguntas que o encaminhe a pensar nos fatores biológicos relacionados com a sobrevivência dos seres vivos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Agora, relacione todos os fatores levantados pelos alunos, que permitem a existência e manutenção da vida, com uma viagem interestelar.

Aponte que para a realização uma viagem interestelar, em uma previsão mais otimista e com o desenvolvimento de novas tecnologias, levaríamos pelo menos 30 anos. Relembre, relacionando com o que estudaram anteriormente, o que aconteceria com a vida se faltasse alguns fatores ao longo de anos, dentro de uma espaçonave. Após essa sensibilização, retome a questão disparadora: “Em que precisamos pensar antes de decolar em uma viagem interestelar?” Deixe que façam suas considerações e os atente ao fato de que o homem precisa fazer algumas adaptações para conseguir ficar tanto tempo em uma nave, como a conservação de alimentos, desidratação desses alimentos para que não apodreçam, alimentos leves para a menor geração de resíduos, equipamentos para a respiração e fornecimento de água e etc. Levante também a questão do psicológico de um ser humano durante essa viagem.

Introduza sobre o programa MELiSSA (Alternativa de Sistema de Suporte à Vida Micro-Ecológica), que tem a finalidade de construir um sistema auto sustentável, utilizando microrganismos, convertendo lixo orgânico e CO2 em oxigênio, água e comida.

“Viagens espaciais longas e de longa distância só podem ser possíveis com sistemas de suporte de vida adequados que permitam a reciclagem extensiva de água, a produção in situ de oxigênio e alimentos, e com sistemas regenerativos fechados sendo a maneira mais ideal de reduzir massa e custos. O projeto MELISSA a bordo (MELONDAU) é um experimento de voo precursor significativo para verificar a recuperação dos processos biológicos de micro-organismos selecionados, testar um sistema microfluido que é essencial para o monitoramento e controle global de um sistema de suporte vital regenerativo fechado e verificar a aceitabilidade de lanches compostos por ingredientes do Sistema Micro-Ecológico de Suporte de Vida Alternativa (MELiSSA). Este é um primeiro passo para permitir a implementação bem sucedida do sistema MELiSSA da Agência Espacial Europeia (ESA) no espaço no futuro.”

Fonte: https://www.nasa.gov/mission_pages/station/research/experiments/2131.html

Enfatize a importância desses projetos de simulação para a segurança do ser humano em uma viagem de longa distância.

Peça para que finalizem preenchendo o quadro da folha de relatório, na parte de sistematização. Os grupos poderão fazer na forma de esquema, relacionando os fatores por eles listados.

Material complementar:

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/04/160412_interestelar_np

http://spacetoday.com.br/a-nave-interestelar-que-usa-um-asteroide-para-viajar-pelo-espaco/

https://www.nasa.gov/mission_pages/station/research/experiments/2131.html

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Terra e Universo do 9º ano :

9º ano / Ciências / Terra e Universo

MAIS AULAS DE Ciências do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF09CI16 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Ciências

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano