Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
QPQuestões de Prova

Itens de prova de Matemática, Língua Portuguesa e Ciências para a primeira etapa do Ensino Fundamental.

Língua Portuguesa
5º ano
Fábula; compreensão leitora

Imprimir

Leia o texto abaixo e responda às questões.

 

O CONSELHEIRO

Contam que um certo lavrador possuía um burro que o repouso engordara, e um boi que o trabalho abatera.

Um dia, o boi queixou-se ao burro e perguntou-lhe: “Não terás, ó irmão, algum conselho que me salve desta dura labuta?”

O burro respondeu: “Finge-te de doente e não comas tua ração. Vendo-te assim, nosso amo não te levará para lavrar ocampo e tu descansarás”.

Dizem que o lavrador entendia a linguagem dos animais, e compreendeu o diálogo entre o burro e o boi.

Na manhã seguinte, viu que o boi não comera a sua ração: deixou-o e levou o burro em seu lugar. O burro foi obrigado a puxar o arado o dia todo, e quase morreu de cansaço. E lamentou o conselho que dera ao boi.

Quando voltou à noite perguntou-lhe o boi: “Como vais, querido irmão? “Vou muito bem - respondeu o burro. “Mas ouvi algo que me fez estremecer por tua causa. Ouvi nosso amo dizer: Se o boi continuar doente, deveremos matá-lo para não perdermos sua carne. Minha opinião é que tu comas tua ração e voltes para tua tarefa a fim de evitar tamanho infortúnio.

O boi concordou, e devorou imediatamente toda a sua ração.

O lavrador estava ouvindo, e riu.

CHALLITA, Mansour. As mais belas páginas da literatura árabe.
Petrópolis: Vozes, 1973. p. 281



a) Qual a principal característica do burro nesse texto?

(    ) esperteza       (    ) maldade      (    ) preguiça


b) Após ter dado o primeiro conselho ao boi, o que fez o burro mudar de ideia? Como ele conseguiu se safar da nova situação?

________________________________________________________

________________________________________________________


c)
A palavra  lavrar, no trecho: “não te levará para lavrar o campo”, tem o significado de:

(    ) plantar                    (    ) arar                                (    ) conservar

 

d) A palavra labuta na frase: “não terás, ó irmão, algum conselho que me salve desta dura labuta?” significa:

(    ) vida                (    ) folga                         (    ) trabalho


e)
Para você, qual é o ensinamento dessa fábula?

________________________________________________________

________________________________________________________

Por que perguntar
A ideia é verificar se os alunos reconhecem o gênero textual fábula, sua função sociocomunicativa e suas características.
Por trás da pergunta
Reconhecer o gênero textual fábula, identificando, dessa forma, seu objetivo que é criticar determinados valores da sociedade e transmitir ensinamentos.
O que fazer antes

A utilização das fábulas, como recurso didático, é um instrumento valioso para a formação de atitudes e valores nas crianças, bem como a valorização da construção e reconstrução de conhecimentos, de maneira significativa e prazerosa. O termo fábula vem do Latim fari que significa falar e do Grego phaó, que é o mesmo que contar algo. NELLY COELHO (2000, p.165) caracteriza a fábula como “narrativa (de natureza simbo?lica) de uma situac?a?o vivida por animais que alude a uma situac?a?o humana e tem por objetivo transmitir certa moralidade”. As fa?bulas podem ser consideradas estrate?gias importantes, pois podem fazer com que o aluno tenha maior interesse pela leitura e, consequentemente, pela escrita. Devido a?s caracteri?sticas que lhes sa?o inerentes, sempre que possível, explore o contexto das fa?bulas, observando que muitas foram escritas atrave?s dos tempos. Explore o sentido da moral da história nas fábulas. Os alunos poderão perceber que a mesma moral pode ser usada em mais de uma história e que esta mensagem precisava ser decifrada e compreendida pelo leitor.

Para complementar o trabalho, é interessante explorar o uso dos ditados populares/provérbios no cotidiano. Escreva os ditados populares em fichas móveis ou em um cartaz e questione em que momento e em que situação eles são usados, o que se quer dizer com cada um deles, etc. Deixe o cartaz com os ditados afixado na sala de aula. Outra sugestão é separar essas frases em duas ou três partes, misturar as partes e pedir aos alunos para que montem as frases inteiras, considerando o sentido produzido ao unir as partes.

O que fazer depois

É essencial retomar atividades com textos de gêneros diversos, destacando e comparando as diferentes finalidades: entreter, transmitir valores, discutir questões polêmicas de relevância social, apresentar instruções de montagem, orientar o preparo de um prato, apresentar informações sobre um fato histórico ou anunciar um produto a ser vendido, entre outras. Em especial, com relação às fábulas, proponha que os alunos pesquisem e tragam para a sala de aula textos desse gênero, leiam e analisem os ensinamentos que estão sendo transmitidos e, se for o caso, realizem as representações teatrais a partir de alguns desses textos.

Gabarito

Sugestão de respostas:

a) A esperteza.

b) Não foi bom para o burro ter dado o conselho ao boi porque ele foi obrigado a trabalhar no lugar dele, ficando prejudicado. Então, ele inventou uma história para dar um novo conselho ao boi.

c) Arar.                  

d) Trabalho.

e) Espera-se que os alunos tenham entendido que a mensagem da fábula se aproxima da seguinte frase: “Os tolos são aqueles que se acham os mais espertos”.