16692
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 6º ano > História: tempo, espaço e formas de registros

Plano de aula - História: Formas de registro

Plano de aula de História com atividades para 6º ano do EF sobre História: Formas de registro

Plano 02 de 2 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Aline Maria Lopes Moura

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos . Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06HI02 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Imagens impressas ou projetadas, pincel, quadro, lápis de cor e papel A4.

Material complementar:

Formas de Registro

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/FWhMxfsAmVQXu8Ar2kdSZfH9rd8ARnjjSCxEYJtNz2uuwtWvrtrxvNcq9ZYY/his6-02und02-formas-de-registro.pdf

Formas de registro da história (urna Marajoara e pintura rupestre).

Texto- Os registros.

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HkZTWVRTnpFwH42eVnMQ9QpYw29dukn9EqbBXNJNdTf8tSpy2CDX73XcnAgB/his6-02und02-os-registros.pdf

Pequeno texto que trata das formas de registro e materiais usados.

Emojis

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/FeRDb3rDb4VNyZGVe7CRM4AFPtfhcgApZhVbGXep8tDnTA28c9rc92RMWD3T/his6-02und02-emojis.pdf

Símbolos que representam conceitos ou palavras.

Para você saber mais:

KARNAL, Leandro; TATSCH, Flavia Galli. Documento e História: A memória evanescente. In: PINSKY, Carla Bassanezi; LUCA, Tania Regina de. O historiador e suas fontes. 1.ed. São Paulo: Editora Contexto, 2012.

FERREIRA, Marieta de Moraes; FRANCO, Renato. Aprendendo História: Reflexão e Ensino. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2.ed. 2013.

JUSTAMAND, Michel; MARTINELLI, Suely Amâncio. A arte rupestre em perspectiva histórica: Uma história escrita nas rochas. Disponível em : https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/viewFile/8648451/16261. Acesso 04 de jan de 2019.

LINHARES, Ana Maria Alves. Marajoara “civilizado” identidade nacional brasileira (século XIX). Disponível em: http://www.ufpa.br/historia/Estudos%20Amazonicos/Anna_Linhares.pdf. Acesso 04 de jan de 2019.

SCHAAN, Denise Pahl; MARTINS, Cristiane Pires. (Orgs). Muito além dos campos: Arqueologia e história na Amazônia Marajoara. Disponível em : http://portal.iphan.gov.br/uploads/publicacao/PubDivArq_MuitoAlemCampos_m.pdf. Acesso 03 de jan de 2019.

VIANA, Verônica; BUCO, Cristiane. Arte rupestre. Disponível em : http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/VERBETE%20ARTE%20RUPESTRE%20-%20pronto%20pdf.pdf. Acesso 04 de jan de 2019.

MERLO, Franciele; Konrad, Glaucia Viera Ramos. Documento, História e Memória: A importância da preservação do patrimônio documental para o acesso à informação. Disponível em : http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/viewFile/18705/pdf_43. Acesso 18 de Jan de 2019.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Apresente o tema aos alunos escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso de projetor, apresente o tema em slide e faça uma leitura coletiva. É extremamente importante começar a aula com apresentação do objetivo para que entendam que o foco da aula é compreender as diferentes formas de registro como condição necessária para saber sobre o passado. Seja simples e direto. Evite muitas explicações para não comprometer o protagonismo do aluno nas etapas posteriores.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Organize a sala em trios. Em seguida, entregue cópias das imagens que se referem a diferentes formas de registro. Imagens disponíveis aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/FWhMxfsAmVQXu8Ar2kdSZfH9rd8ARnjjSCxEYJtNz2uuwtWvrtrxvNcq9ZYY/his6-02und02-formas-de-registro.pdf

Não sendo possível reproduzir as imagens, opte por projetá-las ou mesmo os alunos poderão obtê-las no celular ou computador. Links das imagens disponíveis aqui : https://www.europeana.eu/portal/pt/record/08502/Athena_Update_ProvidedCHO_The_Israel_Museum__Jerusalem_464203.html?q=marajoara

(Acesso em 7 de março de 2019)

https://www.europeana.eu/portal/pt/record/2022709/oai_fototeca_mcu_es_fototeca_CONDE_20DE_20POLENTINOS_DCP_B_0141.html?q=pintura+rupestre (Acesso em 7 de março de 2019)

Peça para que observem atentamente as imagens e registrem, no caderno, quais informações seria possível obter sobre os seres humanos que produziram essas fontes históricas. Durante esse momento, caminhe pela sala e auxilie os grupos que solicitarem sua presença. Esclareça dúvidas eventuais, no entanto, tome cuidado para não antecipar respostas.

Espera-se que percebam, com base na arte rupestre, que o povo produtor dessa fonte histórica dominava a caça de animais de pequeno e grande porte. É provável que alguns alunos citem o uso do arco e flecha. No que se refere a urna funerária Marajoara, o povo que a produziu dominava a técnica de elaborar objetos de cerâmica e provavelmente tinha artesãos especializados, o que pode ser evidenciado a partir da riqueza de detalhes da urna. Por ser urna funerária, os alunos chegaram à conclusão que era utilizada para guardar restos mortais.

Caso eles não ressaltem esses aspectos, direcione-os realizando perguntas, tais como:

  • Que cena está sendo retratada na arte rupestre?
  • Você conseguiria construir essa urna? Quem você acha que a produziu? O que era colocado nela?

Após as indagações retome a pergunta inicial. A intenção desta atividade é oferecer um contexto para que possam compreender que a partir de diferentes registros dos seres humanos é possível obter informações sobre eles.

Como adequar à sua realidade: É possível escolher fontes históricas de povos específicos de sua região. A visita em parques arqueológicos ou museus é uma ótima opção para obter informações de um determinado povo devido à variedade de fontes.

Para você saber mais:

FERREIRA, Marieta de Moraes; FRANCO, Renato. Aprendendo História: Reflexão e Ensino. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2.ed. 2013.

JUSTAMAND, Michel; MARTINELLI, Suely Amâncio. A arte rupestre em perspectiva histórica: Uma história escrita nas rochas. Disponível em : https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/viewFile/8648451/16261. Acesso 04 de jan de 2019.

LINHARES, Ana Maria Alves. Marajoara “civilizado” identidade nacional brasileira (século XIX). Disponível em : http://www.ufpa.br/historia/Estudos%20Amazonicos/Anna_Linhares.pdf. Acesso 04 de jan de 2019.

SCHAAN, Denise Pahl; MARTINS, Cristiane Pires. (Orgs). Muito além dos campos: Arqueologia e história na Amazônia Marajoara. Disponível em : http://portal.iphan.gov.br/uploads/publicacao/PubDivArq_MuitoAlemCampos_m.pdf. Acesso 03 de jan de 2019.

VIANA, Verônica; BUCO, Cristiane. Arte rupestre. Disponível em : http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/VERBETE%20ARTE%20RUPESTRE%20-%20pronto%20pdf.pdf. Acesso 04 de jan de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 17 minutos

Orientações: Os trios devem permanecer. Apresente o texto para a classe, ele pode estar impresso ou projetado. Se preferir, selecione um aluno para que leia o texto a seguir em voz alta:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HkZTWVRTnpFwH42eVnMQ9QpYw29dukn9EqbBXNJNdTf8tSpy2CDX73XcnAgB/his6-02und02-os-registros.pdf

Após a leitura os alunos deverão responder o questionamento proposto. Deixe que discutam as respostas. Depois, caminhe pela sala e auxilie os trios que solicitarem sua presença. Esclareça dúvidas eventuais, no entanto, tome cuidado para não antecipar respostas.

  • Qual a importância dos documentos?
  • Antes da escrita, como os seres humanos faziam para registrar o seu dia a dia?
  • Qual a importância da escrita para você?
  • Se você não soubesse escrever, como faria para registrar informações importantes? E quais tipos de materiais poderiam ser usados para o registro delas caso não existisse a folha de papel.

Solicite aos estudantes que registrem as respostas em seus cadernos.

A expectativa é que cheguem à conclusão que os documentos são importantes para obter informações sobre uma sociedade. Atenção, é muito importante oferecer ao aluno o conceito de documento na perspectiva histórica. Desta forma, pode ser apresentado no final do texto como suporte interpretativo. Você pode escrever, projetar ou simplesmente fazer a leitura.

Na segunda pergunta, eles devem responder que os seres humanos registravam suas rotinas com desenhos e símbolos. Na terceira, provavelmente, responderão que a escrita é importante para se comunicar, registrar o que aprendeu e o que não podem esquecer. Na última, possivelmente, citarão desenhos, símbolos ou mesmo músicas, versos rimados etc. Quanto aos materiais, é provável que recorram à lista oferecida no próprio texto: pedra, tabletes de argila, tabuinhas de madeira etc.

Caso os alunos não respondam corretamente, peça para que leiam atentamente o texto e pergunte se seria possível saber algo sobre uma sociedade que não realizou nenhum tipo de registro, nem mesmo na memória em forma música, contos, cantigas e etc.

Ao final, selecione 4 representantes dos trios. O primeiro irá expor a importância dos documentos. O segundo explicará como os seres humanos faziam para registrar suas rotinas antes da escrita. O terceiro irá expor a opinião pessoal sobre a importância da escrita. O último apresentará a maneira como faria para registrar uma informação sem fazer uso da escrita e do papel. Sobre este aspecto, pergunte para a classe se alguém teve uma resposta diferente, ouça-a.

Para você saber mais: Documento não é apenas o escrito ou aquele produzido pelos órgãos governamentais, mas sim tudo que pode trazer algum tipo de informação sobre os seres humanos. Podeo ser uma pintura rupestre ou mesmo uma fotografia.

KARNAL, Leandro; TATSCH, Flavia Galli. Documento e História: A memória evanescente. In: PINSKY, Carla Bassanezi; LUCA, Tania Regina de. O historiador e suas fontes. 1.ed. São Paulo: Editora Contexto, 2012.

FERREIRA, Marieta de Moraes; FRANCO, Renato. Aprendendo História: Reflexão e Ensino. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2.ed. 2013.

MERLO, Franciele; Konrad, Glaucia Vieira Ramos. Documento, História e Memória: A importância da preservação do patrimônio documental para o acesso à informação. Disponível em : http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/viewFile/18705/pdf_43. Acesso 18 de Jan de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 17 minutos

Orientações: Os trios devem permanecer. Apresente o texto para a classe, ele pode estar impresso ou projetado. Se preferir, selecione um aluno para que leia o texto a seguir em voz alta:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HkZTWVRTnpFwH42eVnMQ9QpYw29dukn9EqbBXNJNdTf8tSpy2CDX73XcnAgB/his6-02und02-os-registros.pdf

Após a leitura os alunos deverão responder o questionamento proposto. Deixe que discutam as respostas. Depois, caminhe pela sala e auxilie os trios que solicitarem sua presença. Esclareça dúvidas eventuais, no entanto, tome cuidado para não antecipar respostas.

  • Qual a importância dos documentos?
  • Antes da escrita, como os seres humanos faziam para registrar o seu dia a dia?
  • Qual a importância da escrita para você?
  • Se você não soubesse escrever, como faria para registrar informações importantes? E quais tipos de materiais poderiam ser usados para o registro delas caso não existisse a folha de papel.

Solicite aos estudantes que registrem as respostas em seus cadernos.

A expectativa é que cheguem à conclusão que os documentos são importantes para obter informações sobre uma sociedade. Atenção, é muito importante oferecer ao aluno o conceito de documento na perspectiva histórica. Desta forma, pode ser apresentado no final do texto como suporte interpretativo. Você pode escrever, projetar ou simplesmente fazer a leitura.

Na segunda pergunta, eles devem responder que os seres humanos registravam suas rotinas com desenhos e símbolos. Na terceira, provavelmente, responderão que a escrita é importante para se comunicar, registrar o que aprendeu e o que não podem esquecer. Na última, possivelmente, citarão desenhos, símbolos ou mesmo músicas, versos rimados etc. Quanto aos materiais, é provável que recorram à lista oferecida no próprio texto: pedra, tabletes de argila, tabuinhas de madeira etc.

Caso os alunos não respondam corretamente, peça para que leiam atentamente o texto e pergunte seria possível saber algo sobre uma sociedade que não realizou nenhum tipo de registro, nem mesmo na memória em forma música, contos, cantigas e etc.

Ao final, selecione 4 representantes dos trios. O primeiro irá expor a importância dos documentos. O segundo explicará como os seres humanos faziam para registrar suas rotinas antes da escrita. O terceiro irá expor a opinião pessoal sobre a importância da escrita. O último apresentará a maneira como faria para registrar uma informação sem fazer uso da escrita e do papel. Sobre este aspecto, pergunte para a classe se alguém teve uma resposta diferente, ouça-a.

Para você saber mais: Documento não é apenas o escrito ou aquele produzido pelos órgãos governamentais, mas sim tudo que pode trazer algum tipo de informação sobre os seres humanos. Podendo ser uma pintura rupestre ou mesmo uma fotografia.

KARNAL, Leandro; TATSCH, Flavia Galli. Documento e História: A memória evanescente. In: PINSKY, Carla Bassanezi; LUCA, Tania Regina de. O historiador e suas fontes. 1.ed. São Paulo: Editora Contexto, 2012.

FERREIRA, Marieta de Moraes; FRANCO, Renato. Aprendendo História: Reflexão e Ensino. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2.ed. 2013.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Lance um desafio para os trios. Eles deverão escrever, no caderno, uma frase valendo-se somente de símbolos. Se eles desejarem poderão inventá-los. Projete ou escreva no quadro o seguinte desafio:

“ Cuidado, nosso inimigo atacará no final do dia”

Em uma situação hipotética em que você fosse um espião e tivesse que enviar essa informação para seus aliados e, no entanto, não pudesse escrevê-la em nenhum idioma, como você faria?

Deixe que os alunos pensem nas possibilidades de registro. Durante esse momento, caminhe pela sala e auxilie os grupos que solicitarem sua presença. Talvez alguns alunos não consigam elaborar formas de registrar a mensagem sem valer-se da escrita, ofereça como sugestão o uso de emoji - ideogramas comuns em diversos aplicativos.

Chame a atenção a atenção dos alunos para o fato de que há outras formas de registro de informações além da escrita, e portanto os documentos históricos não se restringem apenas aos documentos escritos.

Sugestões de emojis disponíveis no próximo slide e aqui : https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/FeRDb3rDb4VNyZGVe7CRM4AFPtfhcgApZhVbGXep8tDnTA28c9rc92RMWD3T/his6-02und02-emojis.pdf

Se preferir, os alunos poderão elaborar a mensagem em uma folha A4. Também poderão colorir os símbolos.

Ao término, representantes dos trios devem apresentar seus registros e significados para a turma.

Assim, os alunos compreenderão que diversas formas de registros foram e podem ser elaboradas pelos seres humanos e que não necessariamente precisam ser escritas para conter informações.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Lance um desafio para os trios. Eles deverão escrever, no caderno, uma frase valendo-se somente de símbolos. Se eles desejarem poderão inventá-los. Projete ou escreva no quadro o seguinte desafio:

“ Cuidado, nosso inimigo atacará no final do dia”

Em uma situação hipotética em que você fosse um espião e tivesse que enviar essa informação para seus aliados e, no entanto, não pudesse escrevê-la em nenhum idioma, como você faria?

Deixe que os alunos pensem nas possibilidades de registro. Durante esse momento, caminhe pela sala e auxilie os grupos que solicitarem sua presença. Talvez alguns alunos não consigam elaborar formas de registrar a mensagem sem valer-se da escrita, ofereça como sugestão o uso de emoji - ideogramas comuns em diversos aplicativos.

Chame a atenção a atenção dos alunos para o fato de que há outras formas de registro de informações além da escrita, e portanto os documentos históricos não se restringem apenas aos documentos escritos.

Sugestões de emojis disponíveis no próximo slide e aqui : https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/FeRDb3rDb4VNyZGVe7CRM4AFPtfhcgApZhVbGXep8tDnTA28c9rc92RMWD3T/his6-02und02-emojis.pdf

Se preferir, os alunos poderão elaborar a mensagem em uma folha A4. Também poderão colorir os símbolos.

Ao término, representantes dos trios devem apresentar seus registros e significados para a turma.

Assim, os alunos compreenderão que diversas formas de registros foram e podem ser elaboradas pelos seres humanos e que não necessariamente precisam ser escritas para conter informações.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos . Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06HI02 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Imagens impressas ou projetadas, pincel, quadro, lápis de cor e papel A4.

Material complementar:

Formas de Registro

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/FWhMxfsAmVQXu8Ar2kdSZfH9rd8ARnjjSCxEYJtNz2uuwtWvrtrxvNcq9ZYY/his6-02und02-formas-de-registro.pdf

Formas de registro da história (urna Marajoara e pintura rupestre).

Texto- Os registros.

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HkZTWVRTnpFwH42eVnMQ9QpYw29dukn9EqbBXNJNdTf8tSpy2CDX73XcnAgB/his6-02und02-os-registros.pdf

Pequeno texto que trata das formas de registro e materiais usados.

Emojis

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/FeRDb3rDb4VNyZGVe7CRM4AFPtfhcgApZhVbGXep8tDnTA28c9rc92RMWD3T/his6-02und02-emojis.pdf

Símbolos que representam conceitos ou palavras.

Para você saber mais:

KARNAL, Leandro; TATSCH, Flavia Galli. Documento e História: A memória evanescente. In: PINSKY, Carla Bassanezi; LUCA, Tania Regina de. O historiador e suas fontes. 1.ed. São Paulo: Editora Contexto, 2012.

FERREIRA, Marieta de Moraes; FRANCO, Renato. Aprendendo História: Reflexão e Ensino. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2.ed. 2013.

JUSTAMAND, Michel; MARTINELLI, Suely Amâncio. A arte rupestre em perspectiva histórica: Uma história escrita nas rochas. Disponível em : https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/viewFile/8648451/16261. Acesso 04 de jan de 2019.

LINHARES, Ana Maria Alves. Marajoara “civilizado” identidade nacional brasileira (século XIX). Disponível em: http://www.ufpa.br/historia/Estudos%20Amazonicos/Anna_Linhares.pdf. Acesso 04 de jan de 2019.

SCHAAN, Denise Pahl; MARTINS, Cristiane Pires. (Orgs). Muito além dos campos: Arqueologia e história na Amazônia Marajoara. Disponível em : http://portal.iphan.gov.br/uploads/publicacao/PubDivArq_MuitoAlemCampos_m.pdf. Acesso 03 de jan de 2019.

VIANA, Verônica; BUCO, Cristiane. Arte rupestre. Disponível em : http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/VERBETE%20ARTE%20RUPESTRE%20-%20pronto%20pdf.pdf. Acesso 04 de jan de 2019.

MERLO, Franciele; Konrad, Glaucia Viera Ramos. Documento, História e Memória: A importância da preservação do patrimônio documental para o acesso à informação. Disponível em : http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/viewFile/18705/pdf_43. Acesso 18 de Jan de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Apresente o tema aos alunos escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso de projetor, apresente o tema em slide e faça uma leitura coletiva. É extremamente importante começar a aula com apresentação do objetivo para que entendam que o foco da aula é compreender as diferentes formas de registro como condição necessária para saber sobre o passado. Seja simples e direto. Evite muitas explicações para não comprometer o protagonismo do aluno nas etapas posteriores.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Organize a sala em trios. Em seguida, entregue cópias das imagens que se referem a diferentes formas de registro. Imagens disponíveis aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/FWhMxfsAmVQXu8Ar2kdSZfH9rd8ARnjjSCxEYJtNz2uuwtWvrtrxvNcq9ZYY/his6-02und02-formas-de-registro.pdf

Não sendo possível reproduzir as imagens, opte por projetá-las ou mesmo os alunos poderão obtê-las no celular ou computador. Links das imagens disponíveis aqui : https://www.europeana.eu/portal/pt/record/08502/Athena_Update_ProvidedCHO_The_Israel_Museum__Jerusalem_464203.html?q=marajoara

(Acesso em 7 de março de 2019)

https://www.europeana.eu/portal/pt/record/2022709/oai_fototeca_mcu_es_fototeca_CONDE_20DE_20POLENTINOS_DCP_B_0141.html?q=pintura+rupestre (Acesso em 7 de março de 2019)

Peça para que observem atentamente as imagens e registrem, no caderno, quais informações seria possível obter sobre os seres humanos que produziram essas fontes históricas. Durante esse momento, caminhe pela sala e auxilie os grupos que solicitarem sua presença. Esclareça dúvidas eventuais, no entanto, tome cuidado para não antecipar respostas.

Espera-se que percebam, com base na arte rupestre, que o povo produtor dessa fonte histórica dominava a caça de animais de pequeno e grande porte. É provável que alguns alunos citem o uso do arco e flecha. No que se refere a urna funerária Marajoara, o povo que a produziu dominava a técnica de elaborar objetos de cerâmica e provavelmente tinha artesãos especializados, o que pode ser evidenciado a partir da riqueza de detalhes da urna. Por ser urna funerária, os alunos chegaram à conclusão que era utilizada para guardar restos mortais.

Caso eles não ressaltem esses aspectos, direcione-os realizando perguntas, tais como:

  • Que cena está sendo retratada na arte rupestre?
  • Você conseguiria construir essa urna? Quem você acha que a produziu? O que era colocado nela?

Após as indagações retome a pergunta inicial. A intenção desta atividade é oferecer um contexto para que possam compreender que a partir de diferentes registros dos seres humanos é possível obter informações sobre eles.

Como adequar à sua realidade: É possível escolher fontes históricas de povos específicos de sua região. A visita em parques arqueológicos ou museus é uma ótima opção para obter informações de um determinado povo devido à variedade de fontes.

Para você saber mais:

FERREIRA, Marieta de Moraes; FRANCO, Renato. Aprendendo História: Reflexão e Ensino. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2.ed. 2013.

JUSTAMAND, Michel; MARTINELLI, Suely Amâncio. A arte rupestre em perspectiva histórica: Uma história escrita nas rochas. Disponível em : https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/viewFile/8648451/16261. Acesso 04 de jan de 2019.

LINHARES, Ana Maria Alves. Marajoara “civilizado” identidade nacional brasileira (século XIX). Disponível em : http://www.ufpa.br/historia/Estudos%20Amazonicos/Anna_Linhares.pdf. Acesso 04 de jan de 2019.

SCHAAN, Denise Pahl; MARTINS, Cristiane Pires. (Orgs). Muito além dos campos: Arqueologia e história na Amazônia Marajoara. Disponível em : http://portal.iphan.gov.br/uploads/publicacao/PubDivArq_MuitoAlemCampos_m.pdf. Acesso 03 de jan de 2019.

VIANA, Verônica; BUCO, Cristiane. Arte rupestre. Disponível em : http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/VERBETE%20ARTE%20RUPESTRE%20-%20pronto%20pdf.pdf. Acesso 04 de jan de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 17 minutos

Orientações: Os trios devem permanecer. Apresente o texto para a classe, ele pode estar impresso ou projetado. Se preferir, selecione um aluno para que leia o texto a seguir em voz alta:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HkZTWVRTnpFwH42eVnMQ9QpYw29dukn9EqbBXNJNdTf8tSpy2CDX73XcnAgB/his6-02und02-os-registros.pdf

Após a leitura os alunos deverão responder o questionamento proposto. Deixe que discutam as respostas. Depois, caminhe pela sala e auxilie os trios que solicitarem sua presença. Esclareça dúvidas eventuais, no entanto, tome cuidado para não antecipar respostas.

  • Qual a importância dos documentos?
  • Antes da escrita, como os seres humanos faziam para registrar o seu dia a dia?
  • Qual a importância da escrita para você?
  • Se você não soubesse escrever, como faria para registrar informações importantes? E quais tipos de materiais poderiam ser usados para o registro delas caso não existisse a folha de papel.

Solicite aos estudantes que registrem as respostas em seus cadernos.

A expectativa é que cheguem à conclusão que os documentos são importantes para obter informações sobre uma sociedade. Atenção, é muito importante oferecer ao aluno o conceito de documento na perspectiva histórica. Desta forma, pode ser apresentado no final do texto como suporte interpretativo. Você pode escrever, projetar ou simplesmente fazer a leitura.

Na segunda pergunta, eles devem responder que os seres humanos registravam suas rotinas com desenhos e símbolos. Na terceira, provavelmente, responderão que a escrita é importante para se comunicar, registrar o que aprendeu e o que não podem esquecer. Na última, possivelmente, citarão desenhos, símbolos ou mesmo músicas, versos rimados etc. Quanto aos materiais, é provável que recorram à lista oferecida no próprio texto: pedra, tabletes de argila, tabuinhas de madeira etc.

Caso os alunos não respondam corretamente, peça para que leiam atentamente o texto e pergunte se seria possível saber algo sobre uma sociedade que não realizou nenhum tipo de registro, nem mesmo na memória em forma música, contos, cantigas e etc.

Ao final, selecione 4 representantes dos trios. O primeiro irá expor a importância dos documentos. O segundo explicará como os seres humanos faziam para registrar suas rotinas antes da escrita. O terceiro irá expor a opinião pessoal sobre a importância da escrita. O último apresentará a maneira como faria para registrar uma informação sem fazer uso da escrita e do papel. Sobre este aspecto, pergunte para a classe se alguém teve uma resposta diferente, ouça-a.

Para você saber mais: Documento não é apenas o escrito ou aquele produzido pelos órgãos governamentais, mas sim tudo que pode trazer algum tipo de informação sobre os seres humanos. Podeo ser uma pintura rupestre ou mesmo uma fotografia.

KARNAL, Leandro; TATSCH, Flavia Galli. Documento e História: A memória evanescente. In: PINSKY, Carla Bassanezi; LUCA, Tania Regina de. O historiador e suas fontes. 1.ed. São Paulo: Editora Contexto, 2012.

FERREIRA, Marieta de Moraes; FRANCO, Renato. Aprendendo História: Reflexão e Ensino. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2.ed. 2013.

MERLO, Franciele; Konrad, Glaucia Vieira Ramos. Documento, História e Memória: A importância da preservação do patrimônio documental para o acesso à informação. Disponível em : http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/viewFile/18705/pdf_43. Acesso 18 de Jan de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 17 minutos

Orientações: Os trios devem permanecer. Apresente o texto para a classe, ele pode estar impresso ou projetado. Se preferir, selecione um aluno para que leia o texto a seguir em voz alta:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HkZTWVRTnpFwH42eVnMQ9QpYw29dukn9EqbBXNJNdTf8tSpy2CDX73XcnAgB/his6-02und02-os-registros.pdf

Após a leitura os alunos deverão responder o questionamento proposto. Deixe que discutam as respostas. Depois, caminhe pela sala e auxilie os trios que solicitarem sua presença. Esclareça dúvidas eventuais, no entanto, tome cuidado para não antecipar respostas.

  • Qual a importância dos documentos?
  • Antes da escrita, como os seres humanos faziam para registrar o seu dia a dia?
  • Qual a importância da escrita para você?
  • Se você não soubesse escrever, como faria para registrar informações importantes? E quais tipos de materiais poderiam ser usados para o registro delas caso não existisse a folha de papel.

Solicite aos estudantes que registrem as respostas em seus cadernos.

A expectativa é que cheguem à conclusão que os documentos são importantes para obter informações sobre uma sociedade. Atenção, é muito importante oferecer ao aluno o conceito de documento na perspectiva histórica. Desta forma, pode ser apresentado no final do texto como suporte interpretativo. Você pode escrever, projetar ou simplesmente fazer a leitura.

Na segunda pergunta, eles devem responder que os seres humanos registravam suas rotinas com desenhos e símbolos. Na terceira, provavelmente, responderão que a escrita é importante para se comunicar, registrar o que aprendeu e o que não podem esquecer. Na última, possivelmente, citarão desenhos, símbolos ou mesmo músicas, versos rimados etc. Quanto aos materiais, é provável que recorram à lista oferecida no próprio texto: pedra, tabletes de argila, tabuinhas de madeira etc.

Caso os alunos não respondam corretamente, peça para que leiam atentamente o texto e pergunte seria possível saber algo sobre uma sociedade que não realizou nenhum tipo de registro, nem mesmo na memória em forma música, contos, cantigas e etc.

Ao final, selecione 4 representantes dos trios. O primeiro irá expor a importância dos documentos. O segundo explicará como os seres humanos faziam para registrar suas rotinas antes da escrita. O terceiro irá expor a opinião pessoal sobre a importância da escrita. O último apresentará a maneira como faria para registrar uma informação sem fazer uso da escrita e do papel. Sobre este aspecto, pergunte para a classe se alguém teve uma resposta diferente, ouça-a.

Para você saber mais: Documento não é apenas o escrito ou aquele produzido pelos órgãos governamentais, mas sim tudo que pode trazer algum tipo de informação sobre os seres humanos. Podendo ser uma pintura rupestre ou mesmo uma fotografia.

KARNAL, Leandro; TATSCH, Flavia Galli. Documento e História: A memória evanescente. In: PINSKY, Carla Bassanezi; LUCA, Tania Regina de. O historiador e suas fontes. 1.ed. São Paulo: Editora Contexto, 2012.

FERREIRA, Marieta de Moraes; FRANCO, Renato. Aprendendo História: Reflexão e Ensino. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2.ed. 2013.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Lance um desafio para os trios. Eles deverão escrever, no caderno, uma frase valendo-se somente de símbolos. Se eles desejarem poderão inventá-los. Projete ou escreva no quadro o seguinte desafio:

“ Cuidado, nosso inimigo atacará no final do dia”

Em uma situação hipotética em que você fosse um espião e tivesse que enviar essa informação para seus aliados e, no entanto, não pudesse escrevê-la em nenhum idioma, como você faria?

Deixe que os alunos pensem nas possibilidades de registro. Durante esse momento, caminhe pela sala e auxilie os grupos que solicitarem sua presença. Talvez alguns alunos não consigam elaborar formas de registrar a mensagem sem valer-se da escrita, ofereça como sugestão o uso de emoji - ideogramas comuns em diversos aplicativos.

Chame a atenção a atenção dos alunos para o fato de que há outras formas de registro de informações além da escrita, e portanto os documentos históricos não se restringem apenas aos documentos escritos.

Sugestões de emojis disponíveis no próximo slide e aqui : https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/FeRDb3rDb4VNyZGVe7CRM4AFPtfhcgApZhVbGXep8tDnTA28c9rc92RMWD3T/his6-02und02-emojis.pdf

Se preferir, os alunos poderão elaborar a mensagem em uma folha A4. Também poderão colorir os símbolos.

Ao término, representantes dos trios devem apresentar seus registros e significados para a turma.

Assim, os alunos compreenderão que diversas formas de registros foram e podem ser elaboradas pelos seres humanos e que não necessariamente precisam ser escritas para conter informações.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Lance um desafio para os trios. Eles deverão escrever, no caderno, uma frase valendo-se somente de símbolos. Se eles desejarem poderão inventá-los. Projete ou escreva no quadro o seguinte desafio:

“ Cuidado, nosso inimigo atacará no final do dia”

Em uma situação hipotética em que você fosse um espião e tivesse que enviar essa informação para seus aliados e, no entanto, não pudesse escrevê-la em nenhum idioma, como você faria?

Deixe que os alunos pensem nas possibilidades de registro. Durante esse momento, caminhe pela sala e auxilie os grupos que solicitarem sua presença. Talvez alguns alunos não consigam elaborar formas de registrar a mensagem sem valer-se da escrita, ofereça como sugestão o uso de emoji - ideogramas comuns em diversos aplicativos.

Chame a atenção a atenção dos alunos para o fato de que há outras formas de registro de informações além da escrita, e portanto os documentos históricos não se restringem apenas aos documentos escritos.

Sugestões de emojis disponíveis no próximo slide e aqui : https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/FeRDb3rDb4VNyZGVe7CRM4AFPtfhcgApZhVbGXep8tDnTA28c9rc92RMWD3T/his6-02und02-emojis.pdf

Se preferir, os alunos poderão elaborar a mensagem em uma folha A4. Também poderão colorir os símbolos.

Ao término, representantes dos trios devem apresentar seus registros e significados para a turma.

Assim, os alunos compreenderão que diversas formas de registros foram e podem ser elaboradas pelos seres humanos e que não necessariamente precisam ser escritas para conter informações.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE História: tempo, espaço e formas de registros do 6º ano :

6º ano / História / História: tempo, espaço e formas de registros

MAIS AULAS DE História do 6º ano:

6º ano / História / História: tempo, espaço e formas de registros

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06HI02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano