15090
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Leitura/Escuta

Plano de aula - Minisseminários

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do Ensino Fundamental sobre a prática da oralidade.

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Pena

Este plano de aula foi produzido pelo Time de Autores NOVA ESCOLA
Professor-autor: Ana Pena
Mentor: Ariane Paz
Especialista: Isabel Fernandes

Título da aula: Minisseminários

Ano: 9º ano do Ensino Fundamental

Periodicidade:Mensal

Prática de linguagem priorizada: Oralidade

Dinâmica: Com vistas à prática da oralidade, os alunos vão organizar a apresentação do minisseminário, nas seguintes etapas:

1. Sensibilização sobre o que é um minisseminário e como ele é organizado.

2. Escolha do tema

3. Pesquisa de dados e informações que sustentam o tema.

4. Planejamento da apresentação.

5. Apresentação.

6. Avaliação da apresentação.

Habilidade da BNCC: EF69LP35; EF69LP43; EF69LP38; EF69LP40; EF69LP41.

Sobre esta aula: Esta é uma proposta de atividade permanente para trabalhar minisseminários. O campo de atuação priorizado nessa atividade é o das práticas de estudo e pesquisa, marcado pela linha investigativa, utilizando gêneros textuais do campo investigativo – artigos de divulgação científica, verbetes impressos e digitais, seminários, apresentação oral - não o tema em si. Opta-se, aqui, pela estrutura dos textos expositivos - sequência, descrição, contraste, enumeração, causa-efeito, solução de problemas. Estabelece-se, ainda, como uma progressão dos minisseminários, a abertura para fundamentar: o aluno não precisa se ater a uma forma pré-estabelecida, pode se valer dos recursos que deem melhor sustentabilidade no contexto. Prima-se, também, pelo cuidado de apresentar as fontes de pesquisa como um desses recursos de fundamentação.

 

Justificativa: A prática de ensino pautada em gêneros orais é uma realidade distante dos ambientes escolares e é preciso pensá-la como práticas que requerem estudos e pesquisas; enfim, preparação, aproximando as aulas das práticas sociais vigentes. Nesse contexto, busca-se promover uma base alfabetizadora científica, com ações visando a autonomia do estudante, por meio da pesquisa, produção e participação coletiva, vivenciando situações comunicativas, com inserção no campo investigativo. Apesar do foco, no minisseminário, estar sobre o gênero oral e de se estruturar a interação entre expositor e audiência, considera-se a necessidade de consolidação de aspectos discursivos, linguísticos e semióticos que envolvem o planejamento da apresentação oral que se baseia em um texto escrito, curadoria reflexiva e crítica de informações; a organização de slides como apoio à apresentação, a adequação em relação à audiência quanto ao uso da linguagem e recursos gestuais e cinésicos. Além disso, deve-se considerar projetos interdisciplinares. No ciclo entre o 8º e o 9º anos, o minisseminário tem como objetivo consolidar a autonomia dos estudantes sobre as características e estruturas do gênero oral, permeado pelo gênero investigativo, com ênfase nas estruturas textuais expositivas.

 

Materiais necessários: Cartolina, pincéis, papéis coloridos, uso de computadores conectados à internet.

 

Dificuldades antecipadas:

  • Timidez ou vergonha para apresentar em público.
  • Trabalho em grupo, com envolvimento de todos os participantes.
  • Fortalecer as vozes sociais (grupos, instituições, pessoas), no uso do discurso reportado.
  • O estudante ter pouco conhecimento prévio acerca do tema tratado.
  • Buscar informações sobre o tema em fontes confiáveis.
  • Adequar a linguagem para uma apresentação oral, inserindo modalizadores linguísticos apropriados.

 

Referências sobre o assunto:

Características do raciocínio lógico - Extensivo Redação / Descomplica. 2013. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=s7CAX9X5bh0>. Acesso em: Out. 2018.

Como apresentar um seminário. 2016. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=BtLrAxvQhU0>. Acesso em: Out. 2018.

COSTA, Teresa Alexandra Mendes. O texto expositivo num manual escolar de estudo do meio. Disponível em: <https://repositorio.ipl.pt/bitstream/10400.21/1301/1/O%20texto%20expositivo%20num%20manual%20escolar%20de%20estudo%20do%20meio.pdf> Acesso: em Nov. 2018.

DONDIS, Donis A. Sintaxe da Linguagem Visual. São Paulo: Martins Fontes, 2003. Disponível em: <http://www3.uma.pt/dmfe/DONDIS_Sintaxe_da_Linguagem_Visual.pdf>. Acesso em: Jul. 2018

FIORIN, José Luiz. Elementos de Análise do Discurso. São Paulo: Contexto, 2008.

GONZAGA, Elen de Souza. Seleção e avaliação de argumentos. In: CORRÊA, Vilma Reche; GARCEZ, Lucília Helena do Carmo. Textos dissertativo-argumentativos: subsídios para qualificação de avaliadores. Brasília: INEP, 2017. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/documents/186968/484421/TEXTOS+DISSERTATIVO+ARGUMENTATIVOS/7809ef0d-5a4a-4c24-9a03-9db15e0bdacf?version=1.0>. Acesso: em Jul. 2018.

KOCH, Ingedore Villaça; TRAVAGLIA, Luiz Carlos. A coerência Textual. São Paulo: Contexto: 2004.

Recursos argumentativos. Globo.com.Disponível em: <http://educacao.globo.com/portugues/assunto/texto-argumentativo/recursos-argumentativos.html>. Acesso em Out. 2018.


Código: LPO9_02ATP01

(EF69LP43) Identificar e utilizar os modos de introdução de outras vozes no texto – citação literal e sua formatação e paráfrase –, as pistas linguísticas responsáveis por introduzir no texto a posição do autor e dos outros autores citados (“Segundo X; De acordo com Y; De minha/nossa parte, penso/amos que”...) e os elementos de normatização (tais como as regras de inclusão e formatação de citações e paráfrases, de organização de referências bibliográficas) em textos científicos, desenvolvendo reflexão sobre o modo como a intertextualidade e a retextualização ocorrem nesses textos.

(EF69LP35) Planejar textos de divulgação científica, a partir da elaboração de esquema que considere as pesquisas feitas anteriormente, de notas e sínteses de leituras ou de registros de experimentos ou de estudo de campo, produzir, revisar e editar textos voltados para a divulgação do conhecimento e de dados e resultados de pesquisas, tais como artigo de divulgação científica, artigo de opinião, reportagem científica, verbete de enciclopédia, verbete de enciclopédia digital colaborativa , infográfico, relatório, relato de experimento científico, relato (multimidiático) de campo, tendo em vista seus contextos de produção, que podem envolver a disponibilização de informações e conhecimentos em circulação em um formato mais acessível para um público específico ou a divulgação de conhecimentos advindos de pesquisas bibliográficas, experimentos científicos e estudos de campo realizados.

(EF69LP38) Organizar os dados e informações pesquisados em painéis ou slides de apresentação, levando em conta o contexto de produção, o tempo disponível, as características do gênero apresentação oral, a multissemiose, as mídias e tecnologias que serão utilizadas, ensaiar a apresentação, considerando também elementos paralinguísticos e cinésicos e proceder à exposição oral de resultados de estudos e pesquisas, no tempo determinado, a partir do planejamento e da definição de diferentes formas de uso da fala – memorizada, com apoio da leitura ou fala espontânea.

(EF69LP40) Analisar, em gravações de seminários, conferências rápidas, trechos de palestras, dentre outros, a construção composicional dos gêneros de apresentação – abertura/saudação, introdução ao tema, apresentação do plano de exposição, desenvolvimento dos conteúdos, por meio do encadeamento de temas e subtemas (coesão temática), síntese final e/ou conclusão, encerramento –, os elementos paralinguísticos (tais como: tom e volume da voz, pausas e hesitações – que, em geral, devem ser minimizadas –, modulação de voz e entonação, ritmo, respiração etc.) e cinésicos (tais como: postura corporal, movimentos e gestualidade significativa, expressão facial, contato de olho com plateia, modulação de voz e entonação, sincronia da fala com ferramenta de apoio etc.), para melhor performar apresentações orais no campo da divulgação do conhecimento.

(EF69LP41) Usar adequadamente ferramentas de apoio a apresentações orais, escolhendo e usando tipos e tamanhos de fontes que permitam boa visualização, topicalizando e/ou organizando o conteúdo em itens, inserindo de forma adequada imagens, gráficos, tabelas, formas e elementos gráficos, dimensionando a quantidade de texto (e imagem) por slide, usando progressivamente e de forma harmônica recursos mais sofisticados como efeitos de transição, slides mestres, layouts personalizados etc.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 9º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas