10529
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Cálculos convencionais para a operação da adição

Plano de aula de Matemática com atividades para 3ºano do Fundamental sobre Algoritmo da adição.

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Bruna Albieri Cruz da Silva

ESTE É UM CONTEÚDO PARA O SAEB Ver Mais >
 

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autora: Bruna Albieri Cruz da Silva

Mentora: Eliane Zanin

Especialista de área: Luciana Maria Tenuta de Freitas

Habilidade da BNCC

(EF03MA05) Desenvolvimento de estratégias pessoais e convencionais de cálculo envolvendo adição, subtração e multiplicação (usando propriedades do sistema de numeração).

Conhecimentos prévios que a turma deve dominar

  • Reconhecer as propriedades do sistema de numeração decimal.
  • Reconhecer os numerais e quantidades.
  • Possuir noções a respeito do conceito de adição.

Objetivos específicos

Realizar cálculos de adição utilizando o algoritmo convencional

Conceito-chave

Algoritmo da adição.

Recursos necessários

  • Lápis.
  • Papel.
  • Atividades impressas.
  • Ábaco e argolas coloridas (opcional).


Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou leia o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.

Retomada select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientações: Retome com os alunos como representar as propriedades do sistema de numeração decimal em um ábaco. O que representam as hastes e as argolinhas, assim como o valor posicional dos numerais.

Propósito: Recordar com os alunos as propriedades do sistema de numeração decimal e as representações de um ábaco.

Discuta com a turma:

  • Vocês já viram um ábaco como esse?
  • O que representam estas hastes?
  • Para o que vocês pensam que ele serve?
  • Como representar numerais com o ábaco?

Atividade principal (slides de 4 a 7) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Introduza a atividade e peça para que os alunos reflitam sobre a forma como a resolução da operação é apresentada com a utilização do ábaco. Faça o levantamento das respostas procurando compreender qual a primeira impressão dos alunos em relação à situação posta.

Você pode demonstrar a atividade com o ábaco, ou somente apresentando as ilustrações.

Para responderem as questões, peça para que considerem os conhecimentos que já possuem sobre o conceito da adição com reagrupamentos e as propriedades do sistema de numeração decimal. No primeiro momento, eles devem responder individualmente e, em seguida, permita que socializem suas respostas com um colega. Neste momento, é interessante que caminhe pela sala e observe como os alunos estão respondendo as questões, procurando compreender o pensamento do aluno, suas hipóteses, dúvidas e fazendo questionamentos.

Propósito: Fazer com que os alunos levantem hipóteses e resolvam o problema utilizando o conceito da adição com reagrupamentos e o algoritmo convencional.

Discuta com a turma:

  • Observe como Pedro realizou a operação.
  • Como ele compôs os numerais no ábaco?
  • Como o ábaco o ajudou na resolução da operação?
  • Pedro possuía apenas 10 argolinhas que representam as unidades. O que ele fez para conseguir realizar a adição?
  • Qual foi a estratégia utilizada por Pedro?

Materiais Complementares:

Atividade principal

Resolução da atividade principal

Guia de intervenções

Atividade principal (slides de 4 a 7) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Introduza a atividade e peça para que os alunos reflitam sobre a forma como a resolução da operação é apresentada com a utilização do ábaco. Faça o levantamento das respostas procurando compreender qual a primeira impressão dos alunos em relação à situação posta.

Você pode demonstrar a atividade com o ábaco, ou somente apresentando as ilustrações.

Para responderem as questões, peça para que considerem os conhecimentos que já possuem sobre o conceito da adição com reagrupamentos e as propriedades do sistema de numeração decimal. No primeiro momento, eles devem responder individualmente e, em seguida, permita que socializem suas respostas com um colega. Neste momento, é interessante que caminhe pela sala e observe como os alunos estão respondendo as questões, procurando compreender o pensamento do aluno, suas hipóteses, dúvidas e fazendo questionamentos.

Propósito: Fazer com que os alunos levantem hipóteses e resolvam o problema utilizando o conceito da adição com reagrupamentos e o algoritmo convencional.

Discuta com a turma:

  • Observe como Pedro realizou a operação.
  • Como ele compôs os numerais no ábaco?
  • Como o ábaco o ajudou na resolução da operação?
  • Pedro possuía apenas 10 argolinhas que representam as unidades. O que ele fez para conseguir realizar a adição?
  • Qual foi a estratégia utilizada por Pedro?

Atividade principal (slides de 4 a 7) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Introduza a atividade e peça para que os alunos reflitam sobre a forma como a resolução da operação é apresentada com a utilização do ábaco. Faça o levantamento das respostas procurando compreender qual a primeira impressão dos alunos em relação à situação posta.

Você pode demonstrar a atividade com o ábaco, ou somente apresentando as ilustrações.

Para responderem as questões, peça para que considerem os conhecimentos que já possuem sobre o conceito da adição com reagrupamentos e as propriedades do sistema de numeração decimal. No primeiro momento, eles devem responder individualmente e, em seguida, permita que socializem suas respostas com um colega. Neste momento, é interessante que caminhe pela sala e observe como os alunos estão respondendo as questões, procurando compreender o pensamento do aluno, suas hipóteses, dúvidas e fazendo questionamentos.

Propósito: Fazer com que os alunos levantem hipóteses e resolvam o problema utilizando o conceito da adição com reagrupamentos e o algoritmo convencional.

Discuta com a turma:

  • Observe como Pedro realizou a operação.
  • Como ele compôs os numerais no ábaco?
  • Como o ábaco o ajudou na resolução da operação?
  • Pedro possuía apenas 10 argolinhas que representam as unidades. O que ele fez para conseguir realizar a adição?
  • Qual foi a estratégia utilizada por Pedro?

Atividade principal (slides de 4 a 7) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Introduza a atividade e peça para que os alunos reflitam sobre a forma como a resolução da operação é apresentada com a utilização do ábaco. Faça o levantamento das respostas procurando compreender qual a primeira impressão dos alunos em relação à situação posta.

Você pode demonstrar a atividade com o ábaco, ou somente apresentando as ilustrações.

Para responderem as questões, peça para que considerem os conhecimentos que já possuem sobre o conceito da adição com reagrupamentos e as propriedades do sistema de numeração decimal. No primeiro momento, eles devem responder individualmente e, em seguida, permita que socializem suas respostas com um colega. Neste momento, é interessante que caminhe pela sala e observe como os alunos estão respondendo as questões, procurando compreender o pensamento do aluno, suas hipóteses, dúvidas e fazendo questionamentos.

Propósito: Fazer com que os alunos levantem hipóteses e resolvam o problema utilizando o conceito da adição com reagrupamentos e o algoritmo convencional.

Discuta com a turma:

  • Observe como Pedro realizou a operação.
  • Como ele compôs os numerais no ábaco?
  • Como o ábaco o ajudou na resolução da operação?
  • Pedro possuía apenas 10 argolinhas que representam as unidades. O que ele fez para conseguir realizar a adição?
  • Qual foi a estratégia utilizada por Pedro?

Painel de soluções (Slides de 8 a 10) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientação: Convide alguns alunos para que demonstrem para o restante da sala, como resolveram a operação utilizando o algoritmo convencional. Caso haja respostas diferentes, convide estes alunos para que demonstrem a forma como pensaram a resolução da operação e permita que a turma chegue a um consenso sobre a resposta correta.

É esperado que os alunos percebam que na situação apresentada, Pedro não considerou a dezena obtida com a troca das unidades na adição da ordem das dezenas.

Propósito: Compartilhar as resoluções dos alunos e compreender a forma como pensaram.

Discuta com a turma:

  • Alguém pensou de outra forma?
  • Vocês acham que haveria outra forma de compor os números da operação?
  • Haveria outra forma de solucionar essa operação?
  • Por onde devemos começar?
  • Qual a diferença entre o resultado obtido pela turma e o resultado obtido por Pedro?
  • Qual foi o erro que ele cometeu?

Após as apresentações dos alunos e as discussões com a turma, retome o que já foi exposto pelos alunos e sistematize a resolução.

Painel de soluções (Slides de 8 a 10) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientação: Convide alguns alunos para que demonstrem para o restante da sala, como resolveram a operação utilizando o algoritmo convencional. Caso haja respostas diferentes, convide estes alunos para que demonstrem a forma como pensaram a resolução da operação e permita que a turma chegue a um consenso sobre a resposta correta.

É esperado que os alunos percebam que na situação apresentada, Pedro não considerou a dezena obtida com a troca das unidades na adição da ordem das dezenas.

Propósito: Compartilhar as resoluções dos alunos e compreender a forma como pensaram.

Discuta com a turma:

  • Alguém pensou de outra forma?
  • Vocês acham que haveria outra forma de compor os números da operação?
  • Haveria outra forma de solucionar essa operação?
  • Por onde devemos começar?
  • Qual a diferença entre o resultado obtido pela turma e o resultado obtido por Pedro?
  • Qual foi o erro que ele cometeu?

Após as apresentações dos alunos e as discussões com a turma, retome o que já foi exposto pelos alunos e sistematize a resolução.

Painel de soluções (Slides de 8 a 10) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientação: Convide alguns alunos para que demonstrem para o restante da sala, como resolveram a operação utilizando o algoritmo convencional. Caso haja respostas diferentes, convide estes alunos para que demonstrem a forma como pensaram a resolução da operação e permita que a turma chegue a um consenso sobre a resposta correta.

É esperado que os alunos percebam que na situação apresentada, Pedro não considerou a dezena obtida com a troca das unidades na adição da ordem das dezenas.

Propósito: Compartilhar as resoluções dos alunos e compreender a forma como pensaram.

Discuta com a turma:

  • Alguém pensou de outra forma?
  • Vocês acham que haveria outra forma de compor os números da operação?
  • Haveria outra forma de solucionar essa operação?
  • Por onde devemos começar?
  • Qual a diferença entre o resultado obtido pela turma e o resultado obtido por Pedro?
  • Qual foi o erro que ele cometeu?

Após as apresentações dos alunos e as discussões com a turma, retome o que já foi exposto pelos alunos e sistematize a resolução..

Encerramento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientação: Encerre a atividade chamando a atenção dos alunos para a utilização correta dos reagrupamentos durante a realização das operações com o algoritmo convencional.

Propósito: Resumir as aprendizagens da aula.

Raio X select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem, utilizando as estratégias discutidas na aula. Circule para verificar como os alunos estão realizando os cálculos. O raio x é um momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram avançar no conteúdo proposto, então procure identificar e anotar os comentários de cada um. No final, reserve um tempo para um debate coletivo registrando as soluções no quadro.

Propósito: Verificar se os alunos aplicam os conhecimentos adquiridos numa situação semelhante e avaliar os conhecimentos de cada um a respeito do algoritmo convencional da adição.

Materiais Complementares:

Atividade raio x

Atividades complementares

Resolução do raio x

Resolução das atividades complementares

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou leia o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.


Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autora: Bruna Albieri Cruz da Silva

Mentora: Eliane Zanin

Especialista de área: Luciana Maria Tenuta de Freitas

Habilidade da BNCC

(EF03MA05) Desenvolvimento de estratégias pessoais e convencionais de cálculo envolvendo adição, subtração e multiplicação (usando propriedades do sistema de numeração).

Conhecimentos prévios que a turma deve dominar

  • Reconhecer as propriedades do sistema de numeração decimal.
  • Reconhecer os numerais e quantidades.
  • Possuir noções a respeito do conceito de adição.

Objetivos específicos

Realizar cálculos de adição utilizando o algoritmo convencional

Conceito-chave

Algoritmo da adição.

Recursos necessários

  • Lápis.
  • Papel.
  • Atividades impressas.
  • Ábaco e argolas coloridas (opcional).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientações: Retome com os alunos como representar as propriedades do sistema de numeração decimal em um ábaco. O que representam as hastes e as argolinhas, assim como o valor posicional dos numerais.

Propósito: Recordar com os alunos as propriedades do sistema de numeração decimal e as representações de um ábaco.

Discuta com a turma:

  • Vocês já viram um ábaco como esse?
  • O que representam estas hastes?
  • Para o que vocês pensam que ele serve?
  • Como representar numerais com o ábaco?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Introduza a atividade e peça para que os alunos reflitam sobre a forma como a resolução da operação é apresentada com a utilização do ábaco. Faça o levantamento das respostas procurando compreender qual a primeira impressão dos alunos em relação à situação posta.

Você pode demonstrar a atividade com o ábaco, ou somente apresentando as ilustrações.

Para responderem as questões, peça para que considerem os conhecimentos que já possuem sobre o conceito da adição com reagrupamentos e as propriedades do sistema de numeração decimal. No primeiro momento, eles devem responder individualmente e, em seguida, permita que socializem suas respostas com um colega. Neste momento, é interessante que caminhe pela sala e observe como os alunos estão respondendo as questões, procurando compreender o pensamento do aluno, suas hipóteses, dúvidas e fazendo questionamentos.

Propósito: Fazer com que os alunos levantem hipóteses e resolvam o problema utilizando o conceito da adição com reagrupamentos e o algoritmo convencional.

Discuta com a turma:

  • Observe como Pedro realizou a operação.
  • Como ele compôs os numerais no ábaco?
  • Como o ábaco o ajudou na resolução da operação?
  • Pedro possuía apenas 10 argolinhas que representam as unidades. O que ele fez para conseguir realizar a adição?
  • Qual foi a estratégia utilizada por Pedro?

Materiais Complementares:

Atividade principal

Resolução da atividade principal

Guia de intervenções

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Introduza a atividade e peça para que os alunos reflitam sobre a forma como a resolução da operação é apresentada com a utilização do ábaco. Faça o levantamento das respostas procurando compreender qual a primeira impressão dos alunos em relação à situação posta.

Você pode demonstrar a atividade com o ábaco, ou somente apresentando as ilustrações.

Para responderem as questões, peça para que considerem os conhecimentos que já possuem sobre o conceito da adição com reagrupamentos e as propriedades do sistema de numeração decimal. No primeiro momento, eles devem responder individualmente e, em seguida, permita que socializem suas respostas com um colega. Neste momento, é interessante que caminhe pela sala e observe como os alunos estão respondendo as questões, procurando compreender o pensamento do aluno, suas hipóteses, dúvidas e fazendo questionamentos.

Propósito: Fazer com que os alunos levantem hipóteses e resolvam o problema utilizando o conceito da adição com reagrupamentos e o algoritmo convencional.

Discuta com a turma:

  • Observe como Pedro realizou a operação.
  • Como ele compôs os numerais no ábaco?
  • Como o ábaco o ajudou na resolução da operação?
  • Pedro possuía apenas 10 argolinhas que representam as unidades. O que ele fez para conseguir realizar a adição?
  • Qual foi a estratégia utilizada por Pedro?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Introduza a atividade e peça para que os alunos reflitam sobre a forma como a resolução da operação é apresentada com a utilização do ábaco. Faça o levantamento das respostas procurando compreender qual a primeira impressão dos alunos em relação à situação posta.

Você pode demonstrar a atividade com o ábaco, ou somente apresentando as ilustrações.

Para responderem as questões, peça para que considerem os conhecimentos que já possuem sobre o conceito da adição com reagrupamentos e as propriedades do sistema de numeração decimal. No primeiro momento, eles devem responder individualmente e, em seguida, permita que socializem suas respostas com um colega. Neste momento, é interessante que caminhe pela sala e observe como os alunos estão respondendo as questões, procurando compreender o pensamento do aluno, suas hipóteses, dúvidas e fazendo questionamentos.

Propósito: Fazer com que os alunos levantem hipóteses e resolvam o problema utilizando o conceito da adição com reagrupamentos e o algoritmo convencional.

Discuta com a turma:

  • Observe como Pedro realizou a operação.
  • Como ele compôs os numerais no ábaco?
  • Como o ábaco o ajudou na resolução da operação?
  • Pedro possuía apenas 10 argolinhas que representam as unidades. O que ele fez para conseguir realizar a adição?
  • Qual foi a estratégia utilizada por Pedro?
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Introduza a atividade e peça para que os alunos reflitam sobre a forma como a resolução da operação é apresentada com a utilização do ábaco. Faça o levantamento das respostas procurando compreender qual a primeira impressão dos alunos em relação à situação posta.

Você pode demonstrar a atividade com o ábaco, ou somente apresentando as ilustrações.

Para responderem as questões, peça para que considerem os conhecimentos que já possuem sobre o conceito da adição com reagrupamentos e as propriedades do sistema de numeração decimal. No primeiro momento, eles devem responder individualmente e, em seguida, permita que socializem suas respostas com um colega. Neste momento, é interessante que caminhe pela sala e observe como os alunos estão respondendo as questões, procurando compreender o pensamento do aluno, suas hipóteses, dúvidas e fazendo questionamentos.

Propósito: Fazer com que os alunos levantem hipóteses e resolvam o problema utilizando o conceito da adição com reagrupamentos e o algoritmo convencional.

Discuta com a turma:

  • Observe como Pedro realizou a operação.
  • Como ele compôs os numerais no ábaco?
  • Como o ábaco o ajudou na resolução da operação?
  • Pedro possuía apenas 10 argolinhas que representam as unidades. O que ele fez para conseguir realizar a adição?
  • Qual foi a estratégia utilizada por Pedro?
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientação: Convide alguns alunos para que demonstrem para o restante da sala, como resolveram a operação utilizando o algoritmo convencional. Caso haja respostas diferentes, convide estes alunos para que demonstrem a forma como pensaram a resolução da operação e permita que a turma chegue a um consenso sobre a resposta correta.

É esperado que os alunos percebam que na situação apresentada, Pedro não considerou a dezena obtida com a troca das unidades na adição da ordem das dezenas.

Propósito: Compartilhar as resoluções dos alunos e compreender a forma como pensaram.

Discuta com a turma:

  • Alguém pensou de outra forma?
  • Vocês acham que haveria outra forma de compor os números da operação?
  • Haveria outra forma de solucionar essa operação?
  • Por onde devemos começar?
  • Qual a diferença entre o resultado obtido pela turma e o resultado obtido por Pedro?
  • Qual foi o erro que ele cometeu?

Após as apresentações dos alunos e as discussões com a turma, retome o que já foi exposto pelos alunos e sistematize a resolução.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientação: Convide alguns alunos para que demonstrem para o restante da sala, como resolveram a operação utilizando o algoritmo convencional. Caso haja respostas diferentes, convide estes alunos para que demonstrem a forma como pensaram a resolução da operação e permita que a turma chegue a um consenso sobre a resposta correta.

É esperado que os alunos percebam que na situação apresentada, Pedro não considerou a dezena obtida com a troca das unidades na adição da ordem das dezenas.

Propósito: Compartilhar as resoluções dos alunos e compreender a forma como pensaram.

Discuta com a turma:

  • Alguém pensou de outra forma?
  • Vocês acham que haveria outra forma de compor os números da operação?
  • Haveria outra forma de solucionar essa operação?
  • Por onde devemos começar?
  • Qual a diferença entre o resultado obtido pela turma e o resultado obtido por Pedro?
  • Qual foi o erro que ele cometeu?

Após as apresentações dos alunos e as discussões com a turma, retome o que já foi exposto pelos alunos e sistematize a resolução.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientação: Convide alguns alunos para que demonstrem para o restante da sala, como resolveram a operação utilizando o algoritmo convencional. Caso haja respostas diferentes, convide estes alunos para que demonstrem a forma como pensaram a resolução da operação e permita que a turma chegue a um consenso sobre a resposta correta.

É esperado que os alunos percebam que na situação apresentada, Pedro não considerou a dezena obtida com a troca das unidades na adição da ordem das dezenas.

Propósito: Compartilhar as resoluções dos alunos e compreender a forma como pensaram.

Discuta com a turma:

  • Alguém pensou de outra forma?
  • Vocês acham que haveria outra forma de compor os números da operação?
  • Haveria outra forma de solucionar essa operação?
  • Por onde devemos começar?
  • Qual a diferença entre o resultado obtido pela turma e o resultado obtido por Pedro?
  • Qual foi o erro que ele cometeu?

Após as apresentações dos alunos e as discussões com a turma, retome o que já foi exposto pelos alunos e sistematize a resolução..

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientação: Encerre a atividade chamando a atenção dos alunos para a utilização correta dos reagrupamentos durante a realização das operações com o algoritmo convencional.

Propósito: Resumir as aprendizagens da aula.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem, utilizando as estratégias discutidas na aula. Circule para verificar como os alunos estão realizando os cálculos. O raio x é um momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram avançar no conteúdo proposto, então procure identificar e anotar os comentários de cada um. No final, reserve um tempo para um debate coletivo registrando as soluções no quadro.

Propósito: Verificar se os alunos aplicam os conhecimentos adquiridos numa situação semelhante e avaliar os conhecimentos de cada um a respeito do algoritmo convencional da adição.

Materiais Complementares:

Atividade raio x

Atividades complementares

Resolução do raio x

Resolução das atividades complementares

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Números do 3º ano :

Com o plano de aula sobre números, os alunos aprendem compreensão, expressão e comparação de números de até quatro algarismos, desenvolvimento de estratégias pessoais e convencionais de cálculo e resolução de problemas envolvendo adição, subtração, multiplicação e divisão, fluência em cálculos mentais, construção dos fatos fundamentais da multiplicação, exploração das ideias de metade, terça parte, quarta parte, quinta parte e décima parte.

MAIS AULAS DE Matemática do 3º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF03MA05 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano