17993
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 6º ano > Unidade

Plano de aula - Quanto vale a água?

Plano de aula de Geografia com atividades para 6° ano do Fundamental sobre Conhecer os efeitos da perda da vegetação para a qualidade da água e o custo social para a população que utiliza o sistema de abastecimento público

Plano 08 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Regina Luiza Gouvea

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06GE10 de Geografia, que consta na BNCC. Esta habilidade permite que os alunos compreendam que a perda de cobertura vegetal gera consequências negativas sobre os caminhos de água no solo, alterando sua qualidade, além de compreender que a crescente urbanização e o avanço sobre os mananciais vão refletir nos custos de tratamento da água e, é claro, no custo da água para o consumidor.

Para tal, os alunos deverão ler as instruções para a realização da atividade que consiste em observar cada período (ano) com o respectivo custo das despesas de água para o consumidor das categorias baixa renda, renda média a alta. A atividade será realizada em dupla. Numa primeira etapa, eles deverão calcular a média dos custos das despesas de água para cada uma das categorias. É fundamental que eles compreendam que estes valores representam o impacto no bolso do consumidor da degradação da qualidade hídrica.

Numa segunda etapa eles deverão fazer a análise do gráfico de barras que representa a evolução das despesas de água para o consumidor nas diferentes categorias e responder ao que se pede. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Projetor de slides, lápis ou caneta para anotações.

Material complementar:

Imagem Contextualização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/zvn9TMrnhWJx8v4Z3SvkUNPsaJnuPkGvNYakxNReE7VgzEuyjhmmC4fRed4X/geo6-10und08-magem-contextualizacao.pdf

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Atividade da Ação propositiva:

Atividade da Sistematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/nYYxnZFvqtwS2Y24Msxxvp5dk6tEAsXmfQQrD6up6NWNWWpFaruft2GUf3ES/geo6-10und08-atividades-da-sistematizacao.pdf

Para você saber mais:

O artigo abaixo apresenta do custo social da degradação da qualidade hídrica em bacias hidrográficas de captação urbana do Distrito Federal estimados para duas classes de consumidores residenciais do sistema público de abastecimento de água: população de baixa renda e de média a alta.

POMPERMAYER, R.; ANGELO, H.; ALMEIDA, A.N. Custo Social da Degradação da Qualidade Hídrica para o Abastecimento Público. Floresta e Ambiente, 23, pp. 320-329, 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/floram/v23n3/2179-8087-floram-2179-8087114115.pdf> Acesso em: 19 fev 2019.

Afinal, o que é manancial? Disponível em: <https://www.juntospelaagua.com.br/2015/11/04/afinal-o-que-e-manancial/> Acesso em: 19 fev 2019.

MONTESSANTI, Júlia de Almeida Costa. Efluentes. InfoEscola. Disponível em: <https://www.infoescola.com/ecologia/efluentes/> Acesso em: 19 fev 2019.

O que é uma Área de Preservação Permanente. Disponível em: <https://www.oeco.org.br/dicionario-ambiental/27468-o-que-e-uma-area-de-preservacao-permanente/> Acesso em: 19 fev 2019.

RIBEIRO, Amarolina. O que é assoreamento? Brasil Escola. Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/geografia/o-que-e-assoreamento.htm> Acesso em: 19 fev 2019.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Projete, escreva no quadro ou fale para os alunos que a aula abordará questões relacionadas ao custo social da degradação da qualidade da água para o consumidor. Comente com a turma que para garantir qualidade da água de um determinado local é importante manter a cobertura vegetal dos mananciais de água. Destaque também que os custos do tratamento variam conforme a qualidade da água captada para tratamento e abastecimento público, impactando nos gastos do consumidor.

Para você saber mais:

Mananciais são todas as fontes de água, superficiais ou subterrâneas, que podem ser usadas para o abastecimento público, incluindo rios, lagos, represas e lençóis freáticos.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Pergunte aos alunos se já ouviram falar no custo da degradação da qualidade da água para o consumidor. Se disserem que sim, questione-os se têm noção do impacto da mudança na qualidade ambiental sobre o custo de tratamento da água para o consumidor. Faça os seguintes questionamentos para a turma:

  • Você saber se a conta de água de sua residência é alta ou baixa?
  • Você e sua família procuram economizar água para reduzir os custos com ela?

Comente com os alunos que nesta aula eles tomarão conhecimento da importância da conservação das áreas de mananciais para a qualidade hídrica, além de conhecer o custo social da degradação da qualidade da água em bacias hidrográficas de captação urbana. Comente com a turma que, atualmente, existe um grande desafio que consiste na busca de meios para medir os custos ou benefícios gerados pelas alterações na qualidade hídrica da bacia hidrográfica. A perda de fornecimento de água de qualidade em função das mudanças na cobertura vegetal gera uma redução no nível de bem-estar da sociedade.

Destaque para a turma que a maior parte das bacias hidrográficas de captação é protegida por unidade de conservação. É importante ainda destacar que a produção de água para consumo humano está diretamente ligada à qualidade da água captada. Na bacia hidrográfica, a cobertura vegetal tem um papel vital na disponibilidade da água bruta. Tal papel está relacionado com a manutenção dos fluxos sazonais e na purificação da água.

Imagem Contextualização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/zvn9TMrnhWJx8v4Z3SvkUNPsaJnuPkGvNYakxNReE7VgzEuyjhmmC4fRed4X/geo6-10und08-magem-contextualizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

A contextualização foi extraída do artigo que se encontra na íntegra no link:

POMPERMAYER, R.; ANGELO, H.; ALMEIDA, A.N. Custo Social da Degradação da Qualidade Hídrica para o Abastecimento Público. Floresta e Ambiente, 23, pp. 320-329, 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/floram/v23n3/2179-8087-floram-2179-8087114115.pdf> Acesso em: 19 fev 2019.

Bacia Hidrográfica: É a área ou região de drenagem de um rio principal e seus afluentes.

Unidades de Conservação (UC): São “espaços territoriais, incluindo seus recursos ambientais, com características naturais relevantes, que têm a função de assegurar a representatividade de amostras significativas e ecologicamente viáveis das diferentes populações, habitats e ecossistemas do território nacional e das águas jurisdicionais, preservando o patrimônio biológico existente”.

Fonte: BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Unidades de Conservação: o que são. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/areas-protegidas/unidades-de-conservacao/o-que-sao.html> Acesso em: 19 fev 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Projete os slides para a turma. Os slides (4 a 8) mostram um córrego extremamente poluído que corta uma favela na Índia; a espuma formada pela poluição no Rio Tietê, na altura da cidade de Salto; a desflorestação na Indonésia para transformação da área em uma plantação de palmeiras oleaginosas; a poluição e assoreamento no Ribeirão Caladinho, um pequeno curso hidrográfico da zona urbana de Coronel Fabriciano; e a descarga de efluente.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, existem uma série de situações que podem causar a degradação das áreas de mananciais. Projete as imagens para os alunos. Cada imagem projetada representa situações que levam à degradação das áreas de mananciais. Dessa forma, eles devem observar as imagens e buscar responder às seguintes perguntas:

  • Como a degradação de áreas de mananciais impacta na qualidade da água?
  • Esse impacto pode refletir no custo da água? Por quê?

Algumas das causas que levam à degradação das áreas de mananciais são:

  • Ocupação desordenada do solo, especialmente Áreas de Preservação Permanente (APP);
  • Práticas impróprias de uso do solo e da água;
  • Precariedade nos sistemas de esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais e resíduos sólidos;
  • Superexploração dos recursos hídricos;
  • Retirada da cobertura vegetal;
  • Erosão e assoreamento de rios e córregos; e
  • Desenvolvimento de atividades industriais em descumprimento à legislação ambiental.

Espera-se que eles respondam que estas situações acabam implicando na retirada da cobertura vegetal que está relacionada com a manutenção dos fluxos de água no solo e purificação da água. Ou seja, a retirada desta cobertura para expansão urbana ou conversão para usos agrícolas ou outro tipo de uso comprometem a qualidade da água de diversas maneiras, seja através do carregamento de partículas de solo para o leito dos rios, seja levando compostos químicos usados na agricultura, seja através de despejo de efluentes sem tratamento nos cursos d’água, que consequentemente, reverte em custo para a própria população.

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Mananciais. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/aguas-urbanas/mananciais.html>. Acesso em: 19 fev 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides para a turma. Os slides (4 a 8) mostram um córrego extremamente poluído que corta uma favela na Índia; a espuma formada pela poluição no Rio Tietê, na altura da cidade de Salto; a desflorestação na Indonésia para transformação da área em uma plantação de palmeiras oleaginosas; a poluição e assoreamento no Ribeirão Caladinho, um pequeno curso hidrográfico da zona urbana de Coronel Fabriciano; e a descarga de efluente.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, existem uma série de situações que podem causar a degradação das áreas de mananciais. Projete as imagens para os alunos. Cada imagem projetada representa situações que levam à degradação das áreas de mananciais. Dessa forma, eles devem observar as imagens e buscar responder às seguintes perguntas:

  • Como a degradação de áreas de mananciais impacta na qualidade da água?
  • Esse impacto pode refletir no custo da água? Por quê?

Algumas das causas que levam à degradação das áreas de mananciais são:

  • Ocupação desordenada do solo, especialmente Áreas de Preservação Permanente (APP);
  • Práticas impróprias de uso do solo e da água;
  • Precariedade nos sistemas de esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais e resíduos sólidos;
  • Superexploração dos recursos hídricos;
  • Retirada da cobertura vegetal;
  • Erosão e assoreamento de rios e córregos; e
  • Desenvolvimento de atividades industriais em descumprimento à legislação ambiental.

Espera-se que eles respondam que estas situações acabam implicando na retirada da cobertura vegetal que está relacionada com a manutenção dos fluxos de água no solo e purificação da água. Ou seja, a retirada desta cobertura para expansão urbana ou conversão para usos agrícolas ou outro tipo de uso comprometem a qualidade da água de diversas maneiras, seja através do carregamento de partículas de solo para o leito dos rios, seja levando compostos químicos usados na agricultura, seja através de despejo de efluentes sem tratamento nos cursos d’água, que consequentemente, reverte em custo para a própria população.

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Mananciais. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/aguas-urbanas/mananciais.html>. Acesso em: 19 fev 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides para a turma. Os slides (4 a 8) mostram um córrego extremamente poluído que corta uma favela na Índia; a espuma formada pela poluição no Rio Tietê, na altura da cidade de Salto; a desflorestação na Indonésia para transformação da área em uma plantação de palmeiras oleaginosas; a poluição e assoreamento no Ribeirão Caladinho, um pequeno curso hidrográfico da zona urbana de Coronel Fabriciano; e a descarga de efluente.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, existem uma série de situações que podem causar a degradação das áreas de mananciais. Projete as imagens para os alunos. Cada imagem projetada representa situações que levam à degradação das áreas de mananciais. Dessa forma, eles devem observar as imagens e buscar responder às seguintes perguntas:

  • Como a degradação de áreas de mananciais impacta na qualidade da água?
  • Esse impacto pode refletir no custo da água? Por quê?

Algumas das causas que levam à degradação das áreas de mananciais são:

  • Ocupação desordenada do solo, especialmente Áreas de Preservação Permanente (APP);
  • Práticas impróprias de uso do solo e da água;
  • Precariedade nos sistemas de esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais e resíduos sólidos;
  • Superexploração dos recursos hídricos;
  • Retirada da cobertura vegetal;
  • Erosão e assoreamento de rios e córregos; e
  • Desenvolvimento de atividades industriais em descumprimento à legislação ambiental.

Espera-se que eles respondam que estas situações acabam implicando na retirada da cobertura vegetal que está relacionada com a manutenção dos fluxos de água no solo e purificação da água. Ou seja, a retirada desta cobertura para expansão urbana ou conversão para usos agrícolas ou outro tipo de uso comprometem a qualidade da água de diversas maneiras, seja através do carregamento de partículas de solo para o leito dos rios, seja levando compostos químicos usados na agricultura, seja através de despejo de efluentes sem tratamento nos cursos d’água, que consequentemente, reverte em custo para a própria população.

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Mananciais. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/aguas-urbanas/mananciais.html>. Acesso em: 19 fev 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides para a turma. Os slides (4 a 8) mostram um córrego extremamente poluído que corta uma favela na Índia; a espuma formada pela poluição no Rio Tietê, na altura da cidade de Salto; a desflorestação na Indonésia para transformação da área em uma plantação de palmeiras oleaginosas; a poluição e assoreamento no Ribeirão Caladinho, um pequeno curso hidrográfico da zona urbana de Coronel Fabriciano; e a descarga de efluente.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, existem uma série de situações que podem causar a degradação das áreas de mananciais. Projete as imagens para os alunos. Cada imagem projetada representa situações que levam à degradação das áreas de mananciais. Dessa forma, eles devem observar as imagens e buscar responder às seguintes perguntas:

  • Como a degradação de áreas de mananciais impacta na qualidade da água?
  • Esse impacto pode refletir no custo da água? Por quê?

Algumas das causas que levam à degradação das áreas de mananciais são:

  • Ocupação desordenada do solo, especialmente Áreas de Preservação Permanente (APP);
  • Práticas impróprias de uso do solo e da água;
  • Precariedade nos sistemas de esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais e resíduos sólidos;
  • Superexploração dos recursos hídricos;
  • Retirada da cobertura vegetal;
  • Erosão e assoreamento de rios e córregos; e
  • Desenvolvimento de atividades industriais em descumprimento à legislação ambiental.

Espera-se que eles respondam que estas situações acabam implicando na retirada da cobertura vegetal que está relacionada com a manutenção dos fluxos de água no solo e purificação da água. Ou seja, a retirada desta cobertura para expansão urbana ou conversão para usos agrícolas ou outro tipo de uso comprometem a qualidade da água de diversas maneiras, seja através do carregamento de partículas de solo para o leito dos rios, seja levando compostos químicos usados na agricultura, seja através de despejo de efluentes sem tratamento nos cursos d’água, que consequentemente, reverte em custo para a própria população.

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Mananciais. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/aguas-urbanas/mananciais.html>. Acesso em: 19 fev 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides para a turma. Os slides (4 a 8) mostram um córrego extremamente poluído que corta uma favela na Índia; a espuma formada pela poluição no Rio Tietê, na altura da cidade de Salto; a desflorestação na Indonésia para transformação da área em uma plantação de palmeiras oleaginosas; a poluição e assoreamento no Ribeirão Caladinho, um pequeno curso hidrográfico da zona urbana de Coronel Fabriciano; e a descarga de efluente.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, existem uma série de situações que podem causar a degradação das áreas de mananciais. Projete as imagens para os alunos. Cada imagem projetada representa situações que levam à degradação das áreas de mananciais. Dessa forma, eles devem observar as imagens e buscar responder às seguintes perguntas:

  • Como a degradação de áreas de mananciais impacta na qualidade da água?
  • Esse impacto pode refletir no custo da água? Por quê?

Algumas das causas que levam à degradação das áreas de mananciais são:

  • Ocupação desordenada do solo, especialmente Áreas de Preservação Permanente (APP);
  • Práticas impróprias de uso do solo e da água;
  • Precariedade nos sistemas de esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais e resíduos sólidos;
  • Superexploração dos recursos hídricos;
  • Retirada da cobertura vegetal;
  • Erosão e assoreamento de rios e córregos; e
  • Desenvolvimento de atividades industriais em descumprimento à legislação ambiental.

Espera-se que eles respondam que estas situações acabam implicando na retirada da cobertura vegetal que está relacionada com a manutenção dos fluxos de água no solo e purificação da água. Ou seja, a retirada desta cobertura para expansão urbana ou conversão para usos agrícolas ou outro tipo de uso comprometem a qualidade da água de diversas maneiras, seja através do carregamento de partículas de solo para o leito dos rios, seja levando compostos químicos usados na agricultura, seja através de despejo de efluentes sem tratamento nos cursos d’água, que consequentemente, reverte em custo para a própria população.

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Mananciais. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/aguas-urbanas/mananciais.html>. Acesso em: 19 fev 2019.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: A manutenção de um cenário de degradação dos mananciais resulta na baixa qualidade da água distribuída, que acaba expondo uma parcela da população às doenças. Diante disso, busca-se minimizar o problema fazendo o tratamento da água ou investindo em busca de novos mananciais. Por esta razão, as bacias hidrográficas que possuem mananciais de abastecimento de água devem ser conservadas, pois a qualidade da água bruta depende da forma pela qual os diferentes trechos da bacia são manejados.

De modo geral, a perda da cobertura florestal resulta em impactos na forma de custo social, que acabam recaindo sobre a população usuária de água. Para conhecer o impacto da degradação hídrica no custo final para o consumidor, serão utilizados dados levantados em um estudo em duas categorias de consumidores de água do Distrito Federal entre 2003 e 2008: a categoria residencial popular (baixa renda) e residencial de renda média a alta. O período de estudo é um pouco antigo, mas as bases de dados para tal tema são escassas, não prejudicando a atividade, pois a intenção é que o aluno analise e interprete os custos sociais entre as classes alta, média e baixa, indicando que elas se equiparam ao longo dos anos de estudo.

Peça que os alunos formem duplas. Imprima e entregue para cada dupla a folha de atividade que está disponível no link: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WGA8Pq2psrexjtwGNFMvjdQRBkX6wXQ5WGN7ZcYhJRuDA3skDRN3uQFfxEdT/geo6-10und08-atividades-da-sistematizacao.pdf

Peça que os alunos leiam as instruções para a realização da atividade que consiste em observar cada período (ano) com o respectivo custo com despesas de água para o consumidor das categorias popular (baixa renda) e normal (renda média a alta).

Nesta etapa, cada dupla deve calcular a média dos custos das despesas de água para cada uma das categorias. Para isso, deve somar o custo social das despesas de água da categoria popular e dividir por 6 (seis) que corresponde ao período de análise (2003-2008) e proceder da mesma forma para a categoria normal. Fale para os alunos que estes valores representam o impacto no bolso do consumidor da degradação da qualidade hídrica.

Na sequência peça que analisem um mapa da região metropolitana de São Paulo e seus principais mananciais. A ideia é que eles saibam os custos e visualizem áreas de vulnerabilidade num meio com extremo desenvolvimento urbano, se questionando se realmente é possível preservar áreas de mananciais em regiões tão grandes e populosas tal como a representada no mapa. Pergunte para os alunos o que eles concluem a partir desta observação. Espera-se que eles respondam que se os trechos estudados fossem mais conservados, os custos com o tratamento de água poderiam ser menores para o consumidor. Também espera-se que eles percebam - ou mesmo comecem a refletir - sobre as dificuldades em se preservar mananciais em cidades tão densamente populosas, com uma infraestrutura urbana precária e dificuldades sociais imensas em várias instâncias da sociedade.

Para você saber mais:

Estudos mostram que existe uma ligação entre o percentual de cobertura florestal de bacia hidrográficas e os custos de tratamento da água. Existem casos em que cerca de 50% a 55% da variação nos custos de tratamento de água podem ser explicados pelo percentual de cobertura florestal da bacia hidrográfica.

Um estudo realizado para determinação dos custos em sistemas de abastecimento com diferentes percentuais de cobertura florestal nas bacias do Rio Piracicaba e do Rio Cotia, em São Paulo mostrou que os sistemas com menor gasto com produtos químicos foram aqueles que apresentavam maiores índices de cobertura florestal (superior a 15%). Isso acontece porque a água filtrada pela cobertura vegetal substitui o uso de insumos como produtos químicos utilizados para filtração e purificação no processo de tratamento.

POMPERMAYER, R.; ANGELO, H.; ALMEIDA, A.N. Custo Social da Degradação da Qualidade Hídrica para o Abastecimento Público. Floresta e Ambiente, 23, pp. 320-329, 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/floram/v23n3/2179-8087-floram-2179-8087114115.pdf> Acesso em: 19 fev 2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 22 minutos

Orientações: Imprima e entregue a folha com a atividade para as duplas disponível no link: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/nYYxnZFvqtwS2Y24Msxxvp5dk6tEAsXmfQQrD6up6NWNWWpFaruft2GUf3ES/geo6-10und08-atividades-da-sistematizacao.pdf

As duplas devem anotar acima de cada barra do gráfico os valores correspondentes dos custos com despesas de água nas diferentes categorias (%) de cada ano, incluindo a média que eles calcularam. Os percentuais anuais encontram-se na atividade da Ação Propositiva. Depois que anotarem os valores, eles deverão responder as questões da Atividade de Sistematização e apresentar para a turma. Espera-se que eles retomem as situações de degradação de mananciais expostas na Problematização como subsídio para apontar algumas soluções para a conservação de áreas e, consequentemente, para a redução dos custos sociais da degradação de áreas de mananciais.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06GE10 de Geografia, que consta na BNCC. Esta habilidade permite que os alunos compreendam que a perda de cobertura vegetal gera consequências negativas sobre os caminhos de água no solo, alterando sua qualidade, além de compreender que a crescente urbanização e o avanço sobre os mananciais vão refletir nos custos de tratamento da água e, é claro, no custo da água para o consumidor.

Para tal, os alunos deverão ler as instruções para a realização da atividade que consiste em observar cada período (ano) com o respectivo custo das despesas de água para o consumidor das categorias baixa renda, renda média a alta. A atividade será realizada em dupla. Numa primeira etapa, eles deverão calcular a média dos custos das despesas de água para cada uma das categorias. É fundamental que eles compreendam que estes valores representam o impacto no bolso do consumidor da degradação da qualidade hídrica.

Numa segunda etapa eles deverão fazer a análise do gráfico de barras que representa a evolução das despesas de água para o consumidor nas diferentes categorias e responder ao que se pede. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Projetor de slides, lápis ou caneta para anotações.

Material complementar:

Imagem Contextualização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/zvn9TMrnhWJx8v4Z3SvkUNPsaJnuPkGvNYakxNReE7VgzEuyjhmmC4fRed4X/geo6-10und08-magem-contextualizacao.pdf

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Atividade da Ação propositiva:

Atividade da Sistematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/nYYxnZFvqtwS2Y24Msxxvp5dk6tEAsXmfQQrD6up6NWNWWpFaruft2GUf3ES/geo6-10und08-atividades-da-sistematizacao.pdf

Para você saber mais:

O artigo abaixo apresenta do custo social da degradação da qualidade hídrica em bacias hidrográficas de captação urbana do Distrito Federal estimados para duas classes de consumidores residenciais do sistema público de abastecimento de água: população de baixa renda e de média a alta.

POMPERMAYER, R.; ANGELO, H.; ALMEIDA, A.N. Custo Social da Degradação da Qualidade Hídrica para o Abastecimento Público. Floresta e Ambiente, 23, pp. 320-329, 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/floram/v23n3/2179-8087-floram-2179-8087114115.pdf> Acesso em: 19 fev 2019.

Afinal, o que é manancial? Disponível em: <https://www.juntospelaagua.com.br/2015/11/04/afinal-o-que-e-manancial/> Acesso em: 19 fev 2019.

MONTESSANTI, Júlia de Almeida Costa. Efluentes. InfoEscola. Disponível em: <https://www.infoescola.com/ecologia/efluentes/> Acesso em: 19 fev 2019.

O que é uma Área de Preservação Permanente. Disponível em: <https://www.oeco.org.br/dicionario-ambiental/27468-o-que-e-uma-area-de-preservacao-permanente/> Acesso em: 19 fev 2019.

RIBEIRO, Amarolina. O que é assoreamento? Brasil Escola. Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/geografia/o-que-e-assoreamento.htm> Acesso em: 19 fev 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Projete, escreva no quadro ou fale para os alunos que a aula abordará questões relacionadas ao custo social da degradação da qualidade da água para o consumidor. Comente com a turma que para garantir qualidade da água de um determinado local é importante manter a cobertura vegetal dos mananciais de água. Destaque também que os custos do tratamento variam conforme a qualidade da água captada para tratamento e abastecimento público, impactando nos gastos do consumidor.

Para você saber mais:

Mananciais são todas as fontes de água, superficiais ou subterrâneas, que podem ser usadas para o abastecimento público, incluindo rios, lagos, represas e lençóis freáticos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Pergunte aos alunos se já ouviram falar no custo da degradação da qualidade da água para o consumidor. Se disserem que sim, questione-os se têm noção do impacto da mudança na qualidade ambiental sobre o custo de tratamento da água para o consumidor. Faça os seguintes questionamentos para a turma:

  • Você saber se a conta de água de sua residência é alta ou baixa?
  • Você e sua família procuram economizar água para reduzir os custos com ela?

Comente com os alunos que nesta aula eles tomarão conhecimento da importância da conservação das áreas de mananciais para a qualidade hídrica, além de conhecer o custo social da degradação da qualidade da água em bacias hidrográficas de captação urbana. Comente com a turma que, atualmente, existe um grande desafio que consiste na busca de meios para medir os custos ou benefícios gerados pelas alterações na qualidade hídrica da bacia hidrográfica. A perda de fornecimento de água de qualidade em função das mudanças na cobertura vegetal gera uma redução no nível de bem-estar da sociedade.

Destaque para a turma que a maior parte das bacias hidrográficas de captação é protegida por unidade de conservação. É importante ainda destacar que a produção de água para consumo humano está diretamente ligada à qualidade da água captada. Na bacia hidrográfica, a cobertura vegetal tem um papel vital na disponibilidade da água bruta. Tal papel está relacionado com a manutenção dos fluxos sazonais e na purificação da água.

Imagem Contextualização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/zvn9TMrnhWJx8v4Z3SvkUNPsaJnuPkGvNYakxNReE7VgzEuyjhmmC4fRed4X/geo6-10und08-magem-contextualizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

A contextualização foi extraída do artigo que se encontra na íntegra no link:

POMPERMAYER, R.; ANGELO, H.; ALMEIDA, A.N. Custo Social da Degradação da Qualidade Hídrica para o Abastecimento Público. Floresta e Ambiente, 23, pp. 320-329, 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/floram/v23n3/2179-8087-floram-2179-8087114115.pdf> Acesso em: 19 fev 2019.

Bacia Hidrográfica: É a área ou região de drenagem de um rio principal e seus afluentes.

Unidades de Conservação (UC): São “espaços territoriais, incluindo seus recursos ambientais, com características naturais relevantes, que têm a função de assegurar a representatividade de amostras significativas e ecologicamente viáveis das diferentes populações, habitats e ecossistemas do território nacional e das águas jurisdicionais, preservando o patrimônio biológico existente”.

Fonte: BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Unidades de Conservação: o que são. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/areas-protegidas/unidades-de-conservacao/o-que-sao.html> Acesso em: 19 fev 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Projete os slides para a turma. Os slides (4 a 8) mostram um córrego extremamente poluído que corta uma favela na Índia; a espuma formada pela poluição no Rio Tietê, na altura da cidade de Salto; a desflorestação na Indonésia para transformação da área em uma plantação de palmeiras oleaginosas; a poluição e assoreamento no Ribeirão Caladinho, um pequeno curso hidrográfico da zona urbana de Coronel Fabriciano; e a descarga de efluente.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, existem uma série de situações que podem causar a degradação das áreas de mananciais. Projete as imagens para os alunos. Cada imagem projetada representa situações que levam à degradação das áreas de mananciais. Dessa forma, eles devem observar as imagens e buscar responder às seguintes perguntas:

  • Como a degradação de áreas de mananciais impacta na qualidade da água?
  • Esse impacto pode refletir no custo da água? Por quê?

Algumas das causas que levam à degradação das áreas de mananciais são:

  • Ocupação desordenada do solo, especialmente Áreas de Preservação Permanente (APP);
  • Práticas impróprias de uso do solo e da água;
  • Precariedade nos sistemas de esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais e resíduos sólidos;
  • Superexploração dos recursos hídricos;
  • Retirada da cobertura vegetal;
  • Erosão e assoreamento de rios e córregos; e
  • Desenvolvimento de atividades industriais em descumprimento à legislação ambiental.

Espera-se que eles respondam que estas situações acabam implicando na retirada da cobertura vegetal que está relacionada com a manutenção dos fluxos de água no solo e purificação da água. Ou seja, a retirada desta cobertura para expansão urbana ou conversão para usos agrícolas ou outro tipo de uso comprometem a qualidade da água de diversas maneiras, seja através do carregamento de partículas de solo para o leito dos rios, seja levando compostos químicos usados na agricultura, seja através de despejo de efluentes sem tratamento nos cursos d’água, que consequentemente, reverte em custo para a própria população.

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Mananciais. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/aguas-urbanas/mananciais.html>. Acesso em: 19 fev 2019.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides para a turma. Os slides (4 a 8) mostram um córrego extremamente poluído que corta uma favela na Índia; a espuma formada pela poluição no Rio Tietê, na altura da cidade de Salto; a desflorestação na Indonésia para transformação da área em uma plantação de palmeiras oleaginosas; a poluição e assoreamento no Ribeirão Caladinho, um pequeno curso hidrográfico da zona urbana de Coronel Fabriciano; e a descarga de efluente.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, existem uma série de situações que podem causar a degradação das áreas de mananciais. Projete as imagens para os alunos. Cada imagem projetada representa situações que levam à degradação das áreas de mananciais. Dessa forma, eles devem observar as imagens e buscar responder às seguintes perguntas:

  • Como a degradação de áreas de mananciais impacta na qualidade da água?
  • Esse impacto pode refletir no custo da água? Por quê?

Algumas das causas que levam à degradação das áreas de mananciais são:

  • Ocupação desordenada do solo, especialmente Áreas de Preservação Permanente (APP);
  • Práticas impróprias de uso do solo e da água;
  • Precariedade nos sistemas de esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais e resíduos sólidos;
  • Superexploração dos recursos hídricos;
  • Retirada da cobertura vegetal;
  • Erosão e assoreamento de rios e córregos; e
  • Desenvolvimento de atividades industriais em descumprimento à legislação ambiental.

Espera-se que eles respondam que estas situações acabam implicando na retirada da cobertura vegetal que está relacionada com a manutenção dos fluxos de água no solo e purificação da água. Ou seja, a retirada desta cobertura para expansão urbana ou conversão para usos agrícolas ou outro tipo de uso comprometem a qualidade da água de diversas maneiras, seja através do carregamento de partículas de solo para o leito dos rios, seja levando compostos químicos usados na agricultura, seja através de despejo de efluentes sem tratamento nos cursos d’água, que consequentemente, reverte em custo para a própria população.

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Mananciais. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/aguas-urbanas/mananciais.html>. Acesso em: 19 fev 2019.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides para a turma. Os slides (4 a 8) mostram um córrego extremamente poluído que corta uma favela na Índia; a espuma formada pela poluição no Rio Tietê, na altura da cidade de Salto; a desflorestação na Indonésia para transformação da área em uma plantação de palmeiras oleaginosas; a poluição e assoreamento no Ribeirão Caladinho, um pequeno curso hidrográfico da zona urbana de Coronel Fabriciano; e a descarga de efluente.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, existem uma série de situações que podem causar a degradação das áreas de mananciais. Projete as imagens para os alunos. Cada imagem projetada representa situações que levam à degradação das áreas de mananciais. Dessa forma, eles devem observar as imagens e buscar responder às seguintes perguntas:

  • Como a degradação de áreas de mananciais impacta na qualidade da água?
  • Esse impacto pode refletir no custo da água? Por quê?

Algumas das causas que levam à degradação das áreas de mananciais são:

  • Ocupação desordenada do solo, especialmente Áreas de Preservação Permanente (APP);
  • Práticas impróprias de uso do solo e da água;
  • Precariedade nos sistemas de esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais e resíduos sólidos;
  • Superexploração dos recursos hídricos;
  • Retirada da cobertura vegetal;
  • Erosão e assoreamento de rios e córregos; e
  • Desenvolvimento de atividades industriais em descumprimento à legislação ambiental.

Espera-se que eles respondam que estas situações acabam implicando na retirada da cobertura vegetal que está relacionada com a manutenção dos fluxos de água no solo e purificação da água. Ou seja, a retirada desta cobertura para expansão urbana ou conversão para usos agrícolas ou outro tipo de uso comprometem a qualidade da água de diversas maneiras, seja através do carregamento de partículas de solo para o leito dos rios, seja levando compostos químicos usados na agricultura, seja através de despejo de efluentes sem tratamento nos cursos d’água, que consequentemente, reverte em custo para a própria população.

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Mananciais. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/aguas-urbanas/mananciais.html>. Acesso em: 19 fev 2019.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides para a turma. Os slides (4 a 8) mostram um córrego extremamente poluído que corta uma favela na Índia; a espuma formada pela poluição no Rio Tietê, na altura da cidade de Salto; a desflorestação na Indonésia para transformação da área em uma plantação de palmeiras oleaginosas; a poluição e assoreamento no Ribeirão Caladinho, um pequeno curso hidrográfico da zona urbana de Coronel Fabriciano; e a descarga de efluente.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, existem uma série de situações que podem causar a degradação das áreas de mananciais. Projete as imagens para os alunos. Cada imagem projetada representa situações que levam à degradação das áreas de mananciais. Dessa forma, eles devem observar as imagens e buscar responder às seguintes perguntas:

  • Como a degradação de áreas de mananciais impacta na qualidade da água?
  • Esse impacto pode refletir no custo da água? Por quê?

Algumas das causas que levam à degradação das áreas de mananciais são:

  • Ocupação desordenada do solo, especialmente Áreas de Preservação Permanente (APP);
  • Práticas impróprias de uso do solo e da água;
  • Precariedade nos sistemas de esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais e resíduos sólidos;
  • Superexploração dos recursos hídricos;
  • Retirada da cobertura vegetal;
  • Erosão e assoreamento de rios e córregos; e
  • Desenvolvimento de atividades industriais em descumprimento à legislação ambiental.

Espera-se que eles respondam que estas situações acabam implicando na retirada da cobertura vegetal que está relacionada com a manutenção dos fluxos de água no solo e purificação da água. Ou seja, a retirada desta cobertura para expansão urbana ou conversão para usos agrícolas ou outro tipo de uso comprometem a qualidade da água de diversas maneiras, seja através do carregamento de partículas de solo para o leito dos rios, seja levando compostos químicos usados na agricultura, seja através de despejo de efluentes sem tratamento nos cursos d’água, que consequentemente, reverte em custo para a própria população.

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Mananciais. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/aguas-urbanas/mananciais.html>. Acesso em: 19 fev 2019.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides para a turma. Os slides (4 a 8) mostram um córrego extremamente poluído que corta uma favela na Índia; a espuma formada pela poluição no Rio Tietê, na altura da cidade de Salto; a desflorestação na Indonésia para transformação da área em uma plantação de palmeiras oleaginosas; a poluição e assoreamento no Ribeirão Caladinho, um pequeno curso hidrográfico da zona urbana de Coronel Fabriciano; e a descarga de efluente.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, existem uma série de situações que podem causar a degradação das áreas de mananciais. Projete as imagens para os alunos. Cada imagem projetada representa situações que levam à degradação das áreas de mananciais. Dessa forma, eles devem observar as imagens e buscar responder às seguintes perguntas:

  • Como a degradação de áreas de mananciais impacta na qualidade da água?
  • Esse impacto pode refletir no custo da água? Por quê?

Algumas das causas que levam à degradação das áreas de mananciais são:

  • Ocupação desordenada do solo, especialmente Áreas de Preservação Permanente (APP);
  • Práticas impróprias de uso do solo e da água;
  • Precariedade nos sistemas de esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais e resíduos sólidos;
  • Superexploração dos recursos hídricos;
  • Retirada da cobertura vegetal;
  • Erosão e assoreamento de rios e córregos; e
  • Desenvolvimento de atividades industriais em descumprimento à legislação ambiental.

Espera-se que eles respondam que estas situações acabam implicando na retirada da cobertura vegetal que está relacionada com a manutenção dos fluxos de água no solo e purificação da água. Ou seja, a retirada desta cobertura para expansão urbana ou conversão para usos agrícolas ou outro tipo de uso comprometem a qualidade da água de diversas maneiras, seja através do carregamento de partículas de solo para o leito dos rios, seja levando compostos químicos usados na agricultura, seja através de despejo de efluentes sem tratamento nos cursos d’água, que consequentemente, reverte em custo para a própria população.

Imagens Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Btvbu5jBqRu9HeFQ6k7YABqXxnJQvNMjSWermtDbAdChveGmgEcFvKyBNHZ5/geo6-10und08-imagens-problematizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que remetam à sua localidade.

Para você saber mais:

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Mananciais. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/aguas-urbanas/mananciais.html>. Acesso em: 19 fev 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: A manutenção de um cenário de degradação dos mananciais resulta na baixa qualidade da água distribuída, que acaba expondo uma parcela da população às doenças. Diante disso, busca-se minimizar o problema fazendo o tratamento da água ou investindo em busca de novos mananciais. Por esta razão, as bacias hidrográficas que possuem mananciais de abastecimento de água devem ser conservadas, pois a qualidade da água bruta depende da forma pela qual os diferentes trechos da bacia são manejados.

De modo geral, a perda da cobertura florestal resulta em impactos na forma de custo social, que acabam recaindo sobre a população usuária de água. Para conhecer o impacto da degradação hídrica no custo final para o consumidor, serão utilizados dados levantados em um estudo em duas categorias de consumidores de água do Distrito Federal entre 2003 e 2008: a categoria residencial popular (baixa renda) e residencial de renda média a alta. O período de estudo é um pouco antigo, mas as bases de dados para tal tema são escassas, não prejudicando a atividade, pois a intenção é que o aluno analise e interprete os custos sociais entre as classes alta, média e baixa, indicando que elas se equiparam ao longo dos anos de estudo.

Peça que os alunos formem duplas. Imprima e entregue para cada dupla a folha de atividade que está disponível no link: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WGA8Pq2psrexjtwGNFMvjdQRBkX6wXQ5WGN7ZcYhJRuDA3skDRN3uQFfxEdT/geo6-10und08-atividades-da-sistematizacao.pdf

Peça que os alunos leiam as instruções para a realização da atividade que consiste em observar cada período (ano) com o respectivo custo com despesas de água para o consumidor das categorias popular (baixa renda) e normal (renda média a alta).

Nesta etapa, cada dupla deve calcular a média dos custos das despesas de água para cada uma das categorias. Para isso, deve somar o custo social das despesas de água da categoria popular e dividir por 6 (seis) que corresponde ao período de análise (2003-2008) e proceder da mesma forma para a categoria normal. Fale para os alunos que estes valores representam o impacto no bolso do consumidor da degradação da qualidade hídrica.

Na sequência peça que analisem um mapa da região metropolitana de São Paulo e seus principais mananciais. A ideia é que eles saibam os custos e visualizem áreas de vulnerabilidade num meio com extremo desenvolvimento urbano, se questionando se realmente é possível preservar áreas de mananciais em regiões tão grandes e populosas tal como a representada no mapa. Pergunte para os alunos o que eles concluem a partir desta observação. Espera-se que eles respondam que se os trechos estudados fossem mais conservados, os custos com o tratamento de água poderiam ser menores para o consumidor. Também espera-se que eles percebam - ou mesmo comecem a refletir - sobre as dificuldades em se preservar mananciais em cidades tão densamente populosas, com uma infraestrutura urbana precária e dificuldades sociais imensas em várias instâncias da sociedade.

Para você saber mais:

Estudos mostram que existe uma ligação entre o percentual de cobertura florestal de bacia hidrográficas e os custos de tratamento da água. Existem casos em que cerca de 50% a 55% da variação nos custos de tratamento de água podem ser explicados pelo percentual de cobertura florestal da bacia hidrográfica.

Um estudo realizado para determinação dos custos em sistemas de abastecimento com diferentes percentuais de cobertura florestal nas bacias do Rio Piracicaba e do Rio Cotia, em São Paulo mostrou que os sistemas com menor gasto com produtos químicos foram aqueles que apresentavam maiores índices de cobertura florestal (superior a 15%). Isso acontece porque a água filtrada pela cobertura vegetal substitui o uso de insumos como produtos químicos utilizados para filtração e purificação no processo de tratamento.

POMPERMAYER, R.; ANGELO, H.; ALMEIDA, A.N. Custo Social da Degradação da Qualidade Hídrica para o Abastecimento Público. Floresta e Ambiente, 23, pp. 320-329, 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/floram/v23n3/2179-8087-floram-2179-8087114115.pdf> Acesso em: 19 fev 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 22 minutos

Orientações: Imprima e entregue a folha com a atividade para as duplas disponível no link: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/nYYxnZFvqtwS2Y24Msxxvp5dk6tEAsXmfQQrD6up6NWNWWpFaruft2GUf3ES/geo6-10und08-atividades-da-sistematizacao.pdf

As duplas devem anotar acima de cada barra do gráfico os valores correspondentes dos custos com despesas de água nas diferentes categorias (%) de cada ano, incluindo a média que eles calcularam. Os percentuais anuais encontram-se na atividade da Ação Propositiva. Depois que anotarem os valores, eles deverão responder as questões da Atividade de Sistematização e apresentar para a turma. Espera-se que eles retomem as situações de degradação de mananciais expostas na Problematização como subsídio para apontar algumas soluções para a conservação de áreas e, consequentemente, para a redução dos custos sociais da degradação de áreas de mananciais.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Unidade do 6º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06GE10 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano