17906
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 6º ano > Unidade

Plano de aula - Os “impactos do resfriamento” em áreas urbanas

Plano de aula de Geografia com atividades para 6º ano do Fundamental sobre compreender a influência da vegetação no sistema microclimático em áreas urbanas.

Plano 07 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Regina Luiza Gouvea

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06GE13 de Geografia. Esta habilidade requer a compreensão das consequências, vantagens e desvantagens das práticas humanas na dinâmica climática (ilha de calor etc.). Para isso será abordado os “impactos de resfriamento” dos parques urbanos no conforto térmico e no consumo de energia. Sabemos que um reflexo dessas manchas verdes nas áreas urbanas são as baixas temperaturas em relação às suas redondezas, mas pouco se sabe da economia de consumo de energia em residências em áreas urbanas próximas de áreas verdes. Nesta aula os alunos deverão compreender que a expansão de áreas verdes resulta no melhor conforto térmico para as pessoas, mas também contribui com a redução do consumo de energia e do custo final para o consumidor. Para tal, será realizada uma atividade com uma simulação de consumo de residentes em áreas urbanas e residentes em áreas urbanas próximas a parques. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Projetor, caderno; caneta ou lápis para anotações.

Material complementar:

Atividade da Ação propositiva:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/BFSFusCGJbQYCYZVzgMFaBuWzN9hdsJhduAx9GEKXYkp7vsXvBZtGmnhHz8y/geo6-13und07-atividade-da-acao-propositiva.pdf

Gabarito:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/H3Vqq3Wsy4fP2x54Xs3r4zxqdyPhmvuKcvgng55b4Ns2NPevrGFW8zjw4mPK/geo6-13und07-gabarito.pdf

Para você saber mais:

Conforto térmico: expressa a satisfação do homem com o ambiente térmico circundante, ou seja, expressa o conforto sentido pelo homem proporcionado pelo ambiente em que ele está.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Projete o tema aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma que o tema da aula é como vegetação é capaz de amenizar os efeitos causados pelas ilhas de calor urbanas. Exponha para a turma que esta aula abordará os “impactos do resfriamento” em áreas urbanas, ou seja, a influência da vegetação no sistema microclimático em áreas urbanas. Destaque que estudos mostram que existem diferenças de temperatura sob a influência de diferentes fatores locais, como ocorre, por exemplo, em áreas verdes em centros urbanos. Tais diferenças implicam, não somente no conforto térmico, mas também no consumo de energia.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Fale para os alunos que a urbanização tem se intensificado em boa parte do mundo e isso tem gerado diversas discussões de caráter geográfico, sendo uma delas as alterações das condições habituais de tempo. Peça que observem as imagens dos slides que trazem fotografias aéreas de diferentes áreas urbanas: Toronto, Canadá, que passou por um intenso processo de industrialização (Figura 1); o Central Park, em Nova York, cidade intensamente urbanizada (Figura 2); São Paulo, com sua formação vertical e horizontal (Figura 3); e o Parque Ibirapuera, em São Paulo, mancha verde na área urbana da capital brasileira (Figura 4). Após observarem as imagens, pergunte a eles de que maneira a urbanização interfere nos padrões climáticos. Espera-se que eles façam uma associação direta com o aumento da temperatura por conta da substituição de áreas verdes por áreas edificadas, pois é de conhecimento popular que ambientes vegetados proporcionem uma redução da temperatura e maior conforto térmico nos dias mais quentes do ano.

Neste momento, explique que o crescimento das cidades, o aumento das áreas edificadas e uso materiais nas construções urbanas, como concreto e asfalto, favorece a absorção e armazenamento da radiação solar, provocando o aumento da temperatura. Portanto, é de se esperar que haja um maior desconforto térmico em dias quentes e aumento do consumo de energia elétrica com o uso de ar-condicionado ou ventiladores para amenizar os efeitos do calor.

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que reportem à localidade.

Para você saber mais:

Ilha de calor: anomalia térmica que resulta, entre outros fatores, das diferenças de absorção e armazenamento de energia solar pelos materiais que constituem a superfície urbana, como edifícios, asfalto, concreto, etc.

HIROTA, M; VORMITTAG, E. Como as áreas verdes nas cidades geram benefícios para a saúde. Revista Época, 01/11/2015. Disponível em: <https://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/blog-do-planeta/noticia/2015/11/como-areas-verdes-nas-cidades-geram-beneficios-para-saude.html>. Acesso em: 15 abr 2019.

“Conforme o clima no mundo fica mais quente, sistemas de ar-condicionado estão se tornando cada vez mais populares. Mas será que a energia consumida para deixar nossas casas e escritórios mais frescos vai acabar acelerando a mudança climática, ou alterações no design dos aparelhos conseguirão evitar isto?”

Essa é uma manchete da BBC. A reportagem trata do aumento da demanda por ar-condicionado devido ao aumento da temperatura média global e, consequentemente, do aumento uso da capacidade elétrica com tal aumento. Para conhecer a reportagem na íntegra, acesse o link:

BARANIUK, Chris. Como o uso de ar condicionado está deixando o mundo mais quente. BBC News, 20/06/2018. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-44504546>. Acesso em: 15 abr 2019.

Fonte das imagens:

Imagem 1: Financial District, Toronto. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Financial_District,_Toronto.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 2: FREDERICK, S. 5 NYC parks that are larger than Central Park. Untapped cities. Disponível em: . Acesso em: 15 abr 2019.

imagem 3: Estádio Pacaembu, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Estadio_Pacaembu4.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 4: Parque Ibirapuera, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Parque#/media/File:Ibirapuera_e_Vila_Nova_C.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Fale para os alunos que a urbanização tem se intensificado em boa parte do mundo e isso tem gerado diversas discussões de caráter geográfico, sendo uma delas as alterações das condições habituais de tempo. Peça que observem as imagens dos slides que trazem fotografias aéreas de diferentes áreas urbanas: Toronto, Canadá, que passou por um intenso processo de industrialização (Figura 1); o Central Park, em Nova York, cidade intensamente urbanizada (Figura 2); São Paulo, com sua formação vertical e horizontal (Figura 3); e o Parque Ibirapuera, em São Paulo, mancha verde na área urbana da capital brasileira (Figura 4). Após observarem as imagens, pergunte a eles de que maneira a urbanização interfere nos padrões climáticos. Espera-se que eles façam uma associação direta com o aumento da temperatura por conta da substituição de áreas verdes por áreas edificadas, pois é de conhecimento popular que ambientes vegetados proporcionem uma redução da temperatura e maior conforto térmico nos dias mais quentes do ano.

Neste momento, explique que o crescimento das cidades, o aumento das áreas edificadas e uso materiais nas construções urbanas, como concreto e asfalto, favorece a absorção e armazenamento da radiação solar, provocando o aumento da temperatura. Portanto, é de se esperar que haja um maior desconforto térmico em dias quentes e aumento do consumo de energia elétrica com o uso de ar-condicionado ou ventiladores para amenizar os efeitos do calor.

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que reportem à localidade.

Para você saber mais:

Ilha de calor: anomalia térmica que resulta, entre outros fatores, das diferenças de absorção e armazenamento de energia solar pelos materiais que constituem a superfície urbana, como edifícios, asfalto, concreto, etc.

HIROTA, M; VORMITTAG, E. Como as áreas verdes nas cidades geram benefícios para a saúde. Revista Época, 01/11/2015. Disponível em: <https://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/blog-do-planeta/noticia/2015/11/como-areas-verdes-nas-cidades-geram-beneficios-para-saude.html>. Acesso em: 15 abr 2019.

“Conforme o clima no mundo fica mais quente, sistemas de ar-condicionado estão se tornando cada vez mais populares. Mas será que a energia consumida para deixar nossas casas e escritórios mais frescos vai acabar acelerando a mudança climática, ou alterações no design dos aparelhos conseguirão evitar isto?”

Essa é uma manchete da BBC. A reportagem trata do aumento da demanda por ar-condicionado devido ao aumento da temperatura média global e, consequentemente, do aumento uso da capacidade elétrica com tal aumento. Para conhecer a reportagem na íntegra, acesse o link:

BARANIUK, Chris. Como o uso de ar condicionado está deixando o mundo mais quente. BBC News, 20/06/2018. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-44504546>. Acesso em: 15 abr 2019.

Fonte das imagens:

Imagem 1: Financial District, Toronto. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Financial_District,_Toronto.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 2: FREDERICK, S. 5 NYC parks that are larger than Central Park. Untapped cities. Disponível em: . Acesso em: 15 abr 2019.

imagem 3: Estádio Pacaembu, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Estadio_Pacaembu4.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 4: Parque Ibirapuera, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Parque#/media/File:Ibirapuera_e_Vila_Nova_C.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Fale para os alunos que a urbanização tem se intensificado em boa parte do mundo e isso tem gerado diversas discussões de caráter geográfico, sendo uma delas as alterações das condições habituais de tempo. Peça que observem as imagens dos slides que trazem fotografias aéreas de diferentes áreas urbanas: Toronto, Canadá, que passou por um intenso processo de industrialização (Figura 1); o Central Park, em Nova York, cidade intensamente urbanizada (Figura 2); São Paulo, com sua formação vertical e horizontal (Figura 3); e o Parque Ibirapuera, em São Paulo, mancha verde na área urbana da capital brasileira (Figura 4). Após observarem as imagens, pergunte a eles de que maneira a urbanização interfere nos padrões climáticos. Espera-se que eles façam uma associação direta com o aumento da temperatura por conta da substituição de áreas verdes por áreas edificadas, pois é de conhecimento popular que ambientes vegetados proporcionem uma redução da temperatura e maior conforto térmico nos dias mais quentes do ano.

Neste momento, explique que o crescimento das cidades, o aumento das áreas edificadas e uso materiais nas construções urbanas, como concreto e asfalto, favorece a absorção e armazenamento da radiação solar, provocando o aumento da temperatura. Portanto, é de se esperar que haja um maior desconforto térmico em dias quentes e aumento do consumo de energia elétrica com o uso de ar-condicionado ou ventiladores para amenizar os efeitos do calor.

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que reportem à localidade.

Para você saber mais:

Ilha de calor: anomalia térmica que resulta, entre outros fatores, das diferenças de absorção e armazenamento de energia solar pelos materiais que constituem a superfície urbana, como edifícios, asfalto, concreto, etc.

HIROTA, M; VORMITTAG, E. Como as áreas verdes nas cidades geram benefícios para a saúde. Revista Época, 01/11/2015. Disponível em: <https://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/blog-do-planeta/noticia/2015/11/como-areas-verdes-nas-cidades-geram-beneficios-para-saude.html>. Acesso em: 15 abr 2019.

“Conforme o clima no mundo fica mais quente, sistemas de ar-condicionado estão se tornando cada vez mais populares. Mas será que a energia consumida para deixar nossas casas e escritórios mais frescos vai acabar acelerando a mudança climática, ou alterações no design dos aparelhos conseguirão evitar isto?”

Essa é uma manchete da BBC. A reportagem trata do aumento da demanda por ar-condicionado devido ao aumento da temperatura média global e, consequentemente, do aumento uso da capacidade elétrica com tal aumento. Para conhecer a reportagem na íntegra, acesse o link:

BARANIUK, Chris. Como o uso de ar condicionado está deixando o mundo mais quente. BBC News, 20/06/2018. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-44504546>. Acesso em: 15 abr 2019.

Fonte das imagens:

Imagem 1: Financial District, Toronto. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Financial_District,_Toronto.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 2: FREDERICK, S. 5 NYC parks that are larger than Central Park. Untapped cities. Disponível em: . Acesso em: 15 abr 2019.

imagem 3: Estádio Pacaembu, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Estadio_Pacaembu4.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 4: Parque Ibirapuera, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Parque#/media/File:Ibirapuera_e_Vila_Nova_C.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Fale para os alunos que a urbanização tem se intensificado em boa parte do mundo e isso tem gerado diversas discussões de caráter geográfico, sendo uma delas as alterações das condições habituais de tempo. Peça que observem as imagens dos slides que trazem fotografias aéreas de diferentes áreas urbanas: Toronto, Canadá, que passou por um intenso processo de industrialização (Figura 1); o Central Park, em Nova York, cidade intensamente urbanizada (Figura 2); São Paulo, com sua formação vertical e horizontal (Figura 3); e o Parque Ibirapuera, em São Paulo, mancha verde na área urbana da capital brasileira (Figura 4). Após observarem as imagens, pergunte a eles de que maneira a urbanização interfere nos padrões climáticos. Espera-se que eles façam uma associação direta com o aumento da temperatura por conta da substituição de áreas verdes por áreas edificadas, pois é de conhecimento popular que ambientes vegetados proporcionem uma redução da temperatura e maior conforto térmico nos dias mais quentes do ano.

Neste momento, explique que o crescimento das cidades, o aumento das áreas edificadas e uso materiais nas construções urbanas, como concreto e asfalto, favorece a absorção e armazenamento da radiação solar, provocando o aumento da temperatura. Portanto, é de se esperar que haja um maior desconforto térmico em dias quentes e aumento do consumo de energia elétrica com o uso de ar-condicionado ou ventiladores para amenizar os efeitos do calor.

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que reportem à localidade.

Para você saber mais:

Ilha de calor: anomalia térmica que resulta, entre outros fatores, das diferenças de absorção e armazenamento de energia solar pelos materiais que constituem a superfície urbana, como edifícios, asfalto, concreto, etc.

HIROTA, M; VORMITTAG, E. Como as áreas verdes nas cidades geram benefícios para a saúde. Revista Época, 01/11/2015. Disponível em: <https://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/blog-do-planeta/noticia/2015/11/como-areas-verdes-nas-cidades-geram-beneficios-para-saude.html>. Acesso em: 15 abr 2019.

“Conforme o clima no mundo fica mais quente, sistemas de ar-condicionado estão se tornando cada vez mais populares. Mas será que a energia consumida para deixar nossas casas e escritórios mais frescos vai acabar acelerando a mudança climática, ou alterações no design dos aparelhos conseguirão evitar isto?”

Essa é uma manchete da BBC. A reportagem trata do aumento da demanda por ar-condicionado devido ao aumento da temperatura média global e, consequentemente, do aumento uso da capacidade elétrica com tal aumento. Para conhecer a reportagem na íntegra, acesse o link:

BARANIUK, Chris. Como o uso de ar condicionado está deixando o mundo mais quente. BBC News, 20/06/2018. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-44504546>. Acesso em: 15 abr 2019.

Fonte das imagens:

Imagem 1: Financial District, Toronto. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Financial_District,_Toronto.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 2: FREDERICK, S. 5 NYC parks that are larger than Central Park. Untapped cities. Disponível em: . Acesso em: 15 abr 2019.

imagem 3: Estádio Pacaembu, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Estadio_Pacaembu4.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 4: Parque Ibirapuera, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Parque#/media/File:Ibirapuera_e_Vila_Nova_C.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: Sabe-se que um dos reflexos das manchas verdes nas áreas urbanas são as baixas temperaturas em relação às suas redondezas, tanto durante o dia, quanto durante a noite. Outro fator relevante da presença dessas áreas verdes é a possibilidade de se economizar energia quando as construções urbanas estão próximas a tais áreas, como parques urbanos.

Peça que os alunos observem a imagem. Pergunte para a turma qual região representada no gráfico apresenta os maiores valores de temperatura e quais apresentam os menores valores de temperatura. Questione-os de que forma os parques urbanos contribuem na amenização do clima. Dessa forma, pergunte-os de que maneira as residências próximas a parques podem economizar energia. Espera-se que respondam na redução do uso de ventiladores e ar-condicionado, pois poderia ser a primeira associação a ser feita. Caso a respostas seja essa, afirme que a resposta está correta e complemente que áreas verdes bem arborizadas são capazes de gerar condições microclimáticas mais estáveis, no que se refere à temperatura e umidade, em relação ao seu entorno e que isso ocorre também pela capacidade de evapotranspiração e retenção da água no solo destes ambientes, que emitem uma menor quantidade de radiação infravermelha em relação ao solo exposto, concreto ou asfalto.

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que reportem à localidade.

Para você saber mais:

Para conhecer mais sobre influência da vegetação em um sistema microclimático, acesse o artigo abaixo. Foram registradas a diferença de temperatura e umidade em pontos específicos, definindo e quantificando até que ponto a vegetação é capaz de amenizar os efeitos causados pelas ICUs.

O artigo também destaca dois estudos que mostram uma redução no uso de ar condicionado em áreas urbanas localizados próximos a parques. Um em Singapura e outro no Japão. O estudo realizado em Singapura mostrou uma capacidade de até 10% na redução da energia utilizada para resfriamento de ambientes urbanos localizados ao redor de parques, em comparação com ambientes mais afastados destes. E no Japão estimou-se uma economia de até 4000 kWh de eletricidade utilizada em resfriamento, no período das 13 às 14h em um dia quente de verão em ambientes urbanos localizados ao redor de parques.

Fonte: HERINGER, P.; LUCAS, T.P.B. A influência da vegetação em um microclima da cidade de Belo Horizonte, MG. Caderno de Geografia, Belo Horizonte, v. 24, n. 42, p. 56-72, jul. 2014. Disponível em: <http://periodicos.pucminas.br/index.php/geografia/article/view/6623>. Acesso em: 15 abr 2019.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Fale para a turma que farão uma comparação entre o consumo de energia em residências localizadas em áreas urbanas e residências mais próximas a parques urbanos. A atividade será feita em equipe e os resultados serão utilizados para debater e responder as questões da Atividade de Sistematização.

A folha de atividade está disponível no link:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/BFSFusCGJbQYCYZVzgMFaBuWzN9hdsJhduAx9GEKXYkp7vsXvBZtGmnhHz8y/geo6-13und07-atividade-da-acao-propositiva.pdf

O gabarito está disponível no link:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/H3Vqq3Wsy4fP2x54Xs3r4zxqdyPhmvuKcvgng55b4Ns2NPevrGFW8zjw4mPK/geo6-13und07-gabarito.pdf

Antônio e Pedro moram no centro de uma metrópole, mas Pedro residente numa região próximo de um parque urbano. Na casa de Antônio, o consumo médio de energia elétrica com ar condicionado foi de 4 horas diárias durante o mês mais quente, ou seja, por 30 (trinta) dias. Na casa de Pedro o consumo foi menor, pois o ar-condicionado ficou ligado por 2 horas diárias durante o mês mais quente. Isso porque a casa de Pedro localiza-se próximo a um parque, onde as temperaturas são mais amenas, de modo que não houve a necessidade de permanecer com o aparelho ligado por mais tempo. O ar-condicionado da casa de ambos é de 7.500 BTU, com watts de potência. Ligado 1 hora por dia durante trinta dias consecutivos consome 30 kWh/mês. O preço por cada kWh dia é de R$0,782,00.

Dessa forma, calcule os valores pagos por Antônio e Pedro em kWh/mês e responda às seguintes questões:

  • Qual foi o gasto mensal de energia de Antônio e Pedro utilizando o ar-condicionado?
  • Quem consumiu menos energia?

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Peça que os alunos analisem o resultado do cálculo da atividade da Ação Propositiva, reflitam sobre os conteúdos trabalhados nas etapas anteriores, e elaborem uma charge com um diálogo entre duas pessoas sobre a rotina em um dia quente em suas casas e os motivos que as levam a utilizar ar-condicionado para amenizar o calor. Destaque para a turma que resultado do cálculo será o eixo principal para a elaboração da charge, pois ‘representa’ um fato, o de que as áreas verdes amenizam a temperatura e contribuem com a redução do consumo de energia. Sugira algumas ideias para os alunos escreverem no seu diálogo, como:

- Os efeitos positivos das atividades humanas sobre o clima;

- De que forma as áreas verde em espaços urbanos influenciam no conforto térmico.

- Economia de energia em residências localizadas em áreas próximas de parques urbanos.

-O impacto no bolso do consumidor.

Como adequar à sua realidade: Utilize fatores relacionados às temperaturas em áreas verdes de sua cidade como tema da charge.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06GE13 de Geografia. Esta habilidade requer a compreensão das consequências, vantagens e desvantagens das práticas humanas na dinâmica climática (ilha de calor etc.). Para isso será abordado os “impactos de resfriamento” dos parques urbanos no conforto térmico e no consumo de energia. Sabemos que um reflexo dessas manchas verdes nas áreas urbanas são as baixas temperaturas em relação às suas redondezas, mas pouco se sabe da economia de consumo de energia em residências em áreas urbanas próximas de áreas verdes. Nesta aula os alunos deverão compreender que a expansão de áreas verdes resulta no melhor conforto térmico para as pessoas, mas também contribui com a redução do consumo de energia e do custo final para o consumidor. Para tal, será realizada uma atividade com uma simulação de consumo de residentes em áreas urbanas e residentes em áreas urbanas próximas a parques. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Projetor, caderno; caneta ou lápis para anotações.

Material complementar:

Atividade da Ação propositiva:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/BFSFusCGJbQYCYZVzgMFaBuWzN9hdsJhduAx9GEKXYkp7vsXvBZtGmnhHz8y/geo6-13und07-atividade-da-acao-propositiva.pdf

Gabarito:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/H3Vqq3Wsy4fP2x54Xs3r4zxqdyPhmvuKcvgng55b4Ns2NPevrGFW8zjw4mPK/geo6-13und07-gabarito.pdf

Para você saber mais:

Conforto térmico: expressa a satisfação do homem com o ambiente térmico circundante, ou seja, expressa o conforto sentido pelo homem proporcionado pelo ambiente em que ele está.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Projete o tema aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma que o tema da aula é como vegetação é capaz de amenizar os efeitos causados pelas ilhas de calor urbanas. Exponha para a turma que esta aula abordará os “impactos do resfriamento” em áreas urbanas, ou seja, a influência da vegetação no sistema microclimático em áreas urbanas. Destaque que estudos mostram que existem diferenças de temperatura sob a influência de diferentes fatores locais, como ocorre, por exemplo, em áreas verdes em centros urbanos. Tais diferenças implicam, não somente no conforto térmico, mas também no consumo de energia.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Fale para os alunos que a urbanização tem se intensificado em boa parte do mundo e isso tem gerado diversas discussões de caráter geográfico, sendo uma delas as alterações das condições habituais de tempo. Peça que observem as imagens dos slides que trazem fotografias aéreas de diferentes áreas urbanas: Toronto, Canadá, que passou por um intenso processo de industrialização (Figura 1); o Central Park, em Nova York, cidade intensamente urbanizada (Figura 2); São Paulo, com sua formação vertical e horizontal (Figura 3); e o Parque Ibirapuera, em São Paulo, mancha verde na área urbana da capital brasileira (Figura 4). Após observarem as imagens, pergunte a eles de que maneira a urbanização interfere nos padrões climáticos. Espera-se que eles façam uma associação direta com o aumento da temperatura por conta da substituição de áreas verdes por áreas edificadas, pois é de conhecimento popular que ambientes vegetados proporcionem uma redução da temperatura e maior conforto térmico nos dias mais quentes do ano.

Neste momento, explique que o crescimento das cidades, o aumento das áreas edificadas e uso materiais nas construções urbanas, como concreto e asfalto, favorece a absorção e armazenamento da radiação solar, provocando o aumento da temperatura. Portanto, é de se esperar que haja um maior desconforto térmico em dias quentes e aumento do consumo de energia elétrica com o uso de ar-condicionado ou ventiladores para amenizar os efeitos do calor.

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que reportem à localidade.

Para você saber mais:

Ilha de calor: anomalia térmica que resulta, entre outros fatores, das diferenças de absorção e armazenamento de energia solar pelos materiais que constituem a superfície urbana, como edifícios, asfalto, concreto, etc.

HIROTA, M; VORMITTAG, E. Como as áreas verdes nas cidades geram benefícios para a saúde. Revista Época, 01/11/2015. Disponível em: <https://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/blog-do-planeta/noticia/2015/11/como-areas-verdes-nas-cidades-geram-beneficios-para-saude.html>. Acesso em: 15 abr 2019.

“Conforme o clima no mundo fica mais quente, sistemas de ar-condicionado estão se tornando cada vez mais populares. Mas será que a energia consumida para deixar nossas casas e escritórios mais frescos vai acabar acelerando a mudança climática, ou alterações no design dos aparelhos conseguirão evitar isto?”

Essa é uma manchete da BBC. A reportagem trata do aumento da demanda por ar-condicionado devido ao aumento da temperatura média global e, consequentemente, do aumento uso da capacidade elétrica com tal aumento. Para conhecer a reportagem na íntegra, acesse o link:

BARANIUK, Chris. Como o uso de ar condicionado está deixando o mundo mais quente. BBC News, 20/06/2018. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-44504546>. Acesso em: 15 abr 2019.

Fonte das imagens:

Imagem 1: Financial District, Toronto. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Financial_District,_Toronto.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 2: FREDERICK, S. 5 NYC parks that are larger than Central Park. Untapped cities. Disponível em: . Acesso em: 15 abr 2019.

imagem 3: Estádio Pacaembu, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Estadio_Pacaembu4.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 4: Parque Ibirapuera, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Parque#/media/File:Ibirapuera_e_Vila_Nova_C.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Slide Plano Aula

Orientações: Fale para os alunos que a urbanização tem se intensificado em boa parte do mundo e isso tem gerado diversas discussões de caráter geográfico, sendo uma delas as alterações das condições habituais de tempo. Peça que observem as imagens dos slides que trazem fotografias aéreas de diferentes áreas urbanas: Toronto, Canadá, que passou por um intenso processo de industrialização (Figura 1); o Central Park, em Nova York, cidade intensamente urbanizada (Figura 2); São Paulo, com sua formação vertical e horizontal (Figura 3); e o Parque Ibirapuera, em São Paulo, mancha verde na área urbana da capital brasileira (Figura 4). Após observarem as imagens, pergunte a eles de que maneira a urbanização interfere nos padrões climáticos. Espera-se que eles façam uma associação direta com o aumento da temperatura por conta da substituição de áreas verdes por áreas edificadas, pois é de conhecimento popular que ambientes vegetados proporcionem uma redução da temperatura e maior conforto térmico nos dias mais quentes do ano.

Neste momento, explique que o crescimento das cidades, o aumento das áreas edificadas e uso materiais nas construções urbanas, como concreto e asfalto, favorece a absorção e armazenamento da radiação solar, provocando o aumento da temperatura. Portanto, é de se esperar que haja um maior desconforto térmico em dias quentes e aumento do consumo de energia elétrica com o uso de ar-condicionado ou ventiladores para amenizar os efeitos do calor.

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que reportem à localidade.

Para você saber mais:

Ilha de calor: anomalia térmica que resulta, entre outros fatores, das diferenças de absorção e armazenamento de energia solar pelos materiais que constituem a superfície urbana, como edifícios, asfalto, concreto, etc.

HIROTA, M; VORMITTAG, E. Como as áreas verdes nas cidades geram benefícios para a saúde. Revista Época, 01/11/2015. Disponível em: <https://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/blog-do-planeta/noticia/2015/11/como-areas-verdes-nas-cidades-geram-beneficios-para-saude.html>. Acesso em: 15 abr 2019.

“Conforme o clima no mundo fica mais quente, sistemas de ar-condicionado estão se tornando cada vez mais populares. Mas será que a energia consumida para deixar nossas casas e escritórios mais frescos vai acabar acelerando a mudança climática, ou alterações no design dos aparelhos conseguirão evitar isto?”

Essa é uma manchete da BBC. A reportagem trata do aumento da demanda por ar-condicionado devido ao aumento da temperatura média global e, consequentemente, do aumento uso da capacidade elétrica com tal aumento. Para conhecer a reportagem na íntegra, acesse o link:

BARANIUK, Chris. Como o uso de ar condicionado está deixando o mundo mais quente. BBC News, 20/06/2018. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-44504546>. Acesso em: 15 abr 2019.

Fonte das imagens:

Imagem 1: Financial District, Toronto. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Financial_District,_Toronto.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 2: FREDERICK, S. 5 NYC parks that are larger than Central Park. Untapped cities. Disponível em: . Acesso em: 15 abr 2019.

imagem 3: Estádio Pacaembu, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Estadio_Pacaembu4.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 4: Parque Ibirapuera, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Parque#/media/File:Ibirapuera_e_Vila_Nova_C.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Slide Plano Aula

Orientações: Fale para os alunos que a urbanização tem se intensificado em boa parte do mundo e isso tem gerado diversas discussões de caráter geográfico, sendo uma delas as alterações das condições habituais de tempo. Peça que observem as imagens dos slides que trazem fotografias aéreas de diferentes áreas urbanas: Toronto, Canadá, que passou por um intenso processo de industrialização (Figura 1); o Central Park, em Nova York, cidade intensamente urbanizada (Figura 2); São Paulo, com sua formação vertical e horizontal (Figura 3); e o Parque Ibirapuera, em São Paulo, mancha verde na área urbana da capital brasileira (Figura 4). Após observarem as imagens, pergunte a eles de que maneira a urbanização interfere nos padrões climáticos. Espera-se que eles façam uma associação direta com o aumento da temperatura por conta da substituição de áreas verdes por áreas edificadas, pois é de conhecimento popular que ambientes vegetados proporcionem uma redução da temperatura e maior conforto térmico nos dias mais quentes do ano.

Neste momento, explique que o crescimento das cidades, o aumento das áreas edificadas e uso materiais nas construções urbanas, como concreto e asfalto, favorece a absorção e armazenamento da radiação solar, provocando o aumento da temperatura. Portanto, é de se esperar que haja um maior desconforto térmico em dias quentes e aumento do consumo de energia elétrica com o uso de ar-condicionado ou ventiladores para amenizar os efeitos do calor.

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que reportem à localidade.

Para você saber mais:

Ilha de calor: anomalia térmica que resulta, entre outros fatores, das diferenças de absorção e armazenamento de energia solar pelos materiais que constituem a superfície urbana, como edifícios, asfalto, concreto, etc.

HIROTA, M; VORMITTAG, E. Como as áreas verdes nas cidades geram benefícios para a saúde. Revista Época, 01/11/2015. Disponível em: <https://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/blog-do-planeta/noticia/2015/11/como-areas-verdes-nas-cidades-geram-beneficios-para-saude.html>. Acesso em: 15 abr 2019.

“Conforme o clima no mundo fica mais quente, sistemas de ar-condicionado estão se tornando cada vez mais populares. Mas será que a energia consumida para deixar nossas casas e escritórios mais frescos vai acabar acelerando a mudança climática, ou alterações no design dos aparelhos conseguirão evitar isto?”

Essa é uma manchete da BBC. A reportagem trata do aumento da demanda por ar-condicionado devido ao aumento da temperatura média global e, consequentemente, do aumento uso da capacidade elétrica com tal aumento. Para conhecer a reportagem na íntegra, acesse o link:

BARANIUK, Chris. Como o uso de ar condicionado está deixando o mundo mais quente. BBC News, 20/06/2018. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-44504546>. Acesso em: 15 abr 2019.

Fonte das imagens:

Imagem 1: Financial District, Toronto. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Financial_District,_Toronto.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 2: FREDERICK, S. 5 NYC parks that are larger than Central Park. Untapped cities. Disponível em: . Acesso em: 15 abr 2019.

imagem 3: Estádio Pacaembu, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Estadio_Pacaembu4.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 4: Parque Ibirapuera, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Parque#/media/File:Ibirapuera_e_Vila_Nova_C.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Slide Plano Aula

Orientações: Fale para os alunos que a urbanização tem se intensificado em boa parte do mundo e isso tem gerado diversas discussões de caráter geográfico, sendo uma delas as alterações das condições habituais de tempo. Peça que observem as imagens dos slides que trazem fotografias aéreas de diferentes áreas urbanas: Toronto, Canadá, que passou por um intenso processo de industrialização (Figura 1); o Central Park, em Nova York, cidade intensamente urbanizada (Figura 2); São Paulo, com sua formação vertical e horizontal (Figura 3); e o Parque Ibirapuera, em São Paulo, mancha verde na área urbana da capital brasileira (Figura 4). Após observarem as imagens, pergunte a eles de que maneira a urbanização interfere nos padrões climáticos. Espera-se que eles façam uma associação direta com o aumento da temperatura por conta da substituição de áreas verdes por áreas edificadas, pois é de conhecimento popular que ambientes vegetados proporcionem uma redução da temperatura e maior conforto térmico nos dias mais quentes do ano.

Neste momento, explique que o crescimento das cidades, o aumento das áreas edificadas e uso materiais nas construções urbanas, como concreto e asfalto, favorece a absorção e armazenamento da radiação solar, provocando o aumento da temperatura. Portanto, é de se esperar que haja um maior desconforto térmico em dias quentes e aumento do consumo de energia elétrica com o uso de ar-condicionado ou ventiladores para amenizar os efeitos do calor.

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que reportem à localidade.

Para você saber mais:

Ilha de calor: anomalia térmica que resulta, entre outros fatores, das diferenças de absorção e armazenamento de energia solar pelos materiais que constituem a superfície urbana, como edifícios, asfalto, concreto, etc.

HIROTA, M; VORMITTAG, E. Como as áreas verdes nas cidades geram benefícios para a saúde. Revista Época, 01/11/2015. Disponível em: <https://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/blog-do-planeta/noticia/2015/11/como-areas-verdes-nas-cidades-geram-beneficios-para-saude.html>. Acesso em: 15 abr 2019.

“Conforme o clima no mundo fica mais quente, sistemas de ar-condicionado estão se tornando cada vez mais populares. Mas será que a energia consumida para deixar nossas casas e escritórios mais frescos vai acabar acelerando a mudança climática, ou alterações no design dos aparelhos conseguirão evitar isto?”

Essa é uma manchete da BBC. A reportagem trata do aumento da demanda por ar-condicionado devido ao aumento da temperatura média global e, consequentemente, do aumento uso da capacidade elétrica com tal aumento. Para conhecer a reportagem na íntegra, acesse o link:

BARANIUK, Chris. Como o uso de ar condicionado está deixando o mundo mais quente. BBC News, 20/06/2018. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-44504546>. Acesso em: 15 abr 2019.

Fonte das imagens:

Imagem 1: Financial District, Toronto. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Financial_District,_Toronto.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 2: FREDERICK, S. 5 NYC parks that are larger than Central Park. Untapped cities. Disponível em: . Acesso em: 15 abr 2019.

imagem 3: Estádio Pacaembu, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o#/media/File:Estadio_Pacaembu4.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Imagem 4: Parque Ibirapuera, São Paulo. Wikipedia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Parque#/media/File:Ibirapuera_e_Vila_Nova_C.jpg>. Acesso em: 15 abr 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: Sabe-se que um dos reflexos das manchas verdes nas áreas urbanas são as baixas temperaturas em relação às suas redondezas, tanto durante o dia, quanto durante a noite. Outro fator relevante da presença dessas áreas verdes é a possibilidade de se economizar energia quando as construções urbanas estão próximas a tais áreas, como parques urbanos.

Peça que os alunos observem a imagem. Pergunte para a turma qual região representada no gráfico apresenta os maiores valores de temperatura e quais apresentam os menores valores de temperatura. Questione-os de que forma os parques urbanos contribuem na amenização do clima. Dessa forma, pergunte-os de que maneira as residências próximas a parques podem economizar energia. Espera-se que respondam na redução do uso de ventiladores e ar-condicionado, pois poderia ser a primeira associação a ser feita. Caso a respostas seja essa, afirme que a resposta está correta e complemente que áreas verdes bem arborizadas são capazes de gerar condições microclimáticas mais estáveis, no que se refere à temperatura e umidade, em relação ao seu entorno e que isso ocorre também pela capacidade de evapotranspiração e retenção da água no solo destes ambientes, que emitem uma menor quantidade de radiação infravermelha em relação ao solo exposto, concreto ou asfalto.

Como adequar à sua realidade: Utilize imagens que reportem à localidade.

Para você saber mais:

Para conhecer mais sobre influência da vegetação em um sistema microclimático, acesse o artigo abaixo. Foram registradas a diferença de temperatura e umidade em pontos específicos, definindo e quantificando até que ponto a vegetação é capaz de amenizar os efeitos causados pelas ICUs.

O artigo também destaca dois estudos que mostram uma redução no uso de ar condicionado em áreas urbanas localizados próximos a parques. Um em Singapura e outro no Japão. O estudo realizado em Singapura mostrou uma capacidade de até 10% na redução da energia utilizada para resfriamento de ambientes urbanos localizados ao redor de parques, em comparação com ambientes mais afastados destes. E no Japão estimou-se uma economia de até 4000 kWh de eletricidade utilizada em resfriamento, no período das 13 às 14h em um dia quente de verão em ambientes urbanos localizados ao redor de parques.

Fonte: HERINGER, P.; LUCAS, T.P.B. A influência da vegetação em um microclima da cidade de Belo Horizonte, MG. Caderno de Geografia, Belo Horizonte, v. 24, n. 42, p. 56-72, jul. 2014. Disponível em: <http://periodicos.pucminas.br/index.php/geografia/article/view/6623>. Acesso em: 15 abr 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Fale para a turma que farão uma comparação entre o consumo de energia em residências localizadas em áreas urbanas e residências mais próximas a parques urbanos. A atividade será feita em equipe e os resultados serão utilizados para debater e responder as questões da Atividade de Sistematização.

A folha de atividade está disponível no link:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/BFSFusCGJbQYCYZVzgMFaBuWzN9hdsJhduAx9GEKXYkp7vsXvBZtGmnhHz8y/geo6-13und07-atividade-da-acao-propositiva.pdf

O gabarito está disponível no link:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/H3Vqq3Wsy4fP2x54Xs3r4zxqdyPhmvuKcvgng55b4Ns2NPevrGFW8zjw4mPK/geo6-13und07-gabarito.pdf

Antônio e Pedro moram no centro de uma metrópole, mas Pedro residente numa região próximo de um parque urbano. Na casa de Antônio, o consumo médio de energia elétrica com ar condicionado foi de 4 horas diárias durante o mês mais quente, ou seja, por 30 (trinta) dias. Na casa de Pedro o consumo foi menor, pois o ar-condicionado ficou ligado por 2 horas diárias durante o mês mais quente. Isso porque a casa de Pedro localiza-se próximo a um parque, onde as temperaturas são mais amenas, de modo que não houve a necessidade de permanecer com o aparelho ligado por mais tempo. O ar-condicionado da casa de ambos é de 7.500 BTU, com watts de potência. Ligado 1 hora por dia durante trinta dias consecutivos consome 30 kWh/mês. O preço por cada kWh dia é de R$0,782,00.

Dessa forma, calcule os valores pagos por Antônio e Pedro em kWh/mês e responda às seguintes questões:

  • Qual foi o gasto mensal de energia de Antônio e Pedro utilizando o ar-condicionado?
  • Quem consumiu menos energia?
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Peça que os alunos analisem o resultado do cálculo da atividade da Ação Propositiva, reflitam sobre os conteúdos trabalhados nas etapas anteriores, e elaborem uma charge com um diálogo entre duas pessoas sobre a rotina em um dia quente em suas casas e os motivos que as levam a utilizar ar-condicionado para amenizar o calor. Destaque para a turma que resultado do cálculo será o eixo principal para a elaboração da charge, pois ‘representa’ um fato, o de que as áreas verdes amenizam a temperatura e contribuem com a redução do consumo de energia. Sugira algumas ideias para os alunos escreverem no seu diálogo, como:

- Os efeitos positivos das atividades humanas sobre o clima;

- De que forma as áreas verde em espaços urbanos influenciam no conforto térmico.

- Economia de energia em residências localizadas em áreas próximas de parques urbanos.

-O impacto no bolso do consumidor.

Como adequar à sua realidade: Utilize fatores relacionados às temperaturas em áreas verdes de sua cidade como tema da charge.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Unidade do 6º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06GE13 da BNCC

6º ano / Geografia / Unidade

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano