17864
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 9º ano > Conexões e escalas

Plano de aula - A tensa relação entre China e Taiwan

Plano de aula de Geografia com atividades para 9º ano do Fundamental sobre compreender os conflitos geopolíticos existentes entre China e Taiwan e os motivos que dificultam a independência taiwanesa.

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Lara D'Assunção Dos Santos

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09GE08 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Essa aula focará nos conflitos territoriais asiáticos, mais especificamente o conflito existente entre China e Taiwan.

Materiais necessários: Folha de papel ofício, lápis ou caneta. Imagens, texto e mapas do material complementar.

Material complementar:

Imagens e texto: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/46vaGGhrck682gR5GtZ3fyyQR7GdW4Yy7dfSxGz4dJMXPYyt3tCmEK3CxJgV/geo9-08und5-acao-propositiva-imagens-e-texto.pdf

Link para os mapas:

Mapa da localização da China e de Taiwan. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:China_Taiwan_Locator.png. Acesso em 19 de abril de 2019.

Mapa dos territórios controlados pela República Popular da China (RPC) e territórios controlados pela República da China (ROC). Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:China_map.png. Acesso em 19 de abril de 2019

Para você saber mais:

Matéria da BBC: “Taiwan, a ilha ‘rebelde’ que segue desafiando o dragão chinês. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/11/151107_taiwan_desafia_china_fd. Acesso em 20 de abril de 2019.

Matéria do G1: “China pressiona pela reunificação com Taiwan”. Disponível em: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/01/02/china-pressiona-pela-reunificacao-com-taiwan.ghtml. Acesso em 20 de abril de 2019.

Matéria da Deutsche Welle: “Zeitgeist: a delicada relação entre a China e Taiwan”. Disponível em: https://www.dw.com/pt-br/zeitgeist-a-delicada-relação-entre-a-china-e-taiwan/a-36654225. Acesso em 19 de abril de 2019.

Matéria da Gazeta do Povo sobre os movimentos independentistas brasileiros. Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/politica/republica/nao-e-so-o-sul-nordeste-norte-e-ate-brasilia-tambem-querem-se-separar-do-brasil-dl27j0iy69c1h73sj6lejk2o7/. Acesso em 21 de abril de 2019.

Contextos prévios: Guerra Fria e Tigres Asiáticos

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Diga aos alunos que nessa aula eles irão aprender sobre a tensa relação entre China (República Popular da China) e Taiwan (República da China) que remonta ao fim da Segunda Guerra Mundial e à Guerra Fria. Eles verão também a forma que esses territórios têm buscado acordos como forma de amenizar essas tensões.

Fale durante essa aula eles escreverão cartas aos presidentes do respectivos países para tentar solucionar ou amenizar essas tensões.

Como adequar à sua realidade: Você pode citar os movimentos independentistas brasileiros, como o do Sul que se chama “O sul é meu país” e já alcança 122 mil seguidores no Facebook.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Projete ou imprima esse mapa para os alunos e mostre para eles. Se a impressão não puder ser colorida, pinte você mesmo China e Taiwan de cores distintas. Explique para os alunos que a China exerce poder sobre Taiwan, o que significa que este não é um país soberano. Essa divisão expressa no mapa não é recente. Ela data de 1949, quando os comunistas chineses (Partido Comunista Chinês) venceram o embate contra os nacionalistas do Kuomitang (Partido Nacional do Povo). Com a derrota, o governo nacionalista fugiu para Taiwan e desde então a ilha tem seu próprio governo. Hoje em dia, Taiwan tem um governo eleito democraticamente, instituições independentes, moeda nacional, forças armadas, participa ativamente do comércio internacional e é membro da APEC (Cooperação Econômica Ásia-Pacífico).

Fale que no próximo mapa eles verão que essa divisão se resume em: República Popular da China, proclamada na vitória do comunismo, e República da China.

A divisão entre essas “duas Chinas” se tornou um dos palcos da Guerra Fria. Os Estados Unidos, ao perceberem a invasão da Coreia do Sul pelas tropas comunistas norte-coreanas em janeiro de 1950, ordenou à 7ª Divisão da Marinha (que opera na região oeste do Oceano Pacífico e Índico) que evitassem qualquer invasão comunista em Taiwan.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Nesse momento é interessante que os alunos observem o mapa (impresso ou projetado) e, atrelando ao contexto dado, pensem alguns motivos que levaram Taiwan a se tornar um país economicamente forte.

Um dos motivos que podem ser ditos é o fato de Taiwan ser um aliado asiático essencial para os Estados Unidos.

O segundo motivo é fruto do contexto dos anos de 1970, quando os governos de Taiwan, Cingapura, Hong Kong e Coreia do Sul desenvolveram projetos de infraestrutura, transporte, comunicação e energia, além de financiar instalações industriais e altos investimentos em educação e qualificação profissional. Esse contexto resultou no desenvolvimento dos chamados Tigres Asiáticos.

Explique aos alunos que o desenvolvimento de Taiwan dificultou o controle da República Popular da China sobre esse país.

Atualmente, Taiwan é um Estado soberano, mas ainda não é reconhecido pela ONU e pelas principais organizações internacionais. Mantém relações diplomáticas com 26 países apenas. A China Popular considera Taiwan uma província rebelde, uma parte inalienável do seu território.

Diga que nos últimos anos a China Popular tem se empenhado ostensivamente no projeto de reunificação, inclusive recorrendo ao uso da força, caso isso seja inevitável. Desde a década de 1990, tem realizado manobras militares no estreito de Taiwan, no sentido de reforçar a sua disposição de impedir qualquer tentativa de independência.

A tentativa de reunificação da China Popular com as demais localidades (Tibete e Hong Kong) se chama “um país, dois sistemas”. No entanto, esse projeto foi recusado pela população taiwanesa.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Explique aos alunos que uma solução traçada pela República Popular da China é buscar a convivência com dois tipos de sistemas: o socialista no continente e o capitalista em Taiwan. Esse conceito é denominado “Um país, dois sistemas” e serviria também para integrar Hong Kong. Essa dinâmica só seria possível graças ao sucesso das Zonas Econômicas Especiais (ZEEs). A criação de ZEEs em 1980 se deu devido às reformas econômicas realizadas pelo Estado chinês a partir de 1978. Seu objetivo é realizar a inserção chinesa no capitalismo mundial. Essas áreas são zonas disponibilizadas para investimentos estrangeiros, onde são concedidos diversos incentivos, como isenções fiscais, terrenos, edificações, além de ser um local onde se concentram fornecedores, indústrias, centros de pesquisa, etc. Para que as empresas estrangeiras possam se instalar elas devem se vincular às empresas chinesas por meio de joint ventures, o que significa transferir parte de seu know-how tecnológico (NONNEMBERG, 2008).

Em tese, isso permitiria a Taiwan adotar as suas políticas econômicas e manter as suas instituições, com relativa autonomia. Você deverá dividir os alunos em grupos de 4 ou 5 e distribuir o texto presente no material complementar (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/46vaGGhrck682gR5GtZ3fyyQR7GdW4Yy7dfSxGz4dJMXPYyt3tCmEK3CxJgV/geo9-08und5-acao-propositiva-imagens-e-texto.pdf). Distribua bandeiras de Taiwan e da China aleatoriamente entre os grupos juntamente com folhas de papel ofício. As bandeiras também estão disponíveis no material complementar. É primordial que haja o mesmo número de grupos “China” e “Taiwan”.

Após distribuir, diga aos alunos que o grupo que tiver a bandeira de Taiwan deverá defender os ideais taiwaneses. Eles deverão elaborar uma carta com os motivos que o levaram a escrevê-la, seus argumentos e suas justificativas. Ela deve ser direcionada ao presidente da China (Xi Jinping) contando por que consideram importante que Taiwan seja independente.

Os grupos que tiverem com a bandeira da China deverão defender os ideais chineses escrevendo uma carta nos mesmos moldes à presidenta taiwanesa (Tsai Ing-wen) explicando porquê Taiwan deveria ser reunificado à China.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Os alunos com a bandeira da China deverão entregar suas cartas para os alunos com a bandeira de Taiwan. Cada grupo lê a carta recebida em voz alta e conta se se sentiu convencido pelos motivos expressos na carta e porquê.

Ajude a incrementar o debate sugerindo elementos que poderiam convencer melhor o outro grupo.

Ao final, pendure as cartas tidas como mais convincentes no mural.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09GE08 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Essa aula focará nos conflitos territoriais asiáticos, mais especificamente o conflito existente entre China e Taiwan.

Materiais necessários: Folha de papel ofício, lápis ou caneta. Imagens, texto e mapas do material complementar.

Material complementar:

Imagens e texto: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/46vaGGhrck682gR5GtZ3fyyQR7GdW4Yy7dfSxGz4dJMXPYyt3tCmEK3CxJgV/geo9-08und5-acao-propositiva-imagens-e-texto.pdf

Link para os mapas:

Mapa da localização da China e de Taiwan. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:China_Taiwan_Locator.png. Acesso em 19 de abril de 2019.

Mapa dos territórios controlados pela República Popular da China (RPC) e territórios controlados pela República da China (ROC). Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:China_map.png. Acesso em 19 de abril de 2019

Para você saber mais:

Matéria da BBC: “Taiwan, a ilha ‘rebelde’ que segue desafiando o dragão chinês. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/11/151107_taiwan_desafia_china_fd. Acesso em 20 de abril de 2019.

Matéria do G1: “China pressiona pela reunificação com Taiwan”. Disponível em: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/01/02/china-pressiona-pela-reunificacao-com-taiwan.ghtml. Acesso em 20 de abril de 2019.

Matéria da Deutsche Welle: “Zeitgeist: a delicada relação entre a China e Taiwan”. Disponível em: https://www.dw.com/pt-br/zeitgeist-a-delicada-relação-entre-a-china-e-taiwan/a-36654225. Acesso em 19 de abril de 2019.

Matéria da Gazeta do Povo sobre os movimentos independentistas brasileiros. Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/politica/republica/nao-e-so-o-sul-nordeste-norte-e-ate-brasilia-tambem-querem-se-separar-do-brasil-dl27j0iy69c1h73sj6lejk2o7/. Acesso em 21 de abril de 2019.

Contextos prévios: Guerra Fria e Tigres Asiáticos

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Diga aos alunos que nessa aula eles irão aprender sobre a tensa relação entre China (República Popular da China) e Taiwan (República da China) que remonta ao fim da Segunda Guerra Mundial e à Guerra Fria. Eles verão também a forma que esses territórios têm buscado acordos como forma de amenizar essas tensões.

Fale durante essa aula eles escreverão cartas aos presidentes do respectivos países para tentar solucionar ou amenizar essas tensões.

Como adequar à sua realidade: Você pode citar os movimentos independentistas brasileiros, como o do Sul que se chama “O sul é meu país” e já alcança 122 mil seguidores no Facebook.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Projete ou imprima esse mapa para os alunos e mostre para eles. Se a impressão não puder ser colorida, pinte você mesmo China e Taiwan de cores distintas. Explique para os alunos que a China exerce poder sobre Taiwan, o que significa que este não é um país soberano. Essa divisão expressa no mapa não é recente. Ela data de 1949, quando os comunistas chineses (Partido Comunista Chinês) venceram o embate contra os nacionalistas do Kuomitang (Partido Nacional do Povo). Com a derrota, o governo nacionalista fugiu para Taiwan e desde então a ilha tem seu próprio governo. Hoje em dia, Taiwan tem um governo eleito democraticamente, instituições independentes, moeda nacional, forças armadas, participa ativamente do comércio internacional e é membro da APEC (Cooperação Econômica Ásia-Pacífico).

Fale que no próximo mapa eles verão que essa divisão se resume em: República Popular da China, proclamada na vitória do comunismo, e República da China.

A divisão entre essas “duas Chinas” se tornou um dos palcos da Guerra Fria. Os Estados Unidos, ao perceberem a invasão da Coreia do Sul pelas tropas comunistas norte-coreanas em janeiro de 1950, ordenou à 7ª Divisão da Marinha (que opera na região oeste do Oceano Pacífico e Índico) que evitassem qualquer invasão comunista em Taiwan.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Nesse momento é interessante que os alunos observem o mapa (impresso ou projetado) e, atrelando ao contexto dado, pensem alguns motivos que levaram Taiwan a se tornar um país economicamente forte.

Um dos motivos que podem ser ditos é o fato de Taiwan ser um aliado asiático essencial para os Estados Unidos.

O segundo motivo é fruto do contexto dos anos de 1970, quando os governos de Taiwan, Cingapura, Hong Kong e Coreia do Sul desenvolveram projetos de infraestrutura, transporte, comunicação e energia, além de financiar instalações industriais e altos investimentos em educação e qualificação profissional. Esse contexto resultou no desenvolvimento dos chamados Tigres Asiáticos.

Explique aos alunos que o desenvolvimento de Taiwan dificultou o controle da República Popular da China sobre esse país.

Atualmente, Taiwan é um Estado soberano, mas ainda não é reconhecido pela ONU e pelas principais organizações internacionais. Mantém relações diplomáticas com 26 países apenas. A China Popular considera Taiwan uma província rebelde, uma parte inalienável do seu território.

Diga que nos últimos anos a China Popular tem se empenhado ostensivamente no projeto de reunificação, inclusive recorrendo ao uso da força, caso isso seja inevitável. Desde a década de 1990, tem realizado manobras militares no estreito de Taiwan, no sentido de reforçar a sua disposição de impedir qualquer tentativa de independência.

A tentativa de reunificação da China Popular com as demais localidades (Tibete e Hong Kong) se chama “um país, dois sistemas”. No entanto, esse projeto foi recusado pela população taiwanesa.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Explique aos alunos que uma solução traçada pela República Popular da China é buscar a convivência com dois tipos de sistemas: o socialista no continente e o capitalista em Taiwan. Esse conceito é denominado “Um país, dois sistemas” e serviria também para integrar Hong Kong. Essa dinâmica só seria possível graças ao sucesso das Zonas Econômicas Especiais (ZEEs). A criação de ZEEs em 1980 se deu devido às reformas econômicas realizadas pelo Estado chinês a partir de 1978. Seu objetivo é realizar a inserção chinesa no capitalismo mundial. Essas áreas são zonas disponibilizadas para investimentos estrangeiros, onde são concedidos diversos incentivos, como isenções fiscais, terrenos, edificações, além de ser um local onde se concentram fornecedores, indústrias, centros de pesquisa, etc. Para que as empresas estrangeiras possam se instalar elas devem se vincular às empresas chinesas por meio de joint ventures, o que significa transferir parte de seu know-how tecnológico (NONNEMBERG, 2008).

Em tese, isso permitiria a Taiwan adotar as suas políticas econômicas e manter as suas instituições, com relativa autonomia. Você deverá dividir os alunos em grupos de 4 ou 5 e distribuir o texto presente no material complementar (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/46vaGGhrck682gR5GtZ3fyyQR7GdW4Yy7dfSxGz4dJMXPYyt3tCmEK3CxJgV/geo9-08und5-acao-propositiva-imagens-e-texto.pdf). Distribua bandeiras de Taiwan e da China aleatoriamente entre os grupos juntamente com folhas de papel ofício. As bandeiras também estão disponíveis no material complementar. É primordial que haja o mesmo número de grupos “China” e “Taiwan”.

Após distribuir, diga aos alunos que o grupo que tiver a bandeira de Taiwan deverá defender os ideais taiwaneses. Eles deverão elaborar uma carta com os motivos que o levaram a escrevê-la, seus argumentos e suas justificativas. Ela deve ser direcionada ao presidente da China (Xi Jinping) contando por que consideram importante que Taiwan seja independente.

Os grupos que tiverem com a bandeira da China deverão defender os ideais chineses escrevendo uma carta nos mesmos moldes à presidenta taiwanesa (Tsai Ing-wen) explicando porquê Taiwan deveria ser reunificado à China.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Os alunos com a bandeira da China deverão entregar suas cartas para os alunos com a bandeira de Taiwan. Cada grupo lê a carta recebida em voz alta e conta se se sentiu convencido pelos motivos expressos na carta e porquê.

Ajude a incrementar o debate sugerindo elementos que poderiam convencer melhor o outro grupo.

Ao final, pendure as cartas tidas como mais convincentes no mural.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Conexões e escalas do 9º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF09GE08 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano