17846
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 7º ano > A organização do poder e as dinâmicas do mundo colonial americano

Plano de aula - Os diferentes absolutismos na Europa, do Estado Moderno aos dias de hoje

Plano de aula de História com atividades para 7º ano do EF sobre Os diferentes absolutismos na Europa, do Estado Moderno aos dias de hoje

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Julia Bittencourt Barbosa Correa

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF07HI07, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

  • Caderno.
  • Lápis, borracha, canetas.
  • Textos e imagens impressas.

Material complementar: Links para impressão dos documentos usados nesta aula:

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Se for possível, projete para os alunos o objetivo da aula. Senão, escreva-o no quadro e realize a leitura coletiva com a sala. Certifique-se de que todos os alunos compreendam o objetivo e esclareça as eventuais dúvidas que surgirem.

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos.

Orientações: Nesta etapa os alunos irão ser introduzidos no tema que será discutido em sala de aula. Para isso divida a sala em duplas e distribua a coletânea de imagens para que os alunos façam a análise.

Link para impressão: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EbDzWWGTY9pfSS8TMKNfzwjdstTEshJEhHyq5brNx8efB8BJtrJTDSEs4RWq/his7-07und04-contexto.pdf

Enquanto as duplas analisam as imagens, faça alguns questionamentos no sentido de orientar o trabalho dos alunos. Por exemplo:

  • O que era o absolutismo? É esperado que os alunos respondam que era uma forma de governo em que o rei controlava todas
    as instâncias da sociedade.
  • Qual o papel do rei na sociedade absolutista? É esperado que eles respondam que o rei tem papel central, detendo todo
    o poder na sociedade absolutista.
  • Como viviam os grupos sociais na sociedade absolutista? Os alunos devem responder que aqueles que não faziam parte da nobreza ou do clero viviam de forma precária, passando necessidades.
  • E hoje, qual o papel das famílias reais? As respostas devem ser variadas e pessoais, desde um papel somente de manter as tradições até cumprir alguma função política.
  • Como funcionam as monarquias atuais? É esperado que os alunos respondam de maneira bastante variada, podendo inclusive não saber o papel que cumprem as monarquias nos governos atuais. Explique para os alunos que ainda perduram cerca de 28 governos monárquicos no mundo até os dias de hoje, que vão desde monarquias parlamentares, como na Inglaterra, onde a rainha tem um papel político secundário e quem responde politicamente pelo país é o primeiro-ministro, até monarquias que ainda centram o poder na figura do rei, caracterizando governos totalitários.

Esta etapa é importante para que você perceba qual o conhecimento prévio dos alunos sobre o assunto que será desenvolvido durante a aula. O objetivo das imagens é que os alunos consigam chegar a conclusões sobre algumas características do absolutismo com base na análise de uma fonte visual.

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Nesta etapa os alunos irão ser introduzidos no tema que será discutido em sala de aula. Para isso divida a sala em duplas e distribua a coletânea de imagens para que os alunos façam a análise.

Link para impressão: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EbDzWWGTY9pfSS8TMKNfzwjdstTEshJEhHyq5brNx8efB8BJtrJTDSEs4RWq/his7-07und04-contexto.pdf

Enquanto as duplas analisam as imagens, faça alguns questionamentos no sentido de orientar o trabalho dos alunos. Por exemplo:

  • O que era o absolutismo? É esperado que os alunos respondam que era uma forma de governo em que o rei controlava
    todas as instâncias da sociedade.
  • Qual o papel do rei na sociedade absolutista? É esperado que eles respondam que o rei tem papel central, detendo todo o poder na sociedade absolutista.
  • Como viviam os grupos sociais na sociedade absolutista? Os alunos devem responder que aqueles que não faziam parte da nobreza ou do clero viviam de forma precária, passando necessidades.
  • E hoje, qual o papel das famílias reais? As respostas devem ser variadas e pessoais, desde um papel somente de manter as tradições até cumprir alguma função política.
  • Como funcionam as monarquias atuais? É esperado que os alunos respondam de maneira bastante variada, podendo inclusive não saber o papel que cumprem as monarquias nos governos atuais. Explique para os alunos que ainda perduram cerca de 28 governos monárquicos no mundo até os dias de hoje, que vão desde monarquias parlamentares, como na Inglaterra, onde a rainha tem um papel político secundário e quem responde politicamente pelo país é o primeiro-ministro, até monarquias que ainda centram o poder na figura do rei, caracterizando governos totalitários.

Esta etapa é importante para que você perceba qual o conhecimento prévio dos alunos sobre o assunto que será desenvolvido durante a aula.
O objetivo das imagens é que os alunos consigam chegar a conclusões sobre algumas características do absolutismo com base na análise de

uma fonte visual.

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Nesta etapa os alunos irão aprofundar os conhecimentos acerca do tema trabalhado em aula. Para isso, ainda nas mesmas duplas, distribua a coletânea de textos para que os alunos realizem a leitura e a análise da fonte. Link para impressão dos textos: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ug6jn5rUmFJHSYeFqhg5dcKbU7aPwYsHJpeCn6DH94GqANVkyf5rPTmZnPDP/his7-07und04-problematizacao.pdf

  • Durante a leitura, auxilie as duplas, retirando as possíveis dúvidas de vocabulário que possam surgir.
  • Oriente os alunos a fazer a análise do documento, tal qual faz um historiador. Incentive as duplas a fazer perguntas sobre os textos,
    de acordo com o que elas buscam apreender daquele documento.
  • O que este texto fala sobre as monarquias europeias durante o Estado Moderno?
  • Qual era o modelo de monarquia europeia? Por quê?
  • Havia uma forma hegemônica de as monarquias governarem? Se sim, como? Se não, por quê?
  • Como funciona uma monarquia nos dias de hoje?

É importante que você pontue que, como o texto deixa explícito, as monarquias europeias em geral seguiram um padrão estrutural que foi importado do chamado “modelo francês”, onde inclusive o rei Luís XIV, que analisamos na imagem na primeira etapa desta aula, era chamado de Rei Sol, ou seja, aquele que concentrava todo o poder, que todas as coisas “giravam em torno dele”. Apesar deste “padrão francês”, houve singularidades em cada Estado Moderno. Por exemplo, a monarquia inglesa - representada na segunda imagem analisada durante o Contexto - que, ao contrário da monarquia francesa, onde todo poder se concentrava nas mãos do rei, havia um controle do poder do monarca desde meados do século XII com a Magna Carta e mais tarde com a oficialização do Parlamento, se configurando em uma monarquia parlamentar. É importante ressaltar que, justamente na França, onde a monarquia concentrava todos os poderes, houve a Revolução Francesa, que abriu as portas das revoluções burguesas e da República para a Europa. Já a Inglaterra, com um absolutismo menos centralizado e uma corte não tão poderosa, manteve-se estável e perdura como uma monarquia parlamentar, como explica
o segundo texto para leitura. Aqui, os alunos devem perceber como as particularidades de como se desenvolvem os absolutismos em cada Estado Moderno europeu são cruciais para como os acontecimentos político-sociais irão se desenrolar a longo prazo em cada nação.

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar neste tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Nesta etapa os alunos irão aprofundar os conhecimentos acerca do tema trabalhado em aula. Para isso, ainda nas mesmas duplas, distribua a coletânea de textos para que os alunos realizem a leitura e análise da fonte. Link para impressão dos textos: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ug6jn5rUmFJHSYeFqhg5dcKbU7aPwYsHJpeCn6DH94GqANVkyf5rPTmZnPDP/his7-07und04-problematizacao.pdf

  • Durante a leitura, auxilie as duplas, retirando as possíveis dúvidas de vocabulário que possam surgir.
  • Oriente os alunos a fazer a análise do documento, tal qual faz um historiador. Incentive as duplas a fazerem perguntas sobre os textos,
    de acordo com o que elas buscam apreender daquele documento.
  • O que este texto fala sobre as monarquias europeias durante o Estado Moderno?
  • Qual era o modelo de monarquia europeia? Por quê?
  • Havia uma forma hegemônica de as monarquias governarem? Se sim, como? Se não, por quê?
  • Como funciona uma monarquia nos dias de hoje?

É importante que você pontue que, como o texto deixa explícito, as monarquias europeias em geral seguiram um padrão estrutural que foi importado do chamado “modelo francês”, onde inclusive o rei Luís XIV, que analisamos na imagem na primeira etapa desta aula, era chamado de Rei Sol, ou seja, aquele que concentrava todo o poder, que todas as coisas “giravam em torno dele”. Apesar deste “padrão francês”, houve singularidades em cada Estado Moderno. Por exemplo, a monarquia inglesa - representada na segunda imagem analisada durante o Contexto -, que, ao contrário da monarquia francesa, onde todo poder se concentrava nas mãos do rei, havia um controle do poder do monarca desde meados do século XII com a Magna Carta e mais tarde com a oficialização do Parlamento, se configurando uma monarquia parlamentar. É importante ressaltar que, justamente na França, onde a monarquia concentrava todos os poderes, houve a Revolução Francesa, que abriu as portas das revoluções burguesas e da República para a Europa. Já a Inglaterra, com um absolutismo menos centralizado e uma corte não tão poderosa, manteve-se estável e perdura como uma monarquia parlamentar, como explica o segundo texto para leitura. Aqui, os alunos devem perceber como as particularidades de como se desenvolvem os absolutismos em cada Estado Moderno europeu é crucial para como os acontecimentos político sociais irão se desenrolar a longo prazo em cada nação.

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Nesta etapa os alunos deverão desenvolver uma atividade que sintetize os conhecimentos que foram adquiridos durante a aula. Sendo assim, as duplas devem elaborar uma tabela onde listem as características que conseguiram perceber dos governos monárquicos durante os Estados modernos e as características das monarquias nos Estados contemporâneos. Os alunos podem fazer a tabela em seus cadernos e, após o término, ler em voz alta para toda a turma, assim, compartilham os resultados uns com os outros.

Link para impressão da tabela: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ASgGdmdg83KJ3xYq2VMhkG6WhnyQhWSX3St5qdn5npsbWfKSCr77g8Qt7aRT/his7-07und04-sistematizacao.pdf

Expectativas de respostas dos alunos na Sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tZSP3GB4uybXWYZpqpfY8fVW9J9wdNuF5dpYbQfEqwVF2SJCxHypxmjdHYvn/his7-07und04-expectativa-de-respostas-sistematizacao.pdf

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF07HI07, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

  • Caderno.
  • Lápis, borracha, canetas.
  • Textos e imagens impressas.

Material complementar: Links para impressão dos documentos usados nesta aula:

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Se for possível, projete para os alunos o objetivo da aula. Senão, escreva-o no quadro e realize a leitura coletiva com a sala. Certifique-se de que todos os alunos compreendam o objetivo e esclareça as eventuais dúvidas que surgirem.

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos.

Orientações: Nesta etapa os alunos irão ser introduzidos no tema que será discutido em sala de aula. Para isso divida a sala em duplas e distribua a coletânea de imagens para que os alunos façam a análise.

Link para impressão: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EbDzWWGTY9pfSS8TMKNfzwjdstTEshJEhHyq5brNx8efB8BJtrJTDSEs4RWq/his7-07und04-contexto.pdf

Enquanto as duplas analisam as imagens, faça alguns questionamentos no sentido de orientar o trabalho dos alunos. Por exemplo:

  • O que era o absolutismo? É esperado que os alunos respondam que era uma forma de governo em que o rei controlava todas
    as instâncias da sociedade.
  • Qual o papel do rei na sociedade absolutista? É esperado que eles respondam que o rei tem papel central, detendo todo
    o poder na sociedade absolutista.
  • Como viviam os grupos sociais na sociedade absolutista? Os alunos devem responder que aqueles que não faziam parte da nobreza ou do clero viviam de forma precária, passando necessidades.
  • E hoje, qual o papel das famílias reais? As respostas devem ser variadas e pessoais, desde um papel somente de manter as tradições até cumprir alguma função política.
  • Como funcionam as monarquias atuais? É esperado que os alunos respondam de maneira bastante variada, podendo inclusive não saber o papel que cumprem as monarquias nos governos atuais. Explique para os alunos que ainda perduram cerca de 28 governos monárquicos no mundo até os dias de hoje, que vão desde monarquias parlamentares, como na Inglaterra, onde a rainha tem um papel político secundário e quem responde politicamente pelo país é o primeiro-ministro, até monarquias que ainda centram o poder na figura do rei, caracterizando governos totalitários.

Esta etapa é importante para que você perceba qual o conhecimento prévio dos alunos sobre o assunto que será desenvolvido durante a aula. O objetivo das imagens é que os alunos consigam chegar a conclusões sobre algumas características do absolutismo com base na análise de uma fonte visual.

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Slide Plano Aula

Orientações: Nesta etapa os alunos irão ser introduzidos no tema que será discutido em sala de aula. Para isso divida a sala em duplas e distribua a coletânea de imagens para que os alunos façam a análise.

Link para impressão: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EbDzWWGTY9pfSS8TMKNfzwjdstTEshJEhHyq5brNx8efB8BJtrJTDSEs4RWq/his7-07und04-contexto.pdf

Enquanto as duplas analisam as imagens, faça alguns questionamentos no sentido de orientar o trabalho dos alunos. Por exemplo:

  • O que era o absolutismo? É esperado que os alunos respondam que era uma forma de governo em que o rei controlava
    todas as instâncias da sociedade.
  • Qual o papel do rei na sociedade absolutista? É esperado que eles respondam que o rei tem papel central, detendo todo o poder na sociedade absolutista.
  • Como viviam os grupos sociais na sociedade absolutista? Os alunos devem responder que aqueles que não faziam parte da nobreza ou do clero viviam de forma precária, passando necessidades.
  • E hoje, qual o papel das famílias reais? As respostas devem ser variadas e pessoais, desde um papel somente de manter as tradições até cumprir alguma função política.
  • Como funcionam as monarquias atuais? É esperado que os alunos respondam de maneira bastante variada, podendo inclusive não saber o papel que cumprem as monarquias nos governos atuais. Explique para os alunos que ainda perduram cerca de 28 governos monárquicos no mundo até os dias de hoje, que vão desde monarquias parlamentares, como na Inglaterra, onde a rainha tem um papel político secundário e quem responde politicamente pelo país é o primeiro-ministro, até monarquias que ainda centram o poder na figura do rei, caracterizando governos totalitários.

Esta etapa é importante para que você perceba qual o conhecimento prévio dos alunos sobre o assunto que será desenvolvido durante a aula.
O objetivo das imagens é que os alunos consigam chegar a conclusões sobre algumas características do absolutismo com base na análise de

uma fonte visual.

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Nesta etapa os alunos irão aprofundar os conhecimentos acerca do tema trabalhado em aula. Para isso, ainda nas mesmas duplas, distribua a coletânea de textos para que os alunos realizem a leitura e a análise da fonte. Link para impressão dos textos: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ug6jn5rUmFJHSYeFqhg5dcKbU7aPwYsHJpeCn6DH94GqANVkyf5rPTmZnPDP/his7-07und04-problematizacao.pdf

  • Durante a leitura, auxilie as duplas, retirando as possíveis dúvidas de vocabulário que possam surgir.
  • Oriente os alunos a fazer a análise do documento, tal qual faz um historiador. Incentive as duplas a fazer perguntas sobre os textos,
    de acordo com o que elas buscam apreender daquele documento.
  • O que este texto fala sobre as monarquias europeias durante o Estado Moderno?
  • Qual era o modelo de monarquia europeia? Por quê?
  • Havia uma forma hegemônica de as monarquias governarem? Se sim, como? Se não, por quê?
  • Como funciona uma monarquia nos dias de hoje?

É importante que você pontue que, como o texto deixa explícito, as monarquias europeias em geral seguiram um padrão estrutural que foi importado do chamado “modelo francês”, onde inclusive o rei Luís XIV, que analisamos na imagem na primeira etapa desta aula, era chamado de Rei Sol, ou seja, aquele que concentrava todo o poder, que todas as coisas “giravam em torno dele”. Apesar deste “padrão francês”, houve singularidades em cada Estado Moderno. Por exemplo, a monarquia inglesa - representada na segunda imagem analisada durante o Contexto - que, ao contrário da monarquia francesa, onde todo poder se concentrava nas mãos do rei, havia um controle do poder do monarca desde meados do século XII com a Magna Carta e mais tarde com a oficialização do Parlamento, se configurando em uma monarquia parlamentar. É importante ressaltar que, justamente na França, onde a monarquia concentrava todos os poderes, houve a Revolução Francesa, que abriu as portas das revoluções burguesas e da República para a Europa. Já a Inglaterra, com um absolutismo menos centralizado e uma corte não tão poderosa, manteve-se estável e perdura como uma monarquia parlamentar, como explica
o segundo texto para leitura. Aqui, os alunos devem perceber como as particularidades de como se desenvolvem os absolutismos em cada Estado Moderno europeu são cruciais para como os acontecimentos político-sociais irão se desenrolar a longo prazo em cada nação.

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar neste tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Slide Plano Aula

Orientações: Nesta etapa os alunos irão aprofundar os conhecimentos acerca do tema trabalhado em aula. Para isso, ainda nas mesmas duplas, distribua a coletânea de textos para que os alunos realizem a leitura e análise da fonte. Link para impressão dos textos: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ug6jn5rUmFJHSYeFqhg5dcKbU7aPwYsHJpeCn6DH94GqANVkyf5rPTmZnPDP/his7-07und04-problematizacao.pdf

  • Durante a leitura, auxilie as duplas, retirando as possíveis dúvidas de vocabulário que possam surgir.
  • Oriente os alunos a fazer a análise do documento, tal qual faz um historiador. Incentive as duplas a fazerem perguntas sobre os textos,
    de acordo com o que elas buscam apreender daquele documento.
  • O que este texto fala sobre as monarquias europeias durante o Estado Moderno?
  • Qual era o modelo de monarquia europeia? Por quê?
  • Havia uma forma hegemônica de as monarquias governarem? Se sim, como? Se não, por quê?
  • Como funciona uma monarquia nos dias de hoje?

É importante que você pontue que, como o texto deixa explícito, as monarquias europeias em geral seguiram um padrão estrutural que foi importado do chamado “modelo francês”, onde inclusive o rei Luís XIV, que analisamos na imagem na primeira etapa desta aula, era chamado de Rei Sol, ou seja, aquele que concentrava todo o poder, que todas as coisas “giravam em torno dele”. Apesar deste “padrão francês”, houve singularidades em cada Estado Moderno. Por exemplo, a monarquia inglesa - representada na segunda imagem analisada durante o Contexto -, que, ao contrário da monarquia francesa, onde todo poder se concentrava nas mãos do rei, havia um controle do poder do monarca desde meados do século XII com a Magna Carta e mais tarde com a oficialização do Parlamento, se configurando uma monarquia parlamentar. É importante ressaltar que, justamente na França, onde a monarquia concentrava todos os poderes, houve a Revolução Francesa, que abriu as portas das revoluções burguesas e da República para a Europa. Já a Inglaterra, com um absolutismo menos centralizado e uma corte não tão poderosa, manteve-se estável e perdura como uma monarquia parlamentar, como explica o segundo texto para leitura. Aqui, os alunos devem perceber como as particularidades de como se desenvolvem os absolutismos em cada Estado Moderno europeu é crucial para como os acontecimentos político sociais irão se desenrolar a longo prazo em cada nação.

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Nesta etapa os alunos deverão desenvolver uma atividade que sintetize os conhecimentos que foram adquiridos durante a aula. Sendo assim, as duplas devem elaborar uma tabela onde listem as características que conseguiram perceber dos governos monárquicos durante os Estados modernos e as características das monarquias nos Estados contemporâneos. Os alunos podem fazer a tabela em seus cadernos e, após o término, ler em voz alta para toda a turma, assim, compartilham os resultados uns com os outros.

Link para impressão da tabela: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ASgGdmdg83KJ3xYq2VMhkG6WhnyQhWSX3St5qdn5npsbWfKSCr77g8Qt7aRT/his7-07und04-sistematizacao.pdf

Expectativas de respostas dos alunos na Sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tZSP3GB4uybXWYZpqpfY8fVW9J9wdNuF5dpYbQfEqwVF2SJCxHypxmjdHYvn/his7-07und04-expectativa-de-respostas-sistematizacao.pdf

Para você saber mais: Caso ache necessário aprofundar este tema, seguem algumas sugestões de leitura:

  • BURKE, Peter. A fabricação do rei: A construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.
  • ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.
  • ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE A organização do poder e as dinâmicas do mundo colonial americano do 7º ano :

MAIS AULAS DE História do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF07HI07 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano