17839
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 8º ano > Unidade

Plano de aula - O novo NAFTA

Plano de aula de Geografia com atividades para 8º ano do Fundamental sobre compreender os principais objetivos do NAFTA e suas mudanças mais recentes.

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Leandro Campelo

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08GE12 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. o objetivo desse plano é compreender os principais objetivos do NAFTA (sigla em inglês North American Free Trade Agreement) e suas mudanças mais recentes.

Materiais necessários: computador, projetor multimídia, lápis, papel, caneta, borracha e dados da Ação Propositiva.

Material complementar:

Contextualização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/M9mCbaPaevpNrPv3UePGWfqY4P9HQxSBEBP766x9sTeEAfKq7znubU2N6kaq/geo8-12und04-contextualizacao-imagens-e-mapa.pdf)

Problematização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/53hmGVhW8zVC8rDS7ABJvdABqPE8ugwnqG8sHtEEUdf88rZCMHqAtqzzH3jQ/geo8-12und04-problematizacao-texto.pdf)

Ação Propositiva. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Z6wjyhybU5GgUyV3DXdz9GTgf2X9urx6Dhrqx8MrXAdgpgJtNz75f6nv5dae/geo8-12und04-acao-propositiva-texto.pdf)

Para você saber mais:

- EUA e Canadá selam acordo para substituir Nafta

Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/mundo/eua-e-canada-selam-acordo-para-substituir-nafta/. Acesso em: 11 de abril de 2019.

- Entenda os principais pontos do novo Nafta

Disponível em: https://oglobo.globo.com/economia/entenda-os-principais-pontos-do-novo-nafta-23116235. Acesso em: 11 de abril de 2019.

- EUA, México e Canadá selam um novo acordo comercial após mais de um ano de tensas negociações

Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/30/internacional/1538337081_072547.html. Acesso em: 11 de abril de 2019.

- USMCA, o novo Nafta, estará sujeito a renegociação a cada 6 anos

Disponível em: https://exame.abril.com.br/economia/usmca-o-novo-nafta-estara-sujeito-a-renegociacao-a-cada-6-anos/. Acesso em: 11 de abril de 2019.

- Maquiladoras americanas

Disponível em: http://latinoamericana.wiki.br/verbetes/m/maquiladoras-mexicanas. Acesso em: 11 de abril de 2019.

- Multilateralismo: reúne países que tem como objetivo trabalhar conjuntamente problemas e aspectos relacionados aos países. Em muitos casos, esses países se unem e formam uma organização multilateral.

- Maquiladoras: as empresas maquiladoras são aquelas que realizam a manufatura parcial, encaixe ou empacotamento de um bem sem que sejam as fabricantes originais. Ou seja, são fábricas de encaixe, manufatureiras e de serviços, destinadas à transformação, elaboração ou reparo de mercadorias de procedência estrangeira cujo destino principal é a exportação para os Estados Unidos.

- CAMARGO, F.; DAROS, T. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

Contextos prévios: Noções básicas de blocos econômicos.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Projete o tema aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Explique que o Acordo Norte-Americano de Livre-Comércio (NAFTA, na sigla em inglês) agora vai se chamar Acordo Estados Unidos-México-Canadá (USMCA, na sigla em inglês).

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos

Orientações: Projete os slides aos alunos ou faça cópias para a turma. Pergunte a turma se conhecem o NAFTA. Explique para eles que o NAFTA foi assinado em 1992 pelos Estados Unidos (EUA), México e o Canadá e entrou em vigor em 1994. Historicamente os EUA sempre defenderam o multilateralismo e não encaravam bem a formação de blocos regionais por limitar seus mercados no planeta. No entanto, com o processo de globalização e o aumento da concorrência, os norte-americanos passaram a enxergar a formação de blocos regionais um meio de expandir seus interesses econômicos por toda a América. Por exemplo, a Área de Livre-Comércio das Américas (Alca) foi um projeto integracionista defendido pelo governo Clinton (1992-2000) que não deu certo. A partir de então os EUA passaram a firmar acordos bilaterais com diversos países da América, como o Chile, e de outros continentes, como a Austrália.

Localize a posição geográfica do NAFTA, mostrando o mapa-múndi. Comente que entre as características do Nafta, a que mais se destaca é a elevada desigualdade econômica entre os seus países-membros. Os EUA, a maior economia do mundo, exercem uma influência sem igual sobre os seus vizinhos. O Canadá, é considerado por muitos como uma extensão dos EUA e o México também é bastante dependente dos Estados Unidos, apresentando, uma grande desvantagem em termos de balança comercial.

Por fim, leia o título da reportagem para a turma, comente que após meses de tensão e dúvidas no horizonte comercial norte-americano, os Estados Unidos selaram no final de 2018, um acordo com o Canadá para incorporar seu vizinho do norte ao pacto fechado com o México, podendo assim reeditar o tratado que regulamenta desde 1994 os intercâmbios entre os três países. Para muitos especialistas, se o acordo não tivesse sido concretizado, os estreitos vínculos entre três das economias mais interconectadas do planeta teriam sido abalados.

Material complementar

Contextualização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/M9mCbaPaevpNrPv3UePGWfqY4P9HQxSBEBP766x9sTeEAfKq7znubU2N6kaq/geo8-12und04-contextualizacao-imagens-e-mapa.pdf)

Como adequar à sua realidade: Você pode criar analogias com o Mercosul e mostrar exemplos de problemas enfrentados pelos países dos dois blocos.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides aos alunos ou faça cópias para a turma. Pergunte a turma se conhecem o NAFTA. Explique para eles que o NAFTA foi assinado em 1992 pelos Estados Unidos (EUA), México e o Canadá e entrou em vigor em 1994. Historicamente os EUA sempre defenderam o multilateralismo e não encaravam bem a formação de blocos regionais por limitar seus mercados no planeta. No entanto, com o processo de globalização e o aumento da concorrência, os norte-americanos passaram a enxergar a formação de blocos regionais um meio de expandir seus interesses econômicos por toda a América. Por exemplo, a Área de Livre-Comércio das Américas (Alca) foi um projeto integracionista defendido pelo governo Clinton (1992-2000) que não deu certo. A partir de então os EUA passaram a firmar acordos bilaterais com diversos países da América, como o Chile, e de outros continentes, como a Austrália.

Localize a posição geográfica do NAFTA, mostrando o mapa-múndi. Comente que entre as características do Nafta, a que mais se destaca é a elevada desigualdade econômica entre os seus países-membros. Os EUA, a maior economia do mundo, exercem uma influência sem igual sobre os seus vizinhos. O Canadá, é considerado por muitos como uma extensão dos EUA e o México também é bastante dependente dos Estados Unidos, apresentando, uma grande desvantagem em termos de balança comercial.

Por fim, leia o título da reportagem para a turma, comente que após meses de tensão e dúvidas no horizonte comercial norte-americano, os Estados Unidos selaram no final de 2018, um acordo com o Canadá para incorporar seu vizinho do norte ao pacto fechado com o México, podendo assim reeditar o tratado que regulamenta desde 1994 os intercâmbios entre os três países. Para muitos especialistas, se o acordo não tivesse sido concretizado, os estreitos vínculos entre três das economias mais interconectadas do planeta teriam sido abalados.

Material complementar

Contextualização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/M9mCbaPaevpNrPv3UePGWfqY4P9HQxSBEBP766x9sTeEAfKq7znubU2N6kaq/geo8-12und04-contextualizacao-imagens-e-mapa.pdf)

Como adequar à sua realidade: Você pode criar analogias com o Mercosul e mostrar exemplos de problemas enfrentados pelos países dos dois blocos.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides aos alunos ou faça cópias para a turma. Pergunte a turma se conhecem o NAFTA. Explique para eles que o NAFTA foi assinado em 1992 pelos Estados Unidos (EUA), México e o Canadá e entrou em vigor em 1994. Historicamente os EUA sempre defenderam o multilateralismo e não encaravam bem a formação de blocos regionais por limitar seus mercados no planeta. No entanto, com o processo de globalização e o aumento da concorrência, os norte-americanos passaram a enxergar a formação de blocos regionais um meio de expandir seus interesses econômicos por toda a América. Por exemplo, a Área de Livre-Comércio das Américas (Alca) foi um projeto integracionista defendido pelo governo Clinton (1992-2000) que não deu certo. A partir de então os EUA passaram a firmar acordos bilaterais com diversos países da América, como o Chile, e de outros continentes, como a Austrália.

Localize a posição geográfica do NAFTA, mostrando o mapa-múndi. Comente que entre as características do Nafta, a que mais se destaca é a elevada desigualdade econômica entre os seus países-membros. Os EUA, a maior economia do mundo, exercem uma influência sem igual sobre os seus vizinhos. O Canadá, é considerado por muitos como uma extensão dos EUA e o México também é bastante dependente dos Estados Unidos, apresentando, uma grande desvantagem em termos de balança comercial.

Por fim, leia o título da reportagem para a turma, comente que após meses de tensão e dúvidas no horizonte comercial norte-americano, os Estados Unidos selaram no final de 2018, um acordo com o Canadá para incorporar seu vizinho do norte ao pacto fechado com o México, podendo assim reeditar o tratado que regulamenta desde 1994 os intercâmbios entre os três países. Para muitos especialistas, se o acordo não tivesse sido concretizado, os estreitos vínculos entre três das economias mais interconectadas do planeta teriam sido abalados.

Material complementar

Contextualização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/M9mCbaPaevpNrPv3UePGWfqY4P9HQxSBEBP766x9sTeEAfKq7znubU2N6kaq/geo8-12und04-contextualizacao-imagens-e-mapa.pdf)

Como adequar à sua realidade: Você pode criar analogias com o Mercosul e mostrar exemplos de problemas enfrentados pelos países dos dois blocos.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Projete ou leia a problematização para os alunos. Peça para os alunos refletirem sobre o dilema apresentado, mas não é necessário responder no momento, eles vão pensar mais sobre este assunto na ação propositiva. Comente com a turma que desde a criação do Nafta houve um elevado crescimento no comércio dentro do bloco, o que acabou retirando fluxos financeiros de outras regiões, a União Europeia, por exemplo, foi muito atingida. Com a redução das barreiras alfandegárias entre os três países membros esse bloco ampliou significativamente suas trocas comerciais. Deixa claro para os alunos que muitos setores da sociedade são contrários ao Nafta, há vários tipos de protestos, o mais comum são de trabalhadores das indústrias nos EUA que acreditam que as maquiladoras mexicanos tomam o emprego de muitos norte-americanos.

Material complementar

Problematização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/53hmGVhW8zVC8rDS7ABJvdABqPE8ugwnqG8sHtEEUdf88rZCMHqAtqzzH3jQ/geo8-12und04-problematizacao-texto.pdf)

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Forme grupos de 3 a 5 alunos. Explique para a turma que eles vão realizar um estudo de caso. Comente que trabalhar com casos proporciona situações de aprendizagem muito significativas, devido à característica investigativa que possui, permitindo solucionar problemas que podem favorecer no processo de ensino e aprendizagem. O objetivo dessa estratégia é colocar os estudantes a se confrontarem com realidades concretas que propiciem algum tipo de reflexão. Essa metodologia trabalha com as competências: a) vivência e superação de conflitos; b) capacidade de solucionar problemas; c) visão sistêmica e integradora do assunto abordado; desenvolvimento da capacidade crítico argumentativa. (CAMARGO; DAROS, 2018, p.66-67).

Projete novamente o slide 6 ou faça cópias para a turma. O estudo de caso será este: "As pesadas tarifas impostas por Trump ao aço e alumínio canadense, e outros itens também, permanecem em vigor no momento, em um contexto no qual o governo dos Estados Unidos realiza uma campanha protecionista que afeta vários países. Como resolver este dilema com o Canadá?". Entregue uma cópia para cada grupo do arquivo "ação propositiva", desta forma, cada grupo terá mais informações para discutir o tema. Se sua escola tiver acesso à internet os alunos podem usar tablets, notebooks, celulares para fazer pesquisa sobre o tema (solicite aos alunos que tragam seus dispositivos móveis antes). Determine no máximo 15 minutos para leitura e pesquisas adicionais sobre o tema, pode-se utilizar o livro didático ou prepare outros materiais para o aluno pesquisar. Explique para os grupos que eles devem elaborar algumas perguntas para entender melhor o caso proposto e não ficar apenas nas ideias de senso comum. Dê algumas sugestões para os alunos, como: Quem será mais prejudicado? Quem se beneficiará dos novos acordos? Como chegar num acordo que favoreça todos os lados? etc. Nos outros 15 minutos, os alunos devem propor uma solução para o caso estudado.

Caminhe pela sala e acompanhe as discussões dos grupos.

Material complementar

Ação Propositiva. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Z6wjyhybU5GgUyV3DXdz9GTgf2X9urx6Dhrqx8MrXAdgpgJtNz75f6nv5dae/geo8-12und04-acao-propositiva-texto.pdf)

Como adequar à sua realidade: Você pode escolher notícias de impasses no Mercosul, por exemplo, os problemas em relação ao setor automotivo entre o Brasil e a Argentina.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Esse é o momento para os grupos compartilharem. Ao término do estudo e do debate, solicite que cada grupo apresente a solução encontrada. Você é o responsável por mediar e verificar se as soluções fazem sentido, são exequível ou se está dentro do contexto estudado. Mas vale ressaltar que não há uma resposta correta, os alunos podem encontrar diversas soluções e propostas.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08GE12 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. o objetivo desse plano é compreender os principais objetivos do NAFTA (sigla em inglês North American Free Trade Agreement) e suas mudanças mais recentes.

Materiais necessários: computador, projetor multimídia, lápis, papel, caneta, borracha e dados da Ação Propositiva.

Material complementar:

Contextualização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/M9mCbaPaevpNrPv3UePGWfqY4P9HQxSBEBP766x9sTeEAfKq7znubU2N6kaq/geo8-12und04-contextualizacao-imagens-e-mapa.pdf)

Problematização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/53hmGVhW8zVC8rDS7ABJvdABqPE8ugwnqG8sHtEEUdf88rZCMHqAtqzzH3jQ/geo8-12und04-problematizacao-texto.pdf)

Ação Propositiva. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Z6wjyhybU5GgUyV3DXdz9GTgf2X9urx6Dhrqx8MrXAdgpgJtNz75f6nv5dae/geo8-12und04-acao-propositiva-texto.pdf)

Para você saber mais:

- EUA e Canadá selam acordo para substituir Nafta

Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/mundo/eua-e-canada-selam-acordo-para-substituir-nafta/. Acesso em: 11 de abril de 2019.

- Entenda os principais pontos do novo Nafta

Disponível em: https://oglobo.globo.com/economia/entenda-os-principais-pontos-do-novo-nafta-23116235. Acesso em: 11 de abril de 2019.

- EUA, México e Canadá selam um novo acordo comercial após mais de um ano de tensas negociações

Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/30/internacional/1538337081_072547.html. Acesso em: 11 de abril de 2019.

- USMCA, o novo Nafta, estará sujeito a renegociação a cada 6 anos

Disponível em: https://exame.abril.com.br/economia/usmca-o-novo-nafta-estara-sujeito-a-renegociacao-a-cada-6-anos/. Acesso em: 11 de abril de 2019.

- Maquiladoras americanas

Disponível em: http://latinoamericana.wiki.br/verbetes/m/maquiladoras-mexicanas. Acesso em: 11 de abril de 2019.

- Multilateralismo: reúne países que tem como objetivo trabalhar conjuntamente problemas e aspectos relacionados aos países. Em muitos casos, esses países se unem e formam uma organização multilateral.

- Maquiladoras: as empresas maquiladoras são aquelas que realizam a manufatura parcial, encaixe ou empacotamento de um bem sem que sejam as fabricantes originais. Ou seja, são fábricas de encaixe, manufatureiras e de serviços, destinadas à transformação, elaboração ou reparo de mercadorias de procedência estrangeira cujo destino principal é a exportação para os Estados Unidos.

- CAMARGO, F.; DAROS, T. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

Contextos prévios: Noções básicas de blocos econômicos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Projete o tema aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Explique que o Acordo Norte-Americano de Livre-Comércio (NAFTA, na sigla em inglês) agora vai se chamar Acordo Estados Unidos-México-Canadá (USMCA, na sigla em inglês).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos

Orientações: Projete os slides aos alunos ou faça cópias para a turma. Pergunte a turma se conhecem o NAFTA. Explique para eles que o NAFTA foi assinado em 1992 pelos Estados Unidos (EUA), México e o Canadá e entrou em vigor em 1994. Historicamente os EUA sempre defenderam o multilateralismo e não encaravam bem a formação de blocos regionais por limitar seus mercados no planeta. No entanto, com o processo de globalização e o aumento da concorrência, os norte-americanos passaram a enxergar a formação de blocos regionais um meio de expandir seus interesses econômicos por toda a América. Por exemplo, a Área de Livre-Comércio das Américas (Alca) foi um projeto integracionista defendido pelo governo Clinton (1992-2000) que não deu certo. A partir de então os EUA passaram a firmar acordos bilaterais com diversos países da América, como o Chile, e de outros continentes, como a Austrália.

Localize a posição geográfica do NAFTA, mostrando o mapa-múndi. Comente que entre as características do Nafta, a que mais se destaca é a elevada desigualdade econômica entre os seus países-membros. Os EUA, a maior economia do mundo, exercem uma influência sem igual sobre os seus vizinhos. O Canadá, é considerado por muitos como uma extensão dos EUA e o México também é bastante dependente dos Estados Unidos, apresentando, uma grande desvantagem em termos de balança comercial.

Por fim, leia o título da reportagem para a turma, comente que após meses de tensão e dúvidas no horizonte comercial norte-americano, os Estados Unidos selaram no final de 2018, um acordo com o Canadá para incorporar seu vizinho do norte ao pacto fechado com o México, podendo assim reeditar o tratado que regulamenta desde 1994 os intercâmbios entre os três países. Para muitos especialistas, se o acordo não tivesse sido concretizado, os estreitos vínculos entre três das economias mais interconectadas do planeta teriam sido abalados.

Material complementar

Contextualização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/M9mCbaPaevpNrPv3UePGWfqY4P9HQxSBEBP766x9sTeEAfKq7znubU2N6kaq/geo8-12und04-contextualizacao-imagens-e-mapa.pdf)

Como adequar à sua realidade: Você pode criar analogias com o Mercosul e mostrar exemplos de problemas enfrentados pelos países dos dois blocos.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides aos alunos ou faça cópias para a turma. Pergunte a turma se conhecem o NAFTA. Explique para eles que o NAFTA foi assinado em 1992 pelos Estados Unidos (EUA), México e o Canadá e entrou em vigor em 1994. Historicamente os EUA sempre defenderam o multilateralismo e não encaravam bem a formação de blocos regionais por limitar seus mercados no planeta. No entanto, com o processo de globalização e o aumento da concorrência, os norte-americanos passaram a enxergar a formação de blocos regionais um meio de expandir seus interesses econômicos por toda a América. Por exemplo, a Área de Livre-Comércio das Américas (Alca) foi um projeto integracionista defendido pelo governo Clinton (1992-2000) que não deu certo. A partir de então os EUA passaram a firmar acordos bilaterais com diversos países da América, como o Chile, e de outros continentes, como a Austrália.

Localize a posição geográfica do NAFTA, mostrando o mapa-múndi. Comente que entre as características do Nafta, a que mais se destaca é a elevada desigualdade econômica entre os seus países-membros. Os EUA, a maior economia do mundo, exercem uma influência sem igual sobre os seus vizinhos. O Canadá, é considerado por muitos como uma extensão dos EUA e o México também é bastante dependente dos Estados Unidos, apresentando, uma grande desvantagem em termos de balança comercial.

Por fim, leia o título da reportagem para a turma, comente que após meses de tensão e dúvidas no horizonte comercial norte-americano, os Estados Unidos selaram no final de 2018, um acordo com o Canadá para incorporar seu vizinho do norte ao pacto fechado com o México, podendo assim reeditar o tratado que regulamenta desde 1994 os intercâmbios entre os três países. Para muitos especialistas, se o acordo não tivesse sido concretizado, os estreitos vínculos entre três das economias mais interconectadas do planeta teriam sido abalados.

Material complementar

Contextualização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/M9mCbaPaevpNrPv3UePGWfqY4P9HQxSBEBP766x9sTeEAfKq7znubU2N6kaq/geo8-12und04-contextualizacao-imagens-e-mapa.pdf)

Como adequar à sua realidade: Você pode criar analogias com o Mercosul e mostrar exemplos de problemas enfrentados pelos países dos dois blocos.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete os slides aos alunos ou faça cópias para a turma. Pergunte a turma se conhecem o NAFTA. Explique para eles que o NAFTA foi assinado em 1992 pelos Estados Unidos (EUA), México e o Canadá e entrou em vigor em 1994. Historicamente os EUA sempre defenderam o multilateralismo e não encaravam bem a formação de blocos regionais por limitar seus mercados no planeta. No entanto, com o processo de globalização e o aumento da concorrência, os norte-americanos passaram a enxergar a formação de blocos regionais um meio de expandir seus interesses econômicos por toda a América. Por exemplo, a Área de Livre-Comércio das Américas (Alca) foi um projeto integracionista defendido pelo governo Clinton (1992-2000) que não deu certo. A partir de então os EUA passaram a firmar acordos bilaterais com diversos países da América, como o Chile, e de outros continentes, como a Austrália.

Localize a posição geográfica do NAFTA, mostrando o mapa-múndi. Comente que entre as características do Nafta, a que mais se destaca é a elevada desigualdade econômica entre os seus países-membros. Os EUA, a maior economia do mundo, exercem uma influência sem igual sobre os seus vizinhos. O Canadá, é considerado por muitos como uma extensão dos EUA e o México também é bastante dependente dos Estados Unidos, apresentando, uma grande desvantagem em termos de balança comercial.

Por fim, leia o título da reportagem para a turma, comente que após meses de tensão e dúvidas no horizonte comercial norte-americano, os Estados Unidos selaram no final de 2018, um acordo com o Canadá para incorporar seu vizinho do norte ao pacto fechado com o México, podendo assim reeditar o tratado que regulamenta desde 1994 os intercâmbios entre os três países. Para muitos especialistas, se o acordo não tivesse sido concretizado, os estreitos vínculos entre três das economias mais interconectadas do planeta teriam sido abalados.

Material complementar

Contextualização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/M9mCbaPaevpNrPv3UePGWfqY4P9HQxSBEBP766x9sTeEAfKq7znubU2N6kaq/geo8-12und04-contextualizacao-imagens-e-mapa.pdf)

Como adequar à sua realidade: Você pode criar analogias com o Mercosul e mostrar exemplos de problemas enfrentados pelos países dos dois blocos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Projete ou leia a problematização para os alunos. Peça para os alunos refletirem sobre o dilema apresentado, mas não é necessário responder no momento, eles vão pensar mais sobre este assunto na ação propositiva. Comente com a turma que desde a criação do Nafta houve um elevado crescimento no comércio dentro do bloco, o que acabou retirando fluxos financeiros de outras regiões, a União Europeia, por exemplo, foi muito atingida. Com a redução das barreiras alfandegárias entre os três países membros esse bloco ampliou significativamente suas trocas comerciais. Deixa claro para os alunos que muitos setores da sociedade são contrários ao Nafta, há vários tipos de protestos, o mais comum são de trabalhadores das indústrias nos EUA que acreditam que as maquiladoras mexicanos tomam o emprego de muitos norte-americanos.

Material complementar

Problematização. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/53hmGVhW8zVC8rDS7ABJvdABqPE8ugwnqG8sHtEEUdf88rZCMHqAtqzzH3jQ/geo8-12und04-problematizacao-texto.pdf)

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Forme grupos de 3 a 5 alunos. Explique para a turma que eles vão realizar um estudo de caso. Comente que trabalhar com casos proporciona situações de aprendizagem muito significativas, devido à característica investigativa que possui, permitindo solucionar problemas que podem favorecer no processo de ensino e aprendizagem. O objetivo dessa estratégia é colocar os estudantes a se confrontarem com realidades concretas que propiciem algum tipo de reflexão. Essa metodologia trabalha com as competências: a) vivência e superação de conflitos; b) capacidade de solucionar problemas; c) visão sistêmica e integradora do assunto abordado; desenvolvimento da capacidade crítico argumentativa. (CAMARGO; DAROS, 2018, p.66-67).

Projete novamente o slide 6 ou faça cópias para a turma. O estudo de caso será este: "As pesadas tarifas impostas por Trump ao aço e alumínio canadense, e outros itens também, permanecem em vigor no momento, em um contexto no qual o governo dos Estados Unidos realiza uma campanha protecionista que afeta vários países. Como resolver este dilema com o Canadá?". Entregue uma cópia para cada grupo do arquivo "ação propositiva", desta forma, cada grupo terá mais informações para discutir o tema. Se sua escola tiver acesso à internet os alunos podem usar tablets, notebooks, celulares para fazer pesquisa sobre o tema (solicite aos alunos que tragam seus dispositivos móveis antes). Determine no máximo 15 minutos para leitura e pesquisas adicionais sobre o tema, pode-se utilizar o livro didático ou prepare outros materiais para o aluno pesquisar. Explique para os grupos que eles devem elaborar algumas perguntas para entender melhor o caso proposto e não ficar apenas nas ideias de senso comum. Dê algumas sugestões para os alunos, como: Quem será mais prejudicado? Quem se beneficiará dos novos acordos? Como chegar num acordo que favoreça todos os lados? etc. Nos outros 15 minutos, os alunos devem propor uma solução para o caso estudado.

Caminhe pela sala e acompanhe as discussões dos grupos.

Material complementar

Ação Propositiva. (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Z6wjyhybU5GgUyV3DXdz9GTgf2X9urx6Dhrqx8MrXAdgpgJtNz75f6nv5dae/geo8-12und04-acao-propositiva-texto.pdf)

Como adequar à sua realidade: Você pode escolher notícias de impasses no Mercosul, por exemplo, os problemas em relação ao setor automotivo entre o Brasil e a Argentina.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Esse é o momento para os grupos compartilharem. Ao término do estudo e do debate, solicite que cada grupo apresente a solução encontrada. Você é o responsável por mediar e verificar se as soluções fazem sentido, são exequível ou se está dentro do contexto estudado. Mas vale ressaltar que não há uma resposta correta, os alunos podem encontrar diversas soluções e propostas.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Unidade do 8º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08GE12 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano