10370
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Matemática > 7º ano > Probabilidade e Estatística

Plano de aula - Estabelecendo relações entre a probabilidade clássica e a frequentista

Plano de aula de Matemática com atividades para 7º ano do Fundamental sobre Probabilidade Frequentista

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Luciane Amélia Escaleira

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
ESTE É UM CONTEÚDO PARA O SAEB Ver Mais >
 

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autora: Luciane Amélia Escaleira

Mentora: Eunice Maria Figueira Cajango

Especialista de Área: Rita de Cássia Batista da Silva

Habilidade da BNCC

EF07MA28 - Planejar e realizar experimentos aleatórios ou simulações que envolvem cálculo de probabilidades ou estimativas por meio de frequência de ocorrências.

Objetivos específicos

Calcular probabilidades de eventos, comparando  e estabelecendo relações entre a probabilidade frequentista e a clássica.

Conceito-chave

Probabilidade Frequentista

Recursos necessários

Projetor de slide (opcional), lousa

Conhecimentos que a turma deve dominar

Calcular a probabilidade de um evento na visão clássica, representar a probabilidade de um evento nas formas fracionária, decimal ou percentual, fazer as correspondências entre as representações fracionária, decimal e percentual.




Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Apresente o objetivo para a turma, projetando-o, escrevendo no quadro ou lendo.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.

Retomada select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Inicie a aula retomando os conceitos de probabilidade clássica e frequentista. Pergunte aos alunos o que diferencia uma da outra. Leia com eles os questionamentos feitos no slide, anote na lousa e discuta as diferentes respostas apresentadas. Cite diferentes situações do dia-a-dia como por exemplo: a probabilidade de ter determinada doença hereditária, a probabilidade de sofrer um acidente com carro em uma estrada no feriado, a probabilidade de perder um documento em um show. Peça para eles analisarem porque não conseguimos calcular a probabilidade clássica nesses casos.

Propósito: Retomar os conceitos de probabilidade clássica e frequentista, destacando as suas aplicações.

Discuta com a turma:

  • De quais formas podemos representar a probabilidade de um evento?
  • O valor calculado na probabilidade clássica é sempre igual ao estimado na frequentista?
  • Por que na probabilidade frequentista falamos de “estimativa” no lugar de “cálculo”?

Atividade Principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Inicie a aula apresentando a situação e peça que um aluno leia o texto em voz alta. Solicite que os alunos expliquem, com suas palavras, o que entenderam da proposta que José apresentou para sua mãe. Explore a situação com os alunos, perguntando o que eles acharam da idéia de José, se eles também recebem mesada e como negociam o valor da mesada recebida. Você pode fazer o download dessa atividade para imprimir para os seus alunos e acessar a resolução desta atividade. Utilize o guia de intervenções para discutir com os alunos os possíveis erros ou dificuldades.

Propósito: Fazer com que os alunos compreendam a situação proposta para depois analisá-la com propriedade.

Discuta com a turma:

  • O que vocês acharam da proposta feita por José?
  • Vocês acham que José terá êxito em sua proposta?
  • Se esse valor recebido por José fosse distribuído pelas semanas, considerando quatro semanas no mês, quanto ele iria receber por semana?
  • Qual o nome dado ao “pagamento” semanal?

Materiais complementares para impressão:

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de intervenção

Atividade Principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Faça a leitura do diálogo entre José e sua mãe e proponha a discussão do problema em dupla. Peça que eles registrem suas conclusões no caderno. Durante esse momento circule pela sala para acompanhar como está sendo realizada essa tarefa. Estimule os alunos a apresentarem diferentes formas de discutir o problema. Para acompanhar o desenvolvimento dos alunos, faça perguntas como: “Como você pode justificar a diferença de valores?”, “O que você observou na fala de José?”. Você pode fazer o download desta atividade para imprimir para os seus alunos e acessar a resolução desta atividade.

Propósito: Fazer com que os alunos analisem os resultados apresentados por José e pela sua mãe, compare-os e estabeleça uma relação entre eles.

Discuta com a turma:

  • Em sua opinião, José discordou de sua mãe porquê?
  • De que forma podemos justificar a afirmativa da mãe de José?
  • Com base no experimento realizado por José, qual foi a estimativa de probabilidade?

Materiais complementares para impressão:

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de intervenção

Painel de soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Inicialmente peça que alguns alunos expliquem o raciocínio que seguiram para avaliar a situação e discuta com a turma. Comece analisando a afirmativa da mãe de José. Relembre com eles que para o cálculo da probabilidade clássica é necessário saber qual é o espaço amostral. Destaque que, nesse caso, o espaço amostral é formado por 56 casos possíveis. Esse número de elementos corresponde ao produto entre o total de possibilidades de retirada da primeira nota (8) e o total de retirada da segunda nota (7), uma vez que a primeira nota já foi retirada. Dessa forma o espaço amostral será de 8x7=56. Isso pode ser demonstrado a partir de uma tabela ou através de uma árvore de possibilidades (próximo slide). Essa tabela pode ser projetada ou então escrita na lousa.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Materiais complementares para impressão:

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de intervenção

Painel de soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Ressalte que também podemos saber qual é o espaço amostral para o cálculo de probabilidades usando a árvore de possibilidades. Sugira que algum aluno explique para os demais como é a estrutura dessa representação. Pergunte aos alunos qual a representação que eles consideram mais fácil, e se algum aluno usou outro tipo de representação ou fez o cálculo sem nenhuma representação (nesse caso peça que eles expliquem o raciocínio).

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Painel de soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Relembre com eles que para o cálculo da probabilidade clássica é necessário, além de saber o espaço amostral, determinar quais os resultados favoráveis. Para isso podemos marcar os valores na tabela ou na árvore de possibilidades, feitas anteriormente. Ressalte que “resultado favorável” , na situação proposta, corresponde a se obter um valor maior que a mesada de José, isto é, 60 reais. Nesse caso temos 28 casos favoráveis.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Painel de soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Relembre com eles que para o cálculo da probabilidade clássica é necessário, além de saber o espaço amostral, determinar quais os resultados favoráveis. Para isso podemos marcar os valores na tabela ou na árvore de possibilidades, feitas anteriormente. Ressalte que “resultado favorável” , na situação proposta, corresponde a se obter um valor maior que a mesada de José, isto é, 60 reais. Nesse caso temos 28 casos favoráveis.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Painel de soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Peça que algum aluno relembre como é o cálculo da probabilidade clássica. Discuta com os alunos como representar a probabilidade de diferentes formas: fracionária, decimal e percentual. Relembre como fazer correspondência entre essas representações. Pergunte se algum aluno calculou de forma diferente e peça para demonstrar para a turma.

Utilize o guia de intervenções (aqui) para discutir com os alunos como fazer a correspondência entre as diferentes representações da probabilidade.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Discuta com a turma:

  • Se a mãe de José devolvesse a primeira nota à gaveta para depois retirar a segunda nota, o espaço amostral permaneceria o mesmo? E o cálculo da probabilidade?
  • Se a primeira nota retirada pela mãe de José fosse de 50 reais, ele já poderia ter a certeza de ganhar um aumento na mesada?
  • Se a mãe de José fizesse uma contraproposta de reduzir a mesada, caso o valor total retirado fosse menor que a mesada atual, a probabilidade disso ocorrer seria maior, menor ou igual a de ele ter um aumento? E se a primeira nota retirada fosse de 50 reais?

Painel de soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Pergunte aos alunos porque José ficou surpreso com a resposta de sua mãe e como poderíamos calcular a probabilidade com base no experimento de José. Relembre com os alunos como fazer o cálculo para se ter uma estimativa da probabilidade. Pergunte à turma se alguém usou alguma representação diferente e peça para mostrar. É interessante destacar que o resultado deste cálculo está com arredondamento pois o resultado foi uma dízima periódica.

Utilize o guia de intervenções (aqui) para discutir com os alunos as possíveis dificuldades em fazer um arredondamento.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Discuta com a turma:

  • Seria correto afirmar, com base no experimento de José, que a probabilidade desse evento é de 67%?

Painel de soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Discuta com a turma de que forma os dois resultados obtidos podem ser comparados. Peça para eles explicarem quais conclusões chegaram para justificar a diferença nos valores. Destaque que a proporção também pode ser representada como fração e como tal pode ser representada em uma reta numérica. Relembre como representar uma fração na reta numérica.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Utilize o guia de intervenções (aqui) para discutir com os alunos os possíveis erros na representação de uma fração na reta numérica.

Discuta com a turma:

  • O que poderá ocorrer com a estimativa de José se ele testar sua proposta mais 30 vezes?
  • Observe que a estimativa de José foi maior. Você saberia explicar porque os valores não são iguais?
  • Você, no lugar da mãe de José, aceitaria essa proposta?

Encerramento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientação: Encerre a atividade retomando com os alunos que o cálculo realizado a partir de experimentos não nos fornece o valor exato da probabilidade, mas um valor aproximado desta. Entretanto esse valor tende a se estabilizar e ser uma boa estimativa da probabilidade quanto maior for o número de vezes que é feita a repetição. Destaque que em certos casos, como a probabilidade de um adolescente sofrer um acidente de carro, somente podemos estimar a probabilidade a partir das frequências obtidas em repetições de eventos. Peça aos alunos para citar outras situações onde a probabilidade frequentista é importante.

Se desejar, anote a frase no quadro ou num cartaz para deixar exposto em sala de aula.

Propósito: Organizar os conhecimentos sobre as relações existentes entre as probabilidades clássica e frequentista.

Raio X select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Peça que os alunos leiam o problema apresentado e solicite que cada um resolva individualmente a atividade proposta. Inicialmente proponha que eles calculem e comparem as probabilidades clássica e frequentista. Depois peça que eles registrem as observações feitas a partir de seus cálculos. Durante esse momento circule pela sala para acompanhar como está sendo realizada essa tarefa. O raio x é um momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram alcançar o objetivo proposto. No final discuta com os alunos o que podemos concluir a partir dos resultados encontrados. Registre as soluções na lousa. Você pode projetar, passar na lousa ou fazer cópia para os alunos.

Propósito: Verificar o que os alunos aprenderam com relação às diferenças apresentadas pela probabilidade clássica e a frequentista, comparando-as e apresentado as relações existentes entre elas.

Discuta com a turma:

  • O que podemos observar com relação aos resultados obtidos nos cálculos da probabilidade clássica e da frequentista?
  • De que forma a probabilidade frequentista pode se aproximar da probabilidade clássica?
  • Em quais situações a probabilidade frequentista é mais representativa?

Materiais complementares para impressão:

Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade Complementar

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Apresente o objetivo para a turma, projetando-o, escrevendo no quadro ou lendo.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.


Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autora: Luciane Amélia Escaleira

Mentora: Eunice Maria Figueira Cajango

Especialista de Área: Rita de Cássia Batista da Silva

Habilidade da BNCC

EF07MA28 - Planejar e realizar experimentos aleatórios ou simulações que envolvem cálculo de probabilidades ou estimativas por meio de frequência de ocorrências.

Objetivos específicos

Calcular probabilidades de eventos, comparando  e estabelecendo relações entre a probabilidade frequentista e a clássica.

Conceito-chave

Probabilidade Frequentista

Recursos necessários

Projetor de slide (opcional), lousa

Conhecimentos que a turma deve dominar

Calcular a probabilidade de um evento na visão clássica, representar a probabilidade de um evento nas formas fracionária, decimal ou percentual, fazer as correspondências entre as representações fracionária, decimal e percentual.



Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Inicie a aula retomando os conceitos de probabilidade clássica e frequentista. Pergunte aos alunos o que diferencia uma da outra. Leia com eles os questionamentos feitos no slide, anote na lousa e discuta as diferentes respostas apresentadas. Cite diferentes situações do dia-a-dia como por exemplo: a probabilidade de ter determinada doença hereditária, a probabilidade de sofrer um acidente com carro em uma estrada no feriado, a probabilidade de perder um documento em um show. Peça para eles analisarem porque não conseguimos calcular a probabilidade clássica nesses casos.

Propósito: Retomar os conceitos de probabilidade clássica e frequentista, destacando as suas aplicações.

Discuta com a turma:

  • De quais formas podemos representar a probabilidade de um evento?
  • O valor calculado na probabilidade clássica é sempre igual ao estimado na frequentista?
  • Por que na probabilidade frequentista falamos de “estimativa” no lugar de “cálculo”?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Inicie a aula apresentando a situação e peça que um aluno leia o texto em voz alta. Solicite que os alunos expliquem, com suas palavras, o que entenderam da proposta que José apresentou para sua mãe. Explore a situação com os alunos, perguntando o que eles acharam da idéia de José, se eles também recebem mesada e como negociam o valor da mesada recebida. Você pode fazer o download dessa atividade para imprimir para os seus alunos e acessar a resolução desta atividade. Utilize o guia de intervenções para discutir com os alunos os possíveis erros ou dificuldades.

Propósito: Fazer com que os alunos compreendam a situação proposta para depois analisá-la com propriedade.

Discuta com a turma:

  • O que vocês acharam da proposta feita por José?
  • Vocês acham que José terá êxito em sua proposta?
  • Se esse valor recebido por José fosse distribuído pelas semanas, considerando quatro semanas no mês, quanto ele iria receber por semana?
  • Qual o nome dado ao “pagamento” semanal?

Materiais complementares para impressão:

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de intervenção

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Faça a leitura do diálogo entre José e sua mãe e proponha a discussão do problema em dupla. Peça que eles registrem suas conclusões no caderno. Durante esse momento circule pela sala para acompanhar como está sendo realizada essa tarefa. Estimule os alunos a apresentarem diferentes formas de discutir o problema. Para acompanhar o desenvolvimento dos alunos, faça perguntas como: “Como você pode justificar a diferença de valores?”, “O que você observou na fala de José?”. Você pode fazer o download desta atividade para imprimir para os seus alunos e acessar a resolução desta atividade.

Propósito: Fazer com que os alunos analisem os resultados apresentados por José e pela sua mãe, compare-os e estabeleça uma relação entre eles.

Discuta com a turma:

  • Em sua opinião, José discordou de sua mãe porquê?
  • De que forma podemos justificar a afirmativa da mãe de José?
  • Com base no experimento realizado por José, qual foi a estimativa de probabilidade?

Materiais complementares para impressão:

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de intervenção

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Inicialmente peça que alguns alunos expliquem o raciocínio que seguiram para avaliar a situação e discuta com a turma. Comece analisando a afirmativa da mãe de José. Relembre com eles que para o cálculo da probabilidade clássica é necessário saber qual é o espaço amostral. Destaque que, nesse caso, o espaço amostral é formado por 56 casos possíveis. Esse número de elementos corresponde ao produto entre o total de possibilidades de retirada da primeira nota (8) e o total de retirada da segunda nota (7), uma vez que a primeira nota já foi retirada. Dessa forma o espaço amostral será de 8x7=56. Isso pode ser demonstrado a partir de uma tabela ou através de uma árvore de possibilidades (próximo slide). Essa tabela pode ser projetada ou então escrita na lousa.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Materiais complementares para impressão:

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de intervenção

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Ressalte que também podemos saber qual é o espaço amostral para o cálculo de probabilidades usando a árvore de possibilidades. Sugira que algum aluno explique para os demais como é a estrutura dessa representação. Pergunte aos alunos qual a representação que eles consideram mais fácil, e se algum aluno usou outro tipo de representação ou fez o cálculo sem nenhuma representação (nesse caso peça que eles expliquem o raciocínio).

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Relembre com eles que para o cálculo da probabilidade clássica é necessário, além de saber o espaço amostral, determinar quais os resultados favoráveis. Para isso podemos marcar os valores na tabela ou na árvore de possibilidades, feitas anteriormente. Ressalte que “resultado favorável” , na situação proposta, corresponde a se obter um valor maior que a mesada de José, isto é, 60 reais. Nesse caso temos 28 casos favoráveis.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Relembre com eles que para o cálculo da probabilidade clássica é necessário, além de saber o espaço amostral, determinar quais os resultados favoráveis. Para isso podemos marcar os valores na tabela ou na árvore de possibilidades, feitas anteriormente. Ressalte que “resultado favorável” , na situação proposta, corresponde a se obter um valor maior que a mesada de José, isto é, 60 reais. Nesse caso temos 28 casos favoráveis.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Peça que algum aluno relembre como é o cálculo da probabilidade clássica. Discuta com os alunos como representar a probabilidade de diferentes formas: fracionária, decimal e percentual. Relembre como fazer correspondência entre essas representações. Pergunte se algum aluno calculou de forma diferente e peça para demonstrar para a turma.

Utilize o guia de intervenções (aqui) para discutir com os alunos como fazer a correspondência entre as diferentes representações da probabilidade.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Discuta com a turma:

  • Se a mãe de José devolvesse a primeira nota à gaveta para depois retirar a segunda nota, o espaço amostral permaneceria o mesmo? E o cálculo da probabilidade?
  • Se a primeira nota retirada pela mãe de José fosse de 50 reais, ele já poderia ter a certeza de ganhar um aumento na mesada?
  • Se a mãe de José fizesse uma contraproposta de reduzir a mesada, caso o valor total retirado fosse menor que a mesada atual, a probabilidade disso ocorrer seria maior, menor ou igual a de ele ter um aumento? E se a primeira nota retirada fosse de 50 reais?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Pergunte aos alunos porque José ficou surpreso com a resposta de sua mãe e como poderíamos calcular a probabilidade com base no experimento de José. Relembre com os alunos como fazer o cálculo para se ter uma estimativa da probabilidade. Pergunte à turma se alguém usou alguma representação diferente e peça para mostrar. É interessante destacar que o resultado deste cálculo está com arredondamento pois o resultado foi uma dízima periódica.

Utilize o guia de intervenções (aqui) para discutir com os alunos as possíveis dificuldades em fazer um arredondamento.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Discuta com a turma:

  • Seria correto afirmar, com base no experimento de José, que a probabilidade desse evento é de 67%?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (Slides 6 a 12).

Orientações: Discuta com a turma de que forma os dois resultados obtidos podem ser comparados. Peça para eles explicarem quais conclusões chegaram para justificar a diferença nos valores. Destaque que a proporção também pode ser representada como fração e como tal pode ser representada em uma reta numérica. Relembre como representar uma fração na reta numérica.

Propósito: Apresentar e discutir diferentes propostas de resolução, com enfoque na argumentação matemática e no uso de diversas representações.

Utilize o guia de intervenções (aqui) para discutir com os alunos os possíveis erros na representação de uma fração na reta numérica.

Discuta com a turma:

  • O que poderá ocorrer com a estimativa de José se ele testar sua proposta mais 30 vezes?
  • Observe que a estimativa de José foi maior. Você saberia explicar porque os valores não são iguais?
  • Você, no lugar da mãe de José, aceitaria essa proposta?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientação: Encerre a atividade retomando com os alunos que o cálculo realizado a partir de experimentos não nos fornece o valor exato da probabilidade, mas um valor aproximado desta. Entretanto esse valor tende a se estabilizar e ser uma boa estimativa da probabilidade quanto maior for o número de vezes que é feita a repetição. Destaque que em certos casos, como a probabilidade de um adolescente sofrer um acidente de carro, somente podemos estimar a probabilidade a partir das frequências obtidas em repetições de eventos. Peça aos alunos para citar outras situações onde a probabilidade frequentista é importante.

Se desejar, anote a frase no quadro ou num cartaz para deixar exposto em sala de aula.

Propósito: Organizar os conhecimentos sobre as relações existentes entre as probabilidades clássica e frequentista.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Peça que os alunos leiam o problema apresentado e solicite que cada um resolva individualmente a atividade proposta. Inicialmente proponha que eles calculem e comparem as probabilidades clássica e frequentista. Depois peça que eles registrem as observações feitas a partir de seus cálculos. Durante esse momento circule pela sala para acompanhar como está sendo realizada essa tarefa. O raio x é um momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram alcançar o objetivo proposto. No final discuta com os alunos o que podemos concluir a partir dos resultados encontrados. Registre as soluções na lousa. Você pode projetar, passar na lousa ou fazer cópia para os alunos.

Propósito: Verificar o que os alunos aprenderam com relação às diferenças apresentadas pela probabilidade clássica e a frequentista, comparando-as e apresentado as relações existentes entre elas.

Discuta com a turma:

  • O que podemos observar com relação aos resultados obtidos nos cálculos da probabilidade clássica e da frequentista?
  • De que forma a probabilidade frequentista pode se aproximar da probabilidade clássica?
  • Em quais situações a probabilidade frequentista é mais representativa?

Materiais complementares para impressão:

Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade Complementar

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Probabilidade e Estatística do 7º ano :

Com o plano de aula sobre probabilidade e estatística os alunos aprendem a calcular probabilidade de ocorrência de eventos aleatórios, calcular média e amplitude de um conjunto de dados, planejar pesquisa amostral e pesquisa censitária e representar dados no gráfico de setores.

MAIS AULAS DE Matemática do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF07MA34 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano