17756
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 6º ano > A invenção do mundo clássico e o contraponto com outras sociedades

Plano de aula - As Mitologias Greco-romana, Africana, Indígena e a Ideia de Mito

Plano de aula de História com atividades para 6º ano do EF sobre As Mitologias Greco-romana, Africana, Indígena e a Ideia de Mito

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Maiko Menassa 

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06HI09 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: cópias impressas das imagens, tabela, roteiro e texto; projetor.

Material complementar:

Imagem 1 - Máscara do Reino de Kuba

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8SPWfSnMrrQuG7fXN9CpdYQf8D3ZFMNVkgDWVAjJNkQBn5wdgfwFyTZC7q8x/his6-09und05-imagem-1-mascara-do-reino-de-kuba.pdf

Imagem 2 - Partenon

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aq2e4aqcaNepFhQCsyfsM6MEzAb4DrtmRMSQDjPyQg2Kc3BUKb7tq7YvgSUp/his6-09und05-imagem-2-partenon.pdf

Imagem 3 - Totem

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JnzZG7ku72xWy2VtdxFg53jVecJuhrSDXm4tEDHhEtsCTeHkjhSne5AUcH5g/his6-09und05-imagem-3-totem.pdf

Trecho do artigo: “O Mito na Sociedade Atual”

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qXKDn9dnugVZXXTKGwMw9U39GrNHHhfAsvJQan4bVZTpdfjwtNXUbHTjr8nK/his6-09und05-trecho-do-artigo-o-mito-na-sociedade-atual.pdf

Tabela de Desafios

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tvNfSyPngprB95Y2jn5ZKEM8KECNMWRgH9EeVXkkn9ghtujJFgMzpztBDyZG/his6-09und05-tabela-de-explicacoes-das-frases-do-texto.pdf

Roteiro de Criação da História

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/y2QVewZDsCQk5Vx4JhjYr2eyzbrXsHSNcGQReEKJ3wzEb8adbtXXNpceMCQj/his6-09und05-roteiro-de-criacao-da-historia.pdf

Por meio deste plano o aluno será levado a comparar alguns aspectos das mitologias greco-romana, africana e indígena, bem como, a compreender aspectos comuns presentes na ideia de mito. Perceberá, ainda, que a visão de um mito é fluída, ou seja, se adapta aos diferentes contextos sociais que, em diferentes tempos e espaços, ora o encaram como verdade, dogma, preceito religioso e filosófico, ora o encaram como material cultural para observação e análise.

Portanto, evite antecipar informações e permita que os alunos identifiquem diferenças e semelhanças e, por meio de uma postura crítica e investigativa, descubram os aspectos comuns presentes na ideia de mito.

Para você saber mais:

Sobre uma definição sucinta de mito e mitologia:

POMBO, Olga. Mitos e Mitologia: mythos. Disponível em: http://www.educ.fc.ul.pt/docentes/opombo/hfe/protagoras/links/mito.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre o Reino de Kuba:

PITTA, Valter. Reino Kuba. O Fascinante Universo da História. Disponível em: http://civilizacoesafricanas.blogspot.com/2010/02/reino-kuba.html. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos do templo Partenon ao longo da História:

Partenon de Atenas. Civitatis de Atenas. Disponível em: https://www.tudosobreatenas.com/partenon. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre características arquitetônicas do templo Partenon:

Partenon. Laboratório de Mecânica computacional - Escola Politécnica da USP. Disponível em: http://www.lmc.ep.usp.br/people/hlinde/estruturas/partenon.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos gerais da mitologia grega:

BRANCO, Alberto Manuel Vara. A Mitologia Grega, uma Concepção Genial Produzida pela Humanidade: os condicionalismos religiosos e históricos na civilização helênica. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium31/4.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos da mitologia africana:

HOFBAUER, Andreas. Mitologia dos Orixás. Rev. Antropol., São Paulo , v. 44, n. 2, p. 251-258, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012001000200015. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre o conceito de mito numa perspectiva da contemporaneidade:

CRUZ, Marcelo Silvério. Mitos - suas origens e sua importância para o homem contemporâneo. UFJF. Disponível em: http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/MITOS.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Análise sobre a influência da mitologia nos tempos atuais e sobre a adaptação de seus arquétipos:

LIMA, Marcos Aurélio Mendes. Cotidiano Fantástico: a influência da mitologia na atualidade. Disponível em: https://www.academia.edu/4987557/Cotidiano_Fant%C3%A1stico_A_Influ%C3%AAncia_da_Mitologia_na_Atualidade. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre uma experiência pedagógica envolvendo a noção de consciência história e as narrativas míticas:

MOERBECK, Guilherme. História Antiga no Ensino Fundamental: um estudo sobre os mitos gregos antigos e a consciência histórica. Academia. Disponível em: https://www.academia.edu/37864195/Hist%C3%B3ria_Antiga_no_ensino_fundamental_um_estudo_sobre_os_mitos_gregos_antigos_e_a_consci%C3%AAncia_hist%C3%B3rica. Acesso em : 14 abr. 2019.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo para a turma. É importante destacar que, ao final da aula, espera-se que os alunos sejam capazes de estabelecer um comparativo entre alguns aspectos das mitologias greco-romana, africana e indígena e, também, que sejam capazes de reconhecer os aspectos comuns dentro da ideia de mito.

Para você saber mais:

Sobre uma definição sucinta de mito e mitologia:

POMBO, Olga. Mitos e Mitologia: mythos. Disponível em: http://www.educ.fc.ul.pt/docentes/opombo/hfe/protagoras/links/mito.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

Para começar, solicite aos alunos que se reúnam em trios. Em seguida, projete ou imprima cópias das imagens 1, 2 e 3 e distribua aos grupos. Caso prefira imprimir as imagens, clique nos seguintes links: Imagem 1 - Máscara do Reino de Kuba: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8SPWfSnMrrQuG7fXN9CpdYQf8D3ZFMNVkgDWVAjJNkQBn5wdgfwFyTZC7q8x/his6-09und05-imagem-1-mascara-do-reino-de-kuba.pdf, Imagem 2 - Partenon: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aq2e4aqcaNepFhQCsyfsM6MEzAb4DrtmRMSQDjPyQg2Kc3BUKb7tq7YvgSUp/his6-09und05-imagem-2-partenon.pdf e Imagem 3 - Totem: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JnzZG7ku72xWy2VtdxFg53jVecJuhrSDXm4tEDHhEtsCTeHkjhSne5AUcH5g/his6-09und05-imagem-3-totem.pdf. Peça para que os alunos observem as imagens com atenção e procurem responder às três questões propostas, registrando respostas coletivas nos cadernos.

Durante a leitura das imagens, oriente os alunos a não observá-las isoladamente, mas como estando ligadas por uma temática comum. A expectativa para a primeira questão é que os alunos consigam perceber que as três imagens apresentam objetos culturais ligados a aspectos mitológicos, mas que cada um deles se refere a mitologias singulares, advindas de culturas distintas, sendo a primeira uma máscara ligada à mitologia do povo africano Kuba, a segunda um templo dedicado à deusa Atena, personagem da mitologia grega, e a terceira um totem, artefato mítico de origem indígena. Caso os alunos manifestem dificuldades nesta questão, oriente-os a ler cuidadosamente as legendas das imagens, destacando pontos em comum e elementos que os diferem. Pergunte, ainda, se já ouviram falar das mitologias às quais os itens das imagens se referem. Possivelmente, os alunos irão manifestar conhecimento maior pela mitologia grega. Questione-os sobre o porquê do destaque da mitologia grega em nossa sociedade e pergunte se as mídias contribuem com esse aspecto.

Para a segunda questão, a expectativa é que os alunos identifiquem a utilidade dos itens retratados nas imagens para as pessoas do nosso tempo como objetos de estudo e observação. Para estimular este pensamento entre os estudantes, questione-os sobre onde, provavelmente, estão localizadas a Máscara do Reino de Kuba e onde está localizado o Toten. Provavelmente, os alunos irão concluir que um dos lugares possíveis é o museu. Pergunte, então, qual é o objetivo dos museus, ao manterem um acervo com objetos como estes. Questione-os, ainda, sobre as pessoas que aparecem nas imagem do Partenon. Pergunte qual seria o objetivo daquela visita.

Para a terceira questão, a expectativa é que os alunos consigam refletir sobre a importância do mito em sua sociedade originária e para os demais contextos sociais. Espera-se que os alunos concluam que para as sociedades que viveram na época ou utilizaram os objetos retratados nas imagens, seus significados iam muito além daqueles que adotamos em nossos estudos, isto é, para aquelas sociedades os objetos estavam ligados às crenças e rituais sagrados. Para estimular a reflexão entre os alunos, questione-os a respeito das diferenças entre a exploração midiática de filmes sobre a mitologia grega na atualidade e o verdadeiro significado dos mitos para os gregos da Antiguidade Clássica. Questione-os se os antigos gregos, assim como as pessoas do nosso tempo, se divertiriam com os filmes atuais sobre mitologia grega.

Após as discussões e registros, escolha três alunos, de diferentes grupos, para que, respectivamente, apresentem à turma a resolução das três questões propostas.

Para você saber mais:

Sobre o Reino de Kuba:

PITTA, Valter. Reino Kuba. O Fascinante Universo da História. Disponível em: http://civilizacoesafricanas.blogspot.com/2010/02/reino-kuba.html. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos do templo Partenon ao longo da História:

Partenon de Atenas. Civitatis de Atenas. Disponível em: https://www.tudosobreatenas.com/partenon. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre características arquitetônicas do templo Partenon:

Partenon. Laboratório de Mecânica computacional - Escola Politécnica da USP. Disponível em: http://www.lmc.ep.usp.br/people/hlinde/estruturas/partenon.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos gerais da mitologia grega:

BRANCO, Alberto Manuel Vara. A Mitologia Grega, uma Concepção Genial Produzida pela Humanidade: os condicionalismos religiosos e históricos na civilização helênica. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium31/4.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos da mitologia africana:

HOFBAUER, Andreas. Mitologia dos Orixás. Rev. Antropol., São Paulo , v. 44, n. 2, p. 251-258, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012001000200015. Acesso em: 14 abr. 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

Para começar, solicite aos alunos que se reúnam em trios. Em seguida, projete ou imprima cópias das imagens 1, 2 e 3 e distribua aos grupos. Caso prefira imprimir as imagens, clique nos seguintes links: Imagem 1 - Máscara do Reino de Kuba: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8SPWfSnMrrQuG7fXN9CpdYQf8D3ZFMNVkgDWVAjJNkQBn5wdgfwFyTZC7q8x/his6-09und05-imagem-1-mascara-do-reino-de-kuba.pdf, Imagem 2 - Partenon: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aq2e4aqcaNepFhQCsyfsM6MEzAb4DrtmRMSQDjPyQg2Kc3BUKb7tq7YvgSUp/his6-09und05-imagem-2-partenon.pdf e Imagem 3 - Totem: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JnzZG7ku72xWy2VtdxFg53jVecJuhrSDXm4tEDHhEtsCTeHkjhSne5AUcH5g/his6-09und05-imagem-3-totem.pdf. Peça para que os alunos observem as imagens com atenção e procurem responder às três questões propostas, registrando respostas coletivas nos cadernos.

Durante a leitura das imagens, oriente os alunos a não observá-las isoladamente, mas como estando ligadas por uma temática comum. A expectativa para a primeira questão é que os alunos consigam perceber que as três imagens apresentam objetos culturais ligados a aspectos mitológicos, mas que cada um deles se refere a mitologias singulares, advindas de culturas distintas, sendo a primeira uma máscara ligada à mitologia do povo africano Kuba, a segunda um templo dedicado à deusa Atena, personagem da mitologia grega, e a terceira um totem, artefato mítico de origem indígena. Caso os alunos manifestem dificuldades nesta questão, oriente-os a ler cuidadosamente as legendas das imagens, destacando pontos em comum e elementos que os diferem. Pergunte, ainda, se já ouviram falar das mitologias às quais os itens das imagens se referem. Possivelmente, os alunos irão manifestar conhecimento maior pela mitologia grega. Questione-os sobre o porquê do destaque da mitologia grega em nossa sociedade e pergunte se as mídias contribuem com esse aspecto.

Para a segunda questão, a expectativa é que os alunos identifiquem a utilidade dos itens retratados nas imagens para as pessoas do nosso tempo como objetos de estudo e observação. Para estimular este pensamento entre os estudantes, questione-os sobre onde, provavelmente, estão localizadas a Máscara do Reino de Kuba e onde está localizado o Toten. Provavelmente, os alunos irão concluir que um dos lugares possíveis é o museu. Pergunte, então, qual é o objetivo dos museus, ao manterem um acervo com objetos como estes. Questione-os, ainda, sobre as pessoas que aparecem nas imagem do Partenon. Pergunte qual seria o objetivo daquela visita.

Para a terceira questão, a expectativa é que os alunos consigam refletir sobre a importância do mito em sua sociedade originária e para os demais contextos sociais. Espera-se que os alunos concluam que para as sociedades que viveram na época ou utilizaram os objetos retratados nas imagens, seus significados iam muito além daqueles que adotamos em nossos estudos, isto é, para aquelas sociedades os objetos estavam ligados às crenças e rituais sagrados. Para estimular a reflexão entre os alunos, questione-os a respeito das diferenças entre a exploração midiática de filmes sobre a mitologia grega na atualidade e o verdadeiro significado dos mitos para os gregos da Antiguidade Clássica. Questione-os se os antigos gregos, assim como as pessoas do nosso tempo, se divertiriam com os filmes atuais sobre mitologia grega.

Após as discussões e registros, escolha três alunos, de diferentes grupos, para que, respectivamente, apresentem à turma a resolução das três questões propostas.

Para você saber mais:

Sobre o Reino de Kuba:

PITTA, Valter. Reino Kuba. O Fascinante Universo da História. Disponível em: http://civilizacoesafricanas.blogspot.com/2010/02/reino-kuba.html. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos do templo Partenon ao longo da História:

Partenon de Atenas. Civitatis de Atenas. Disponível em: https://www.tudosobreatenas.com/partenon. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre características arquitetônicas do templo Partenon:

Partenon. Laboratório de Mecânica computacional - Escola Politécnica da USP. Disponível em: http://www.lmc.ep.usp.br/people/hlinde/estruturas/partenon.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos gerais da mitologia grega:

BRANCO, Alberto Manuel Vara. A Mitologia Grega, uma Concepção Genial Produzida pela Humanidade: os condicionalismos religiosos e históricos na civilização helênica. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium31/4.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos da mitologia africana:

HOFBAUER, Andreas. Mitologia dos Orixás. Rev. Antropol., São Paulo , v. 44, n. 2, p. 251-258, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012001000200015. Acesso em: 14 abr. 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

Para começar, solicite aos alunos que se reúnam em trios. Em seguida, projete ou imprima cópias das imagens 1, 2 e 3 e distribua aos grupos. Caso prefira imprimir as imagens, clique nos seguintes links: Imagem 1 - Máscara do Reino de Kuba: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8SPWfSnMrrQuG7fXN9CpdYQf8D3ZFMNVkgDWVAjJNkQBn5wdgfwFyTZC7q8x/his6-09und05-imagem-1-mascara-do-reino-de-kuba.pdf, Imagem 2 - Partenon: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aq2e4aqcaNepFhQCsyfsM6MEzAb4DrtmRMSQDjPyQg2Kc3BUKb7tq7YvgSUp/his6-09und05-imagem-2-partenon.pdf e Imagem 3 - Totem: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JnzZG7ku72xWy2VtdxFg53jVecJuhrSDXm4tEDHhEtsCTeHkjhSne5AUcH5g/his6-09und05-imagem-3-totem.pdf. Peça para que os alunos observem as imagens com atenção e procurem responder às três questões propostas, registrando respostas coletivas nos cadernos.

Durante a leitura das imagens, oriente os alunos a não observá-las isoladamente, mas como estando ligadas por uma temática comum. A expectativa para a primeira questão é que os alunos consigam perceber que as três imagens apresentam objetos culturais ligados a aspectos mitológicos, mas que cada um deles se refere a mitologias singulares, advindas de culturas distintas, sendo a primeira uma máscara ligada à mitologia do povo africano Kuba, a segunda um templo dedicado à deusa Atena, personagem da mitologia grega, e a terceira um totem, artefato mítico de origem indígena. Caso os alunos manifestem dificuldades nesta questão, oriente-os a ler cuidadosamente as legendas das imagens, destacando pontos em comum e elementos que os diferem. Pergunte, ainda, se já ouviram falar das mitologias às quais os itens das imagens se referem. Possivelmente, os alunos irão manifestar conhecimento maior pela mitologia grega. Questione-os sobre o porquê do destaque da mitologia grega em nossa sociedade e pergunte se as mídias contribuem com esse aspecto.

Para a segunda questão, a expectativa é que os alunos identifiquem a utilidade dos itens retratados nas imagens para as pessoas do nosso tempo como objetos de estudo e observação. Para estimular este pensamento entre os estudantes, questione-os sobre onde, provavelmente, estão localizadas a Máscara do Reino de Kuba e onde está localizado o Toten. Provavelmente, os alunos irão concluir que um dos lugares possíveis é o museu. Pergunte, então, qual é o objetivo dos museus, ao manterem um acervo com objetos como estes. Questione-os, ainda, sobre as pessoas que aparecem nas imagem do Partenon. Pergunte qual seria o objetivo daquela visita.

Para a terceira questão, a expectativa é que os alunos consigam refletir sobre a importância do mito em sua sociedade originária e para os demais contextos sociais. Espera-se que os alunos concluam que para as sociedades que viveram na época ou utilizaram os objetos retratados nas imagens, seus significados iam muito além daqueles que adotamos em nossos estudos, isto é, para aquelas sociedades os objetos estavam ligados às crenças e rituais sagrados. Para estimular a reflexão entre os alunos, questione-os a respeito das diferenças entre a exploração midiática de filmes sobre a mitologia grega na atualidade e o verdadeiro significado dos mitos para os gregos da Antiguidade Clássica. Questione-os se os antigos gregos, assim como as pessoas do nosso tempo, se divertiriam com os filmes atuais sobre mitologia grega.

Após as discussões e registros, escolha três alunos, de diferentes grupos, para que, respectivamente, apresentem à turma a resolução das três questões propostas.

Para você saber mais:

Sobre o Reino de Kuba:

PITTA, Valter. Reino Kuba. O Fascinante Universo da História. Disponível em: http://civilizacoesafricanas.blogspot.com/2010/02/reino-kuba.html. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos do templo Partenon ao longo da História:

Partenon de Atenas. Civitatis de Atenas. Disponível em: https://www.tudosobreatenas.com/partenon. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre características arquitetônicas do templo Partenon:

Partenon. Laboratório de Mecânica computacional - Escola Politécnica da USP. Disponível em: http://www.lmc.ep.usp.br/people/hlinde/estruturas/partenon.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos gerais da mitologia grega:

BRANCO, Alberto Manuel Vara. A Mitologia Grega, uma Concepção Genial Produzida pela Humanidade: os condicionalismos religiosos e históricos na civilização helênica. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium31/4.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos da mitologia africana:

HOFBAUER, Andreas. Mitologia dos Orixás. Rev. Antropol., São Paulo , v. 44, n. 2, p. 251-258, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012001000200015. Acesso em: 14 abr. 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

Para começar, solicite aos alunos que se reúnam em trios. Em seguida, projete ou imprima cópias das imagens 1, 2 e 3 e distribua aos grupos. Caso prefira imprimir as imagens, clique nos seguintes links: Imagem 1 - Máscara do Reino de Kuba: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8SPWfSnMrrQuG7fXN9CpdYQf8D3ZFMNVkgDWVAjJNkQBn5wdgfwFyTZC7q8x/his6-09und05-imagem-1-mascara-do-reino-de-kuba.pdf, Imagem 2 - Partenon: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aq2e4aqcaNepFhQCsyfsM6MEzAb4DrtmRMSQDjPyQg2Kc3BUKb7tq7YvgSUp/his6-09und05-imagem-2-partenon.pdf e Imagem 3 - Totem: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JnzZG7ku72xWy2VtdxFg53jVecJuhrSDXm4tEDHhEtsCTeHkjhSne5AUcH5g/his6-09und05-imagem-3-totem.pdf. Peça para que os alunos observem as imagens com atenção e procurem responder às três questões propostas, registrando respostas coletivas nos cadernos.

Durante a leitura das imagens, oriente os alunos a não observá-las isoladamente, mas como estando ligadas por uma temática comum. A expectativa para a primeira questão é que os alunos consigam perceber que as três imagens apresentam objetos culturais ligados a aspectos mitológicos, mas que cada um deles se refere a mitologias singulares, advindas de culturas distintas, sendo a primeira uma máscara ligada à mitologia do povo africano Kuba, a segunda um templo dedicado à deusa Atena, personagem da mitologia grega, e a terceira um totem, artefato mítico de origem indígena. Caso os alunos manifestem dificuldades nesta questão, oriente-os a ler cuidadosamente as legendas das imagens, destacando pontos em comum e elementos que os diferem. Pergunte, ainda, se já ouviram falar das mitologias às quais os itens das imagens se referem. Possivelmente, os alunos irão manifestar conhecimento maior pela mitologia grega. Questione-os sobre o porquê do destaque da mitologia grega em nossa sociedade e pergunte se as mídias contribuem com esse aspecto.

Para a segunda questão, a expectativa é que os alunos identifiquem a utilidade dos itens retratados nas imagens para as pessoas do nosso tempo como objetos de estudo e observação. Para estimular este pensamento entre os estudantes, questione-os sobre onde, provavelmente, estão localizadas a Máscara do Reino de Kuba e onde está localizado o Toten. Provavelmente, os alunos irão concluir que um dos lugares possíveis é o museu. Pergunte, então, qual é o objetivo dos museus, ao manterem um acervo com objetos como estes. Questione-os, ainda, sobre as pessoas que aparecem nas imagem do Partenon. Pergunte qual seria o objetivo daquela visita.

Para a terceira questão, a expectativa é que os alunos consigam refletir sobre a importância do mito em sua sociedade originária e para os demais contextos sociais. Espera-se que os alunos concluam que para as sociedades que viveram na época ou utilizaram os objetos retratados nas imagens, seus significados iam muito além daqueles que adotamos em nossos estudos, isto é, para aquelas sociedades os objetos estavam ligados às crenças e rituais sagrados. Para estimular a reflexão entre os alunos, questione-os a respeito das diferenças entre a exploração midiática de filmes sobre a mitologia grega na atualidade e o verdadeiro significado dos mitos para os gregos da Antiguidade Clássica. Questione-os se os antigos gregos, assim como as pessoas do nosso tempo, se divertiriam com os filmes atuais sobre mitologia grega.

Após as discussões e registros, escolha três alunos, de diferentes grupos, para que, respectivamente, apresentem à turma a resolução das três questões propostas.

Para você saber mais:

Sobre o Reino de Kuba:

PITTA, Valter. Reino Kuba. O Fascinante Universo da História. Disponível em: http://civilizacoesafricanas.blogspot.com/2010/02/reino-kuba.html. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos do templo Partenon ao longo da História:

Partenon de Atenas. Civitatis de Atenas. Disponível em: https://www.tudosobreatenas.com/partenon. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre características arquitetônicas do templo Partenon:

Partenon. Laboratório de Mecânica computacional - Escola Politécnica da USP. Disponível em: http://www.lmc.ep.usp.br/people/hlinde/estruturas/partenon.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos gerais da mitologia grega:

BRANCO, Alberto Manuel Vara. A Mitologia Grega, uma Concepção Genial Produzida pela Humanidade: os condicionalismos religiosos e históricos na civilização helênica. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium31/4.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos da mitologia africana:

HOFBAUER, Andreas. Mitologia dos Orixás. Rev. Antropol., São Paulo , v. 44, n. 2, p. 251-258, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012001000200015. Acesso em: 14 abr. 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

Com os alunos ainda reunidos em trios, proponha a leitura de um trecho do artigo: “O Mito na Sociedade Atual”. O texto está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qXKDn9dnugVZXXTKGwMw9U39GrNHHhfAsvJQan4bVZTpdfjwtNXUbHTjr8nK/his6-09und05-trecho-do-artigo-o-mito-na-sociedade-atual.pdf. Após a leitura dos alunos, peça para que conversem com os colegas e procurem resolver alguns desafios baseados no texto. Distribua aos grupos a “Tabela de Desafios”. A tabela está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tvNfSyPngprB95Y2jn5ZKEM8KECNMWRgH9EeVXkkn9ghtujJFgMzpztBDyZG/his6-09und05-tabela-de-explicacoes-das-frases-do-texto.pdf

A expectativa para o primeiro desafio é que os alunos consigam diferenciar o mito entre aqueles que o vivenciam e o tem como uma verdadeira manifestação sobrenatural e aqueles que o estudam, considerando-o como aspecto da cultura de um grupo social ou de um povo. Para estimular essa reflexão entre os alunos, proponha que se imaginem como um cidadão grego ou cidadã grega da Antiguidade. Pergunte como eles, no lugar destas pessoas, encarariam as histórias que conhecemos sobre a Mitologia Grega. Pergunte se para eles seria algo sério ou apenas objeto de estudo ou entretenimento, como na atualidade.

A expectativa para a resolução do segundo desafio é que os alunos consigam compreender que o mito estava associado ao sagrado e que consigam relacionar esta ideia a uma das imagens apresentadas na primeira etapa da aula. Para estimular a reflexão dos estudantes durante a resolução deste desafio, pergunte sobre o porquê de os indígenas possuírem um comportamento tão diverso e praticarem rituais tão distintos. Questione-os se esse comportamento tem ligação com sua mitologia. Pergunte se algum dos itens retratados nas imagens envolviam a questão da espiritualidade e crença de seus povos originários.

Para a resolução do terceiro desafio, a expectativa é que os alunos consigam compreender que numa época em que não havia a concepção do conceito de mito, as pessoas costumavam não rejeitá-lo como sendo a expressão de uma verdade sobrenatural. Ou seja, na Antiguidade, o mito implicaria questões de crença e de fé. Para estimular a reflexão entre os alunos durante a elaboração desta explicação, pergunte se hoje os estudos acumulados ao longo de séculos possibilitaram à humanidade uma outra visão a respeito dos mitos antigos. Pergunte, também, se ainda hoje existem pessoas que acreditam em histórias e personagens fantásticos.

Após os registros na tabela, escolha três alunos de diferentes grupos para que, respectivamente, apresentem à turma suas resoluções par os três desafios propostos.

Para você saber mais:

Sobre o conceito de mito numa perspectiva da contemporaneidade:

CRUZ, Marcelo Silvério. Mitos - suas origens e sua importância para o homem contemporâneo. UFJF. Disponível em: http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/MITOS.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Análise sobre a influência da mitologia nos tempos atuais e sobre a adaptação de seus arquétipos:

LIMA, Marcos Aurélio Mendes. Cotidiano Fantástico: a influência da mitologia na atualidade. Disponível em: https://www.academia.edu/4987557/Cotidiano_Fant%C3%A1stico_A_Influ%C3%AAncia_da_Mitologia_na_Atualidade. Acesso em: 14 abr. 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

Com os alunos ainda reunidos em trios, proponha a leitura de um trecho do artigo: “O Mito na Sociedade Atual”. O texto está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qXKDn9dnugVZXXTKGwMw9U39GrNHHhfAsvJQan4bVZTpdfjwtNXUbHTjr8nK/his6-09und05-trecho-do-artigo-o-mito-na-sociedade-atual.pdf. Após a leitura dos alunos, peça para que conversem com os colegas e procurem resolver alguns desafios baseados no texto. Distribua aos grupos a “Tabela de Desafios”. A tabela está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tvNfSyPngprB95Y2jn5ZKEM8KECNMWRgH9EeVXkkn9ghtujJFgMzpztBDyZG/his6-09und05-tabela-de-explicacoes-das-frases-do-texto.pdf

A expectativa para o primeiro desafio é que os alunos consigam diferenciar o mito entre aqueles que o vivenciam e o tem como uma verdadeira manifestação sobrenatural e aqueles que o estudam, considerando-o como aspecto da cultura de um grupo social ou de um povo. Para estimular essa reflexão entre os alunos, proponha que se imaginem como um cidadão grego ou cidadã grega da Antiguidade. Pergunte como eles, no lugar destas pessoas, encarariam as histórias que conhecemos sobre a Mitologia Grega. Pergunte se para eles seria algo sério ou apenas objeto de estudo ou entretenimento, como na atualidade.

A expectativa para a resolução do segundo desafio é que os alunos consigam compreender que o mito estava associado ao sagrado e que consigam relacionar esta ideia a uma das imagens apresentadas na primeira etapa da aula. Para estimular a reflexão dos estudantes durante a resolução deste desafio, pergunte sobre o porquê de os indígenas possuírem um comportamento tão diverso e praticarem rituais tão distintos. Questione-os se esse comportamento tem ligação com sua mitologia. Pergunte se algum dos itens retratados nas imagens envolviam a questão da espiritualidade e crença de seus povos originários.

Para a resolução do terceiro desafio, a expectativa é que os alunos consigam compreender que numa época em que não havia a concepção do conceito de mito, as pessoas costumavam não rejeitá-lo como sendo a expressão de uma verdade sobrenatural. Ou seja, na Antiguidade, o mito implicaria questões de crença e de fé. Para estimular a reflexão entre os alunos durante a elaboração desta explicação, pergunte se hoje os estudos acumulados ao longo de séculos possibilitaram à humanidade uma outra visão a respeito dos mitos antigos. Pergunte, também, se ainda hoje existem pessoas que acreditam em histórias e personagens fantásticos.

Após os registros na tabela, escolha três alunos de diferentes grupos para que, respectivamente, apresentem à turma suas resoluções par os três desafios propostos.

Para você saber mais:

Sobre o conceito de mito numa perspectiva da contemporaneidade:

CRUZ, Marcelo Silvério. Mitos - suas origens e sua importância para o homem contemporâneo. UFJF. Disponível em: http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/MITOS.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Análise sobre a influência da mitologia nos tempos atuais e sobre a adaptação de seus arquétipos:

LIMA, Marcos Aurélio Mendes. Cotidiano Fantástico: a influência da mitologia na atualidade. Disponível em: https://www.academia.edu/4987557/Cotidiano_Fant%C3%A1stico_A_Influ%C3%AAncia_da_Mitologia_na_Atualidade. Acesso em: 14 abr. 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

Com os alunos ainda reunidos em trios, proponha a leitura de um trecho do artigo: “O Mito na Sociedade Atual”. O texto está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qXKDn9dnugVZXXTKGwMw9U39GrNHHhfAsvJQan4bVZTpdfjwtNXUbHTjr8nK/his6-09und05-trecho-do-artigo-o-mito-na-sociedade-atual.pdf. Após a leitura dos alunos, peça para que conversem com os colegas e procurem resolver alguns desafios baseados no texto. Distribua aos grupos a “Tabela de Desafios”. A tabela está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tvNfSyPngprB95Y2jn5ZKEM8KECNMWRgH9EeVXkkn9ghtujJFgMzpztBDyZG/his6-09und05-tabela-de-explicacoes-das-frases-do-texto.pdf

A expectativa para o primeiro desafio é que os alunos consigam diferenciar o mito entre aqueles que o vivenciam e o tem como uma verdadeira manifestação sobrenatural e aqueles que o estudam, considerando-o como aspecto da cultura de um grupo social ou de um povo. Para estimular essa reflexão entre os alunos, proponha que se imaginem como um cidadão grego ou cidadã grega da Antiguidade. Pergunte como eles, no lugar destas pessoas, encarariam as histórias que conhecemos sobre a Mitologia Grega. Pergunte se para eles seria algo sério ou apenas objeto de estudo ou entretenimento, como na atualidade.

A expectativa para a resolução do segundo desafio é que os alunos consigam compreender que o mito estava associado ao sagrado e que consigam relacionar esta ideia a uma das imagens apresentadas na primeira etapa da aula. Para estimular a reflexão dos estudantes durante a resolução deste desafio, pergunte sobre o porquê de os indígenas possuírem um comportamento tão diverso e praticarem rituais tão distintos. Questione-os se esse comportamento tem ligação com sua mitologia. Pergunte se algum dos itens retratados nas imagens envolviam a questão da espiritualidade e crença de seus povos originários.

Para a resolução do terceiro desafio, a expectativa é que os alunos consigam compreender que numa época em que não havia a concepção do conceito de mito, as pessoas costumavam não rejeitá-lo como sendo a expressão de uma verdade sobrenatural. Ou seja, na Antiguidade, o mito implicaria questões de crença e de fé. Para estimular a reflexão entre os alunos durante a elaboração desta explicação, pergunte se hoje os estudos acumulados ao longo de séculos possibilitaram à humanidade uma outra visão a respeito dos mitos antigos. Pergunte, também, se ainda hoje existem pessoas que acreditam em histórias e personagens fantásticos.

Após os registros na tabela, escolha três alunos de diferentes grupos para que, respectivamente, apresentem à turma suas resoluções par os três desafios propostos.

Para você saber mais:

Sobre o conceito de mito numa perspectiva da contemporaneidade:

CRUZ, Marcelo Silvério. Mitos - suas origens e sua importância para o homem contemporâneo. UFJF. Disponível em: http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/MITOS.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Análise sobre a influência da mitologia nos tempos atuais e sobre a adaptação de seus arquétipos:

LIMA, Marcos Aurélio Mendes. Cotidiano Fantástico: a influência da mitologia na atualidade. Disponível em: https://www.academia.edu/4987557/Cotidiano_Fant%C3%A1stico_A_Influ%C3%AAncia_da_Mitologia_na_Atualidade. Acesso em: 14 abr. 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

Com os alunos ainda reunidos em trios, proponha a leitura de um trecho do artigo: “O Mito na Sociedade Atual”. O texto está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qXKDn9dnugVZXXTKGwMw9U39GrNHHhfAsvJQan4bVZTpdfjwtNXUbHTjr8nK/his6-09und05-trecho-do-artigo-o-mito-na-sociedade-atual.pdf. Após a leitura dos alunos, peça para que conversem com os colegas e procurem resolver alguns desafios baseados no texto. Distribua aos grupos a “Tabela de Desafios”. A tabela está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tvNfSyPngprB95Y2jn5ZKEM8KECNMWRgH9EeVXkkn9ghtujJFgMzpztBDyZG/his6-09und05-tabela-de-explicacoes-das-frases-do-texto.pdf

A expectativa para o primeiro desafio é que os alunos consigam diferenciar o mito entre aqueles que o vivenciam e o tem como uma verdadeira manifestação sobrenatural e aqueles que o estudam, considerando-o como aspecto da cultura de um grupo social ou de um povo. Para estimular essa reflexão entre os alunos, proponha que se imaginem como um cidadão grego ou cidadã grega da Antiguidade. Pergunte como eles, no lugar destas pessoas, encarariam as histórias que conhecemos sobre a Mitologia Grega. Pergunte se para eles seria algo sério ou apenas objeto de estudo ou entretenimento, como na atualidade.

A expectativa para a resolução do segundo desafio é que os alunos consigam compreender que o mito estava associado ao sagrado e que consigam relacionar esta ideia a uma das imagens apresentadas na primeira etapa da aula. Para estimular a reflexão dos estudantes durante a resolução deste desafio, pergunte sobre o porquê de os indígenas possuírem um comportamento tão diverso e praticarem rituais tão distintos. Questione-os se esse comportamento tem ligação com sua mitologia. Pergunte se algum dos itens retratados nas imagens envolviam a questão da espiritualidade e crença de seus povos originários.

Para a resolução do terceiro desafio, a expectativa é que os alunos consigam compreender que numa época em que não havia a concepção do conceito de mito, as pessoas costumavam não rejeitá-lo como sendo a expressão de uma verdade sobrenatural. Ou seja, na Antiguidade, o mito implicaria questões de crença e de fé. Para estimular a reflexão entre os alunos durante a elaboração desta explicação, pergunte se hoje os estudos acumulados ao longo de séculos possibilitaram à humanidade uma outra visão a respeito dos mitos antigos. Pergunte, também, se ainda hoje existem pessoas que acreditam em histórias e personagens fantásticos.

Após os registros na tabela, escolha três alunos de diferentes grupos para que, respectivamente, apresentem à turma suas resoluções par os três desafios propostos.

Para você saber mais:

Sobre o conceito de mito numa perspectiva da contemporaneidade:

CRUZ, Marcelo Silvério. Mitos - suas origens e sua importância para o homem contemporâneo. UFJF. Disponível em: http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/MITOS.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Análise sobre a influência da mitologia nos tempos atuais e sobre a adaptação de seus arquétipos:

LIMA, Marcos Aurélio Mendes. Cotidiano Fantástico: a influência da mitologia na atualidade. Disponível em: https://www.academia.edu/4987557/Cotidiano_Fant%C3%A1stico_A_Influ%C3%AAncia_da_Mitologia_na_Atualidade. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações:

Mantenha os alunos reunidos em trios. Proponha, em seguida, que conversem entre si e, com base em tudo o que estudaram durante a aula, elaborem juntos uma história mitológica fictícia, cujo título será “A História do meu Mundo”. Para elaborar a história, oriente os alunos a seguirem o “Roteiro de Criação da História”, que indicará, no formato de perguntas, uma série de ideias que poderão contribuir com a construção da história. O roteiro está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/y2QVewZDsCQk5Vx4JhjYr2eyzbrXsHSNcGQReEKJ3wzEb8adbtXXNpceMCQj/his6-09und05-roteiro-de-criacao-da-historia.pdf

Durante as discussões entre os alunos, procure circular pelos grupos e peça para que compartilhem uns com os outros alguma experiência que tiveram com conhecimentos acerca de mitologias, como por exemplo, algum filme ou livro que tiveram contato e que tratou sobre o tema. Pode ser que alguns alunos queiram iniciar sua história imitando outra já conhecida por eles. Oriente-os a pensarem em uma ideia original, onde poderão se sentir livres para imaginar e refletir sobre um universo paralelo cheio de personagens fantásticos e incomuns.

É importante que você questione os alunos sobre como, dentro da história fictícia, as pessoas comuns se relacionavam com os mitos. Peça, também, para que não deixem de considerar as últimas orientações do roteiro, onde os alunos terão de trazer o desfecho de sua trama para o mundo atual e refletir sobre como as pessoas que vivem em nosso contexto veriam os mitos que foram anteriormente narrados na história.

Para você saber mais:

A atividade proposta nesta última etapa da aula se baseou em uma experiência pedagógica do prof. Guilherme Moerbeck com alunos da educação básica, envolvendo a questão de consciência história e narrativas míticas. Segue abaixo a indicação deste trabalho para ampliar conhecimentos:

MOERBECK, Guilherme. História Antiga no Ensino Fundamental: um estudo sobre os mitos gregos antigos e a consciência histórica. Academia. Disponível em: https://www.academia.edu/37864195/Hist%C3%B3ria_Antiga_no_ensino_fundamental_um_estudo_sobre_os_mitos_gregos_antigos_e_a_consci%C3%AAncia_hist%C3%B3rica. Acesso em : 14 abr. 2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações:

Mantenha os alunos reunidos em trios. Proponha, em seguida, que conversem entre si e, com base em tudo o que estudaram durante a aula, elaborem juntos uma história mitológica fictícia, cujo título será “A História do meu Mundo”. Para elaborar a história, oriente os alunos a seguirem o “Roteiro de Criação da História”, que indicará, no formato de perguntas, uma série de ideias que poderão contribuir com a construção da história. O roteiro está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/y2QVewZDsCQk5Vx4JhjYr2eyzbrXsHSNcGQReEKJ3wzEb8adbtXXNpceMCQj/his6-09und05-roteiro-de-criacao-da-historia.pdf

Durante as discussões entre os alunos, procure circular pelos grupos e peça para que compartilhem uns com os outros alguma experiência que tiveram com conhecimentos acerca de mitologias, como por exemplo, algum filme ou livro que tiveram contato e que tratou sobre o tema. Pode ser que alguns alunos queiram iniciar sua história imitando outra já conhecida por eles. Oriente-os a pensarem em uma ideia original, onde poderão se sentir livres para imaginar e refletir sobre um universo paralelo cheio de personagens fantásticos e incomuns.

É importante que você questione os alunos sobre como, dentro da história fictícia, as pessoas comuns se relacionavam com os mitos. Peça, também, para que não deixem de considerar as últimas orientações do roteiro, onde os alunos terão de trazer o desfecho de sua trama para o mundo atual e refletir sobre como as pessoas que vivem em nosso contexto veriam os mitos que foram anteriormente narrados na história.

Para você saber mais:

A atividade proposta nesta última etapa da aula se baseou em uma experiência pedagógica do prof. Guilherme Moerbeck com alunos da educação básica, envolvendo a questão de consciência história e narrativas míticas. Segue abaixo a indicação deste trabalho para ampliar conhecimentos:

MOERBECK, Guilherme. História Antiga no Ensino Fundamental: um estudo sobre os mitos gregos antigos e a consciência histórica. Academia. Disponível em: https://www.academia.edu/37864195/Hist%C3%B3ria_Antiga_no_ensino_fundamental_um_estudo_sobre_os_mitos_gregos_antigos_e_a_consci%C3%AAncia_hist%C3%B3rica. Acesso em : 14 abr. 2019.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06HI09 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: cópias impressas das imagens, tabela, roteiro e texto; projetor.

Material complementar:

Imagem 1 - Máscara do Reino de Kuba

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8SPWfSnMrrQuG7fXN9CpdYQf8D3ZFMNVkgDWVAjJNkQBn5wdgfwFyTZC7q8x/his6-09und05-imagem-1-mascara-do-reino-de-kuba.pdf

Imagem 2 - Partenon

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aq2e4aqcaNepFhQCsyfsM6MEzAb4DrtmRMSQDjPyQg2Kc3BUKb7tq7YvgSUp/his6-09und05-imagem-2-partenon.pdf

Imagem 3 - Totem

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JnzZG7ku72xWy2VtdxFg53jVecJuhrSDXm4tEDHhEtsCTeHkjhSne5AUcH5g/his6-09und05-imagem-3-totem.pdf

Trecho do artigo: “O Mito na Sociedade Atual”

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qXKDn9dnugVZXXTKGwMw9U39GrNHHhfAsvJQan4bVZTpdfjwtNXUbHTjr8nK/his6-09und05-trecho-do-artigo-o-mito-na-sociedade-atual.pdf

Tabela de Desafios

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tvNfSyPngprB95Y2jn5ZKEM8KECNMWRgH9EeVXkkn9ghtujJFgMzpztBDyZG/his6-09und05-tabela-de-explicacoes-das-frases-do-texto.pdf

Roteiro de Criação da História

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/y2QVewZDsCQk5Vx4JhjYr2eyzbrXsHSNcGQReEKJ3wzEb8adbtXXNpceMCQj/his6-09und05-roteiro-de-criacao-da-historia.pdf

Por meio deste plano o aluno será levado a comparar alguns aspectos das mitologias greco-romana, africana e indígena, bem como, a compreender aspectos comuns presentes na ideia de mito. Perceberá, ainda, que a visão de um mito é fluída, ou seja, se adapta aos diferentes contextos sociais que, em diferentes tempos e espaços, ora o encaram como verdade, dogma, preceito religioso e filosófico, ora o encaram como material cultural para observação e análise.

Portanto, evite antecipar informações e permita que os alunos identifiquem diferenças e semelhanças e, por meio de uma postura crítica e investigativa, descubram os aspectos comuns presentes na ideia de mito.

Para você saber mais:

Sobre uma definição sucinta de mito e mitologia:

POMBO, Olga. Mitos e Mitologia: mythos. Disponível em: http://www.educ.fc.ul.pt/docentes/opombo/hfe/protagoras/links/mito.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre o Reino de Kuba:

PITTA, Valter. Reino Kuba. O Fascinante Universo da História. Disponível em: http://civilizacoesafricanas.blogspot.com/2010/02/reino-kuba.html. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos do templo Partenon ao longo da História:

Partenon de Atenas. Civitatis de Atenas. Disponível em: https://www.tudosobreatenas.com/partenon. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre características arquitetônicas do templo Partenon:

Partenon. Laboratório de Mecânica computacional - Escola Politécnica da USP. Disponível em: http://www.lmc.ep.usp.br/people/hlinde/estruturas/partenon.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos gerais da mitologia grega:

BRANCO, Alberto Manuel Vara. A Mitologia Grega, uma Concepção Genial Produzida pela Humanidade: os condicionalismos religiosos e históricos na civilização helênica. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium31/4.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos da mitologia africana:

HOFBAUER, Andreas. Mitologia dos Orixás. Rev. Antropol., São Paulo , v. 44, n. 2, p. 251-258, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012001000200015. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre o conceito de mito numa perspectiva da contemporaneidade:

CRUZ, Marcelo Silvério. Mitos - suas origens e sua importância para o homem contemporâneo. UFJF. Disponível em: http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/MITOS.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Análise sobre a influência da mitologia nos tempos atuais e sobre a adaptação de seus arquétipos:

LIMA, Marcos Aurélio Mendes. Cotidiano Fantástico: a influência da mitologia na atualidade. Disponível em: https://www.academia.edu/4987557/Cotidiano_Fant%C3%A1stico_A_Influ%C3%AAncia_da_Mitologia_na_Atualidade. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre uma experiência pedagógica envolvendo a noção de consciência história e as narrativas míticas:

MOERBECK, Guilherme. História Antiga no Ensino Fundamental: um estudo sobre os mitos gregos antigos e a consciência histórica. Academia. Disponível em: https://www.academia.edu/37864195/Hist%C3%B3ria_Antiga_no_ensino_fundamental_um_estudo_sobre_os_mitos_gregos_antigos_e_a_consci%C3%AAncia_hist%C3%B3rica. Acesso em : 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo para a turma. É importante destacar que, ao final da aula, espera-se que os alunos sejam capazes de estabelecer um comparativo entre alguns aspectos das mitologias greco-romana, africana e indígena e, também, que sejam capazes de reconhecer os aspectos comuns dentro da ideia de mito.

Para você saber mais:

Sobre uma definição sucinta de mito e mitologia:

POMBO, Olga. Mitos e Mitologia: mythos. Disponível em: http://www.educ.fc.ul.pt/docentes/opombo/hfe/protagoras/links/mito.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

Para começar, solicite aos alunos que se reúnam em trios. Em seguida, projete ou imprima cópias das imagens 1, 2 e 3 e distribua aos grupos. Caso prefira imprimir as imagens, clique nos seguintes links: Imagem 1 - Máscara do Reino de Kuba: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8SPWfSnMrrQuG7fXN9CpdYQf8D3ZFMNVkgDWVAjJNkQBn5wdgfwFyTZC7q8x/his6-09und05-imagem-1-mascara-do-reino-de-kuba.pdf, Imagem 2 - Partenon: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aq2e4aqcaNepFhQCsyfsM6MEzAb4DrtmRMSQDjPyQg2Kc3BUKb7tq7YvgSUp/his6-09und05-imagem-2-partenon.pdf e Imagem 3 - Totem: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JnzZG7ku72xWy2VtdxFg53jVecJuhrSDXm4tEDHhEtsCTeHkjhSne5AUcH5g/his6-09und05-imagem-3-totem.pdf. Peça para que os alunos observem as imagens com atenção e procurem responder às três questões propostas, registrando respostas coletivas nos cadernos.

Durante a leitura das imagens, oriente os alunos a não observá-las isoladamente, mas como estando ligadas por uma temática comum. A expectativa para a primeira questão é que os alunos consigam perceber que as três imagens apresentam objetos culturais ligados a aspectos mitológicos, mas que cada um deles se refere a mitologias singulares, advindas de culturas distintas, sendo a primeira uma máscara ligada à mitologia do povo africano Kuba, a segunda um templo dedicado à deusa Atena, personagem da mitologia grega, e a terceira um totem, artefato mítico de origem indígena. Caso os alunos manifestem dificuldades nesta questão, oriente-os a ler cuidadosamente as legendas das imagens, destacando pontos em comum e elementos que os diferem. Pergunte, ainda, se já ouviram falar das mitologias às quais os itens das imagens se referem. Possivelmente, os alunos irão manifestar conhecimento maior pela mitologia grega. Questione-os sobre o porquê do destaque da mitologia grega em nossa sociedade e pergunte se as mídias contribuem com esse aspecto.

Para a segunda questão, a expectativa é que os alunos identifiquem a utilidade dos itens retratados nas imagens para as pessoas do nosso tempo como objetos de estudo e observação. Para estimular este pensamento entre os estudantes, questione-os sobre onde, provavelmente, estão localizadas a Máscara do Reino de Kuba e onde está localizado o Toten. Provavelmente, os alunos irão concluir que um dos lugares possíveis é o museu. Pergunte, então, qual é o objetivo dos museus, ao manterem um acervo com objetos como estes. Questione-os, ainda, sobre as pessoas que aparecem nas imagem do Partenon. Pergunte qual seria o objetivo daquela visita.

Para a terceira questão, a expectativa é que os alunos consigam refletir sobre a importância do mito em sua sociedade originária e para os demais contextos sociais. Espera-se que os alunos concluam que para as sociedades que viveram na época ou utilizaram os objetos retratados nas imagens, seus significados iam muito além daqueles que adotamos em nossos estudos, isto é, para aquelas sociedades os objetos estavam ligados às crenças e rituais sagrados. Para estimular a reflexão entre os alunos, questione-os a respeito das diferenças entre a exploração midiática de filmes sobre a mitologia grega na atualidade e o verdadeiro significado dos mitos para os gregos da Antiguidade Clássica. Questione-os se os antigos gregos, assim como as pessoas do nosso tempo, se divertiriam com os filmes atuais sobre mitologia grega.

Após as discussões e registros, escolha três alunos, de diferentes grupos, para que, respectivamente, apresentem à turma a resolução das três questões propostas.

Para você saber mais:

Sobre o Reino de Kuba:

PITTA, Valter. Reino Kuba. O Fascinante Universo da História. Disponível em: http://civilizacoesafricanas.blogspot.com/2010/02/reino-kuba.html. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos do templo Partenon ao longo da História:

Partenon de Atenas. Civitatis de Atenas. Disponível em: https://www.tudosobreatenas.com/partenon. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre características arquitetônicas do templo Partenon:

Partenon. Laboratório de Mecânica computacional - Escola Politécnica da USP. Disponível em: http://www.lmc.ep.usp.br/people/hlinde/estruturas/partenon.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos gerais da mitologia grega:

BRANCO, Alberto Manuel Vara. A Mitologia Grega, uma Concepção Genial Produzida pela Humanidade: os condicionalismos religiosos e históricos na civilização helênica. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium31/4.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos da mitologia africana:

HOFBAUER, Andreas. Mitologia dos Orixás. Rev. Antropol., São Paulo , v. 44, n. 2, p. 251-258, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012001000200015. Acesso em: 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

Para começar, solicite aos alunos que se reúnam em trios. Em seguida, projete ou imprima cópias das imagens 1, 2 e 3 e distribua aos grupos. Caso prefira imprimir as imagens, clique nos seguintes links: Imagem 1 - Máscara do Reino de Kuba: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8SPWfSnMrrQuG7fXN9CpdYQf8D3ZFMNVkgDWVAjJNkQBn5wdgfwFyTZC7q8x/his6-09und05-imagem-1-mascara-do-reino-de-kuba.pdf, Imagem 2 - Partenon: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aq2e4aqcaNepFhQCsyfsM6MEzAb4DrtmRMSQDjPyQg2Kc3BUKb7tq7YvgSUp/his6-09und05-imagem-2-partenon.pdf e Imagem 3 - Totem: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JnzZG7ku72xWy2VtdxFg53jVecJuhrSDXm4tEDHhEtsCTeHkjhSne5AUcH5g/his6-09und05-imagem-3-totem.pdf. Peça para que os alunos observem as imagens com atenção e procurem responder às três questões propostas, registrando respostas coletivas nos cadernos.

Durante a leitura das imagens, oriente os alunos a não observá-las isoladamente, mas como estando ligadas por uma temática comum. A expectativa para a primeira questão é que os alunos consigam perceber que as três imagens apresentam objetos culturais ligados a aspectos mitológicos, mas que cada um deles se refere a mitologias singulares, advindas de culturas distintas, sendo a primeira uma máscara ligada à mitologia do povo africano Kuba, a segunda um templo dedicado à deusa Atena, personagem da mitologia grega, e a terceira um totem, artefato mítico de origem indígena. Caso os alunos manifestem dificuldades nesta questão, oriente-os a ler cuidadosamente as legendas das imagens, destacando pontos em comum e elementos que os diferem. Pergunte, ainda, se já ouviram falar das mitologias às quais os itens das imagens se referem. Possivelmente, os alunos irão manifestar conhecimento maior pela mitologia grega. Questione-os sobre o porquê do destaque da mitologia grega em nossa sociedade e pergunte se as mídias contribuem com esse aspecto.

Para a segunda questão, a expectativa é que os alunos identifiquem a utilidade dos itens retratados nas imagens para as pessoas do nosso tempo como objetos de estudo e observação. Para estimular este pensamento entre os estudantes, questione-os sobre onde, provavelmente, estão localizadas a Máscara do Reino de Kuba e onde está localizado o Toten. Provavelmente, os alunos irão concluir que um dos lugares possíveis é o museu. Pergunte, então, qual é o objetivo dos museus, ao manterem um acervo com objetos como estes. Questione-os, ainda, sobre as pessoas que aparecem nas imagem do Partenon. Pergunte qual seria o objetivo daquela visita.

Para a terceira questão, a expectativa é que os alunos consigam refletir sobre a importância do mito em sua sociedade originária e para os demais contextos sociais. Espera-se que os alunos concluam que para as sociedades que viveram na época ou utilizaram os objetos retratados nas imagens, seus significados iam muito além daqueles que adotamos em nossos estudos, isto é, para aquelas sociedades os objetos estavam ligados às crenças e rituais sagrados. Para estimular a reflexão entre os alunos, questione-os a respeito das diferenças entre a exploração midiática de filmes sobre a mitologia grega na atualidade e o verdadeiro significado dos mitos para os gregos da Antiguidade Clássica. Questione-os se os antigos gregos, assim como as pessoas do nosso tempo, se divertiriam com os filmes atuais sobre mitologia grega.

Após as discussões e registros, escolha três alunos, de diferentes grupos, para que, respectivamente, apresentem à turma a resolução das três questões propostas.

Para você saber mais:

Sobre o Reino de Kuba:

PITTA, Valter. Reino Kuba. O Fascinante Universo da História. Disponível em: http://civilizacoesafricanas.blogspot.com/2010/02/reino-kuba.html. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos do templo Partenon ao longo da História:

Partenon de Atenas. Civitatis de Atenas. Disponível em: https://www.tudosobreatenas.com/partenon. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre características arquitetônicas do templo Partenon:

Partenon. Laboratório de Mecânica computacional - Escola Politécnica da USP. Disponível em: http://www.lmc.ep.usp.br/people/hlinde/estruturas/partenon.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos gerais da mitologia grega:

BRANCO, Alberto Manuel Vara. A Mitologia Grega, uma Concepção Genial Produzida pela Humanidade: os condicionalismos religiosos e históricos na civilização helênica. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium31/4.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos da mitologia africana:

HOFBAUER, Andreas. Mitologia dos Orixás. Rev. Antropol., São Paulo , v. 44, n. 2, p. 251-258, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012001000200015. Acesso em: 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

Para começar, solicite aos alunos que se reúnam em trios. Em seguida, projete ou imprima cópias das imagens 1, 2 e 3 e distribua aos grupos. Caso prefira imprimir as imagens, clique nos seguintes links: Imagem 1 - Máscara do Reino de Kuba: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8SPWfSnMrrQuG7fXN9CpdYQf8D3ZFMNVkgDWVAjJNkQBn5wdgfwFyTZC7q8x/his6-09und05-imagem-1-mascara-do-reino-de-kuba.pdf, Imagem 2 - Partenon: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aq2e4aqcaNepFhQCsyfsM6MEzAb4DrtmRMSQDjPyQg2Kc3BUKb7tq7YvgSUp/his6-09und05-imagem-2-partenon.pdf e Imagem 3 - Totem: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JnzZG7ku72xWy2VtdxFg53jVecJuhrSDXm4tEDHhEtsCTeHkjhSne5AUcH5g/his6-09und05-imagem-3-totem.pdf. Peça para que os alunos observem as imagens com atenção e procurem responder às três questões propostas, registrando respostas coletivas nos cadernos.

Durante a leitura das imagens, oriente os alunos a não observá-las isoladamente, mas como estando ligadas por uma temática comum. A expectativa para a primeira questão é que os alunos consigam perceber que as três imagens apresentam objetos culturais ligados a aspectos mitológicos, mas que cada um deles se refere a mitologias singulares, advindas de culturas distintas, sendo a primeira uma máscara ligada à mitologia do povo africano Kuba, a segunda um templo dedicado à deusa Atena, personagem da mitologia grega, e a terceira um totem, artefato mítico de origem indígena. Caso os alunos manifestem dificuldades nesta questão, oriente-os a ler cuidadosamente as legendas das imagens, destacando pontos em comum e elementos que os diferem. Pergunte, ainda, se já ouviram falar das mitologias às quais os itens das imagens se referem. Possivelmente, os alunos irão manifestar conhecimento maior pela mitologia grega. Questione-os sobre o porquê do destaque da mitologia grega em nossa sociedade e pergunte se as mídias contribuem com esse aspecto.

Para a segunda questão, a expectativa é que os alunos identifiquem a utilidade dos itens retratados nas imagens para as pessoas do nosso tempo como objetos de estudo e observação. Para estimular este pensamento entre os estudantes, questione-os sobre onde, provavelmente, estão localizadas a Máscara do Reino de Kuba e onde está localizado o Toten. Provavelmente, os alunos irão concluir que um dos lugares possíveis é o museu. Pergunte, então, qual é o objetivo dos museus, ao manterem um acervo com objetos como estes. Questione-os, ainda, sobre as pessoas que aparecem nas imagem do Partenon. Pergunte qual seria o objetivo daquela visita.

Para a terceira questão, a expectativa é que os alunos consigam refletir sobre a importância do mito em sua sociedade originária e para os demais contextos sociais. Espera-se que os alunos concluam que para as sociedades que viveram na época ou utilizaram os objetos retratados nas imagens, seus significados iam muito além daqueles que adotamos em nossos estudos, isto é, para aquelas sociedades os objetos estavam ligados às crenças e rituais sagrados. Para estimular a reflexão entre os alunos, questione-os a respeito das diferenças entre a exploração midiática de filmes sobre a mitologia grega na atualidade e o verdadeiro significado dos mitos para os gregos da Antiguidade Clássica. Questione-os se os antigos gregos, assim como as pessoas do nosso tempo, se divertiriam com os filmes atuais sobre mitologia grega.

Após as discussões e registros, escolha três alunos, de diferentes grupos, para que, respectivamente, apresentem à turma a resolução das três questões propostas.

Para você saber mais:

Sobre o Reino de Kuba:

PITTA, Valter. Reino Kuba. O Fascinante Universo da História. Disponível em: http://civilizacoesafricanas.blogspot.com/2010/02/reino-kuba.html. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos do templo Partenon ao longo da História:

Partenon de Atenas. Civitatis de Atenas. Disponível em: https://www.tudosobreatenas.com/partenon. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre características arquitetônicas do templo Partenon:

Partenon. Laboratório de Mecânica computacional - Escola Politécnica da USP. Disponível em: http://www.lmc.ep.usp.br/people/hlinde/estruturas/partenon.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos gerais da mitologia grega:

BRANCO, Alberto Manuel Vara. A Mitologia Grega, uma Concepção Genial Produzida pela Humanidade: os condicionalismos religiosos e históricos na civilização helênica. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium31/4.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos da mitologia africana:

HOFBAUER, Andreas. Mitologia dos Orixás. Rev. Antropol., São Paulo , v. 44, n. 2, p. 251-258, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012001000200015. Acesso em: 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

Para começar, solicite aos alunos que se reúnam em trios. Em seguida, projete ou imprima cópias das imagens 1, 2 e 3 e distribua aos grupos. Caso prefira imprimir as imagens, clique nos seguintes links: Imagem 1 - Máscara do Reino de Kuba: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8SPWfSnMrrQuG7fXN9CpdYQf8D3ZFMNVkgDWVAjJNkQBn5wdgfwFyTZC7q8x/his6-09und05-imagem-1-mascara-do-reino-de-kuba.pdf, Imagem 2 - Partenon: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aq2e4aqcaNepFhQCsyfsM6MEzAb4DrtmRMSQDjPyQg2Kc3BUKb7tq7YvgSUp/his6-09und05-imagem-2-partenon.pdf e Imagem 3 - Totem: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JnzZG7ku72xWy2VtdxFg53jVecJuhrSDXm4tEDHhEtsCTeHkjhSne5AUcH5g/his6-09und05-imagem-3-totem.pdf. Peça para que os alunos observem as imagens com atenção e procurem responder às três questões propostas, registrando respostas coletivas nos cadernos.

Durante a leitura das imagens, oriente os alunos a não observá-las isoladamente, mas como estando ligadas por uma temática comum. A expectativa para a primeira questão é que os alunos consigam perceber que as três imagens apresentam objetos culturais ligados a aspectos mitológicos, mas que cada um deles se refere a mitologias singulares, advindas de culturas distintas, sendo a primeira uma máscara ligada à mitologia do povo africano Kuba, a segunda um templo dedicado à deusa Atena, personagem da mitologia grega, e a terceira um totem, artefato mítico de origem indígena. Caso os alunos manifestem dificuldades nesta questão, oriente-os a ler cuidadosamente as legendas das imagens, destacando pontos em comum e elementos que os diferem. Pergunte, ainda, se já ouviram falar das mitologias às quais os itens das imagens se referem. Possivelmente, os alunos irão manifestar conhecimento maior pela mitologia grega. Questione-os sobre o porquê do destaque da mitologia grega em nossa sociedade e pergunte se as mídias contribuem com esse aspecto.

Para a segunda questão, a expectativa é que os alunos identifiquem a utilidade dos itens retratados nas imagens para as pessoas do nosso tempo como objetos de estudo e observação. Para estimular este pensamento entre os estudantes, questione-os sobre onde, provavelmente, estão localizadas a Máscara do Reino de Kuba e onde está localizado o Toten. Provavelmente, os alunos irão concluir que um dos lugares possíveis é o museu. Pergunte, então, qual é o objetivo dos museus, ao manterem um acervo com objetos como estes. Questione-os, ainda, sobre as pessoas que aparecem nas imagem do Partenon. Pergunte qual seria o objetivo daquela visita.

Para a terceira questão, a expectativa é que os alunos consigam refletir sobre a importância do mito em sua sociedade originária e para os demais contextos sociais. Espera-se que os alunos concluam que para as sociedades que viveram na época ou utilizaram os objetos retratados nas imagens, seus significados iam muito além daqueles que adotamos em nossos estudos, isto é, para aquelas sociedades os objetos estavam ligados às crenças e rituais sagrados. Para estimular a reflexão entre os alunos, questione-os a respeito das diferenças entre a exploração midiática de filmes sobre a mitologia grega na atualidade e o verdadeiro significado dos mitos para os gregos da Antiguidade Clássica. Questione-os se os antigos gregos, assim como as pessoas do nosso tempo, se divertiriam com os filmes atuais sobre mitologia grega.

Após as discussões e registros, escolha três alunos, de diferentes grupos, para que, respectivamente, apresentem à turma a resolução das três questões propostas.

Para você saber mais:

Sobre o Reino de Kuba:

PITTA, Valter. Reino Kuba. O Fascinante Universo da História. Disponível em: http://civilizacoesafricanas.blogspot.com/2010/02/reino-kuba.html. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos do templo Partenon ao longo da História:

Partenon de Atenas. Civitatis de Atenas. Disponível em: https://www.tudosobreatenas.com/partenon. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre características arquitetônicas do templo Partenon:

Partenon. Laboratório de Mecânica computacional - Escola Politécnica da USP. Disponível em: http://www.lmc.ep.usp.br/people/hlinde/estruturas/partenon.htm. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos gerais da mitologia grega:

BRANCO, Alberto Manuel Vara. A Mitologia Grega, uma Concepção Genial Produzida pela Humanidade: os condicionalismos religiosos e históricos na civilização helênica. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium31/4.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Sobre aspectos da mitologia africana:

HOFBAUER, Andreas. Mitologia dos Orixás. Rev. Antropol., São Paulo , v. 44, n. 2, p. 251-258, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012001000200015. Acesso em: 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

Com os alunos ainda reunidos em trios, proponha a leitura de um trecho do artigo: “O Mito na Sociedade Atual”. O texto está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qXKDn9dnugVZXXTKGwMw9U39GrNHHhfAsvJQan4bVZTpdfjwtNXUbHTjr8nK/his6-09und05-trecho-do-artigo-o-mito-na-sociedade-atual.pdf. Após a leitura dos alunos, peça para que conversem com os colegas e procurem resolver alguns desafios baseados no texto. Distribua aos grupos a “Tabela de Desafios”. A tabela está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tvNfSyPngprB95Y2jn5ZKEM8KECNMWRgH9EeVXkkn9ghtujJFgMzpztBDyZG/his6-09und05-tabela-de-explicacoes-das-frases-do-texto.pdf

A expectativa para o primeiro desafio é que os alunos consigam diferenciar o mito entre aqueles que o vivenciam e o tem como uma verdadeira manifestação sobrenatural e aqueles que o estudam, considerando-o como aspecto da cultura de um grupo social ou de um povo. Para estimular essa reflexão entre os alunos, proponha que se imaginem como um cidadão grego ou cidadã grega da Antiguidade. Pergunte como eles, no lugar destas pessoas, encarariam as histórias que conhecemos sobre a Mitologia Grega. Pergunte se para eles seria algo sério ou apenas objeto de estudo ou entretenimento, como na atualidade.

A expectativa para a resolução do segundo desafio é que os alunos consigam compreender que o mito estava associado ao sagrado e que consigam relacionar esta ideia a uma das imagens apresentadas na primeira etapa da aula. Para estimular a reflexão dos estudantes durante a resolução deste desafio, pergunte sobre o porquê de os indígenas possuírem um comportamento tão diverso e praticarem rituais tão distintos. Questione-os se esse comportamento tem ligação com sua mitologia. Pergunte se algum dos itens retratados nas imagens envolviam a questão da espiritualidade e crença de seus povos originários.

Para a resolução do terceiro desafio, a expectativa é que os alunos consigam compreender que numa época em que não havia a concepção do conceito de mito, as pessoas costumavam não rejeitá-lo como sendo a expressão de uma verdade sobrenatural. Ou seja, na Antiguidade, o mito implicaria questões de crença e de fé. Para estimular a reflexão entre os alunos durante a elaboração desta explicação, pergunte se hoje os estudos acumulados ao longo de séculos possibilitaram à humanidade uma outra visão a respeito dos mitos antigos. Pergunte, também, se ainda hoje existem pessoas que acreditam em histórias e personagens fantásticos.

Após os registros na tabela, escolha três alunos de diferentes grupos para que, respectivamente, apresentem à turma suas resoluções par os três desafios propostos.

Para você saber mais:

Sobre o conceito de mito numa perspectiva da contemporaneidade:

CRUZ, Marcelo Silvério. Mitos - suas origens e sua importância para o homem contemporâneo. UFJF. Disponível em: http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/MITOS.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Análise sobre a influência da mitologia nos tempos atuais e sobre a adaptação de seus arquétipos:

LIMA, Marcos Aurélio Mendes. Cotidiano Fantástico: a influência da mitologia na atualidade. Disponível em: https://www.academia.edu/4987557/Cotidiano_Fant%C3%A1stico_A_Influ%C3%AAncia_da_Mitologia_na_Atualidade. Acesso em: 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

Com os alunos ainda reunidos em trios, proponha a leitura de um trecho do artigo: “O Mito na Sociedade Atual”. O texto está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qXKDn9dnugVZXXTKGwMw9U39GrNHHhfAsvJQan4bVZTpdfjwtNXUbHTjr8nK/his6-09und05-trecho-do-artigo-o-mito-na-sociedade-atual.pdf. Após a leitura dos alunos, peça para que conversem com os colegas e procurem resolver alguns desafios baseados no texto. Distribua aos grupos a “Tabela de Desafios”. A tabela está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tvNfSyPngprB95Y2jn5ZKEM8KECNMWRgH9EeVXkkn9ghtujJFgMzpztBDyZG/his6-09und05-tabela-de-explicacoes-das-frases-do-texto.pdf

A expectativa para o primeiro desafio é que os alunos consigam diferenciar o mito entre aqueles que o vivenciam e o tem como uma verdadeira manifestação sobrenatural e aqueles que o estudam, considerando-o como aspecto da cultura de um grupo social ou de um povo. Para estimular essa reflexão entre os alunos, proponha que se imaginem como um cidadão grego ou cidadã grega da Antiguidade. Pergunte como eles, no lugar destas pessoas, encarariam as histórias que conhecemos sobre a Mitologia Grega. Pergunte se para eles seria algo sério ou apenas objeto de estudo ou entretenimento, como na atualidade.

A expectativa para a resolução do segundo desafio é que os alunos consigam compreender que o mito estava associado ao sagrado e que consigam relacionar esta ideia a uma das imagens apresentadas na primeira etapa da aula. Para estimular a reflexão dos estudantes durante a resolução deste desafio, pergunte sobre o porquê de os indígenas possuírem um comportamento tão diverso e praticarem rituais tão distintos. Questione-os se esse comportamento tem ligação com sua mitologia. Pergunte se algum dos itens retratados nas imagens envolviam a questão da espiritualidade e crença de seus povos originários.

Para a resolução do terceiro desafio, a expectativa é que os alunos consigam compreender que numa época em que não havia a concepção do conceito de mito, as pessoas costumavam não rejeitá-lo como sendo a expressão de uma verdade sobrenatural. Ou seja, na Antiguidade, o mito implicaria questões de crença e de fé. Para estimular a reflexão entre os alunos durante a elaboração desta explicação, pergunte se hoje os estudos acumulados ao longo de séculos possibilitaram à humanidade uma outra visão a respeito dos mitos antigos. Pergunte, também, se ainda hoje existem pessoas que acreditam em histórias e personagens fantásticos.

Após os registros na tabela, escolha três alunos de diferentes grupos para que, respectivamente, apresentem à turma suas resoluções par os três desafios propostos.

Para você saber mais:

Sobre o conceito de mito numa perspectiva da contemporaneidade:

CRUZ, Marcelo Silvério. Mitos - suas origens e sua importância para o homem contemporâneo. UFJF. Disponível em: http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/MITOS.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Análise sobre a influência da mitologia nos tempos atuais e sobre a adaptação de seus arquétipos:

LIMA, Marcos Aurélio Mendes. Cotidiano Fantástico: a influência da mitologia na atualidade. Disponível em: https://www.academia.edu/4987557/Cotidiano_Fant%C3%A1stico_A_Influ%C3%AAncia_da_Mitologia_na_Atualidade. Acesso em: 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

Com os alunos ainda reunidos em trios, proponha a leitura de um trecho do artigo: “O Mito na Sociedade Atual”. O texto está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qXKDn9dnugVZXXTKGwMw9U39GrNHHhfAsvJQan4bVZTpdfjwtNXUbHTjr8nK/his6-09und05-trecho-do-artigo-o-mito-na-sociedade-atual.pdf. Após a leitura dos alunos, peça para que conversem com os colegas e procurem resolver alguns desafios baseados no texto. Distribua aos grupos a “Tabela de Desafios”. A tabela está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tvNfSyPngprB95Y2jn5ZKEM8KECNMWRgH9EeVXkkn9ghtujJFgMzpztBDyZG/his6-09und05-tabela-de-explicacoes-das-frases-do-texto.pdf

A expectativa para o primeiro desafio é que os alunos consigam diferenciar o mito entre aqueles que o vivenciam e o tem como uma verdadeira manifestação sobrenatural e aqueles que o estudam, considerando-o como aspecto da cultura de um grupo social ou de um povo. Para estimular essa reflexão entre os alunos, proponha que se imaginem como um cidadão grego ou cidadã grega da Antiguidade. Pergunte como eles, no lugar destas pessoas, encarariam as histórias que conhecemos sobre a Mitologia Grega. Pergunte se para eles seria algo sério ou apenas objeto de estudo ou entretenimento, como na atualidade.

A expectativa para a resolução do segundo desafio é que os alunos consigam compreender que o mito estava associado ao sagrado e que consigam relacionar esta ideia a uma das imagens apresentadas na primeira etapa da aula. Para estimular a reflexão dos estudantes durante a resolução deste desafio, pergunte sobre o porquê de os indígenas possuírem um comportamento tão diverso e praticarem rituais tão distintos. Questione-os se esse comportamento tem ligação com sua mitologia. Pergunte se algum dos itens retratados nas imagens envolviam a questão da espiritualidade e crença de seus povos originários.

Para a resolução do terceiro desafio, a expectativa é que os alunos consigam compreender que numa época em que não havia a concepção do conceito de mito, as pessoas costumavam não rejeitá-lo como sendo a expressão de uma verdade sobrenatural. Ou seja, na Antiguidade, o mito implicaria questões de crença e de fé. Para estimular a reflexão entre os alunos durante a elaboração desta explicação, pergunte se hoje os estudos acumulados ao longo de séculos possibilitaram à humanidade uma outra visão a respeito dos mitos antigos. Pergunte, também, se ainda hoje existem pessoas que acreditam em histórias e personagens fantásticos.

Após os registros na tabela, escolha três alunos de diferentes grupos para que, respectivamente, apresentem à turma suas resoluções par os três desafios propostos.

Para você saber mais:

Sobre o conceito de mito numa perspectiva da contemporaneidade:

CRUZ, Marcelo Silvério. Mitos - suas origens e sua importância para o homem contemporâneo. UFJF. Disponível em: http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/MITOS.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Análise sobre a influência da mitologia nos tempos atuais e sobre a adaptação de seus arquétipos:

LIMA, Marcos Aurélio Mendes. Cotidiano Fantástico: a influência da mitologia na atualidade. Disponível em: https://www.academia.edu/4987557/Cotidiano_Fant%C3%A1stico_A_Influ%C3%AAncia_da_Mitologia_na_Atualidade. Acesso em: 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

Com os alunos ainda reunidos em trios, proponha a leitura de um trecho do artigo: “O Mito na Sociedade Atual”. O texto está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qXKDn9dnugVZXXTKGwMw9U39GrNHHhfAsvJQan4bVZTpdfjwtNXUbHTjr8nK/his6-09und05-trecho-do-artigo-o-mito-na-sociedade-atual.pdf. Após a leitura dos alunos, peça para que conversem com os colegas e procurem resolver alguns desafios baseados no texto. Distribua aos grupos a “Tabela de Desafios”. A tabela está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tvNfSyPngprB95Y2jn5ZKEM8KECNMWRgH9EeVXkkn9ghtujJFgMzpztBDyZG/his6-09und05-tabela-de-explicacoes-das-frases-do-texto.pdf

A expectativa para o primeiro desafio é que os alunos consigam diferenciar o mito entre aqueles que o vivenciam e o tem como uma verdadeira manifestação sobrenatural e aqueles que o estudam, considerando-o como aspecto da cultura de um grupo social ou de um povo. Para estimular essa reflexão entre os alunos, proponha que se imaginem como um cidadão grego ou cidadã grega da Antiguidade. Pergunte como eles, no lugar destas pessoas, encarariam as histórias que conhecemos sobre a Mitologia Grega. Pergunte se para eles seria algo sério ou apenas objeto de estudo ou entretenimento, como na atualidade.

A expectativa para a resolução do segundo desafio é que os alunos consigam compreender que o mito estava associado ao sagrado e que consigam relacionar esta ideia a uma das imagens apresentadas na primeira etapa da aula. Para estimular a reflexão dos estudantes durante a resolução deste desafio, pergunte sobre o porquê de os indígenas possuírem um comportamento tão diverso e praticarem rituais tão distintos. Questione-os se esse comportamento tem ligação com sua mitologia. Pergunte se algum dos itens retratados nas imagens envolviam a questão da espiritualidade e crença de seus povos originários.

Para a resolução do terceiro desafio, a expectativa é que os alunos consigam compreender que numa época em que não havia a concepção do conceito de mito, as pessoas costumavam não rejeitá-lo como sendo a expressão de uma verdade sobrenatural. Ou seja, na Antiguidade, o mito implicaria questões de crença e de fé. Para estimular a reflexão entre os alunos durante a elaboração desta explicação, pergunte se hoje os estudos acumulados ao longo de séculos possibilitaram à humanidade uma outra visão a respeito dos mitos antigos. Pergunte, também, se ainda hoje existem pessoas que acreditam em histórias e personagens fantásticos.

Após os registros na tabela, escolha três alunos de diferentes grupos para que, respectivamente, apresentem à turma suas resoluções par os três desafios propostos.

Para você saber mais:

Sobre o conceito de mito numa perspectiva da contemporaneidade:

CRUZ, Marcelo Silvério. Mitos - suas origens e sua importância para o homem contemporâneo. UFJF. Disponível em: http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/MITOS.pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

Análise sobre a influência da mitologia nos tempos atuais e sobre a adaptação de seus arquétipos:

LIMA, Marcos Aurélio Mendes. Cotidiano Fantástico: a influência da mitologia na atualidade. Disponível em: https://www.academia.edu/4987557/Cotidiano_Fant%C3%A1stico_A_Influ%C3%AAncia_da_Mitologia_na_Atualidade. Acesso em: 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações:

Mantenha os alunos reunidos em trios. Proponha, em seguida, que conversem entre si e, com base em tudo o que estudaram durante a aula, elaborem juntos uma história mitológica fictícia, cujo título será “A História do meu Mundo”. Para elaborar a história, oriente os alunos a seguirem o “Roteiro de Criação da História”, que indicará, no formato de perguntas, uma série de ideias que poderão contribuir com a construção da história. O roteiro está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/y2QVewZDsCQk5Vx4JhjYr2eyzbrXsHSNcGQReEKJ3wzEb8adbtXXNpceMCQj/his6-09und05-roteiro-de-criacao-da-historia.pdf

Durante as discussões entre os alunos, procure circular pelos grupos e peça para que compartilhem uns com os outros alguma experiência que tiveram com conhecimentos acerca de mitologias, como por exemplo, algum filme ou livro que tiveram contato e que tratou sobre o tema. Pode ser que alguns alunos queiram iniciar sua história imitando outra já conhecida por eles. Oriente-os a pensarem em uma ideia original, onde poderão se sentir livres para imaginar e refletir sobre um universo paralelo cheio de personagens fantásticos e incomuns.

É importante que você questione os alunos sobre como, dentro da história fictícia, as pessoas comuns se relacionavam com os mitos. Peça, também, para que não deixem de considerar as últimas orientações do roteiro, onde os alunos terão de trazer o desfecho de sua trama para o mundo atual e refletir sobre como as pessoas que vivem em nosso contexto veriam os mitos que foram anteriormente narrados na história.

Para você saber mais:

A atividade proposta nesta última etapa da aula se baseou em uma experiência pedagógica do prof. Guilherme Moerbeck com alunos da educação básica, envolvendo a questão de consciência história e narrativas míticas. Segue abaixo a indicação deste trabalho para ampliar conhecimentos:

MOERBECK, Guilherme. História Antiga no Ensino Fundamental: um estudo sobre os mitos gregos antigos e a consciência histórica. Academia. Disponível em: https://www.academia.edu/37864195/Hist%C3%B3ria_Antiga_no_ensino_fundamental_um_estudo_sobre_os_mitos_gregos_antigos_e_a_consci%C3%AAncia_hist%C3%B3rica. Acesso em : 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações:

Mantenha os alunos reunidos em trios. Proponha, em seguida, que conversem entre si e, com base em tudo o que estudaram durante a aula, elaborem juntos uma história mitológica fictícia, cujo título será “A História do meu Mundo”. Para elaborar a história, oriente os alunos a seguirem o “Roteiro de Criação da História”, que indicará, no formato de perguntas, uma série de ideias que poderão contribuir com a construção da história. O roteiro está disponível aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/y2QVewZDsCQk5Vx4JhjYr2eyzbrXsHSNcGQReEKJ3wzEb8adbtXXNpceMCQj/his6-09und05-roteiro-de-criacao-da-historia.pdf

Durante as discussões entre os alunos, procure circular pelos grupos e peça para que compartilhem uns com os outros alguma experiência que tiveram com conhecimentos acerca de mitologias, como por exemplo, algum filme ou livro que tiveram contato e que tratou sobre o tema. Pode ser que alguns alunos queiram iniciar sua história imitando outra já conhecida por eles. Oriente-os a pensarem em uma ideia original, onde poderão se sentir livres para imaginar e refletir sobre um universo paralelo cheio de personagens fantásticos e incomuns.

É importante que você questione os alunos sobre como, dentro da história fictícia, as pessoas comuns se relacionavam com os mitos. Peça, também, para que não deixem de considerar as últimas orientações do roteiro, onde os alunos terão de trazer o desfecho de sua trama para o mundo atual e refletir sobre como as pessoas que vivem em nosso contexto veriam os mitos que foram anteriormente narrados na história.

Para você saber mais:

A atividade proposta nesta última etapa da aula se baseou em uma experiência pedagógica do prof. Guilherme Moerbeck com alunos da educação básica, envolvendo a questão de consciência história e narrativas míticas. Segue abaixo a indicação deste trabalho para ampliar conhecimentos:

MOERBECK, Guilherme. História Antiga no Ensino Fundamental: um estudo sobre os mitos gregos antigos e a consciência histórica. Academia. Disponível em: https://www.academia.edu/37864195/Hist%C3%B3ria_Antiga_no_ensino_fundamental_um_estudo_sobre_os_mitos_gregos_antigos_e_a_consci%C3%AAncia_hist%C3%B3rica. Acesso em : 14 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE A invenção do mundo clássico e o contraponto com outras sociedades do 6º ano :

6º ano / História / A invenção do mundo clássico e o contraponto com outras sociedades

6º ano / História / A invenção do mundo clássico e o contraponto com outras sociedades

6º ano / História / A invenção do mundo clássico e o contraponto com outras sociedades

6º ano / História / A invenção do mundo clássico e o contraponto com outras sociedades

MAIS AULAS DE História do 6º ano:

6º ano / História / História: tempo, espaço e formas de registros

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06HI09 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano