17657
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 4º ano > Circulação de pessoas, produtos e culturas

Plano de aula - As hidrovias da Região Norte e a cultura ribeirinha

Plano de aula de História com atividades para 4º ano do EF sobre As hidrovias da Região Norte e a cultura ribeirinha

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Fernanda Nicolau Nogueira Barbosa Nunes

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF04HI07 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Projetor digital ou material impresso, cartolinas, lápis coloridos, marcadores coloridos para papel.

Material complementar:

Contexto:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RbVEQsHFP2Zw42GVS4qdJz8yvw3FFCEhNqfaJdW2un3aAQzTNm39D9GmNRe/his4-07und03-contexto.pdf

Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/R8UJPK5R2M95RbfyMVzDq2wCRqJ4pKXH4qa3bMnVHEKWSSykVeN9Cn53KMnC/his4-07und03-problematizacao-grupos.pdf (Grupos)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JWDYNcDyCkfWQ9NXKSRGSYJBh9E33DwNKKCsPxa3Ygn6CgHrgVn8eYDCDaKJ/his4-07und03-problematizacao-imagens.pdf (Imagens)

Sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/h9s3TBSrdjwGD7yhecj5PTEsCwWKyDUTwVkTXjV9jkaCxzGxMbbZmQuNkxvW/his4-07und03-sistematizacao.pdf

Para você saber mais:

Neste link, um documento bem completo com imagens a respeito das hidrovias do Brasil:

http://portal.antaq.gov.br/wp-content/uploads/2016/12/%E2%80%9CPanorama-das-Hidrovias-Brasileiras%E2%80%9D-Jos%C3%A9-Alex-Botelho-de-Oliva.pdf Acesso em 21/03/2019.

Nestes documentos, aspectos importantes de uma das hidrovias da região Norte.

https://www.diariodaamazonia.com.br/a-importancia-da-hidrovia-do-madeira-para-o-norte/Acesso em 21/03/2019.

https://www.dinheirorural.com.br/o-potencial-de-hidrovias-para-regiao-norte-do-brasil-e-fantastico/Acesso em 21/03/2019.

https://portogente.com.br/artigos/71412-a-hidrovia-dos-rios-amazonas-e-solimoes Acesso em 21/03/2019

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Organize a sala em 3 grupos.

Projete ou escreva no quadro o objetivo da aula e peça que os alunos realizem uma leitura compartilhada. Em seguida medeie uma conversa propondo algumas questões:

  • Qual será o assunto desta aula?
  • Todos sabem o que é uma hidrovia?
  • O que quer dizer o termo “desenvolvimento econômico”?
  • Por que a aula terá ênfase nas hidrovias da região Norte? (Explique para os alunos que a região Norte tem grande potencial para a navegação fluvial e muitas pessoas dependem desse tipo de transporte).

Para você saber mais:

Site da Federação dos trabalhadores em transportes aquaviários e afins.

http://fnttaa.org.br/website/aquaviarios-navegacoes/hidrovias/761-a-importancia-das-hidrovias Acesso em 21/03/2019.

Neste endereço uma análise da importância das hidrovias da Região Norte para o desenvolvimento econômico do Brasil, com ênfase no transporte de produtos agrícolas:

https://www.dinheirorural.com.br/o-potencial-de-hidrovias-para-regiao-norte-do-brasil-e-fantastico/

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Projete e imprima o mapa hidroviário brasileiro para os alunos acompanharem mais detalhadamente com a imagem impressa. Convide-os a fazer uma análise do mesmo:

  • O que vemos na imagem?
  • O que é um mapa hidroviário? (Explique aos alunos que é um mapa que traz as rotas de tráfego aquático do Brasil).
  • O que podemos perceber? (Permita que os alunos leiam os nomes dos rios e bacias, que observem linhas mais grossas e mais estreitas, marcações em outras cores e conforme forem sendo feitos os comentários, vá auxiliando-os a compreenderem as informações contidas, sempre formulando questões, por exemplo: A que se refere as linhas azuis? E essas marcas em forma de círculo? E as marquinhas amarelas, a que se referem? E assim por diante. Certamente eles buscarão auxílio nas legendas, mas caso não tenham intimidade com o trabalho com mapas, ajude-os a compreender essas informações buscando o auxílio nas legendas. Como o mapa tem muitos detalhes, e tem um tamanho bastante grande, reservamos um slide somente com as legendas, mas se conseguir uma boa projeção não haverá necessidade de seu uso. Na legenda os termos eclusa e barragem devem ser bem explicados aos alunos. As eclusas são canais construídos (obras de engenharia) que permitem às navegações subirem ou descerem em lugares de desnível ou com barragens. Estas barragens podem ser de uma hidrelétrica, por exemplo. Mostre a imagem de uma eclusa no slide (ou impressa) para os alunos.

Volte a apresentar a imagem do mapa hidroviário e chame a atenção para as hidrovias da Região Norte do país e converse com os alunos sobre as mesmas:

  • Que rios podemos citar? (Permita que os alunos leiam e falem dos rios que encontrem).
  • Se observarmos com atenção, esses rios ligam vários Estados. Quais podemos citar?
  • O que são essas partes azuis mais espessas? (Hidrelétricas). Conseguem ver uma eclusa com barragem na região Norte? Qual?
  • Que portos vemos na região Norte?
  • Alguém sabe o que é transportado pelas hidrovias da região Norte?
  • Vocês sabiam que o Brasil possui mais de 4.000 km de hidrovias mas aproveita apenas cerca de 50% delas para navegação? Vocês acham que usar hidrovias pode ajudar na preservação ambiental? Por quê?
  • Como será que começou o transporte hidroviário no Brasil? Vamos estudar?

Fonte do mapa hidroviário: http://www.transportes.gov.br/images/aquaviario/2014/11/mapas_hirdoviarios.pdf Acesso em 29/03/2019.

Imagem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Canal_da_Eclusa_-_Jusante_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

Como adequar à sua realidade: Caso a escola se localize no Rio de Janeiro, próximo à Praça XV, uma visita ao Navio-Museu Bauru traria aos alunos oportunidades de conhecimento importantes sobre a Marinha do Brasil. É um dos equipamentos do Espaço Cultural da Marinha e está localizado no Boulevard Olímpico, Praça XV, Rio de Janeiro, RJ. Outra opção seria um tour virtual, caso possua um laboratório de informática, no site http://www.naval.com.br. Seria uma oportunidade importante para os alunos conhecerem os navios históricos brasileiros. Neste site podemos encontrar os navios destinados à defesa e ao transporte também.

Para você saber mais:

Neste link encontramos o histórico do transporte hidroviário do Brasil num documento bastante completo e que nos remete ao passado numa deliciosa viagem pelo tempo e pelas regiões do Brasil enquanto lemos:

http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2714/1/TD_1931.pdf Acesso em 21 de Março de 2019.

Neste link, encontram-se fotos, descrições e históricos dos navios brasileiros. Ao navegar por ele pode-se fazer uma viagem através do tempo na história do Brasil no que se refere ao transporte, à navegação, às guerras… Uma riqueza da história naval brasileira!

http://www.naval.com.br/ngb/ngb-new.htm Acesso em 21 de Março de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Projete e imprima o mapa hidroviário brasileiro para os alunos acompanharem mais detalhadamente com a imagem impressa. Convide-os a fazer uma análise do mesmo:

  • O que vemos na imagem?
  • O que é um mapa hidroviário? (Explique aos alunos que é um mapa que traz as rotas de tráfego aquático do Brasil).
  • O que podemos perceber? (Permita que os alunos leiam os nomes dos rios e bacias, que observem linhas mais grossas e mais estreitas, marcações em outras cores e conforme forem sendo feitos os comentários, vá auxiliando-os a compreenderem as informações contidas, sempre formulando questões, por exemplo: A que se refere as linhas azuis? E essas marcas em forma de círculo? E as marquinhas amarelas, a que se referem? E assim por diante. Certamente eles buscarão auxílio nas legendas, mas caso não tenham intimidade com o trabalho com mapas, ajude-os a compreender essas informações buscando o auxílio nas legendas. Como o mapa tem muitos detalhes, e tem um tamanho bastante grande, reservamos um slide somente com as legendas, mas se conseguir uma boa projeção não haverá necessidade de seu uso. Na legenda os termos eclusa e barragem devem ser bem explicados aos alunos. As eclusas são canais construídos (obras de engenharia) que permitem às navegações subirem ou descerem em lugares de desnível ou com barragens. Estas barragens podem ser de uma hidrelétrica, por exemplo. Mostre a imagem de uma eclusa no slide (ou impressa) para os alunos.

Volte a apresentar a imagem do mapa hidroviário e chame a atenção para as hidrovias da Região Norte do país e converse com os alunos sobre as mesmas:

  • Que rios podemos citar? (Permita que os alunos leiam e falem dos rios que encontrem).
  • Se observarmos com atenção, esses rios ligam vários Estados. Quais podemos citar?
  • O que são essas partes azuis mais espessas? (Hidrelétricas). Conseguem ver uma eclusa com barragem na região Norte? Qual?
  • Que portos vemos na região Norte?
  • Alguém sabe o que é transportado pelas hidrovias da região Norte?
  • Vocês sabiam que o Brasil possui mais de 4.000 km de hidrovias mas aproveita apenas cerca de 50% delas para navegação? Vocês acham que usar hidrovias pode ajudar na preservação ambiental? Por quê?
  • Como será que começou o transporte hidroviário no Brasil? Vamos estudar?

Fonte do mapa hidroviário: http://www.transportes.gov.br/images/aquaviario/2014/11/mapas_hirdoviarios.pdf Acesso em 29/03/2019.

Imagem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Canal_da_Eclusa_-_Jusante_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

Como adequar à sua realidade: Caso a escola se localize no Rio de Janeiro, próximo à Praça XV, uma visita ao Navio-Museu Bauru traria aos alunos oportunidades de conhecimento importantes sobre a Marinha do Brasil. É um dos equipamentos do Espaço Cultural da Marinha e está localizado no Boulevard Olímpico, Praça XV, Rio de Janeiro, RJ. Outra opção seria um tour virtual, caso possua um laboratório de informática, no site http://www.naval.com.br. Seria uma oportunidade importante para os alunos conhecerem os navios históricos brasileiros. Neste site podemos encontrar os navios destinados à defesa e ao transporte também.

Para você saber mais:

Neste link encontramos o histórico do transporte hidroviário do Brasil num documento bastante completo e que nos remete ao passado numa deliciosa viagem pelo tempo e pelas regiões do Brasil enquanto lemos:

http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2714/1/TD_1931.pdf Acesso em 21 de Março de 2019.

Neste link, encontram-se fotos, descrições e históricos dos navios brasileiros. Ao navegar por ele pode-se fazer uma viagem através do tempo na história do Brasil no que se refere ao transporte, à navegação, às guerras… Uma riqueza da história naval brasileira!

http://www.naval.com.br/ngb/ngb-new.htm Acesso em 21 de Março de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Projete e imprima o mapa hidroviário brasileiro para os alunos acompanharem mais detalhadamente com a imagem impressa. Convide-os a fazer uma análise do mesmo:

  • O que vemos na imagem?
  • O que é um mapa hidroviário? (Explique aos alunos que é um mapa que traz as rotas de tráfego aquático do Brasil).
  • O que podemos perceber? (Permita que os alunos leiam os nomes dos rios e bacias, que observem linhas mais grossas e mais estreitas, marcações em outras cores e conforme forem sendo feitos os comentários, vá auxiliando-os a compreenderem as informações contidas, sempre formulando questões, por exemplo: A que se refere as linhas azuis? E essas marcas em forma de círculo? E as marquinhas amarelas, a que se referem? E assim por diante. Certamente eles buscarão auxílio nas legendas, mas caso não tenham intimidade com o trabalho com mapas, ajude-os a compreender essas informações buscando o auxílio nas legendas. Como o mapa tem muitos detalhes, e tem um tamanho bastante grande, reservamos um slide somente com as legendas, mas se conseguir uma boa projeção não haverá necessidade de seu uso. Na legenda os termos eclusa e barragem devem ser bem explicados aos alunos. As eclusas são canais construídos (obras de engenharia) que permitem às navegações subirem ou descerem em lugares de desnível ou com barragens. Estas barragens podem ser de uma hidrelétrica, por exemplo. Mostre a imagem de uma eclusa no slide (ou impressa) para os alunos.

Volte a apresentar a imagem do mapa hidroviário e chame a atenção para as hidrovias da Região Norte do país e converse com os alunos sobre as mesmas:

  • Que rios podemos citar? (Permita que os alunos leiam e falem dos rios que encontrem).
  • Se observarmos com atenção, esses rios ligam vários Estados. Quais podemos citar?
  • O que são essas partes azuis mais espessas? (Hidrelétricas). Conseguem ver uma eclusa com barragem na região Norte? Qual?
  • Que portos vemos na região Norte?
  • Alguém sabe o que é transportado pelas hidrovias da região Norte?
  • Vocês sabiam que o Brasil possui mais de 4.000 km de hidrovias mas aproveita apenas cerca de 50% delas para navegação? Vocês acham que usar hidrovias pode ajudar na preservação ambiental? Por quê?
  • Como será que começou o transporte hidroviário no Brasil? Vamos estudar?

Fonte do mapa hidroviário: http://www.transportes.gov.br/images/aquaviario/2014/11/mapas_hirdoviarios.pdf Acesso em 29/03/2019.

Imagem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Canal_da_Eclusa_-_Jusante_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

Como adequar à sua realidade: Caso a escola se localize no Rio de Janeiro, próximo à Praça XV, uma visita ao Navio-Museu Bauru traria aos alunos oportunidades de conhecimento importantes sobre a Marinha do Brasil. É um dos equipamentos do Espaço Cultural da Marinha e está localizado no Boulevard Olímpico, Praça XV, Rio de Janeiro, RJ. Outra opção seria um tour virtual, caso possua um laboratório de informática, no site http://www.naval.com.br. Seria uma oportunidade importante para os alunos conhecerem os navios históricos brasileiros. Neste site podemos encontrar os navios destinados à defesa e ao transporte também.

Para você saber mais:

Neste link encontramos o histórico do transporte hidroviário do Brasil num documento bastante completo e que nos remete ao passado numa deliciosa viagem pelo tempo e pelas regiões do Brasil enquanto lemos:

http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2714/1/TD_1931.pdf Acesso em 21 de Março de 2019.

Neste link, encontram-se fotos, descrições e históricos dos navios brasileiros. Ao navegar por ele pode-se fazer uma viagem através do tempo na história do Brasil no que se refere ao transporte, à navegação, às guerras… Uma riqueza da história naval brasileira!

http://www.naval.com.br/ngb/ngb-new.htm Acesso em 21 de Março de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Projete e imprima o mapa hidroviário brasileiro para os alunos acompanharem mais detalhadamente com a imagem impressa. Convide-os a fazer uma análise do mesmo:

  • O que vemos na imagem?
  • O que é um mapa hidroviário? (Explique aos alunos que é um mapa que traz as rotas de tráfego aquático do Brasil).
  • O que podemos perceber? (Permita que os alunos leiam os nomes dos rios e bacias, que observem linhas mais grossas e mais estreitas, marcações em outras cores e conforme forem sendo feitos os comentários, vá auxiliando-os a compreenderem as informações contidas, sempre formulando questões, por exemplo: A que se refere as linhas azuis? E essas marcas em forma de círculo? E as marquinhas amarelas, a que se referem? E assim por diante. Certamente eles buscarão auxílio nas legendas, mas caso não tenham intimidade com o trabalho com mapas, ajude-os a compreender essas informações buscando o auxílio nas legendas. Como o mapa tem muitos detalhes, e tem um tamanho bastante grande, reservamos um slide somente com as legendas, mas se conseguir uma boa projeção não haverá necessidade de seu uso. Na legenda os termos eclusa e barragem devem ser bem explicados aos alunos. As eclusas são canais construídos (obras de engenharia) que permitem às navegações subirem ou descerem em lugares de desnível ou com barragens. Estas barragens podem ser de uma hidrelétrica, por exemplo. Mostre a imagem de uma eclusa no slide (ou impressa) para os alunos.

Volte a apresentar a imagem do mapa hidroviário e chame a atenção para as hidrovias da Região Norte do país e converse com os alunos sobre as mesmas:

  • Que rios podemos citar? (Permita que os alunos leiam e falem dos rios que encontrem).
  • Se observarmos com atenção, esses rios ligam vários Estados. Quais podemos citar?
  • O que são essas partes azuis mais espessas? (Hidrelétricas). Conseguem ver uma eclusa com barragem na região Norte? Qual?
  • Que portos vemos na região Norte?
  • Alguém sabe o que é transportado pelas hidrovias da região Norte?
  • Vocês sabiam que o Brasil possui mais de 4.000 km de hidrovias mas aproveita apenas cerca de 50% delas para navegação? Vocês acham que usar hidrovias pode ajudar na preservação ambiental? Por quê?
  • Como será que começou o transporte hidroviário no Brasil? Vamos estudar?

Fonte do mapa hidroviário: http://www.transportes.gov.br/images/aquaviario/2014/11/mapas_hirdoviarios.pdf Acesso em 29/03/2019.

Imagem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Canal_da_Eclusa_-_Jusante_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

Como adequar à sua realidade: Caso a escola se localize no Rio de Janeiro, próximo à Praça XV, uma visita ao Navio-Museu Bauru traria aos alunos oportunidades de conhecimento importantes sobre a Marinha do Brasil. É um dos equipamentos do Espaço Cultural da Marinha e está localizado no Boulevard Olímpico, Praça XV, Rio de Janeiro, RJ. Outra opção seria um tour virtual, caso possua um laboratório de informática, no site http://www.naval.com.br. Seria uma oportunidade importante para os alunos conhecerem os navios históricos brasileiros. Neste site podemos encontrar os navios destinados à defesa e ao transporte também.

Para você saber mais:

Neste link encontramos o histórico do transporte hidroviário do Brasil num documento bastante completo e que nos remete ao passado numa deliciosa viagem pelo tempo e pelas regiões do Brasil enquanto lemos:

http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2714/1/TD_1931.pdf Acesso em 21 de Março de 2019.

Neste link, encontram-se fotos, descrições e históricos dos navios brasileiros. Ao navegar por ele pode-se fazer uma viagem através do tempo na história do Brasil no que se refere ao transporte, à navegação, às guerras… Uma riqueza da história naval brasileira!

http://www.naval.com.br/ngb/ngb-new.htm Acesso em 21 de Março de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem com o mapa das Capitanias hereditárias para os alunos.

  • O que vemos na imagem?
  • Esse mapa é de que data?
  • É importante lembrarmos que nessa época, não havia tecnologia como a que dispomos hoje. Como vocês acham que era feito o reconhecimento de um local, se não havia imagem de satélite ou equipamentos que pudessem sobrevoar o local?
  • Como as pessoas tinham que ir ao local para conhecer e demarcar limites, que dificuldades podem ter encontrado aqueles que se aventuravam a elaborar um mapa?
  • O que esse mapa nos mostra?
  • Nos mapas atuais, as alterações de relevo (montanhas, planícies, depressões…) são registradas da forma como vemos nesse mapa?
  • E as proporções de tamanho são diferentes das que utilizamos? (Os alunos devem perceber que não há escalas no mapa).
  • O que mais vemos?
  • Como é mostrada a vegetação?
  • Como organizamos os mapas atualmente? (Por tema: hidrografia, relevo, vegetação…, tem escalas, tem formas padronizadas de exibição de informações).
  • Vemos que no mapa muito do imaginário dos seres humanos daquela época é mostrado através dos desenhos. O que vocês sentem ao ler um mapa tão antigo, com informações escritas de forma tão rudimentar e comparar com o que temos hoje?

Projete a imagem do slide com as pinturas de D. João VI e D. Pedro I feitas por Debret:

  • Quem vemos na pintura? (Lembre aos alunos que D. João VI veio de Portugal com a família para administrar o Brasil enquanto colônia portuguesa. Que seu período de administração é conhecido como I Reinado).
  • Peça para um aluno ler o texto e para os demais comentarem sobre o mesmo.
  • Que rios então foram explorados para navegação fluvial?
  • Que relação tem a abertura dos portos para comércio com outros países por D João VI com o transporte fluvial no Brasil? (É provável que os alunos percebam que, com a abertura dos portos, era preciso melhorar as condições de transporte internamente para levar os produtos com rapidez para serem exportados).

Conte para os alunos que a exploração do transporte fluvial iniciou ainda no Brasil colônia, e com o passar do tempo, outras ações foram tomadas para expandir esse modal de transporte. Foram feitas leis como a de 29 de agosto de 1828 que foi um marco para a expansão desse modal, pois nela D. Pedro I estabelecia regras para a construcção das obras públicas, que tiverem por objecto a navegação de rios, abertura de canais, edificação de estradas, pontes, calçadas ou aquedutos.

Entretanto somente em 1850, D Pedro II autorizou, através da lei nº 586 de 06/09/1850, o estabelecimento da navegação à vapor no Rio Amazonas.

  • Como vimos,o transporte fluvial no I Reinado e no Império do Brasil, iniciou com a preocupação de transportar produtos entre as capitanias hereditárias, e principalmente de atender ao comércio exterior, transportando não só o açúcar produzido no Brasil mas também as riquezas extraídas da natureza. E hoje, como será o transporte fluvial na região Norte? Vamos conhecer um pouco mais? (Para as escolas da região Norte, localizadas próximas às hidrovias, os alunos responderão com facilidade essa pergunta, mas para os alunos que residem longe dessas hidrovias, é provável que o assunto seja completamente desconhecido). Projete a imagem do barco no rio Amazonas e converse com os alunos.

Na região no Norte os rios são as estradas. As hidrovias têm tanta importância para as pessoas que vivem na região Norte quanto às estradas e rodovias tem para as pessoas de outras regiões do Brasil.

  • O que vemos na imagem?
  • O que esse tipo de embarcação transporta ?
  • Vocês sabem o que significa a palavra ribeirinho? (Caso sua escola esteja situe na região Norte ou atenda aos alunos ribeirinhos, essa pergunta será respondida com facilidade, caso não seja essa a realidade de sua escola e de seus alunos, explique que a população ribeirinha é aquela que vive às margens de um rio em casas flutuantes ou palafitas).

Exiba ou imprima as imagens de ribeirinhos do Acre, Pará e Amazônia para os alunos:

  • O que vemos na foto?
  • De que material são feitas as casas?
  • Que tipo de transporte vemos?
  • Parece haver estradas, ruas, rodovias, perto da casa de palafita?
  • Qual a relação dessas imagens com a frase: Na região Norte os rios são as estradas?
  • Já pararam para pensar sobre como as crianças ribeirinhas brincam? Como elas vão para a escola?
  • A cultura ribeirinha é muito rica e tem elementos diferenciados das crianças que vivem em outras regiões do Brasil. Assim como a alimentação, as festas, e tudo que envolve a cultura ribeirinha está diretamente ligado com os rios. Observem na mesa da foto do interior da casa ribeirinha. Que alimentos vemos?
  • E a cultura ribeirinha? Será que está ligada aos rios? Vamos conhecer uma brincadeira ribeirinha? (Projete o vídeo para os alunos https://www.youtube.com/watch?v=NuzTCIs_zmM e convide-os a dizer o que sentiram, suas impressões, sobre a vida às margens dos rios da região Norte.
  • Mas será que somente pessoas são transportadas nas hidrovias?

Vamos conhecer um pouco mais sobre as hidrovias da região Norte?

Agora cada grupo receberá um material diferente, com uma orientação para a construção de um material que servirá de apoio para vocês fazerem uma apresentação aos seus colegas.

Distribua o material aos alunos e acompanhe os grupos, orientando-os sempre que necessário.

O grupo 1 ficará responsável pelo estudo de um texto que traz informações sobre as principais hidrovias do Brasil. Este texto traz a localização, a extensão, o que é transportado por cada hidrovia. O grupo 2 vai estudar um texto com um resumo histórico das hidrovias brasileiras. O grupo 3 vai estudar um texto com uma notícia sobre a importância das hidrovias para a região Norte. O que é transportado, como é feito esse transporte. Cada material tem uma parte para estudo e outra parte com atividades a serem realizadas.

O material produzido pelos alunos será usado na sistematização.

Material complementar:

Contexto:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RbVEQsHFP2Zw42GVS4qdJz8yvw3FFCEhNqfaJdW2un3aAQzTNm39D9GmNRe/his4-07und03-contexto.pdf

Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/R8UJPK5R2M95RbfyMVzDq2wCRqJ4pKXH4qa3bMnVHEKWSSykVeN9Cn53KMnC/his4-07und03-problematizacao-grupos.pdf (Grupos)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JWDYNcDyCkfWQ9NXKSRGSYJBh9E33DwNKKCsPxa3Ygn6CgHrgVn8eYDCDaKJ/his4-07und03-problematizacao-imagens.pdf (Imagens)

Fontes das imagens:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:D_Joao_VI_e_Imperador_D_Pedro_I_by_Debret.jpg Acesso em 28/03/2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Amazon_boat.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(15643483213).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(16077518667).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Casa_de_ribeirinho_PA_BR_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:1562_Diego_Gutierrez_Amazonas.jpg Acesso em 12 de Abril de 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se a escola estiver próxima de uma das hidrovias da região Norte, uma entrevista com um trabalhador do setor de transporte aquaviário ou uma visita a um porto seria uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem mais sobre o assunto.

Caso a escola faça parte da comunidade ribeirinha, aumente um grupo e solicite a construção de um material em cartaz com uma relação das brincadeiras preferidas das crianças.

Para saber mais:

Neste link, um documento bem completo com imagens a respeito das hidrovias do Brasil:

http://portal.antaq.gov.br/wp-content/uploads/2016/12/%E2%80%9CPanorama-das-Hidrovias-Brasileiras%E2%80%9D-Jos%C3%A9-Alex-Botelho-de-Oliva.pdf Acesso em 21/03/2019.

Neste documento, aspectos importantes de uma das hidrovias da região Norte.

https://portogente.com.br/artigos/71412-a-hidrovia-dos-rios-amazonas-e-solimoes Acesso em 21/03/2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem com o mapa das Capitanias hereditárias para os alunos.

  • O que vemos na imagem?
  • Esse mapa é de que data?
  • É importante lembrarmos que nessa época, não havia tecnologia como a que dispomos hoje. Como vocês acham que era feito o reconhecimento de um local, se não havia imagem de satélite ou equipamentos que pudessem sobrevoar o local?
  • Como as pessoas tinham que ir ao local para conhecer e demarcar limites, que dificuldades podem ter encontrado aqueles que se aventuravam a elaborar um mapa?
  • O que esse mapa nos mostra?
  • Nos mapas atuais, as alterações de relevo (montanhas, planícies, depressões…) são registradas da forma como vemos nesse mapa?
  • E as proporções de tamanho são diferentes das que utilizamos? (Os alunos devem perceber que não há escalas no mapa).
  • O que mais vemos?
  • Como é mostrada a vegetação?
  • Como organizamos os mapas atualmente? (Por tema: hidrografia, relevo, vegetação…, tem escalas, tem formas padronizadas de exibição de informações).
  • Vemos que no mapa muito do imaginário dos seres humanos daquela época é mostrado através dos desenhos. O que vocês sentem ao ler um mapa tão antigo, com informações escritas de forma tão rudimentar e comparar com o que temos hoje?

Projete a imagem do slide com as pinturas de D. João VI e D. Pedro I feitas por Debret:

  • Quem vemos na pintura? (Lembre aos alunos que D. João VI veio de Portugal com a família para administrar o Brasil enquanto colônia portuguesa. Que seu período de administração é conhecido como I Reinado).
  • Peça para um aluno ler o texto e para os demais comentarem sobre o mesmo.
  • Que rios então foram explorados para navegação fluvial?
  • Que relação tem a abertura dos portos para comércio com outros países por D João VI com o transporte fluvial no Brasil? (É provável que os alunos percebam que, com a abertura dos portos, era preciso melhorar as condições de transporte internamente para levar os produtos com rapidez para serem exportados).

Conte para os alunos que a exploração do transporte fluvial iniciou ainda no Brasil colônia, e com o passar do tempo, outras ações foram tomadas para expandir esse modal de transporte. Foram feitas leis como a de 29 de agosto de 1828 que foi um marco para a expansão desse modal, pois nela D. Pedro I estabelecia regras para a construcção das obras públicas, que tiverem por objecto a navegação de rios, abertura de canais, edificação de estradas, pontes, calçadas ou aquedutos.

Entretanto somente em 1850, D Pedro II autorizou, através da lei nº 586 de 06/09/1850, o estabelecimento da navegação à vapor no Rio Amazonas.

  • Como vimos,o transporte fluvial no I Reinado e no Império do Brasil, iniciou com a preocupação de transportar produtos entre as capitanias hereditárias, e principalmente de atender ao comércio exterior, transportando não só o açúcar produzido no Brasil mas também as riquezas extraídas da natureza. E hoje, como será o transporte fluvial na região Norte? Vamos conhecer um pouco mais? (Para as escolas da região Norte, localizadas próximas às hidrovias, os alunos responderão com facilidade essa pergunta, mas para os alunos que residem longe dessas hidrovias, é provável que o assunto seja completamente desconhecido). Projete a imagem do barco no rio Amazonas e converse com os alunos.

Na região no Norte os rios são as estradas. As hidrovias têm tanta importância para as pessoas que vivem na região Norte quanto às estradas e rodovias tem para as pessoas de outras regiões do Brasil.

  • O que vemos na imagem?
  • O que esse tipo de embarcação transporta ?
  • Vocês sabem o que significa a palavra ribeirinho? (Caso sua escola esteja situe na região Norte ou atenda aos alunos ribeirinhos, essa pergunta será respondida com facilidade, caso não seja essa a realidade de sua escola e de seus alunos, explique que a população ribeirinha é aquela que vive às margens de um rio em casas flutuantes ou palafitas).

Exiba ou imprima as imagens de ribeirinhos do Acre, Pará e Amazônia para os alunos:

  • O que vemos na foto?
  • De que material são feitas as casas?
  • Que tipo de transporte vemos?
  • Parece haver estradas, ruas, rodovias, perto da casa de palafita?
  • Qual a relação dessas imagens com a frase: Na região Norte os rios são as estradas?
  • Já pararam para pensar sobre como as crianças ribeirinhas brincam? Como elas vão para a escola?
  • A cultura ribeirinha é muito rica e tem elementos diferenciados das crianças que vivem em outras regiões do Brasil. Assim como a alimentação, as festas, e tudo que envolve a cultura ribeirinha está diretamente ligado com os rios. Observem na mesa da foto do interior da casa ribeirinha. Que alimentos vemos?
  • E a cultura ribeirinha? Será que está ligada aos rios? Vamos conhecer uma brincadeira ribeirinha? (Projete o vídeo para os alunos https://www.youtube.com/watch?v=NuzTCIs_zmM e convide-os a dizer o que sentiram, suas impressões, sobre a vida às margens dos rios da região Norte.
  • Mas será que somente pessoas são transportadas nas hidrovias?

Vamos conhecer um pouco mais sobre as hidrovias da região Norte?

Agora cada grupo receberá um material diferente, com uma orientação para a construção de um material que servirá de apoio para vocês fazerem uma apresentação aos seus colegas.

Distribua o material aos alunos e acompanhe os grupos, orientando-os sempre que necessário.

O grupo 1 ficará responsável pelo estudo de um texto que traz informações sobre as principais hidrovias do Brasil. Este texto traz a localização, a extensão, o que é transportado por cada hidrovia. O grupo 2 vai estudar um texto com um resumo histórico das hidrovias brasileiras. O grupo 3 vai estudar um texto com uma notícia sobre a importância das hidrovias para a região Norte. O que é transportado, como é feito esse transporte. Cada material tem uma parte para estudo e outra parte com atividades a serem realizadas.

O material produzido pelos alunos será usado na sistematização.

Material complementar:

Contexto:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RbVEQsHFP2Zw42GVS4qdJz8yvw3FFCEhNqfaJdW2un3aAQzTNm39D9GmNRe/his4-07und03-contexto.pdf

Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/R8UJPK5R2M95RbfyMVzDq2wCRqJ4pKXH4qa3bMnVHEKWSSykVeN9Cn53KMnC/his4-07und03-problematizacao-grupos.pdf (Grupos)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JWDYNcDyCkfWQ9NXKSRGSYJBh9E33DwNKKCsPxa3Ygn6CgHrgVn8eYDCDaKJ/his4-07und03-problematizacao-imagens.pdf (Imagens)

Fontes das imagens:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:D_Joao_VI_e_Imperador_D_Pedro_I_by_Debret.jpg Acesso em 28/03/2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Amazon_boat.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(15643483213).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(16077518667).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Casa_de_ribeirinho_PA_BR_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:1562_Diego_Gutierrez_Amazonas.jpg Acesso em 12 de Abril de 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se a escola estiver próxima de uma das hidrovias da região Norte, uma entrevista com um trabalhador do setor de transporte aquaviário ou uma visita a um porto seria uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem mais sobre o assunto.

Caso a escola faça parte da comunidade ribeirinha, aumente um grupo e solicite a construção de um material em cartaz com uma relação das brincadeiras preferidas das crianças.

Para saber mais:

Neste link, um documento bem completo com imagens a respeito das hidrovias do Brasil:

http://portal.antaq.gov.br/wp-content/uploads/2016/12/%E2%80%9CPanorama-das-Hidrovias-Brasileiras%E2%80%9D-Jos%C3%A9-Alex-Botelho-de-Oliva.pdf Acesso em 21/03/2019.

Neste documento, aspectos importantes de uma das hidrovias da região Norte.

https://portogente.com.br/artigos/71412-a-hidrovia-dos-rios-amazonas-e-solimoes Acesso em 21/03/2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem com o mapa das Capitanias hereditárias para os alunos.

  • O que vemos na imagem?
  • Esse mapa é de que data?
  • É importante lembrarmos que nessa época, não havia tecnologia como a que dispomos hoje. Como vocês acham que era feito o reconhecimento de um local, se não havia imagem de satélite ou equipamentos que pudessem sobrevoar o local?
  • Como as pessoas tinham que ir ao local para conhecer e demarcar limites, que dificuldades podem ter encontrado aqueles que se aventuravam a elaborar um mapa?
  • O que esse mapa nos mostra?
  • Nos mapas atuais, as alterações de relevo (montanhas, planícies, depressões…) são registradas da forma como vemos nesse mapa?
  • E as proporções de tamanho são diferentes das que utilizamos? (Os alunos devem perceber que não há escalas no mapa).
  • O que mais vemos?
  • Como é mostrada a vegetação?
  • Como organizamos os mapas atualmente? (Por tema: hidrografia, relevo, vegetação…, tem escalas, tem formas padronizadas de exibição de informações).
  • Vemos que no mapa muito do imaginário dos seres humanos daquela época é mostrado através dos desenhos. O que vocês sentem ao ler um mapa tão antigo, com informações escritas de forma tão rudimentar e comparar com o que temos hoje?

Projete a imagem do slide com as pinturas de D. João VI e D. Pedro I feitas por Debret:

  • Quem vemos na pintura? (Lembre aos alunos que D. João VI veio de Portugal com a família para administrar o Brasil enquanto colônia portuguesa. Que seu período de administração é conhecido como I Reinado).
  • Peça para um aluno ler o texto e para os demais comentarem sobre o mesmo.
  • Que rios então foram explorados para navegação fluvial?
  • Que relação tem a abertura dos portos para comércio com outros países por D João VI com o transporte fluvial no Brasil? (É provável que os alunos percebam que, com a abertura dos portos, era preciso melhorar as condições de transporte internamente para levar os produtos com rapidez para serem exportados).

Conte para os alunos que a exploração do transporte fluvial iniciou ainda no Brasil colônia, e com o passar do tempo, outras ações foram tomadas para expandir esse modal de transporte. Foram feitas leis como a de 29 de agosto de 1828 que foi um marco para a expansão desse modal, pois nela D. Pedro I estabelecia regras para a construcção das obras públicas, que tiverem por objecto a navegação de rios, abertura de canais, edificação de estradas, pontes, calçadas ou aquedutos.

Entretanto somente em 1850, D Pedro II autorizou, através da lei nº 586 de 06/09/1850, o estabelecimento da navegação à vapor no Rio Amazonas.

  • Como vimos,o transporte fluvial no I Reinado e no Império do Brasil, iniciou com a preocupação de transportar produtos entre as capitanias hereditárias, e principalmente de atender ao comércio exterior, transportando não só o açúcar produzido no Brasil mas também as riquezas extraídas da natureza. E hoje, como será o transporte fluvial na região Norte? Vamos conhecer um pouco mais? (Para as escolas da região Norte, localizadas próximas às hidrovias, os alunos responderão com facilidade essa pergunta, mas para os alunos que residem longe dessas hidrovias, é provável que o assunto seja completamente desconhecido). Projete a imagem do barco no rio Amazonas e converse com os alunos.

Na região no Norte os rios são as estradas. As hidrovias têm tanta importância para as pessoas que vivem na região Norte quanto às estradas e rodovias tem para as pessoas de outras regiões do Brasil.

  • O que vemos na imagem?
  • O que esse tipo de embarcação transporta ?
  • Vocês sabem o que significa a palavra ribeirinho? (Caso sua escola esteja situe na região Norte ou atenda aos alunos ribeirinhos, essa pergunta será respondida com facilidade, caso não seja essa a realidade de sua escola e de seus alunos, explique que a população ribeirinha é aquela que vive às margens de um rio em casas flutuantes ou palafitas).

Exiba ou imprima as imagens de ribeirinhos do Acre, Pará e Amazônia para os alunos:

  • O que vemos na foto?
  • De que material são feitas as casas?
  • Que tipo de transporte vemos?
  • Parece haver estradas, ruas, rodovias, perto da casa de palafita?
  • Qual a relação dessas imagens com a frase: Na região Norte os rios são as estradas?
  • Já pararam para pensar sobre como as crianças ribeirinhas brincam? Como elas vão para a escola?
  • A cultura ribeirinha é muito rica e tem elementos diferenciados das crianças que vivem em outras regiões do Brasil. Assim como a alimentação, as festas, e tudo que envolve a cultura ribeirinha está diretamente ligado com os rios. Observem na mesa da foto do interior da casa ribeirinha. Que alimentos vemos?
  • E a cultura ribeirinha? Será que está ligada aos rios? Vamos conhecer uma brincadeira ribeirinha? (Projete o vídeo para os alunos https://www.youtube.com/watch?v=NuzTCIs_zmM e convide-os a dizer o que sentiram, suas impressões, sobre a vida às margens dos rios da região Norte.
  • Mas será que somente pessoas são transportadas nas hidrovias?

Vamos conhecer um pouco mais sobre as hidrovias da região Norte?

Agora cada grupo receberá um material diferente, com uma orientação para a construção de um material que servirá de apoio para vocês fazerem uma apresentação aos seus colegas.

Distribua o material aos alunos e acompanhe os grupos, orientando-os sempre que necessário.

O grupo 1 ficará responsável pelo estudo de um texto que traz informações sobre as principais hidrovias do Brasil. Este texto traz a localização, a extensão, o que é transportado por cada hidrovia. O grupo 2 vai estudar um texto com um resumo histórico das hidrovias brasileiras. O grupo 3 vai estudar um texto com uma notícia sobre a importância das hidrovias para a região Norte. O que é transportado, como é feito esse transporte. Cada material tem uma parte para estudo e outra parte com atividades a serem realizadas.

O material produzido pelos alunos será usado na sistematização.

Material complementar:

Contexto:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RbVEQsHFP2Zw42GVS4qdJz8yvw3FFCEhNqfaJdW2un3aAQzTNm39D9GmNRe/his4-07und03-contexto.pdf

Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/R8UJPK5R2M95RbfyMVzDq2wCRqJ4pKXH4qa3bMnVHEKWSSykVeN9Cn53KMnC/his4-07und03-problematizacao-grupos.pdf (Grupos)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JWDYNcDyCkfWQ9NXKSRGSYJBh9E33DwNKKCsPxa3Ygn6CgHrgVn8eYDCDaKJ/his4-07und03-problematizacao-imagens.pdf (Imagens)

Fontes das imagens:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:D_Joao_VI_e_Imperador_D_Pedro_I_by_Debret.jpg Acesso em 28/03/2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Amazon_boat.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(15643483213).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(16077518667).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Casa_de_ribeirinho_PA_BR_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:1562_Diego_Gutierrez_Amazonas.jpg Acesso em 12 de Abril de 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se a escola estiver próxima de uma das hidrovias da região Norte, uma entrevista com um trabalhador do setor de transporte aquaviário ou uma visita a um porto seria uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem mais sobre o assunto.

Caso a escola faça parte da comunidade ribeirinha, aumente um grupo e solicite a construção de um material em cartaz com uma relação das brincadeiras preferidas das crianças.

Para saber mais:

Neste link, um documento bem completo com imagens a respeito das hidrovias do Brasil:

http://portal.antaq.gov.br/wp-content/uploads/2016/12/%E2%80%9CPanorama-das-Hidrovias-Brasileiras%E2%80%9D-Jos%C3%A9-Alex-Botelho-de-Oliva.pdf Acesso em 21/03/2019.

Neste documento, aspectos importantes de uma das hidrovias da região Norte.

https://portogente.com.br/artigos/71412-a-hidrovia-dos-rios-amazonas-e-solimoes Acesso em 21/03/2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem com o mapa das Capitanias hereditárias para os alunos.

  • O que vemos na imagem?
  • Esse mapa é de que data?
  • É importante lembrarmos que nessa época, não havia tecnologia como a que dispomos hoje. Como vocês acham que era feito o reconhecimento de um local, se não havia imagem de satélite ou equipamentos que pudessem sobrevoar o local?
  • Como as pessoas tinham que ir ao local para conhecer e demarcar limites, que dificuldades podem ter encontrado aqueles que se aventuravam a elaborar um mapa?
  • O que esse mapa nos mostra?
  • Nos mapas atuais, as alterações de relevo (montanhas, planícies, depressões…) são registradas da forma como vemos nesse mapa?
  • E as proporções de tamanho são diferentes das que utilizamos? (Os alunos devem perceber que não há escalas no mapa).
  • O que mais vemos?
  • Como é mostrada a vegetação?
  • Como organizamos os mapas atualmente? (Por tema: hidrografia, relevo, vegetação…, tem escalas, tem formas padronizadas de exibição de informações).
  • Vemos que no mapa muito do imaginário dos seres humanos daquela época é mostrado através dos desenhos. O que vocês sentem ao ler um mapa tão antigo, com informações escritas de forma tão rudimentar e comparar com o que temos hoje?

Projete a imagem do slide com as pinturas de D. João VI e D. Pedro I feitas por Debret:

  • Quem vemos na pintura? (Lembre aos alunos que D. João VI veio de Portugal com a família para administrar o Brasil enquanto colônia portuguesa. Que seu período de administração é conhecido como I Reinado).
  • Peça para um aluno ler o texto e para os demais comentarem sobre o mesmo.
  • Que rios então foram explorados para navegação fluvial?
  • Que relação tem a abertura dos portos para comércio com outros países por D João VI com o transporte fluvial no Brasil? (É provável que os alunos percebam que, com a abertura dos portos, era preciso melhorar as condições de transporte internamente para levar os produtos com rapidez para serem exportados).

Conte para os alunos que a exploração do transporte fluvial iniciou ainda no Brasil colônia, e com o passar do tempo, outras ações foram tomadas para expandir esse modal de transporte. Foram feitas leis como a de 29 de agosto de 1828 que foi um marco para a expansão desse modal, pois nela D. Pedro I estabelecia regras para a construcção das obras públicas, que tiverem por objecto a navegação de rios, abertura de canais, edificação de estradas, pontes, calçadas ou aquedutos.

Entretanto somente em 1850, D Pedro II autorizou, através da lei nº 586 de 06/09/1850, o estabelecimento da navegação à vapor no Rio Amazonas.

  • Como vimos,o transporte fluvial no I Reinado e no Império do Brasil, iniciou com a preocupação de transportar produtos entre as capitanias hereditárias, e principalmente de atender ao comércio exterior, transportando não só o açúcar produzido no Brasil mas também as riquezas extraídas da natureza. E hoje, como será o transporte fluvial na região Norte? Vamos conhecer um pouco mais? (Para as escolas da região Norte, localizadas próximas às hidrovias, os alunos responderão com facilidade essa pergunta, mas para os alunos que residem longe dessas hidrovias, é provável que o assunto seja completamente desconhecido). Projete a imagem do barco no rio Amazonas e converse com os alunos.

Na região no Norte os rios são as estradas. As hidrovias têm tanta importância para as pessoas que vivem na região Norte quanto às estradas e rodovias tem para as pessoas de outras regiões do Brasil.

  • O que vemos na imagem?
  • O que esse tipo de embarcação transporta ?
  • Vocês sabem o que significa a palavra ribeirinho? (Caso sua escola esteja situe na região Norte ou atenda aos alunos ribeirinhos, essa pergunta será respondida com facilidade, caso não seja essa a realidade de sua escola e de seus alunos, explique que a população ribeirinha é aquela que vive às margens de um rio em casas flutuantes ou palafitas).

Exiba ou imprima as imagens de ribeirinhos do Acre, Pará e Amazônia para os alunos:

  • O que vemos na foto?
  • De que material são feitas as casas?
  • Que tipo de transporte vemos?
  • Parece haver estradas, ruas, rodovias, perto da casa de palafita?
  • Qual a relação dessas imagens com a frase: Na região Norte os rios são as estradas?
  • Já pararam para pensar sobre como as crianças ribeirinhas brincam? Como elas vão para a escola?
  • A cultura ribeirinha é muito rica e tem elementos diferenciados das crianças que vivem em outras regiões do Brasil. Assim como a alimentação, as festas, e tudo que envolve a cultura ribeirinha está diretamente ligado com os rios. Observem na mesa da foto do interior da casa ribeirinha. Que alimentos vemos?
  • E a cultura ribeirinha? Será que está ligada aos rios? Vamos conhecer uma brincadeira ribeirinha? (Projete o vídeo para os alunos https://www.youtube.com/watch?v=NuzTCIs_zmM e convide-os a dizer o que sentiram, suas impressões, sobre a vida às margens dos rios da região Norte.
  • Mas será que somente pessoas são transportadas nas hidrovias?

Vamos conhecer um pouco mais sobre as hidrovias da região Norte?

Agora cada grupo receberá um material diferente, com uma orientação para a construção de um material que servirá de apoio para vocês fazerem uma apresentação aos seus colegas.

Distribua o material aos alunos e acompanhe os grupos, orientando-os sempre que necessário.

O grupo 1 ficará responsável pelo estudo de um texto que traz informações sobre as principais hidrovias do Brasil. Este texto traz a localização, a extensão, o que é transportado por cada hidrovia. O grupo 2 vai estudar um texto com um resumo histórico das hidrovias brasileiras. O grupo 3 vai estudar um texto com uma notícia sobre a importância das hidrovias para a região Norte. O que é transportado, como é feito esse transporte. Cada material tem uma parte para estudo e outra parte com atividades a serem realizadas.

O material produzido pelos alunos será usado na sistematização.

Material complementar:

Contexto:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RbVEQsHFP2Zw42GVS4qdJz8yvw3FFCEhNqfaJdW2un3aAQzTNm39D9GmNRe/his4-07und03-contexto.pdf

Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/R8UJPK5R2M95RbfyMVzDq2wCRqJ4pKXH4qa3bMnVHEKWSSykVeN9Cn53KMnC/his4-07und03-problematizacao-grupos.pdf (Grupos)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JWDYNcDyCkfWQ9NXKSRGSYJBh9E33DwNKKCsPxa3Ygn6CgHrgVn8eYDCDaKJ/his4-07und03-problematizacao-imagens.pdf (Imagens)

Fontes das imagens:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:D_Joao_VI_e_Imperador_D_Pedro_I_by_Debret.jpg Acesso em 28/03/2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Amazon_boat.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(15643483213).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(16077518667).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Casa_de_ribeirinho_PA_BR_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:1562_Diego_Gutierrez_Amazonas.jpg Acesso em 12 de Abril de 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se a escola estiver próxima de uma das hidrovias da região Norte, uma entrevista com um trabalhador do setor de transporte aquaviário ou uma visita a um porto seria uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem mais sobre o assunto.

Caso a escola faça parte da comunidade ribeirinha, aumente um grupo e solicite a construção de um material em cartaz com uma relação das brincadeiras preferidas das crianças.

Para saber mais:

Neste link, um documento bem completo com imagens a respeito das hidrovias do Brasil:

http://portal.antaq.gov.br/wp-content/uploads/2016/12/%E2%80%9CPanorama-das-Hidrovias-Brasileiras%E2%80%9D-Jos%C3%A9-Alex-Botelho-de-Oliva.pdf Acesso em 21/03/2019.

Neste documento, aspectos importantes de uma das hidrovias da região Norte.

https://portogente.com.br/artigos/71412-a-hidrovia-dos-rios-amazonas-e-solimoes Acesso em 21/03/2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos.

Orientações:

Convide os alunos a organizarem um painel informativo sobre as Hidrovias Brasileiras. Este painel pode ser organizado no próprio projetor digital, projetando o modelo sugestivo no slide da sistematização ou outro.

Também pode ser feito em papel como cartolina ou ainda no próprio quadro. Entretanto, deve ser feito pelos alunos. Peça para que cada grupo traga as anotações feitas e as escreva no painel de acordo com o tema pelo qual o grupo ficou responsável. Após o registro peça que o grupo socialize sua parte do painel para a sala, apresentando o tema estudado.

Quando o painel estiver concluído, convide os alunos a falarem sobre o aprendizado construído:

  • Qual a importância das hidrovias para o Brasil?
  • De modo especial, qual a importância das hidrovias da região Norte?
  • Por que as hidrovias são um modelo sustentável e muito mais barato para o transporte que as rodovias?
  • Não seria bom que o Brasil investisse mais nesse modal de transporte?

Material complementar:

Sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/h9s3TBSrdjwGD7yhecj5PTEsCwWKyDUTwVkTXjV9jkaCxzGxMbbZmQuNkxvW/his4-07und03-sistematizacao.pdf

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF04HI07 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Projetor digital ou material impresso, cartolinas, lápis coloridos, marcadores coloridos para papel.

Material complementar:

Contexto:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RbVEQsHFP2Zw42GVS4qdJz8yvw3FFCEhNqfaJdW2un3aAQzTNm39D9GmNRe/his4-07und03-contexto.pdf

Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/R8UJPK5R2M95RbfyMVzDq2wCRqJ4pKXH4qa3bMnVHEKWSSykVeN9Cn53KMnC/his4-07und03-problematizacao-grupos.pdf (Grupos)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JWDYNcDyCkfWQ9NXKSRGSYJBh9E33DwNKKCsPxa3Ygn6CgHrgVn8eYDCDaKJ/his4-07und03-problematizacao-imagens.pdf (Imagens)

Sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/h9s3TBSrdjwGD7yhecj5PTEsCwWKyDUTwVkTXjV9jkaCxzGxMbbZmQuNkxvW/his4-07und03-sistematizacao.pdf

Para você saber mais:

Neste link, um documento bem completo com imagens a respeito das hidrovias do Brasil:

http://portal.antaq.gov.br/wp-content/uploads/2016/12/%E2%80%9CPanorama-das-Hidrovias-Brasileiras%E2%80%9D-Jos%C3%A9-Alex-Botelho-de-Oliva.pdf Acesso em 21/03/2019.

Nestes documentos, aspectos importantes de uma das hidrovias da região Norte.

https://www.diariodaamazonia.com.br/a-importancia-da-hidrovia-do-madeira-para-o-norte/Acesso em 21/03/2019.

https://www.dinheirorural.com.br/o-potencial-de-hidrovias-para-regiao-norte-do-brasil-e-fantastico/Acesso em 21/03/2019.

https://portogente.com.br/artigos/71412-a-hidrovia-dos-rios-amazonas-e-solimoes Acesso em 21/03/2019

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Organize a sala em 3 grupos.

Projete ou escreva no quadro o objetivo da aula e peça que os alunos realizem uma leitura compartilhada. Em seguida medeie uma conversa propondo algumas questões:

  • Qual será o assunto desta aula?
  • Todos sabem o que é uma hidrovia?
  • O que quer dizer o termo “desenvolvimento econômico”?
  • Por que a aula terá ênfase nas hidrovias da região Norte? (Explique para os alunos que a região Norte tem grande potencial para a navegação fluvial e muitas pessoas dependem desse tipo de transporte).

Para você saber mais:

Site da Federação dos trabalhadores em transportes aquaviários e afins.

http://fnttaa.org.br/website/aquaviarios-navegacoes/hidrovias/761-a-importancia-das-hidrovias Acesso em 21/03/2019.

Neste endereço uma análise da importância das hidrovias da Região Norte para o desenvolvimento econômico do Brasil, com ênfase no transporte de produtos agrícolas:

https://www.dinheirorural.com.br/o-potencial-de-hidrovias-para-regiao-norte-do-brasil-e-fantastico/

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Projete e imprima o mapa hidroviário brasileiro para os alunos acompanharem mais detalhadamente com a imagem impressa. Convide-os a fazer uma análise do mesmo:

  • O que vemos na imagem?
  • O que é um mapa hidroviário? (Explique aos alunos que é um mapa que traz as rotas de tráfego aquático do Brasil).
  • O que podemos perceber? (Permita que os alunos leiam os nomes dos rios e bacias, que observem linhas mais grossas e mais estreitas, marcações em outras cores e conforme forem sendo feitos os comentários, vá auxiliando-os a compreenderem as informações contidas, sempre formulando questões, por exemplo: A que se refere as linhas azuis? E essas marcas em forma de círculo? E as marquinhas amarelas, a que se referem? E assim por diante. Certamente eles buscarão auxílio nas legendas, mas caso não tenham intimidade com o trabalho com mapas, ajude-os a compreender essas informações buscando o auxílio nas legendas. Como o mapa tem muitos detalhes, e tem um tamanho bastante grande, reservamos um slide somente com as legendas, mas se conseguir uma boa projeção não haverá necessidade de seu uso. Na legenda os termos eclusa e barragem devem ser bem explicados aos alunos. As eclusas são canais construídos (obras de engenharia) que permitem às navegações subirem ou descerem em lugares de desnível ou com barragens. Estas barragens podem ser de uma hidrelétrica, por exemplo. Mostre a imagem de uma eclusa no slide (ou impressa) para os alunos.

Volte a apresentar a imagem do mapa hidroviário e chame a atenção para as hidrovias da Região Norte do país e converse com os alunos sobre as mesmas:

  • Que rios podemos citar? (Permita que os alunos leiam e falem dos rios que encontrem).
  • Se observarmos com atenção, esses rios ligam vários Estados. Quais podemos citar?
  • O que são essas partes azuis mais espessas? (Hidrelétricas). Conseguem ver uma eclusa com barragem na região Norte? Qual?
  • Que portos vemos na região Norte?
  • Alguém sabe o que é transportado pelas hidrovias da região Norte?
  • Vocês sabiam que o Brasil possui mais de 4.000 km de hidrovias mas aproveita apenas cerca de 50% delas para navegação? Vocês acham que usar hidrovias pode ajudar na preservação ambiental? Por quê?
  • Como será que começou o transporte hidroviário no Brasil? Vamos estudar?

Fonte do mapa hidroviário: http://www.transportes.gov.br/images/aquaviario/2014/11/mapas_hirdoviarios.pdf Acesso em 29/03/2019.

Imagem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Canal_da_Eclusa_-_Jusante_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

Como adequar à sua realidade: Caso a escola se localize no Rio de Janeiro, próximo à Praça XV, uma visita ao Navio-Museu Bauru traria aos alunos oportunidades de conhecimento importantes sobre a Marinha do Brasil. É um dos equipamentos do Espaço Cultural da Marinha e está localizado no Boulevard Olímpico, Praça XV, Rio de Janeiro, RJ. Outra opção seria um tour virtual, caso possua um laboratório de informática, no site http://www.naval.com.br. Seria uma oportunidade importante para os alunos conhecerem os navios históricos brasileiros. Neste site podemos encontrar os navios destinados à defesa e ao transporte também.

Para você saber mais:

Neste link encontramos o histórico do transporte hidroviário do Brasil num documento bastante completo e que nos remete ao passado numa deliciosa viagem pelo tempo e pelas regiões do Brasil enquanto lemos:

http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2714/1/TD_1931.pdf Acesso em 21 de Março de 2019.

Neste link, encontram-se fotos, descrições e históricos dos navios brasileiros. Ao navegar por ele pode-se fazer uma viagem através do tempo na história do Brasil no que se refere ao transporte, à navegação, às guerras… Uma riqueza da história naval brasileira!

http://www.naval.com.br/ngb/ngb-new.htm Acesso em 21 de Março de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Projete e imprima o mapa hidroviário brasileiro para os alunos acompanharem mais detalhadamente com a imagem impressa. Convide-os a fazer uma análise do mesmo:

  • O que vemos na imagem?
  • O que é um mapa hidroviário? (Explique aos alunos que é um mapa que traz as rotas de tráfego aquático do Brasil).
  • O que podemos perceber? (Permita que os alunos leiam os nomes dos rios e bacias, que observem linhas mais grossas e mais estreitas, marcações em outras cores e conforme forem sendo feitos os comentários, vá auxiliando-os a compreenderem as informações contidas, sempre formulando questões, por exemplo: A que se refere as linhas azuis? E essas marcas em forma de círculo? E as marquinhas amarelas, a que se referem? E assim por diante. Certamente eles buscarão auxílio nas legendas, mas caso não tenham intimidade com o trabalho com mapas, ajude-os a compreender essas informações buscando o auxílio nas legendas. Como o mapa tem muitos detalhes, e tem um tamanho bastante grande, reservamos um slide somente com as legendas, mas se conseguir uma boa projeção não haverá necessidade de seu uso. Na legenda os termos eclusa e barragem devem ser bem explicados aos alunos. As eclusas são canais construídos (obras de engenharia) que permitem às navegações subirem ou descerem em lugares de desnível ou com barragens. Estas barragens podem ser de uma hidrelétrica, por exemplo. Mostre a imagem de uma eclusa no slide (ou impressa) para os alunos.

Volte a apresentar a imagem do mapa hidroviário e chame a atenção para as hidrovias da Região Norte do país e converse com os alunos sobre as mesmas:

  • Que rios podemos citar? (Permita que os alunos leiam e falem dos rios que encontrem).
  • Se observarmos com atenção, esses rios ligam vários Estados. Quais podemos citar?
  • O que são essas partes azuis mais espessas? (Hidrelétricas). Conseguem ver uma eclusa com barragem na região Norte? Qual?
  • Que portos vemos na região Norte?
  • Alguém sabe o que é transportado pelas hidrovias da região Norte?
  • Vocês sabiam que o Brasil possui mais de 4.000 km de hidrovias mas aproveita apenas cerca de 50% delas para navegação? Vocês acham que usar hidrovias pode ajudar na preservação ambiental? Por quê?
  • Como será que começou o transporte hidroviário no Brasil? Vamos estudar?

Fonte do mapa hidroviário: http://www.transportes.gov.br/images/aquaviario/2014/11/mapas_hirdoviarios.pdf Acesso em 29/03/2019.

Imagem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Canal_da_Eclusa_-_Jusante_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

Como adequar à sua realidade: Caso a escola se localize no Rio de Janeiro, próximo à Praça XV, uma visita ao Navio-Museu Bauru traria aos alunos oportunidades de conhecimento importantes sobre a Marinha do Brasil. É um dos equipamentos do Espaço Cultural da Marinha e está localizado no Boulevard Olímpico, Praça XV, Rio de Janeiro, RJ. Outra opção seria um tour virtual, caso possua um laboratório de informática, no site http://www.naval.com.br. Seria uma oportunidade importante para os alunos conhecerem os navios históricos brasileiros. Neste site podemos encontrar os navios destinados à defesa e ao transporte também.

Para você saber mais:

Neste link encontramos o histórico do transporte hidroviário do Brasil num documento bastante completo e que nos remete ao passado numa deliciosa viagem pelo tempo e pelas regiões do Brasil enquanto lemos:

http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2714/1/TD_1931.pdf Acesso em 21 de Março de 2019.

Neste link, encontram-se fotos, descrições e históricos dos navios brasileiros. Ao navegar por ele pode-se fazer uma viagem através do tempo na história do Brasil no que se refere ao transporte, à navegação, às guerras… Uma riqueza da história naval brasileira!

http://www.naval.com.br/ngb/ngb-new.htm Acesso em 21 de Março de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Projete e imprima o mapa hidroviário brasileiro para os alunos acompanharem mais detalhadamente com a imagem impressa. Convide-os a fazer uma análise do mesmo:

  • O que vemos na imagem?
  • O que é um mapa hidroviário? (Explique aos alunos que é um mapa que traz as rotas de tráfego aquático do Brasil).
  • O que podemos perceber? (Permita que os alunos leiam os nomes dos rios e bacias, que observem linhas mais grossas e mais estreitas, marcações em outras cores e conforme forem sendo feitos os comentários, vá auxiliando-os a compreenderem as informações contidas, sempre formulando questões, por exemplo: A que se refere as linhas azuis? E essas marcas em forma de círculo? E as marquinhas amarelas, a que se referem? E assim por diante. Certamente eles buscarão auxílio nas legendas, mas caso não tenham intimidade com o trabalho com mapas, ajude-os a compreender essas informações buscando o auxílio nas legendas. Como o mapa tem muitos detalhes, e tem um tamanho bastante grande, reservamos um slide somente com as legendas, mas se conseguir uma boa projeção não haverá necessidade de seu uso. Na legenda os termos eclusa e barragem devem ser bem explicados aos alunos. As eclusas são canais construídos (obras de engenharia) que permitem às navegações subirem ou descerem em lugares de desnível ou com barragens. Estas barragens podem ser de uma hidrelétrica, por exemplo. Mostre a imagem de uma eclusa no slide (ou impressa) para os alunos.

Volte a apresentar a imagem do mapa hidroviário e chame a atenção para as hidrovias da Região Norte do país e converse com os alunos sobre as mesmas:

  • Que rios podemos citar? (Permita que os alunos leiam e falem dos rios que encontrem).
  • Se observarmos com atenção, esses rios ligam vários Estados. Quais podemos citar?
  • O que são essas partes azuis mais espessas? (Hidrelétricas). Conseguem ver uma eclusa com barragem na região Norte? Qual?
  • Que portos vemos na região Norte?
  • Alguém sabe o que é transportado pelas hidrovias da região Norte?
  • Vocês sabiam que o Brasil possui mais de 4.000 km de hidrovias mas aproveita apenas cerca de 50% delas para navegação? Vocês acham que usar hidrovias pode ajudar na preservação ambiental? Por quê?
  • Como será que começou o transporte hidroviário no Brasil? Vamos estudar?

Fonte do mapa hidroviário: http://www.transportes.gov.br/images/aquaviario/2014/11/mapas_hirdoviarios.pdf Acesso em 29/03/2019.

Imagem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Canal_da_Eclusa_-_Jusante_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

Como adequar à sua realidade: Caso a escola se localize no Rio de Janeiro, próximo à Praça XV, uma visita ao Navio-Museu Bauru traria aos alunos oportunidades de conhecimento importantes sobre a Marinha do Brasil. É um dos equipamentos do Espaço Cultural da Marinha e está localizado no Boulevard Olímpico, Praça XV, Rio de Janeiro, RJ. Outra opção seria um tour virtual, caso possua um laboratório de informática, no site http://www.naval.com.br. Seria uma oportunidade importante para os alunos conhecerem os navios históricos brasileiros. Neste site podemos encontrar os navios destinados à defesa e ao transporte também.

Para você saber mais:

Neste link encontramos o histórico do transporte hidroviário do Brasil num documento bastante completo e que nos remete ao passado numa deliciosa viagem pelo tempo e pelas regiões do Brasil enquanto lemos:

http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2714/1/TD_1931.pdf Acesso em 21 de Março de 2019.

Neste link, encontram-se fotos, descrições e históricos dos navios brasileiros. Ao navegar por ele pode-se fazer uma viagem através do tempo na história do Brasil no que se refere ao transporte, à navegação, às guerras… Uma riqueza da história naval brasileira!

http://www.naval.com.br/ngb/ngb-new.htm Acesso em 21 de Março de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Projete e imprima o mapa hidroviário brasileiro para os alunos acompanharem mais detalhadamente com a imagem impressa. Convide-os a fazer uma análise do mesmo:

  • O que vemos na imagem?
  • O que é um mapa hidroviário? (Explique aos alunos que é um mapa que traz as rotas de tráfego aquático do Brasil).
  • O que podemos perceber? (Permita que os alunos leiam os nomes dos rios e bacias, que observem linhas mais grossas e mais estreitas, marcações em outras cores e conforme forem sendo feitos os comentários, vá auxiliando-os a compreenderem as informações contidas, sempre formulando questões, por exemplo: A que se refere as linhas azuis? E essas marcas em forma de círculo? E as marquinhas amarelas, a que se referem? E assim por diante. Certamente eles buscarão auxílio nas legendas, mas caso não tenham intimidade com o trabalho com mapas, ajude-os a compreender essas informações buscando o auxílio nas legendas. Como o mapa tem muitos detalhes, e tem um tamanho bastante grande, reservamos um slide somente com as legendas, mas se conseguir uma boa projeção não haverá necessidade de seu uso. Na legenda os termos eclusa e barragem devem ser bem explicados aos alunos. As eclusas são canais construídos (obras de engenharia) que permitem às navegações subirem ou descerem em lugares de desnível ou com barragens. Estas barragens podem ser de uma hidrelétrica, por exemplo. Mostre a imagem de uma eclusa no slide (ou impressa) para os alunos.

Volte a apresentar a imagem do mapa hidroviário e chame a atenção para as hidrovias da Região Norte do país e converse com os alunos sobre as mesmas:

  • Que rios podemos citar? (Permita que os alunos leiam e falem dos rios que encontrem).
  • Se observarmos com atenção, esses rios ligam vários Estados. Quais podemos citar?
  • O que são essas partes azuis mais espessas? (Hidrelétricas). Conseguem ver uma eclusa com barragem na região Norte? Qual?
  • Que portos vemos na região Norte?
  • Alguém sabe o que é transportado pelas hidrovias da região Norte?
  • Vocês sabiam que o Brasil possui mais de 4.000 km de hidrovias mas aproveita apenas cerca de 50% delas para navegação? Vocês acham que usar hidrovias pode ajudar na preservação ambiental? Por quê?
  • Como será que começou o transporte hidroviário no Brasil? Vamos estudar?

Fonte do mapa hidroviário: http://www.transportes.gov.br/images/aquaviario/2014/11/mapas_hirdoviarios.pdf Acesso em 29/03/2019.

Imagem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Canal_da_Eclusa_-_Jusante_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

Como adequar à sua realidade: Caso a escola se localize no Rio de Janeiro, próximo à Praça XV, uma visita ao Navio-Museu Bauru traria aos alunos oportunidades de conhecimento importantes sobre a Marinha do Brasil. É um dos equipamentos do Espaço Cultural da Marinha e está localizado no Boulevard Olímpico, Praça XV, Rio de Janeiro, RJ. Outra opção seria um tour virtual, caso possua um laboratório de informática, no site http://www.naval.com.br. Seria uma oportunidade importante para os alunos conhecerem os navios históricos brasileiros. Neste site podemos encontrar os navios destinados à defesa e ao transporte também.

Para você saber mais:

Neste link encontramos o histórico do transporte hidroviário do Brasil num documento bastante completo e que nos remete ao passado numa deliciosa viagem pelo tempo e pelas regiões do Brasil enquanto lemos:

http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2714/1/TD_1931.pdf Acesso em 21 de Março de 2019.

Neste link, encontram-se fotos, descrições e históricos dos navios brasileiros. Ao navegar por ele pode-se fazer uma viagem através do tempo na história do Brasil no que se refere ao transporte, à navegação, às guerras… Uma riqueza da história naval brasileira!

http://www.naval.com.br/ngb/ngb-new.htm Acesso em 21 de Março de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem com o mapa das Capitanias hereditárias para os alunos.

  • O que vemos na imagem?
  • Esse mapa é de que data?
  • É importante lembrarmos que nessa época, não havia tecnologia como a que dispomos hoje. Como vocês acham que era feito o reconhecimento de um local, se não havia imagem de satélite ou equipamentos que pudessem sobrevoar o local?
  • Como as pessoas tinham que ir ao local para conhecer e demarcar limites, que dificuldades podem ter encontrado aqueles que se aventuravam a elaborar um mapa?
  • O que esse mapa nos mostra?
  • Nos mapas atuais, as alterações de relevo (montanhas, planícies, depressões…) são registradas da forma como vemos nesse mapa?
  • E as proporções de tamanho são diferentes das que utilizamos? (Os alunos devem perceber que não há escalas no mapa).
  • O que mais vemos?
  • Como é mostrada a vegetação?
  • Como organizamos os mapas atualmente? (Por tema: hidrografia, relevo, vegetação…, tem escalas, tem formas padronizadas de exibição de informações).
  • Vemos que no mapa muito do imaginário dos seres humanos daquela época é mostrado através dos desenhos. O que vocês sentem ao ler um mapa tão antigo, com informações escritas de forma tão rudimentar e comparar com o que temos hoje?

Projete a imagem do slide com as pinturas de D. João VI e D. Pedro I feitas por Debret:

  • Quem vemos na pintura? (Lembre aos alunos que D. João VI veio de Portugal com a família para administrar o Brasil enquanto colônia portuguesa. Que seu período de administração é conhecido como I Reinado).
  • Peça para um aluno ler o texto e para os demais comentarem sobre o mesmo.
  • Que rios então foram explorados para navegação fluvial?
  • Que relação tem a abertura dos portos para comércio com outros países por D João VI com o transporte fluvial no Brasil? (É provável que os alunos percebam que, com a abertura dos portos, era preciso melhorar as condições de transporte internamente para levar os produtos com rapidez para serem exportados).

Conte para os alunos que a exploração do transporte fluvial iniciou ainda no Brasil colônia, e com o passar do tempo, outras ações foram tomadas para expandir esse modal de transporte. Foram feitas leis como a de 29 de agosto de 1828 que foi um marco para a expansão desse modal, pois nela D. Pedro I estabelecia regras para a construcção das obras públicas, que tiverem por objecto a navegação de rios, abertura de canais, edificação de estradas, pontes, calçadas ou aquedutos.

Entretanto somente em 1850, D Pedro II autorizou, através da lei nº 586 de 06/09/1850, o estabelecimento da navegação à vapor no Rio Amazonas.

  • Como vimos,o transporte fluvial no I Reinado e no Império do Brasil, iniciou com a preocupação de transportar produtos entre as capitanias hereditárias, e principalmente de atender ao comércio exterior, transportando não só o açúcar produzido no Brasil mas também as riquezas extraídas da natureza. E hoje, como será o transporte fluvial na região Norte? Vamos conhecer um pouco mais? (Para as escolas da região Norte, localizadas próximas às hidrovias, os alunos responderão com facilidade essa pergunta, mas para os alunos que residem longe dessas hidrovias, é provável que o assunto seja completamente desconhecido). Projete a imagem do barco no rio Amazonas e converse com os alunos.

Na região no Norte os rios são as estradas. As hidrovias têm tanta importância para as pessoas que vivem na região Norte quanto às estradas e rodovias tem para as pessoas de outras regiões do Brasil.

  • O que vemos na imagem?
  • O que esse tipo de embarcação transporta ?
  • Vocês sabem o que significa a palavra ribeirinho? (Caso sua escola esteja situe na região Norte ou atenda aos alunos ribeirinhos, essa pergunta será respondida com facilidade, caso não seja essa a realidade de sua escola e de seus alunos, explique que a população ribeirinha é aquela que vive às margens de um rio em casas flutuantes ou palafitas).

Exiba ou imprima as imagens de ribeirinhos do Acre, Pará e Amazônia para os alunos:

  • O que vemos na foto?
  • De que material são feitas as casas?
  • Que tipo de transporte vemos?
  • Parece haver estradas, ruas, rodovias, perto da casa de palafita?
  • Qual a relação dessas imagens com a frase: Na região Norte os rios são as estradas?
  • Já pararam para pensar sobre como as crianças ribeirinhas brincam? Como elas vão para a escola?
  • A cultura ribeirinha é muito rica e tem elementos diferenciados das crianças que vivem em outras regiões do Brasil. Assim como a alimentação, as festas, e tudo que envolve a cultura ribeirinha está diretamente ligado com os rios. Observem na mesa da foto do interior da casa ribeirinha. Que alimentos vemos?
  • E a cultura ribeirinha? Será que está ligada aos rios? Vamos conhecer uma brincadeira ribeirinha? (Projete o vídeo para os alunos https://www.youtube.com/watch?v=NuzTCIs_zmM e convide-os a dizer o que sentiram, suas impressões, sobre a vida às margens dos rios da região Norte.
  • Mas será que somente pessoas são transportadas nas hidrovias?

Vamos conhecer um pouco mais sobre as hidrovias da região Norte?

Agora cada grupo receberá um material diferente, com uma orientação para a construção de um material que servirá de apoio para vocês fazerem uma apresentação aos seus colegas.

Distribua o material aos alunos e acompanhe os grupos, orientando-os sempre que necessário.

O grupo 1 ficará responsável pelo estudo de um texto que traz informações sobre as principais hidrovias do Brasil. Este texto traz a localização, a extensão, o que é transportado por cada hidrovia. O grupo 2 vai estudar um texto com um resumo histórico das hidrovias brasileiras. O grupo 3 vai estudar um texto com uma notícia sobre a importância das hidrovias para a região Norte. O que é transportado, como é feito esse transporte. Cada material tem uma parte para estudo e outra parte com atividades a serem realizadas.

O material produzido pelos alunos será usado na sistematização.

Material complementar:

Contexto:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RbVEQsHFP2Zw42GVS4qdJz8yvw3FFCEhNqfaJdW2un3aAQzTNm39D9GmNRe/his4-07und03-contexto.pdf

Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/R8UJPK5R2M95RbfyMVzDq2wCRqJ4pKXH4qa3bMnVHEKWSSykVeN9Cn53KMnC/his4-07und03-problematizacao-grupos.pdf (Grupos)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JWDYNcDyCkfWQ9NXKSRGSYJBh9E33DwNKKCsPxa3Ygn6CgHrgVn8eYDCDaKJ/his4-07und03-problematizacao-imagens.pdf (Imagens)

Fontes das imagens:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:D_Joao_VI_e_Imperador_D_Pedro_I_by_Debret.jpg Acesso em 28/03/2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Amazon_boat.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(15643483213).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(16077518667).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Casa_de_ribeirinho_PA_BR_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:1562_Diego_Gutierrez_Amazonas.jpg Acesso em 12 de Abril de 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se a escola estiver próxima de uma das hidrovias da região Norte, uma entrevista com um trabalhador do setor de transporte aquaviário ou uma visita a um porto seria uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem mais sobre o assunto.

Caso a escola faça parte da comunidade ribeirinha, aumente um grupo e solicite a construção de um material em cartaz com uma relação das brincadeiras preferidas das crianças.

Para saber mais:

Neste link, um documento bem completo com imagens a respeito das hidrovias do Brasil:

http://portal.antaq.gov.br/wp-content/uploads/2016/12/%E2%80%9CPanorama-das-Hidrovias-Brasileiras%E2%80%9D-Jos%C3%A9-Alex-Botelho-de-Oliva.pdf Acesso em 21/03/2019.

Neste documento, aspectos importantes de uma das hidrovias da região Norte.

https://portogente.com.br/artigos/71412-a-hidrovia-dos-rios-amazonas-e-solimoes Acesso em 21/03/2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem com o mapa das Capitanias hereditárias para os alunos.

  • O que vemos na imagem?
  • Esse mapa é de que data?
  • É importante lembrarmos que nessa época, não havia tecnologia como a que dispomos hoje. Como vocês acham que era feito o reconhecimento de um local, se não havia imagem de satélite ou equipamentos que pudessem sobrevoar o local?
  • Como as pessoas tinham que ir ao local para conhecer e demarcar limites, que dificuldades podem ter encontrado aqueles que se aventuravam a elaborar um mapa?
  • O que esse mapa nos mostra?
  • Nos mapas atuais, as alterações de relevo (montanhas, planícies, depressões…) são registradas da forma como vemos nesse mapa?
  • E as proporções de tamanho são diferentes das que utilizamos? (Os alunos devem perceber que não há escalas no mapa).
  • O que mais vemos?
  • Como é mostrada a vegetação?
  • Como organizamos os mapas atualmente? (Por tema: hidrografia, relevo, vegetação…, tem escalas, tem formas padronizadas de exibição de informações).
  • Vemos que no mapa muito do imaginário dos seres humanos daquela época é mostrado através dos desenhos. O que vocês sentem ao ler um mapa tão antigo, com informações escritas de forma tão rudimentar e comparar com o que temos hoje?

Projete a imagem do slide com as pinturas de D. João VI e D. Pedro I feitas por Debret:

  • Quem vemos na pintura? (Lembre aos alunos que D. João VI veio de Portugal com a família para administrar o Brasil enquanto colônia portuguesa. Que seu período de administração é conhecido como I Reinado).
  • Peça para um aluno ler o texto e para os demais comentarem sobre o mesmo.
  • Que rios então foram explorados para navegação fluvial?
  • Que relação tem a abertura dos portos para comércio com outros países por D João VI com o transporte fluvial no Brasil? (É provável que os alunos percebam que, com a abertura dos portos, era preciso melhorar as condições de transporte internamente para levar os produtos com rapidez para serem exportados).

Conte para os alunos que a exploração do transporte fluvial iniciou ainda no Brasil colônia, e com o passar do tempo, outras ações foram tomadas para expandir esse modal de transporte. Foram feitas leis como a de 29 de agosto de 1828 que foi um marco para a expansão desse modal, pois nela D. Pedro I estabelecia regras para a construcção das obras públicas, que tiverem por objecto a navegação de rios, abertura de canais, edificação de estradas, pontes, calçadas ou aquedutos.

Entretanto somente em 1850, D Pedro II autorizou, através da lei nº 586 de 06/09/1850, o estabelecimento da navegação à vapor no Rio Amazonas.

  • Como vimos,o transporte fluvial no I Reinado e no Império do Brasil, iniciou com a preocupação de transportar produtos entre as capitanias hereditárias, e principalmente de atender ao comércio exterior, transportando não só o açúcar produzido no Brasil mas também as riquezas extraídas da natureza. E hoje, como será o transporte fluvial na região Norte? Vamos conhecer um pouco mais? (Para as escolas da região Norte, localizadas próximas às hidrovias, os alunos responderão com facilidade essa pergunta, mas para os alunos que residem longe dessas hidrovias, é provável que o assunto seja completamente desconhecido). Projete a imagem do barco no rio Amazonas e converse com os alunos.

Na região no Norte os rios são as estradas. As hidrovias têm tanta importância para as pessoas que vivem na região Norte quanto às estradas e rodovias tem para as pessoas de outras regiões do Brasil.

  • O que vemos na imagem?
  • O que esse tipo de embarcação transporta ?
  • Vocês sabem o que significa a palavra ribeirinho? (Caso sua escola esteja situe na região Norte ou atenda aos alunos ribeirinhos, essa pergunta será respondida com facilidade, caso não seja essa a realidade de sua escola e de seus alunos, explique que a população ribeirinha é aquela que vive às margens de um rio em casas flutuantes ou palafitas).

Exiba ou imprima as imagens de ribeirinhos do Acre, Pará e Amazônia para os alunos:

  • O que vemos na foto?
  • De que material são feitas as casas?
  • Que tipo de transporte vemos?
  • Parece haver estradas, ruas, rodovias, perto da casa de palafita?
  • Qual a relação dessas imagens com a frase: Na região Norte os rios são as estradas?
  • Já pararam para pensar sobre como as crianças ribeirinhas brincam? Como elas vão para a escola?
  • A cultura ribeirinha é muito rica e tem elementos diferenciados das crianças que vivem em outras regiões do Brasil. Assim como a alimentação, as festas, e tudo que envolve a cultura ribeirinha está diretamente ligado com os rios. Observem na mesa da foto do interior da casa ribeirinha. Que alimentos vemos?
  • E a cultura ribeirinha? Será que está ligada aos rios? Vamos conhecer uma brincadeira ribeirinha? (Projete o vídeo para os alunos https://www.youtube.com/watch?v=NuzTCIs_zmM e convide-os a dizer o que sentiram, suas impressões, sobre a vida às margens dos rios da região Norte.
  • Mas será que somente pessoas são transportadas nas hidrovias?

Vamos conhecer um pouco mais sobre as hidrovias da região Norte?

Agora cada grupo receberá um material diferente, com uma orientação para a construção de um material que servirá de apoio para vocês fazerem uma apresentação aos seus colegas.

Distribua o material aos alunos e acompanhe os grupos, orientando-os sempre que necessário.

O grupo 1 ficará responsável pelo estudo de um texto que traz informações sobre as principais hidrovias do Brasil. Este texto traz a localização, a extensão, o que é transportado por cada hidrovia. O grupo 2 vai estudar um texto com um resumo histórico das hidrovias brasileiras. O grupo 3 vai estudar um texto com uma notícia sobre a importância das hidrovias para a região Norte. O que é transportado, como é feito esse transporte. Cada material tem uma parte para estudo e outra parte com atividades a serem realizadas.

O material produzido pelos alunos será usado na sistematização.

Material complementar:

Contexto:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RbVEQsHFP2Zw42GVS4qdJz8yvw3FFCEhNqfaJdW2un3aAQzTNm39D9GmNRe/his4-07und03-contexto.pdf

Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/R8UJPK5R2M95RbfyMVzDq2wCRqJ4pKXH4qa3bMnVHEKWSSykVeN9Cn53KMnC/his4-07und03-problematizacao-grupos.pdf (Grupos)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JWDYNcDyCkfWQ9NXKSRGSYJBh9E33DwNKKCsPxa3Ygn6CgHrgVn8eYDCDaKJ/his4-07und03-problematizacao-imagens.pdf (Imagens)

Fontes das imagens:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:D_Joao_VI_e_Imperador_D_Pedro_I_by_Debret.jpg Acesso em 28/03/2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Amazon_boat.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(15643483213).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(16077518667).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Casa_de_ribeirinho_PA_BR_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:1562_Diego_Gutierrez_Amazonas.jpg Acesso em 12 de Abril de 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se a escola estiver próxima de uma das hidrovias da região Norte, uma entrevista com um trabalhador do setor de transporte aquaviário ou uma visita a um porto seria uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem mais sobre o assunto.

Caso a escola faça parte da comunidade ribeirinha, aumente um grupo e solicite a construção de um material em cartaz com uma relação das brincadeiras preferidas das crianças.

Para saber mais:

Neste link, um documento bem completo com imagens a respeito das hidrovias do Brasil:

http://portal.antaq.gov.br/wp-content/uploads/2016/12/%E2%80%9CPanorama-das-Hidrovias-Brasileiras%E2%80%9D-Jos%C3%A9-Alex-Botelho-de-Oliva.pdf Acesso em 21/03/2019.

Neste documento, aspectos importantes de uma das hidrovias da região Norte.

https://portogente.com.br/artigos/71412-a-hidrovia-dos-rios-amazonas-e-solimoes Acesso em 21/03/2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem com o mapa das Capitanias hereditárias para os alunos.

  • O que vemos na imagem?
  • Esse mapa é de que data?
  • É importante lembrarmos que nessa época, não havia tecnologia como a que dispomos hoje. Como vocês acham que era feito o reconhecimento de um local, se não havia imagem de satélite ou equipamentos que pudessem sobrevoar o local?
  • Como as pessoas tinham que ir ao local para conhecer e demarcar limites, que dificuldades podem ter encontrado aqueles que se aventuravam a elaborar um mapa?
  • O que esse mapa nos mostra?
  • Nos mapas atuais, as alterações de relevo (montanhas, planícies, depressões…) são registradas da forma como vemos nesse mapa?
  • E as proporções de tamanho são diferentes das que utilizamos? (Os alunos devem perceber que não há escalas no mapa).
  • O que mais vemos?
  • Como é mostrada a vegetação?
  • Como organizamos os mapas atualmente? (Por tema: hidrografia, relevo, vegetação…, tem escalas, tem formas padronizadas de exibição de informações).
  • Vemos que no mapa muito do imaginário dos seres humanos daquela época é mostrado através dos desenhos. O que vocês sentem ao ler um mapa tão antigo, com informações escritas de forma tão rudimentar e comparar com o que temos hoje?

Projete a imagem do slide com as pinturas de D. João VI e D. Pedro I feitas por Debret:

  • Quem vemos na pintura? (Lembre aos alunos que D. João VI veio de Portugal com a família para administrar o Brasil enquanto colônia portuguesa. Que seu período de administração é conhecido como I Reinado).
  • Peça para um aluno ler o texto e para os demais comentarem sobre o mesmo.
  • Que rios então foram explorados para navegação fluvial?
  • Que relação tem a abertura dos portos para comércio com outros países por D João VI com o transporte fluvial no Brasil? (É provável que os alunos percebam que, com a abertura dos portos, era preciso melhorar as condições de transporte internamente para levar os produtos com rapidez para serem exportados).

Conte para os alunos que a exploração do transporte fluvial iniciou ainda no Brasil colônia, e com o passar do tempo, outras ações foram tomadas para expandir esse modal de transporte. Foram feitas leis como a de 29 de agosto de 1828 que foi um marco para a expansão desse modal, pois nela D. Pedro I estabelecia regras para a construcção das obras públicas, que tiverem por objecto a navegação de rios, abertura de canais, edificação de estradas, pontes, calçadas ou aquedutos.

Entretanto somente em 1850, D Pedro II autorizou, através da lei nº 586 de 06/09/1850, o estabelecimento da navegação à vapor no Rio Amazonas.

  • Como vimos,o transporte fluvial no I Reinado e no Império do Brasil, iniciou com a preocupação de transportar produtos entre as capitanias hereditárias, e principalmente de atender ao comércio exterior, transportando não só o açúcar produzido no Brasil mas também as riquezas extraídas da natureza. E hoje, como será o transporte fluvial na região Norte? Vamos conhecer um pouco mais? (Para as escolas da região Norte, localizadas próximas às hidrovias, os alunos responderão com facilidade essa pergunta, mas para os alunos que residem longe dessas hidrovias, é provável que o assunto seja completamente desconhecido). Projete a imagem do barco no rio Amazonas e converse com os alunos.

Na região no Norte os rios são as estradas. As hidrovias têm tanta importância para as pessoas que vivem na região Norte quanto às estradas e rodovias tem para as pessoas de outras regiões do Brasil.

  • O que vemos na imagem?
  • O que esse tipo de embarcação transporta ?
  • Vocês sabem o que significa a palavra ribeirinho? (Caso sua escola esteja situe na região Norte ou atenda aos alunos ribeirinhos, essa pergunta será respondida com facilidade, caso não seja essa a realidade de sua escola e de seus alunos, explique que a população ribeirinha é aquela que vive às margens de um rio em casas flutuantes ou palafitas).

Exiba ou imprima as imagens de ribeirinhos do Acre, Pará e Amazônia para os alunos:

  • O que vemos na foto?
  • De que material são feitas as casas?
  • Que tipo de transporte vemos?
  • Parece haver estradas, ruas, rodovias, perto da casa de palafita?
  • Qual a relação dessas imagens com a frase: Na região Norte os rios são as estradas?
  • Já pararam para pensar sobre como as crianças ribeirinhas brincam? Como elas vão para a escola?
  • A cultura ribeirinha é muito rica e tem elementos diferenciados das crianças que vivem em outras regiões do Brasil. Assim como a alimentação, as festas, e tudo que envolve a cultura ribeirinha está diretamente ligado com os rios. Observem na mesa da foto do interior da casa ribeirinha. Que alimentos vemos?
  • E a cultura ribeirinha? Será que está ligada aos rios? Vamos conhecer uma brincadeira ribeirinha? (Projete o vídeo para os alunos https://www.youtube.com/watch?v=NuzTCIs_zmM e convide-os a dizer o que sentiram, suas impressões, sobre a vida às margens dos rios da região Norte.
  • Mas será que somente pessoas são transportadas nas hidrovias?

Vamos conhecer um pouco mais sobre as hidrovias da região Norte?

Agora cada grupo receberá um material diferente, com uma orientação para a construção de um material que servirá de apoio para vocês fazerem uma apresentação aos seus colegas.

Distribua o material aos alunos e acompanhe os grupos, orientando-os sempre que necessário.

O grupo 1 ficará responsável pelo estudo de um texto que traz informações sobre as principais hidrovias do Brasil. Este texto traz a localização, a extensão, o que é transportado por cada hidrovia. O grupo 2 vai estudar um texto com um resumo histórico das hidrovias brasileiras. O grupo 3 vai estudar um texto com uma notícia sobre a importância das hidrovias para a região Norte. O que é transportado, como é feito esse transporte. Cada material tem uma parte para estudo e outra parte com atividades a serem realizadas.

O material produzido pelos alunos será usado na sistematização.

Material complementar:

Contexto:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RbVEQsHFP2Zw42GVS4qdJz8yvw3FFCEhNqfaJdW2un3aAQzTNm39D9GmNRe/his4-07und03-contexto.pdf

Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/R8UJPK5R2M95RbfyMVzDq2wCRqJ4pKXH4qa3bMnVHEKWSSykVeN9Cn53KMnC/his4-07und03-problematizacao-grupos.pdf (Grupos)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JWDYNcDyCkfWQ9NXKSRGSYJBh9E33DwNKKCsPxa3Ygn6CgHrgVn8eYDCDaKJ/his4-07und03-problematizacao-imagens.pdf (Imagens)

Fontes das imagens:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:D_Joao_VI_e_Imperador_D_Pedro_I_by_Debret.jpg Acesso em 28/03/2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Amazon_boat.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(15643483213).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(16077518667).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Casa_de_ribeirinho_PA_BR_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:1562_Diego_Gutierrez_Amazonas.jpg Acesso em 12 de Abril de 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se a escola estiver próxima de uma das hidrovias da região Norte, uma entrevista com um trabalhador do setor de transporte aquaviário ou uma visita a um porto seria uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem mais sobre o assunto.

Caso a escola faça parte da comunidade ribeirinha, aumente um grupo e solicite a construção de um material em cartaz com uma relação das brincadeiras preferidas das crianças.

Para saber mais:

Neste link, um documento bem completo com imagens a respeito das hidrovias do Brasil:

http://portal.antaq.gov.br/wp-content/uploads/2016/12/%E2%80%9CPanorama-das-Hidrovias-Brasileiras%E2%80%9D-Jos%C3%A9-Alex-Botelho-de-Oliva.pdf Acesso em 21/03/2019.

Neste documento, aspectos importantes de uma das hidrovias da região Norte.

https://portogente.com.br/artigos/71412-a-hidrovia-dos-rios-amazonas-e-solimoes Acesso em 21/03/2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem com o mapa das Capitanias hereditárias para os alunos.

  • O que vemos na imagem?
  • Esse mapa é de que data?
  • É importante lembrarmos que nessa época, não havia tecnologia como a que dispomos hoje. Como vocês acham que era feito o reconhecimento de um local, se não havia imagem de satélite ou equipamentos que pudessem sobrevoar o local?
  • Como as pessoas tinham que ir ao local para conhecer e demarcar limites, que dificuldades podem ter encontrado aqueles que se aventuravam a elaborar um mapa?
  • O que esse mapa nos mostra?
  • Nos mapas atuais, as alterações de relevo (montanhas, planícies, depressões…) são registradas da forma como vemos nesse mapa?
  • E as proporções de tamanho são diferentes das que utilizamos? (Os alunos devem perceber que não há escalas no mapa).
  • O que mais vemos?
  • Como é mostrada a vegetação?
  • Como organizamos os mapas atualmente? (Por tema: hidrografia, relevo, vegetação…, tem escalas, tem formas padronizadas de exibição de informações).
  • Vemos que no mapa muito do imaginário dos seres humanos daquela época é mostrado através dos desenhos. O que vocês sentem ao ler um mapa tão antigo, com informações escritas de forma tão rudimentar e comparar com o que temos hoje?

Projete a imagem do slide com as pinturas de D. João VI e D. Pedro I feitas por Debret:

  • Quem vemos na pintura? (Lembre aos alunos que D. João VI veio de Portugal com a família para administrar o Brasil enquanto colônia portuguesa. Que seu período de administração é conhecido como I Reinado).
  • Peça para um aluno ler o texto e para os demais comentarem sobre o mesmo.
  • Que rios então foram explorados para navegação fluvial?
  • Que relação tem a abertura dos portos para comércio com outros países por D João VI com o transporte fluvial no Brasil? (É provável que os alunos percebam que, com a abertura dos portos, era preciso melhorar as condições de transporte internamente para levar os produtos com rapidez para serem exportados).

Conte para os alunos que a exploração do transporte fluvial iniciou ainda no Brasil colônia, e com o passar do tempo, outras ações foram tomadas para expandir esse modal de transporte. Foram feitas leis como a de 29 de agosto de 1828 que foi um marco para a expansão desse modal, pois nela D. Pedro I estabelecia regras para a construcção das obras públicas, que tiverem por objecto a navegação de rios, abertura de canais, edificação de estradas, pontes, calçadas ou aquedutos.

Entretanto somente em 1850, D Pedro II autorizou, através da lei nº 586 de 06/09/1850, o estabelecimento da navegação à vapor no Rio Amazonas.

  • Como vimos,o transporte fluvial no I Reinado e no Império do Brasil, iniciou com a preocupação de transportar produtos entre as capitanias hereditárias, e principalmente de atender ao comércio exterior, transportando não só o açúcar produzido no Brasil mas também as riquezas extraídas da natureza. E hoje, como será o transporte fluvial na região Norte? Vamos conhecer um pouco mais? (Para as escolas da região Norte, localizadas próximas às hidrovias, os alunos responderão com facilidade essa pergunta, mas para os alunos que residem longe dessas hidrovias, é provável que o assunto seja completamente desconhecido). Projete a imagem do barco no rio Amazonas e converse com os alunos.

Na região no Norte os rios são as estradas. As hidrovias têm tanta importância para as pessoas que vivem na região Norte quanto às estradas e rodovias tem para as pessoas de outras regiões do Brasil.

  • O que vemos na imagem?
  • O que esse tipo de embarcação transporta ?
  • Vocês sabem o que significa a palavra ribeirinho? (Caso sua escola esteja situe na região Norte ou atenda aos alunos ribeirinhos, essa pergunta será respondida com facilidade, caso não seja essa a realidade de sua escola e de seus alunos, explique que a população ribeirinha é aquela que vive às margens de um rio em casas flutuantes ou palafitas).

Exiba ou imprima as imagens de ribeirinhos do Acre, Pará e Amazônia para os alunos:

  • O que vemos na foto?
  • De que material são feitas as casas?
  • Que tipo de transporte vemos?
  • Parece haver estradas, ruas, rodovias, perto da casa de palafita?
  • Qual a relação dessas imagens com a frase: Na região Norte os rios são as estradas?
  • Já pararam para pensar sobre como as crianças ribeirinhas brincam? Como elas vão para a escola?
  • A cultura ribeirinha é muito rica e tem elementos diferenciados das crianças que vivem em outras regiões do Brasil. Assim como a alimentação, as festas, e tudo que envolve a cultura ribeirinha está diretamente ligado com os rios. Observem na mesa da foto do interior da casa ribeirinha. Que alimentos vemos?
  • E a cultura ribeirinha? Será que está ligada aos rios? Vamos conhecer uma brincadeira ribeirinha? (Projete o vídeo para os alunos https://www.youtube.com/watch?v=NuzTCIs_zmM e convide-os a dizer o que sentiram, suas impressões, sobre a vida às margens dos rios da região Norte.
  • Mas será que somente pessoas são transportadas nas hidrovias?

Vamos conhecer um pouco mais sobre as hidrovias da região Norte?

Agora cada grupo receberá um material diferente, com uma orientação para a construção de um material que servirá de apoio para vocês fazerem uma apresentação aos seus colegas.

Distribua o material aos alunos e acompanhe os grupos, orientando-os sempre que necessário.

O grupo 1 ficará responsável pelo estudo de um texto que traz informações sobre as principais hidrovias do Brasil. Este texto traz a localização, a extensão, o que é transportado por cada hidrovia. O grupo 2 vai estudar um texto com um resumo histórico das hidrovias brasileiras. O grupo 3 vai estudar um texto com uma notícia sobre a importância das hidrovias para a região Norte. O que é transportado, como é feito esse transporte. Cada material tem uma parte para estudo e outra parte com atividades a serem realizadas.

O material produzido pelos alunos será usado na sistematização.

Material complementar:

Contexto:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RbVEQsHFP2Zw42GVS4qdJz8yvw3FFCEhNqfaJdW2un3aAQzTNm39D9GmNRe/his4-07und03-contexto.pdf

Problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/R8UJPK5R2M95RbfyMVzDq2wCRqJ4pKXH4qa3bMnVHEKWSSykVeN9Cn53KMnC/his4-07und03-problematizacao-grupos.pdf (Grupos)

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JWDYNcDyCkfWQ9NXKSRGSYJBh9E33DwNKKCsPxa3Ygn6CgHrgVn8eYDCDaKJ/his4-07und03-problematizacao-imagens.pdf (Imagens)

Fontes das imagens:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:D_Joao_VI_e_Imperador_D_Pedro_I_by_Debret.jpg Acesso em 28/03/2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Amazon_boat.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(15643483213).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ribeirinhos_no_Acre_(16077518667).jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Casa_de_ribeirinho_PA_BR_-_panoramio.jpg Acesso em 22 de Março de 2019.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:1562_Diego_Gutierrez_Amazonas.jpg Acesso em 12 de Abril de 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se a escola estiver próxima de uma das hidrovias da região Norte, uma entrevista com um trabalhador do setor de transporte aquaviário ou uma visita a um porto seria uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem mais sobre o assunto.

Caso a escola faça parte da comunidade ribeirinha, aumente um grupo e solicite a construção de um material em cartaz com uma relação das brincadeiras preferidas das crianças.

Para saber mais:

Neste link, um documento bem completo com imagens a respeito das hidrovias do Brasil:

http://portal.antaq.gov.br/wp-content/uploads/2016/12/%E2%80%9CPanorama-das-Hidrovias-Brasileiras%E2%80%9D-Jos%C3%A9-Alex-Botelho-de-Oliva.pdf Acesso em 21/03/2019.

Neste documento, aspectos importantes de uma das hidrovias da região Norte.

https://portogente.com.br/artigos/71412-a-hidrovia-dos-rios-amazonas-e-solimoes Acesso em 21/03/2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos.

Orientações:

Convide os alunos a organizarem um painel informativo sobre as Hidrovias Brasileiras. Este painel pode ser organizado no próprio projetor digital, projetando o modelo sugestivo no slide da sistematização ou outro.

Também pode ser feito em papel como cartolina ou ainda no próprio quadro. Entretanto, deve ser feito pelos alunos. Peça para que cada grupo traga as anotações feitas e as escreva no painel de acordo com o tema pelo qual o grupo ficou responsável. Após o registro peça que o grupo socialize sua parte do painel para a sala, apresentando o tema estudado.

Quando o painel estiver concluído, convide os alunos a falarem sobre o aprendizado construído:

  • Qual a importância das hidrovias para o Brasil?
  • De modo especial, qual a importância das hidrovias da região Norte?
  • Por que as hidrovias são um modelo sustentável e muito mais barato para o transporte que as rodovias?
  • Não seria bom que o Brasil investisse mais nesse modal de transporte?

Material complementar:

Sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/h9s3TBSrdjwGD7yhecj5PTEsCwWKyDUTwVkTXjV9jkaCxzGxMbbZmQuNkxvW/his4-07und03-sistematizacao.pdf

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Circulação de pessoas, produtos e culturas do 4º ano :

MAIS AULAS DE História do 4º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF04HI07 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano