17436
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 8º ano > O sujeito e seu lugar no mundo

Plano de aula - Crescimento populacional mundial

Plano de aula de Geografia com atividades para 8° ano do Fundamental sobre Compreender os fatores relacionados ao crescimento populacional, com destaque para a América e África, e os desafios a serem enfrentados pelos países

Plano 01 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Viviane Lousada Cracel

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08GE03 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Pretende-se com esta aula que os alunos compreendam os diferentes fatores relacionados ao crescimento populacional, com destaque para a América e África, e os desafios a serem enfrentados pelos países com a mudança no perfil etário da população ao longo do tempo. A análise das pirâmides etárias e suas projeções permitem aos governos elaborarem um planejamento público a médio e longo prazo, traçando estratégias e ações.

Materiais necessários: Projeção ou impressão dos slides, uma folha de sulfite por trio, lápis preto, borracha, régua e Atlas Escolar.

Material complementar:

Mapa Contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/99XjK95t6hwbrY9vfGcd6qjSKrNVyqH5rsqZW9BaGnvb6A4YbbrJfe4PyQu8/geo8-03und01-mapa-contextualizacao.pdf

Imagens Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WPh8qySP9JJ3wqs5pm8CZnGmMfZRCZqqKSJzNPRUZDUerggFRpCpxQzXMcSY/geo8-03und01-imagens-problematizacao.pdf

Modelo Pirâmide de Prioridades: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/QSXnvdGT9G7uua8WC3BYgjCvBFq3n6nrcEKd2WmfHgRvfMAc6bmrYs9X2WNg/geo8-03und01-modelo-piramide-de-prioridades.pdf

Para você saber mais:

FRAGA, Érica; QUEIROLO, Gustavo. Crescimento populacional fará mundo mudar de cara até 2100. Folha de São Paulo, 08 jul. 2018. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/07/crescimento-populacional-fara-mundo-mudar-de-cara-ate-2100.shtml> Acesso em 14 mar. 2019.

Contextos prévios: É importante que os alunos conheçam as taxas de natalidade, mortalidade e expectativa de vida.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete o tema da aula, escreva-o no quadro ou apenas fale-o para os alunos. Explique que nesta aula vocês irão compreender os fatores relacionados ao crescimento populacional, com destaque para a América e África, e os desafios a serem enfrentados pelos países com a mudança no perfil etário da sua população. Caso os alunos não se recordem do termo "demográfico", explique que se refere ao estudo das populações humanas e sua evolução temporal no que tange ao seu tamanho, distribuição espacial, composição e características gerais.

Como adequar à sua realidade: É possível traçar paralelos ao longo da aula com os dados e a pirâmide etária do seu município ou mesmo do Brasil.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Nesse slide é apresentado um mapa-mundi com a taxa de crescimento populacional mundial do ano de 2013. Projete ou imprima o slide para os alunos e peça que observem o mapa. Caso não seja possível, utilize outro mapa ou gráfico presentes em Atlas Escolar ou no livro didático do aluno que apresentem a mesma temática. Questione inicialmente quais informações eles conseguem extrair do mapa. É provável que eles comentem que o mapa traz dados sobre o crescimento populacional dos países e que as cores azul/roxo indicam baixo crescimento enquanto que os tons de vermelho um crescimento mais elevado. Podem apontar ainda que a América e Ásia apresentam taxas mais baixas enquanto que a África taxas mais altas. Assim, este crescimento ocorre de forma distinta entre os países e entre os continentes também.

Caso essas informações não sejam levantadas pelos alunos, leve-os a elas questionando onde estão localizadas as maiores e menores taxas de crescimento populacional. Em seguida, pergunte o que esta taxa representa. Espera-se neste momento que eles retomem os conteúdos vistos no sétimo ano e comentem que a taxa de crescimento populacional é caracterizada pelo aumento do número de habitantes no planeta, consequência do crescimento vegetativo (diferença entre a taxa de natalidade e mortalidade). Quando a taxa de natalidade é superior à da mortalidade, temos um crescimento positivo; caso contrário, o crescimento é negativo. É importante comentar que apesar da taxa de natalidade apresentar tendência de queda, a expectativa de vida está aumentando e, por isso, o número de habitantes continua aumentando. Além disso, quando vamos analisar os países, é necessário considerar também o crescimento migratório.

Segundo dados da ONU, a população africana deverá saltar de 1,3 bilhão em 2017 para 4,5 bilhões em 2100, fazendo com que o continente seja responsável por mais de 80% da expansão demográfica mundial no período. Esse número equivaleria a uma migração de todas as pessoas que viviam em 2017 em China, Índia, Estados Unidos e Brasil para a África.

Mapa Contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/99XjK95t6hwbrY9vfGcd6qjSKrNVyqH5rsqZW9BaGnvb6A4YbbrJfe4PyQu8/geo8-03und01-mapa-contextualizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: É possível comparar a taxa do Brasil ou de outros países com a do município em que está localizada a escola.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Os slides a seguir mostram a pirâmide etária (passado, atual e projeções) da Nigéria, na África e dos Estados Unidos, na América. Os dados no eixo vertical se referem às idades. Projete os slides ou então imprima-os para os alunos. Caso não seja possível, utilize outras pirâmides etárias que estiverem disponíveis no livro didático ou em outro material ao qual tenha acesso desde que seja uma de um país africano e outra de um país do continente americano. Se os alunos estiverem com um Atlas Escolar, é interessante que localizem esses países no mapa. Pergunte inicialmente se eles sabem o que é e o que representa uma pirâmide etária. Espera-se que eles já tenham tido contato com ela no sétimo ano, mas caso apresentem dúvidas, explique o que ela representa. Peça para que descrevam então, o que elas revelam sobre a população apresentando a questão presente no terceiro slide desta etapa:

  • Que mudanças as projeções para 2100 indicam que ocorrerão na população dos dois países?
  • A que você as atribui?

Espera-se neste momento que os alunos observem que há nos dois países um aumento da quantidade de jovens, indicando um aumento na taxa de natalidade, assim como um aumento na população idosa (embora com aumento maior nos Estados Unidos), indicando que a população está vivendo mais (expectativa de vida maior) e que há, portanto, uma redução na taxa de mortalidade. Caso os alunos não comentem sobre isso, leve-os a essa discussão instigando-os sobre o que aconteceu com cada parcela da população. Na sequência, questione-os então, qual é a importância do estudo da estrutura etária da população e a representação desses dados em uma pirâmide etária.

Espera-se que os alunos comentem sobre a necessidade de planejamento e investimento em algumas áreas e que as projeções auxiliam nesse sentido. É interessante discutir, ainda que brevemente por questões de tempo, que o desenho da pirâmide está relacionado com as políticas demográficas e o desenvolvimento do país.

Imagens Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WPh8qySP9JJ3wqs5pm8CZnGmMfZRCZqqKSJzNPRUZDUerggFRpCpxQzXMcSY/geo8-03und01-imagens-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

A pirâmide etária é um gráfico que representa a distribuição dos habitantes de um país, cidade, bairro etc por faixa etária e por sexo. É dividida em base (jovens de 0 a 19 anos), corpo (adultos de 20 a 59 anos) e topo (idosos a partir dos 60 anos). Do lado direito do eixo está representada a população feminina e do lado esquerdo, a masculina.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Os slides a seguir mostram a pirâmide etária (passado, atual e projeções) da Nigéria, na África e dos Estados Unidos, na América. Os dados no eixo vertical se referem às idades. Projete os slides ou então imprima-os para os alunos. Caso não seja possível, utilize outras pirâmides etárias que estiverem disponíveis no livro didático ou em outro material ao qual tenha acesso desde que seja uma de um país africano e outra de um país do continente americano. Se os alunos estiverem com um Atlas Escolar, é interessante que localizem esses países no mapa. Pergunte inicialmente se eles sabem o que é e o que representa uma pirâmide etária. Espera-se que eles já tenham tido contato com ela no sétimo ano, mas caso apresentem dúvidas, explique o que ela representa. Peça para que descrevam então, o que elas revelam sobre a população apresentando a questão presente no terceiro slide desta etapa:

  • Que mudanças as projeções para 2100 indicam que ocorrerão na população dos dois países?
  • A que você as atribui?

Espera-se neste momento que os alunos observem que há nos dois países um aumento da quantidade de jovens, indicando um aumento na taxa de natalidade, assim como um aumento na população idosa (embora com aumento maior nos Estados Unidos), indicando que a população está vivendo mais (expectativa de vida maior) e que há, portanto, uma redução na taxa de mortalidade. Caso os alunos não comentem sobre isso, leve-os a essa discussão instigando-os sobre o que aconteceu com cada parcela da população. Na sequência, questione-os então, qual é a importância do estudo da estrutura etária da população e a representação desses dados em uma pirâmide etária.

Espera-se que os alunos comentem sobre a necessidade de planejamento e investimento em algumas áreas e que as projeções auxiliam nesse sentido. É interessante discutir, ainda que brevemente por questões de tempo, que o desenho da pirâmide está relacionado com as políticas demográficas e o desenvolvimento do país.

Imagens Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WPh8qySP9JJ3wqs5pm8CZnGmMfZRCZqqKSJzNPRUZDUerggFRpCpxQzXMcSY/geo8-03und01-imagens-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

A pirâmide etária é um gráfico que representa a distribuição dos habitantes de um país, cidade, bairro etc por faixa etária e por sexo. É dividida em base (jovens de 0 a 19 anos), corpo (adultos de 20 a 59 anos) e topo (idosos a partir dos 60 anos). Do lado direito do eixo está representada a população feminina e do lado esquerdo, a masculina.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Os slides a seguir mostram a pirâmide etária (passado, atual e projeções) da Nigéria, na África e dos Estados Unidos, na América. Os dados no eixo vertical se referem às idades. Projete os slides ou então imprima-os para os alunos. Caso não seja possível, utilize outras pirâmides etárias que estiverem disponíveis no livro didático ou em outro material ao qual tenha acesso desde que seja uma de um país africano e outra de um país do continente americano. Se os alunos estiverem com um Atlas Escolar, é interessante que localizem esses países no mapa. Pergunte inicialmente se eles sabem o que é e o que representa uma pirâmide etária. Espera-se que eles já tenham tido contato com ela no sétimo ano, mas caso apresentem dúvidas, explique o que ela representa. Peça para que descrevam então, o que elas revelam sobre a população apresentando a questão presente no terceiro slide desta etapa:

  • Que mudanças as projeções para 2100 indicam que ocorrerão na população dos dois países?
  • A que você as atribui?

Espera-se neste momento que os alunos observem que há nos dois países um aumento da quantidade de jovens, indicando um aumento na taxa de natalidade, assim como um aumento na população idosa (embora com aumento maior nos Estados Unidos), indicando que a população está vivendo mais (expectativa de vida maior) e que há, portanto, uma redução na taxa de mortalidade. Caso os alunos não comentem sobre isso, leve-os a essa discussão instigando-os sobre o que aconteceu com cada parcela da população. Na sequência, questione-os então, qual é a importância do estudo da estrutura etária da população e a representação desses dados em uma pirâmide etária.

Espera-se que os alunos comentem sobre a necessidade de planejamento e investimento em algumas áreas e que as projeções auxiliam nesse sentido. É interessante discutir, ainda que brevemente por questões de tempo, que o desenho da pirâmide está relacionado com as políticas demográficas e o desenvolvimento do país.

Imagens Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WPh8qySP9JJ3wqs5pm8CZnGmMfZRCZqqKSJzNPRUZDUerggFRpCpxQzXMcSY/geo8-03und01-imagens-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

A pirâmide etária é um gráfico que representa a distribuição dos habitantes de um país, cidade, bairro etc por faixa etária e por sexo. É dividida em base (jovens de 0 a 19 anos), corpo (adultos de 20 a 59 anos) e topo (idosos a partir dos 60 anos). Do lado direito do eixo está representada a população feminina e do lado esquerdo, a masculina.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos

Orientações: Divida a sala em trios. Essa divisão deve ser a fim de garantir grupos heterogêneos no que se refere à aprendizagem, entretanto, é possível utilizar outro critério ou até mesmo deixar que os alunos escolham e organizem os grupos. Após a divisão, projete os slides desta etapa, imprima ou escreva no quadro as orientações.

É interessante que os alunos vejam o modelo de uma pirâmide de prioridades. Por isso, se não for possível projetar, imprima pelo menos um modelo para que possa circular entre os alunos ou então desenhe o modelo no quadro. É provável que muitos alunos não conheçam essa metodologia ativa e por isso é importante explicá-la. Comente que ela é uma estratégia que permite aos alunos considerarem quais pontos/aspectos são mais importantes na resolução de um problema, neste caso, os desafios mais relevantes a serem enfrentados pelos países com as mudanças nos perfis etários. Além de destacar esses aspectos, é importante que discutam e justifiquem suas escolhas.

A pirâmide deverá ser elaborada a partir da questão norteadora "Quais os desafios a serem enfrentados com a mudança de perfil etário?" e tendo como subsídio às discussões feitas durante a aula. Oriente os alunos que os fatores mais relevantes devem estar no topo da pirâmide e os menos importantes na base dela. Apesar de o exemplo trazer cinco fatores, é possível pensar em mais fatores. Depois da explicação, distribua uma folha de sulfite para cada trio para que iniciem a construção da pirâmide. Cuide para que todos terminem a atividade conforme sugerido nas orientações e dentro do prazo estipulado. Circule pela sala e acompanhe as discussões, garantindo que elas sejam colaborativas e que todos possam contribuir com suas ideias e opiniões. Tire as dúvidas se necessário.

Espera-se que nas pirâmides apareçam que uma base larga (população jovem) indica a necessidade de o governo fazer investimentos na construção de postos de saúde, hospitais, creches, escolas e universidades, além da geração de empregos. Já um topo (população idosa) mais largo indica uma melhoria na qualidade de vida que possibilita maior longevidade e demandam atenção no que se refere à aposentadoria e assistência médico-hospitalar, por exemplo.

Modelo Pirâmide de Prioridades: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/QSXnvdGT9G7uua8WC3BYgjCvBFq3n6nrcEKd2WmfHgRvfMAc6bmrYs9X2WNg/geo8-03und01-modelo-piramide-de-prioridades.pdf

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Divida a sala em trios. Essa divisão deve ser a fim de garantir grupos heterogêneos no que se refere à aprendizagem, entretanto, é possível utilizar outro critério ou até mesmo deixar que os alunos escolham e organizem os grupos. Após a divisão, projete os slides desta etapa, imprima ou escreva no quadro as orientações.

É interessante que os alunos vejam o modelo de uma pirâmide de prioridades. Por isso, se não for possível projetar, imprima pelo menos um modelo para que possa circular entre os alunos ou então desenhe o modelo no quadro. É provável que muitos alunos não conheçam essa metodologia ativa e por isso é importante explicá-la. Comente que ela é uma estratégia que permite aos alunos considerarem quais pontos/aspectos são mais importantes na resolução de um problema, neste caso, os desafios mais relevantes a serem enfrentados pelos países com as mudanças nos perfis etários. Além de destacar esses aspectos, é importante que discutam e justifiquem suas escolhas.

A pirâmide deverá ser elaborada a partir da questão norteadora "Quais os desafios a serem enfrentados com a mudança de perfil etário?" e tendo como subsídio às discussões feitas durante a aula. Oriente os alunos que os fatores mais relevantes devem estar no topo da pirâmide e os menos importantes na base dela. Apesar de o exemplo trazer cinco fatores, é possível pensar em mais fatores. Depois da explicação, distribua uma folha de sulfite para cada trio para que iniciem a construção da pirâmide. Cuide para que todos terminem a atividade conforme sugerido nas orientações e dentro do prazo estipulado. Circule pela sala e acompanhe as discussões, garantindo que elas sejam colaborativas e que todos possam contribuir com suas ideias e opiniões. Tire as dúvidas se necessário.

Espera-se que nas pirâmides apareçam que uma base larga (população jovem) indica a necessidade de o governo fazer investimentos na construção de postos de saúde, hospitais, creches, escolas e universidades, além da geração de empregos. Já um topo (população idosa) mais largo indica uma melhoria na qualidade de vida que possibilita maior longevidade e demandam atenção no que se refere à aposentadoria e assistência médico-hospitalar, por exemplo.

Modelo Pirâmide de Prioridades: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/QSXnvdGT9G7uua8WC3BYgjCvBFq3n6nrcEKd2WmfHgRvfMAc6bmrYs9X2WNg/geo8-03und01-modelo-piramide-de-prioridades.pdf

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Com as pirâmides de prioridades finalizadas, peça para que cada trio compartilhe com a sala quais foram os desafios levantados em ordem de importância justificando suas escolhas. Enquanto um grupo apresenta, os demais podem anotar e sugerir novas ideias ao final, gerando pequenas discussões. Conforme os trios forem falando, os desafios principais elencados por cada um podem ser anotados no quadro para verificar ao final de todas as apresentações se algum fator prevaleceu na sala. Importante destacar por fim que essas discussões realizadas nesta aula deveriam fazer parte do planejamento dos governos a médio e longo prazo a fim de identificar onde é mais importante investir e agir.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08GE03 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Pretende-se com esta aula que os alunos compreendam os diferentes fatores relacionados ao crescimento populacional, com destaque para a América e África, e os desafios a serem enfrentados pelos países com a mudança no perfil etário da população ao longo do tempo. A análise das pirâmides etárias e suas projeções permitem aos governos elaborarem um planejamento público a médio e longo prazo, traçando estratégias e ações.

Materiais necessários: Projeção ou impressão dos slides, uma folha de sulfite por trio, lápis preto, borracha, régua e Atlas Escolar.

Material complementar:

Mapa Contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/99XjK95t6hwbrY9vfGcd6qjSKrNVyqH5rsqZW9BaGnvb6A4YbbrJfe4PyQu8/geo8-03und01-mapa-contextualizacao.pdf

Imagens Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WPh8qySP9JJ3wqs5pm8CZnGmMfZRCZqqKSJzNPRUZDUerggFRpCpxQzXMcSY/geo8-03und01-imagens-problematizacao.pdf

Modelo Pirâmide de Prioridades: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/QSXnvdGT9G7uua8WC3BYgjCvBFq3n6nrcEKd2WmfHgRvfMAc6bmrYs9X2WNg/geo8-03und01-modelo-piramide-de-prioridades.pdf

Para você saber mais:

FRAGA, Érica; QUEIROLO, Gustavo. Crescimento populacional fará mundo mudar de cara até 2100. Folha de São Paulo, 08 jul. 2018. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/07/crescimento-populacional-fara-mundo-mudar-de-cara-ate-2100.shtml> Acesso em 14 mar. 2019.

Contextos prévios: É importante que os alunos conheçam as taxas de natalidade, mortalidade e expectativa de vida.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete o tema da aula, escreva-o no quadro ou apenas fale-o para os alunos. Explique que nesta aula vocês irão compreender os fatores relacionados ao crescimento populacional, com destaque para a América e África, e os desafios a serem enfrentados pelos países com a mudança no perfil etário da sua população. Caso os alunos não se recordem do termo "demográfico", explique que se refere ao estudo das populações humanas e sua evolução temporal no que tange ao seu tamanho, distribuição espacial, composição e características gerais.

Como adequar à sua realidade: É possível traçar paralelos ao longo da aula com os dados e a pirâmide etária do seu município ou mesmo do Brasil.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Nesse slide é apresentado um mapa-mundi com a taxa de crescimento populacional mundial do ano de 2013. Projete ou imprima o slide para os alunos e peça que observem o mapa. Caso não seja possível, utilize outro mapa ou gráfico presentes em Atlas Escolar ou no livro didático do aluno que apresentem a mesma temática. Questione inicialmente quais informações eles conseguem extrair do mapa. É provável que eles comentem que o mapa traz dados sobre o crescimento populacional dos países e que as cores azul/roxo indicam baixo crescimento enquanto que os tons de vermelho um crescimento mais elevado. Podem apontar ainda que a América e Ásia apresentam taxas mais baixas enquanto que a África taxas mais altas. Assim, este crescimento ocorre de forma distinta entre os países e entre os continentes também.

Caso essas informações não sejam levantadas pelos alunos, leve-os a elas questionando onde estão localizadas as maiores e menores taxas de crescimento populacional. Em seguida, pergunte o que esta taxa representa. Espera-se neste momento que eles retomem os conteúdos vistos no sétimo ano e comentem que a taxa de crescimento populacional é caracterizada pelo aumento do número de habitantes no planeta, consequência do crescimento vegetativo (diferença entre a taxa de natalidade e mortalidade). Quando a taxa de natalidade é superior à da mortalidade, temos um crescimento positivo; caso contrário, o crescimento é negativo. É importante comentar que apesar da taxa de natalidade apresentar tendência de queda, a expectativa de vida está aumentando e, por isso, o número de habitantes continua aumentando. Além disso, quando vamos analisar os países, é necessário considerar também o crescimento migratório.

Segundo dados da ONU, a população africana deverá saltar de 1,3 bilhão em 2017 para 4,5 bilhões em 2100, fazendo com que o continente seja responsável por mais de 80% da expansão demográfica mundial no período. Esse número equivaleria a uma migração de todas as pessoas que viviam em 2017 em China, Índia, Estados Unidos e Brasil para a África.

Mapa Contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/99XjK95t6hwbrY9vfGcd6qjSKrNVyqH5rsqZW9BaGnvb6A4YbbrJfe4PyQu8/geo8-03und01-mapa-contextualizacao.pdf

Como adequar à sua realidade: É possível comparar a taxa do Brasil ou de outros países com a do município em que está localizada a escola.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Os slides a seguir mostram a pirâmide etária (passado, atual e projeções) da Nigéria, na África e dos Estados Unidos, na América. Os dados no eixo vertical se referem às idades. Projete os slides ou então imprima-os para os alunos. Caso não seja possível, utilize outras pirâmides etárias que estiverem disponíveis no livro didático ou em outro material ao qual tenha acesso desde que seja uma de um país africano e outra de um país do continente americano. Se os alunos estiverem com um Atlas Escolar, é interessante que localizem esses países no mapa. Pergunte inicialmente se eles sabem o que é e o que representa uma pirâmide etária. Espera-se que eles já tenham tido contato com ela no sétimo ano, mas caso apresentem dúvidas, explique o que ela representa. Peça para que descrevam então, o que elas revelam sobre a população apresentando a questão presente no terceiro slide desta etapa:

  • Que mudanças as projeções para 2100 indicam que ocorrerão na população dos dois países?
  • A que você as atribui?

Espera-se neste momento que os alunos observem que há nos dois países um aumento da quantidade de jovens, indicando um aumento na taxa de natalidade, assim como um aumento na população idosa (embora com aumento maior nos Estados Unidos), indicando que a população está vivendo mais (expectativa de vida maior) e que há, portanto, uma redução na taxa de mortalidade. Caso os alunos não comentem sobre isso, leve-os a essa discussão instigando-os sobre o que aconteceu com cada parcela da população. Na sequência, questione-os então, qual é a importância do estudo da estrutura etária da população e a representação desses dados em uma pirâmide etária.

Espera-se que os alunos comentem sobre a necessidade de planejamento e investimento em algumas áreas e que as projeções auxiliam nesse sentido. É interessante discutir, ainda que brevemente por questões de tempo, que o desenho da pirâmide está relacionado com as políticas demográficas e o desenvolvimento do país.

Imagens Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WPh8qySP9JJ3wqs5pm8CZnGmMfZRCZqqKSJzNPRUZDUerggFRpCpxQzXMcSY/geo8-03und01-imagens-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

A pirâmide etária é um gráfico que representa a distribuição dos habitantes de um país, cidade, bairro etc por faixa etária e por sexo. É dividida em base (jovens de 0 a 19 anos), corpo (adultos de 20 a 59 anos) e topo (idosos a partir dos 60 anos). Do lado direito do eixo está representada a população feminina e do lado esquerdo, a masculina.

Slide Plano Aula

Orientações: Os slides a seguir mostram a pirâmide etária (passado, atual e projeções) da Nigéria, na África e dos Estados Unidos, na América. Os dados no eixo vertical se referem às idades. Projete os slides ou então imprima-os para os alunos. Caso não seja possível, utilize outras pirâmides etárias que estiverem disponíveis no livro didático ou em outro material ao qual tenha acesso desde que seja uma de um país africano e outra de um país do continente americano. Se os alunos estiverem com um Atlas Escolar, é interessante que localizem esses países no mapa. Pergunte inicialmente se eles sabem o que é e o que representa uma pirâmide etária. Espera-se que eles já tenham tido contato com ela no sétimo ano, mas caso apresentem dúvidas, explique o que ela representa. Peça para que descrevam então, o que elas revelam sobre a população apresentando a questão presente no terceiro slide desta etapa:

  • Que mudanças as projeções para 2100 indicam que ocorrerão na população dos dois países?
  • A que você as atribui?

Espera-se neste momento que os alunos observem que há nos dois países um aumento da quantidade de jovens, indicando um aumento na taxa de natalidade, assim como um aumento na população idosa (embora com aumento maior nos Estados Unidos), indicando que a população está vivendo mais (expectativa de vida maior) e que há, portanto, uma redução na taxa de mortalidade. Caso os alunos não comentem sobre isso, leve-os a essa discussão instigando-os sobre o que aconteceu com cada parcela da população. Na sequência, questione-os então, qual é a importância do estudo da estrutura etária da população e a representação desses dados em uma pirâmide etária.

Espera-se que os alunos comentem sobre a necessidade de planejamento e investimento em algumas áreas e que as projeções auxiliam nesse sentido. É interessante discutir, ainda que brevemente por questões de tempo, que o desenho da pirâmide está relacionado com as políticas demográficas e o desenvolvimento do país.

Imagens Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WPh8qySP9JJ3wqs5pm8CZnGmMfZRCZqqKSJzNPRUZDUerggFRpCpxQzXMcSY/geo8-03und01-imagens-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

A pirâmide etária é um gráfico que representa a distribuição dos habitantes de um país, cidade, bairro etc por faixa etária e por sexo. É dividida em base (jovens de 0 a 19 anos), corpo (adultos de 20 a 59 anos) e topo (idosos a partir dos 60 anos). Do lado direito do eixo está representada a população feminina e do lado esquerdo, a masculina.

Slide Plano Aula

Orientações: Os slides a seguir mostram a pirâmide etária (passado, atual e projeções) da Nigéria, na África e dos Estados Unidos, na América. Os dados no eixo vertical se referem às idades. Projete os slides ou então imprima-os para os alunos. Caso não seja possível, utilize outras pirâmides etárias que estiverem disponíveis no livro didático ou em outro material ao qual tenha acesso desde que seja uma de um país africano e outra de um país do continente americano. Se os alunos estiverem com um Atlas Escolar, é interessante que localizem esses países no mapa. Pergunte inicialmente se eles sabem o que é e o que representa uma pirâmide etária. Espera-se que eles já tenham tido contato com ela no sétimo ano, mas caso apresentem dúvidas, explique o que ela representa. Peça para que descrevam então, o que elas revelam sobre a população apresentando a questão presente no terceiro slide desta etapa:

  • Que mudanças as projeções para 2100 indicam que ocorrerão na população dos dois países?
  • A que você as atribui?

Espera-se neste momento que os alunos observem que há nos dois países um aumento da quantidade de jovens, indicando um aumento na taxa de natalidade, assim como um aumento na população idosa (embora com aumento maior nos Estados Unidos), indicando que a população está vivendo mais (expectativa de vida maior) e que há, portanto, uma redução na taxa de mortalidade. Caso os alunos não comentem sobre isso, leve-os a essa discussão instigando-os sobre o que aconteceu com cada parcela da população. Na sequência, questione-os então, qual é a importância do estudo da estrutura etária da população e a representação desses dados em uma pirâmide etária.

Espera-se que os alunos comentem sobre a necessidade de planejamento e investimento em algumas áreas e que as projeções auxiliam nesse sentido. É interessante discutir, ainda que brevemente por questões de tempo, que o desenho da pirâmide está relacionado com as políticas demográficas e o desenvolvimento do país.

Imagens Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WPh8qySP9JJ3wqs5pm8CZnGmMfZRCZqqKSJzNPRUZDUerggFRpCpxQzXMcSY/geo8-03und01-imagens-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

A pirâmide etária é um gráfico que representa a distribuição dos habitantes de um país, cidade, bairro etc por faixa etária e por sexo. É dividida em base (jovens de 0 a 19 anos), corpo (adultos de 20 a 59 anos) e topo (idosos a partir dos 60 anos). Do lado direito do eixo está representada a população feminina e do lado esquerdo, a masculina.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos

Orientações: Divida a sala em trios. Essa divisão deve ser a fim de garantir grupos heterogêneos no que se refere à aprendizagem, entretanto, é possível utilizar outro critério ou até mesmo deixar que os alunos escolham e organizem os grupos. Após a divisão, projete os slides desta etapa, imprima ou escreva no quadro as orientações.

É interessante que os alunos vejam o modelo de uma pirâmide de prioridades. Por isso, se não for possível projetar, imprima pelo menos um modelo para que possa circular entre os alunos ou então desenhe o modelo no quadro. É provável que muitos alunos não conheçam essa metodologia ativa e por isso é importante explicá-la. Comente que ela é uma estratégia que permite aos alunos considerarem quais pontos/aspectos são mais importantes na resolução de um problema, neste caso, os desafios mais relevantes a serem enfrentados pelos países com as mudanças nos perfis etários. Além de destacar esses aspectos, é importante que discutam e justifiquem suas escolhas.

A pirâmide deverá ser elaborada a partir da questão norteadora "Quais os desafios a serem enfrentados com a mudança de perfil etário?" e tendo como subsídio às discussões feitas durante a aula. Oriente os alunos que os fatores mais relevantes devem estar no topo da pirâmide e os menos importantes na base dela. Apesar de o exemplo trazer cinco fatores, é possível pensar em mais fatores. Depois da explicação, distribua uma folha de sulfite para cada trio para que iniciem a construção da pirâmide. Cuide para que todos terminem a atividade conforme sugerido nas orientações e dentro do prazo estipulado. Circule pela sala e acompanhe as discussões, garantindo que elas sejam colaborativas e que todos possam contribuir com suas ideias e opiniões. Tire as dúvidas se necessário.

Espera-se que nas pirâmides apareçam que uma base larga (população jovem) indica a necessidade de o governo fazer investimentos na construção de postos de saúde, hospitais, creches, escolas e universidades, além da geração de empregos. Já um topo (população idosa) mais largo indica uma melhoria na qualidade de vida que possibilita maior longevidade e demandam atenção no que se refere à aposentadoria e assistência médico-hospitalar, por exemplo.

Modelo Pirâmide de Prioridades: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/QSXnvdGT9G7uua8WC3BYgjCvBFq3n6nrcEKd2WmfHgRvfMAc6bmrYs9X2WNg/geo8-03und01-modelo-piramide-de-prioridades.pdf

Slide Plano Aula

Orientações: Divida a sala em trios. Essa divisão deve ser a fim de garantir grupos heterogêneos no que se refere à aprendizagem, entretanto, é possível utilizar outro critério ou até mesmo deixar que os alunos escolham e organizem os grupos. Após a divisão, projete os slides desta etapa, imprima ou escreva no quadro as orientações.

É interessante que os alunos vejam o modelo de uma pirâmide de prioridades. Por isso, se não for possível projetar, imprima pelo menos um modelo para que possa circular entre os alunos ou então desenhe o modelo no quadro. É provável que muitos alunos não conheçam essa metodologia ativa e por isso é importante explicá-la. Comente que ela é uma estratégia que permite aos alunos considerarem quais pontos/aspectos são mais importantes na resolução de um problema, neste caso, os desafios mais relevantes a serem enfrentados pelos países com as mudanças nos perfis etários. Além de destacar esses aspectos, é importante que discutam e justifiquem suas escolhas.

A pirâmide deverá ser elaborada a partir da questão norteadora "Quais os desafios a serem enfrentados com a mudança de perfil etário?" e tendo como subsídio às discussões feitas durante a aula. Oriente os alunos que os fatores mais relevantes devem estar no topo da pirâmide e os menos importantes na base dela. Apesar de o exemplo trazer cinco fatores, é possível pensar em mais fatores. Depois da explicação, distribua uma folha de sulfite para cada trio para que iniciem a construção da pirâmide. Cuide para que todos terminem a atividade conforme sugerido nas orientações e dentro do prazo estipulado. Circule pela sala e acompanhe as discussões, garantindo que elas sejam colaborativas e que todos possam contribuir com suas ideias e opiniões. Tire as dúvidas se necessário.

Espera-se que nas pirâmides apareçam que uma base larga (população jovem) indica a necessidade de o governo fazer investimentos na construção de postos de saúde, hospitais, creches, escolas e universidades, além da geração de empregos. Já um topo (população idosa) mais largo indica uma melhoria na qualidade de vida que possibilita maior longevidade e demandam atenção no que se refere à aposentadoria e assistência médico-hospitalar, por exemplo.

Modelo Pirâmide de Prioridades: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/QSXnvdGT9G7uua8WC3BYgjCvBFq3n6nrcEKd2WmfHgRvfMAc6bmrYs9X2WNg/geo8-03und01-modelo-piramide-de-prioridades.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Com as pirâmides de prioridades finalizadas, peça para que cada trio compartilhe com a sala quais foram os desafios levantados em ordem de importância justificando suas escolhas. Enquanto um grupo apresenta, os demais podem anotar e sugerir novas ideias ao final, gerando pequenas discussões. Conforme os trios forem falando, os desafios principais elencados por cada um podem ser anotados no quadro para verificar ao final de todas as apresentações se algum fator prevaleceu na sala. Importante destacar por fim que essas discussões realizadas nesta aula deveriam fazer parte do planejamento dos governos a médio e longo prazo a fim de identificar onde é mais importante investir e agir.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE O sujeito e seu lugar no mundo do 8º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08GE03 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano