17422
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 8º ano > O sujeito e seu lugar no mundo

Plano de aula - O perigo no deserto

Plano de aula de Geografia com atividades para 8° ano do Fundamental sobre Compreender os problemas enfrentados por alguns africanos subsaarianos antes de chegar no mar Mediterrâneo para atravessar em direção à Europa

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Mauricio Barbosa Carneiro

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08GE01 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Esta habilidade diz respeito sobre as rotas de dispersão da população humana pelo planeta e os principais fluxo migratórios em diferentes épocas, pensando em fatores históricos e naturais associados à distribuição da população humana.

O objetivo desta aula é explorar e conhecer um fluxo migratório que milhares de africanos subsaarianos (não são todos os africanos, nesta aula vamos nos referir às pessoas de origem do Níger, Gana, Libéria, Senegal, Gâmbia, Sudão, Mali e Camarões, mas há africanos de outras regiões que tentam fazer a travessia pelo deserto do Saara com o objetivo de atingir o mar Mediterrâneo. Esta rota é pouco explorada pelos grandes meios de comunicação e tão perigosa quanto a do Mediterrâneo.

Materiais necessários: Cartolina ou papel A3, post-its, fita adesiva, lápis, borracha, caneta e lápis de cor.

Material complementar:

Mapa densidade populacional África (Contextualização): https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jxp7A8EpfKnCuDDVGGPVMuh4aUwCXsvbtSFcyBYXDC7MEq6sDGTQ3ZuES5PY/geo8-01und04-mapa-densidade-populacional-africa.pdf

Mapa do deserto do Saara (Contextualização): https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2r8T35rKceYkQMtdRjp44y83Uy2ytD6ECqgfJ75jra6y254XfMXWEJszhnA7/geo8-01und04-mapa-do-deserto-do-saara.pdf

Deserto do Saara - Argélia (Problematização): https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/TaFpxpFTatcrPJH99AxkXSSBshhwMcYXqKpjGpQMAVggfEhjHrZprsgyMAu5/geo8-01und04-deserto-do-saara-argelia.pdf

Para você saber mais:

Atravessadores de clandestinos: redes mafiosas cada vez mais poderosas. Terra, 12/05/2015. Disponível em: <https://www.terra.com.br/noticias/mundo/oriente-medio/atravessadores-de-clandestinos-redes-mafiosas-cada-vez-mais-poderosas,59abc34ecbd535311a874ddc8152c373pw56RCRD.html>. Acesso em: 26 fev 2019.

CAMARGO, F; DAROS, T. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

CARRETERO, N. O cemitério de areia a caminho da Europa. El País. Disponível em: <https://brasil.elpais.com/brasil/2017/06/29/internacional/1498757177_348388.html>. Acesso em: 27 fev 2019.

Encontrados os corpos de 87 imigrantes mortos de sede no deserto do Saara. O Globo. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/mundo/encontrados-os-corpos-de-87-imigrantes-mortos-de-sede-no-deserto-do-saara-10610715>. Acesso em: 25 fev 2019.

GUIMARÃES, Maria João. O deserto do Saara mata ainda mais migrantes do que o Mediterrâneo. Carta Maior. Disponível em: https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Pelo-Mundo/O-deserto-do-Sara-mata-ainda-mais-migrantes-do-que-o-Mediterraneo/6/40731 Acesso em: 25 de fevereiro de 2019.

Mais 40 migrantes morrem ao tentar atravessar o deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-40-migrantes-morrem-ao-atravessar-o-deserto-do-saara-dizem-sobreviventes.ghtml>. Acesso em: 25 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

PIZZOLI, Alberto. UE lança ofensiva contra atravessadores de migrantes. Disponível em: <http://br.rfi.fr/europa/20151007-europeus-lancam-ofensiva-contra-atravessadores-de-migrantes-no-mediterraneo>. Acesso em: 26 fev 2019.

- Densidade populacional: também conhecida como densidade demográfica, mostra quantas pessoas vivem por quilômetro quadrado numa área.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

Contextos prévios: Migração.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete o tema aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Comente que quando se fala em sair do continente africano de forma ilegal e entrar na Europa todos pensam no mar Mediterrâneo, o que de fato, é a rota mais explorada pela mídia. Deixe claro para a turma que nesta aula vamos explorar outra rota, onde milhares de africanos passam por este caminho temido antes de atingir o mar Mediterrâneo. Alerte os alunos que muitos africanos perdem suas vidas antes mesmo de chegar ao Mediterrâneo.

Para você saber mais:

GUIMARÃES, Maria João. O deserto do Saara mata ainda mais migrantes do que o Mediterrâneo. Carta Maior. Disponível em: https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Pelo-Mundo/O-deserto-do-Sara-mata-ainda-mais-migrantes-do-que-o-Mediterraneo/6/40731 Acesso em: 25 de fevereiro de 2019.

Contextos prévios: Migração.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 07 minutos

Orientações: Projete a pergunta aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Este é o momento para você conhecer o que os alunos sabem sobre o tema. Provavelmente os alunos vão responder que é o mar Mediterrâneo, mas se nenhum aluno citar o deserto do Saara, comente que para chegar ao Mediterrâneo africanos da região subsaariana precisam primeiro atravessar o deserto e que muitas pessoas perderam suas vidas nesta travessia.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), os atravessadores chegam a cobrar cerca de 1500 reais por pessoa, há relatos das pessoas que conseguiram atravessar que muitos imigrantes subsaarianos foram abandonados no deserto, outros morreram durante a travessia. Não se sabe ao certo quantas pessoas morreram no deserto.

Explique para os alunos o que é um deserto - comente que há desertos frios e quentes. O Saara, por exemplo, é um deserto quente com elevada amplitude térmica diária, onde não se encontra água com facilidade, o que dificulta muito sua travessia. Num relato de um atravessador em entrevista para o jornal El País, ele afirmou que: “Não existe caminho marcado, nem uma pista. Há trechos em que só se vê areia até onde a vista alcança. É como um oceano. Se você se desorientar, acabou. Está morto”.

Como muitos países (Chade, Níger, Mali, Sudão, Burkina Faso, Benin, Togo, etc) estão na área do deserto, ou próxima a ele, a população desses países enfrentam sérios problemas econômicos, com técnicas rudimentares para explorar a agricultura e a sobrevivência nestas áreas é quase impossível, assim, muitos arriscam suas vidas na travessia pelo deserto com o objetivo final de chegar à Europa.

Projete o mapa de densidade populacional da África aos alunos ou faça cópias. O mapa está em inglês, mas a ideia é focar na área do deserto do Saara. Comece perguntando se eles conseguem localizar o deserto do Saara neste mapa. O primeiro mapa (slide 4) é sobre a densidade populacional no continente africano, mostre para os alunos que o deserto do Saara é um das áreas com menos habitante por Km2, a área cinza representa 0 habitante por Km2, enquanto a área vermelha mais de 100 habitantes por Km2. É importante destacar que há um densidade populacional elevada ao sul do Saara, por exemplo, Nigéria, Serra Leoa e Etiópia. São países pobres com elevada taxa de desemprego, elevada mortalidade infantil, subnutrição, etc. Fatores contribuem para que as pessoas tentem atravessar o deserto.

Projete ou imprima para a turma o mapa do deserto do Saara no slide 5, isto vai ajudar os alunos localizarem com maior precisão o deserto. Explique que a área mais clara do mapa é o deserto, observe que as áreas verdes nesta imagem de satélite mostram onde a população está concentrada.

Mapa densidade populacional África: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jxp7A8EpfKnCuDDVGGPVMuh4aUwCXsvbtSFcyBYXDC7MEq6sDGTQ3ZuES5PY/geo8-01und04-mapa-densidade-populacional-africa.pdf

Mapa do deserto do Saara: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2r8T35rKceYkQMtdRjp44y83Uy2ytD6ECqgfJ75jra6y254XfMXWEJszhnA7/geo8-01und04-mapa-do-deserto-do-saara.pdf

Para você saber mais:

Encontrados os corpos de 87 imigrantes mortos de sede no deserto do Saara. O Globo. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/mundo/encontrados-os-corpos-de-87-imigrantes-mortos-de-sede-no-deserto-do-saara-10610715>. Acesso em: 25 fev 2019.

GUIMARÃES, Maria João. O deserto do Saara mata ainda mais migrantes do que o Mediterrâneo. Carta Maior. Disponível em: https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Pelo-Mundo/O-deserto-do-Sara-mata-ainda-mais-migrantes-do-que-o-Mediterraneo/6/40731 Acesso em: 25 de fevereiro de 2019.

Mais 40 migrantes morrem ao tentar atravessar o deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-40-migrantes-morrem-ao-atravessar-o-deserto-do-saara-dizem-sobreviventes.ghtml>. Acesso em: 25 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

- Densidade populacional: também conhecida como densidade demográfica, mostra quantas pessoas vivem por quilômetro quadrado numa área.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete a pergunta aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Este é o momento para você conhecer o que os alunos sabem sobre o tema. Provavelmente os alunos vão responder que é o mar Mediterrâneo, mas se nenhum aluno citar o deserto do Saara, comente que para chegar ao Mediterrâneo africanos da região subsaariana precisam primeiro atravessar o deserto e que muitas pessoas perderam suas vidas nesta travessia.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), os atravessadores chegam a cobrar cerca de 1500 reais por pessoa, há relatos das pessoas que conseguiram atravessar que muitos imigrantes subsaarianos foram abandonados no deserto, outros morreram durante a travessia. Não se sabe ao certo quantas pessoas morreram no deserto.

Explique para os alunos o que é um deserto - comente que há desertos frios e quentes. O Saara, por exemplo, é um deserto quente com elevada amplitude térmica diária, onde não se encontra água com facilidade, o que dificulta muito sua travessia. Num relato de um atravessador em entrevista para o jornal El País, ele afirmou que: “Não existe caminho marcado, nem uma pista. Há trechos em que só se vê areia até onde a vista alcança. É como um oceano. Se você se desorientar, acabou. Está morto”.

Como muitos países (Chade, Níger, Mali, Sudão, Burkina Faso, Benin, Togo, etc) estão na área do deserto, ou próxima a ele, a população desses países enfrentam sérios problemas econômicos, com técnicas rudimentares para explorar a agricultura e a sobrevivência nestas áreas é quase impossível, assim, muitos arriscam suas vidas na travessia pelo deserto com o objetivo final de chegar à Europa.

Projete o mapa de densidade populacional da África aos alunos ou faça cópias. O mapa está em inglês, mas a ideia é focar na área do deserto do Saara. Comece perguntando se eles conseguem localizar o deserto do Saara neste mapa. O primeiro mapa (slide 4) é sobre a densidade populacional no continente africano, mostre para os alunos que o deserto do Saara é um das áreas com menos habitante por Km2, a área cinza representa 0 habitante por Km2, enquanto a área vermelha mais de 100 habitantes por Km2. É importante destacar que há um densidade populacional elevada ao sul do Saara, por exemplo, Nigéria, Serra Leoa e Etiópia. São países pobres com elevada taxa de desemprego, elevada mortalidade infantil, subnutrição, etc. Fatores contribuem para que as pessoas tentem atravessar o deserto.

Projete ou imprima para a turma o mapa do deserto do Saara no slide 5, isto vai ajudar os alunos localizarem com maior precisão o deserto. Explique que a área mais clara do mapa é o deserto, observe que as áreas verdes nesta imagem de satélite mostram onde a população está concentrada.

Mapa densidade populacional África: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jxp7A8EpfKnCuDDVGGPVMuh4aUwCXsvbtSFcyBYXDC7MEq6sDGTQ3ZuES5PY/geo8-01und04-mapa-densidade-populacional-africa.pdf

Mapa do deserto do Saara: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2r8T35rKceYkQMtdRjp44y83Uy2ytD6ECqgfJ75jra6y254XfMXWEJszhnA7/geo8-01und04-mapa-do-deserto-do-saara.pdf

Para você saber mais:

Encontrados os corpos de 87 imigrantes mortos de sede no deserto do Saara. O Globo. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/mundo/encontrados-os-corpos-de-87-imigrantes-mortos-de-sede-no-deserto-do-saara-10610715>. Acesso em: 25 fev 2019.

GUIMARÃES, Maria João. O deserto do Saara mata ainda mais migrantes do que o Mediterrâneo. Carta Maior. Disponível em: https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Pelo-Mundo/O-deserto-do-Sara-mata-ainda-mais-migrantes-do-que-o-Mediterraneo/6/40731 Acesso em: 25 de fevereiro de 2019.

Mais 40 migrantes morrem ao tentar atravessar o deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-40-migrantes-morrem-ao-atravessar-o-deserto-do-saara-dizem-sobreviventes.ghtml>. Acesso em: 25 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

- Densidade populacional: também conhecida como densidade demográfica, mostra quantas pessoas vivem por quilômetro quadrado numa área.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete a pergunta aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Este é o momento para você conhecer o que os alunos sabem sobre o tema. Provavelmente os alunos vão responder que é o mar Mediterrâneo, mas se nenhum aluno citar o deserto do Saara, comente que para chegar ao Mediterrâneo africanos da região subsaariana precisam primeiro atravessar o deserto e que muitas pessoas perderam suas vidas nesta travessia.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), os atravessadores chegam a cobrar cerca de 1500 reais por pessoa, há relatos das pessoas que conseguiram atravessar que muitos imigrantes subsaarianos foram abandonados no deserto, outros morreram durante a travessia. Não se sabe ao certo quantas pessoas morreram no deserto.

Explique para os alunos o que é um deserto - comente que há desertos frios e quentes. O Saara, por exemplo, é um deserto quente com elevada amplitude térmica diária, onde não se encontra água com facilidade, o que dificulta muito sua travessia. Num relato de um atravessador em entrevista para o jornal El País, ele afirmou que: “Não existe caminho marcado, nem uma pista. Há trechos em que só se vê areia até onde a vista alcança. É como um oceano. Se você se desorientar, acabou. Está morto”.

Como muitos países (Chade, Níger, Mali, Sudão, Burkina Faso, Benin, Togo, etc) estão na área do deserto, ou próxima a ele, a população desses países enfrentam sérios problemas econômicos, com técnicas rudimentares para explorar a agricultura e a sobrevivência nestas áreas é quase impossível, assim, muitos arriscam suas vidas na travessia pelo deserto com o objetivo final de chegar à Europa.

Projete o mapa de densidade populacional da África aos alunos ou faça cópias. O mapa está em inglês, mas a ideia é focar na área do deserto do Saara. Comece perguntando se eles conseguem localizar o deserto do Saara neste mapa. O primeiro mapa (slide 4) é sobre a densidade populacional no continente africano, mostre para os alunos que o deserto do Saara é um das áreas com menos habitante por Km2, a área cinza representa 0 habitante por Km2, enquanto a área vermelha mais de 100 habitantes por Km2. É importante destacar que há um densidade populacional elevada ao sul do Saara, por exemplo, Nigéria, Serra Leoa e Etiópia. São países pobres com elevada taxa de desemprego, elevada mortalidade infantil, subnutrição, etc. Fatores contribuem para que as pessoas tentem atravessar o deserto.

Projete ou imprima para a turma o mapa do deserto do Saara no slide 5, isto vai ajudar os alunos localizarem com maior precisão o deserto. Explique que a área mais clara do mapa é o deserto, observe que as áreas verdes nesta imagem de satélite mostram onde a população está concentrada.

Mapa densidade populacional África: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jxp7A8EpfKnCuDDVGGPVMuh4aUwCXsvbtSFcyBYXDC7MEq6sDGTQ3ZuES5PY/geo8-01und04-mapa-densidade-populacional-africa.pdf

Mapa do deserto do Saara: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2r8T35rKceYkQMtdRjp44y83Uy2ytD6ECqgfJ75jra6y254XfMXWEJszhnA7/geo8-01und04-mapa-do-deserto-do-saara.pdf

Para você saber mais:

Encontrados os corpos de 87 imigrantes mortos de sede no deserto do Saara. O Globo. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/mundo/encontrados-os-corpos-de-87-imigrantes-mortos-de-sede-no-deserto-do-saara-10610715>. Acesso em: 25 fev 2019.

GUIMARÃES, Maria João. O deserto do Saara mata ainda mais migrantes do que o Mediterrâneo. Carta Maior. Disponível em: https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Pelo-Mundo/O-deserto-do-Sara-mata-ainda-mais-migrantes-do-que-o-Mediterraneo/6/40731 Acesso em: 25 de fevereiro de 2019.

Mais 40 migrantes morrem ao tentar atravessar o deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-40-migrantes-morrem-ao-atravessar-o-deserto-do-saara-dizem-sobreviventes.ghtml>. Acesso em: 25 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

- Densidade populacional: também conhecida como densidade demográfica, mostra quantas pessoas vivem por quilômetro quadrado numa área.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 07 minutos

Orientações: Projete ou leia a problematização para a turma. Deixe os alunos comentarem de forma sucinta o que eles fariam (na ação propositiva eles vão pensar mais sobre isto). Depois, comente que alguns jornais mostram notícias sobre pessoas que foram abandonadas no meio do deserto por atravessadores. Normalmente os africanos subsaarianos contratam (pagam cerca de 1500 reais) comboios com algumas picapes que levam mais de 60 imigrantes para o norte através do Saara rumo à Líbia - uma rota conhecida de moradores do oeste africano quando pretendem chegar na Europa - muitas vezes os motoristas abandonam as pessoas no meio do deserto, ou por problemas nas picapes, ou simplesmente para ficar com o dinheiro.

Projete a imagem do deserto do Saara (Argélia) ou faça cópias (link abaixo) para os alunos. Explique que para atravessar algumas áreas do deserto pode levar alguns dias de carro e semanas caminhando. Comente que as condições climáticas enfrentadas são muito difíceis para pessoas sem recursos financeiros e equipamentos adequados. Durante o dia a temperatura pode atingir 48º C e à noite 2º C (amplitude térmica). Sem falar da chance de ser atacado por algum grupo de saqueadores no meio do deserto.

Deserto do Saara - Argélia: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/TaFpxpFTatcrPJH99AxkXSSBshhwMcYXqKpjGpQMAVggfEhjHrZprsgyMAu5/geo8-01und04-deserto-do-saara-argelia.pdf

Para você saber mais:

Atravessadores de clandestinos: redes mafiosas cada vez mais poderosas. Terra, 12/05/2015. Disponível em: <https://www.terra.com.br/noticias/mundo/oriente-medio/atravessadores-de-clandestinos-redes-mafiosas-cada-vez-mais-poderosas,59abc34ecbd535311a874ddc8152c373pw56RCRD.html>. Acesso em: 26 fev 2019.

CARRETERO, N. O cemitério de areia a caminho da Europa. El País. Disponível em: <https://brasil.elpais.com/brasil/2017/06/29/internacional/1498757177_348388.html>. Acesso em: 27 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

PIZZOLI, Alberto. UE lança ofensiva contra atravessadores de migrantes. Disponível em: <http://br.rfi.fr/europa/20151007-europeus-lancam-ofensiva-contra-atravessadores-de-migrantes-no-mediterraneo>. Acesso em: 26 fev 2019.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete o mapa do deserto do Saara (Argélia) ou faça cópias (link abaixo) para os alunos. Normalmente os africanos subsaarianos contratam (pagam cerca de 1500 reais) comboios com algumas picapes que levam mais de 60 imigrantes para o norte através do Saara rumo à Líbia - uma rota conhecida de moradores do oeste africano quando pretendem chegar na Europa - muitas vezes os motoristas abandonam as pessoas no meio do deserto, ou por problemas nas picapes, ou simplesmente para ficar com o dinheiro.

Projete a imagem do deserto do Saara (Argélia) ou faça cópias (link abaixo) para os alunos. Explique que para atravessar algumas áreas do deserto pode levar alguns dias de carro e semanas caminhando. Comente que as condições climáticas enfrentadas são muito difíceis para pessoas sem recursos financeiros e equipamentos adequados. Durante o dia a temperatura pode atingir 48º C e à noite 2º C (amplitude térmica). Sem falar da chance de ser atacado por algum grupo de saqueadores no meio do deserto.

Deserto do Saara - Argélia: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/TaFpxpFTatcrPJH99AxkXSSBshhwMcYXqKpjGpQMAVggfEhjHrZprsgyMAu5/geo8-01und04-deserto-do-saara-argelia.pdf

Para você saber mais:

Atravessadores de clandestinos: redes mafiosas cada vez mais poderosas. Terra, 12/05/2015. Disponível em: <https://www.terra.com.br/noticias/mundo/oriente-medio/atravessadores-de-clandestinos-redes-mafiosas-cada-vez-mais-poderosas,59abc34ecbd535311a874ddc8152c373pw56RCRD.html>. Acesso em: 26 fev 2019.

CARRETERO, N. O cemitério de areia a caminho da Europa. El País. Disponível em: <https://brasil.elpais.com/brasil/2017/06/29/internacional/1498757177_348388.html>. Acesso em: 27 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

PIZZOLI, Alberto. UE lança ofensiva contra atravessadores de migrantes. Disponível em: <http://br.rfi.fr/europa/20151007-europeus-lancam-ofensiva-contra-atravessadores-de-migrantes-no-mediterraneo>. Acesso em: 26 fev 2019.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 22 minutos

Orientações: Os alunos vão trabalhar com uma metodologia ativa chamada "construindo um muro" (CAMARGO; DAROS, 2018). Esta metodologia permite que os alunos considerem quais pontos são mais relevantes na construção de uma questão ou na resolução de um problema.

A ideia é trabalhar em equipe; desenvolver ideias, pensamentos, reflexão e tomada de decisão. Forme grupos de no mínimo 3 e no máximo 5 alunos. Projete o slide 7 novamente e pergunte para os grupos o que vocês fariam. Incentive os alunos a priorizarem ideias e informações bem como discutirem e justificarem suas escolhas acerca do problema. Entregue para os grupos uma cartolina ou papel A3 e post-its. Os alunos devem escrever nos post-its suas próprias ideias (palavras ou frases) e usá-las na construção do muro (que será a cartolina ou o papel A3). Mostre um exemplo de um muro no slide 9, ou escreva no quadro.

Aconselhe os alunos a criarem um título para o muro. Os alunos devem, por meio dos post-its, decidir em grupo qual post-it possui maior ou menor relevância com o problema proposto. Os fatores mais importantes são colocados no topo e os menos importantes na base do muro.

Para você saber mais:

CAMARGO, F; DAROS, T. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Os alunos vão trabalhar com uma metodologia ativa chamada "construindo um muro" (CAMARGO; DAROS, 2018). Esta metodologia permite que os alunos considerem quais pontos são mais relevantes na construção de uma questão ou na resolução de um problema.

A ideia é trabalhar em equipe; desenvolver ideias, pensamentos, reflexão e tomada de decisão. Forme grupos de no mínimo 3 e no máximo 5 alunos. Projete o slide 7 novamente e pergunte para os grupos o que vocês fariam. Incentive os alunos a priorizarem ideias e informações bem como discutirem e justificarem suas escolhas acerca do problema. Entregue para os grupos uma cartolina ou papel A3 e post-its. Os alunos devem escrever nos post-its suas próprias ideias (palavras ou frases) e usá-las na construção do muro (que será a cartolina ou o papel A3). Mostre um exemplo de um muro no slide 9, ou escreva no quadro.

Aconselhe os alunos a criarem um título para o muro. Os alunos devem, por meio dos post-its, decidir em grupo qual post-it possui maior ou menor relevância com o problema proposto. Os fatores mais importantes são colocados no topo e os menos importantes na base do muro.

Para você saber mais:

CAMARGO, F; DAROS, T. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: Com os muros finalizados, organize uma exposição prendendo-os com fita adesiva no mural (se a sala de aula tiver um) ou então na parede. Em seguida, o professor deve sortear alguns grupos para apresentarem os muros, estes grupos devem justificar as escolhas e decisões na construção do muro. Enquanto um grupo se justifica para os demais, os outros devem anotar e sugerir novas ideias. Não gaste mais de 08 minutos nesta etapa.

Separe uns 2 minutos para você finalizar a aula, retome o objetivo de aprendizagem e faça uma análise geral dos muros construídos pelos alunos. Mostre que de fato não é uma decisão fácil, ficar num país sem mínimas condições de sobrevivência ou se arriscar numa jornada onde terá que enfrentar um impiedoso deserto, um mar Mediterrâneo perigoso de enfrentar, atravessadores que não são confiáveis, sem saber ainda, se vão conseguir ficar na Europa, podendo ser deportados assim que chegarem em terras europeias.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08GE01 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Esta habilidade diz respeito sobre as rotas de dispersão da população humana pelo planeta e os principais fluxo migratórios em diferentes épocas, pensando em fatores históricos e naturais associados à distribuição da população humana.

O objetivo desta aula é explorar e conhecer um fluxo migratório que milhares de africanos subsaarianos (não são todos os africanos, nesta aula vamos nos referir às pessoas de origem do Níger, Gana, Libéria, Senegal, Gâmbia, Sudão, Mali e Camarões, mas há africanos de outras regiões que tentam fazer a travessia pelo deserto do Saara com o objetivo de atingir o mar Mediterrâneo. Esta rota é pouco explorada pelos grandes meios de comunicação e tão perigosa quanto a do Mediterrâneo.

Materiais necessários: Cartolina ou papel A3, post-its, fita adesiva, lápis, borracha, caneta e lápis de cor.

Material complementar:

Mapa densidade populacional África (Contextualização): https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jxp7A8EpfKnCuDDVGGPVMuh4aUwCXsvbtSFcyBYXDC7MEq6sDGTQ3ZuES5PY/geo8-01und04-mapa-densidade-populacional-africa.pdf

Mapa do deserto do Saara (Contextualização): https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2r8T35rKceYkQMtdRjp44y83Uy2ytD6ECqgfJ75jra6y254XfMXWEJszhnA7/geo8-01und04-mapa-do-deserto-do-saara.pdf

Deserto do Saara - Argélia (Problematização): https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/TaFpxpFTatcrPJH99AxkXSSBshhwMcYXqKpjGpQMAVggfEhjHrZprsgyMAu5/geo8-01und04-deserto-do-saara-argelia.pdf

Para você saber mais:

Atravessadores de clandestinos: redes mafiosas cada vez mais poderosas. Terra, 12/05/2015. Disponível em: <https://www.terra.com.br/noticias/mundo/oriente-medio/atravessadores-de-clandestinos-redes-mafiosas-cada-vez-mais-poderosas,59abc34ecbd535311a874ddc8152c373pw56RCRD.html>. Acesso em: 26 fev 2019.

CAMARGO, F; DAROS, T. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

CARRETERO, N. O cemitério de areia a caminho da Europa. El País. Disponível em: <https://brasil.elpais.com/brasil/2017/06/29/internacional/1498757177_348388.html>. Acesso em: 27 fev 2019.

Encontrados os corpos de 87 imigrantes mortos de sede no deserto do Saara. O Globo. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/mundo/encontrados-os-corpos-de-87-imigrantes-mortos-de-sede-no-deserto-do-saara-10610715>. Acesso em: 25 fev 2019.

GUIMARÃES, Maria João. O deserto do Saara mata ainda mais migrantes do que o Mediterrâneo. Carta Maior. Disponível em: https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Pelo-Mundo/O-deserto-do-Sara-mata-ainda-mais-migrantes-do-que-o-Mediterraneo/6/40731 Acesso em: 25 de fevereiro de 2019.

Mais 40 migrantes morrem ao tentar atravessar o deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-40-migrantes-morrem-ao-atravessar-o-deserto-do-saara-dizem-sobreviventes.ghtml>. Acesso em: 25 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

PIZZOLI, Alberto. UE lança ofensiva contra atravessadores de migrantes. Disponível em: <http://br.rfi.fr/europa/20151007-europeus-lancam-ofensiva-contra-atravessadores-de-migrantes-no-mediterraneo>. Acesso em: 26 fev 2019.

- Densidade populacional: também conhecida como densidade demográfica, mostra quantas pessoas vivem por quilômetro quadrado numa área.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

Contextos prévios: Migração.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete o tema aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Comente que quando se fala em sair do continente africano de forma ilegal e entrar na Europa todos pensam no mar Mediterrâneo, o que de fato, é a rota mais explorada pela mídia. Deixe claro para a turma que nesta aula vamos explorar outra rota, onde milhares de africanos passam por este caminho temido antes de atingir o mar Mediterrâneo. Alerte os alunos que muitos africanos perdem suas vidas antes mesmo de chegar ao Mediterrâneo.

Para você saber mais:

GUIMARÃES, Maria João. O deserto do Saara mata ainda mais migrantes do que o Mediterrâneo. Carta Maior. Disponível em: https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Pelo-Mundo/O-deserto-do-Sara-mata-ainda-mais-migrantes-do-que-o-Mediterraneo/6/40731 Acesso em: 25 de fevereiro de 2019.

Contextos prévios: Migração.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 07 minutos

Orientações: Projete a pergunta aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Este é o momento para você conhecer o que os alunos sabem sobre o tema. Provavelmente os alunos vão responder que é o mar Mediterrâneo, mas se nenhum aluno citar o deserto do Saara, comente que para chegar ao Mediterrâneo africanos da região subsaariana precisam primeiro atravessar o deserto e que muitas pessoas perderam suas vidas nesta travessia.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), os atravessadores chegam a cobrar cerca de 1500 reais por pessoa, há relatos das pessoas que conseguiram atravessar que muitos imigrantes subsaarianos foram abandonados no deserto, outros morreram durante a travessia. Não se sabe ao certo quantas pessoas morreram no deserto.

Explique para os alunos o que é um deserto - comente que há desertos frios e quentes. O Saara, por exemplo, é um deserto quente com elevada amplitude térmica diária, onde não se encontra água com facilidade, o que dificulta muito sua travessia. Num relato de um atravessador em entrevista para o jornal El País, ele afirmou que: “Não existe caminho marcado, nem uma pista. Há trechos em que só se vê areia até onde a vista alcança. É como um oceano. Se você se desorientar, acabou. Está morto”.

Como muitos países (Chade, Níger, Mali, Sudão, Burkina Faso, Benin, Togo, etc) estão na área do deserto, ou próxima a ele, a população desses países enfrentam sérios problemas econômicos, com técnicas rudimentares para explorar a agricultura e a sobrevivência nestas áreas é quase impossível, assim, muitos arriscam suas vidas na travessia pelo deserto com o objetivo final de chegar à Europa.

Projete o mapa de densidade populacional da África aos alunos ou faça cópias. O mapa está em inglês, mas a ideia é focar na área do deserto do Saara. Comece perguntando se eles conseguem localizar o deserto do Saara neste mapa. O primeiro mapa (slide 4) é sobre a densidade populacional no continente africano, mostre para os alunos que o deserto do Saara é um das áreas com menos habitante por Km2, a área cinza representa 0 habitante por Km2, enquanto a área vermelha mais de 100 habitantes por Km2. É importante destacar que há um densidade populacional elevada ao sul do Saara, por exemplo, Nigéria, Serra Leoa e Etiópia. São países pobres com elevada taxa de desemprego, elevada mortalidade infantil, subnutrição, etc. Fatores contribuem para que as pessoas tentem atravessar o deserto.

Projete ou imprima para a turma o mapa do deserto do Saara no slide 5, isto vai ajudar os alunos localizarem com maior precisão o deserto. Explique que a área mais clara do mapa é o deserto, observe que as áreas verdes nesta imagem de satélite mostram onde a população está concentrada.

Mapa densidade populacional África: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jxp7A8EpfKnCuDDVGGPVMuh4aUwCXsvbtSFcyBYXDC7MEq6sDGTQ3ZuES5PY/geo8-01und04-mapa-densidade-populacional-africa.pdf

Mapa do deserto do Saara: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2r8T35rKceYkQMtdRjp44y83Uy2ytD6ECqgfJ75jra6y254XfMXWEJszhnA7/geo8-01und04-mapa-do-deserto-do-saara.pdf

Para você saber mais:

Encontrados os corpos de 87 imigrantes mortos de sede no deserto do Saara. O Globo. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/mundo/encontrados-os-corpos-de-87-imigrantes-mortos-de-sede-no-deserto-do-saara-10610715>. Acesso em: 25 fev 2019.

GUIMARÃES, Maria João. O deserto do Saara mata ainda mais migrantes do que o Mediterrâneo. Carta Maior. Disponível em: https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Pelo-Mundo/O-deserto-do-Sara-mata-ainda-mais-migrantes-do-que-o-Mediterraneo/6/40731 Acesso em: 25 de fevereiro de 2019.

Mais 40 migrantes morrem ao tentar atravessar o deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-40-migrantes-morrem-ao-atravessar-o-deserto-do-saara-dizem-sobreviventes.ghtml>. Acesso em: 25 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

- Densidade populacional: também conhecida como densidade demográfica, mostra quantas pessoas vivem por quilômetro quadrado numa área.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete a pergunta aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Este é o momento para você conhecer o que os alunos sabem sobre o tema. Provavelmente os alunos vão responder que é o mar Mediterrâneo, mas se nenhum aluno citar o deserto do Saara, comente que para chegar ao Mediterrâneo africanos da região subsaariana precisam primeiro atravessar o deserto e que muitas pessoas perderam suas vidas nesta travessia.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), os atravessadores chegam a cobrar cerca de 1500 reais por pessoa, há relatos das pessoas que conseguiram atravessar que muitos imigrantes subsaarianos foram abandonados no deserto, outros morreram durante a travessia. Não se sabe ao certo quantas pessoas morreram no deserto.

Explique para os alunos o que é um deserto - comente que há desertos frios e quentes. O Saara, por exemplo, é um deserto quente com elevada amplitude térmica diária, onde não se encontra água com facilidade, o que dificulta muito sua travessia. Num relato de um atravessador em entrevista para o jornal El País, ele afirmou que: “Não existe caminho marcado, nem uma pista. Há trechos em que só se vê areia até onde a vista alcança. É como um oceano. Se você se desorientar, acabou. Está morto”.

Como muitos países (Chade, Níger, Mali, Sudão, Burkina Faso, Benin, Togo, etc) estão na área do deserto, ou próxima a ele, a população desses países enfrentam sérios problemas econômicos, com técnicas rudimentares para explorar a agricultura e a sobrevivência nestas áreas é quase impossível, assim, muitos arriscam suas vidas na travessia pelo deserto com o objetivo final de chegar à Europa.

Projete o mapa de densidade populacional da África aos alunos ou faça cópias. O mapa está em inglês, mas a ideia é focar na área do deserto do Saara. Comece perguntando se eles conseguem localizar o deserto do Saara neste mapa. O primeiro mapa (slide 4) é sobre a densidade populacional no continente africano, mostre para os alunos que o deserto do Saara é um das áreas com menos habitante por Km2, a área cinza representa 0 habitante por Km2, enquanto a área vermelha mais de 100 habitantes por Km2. É importante destacar que há um densidade populacional elevada ao sul do Saara, por exemplo, Nigéria, Serra Leoa e Etiópia. São países pobres com elevada taxa de desemprego, elevada mortalidade infantil, subnutrição, etc. Fatores contribuem para que as pessoas tentem atravessar o deserto.

Projete ou imprima para a turma o mapa do deserto do Saara no slide 5, isto vai ajudar os alunos localizarem com maior precisão o deserto. Explique que a área mais clara do mapa é o deserto, observe que as áreas verdes nesta imagem de satélite mostram onde a população está concentrada.

Mapa densidade populacional África: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jxp7A8EpfKnCuDDVGGPVMuh4aUwCXsvbtSFcyBYXDC7MEq6sDGTQ3ZuES5PY/geo8-01und04-mapa-densidade-populacional-africa.pdf

Mapa do deserto do Saara: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2r8T35rKceYkQMtdRjp44y83Uy2ytD6ECqgfJ75jra6y254XfMXWEJszhnA7/geo8-01und04-mapa-do-deserto-do-saara.pdf

Para você saber mais:

Encontrados os corpos de 87 imigrantes mortos de sede no deserto do Saara. O Globo. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/mundo/encontrados-os-corpos-de-87-imigrantes-mortos-de-sede-no-deserto-do-saara-10610715>. Acesso em: 25 fev 2019.

GUIMARÃES, Maria João. O deserto do Saara mata ainda mais migrantes do que o Mediterrâneo. Carta Maior. Disponível em: https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Pelo-Mundo/O-deserto-do-Sara-mata-ainda-mais-migrantes-do-que-o-Mediterraneo/6/40731 Acesso em: 25 de fevereiro de 2019.

Mais 40 migrantes morrem ao tentar atravessar o deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-40-migrantes-morrem-ao-atravessar-o-deserto-do-saara-dizem-sobreviventes.ghtml>. Acesso em: 25 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

- Densidade populacional: também conhecida como densidade demográfica, mostra quantas pessoas vivem por quilômetro quadrado numa área.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete a pergunta aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma. Este é o momento para você conhecer o que os alunos sabem sobre o tema. Provavelmente os alunos vão responder que é o mar Mediterrâneo, mas se nenhum aluno citar o deserto do Saara, comente que para chegar ao Mediterrâneo africanos da região subsaariana precisam primeiro atravessar o deserto e que muitas pessoas perderam suas vidas nesta travessia.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), os atravessadores chegam a cobrar cerca de 1500 reais por pessoa, há relatos das pessoas que conseguiram atravessar que muitos imigrantes subsaarianos foram abandonados no deserto, outros morreram durante a travessia. Não se sabe ao certo quantas pessoas morreram no deserto.

Explique para os alunos o que é um deserto - comente que há desertos frios e quentes. O Saara, por exemplo, é um deserto quente com elevada amplitude térmica diária, onde não se encontra água com facilidade, o que dificulta muito sua travessia. Num relato de um atravessador em entrevista para o jornal El País, ele afirmou que: “Não existe caminho marcado, nem uma pista. Há trechos em que só se vê areia até onde a vista alcança. É como um oceano. Se você se desorientar, acabou. Está morto”.

Como muitos países (Chade, Níger, Mali, Sudão, Burkina Faso, Benin, Togo, etc) estão na área do deserto, ou próxima a ele, a população desses países enfrentam sérios problemas econômicos, com técnicas rudimentares para explorar a agricultura e a sobrevivência nestas áreas é quase impossível, assim, muitos arriscam suas vidas na travessia pelo deserto com o objetivo final de chegar à Europa.

Projete o mapa de densidade populacional da África aos alunos ou faça cópias. O mapa está em inglês, mas a ideia é focar na área do deserto do Saara. Comece perguntando se eles conseguem localizar o deserto do Saara neste mapa. O primeiro mapa (slide 4) é sobre a densidade populacional no continente africano, mostre para os alunos que o deserto do Saara é um das áreas com menos habitante por Km2, a área cinza representa 0 habitante por Km2, enquanto a área vermelha mais de 100 habitantes por Km2. É importante destacar que há um densidade populacional elevada ao sul do Saara, por exemplo, Nigéria, Serra Leoa e Etiópia. São países pobres com elevada taxa de desemprego, elevada mortalidade infantil, subnutrição, etc. Fatores contribuem para que as pessoas tentem atravessar o deserto.

Projete ou imprima para a turma o mapa do deserto do Saara no slide 5, isto vai ajudar os alunos localizarem com maior precisão o deserto. Explique que a área mais clara do mapa é o deserto, observe que as áreas verdes nesta imagem de satélite mostram onde a população está concentrada.

Mapa densidade populacional África: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jxp7A8EpfKnCuDDVGGPVMuh4aUwCXsvbtSFcyBYXDC7MEq6sDGTQ3ZuES5PY/geo8-01und04-mapa-densidade-populacional-africa.pdf

Mapa do deserto do Saara: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2r8T35rKceYkQMtdRjp44y83Uy2ytD6ECqgfJ75jra6y254XfMXWEJszhnA7/geo8-01und04-mapa-do-deserto-do-saara.pdf

Para você saber mais:

Encontrados os corpos de 87 imigrantes mortos de sede no deserto do Saara. O Globo. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/mundo/encontrados-os-corpos-de-87-imigrantes-mortos-de-sede-no-deserto-do-saara-10610715>. Acesso em: 25 fev 2019.

GUIMARÃES, Maria João. O deserto do Saara mata ainda mais migrantes do que o Mediterrâneo. Carta Maior. Disponível em: https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Pelo-Mundo/O-deserto-do-Sara-mata-ainda-mais-migrantes-do-que-o-Mediterraneo/6/40731 Acesso em: 25 de fevereiro de 2019.

Mais 40 migrantes morrem ao tentar atravessar o deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-40-migrantes-morrem-ao-atravessar-o-deserto-do-saara-dizem-sobreviventes.ghtml>. Acesso em: 25 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

- Densidade populacional: também conhecida como densidade demográfica, mostra quantas pessoas vivem por quilômetro quadrado numa área.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 07 minutos

Orientações: Projete ou leia a problematização para a turma. Deixe os alunos comentarem de forma sucinta o que eles fariam (na ação propositiva eles vão pensar mais sobre isto). Depois, comente que alguns jornais mostram notícias sobre pessoas que foram abandonadas no meio do deserto por atravessadores. Normalmente os africanos subsaarianos contratam (pagam cerca de 1500 reais) comboios com algumas picapes que levam mais de 60 imigrantes para o norte através do Saara rumo à Líbia - uma rota conhecida de moradores do oeste africano quando pretendem chegar na Europa - muitas vezes os motoristas abandonam as pessoas no meio do deserto, ou por problemas nas picapes, ou simplesmente para ficar com o dinheiro.

Projete a imagem do deserto do Saara (Argélia) ou faça cópias (link abaixo) para os alunos. Explique que para atravessar algumas áreas do deserto pode levar alguns dias de carro e semanas caminhando. Comente que as condições climáticas enfrentadas são muito difíceis para pessoas sem recursos financeiros e equipamentos adequados. Durante o dia a temperatura pode atingir 48º C e à noite 2º C (amplitude térmica). Sem falar da chance de ser atacado por algum grupo de saqueadores no meio do deserto.

Deserto do Saara - Argélia: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/TaFpxpFTatcrPJH99AxkXSSBshhwMcYXqKpjGpQMAVggfEhjHrZprsgyMAu5/geo8-01und04-deserto-do-saara-argelia.pdf

Para você saber mais:

Atravessadores de clandestinos: redes mafiosas cada vez mais poderosas. Terra, 12/05/2015. Disponível em: <https://www.terra.com.br/noticias/mundo/oriente-medio/atravessadores-de-clandestinos-redes-mafiosas-cada-vez-mais-poderosas,59abc34ecbd535311a874ddc8152c373pw56RCRD.html>. Acesso em: 26 fev 2019.

CARRETERO, N. O cemitério de areia a caminho da Europa. El País. Disponível em: <https://brasil.elpais.com/brasil/2017/06/29/internacional/1498757177_348388.html>. Acesso em: 27 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

PIZZOLI, Alberto. UE lança ofensiva contra atravessadores de migrantes. Disponível em: <http://br.rfi.fr/europa/20151007-europeus-lancam-ofensiva-contra-atravessadores-de-migrantes-no-mediterraneo>. Acesso em: 26 fev 2019.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete o mapa do deserto do Saara (Argélia) ou faça cópias (link abaixo) para os alunos. Normalmente os africanos subsaarianos contratam (pagam cerca de 1500 reais) comboios com algumas picapes que levam mais de 60 imigrantes para o norte através do Saara rumo à Líbia - uma rota conhecida de moradores do oeste africano quando pretendem chegar na Europa - muitas vezes os motoristas abandonam as pessoas no meio do deserto, ou por problemas nas picapes, ou simplesmente para ficar com o dinheiro.

Projete a imagem do deserto do Saara (Argélia) ou faça cópias (link abaixo) para os alunos. Explique que para atravessar algumas áreas do deserto pode levar alguns dias de carro e semanas caminhando. Comente que as condições climáticas enfrentadas são muito difíceis para pessoas sem recursos financeiros e equipamentos adequados. Durante o dia a temperatura pode atingir 48º C e à noite 2º C (amplitude térmica). Sem falar da chance de ser atacado por algum grupo de saqueadores no meio do deserto.

Deserto do Saara - Argélia: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/TaFpxpFTatcrPJH99AxkXSSBshhwMcYXqKpjGpQMAVggfEhjHrZprsgyMAu5/geo8-01und04-deserto-do-saara-argelia.pdf

Para você saber mais:

Atravessadores de clandestinos: redes mafiosas cada vez mais poderosas. Terra, 12/05/2015. Disponível em: <https://www.terra.com.br/noticias/mundo/oriente-medio/atravessadores-de-clandestinos-redes-mafiosas-cada-vez-mais-poderosas,59abc34ecbd535311a874ddc8152c373pw56RCRD.html>. Acesso em: 26 fev 2019.

CARRETERO, N. O cemitério de areia a caminho da Europa. El País. Disponível em: <https://brasil.elpais.com/brasil/2017/06/29/internacional/1498757177_348388.html>. Acesso em: 27 fev 2019.

Mais de 50 imigrantes africanos podem ter morrido no deserto do Saara. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/mais-de-50-imigrantes-africanos-podem-ter-morrido-no-deserto-do-saara-diz-oim.ghtml>.

Acesso em: 26 fev 2019.

PIZZOLI, Alberto. UE lança ofensiva contra atravessadores de migrantes. Disponível em: <http://br.rfi.fr/europa/20151007-europeus-lancam-ofensiva-contra-atravessadores-de-migrantes-no-mediterraneo>. Acesso em: 26 fev 2019.

- Amplitude térmica: é a diferença entre a temperatura máxima e a mínima registradas num determinado período de tempo.

- Atravessadores: são pessoas que fazem o transporte de clandestinos através da África e do Oriente Médio, e depois do Mediterrâneo para a Europa.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 22 minutos

Orientações: Os alunos vão trabalhar com uma metodologia ativa chamada "construindo um muro" (CAMARGO; DAROS, 2018). Esta metodologia permite que os alunos considerem quais pontos são mais relevantes na construção de uma questão ou na resolução de um problema.

A ideia é trabalhar em equipe; desenvolver ideias, pensamentos, reflexão e tomada de decisão. Forme grupos de no mínimo 3 e no máximo 5 alunos. Projete o slide 7 novamente e pergunte para os grupos o que vocês fariam. Incentive os alunos a priorizarem ideias e informações bem como discutirem e justificarem suas escolhas acerca do problema. Entregue para os grupos uma cartolina ou papel A3 e post-its. Os alunos devem escrever nos post-its suas próprias ideias (palavras ou frases) e usá-las na construção do muro (que será a cartolina ou o papel A3). Mostre um exemplo de um muro no slide 9, ou escreva no quadro.

Aconselhe os alunos a criarem um título para o muro. Os alunos devem, por meio dos post-its, decidir em grupo qual post-it possui maior ou menor relevância com o problema proposto. Os fatores mais importantes são colocados no topo e os menos importantes na base do muro.

Para você saber mais:

CAMARGO, F; DAROS, T. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: Os alunos vão trabalhar com uma metodologia ativa chamada "construindo um muro" (CAMARGO; DAROS, 2018). Esta metodologia permite que os alunos considerem quais pontos são mais relevantes na construção de uma questão ou na resolução de um problema.

A ideia é trabalhar em equipe; desenvolver ideias, pensamentos, reflexão e tomada de decisão. Forme grupos de no mínimo 3 e no máximo 5 alunos. Projete o slide 7 novamente e pergunte para os grupos o que vocês fariam. Incentive os alunos a priorizarem ideias e informações bem como discutirem e justificarem suas escolhas acerca do problema. Entregue para os grupos uma cartolina ou papel A3 e post-its. Os alunos devem escrever nos post-its suas próprias ideias (palavras ou frases) e usá-las na construção do muro (que será a cartolina ou o papel A3). Mostre um exemplo de um muro no slide 9, ou escreva no quadro.

Aconselhe os alunos a criarem um título para o muro. Os alunos devem, por meio dos post-its, decidir em grupo qual post-it possui maior ou menor relevância com o problema proposto. Os fatores mais importantes são colocados no topo e os menos importantes na base do muro.

Para você saber mais:

CAMARGO, F; DAROS, T. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: Com os muros finalizados, organize uma exposição prendendo-os com fita adesiva no mural (se a sala de aula tiver um) ou então na parede. Em seguida, o professor deve sortear alguns grupos para apresentarem os muros, estes grupos devem justificar as escolhas e decisões na construção do muro. Enquanto um grupo se justifica para os demais, os outros devem anotar e sugerir novas ideias. Não gaste mais de 08 minutos nesta etapa.

Separe uns 2 minutos para você finalizar a aula, retome o objetivo de aprendizagem e faça uma análise geral dos muros construídos pelos alunos. Mostre que de fato não é uma decisão fácil, ficar num país sem mínimas condições de sobrevivência ou se arriscar numa jornada onde terá que enfrentar um impiedoso deserto, um mar Mediterrâneo perigoso de enfrentar, atravessadores que não são confiáveis, sem saber ainda, se vão conseguir ficar na Europa, podendo ser deportados assim que chegarem em terras europeias.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE O sujeito e seu lugar no mundo do 8º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08GE01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano