17282
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 8º ano > Configurações do mundo no século XIX

Plano de aula - O indígena e a atualidade: tribos como espaços de resistência

Plano de aula de História com atividades para 8º ano do EF sobre O indígena e a atualidade: tribos como espaços de resistência

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Daniela Reis De Moraes

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08HI27, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Para a Sistematização desta aula, o professor deverá disponibilizar folhas A4 para cada aluno, lápis de cor, canetas coloridas hidrocor, giz de cera, lápis para desenho, borracha, régua e se possível, revistas para recorte e tesoura sem ponta.

Material complementar: Se necessário, entregue uma cópia impressa para cada grupo. Cada etapa desta aula está disponível em:

Contexto: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/6SNy9spt49W8tdRG7xbSzws9KHd44Tb9k7UutkWA4YZvZSR3WdFxJxyPZkQQ/his8-27und-contexto.pdf

Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/CGbN6wbPcHhYNMqnQTEH6ywBFWSuykVzysjUKg9rC64M2KU6uhYZQCRCN5E2/his8-27und-problematizacao.pdf

Sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/5Bq8DcjZ2x3bSQca6ftkCQsHx2z8mS58UZ9djDyKaWqdXgERVwkpjTKQPBDk/his8-27-sistematizacao.pdf

Para você saber mais:

Caso o professor queira se aprofundar mais sobre o tema apresentado, poderá acessar os materiais abaixo:

Quais os critérios utilizados para a definição de indígena? Disponível em: http://www.funai.gov.br/index.php/todos-ouvidoria/23-perguntas-frequentes/97-pergunta-3# Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Ser indígena no Brasil contemporâneo: Novos rumos para um velho dilema. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252008000400011 Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Vídeo Menos preconceito, mais índio. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?time_continue=91&v=uuzTSTmIaUc Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Vídeo Índios somos nós. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZecRLbA7H3w Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Coleção Caravana em Direitos Humanos: Indígenas. Disponível em: http://flacso.org.br/files/2017/06/Ind%C3%ADgena.pdf Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos, peça para que algum aluno leia em voz alta para a turma. Se necessário, você poderá escrever no quadro ou você mesmo poderá realizar a leitura.

Para você saber mais: Sugerimos que assista ao vídeo produzido especialmente para a reflexão acerca do Dia do Índio, este material trabalha a questão da identidade indígena, sobretudo no que se refere à contemporaneidade do Brasil.

Indígenas no Brasil:

#1 - Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=zV6aQ7QLQNU&t=210s Acesso em: 10 de mar. de 2019.

# 2 - Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=J-HwQBmml4c Acesso em: 10 de mar. de 2019.

# 3 - Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=uR4UrwYmrLA Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Apresente os slides aos alunos. Se necessário, entregue uma versão impressa por grupo.

  • Nesta etapa é importante que os alunos realizem não apenas a leitura das legendas, mas anotem em seus cadernos, ou façam observações de forma oral (você poderá anotar as percepções no quadro) sobre as contradições entre a fala presente nas legendas e as imagens apresentadas nos trechos do vídeo.
  • O objetivo desta Contextualização é fazer com que os alunos compreendam que o narrador busca passar uma mensagem de desconstrução da imagem do indígena enquanto sujeito que não possui direito de exercer costumes e ações tais como a religião cristã, futebol, uso de bonés, roupas
    etc. sem que perca a sua identidade indígena.

Desta forma, o Contexto propõe que os alunos debatem entre si: O que faz um sujeito ser indígena no Brasil? Espera-se que os alunos observem que a inserção do povo indígena a elementos contemporâneos da sociedade não indígena não descaracteriza sua identidade enquanto sujeito indígena.
Outro ponto que merece destaque é a reflexão que o narrador do vídeo faz, sobretudo quando se refere que a mudanças não afetam a relação com
sua identidade indígena.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue este material impresso, poderá ser um para cada equipe. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/6SNy9spt49W8tdRG7xbSzws9KHd44Tb9k7UutkWA4YZvZSR3WdFxJxyPZkQQ/his8-27und-contexto.pdf

Para você saber mais: Caso o professor se interessar em assistir ao vídeo completo, onde utilizamos alguns trechos para compor esta Contextualização, sugerimos que acesse o link abaixo:

Vídeo: Menos preconceito, mais índio. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?time_continue=91&v=uuzTSTmIaUc (1m31s).
Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Sugerimos que assista uma série de vídeos: Povos indígenas: conhecer para valorizar, nele, cada episódio traz desconstruções acerca das imagens equivocadas sobre os povos indígenas. Sobretudo, no episódio 3, há um rico debate sobre a visão pejorativa sobre o “indígena parar no tempo”.
Abaixo, seguem os links de cada episódio:

#1 https://www.youtube.com/watch?v=Tf-tOJGRYOI (5m36s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#2 https://www.youtube.com/watch?v=0jaRI0KOrms (3m30s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#3 https://www.youtube.com/watch?v=VZmWUF3e75I (3m58s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#4 https://www.youtube.com/watch?v=XhZPOcYy6Wk (3m35s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#5 https://www.youtube.com/watch?v=IPqYxU9dd_M (7m28s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

Sugerimos outro vídeo para maiores conhecimentos do tema:

Vídeo Índios somos nós. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZecRLbA7H3w (26m45s). Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Apresente os slides aos alunos. Se necessário, entregue uma versão impressa por grupo.

  • Nesta etapa é importante que os alunos realizem não apenas a leitura das legendas, mas que anotem em seus cadernos ou façam observações de forma oral (você poderá anotar as percepções no quadro) sobre as contradições entre a fala presente nas legendas e as imagens apresentadas nos trechos do vídeo.
  • O objetivo desta Contextualização é fazer com que os alunos compreendam que o narrador busca passar uma mensagem de desconstrução da imagem do indígena enquanto sujeito que não possui direito de exercer costumes e ações tais como a religião cristã, futebol, uso de bonés, roupas
    e etc. sem que perca a sua identidade indígena.

Desta forma, o Contexto propõe que os alunos debatem entre si: O que faz um sujeito ser indígena no Brasil? Espera-se que os alunos observem que a inserção do povo indígena a elementos contemporâneos da sociedade não indígena não descaracteriza sua identidade enquanto sujeito indígena.
Outro ponto que merece destaque é a reflexão que o narrador do vídeo faz, sobretudo quando se refere que as mudanças não afetam a relação
com sua identidade indígena.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue este material impresso, poderá ser um para cada equipe. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/6SNy9spt49W8tdRG7xbSzws9KHd44Tb9k7UutkWA4YZvZSR3WdFxJxyPZkQQ/his8-27und-contexto.pdf

Para você saber mais: Caso o professor se interessar em assistir ao vídeo completo, onde utilizamos alguns trechos para compor esta Contextualização, sugerimos que acesse o link abaixo:

Vídeo Menos preconceito, mais índio. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?time_continue=91&v=uuzTSTmIaUc (1m31s).
Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Sugerimos que assista uma série de vídeos: Povos indígenas: conhecer para valorizar, nele, cada episódio traz desconstruções acerca das imagens equivocadas sobre os povos indígenas. Sobretudo, no episódio 3, há um rico debate sobre a visão pejorativa sobre o “indígena parar no tempo”.
Abaixo, seguem os links de cada episódio:

#1 https://www.youtube.com/watch?v=Tf-tOJGRYOI (5m36s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#2 https://www.youtube.com/watch?v=0jaRI0KOrms (3m30s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#3 https://www.youtube.com/watch?v=VZmWUF3e75I (3m58s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#4 https://www.youtube.com/watch?v=XhZPOcYy6Wk (3m35s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#5 https://www.youtube.com/watch?v=IPqYxU9dd_M (7m28s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

Sugerimos outro vídeo para maiores conhecimentos do tema:

Vídeo Índios somos nós. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZecRLbA7H3w (26m45s). Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Apresente os slides aos alunos. Se necessário, entregue uma versão impressa por grupo.

  • Nesta etapa é importante que os alunos realizem não apenas a leitura das legendas, mas que anotem em seus cadernos, ou façam observações de forma oral (você poderá anotar as percepções no quadro) sobre as contradições entre a fala presente nas legendas e as imagens apresentadas nos trechos do vídeo.
  • O objetivo desta Contextualização é fazer com que os alunos compreendam que o narrador busca passar uma mensagem de desconstrução da imagem do indígena enquanto sujeito que não possui direito de exercer costumes e ações tais como a religião cristã, futebol, uso de bonés, roupas
    etc. sem que perca a sua identidade indígena.

Desta forma, o Contexto propõe que os alunos debatem entre si: O que faz um sujeito ser indígena no Brasil? Espera-se que os alunos observem que a inserção do povo indígena a elementos contemporâneos da sociedade não indígena não descaracteriza sua identidade enquanto sujeito indígena.
Outro ponto que merece destaque é a reflexão que o narrador do vídeo faz, sobretudo, quando se refere que as mudanças não afetam a relação com
sua identidade indígena.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue este material impresso, poderá ser um para cada equipe. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/6SNy9spt49W8tdRG7xbSzws9KHd44Tb9k7UutkWA4YZvZSR3WdFxJxyPZkQQ/his8-27und-contexto.pdf

Para você saber mais: Caso o professor se interessar em assistir ao vídeo completo, onde utilizamos alguns trechos para compor esta Contextualização, sugerimos que acesse o link abaixo:

Vídeo Menos preconceito, mais índio. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?time_continue=91&v=uuzTSTmIaUc (1m31s).Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Sugerimos que assista uma série de vídeos: Povos indígenas: conhecer para valorizar, nele, cada episódio traz desconstruções acerca das imagens equivocadas sobre os povos indígenas. Sobretudo, no episódio 3, há um rico debate sobre a visão pejorativa sobre o “indígena parar no tempo”.
Abaixo, seguem os links de cada episódio:

#1 https://www.youtube.com/watch?v=Tf-tOJGRYOI (5m36s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#2 https://www.youtube.com/watch?v=0jaRI0KOrms (3m30s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#3 https://www.youtube.com/watch?v=VZmWUF3e75I (3m58s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#4 https://www.youtube.com/watch?v=XhZPOcYy6Wk (3m35s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#5 https://www.youtube.com/watch?v=IPqYxU9dd_M (7m28s). Acesso em: 12 de mr. de 2019.

Sugerimos outro vídeo para maiores conhecimentos do tema:

Vídeo Índios somos nós. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZecRLbA7H3w (26m45s). Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide para a turma , ou entregue uma cópia impressa, poderá ser uma por grupo.

Oriente para que um aluno leia em voz alta o texto sobre os critérios para a definição da identidade indígena.
Depois, peça para que outro aluno leia em voz alta o trecho do texto apresentado sobre o artesanato e a cultura do
consumo como reinvenção da cultura indígena. Após a leitura das fontes, apresente o slide com a proposta de Problematização,
peça para que os alunos formulem respostas e anotem em seus cadernos.

Proposta para debate.

  • De acordo com a Fundação Nacional do Índio, quais os critérios utilizados para a definição da identidade indígena?

Espera-se que os alunos identifiquem dois dos principais critérios utilizados pela Funai - seriam eles: a autodeclaração e consciência de sua identidade indígena e o reconhecimento desta identidade por parte do grupo de origem. É importante que os alunos compreendam que a identidade não se confere como algo exclusivamente externo, mas perpassa por uma relação dual, entre o reconhecimento do próprio indivíduo em relação com seu grupo. Interno e externo devem ser considerados como fatores de construção identitária.

  • Podemos afirmar que a comercialização de artesanatos prejudica a identidade indígena?

Espera-se que os alunos respondam não. A produção e a comercialização do artesanato são fatores de ressignificação da cultura indígena, sobretudo, inseridas no contexto brasileiro capitalista e contemporâneo.

Como adequar à sua realidade: O professor poderá entregar uma cópia impressa desta etapa, se preferir, entregue uma cópia para cada grupo. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/CGbN6wbPcHhYNMqnQTEH6ywBFWSuykVzysjUKg9rC64M2KU6uhYZQCRCN5E2/his8-27und-problematizacao.pdf

Para você saber mais: Caso o professor deseje aprofundar seus conhecimentos sobre este tema, sugerimos o acesso aos materiais disponíveis nos links abaixo:

Quais os critérios utilizados para a definição de indígena? Disponível em: http://www.funai.gov.br/index.php/todos-ouvidoria/23-perguntas-frequentes/97-pergunta-3# Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Ser indígena no Brasil contemporâneo: Novos rumos para um velho dilema. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252008000400011 Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: Apresente o slide para a turma , ou entregue uma cópia impressa, poderá ser uma por grupo.

Oriente para que um aluno leia em voz alta o texto sobre os critérios para a definição da identidade indígena. Depois,
peça para que outro aluno leia em voz alta o trecho do texto apresentado sobre o artesanato e a cultura do consumo
como reinvenção da cultura indígena. Após a leitura das fontes, apresente o slide com a proposta de Problematização,
peça para que os alunos formulem respostas e anotem em seus cadernos.

Proposta para debate.

  • De acordo com a Fundação Nacional do Índio, quais os critérios utilizados para a definição da identidade indígena?

Espera-se que os alunos identifiquem dois dos principais critérios utilizados pela Funai - seriam eles: a autodeclaração e consciência de sua identidade indígena e o reconhecimento desta identidade por parte do grupo de origem. É importante que os alunos compreendam que a identidade não se confere como algo exclusivamente externo, mas perpassa por uma relação dual, entre o reconhecimento do próprio indivíduo em relação com seu grupo. Interno e externo devem ser considerados como fatores de construção identitária.

  • Podemos afirmar que a comercialização de artesanatos prejudica a identidade indígena?

Espera-se que os alunos respondam não. A produção e a comercialização do artesanato são fatores de ressignificação da cultura indígena, sobretudo inserida no contexto brasileiro capitalista e contemporâneo.

Como adequar à sua realidade: O professor poderá entregar uma cópia impressa desta etapa, se preferir, entregue uma cópia para cada grupo. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/CGbN6wbPcHhYNMqnQTEH6ywBFWSuykVzysjUKg9rC64M2KU6uhYZQCRCN5E2/his8-27und-problematizacao.pdf

Para você saber mais: Caso o professor deseje aprofundar seus conhecimentos sobre este tema, sugerimos o acesso aos materiais disponíveis nos links abaixo:

Quais os critérios utilizados para a definição de indígena? Disponível em: http://www.funai.gov.br/index.php/todos-ouvidoria/23-perguntas-frequentes/97-pergunta-3# Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Ser indígena no Brasil contemporâneo: Novos rumos para um velho dilema. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252008000400011 Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide para a turma , ou entregue uma cópia impressa, poderá ser uma por grupo.

Oriente para que um aluno leia em voz alta o texto sobre os critérios para a definição da identidade indígena.
Depois, peça para que outro aluno leia em voz alta o trecho do texto apresentado sobre o artesanato e a cultura
do consumo como reinvenção da cultura indígena. Após a leitura das fontes, apresente o slide com a proposta de Problematização,
peça para que os alunos formulem respostas e anotem em seus cadernos.

Proposta para debate.

  • De acordo com a Fundação Nacional do Índio, quais os critérios utilizados para a definição da identidade indígena?

Espera-se que os alunos identifiquem dois dos principais critérios utilizados pela Funai- seriam eles: a autodeclaração e consciência de sua identidade indígena e o reconhecimento desta identidade por parte do grupo de origem. É importante que os alunos compreendam que a identidade não se confere como algo exclusivamente externo, mas perpassa por uma relação dual, entre o reconhecimento do próprio indivíduo em relação com seu grupo. Interno e externo devem ser considerados como fatores de construção identitária.

  • Podemos afirmar que a comercialização de artesanatos prejudica a identidade indígena?

Espera-se que os alunos respondam não. A produção e a comercialização do artesanato são fatores de ressignificação da cultura indígena, sobretudo inserida no contexto brasileiro capitalista e contemporâneo.

Como adequar à sua realidade: O professor poderá entregar uma cópia impressa desta etapa, se preferir, entregue uma cópia para cada grupo.
Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/CGbN6wbPcHhYNMqnQTEH6ywBFWSuykVzysjUKg9rC64M2KU6uhYZQCRCN5E2/his8-27und-problematizacao.pdf

Para você saber mais: Caso o professor deseje aprofundar seus conhecimentos sobre este tema, sugerimos o acesso aos materiais disponíveis nos links abaixo:

Quais os critérios utilizados para a definição de indígena? Disponível em: http://www.funai.gov.br/index.php/todos-ouvidoria/23-perguntas-frequentes/97-pergunta-3# Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Ser indígena no Brasil contemporâneo: Novos rumos para um velho dilema. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252008000400011 Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos.

Orientações: Apresente este slide aos alunos.

Para a Sistematização desta aula, o professor deverá disponibilizar folhas A4 para cada aluno, lápis de cor, canetas coloridas hidrocor, giz de cera, lápis para desenho, borracha, régua e se possível, revistas para recorte e tesoura sem ponta.

O objetivo desta Sistematização é estimular os alunos a desenvolver análise, compreensão e raciocínio crítico quanto à identidade indígena dentro do contexto atual do Brasil. Oriente que os alunos releiam suas anotações, realizadas na etapa de Problematização, pois, podem ajudar no desenvolvimento de seus quadrinhos.

No final, o professor poderá sortear dois ou três alunos para expor seus trabalhos para a turma e depois, se preferir, poderá expô-los em um local de grande circulação na escola. Se achar pertinente, o professor poderá pedir para que os alunos levem seus trabalhos para casa para possíveis ajustes e finalizações, antes de colocá-los para exposição.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa para cada grupo. Cada etapa desta aula está disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/5Bq8DcjZ2x3bSQca6ftkCQsHx2z8mS58UZ9djDyKaWqdXgERVwkpjTKQPBDk/his8-27-sistematizacao.pdf

Para você saber mais: Abaixo, sugerimos links de orientações para trabalhos com histórias em quadrinhos:

A arte de ensinar. Disponível em: http://aartedeensinarblog.blogspot.com/2008/03/utilizando-histrias-em-quadrinhos.html Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Divertudo. Disponível em: https://www.divertudo.com.br/ebook/e-quadrinhos.pdf Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08HI27, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Para a Sistematização desta aula, o professor deverá disponibilizar folhas A4 para cada aluno, lápis de cor, canetas coloridas hidrocor, giz de cera, lápis para desenho, borracha, régua e se possível, revistas para recorte e tesoura sem ponta.

Material complementar: Se necessário, entregue uma cópia impressa para cada grupo. Cada etapa desta aula está disponível em:

Contexto: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/6SNy9spt49W8tdRG7xbSzws9KHd44Tb9k7UutkWA4YZvZSR3WdFxJxyPZkQQ/his8-27und-contexto.pdf

Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/CGbN6wbPcHhYNMqnQTEH6ywBFWSuykVzysjUKg9rC64M2KU6uhYZQCRCN5E2/his8-27und-problematizacao.pdf

Sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/5Bq8DcjZ2x3bSQca6ftkCQsHx2z8mS58UZ9djDyKaWqdXgERVwkpjTKQPBDk/his8-27-sistematizacao.pdf

Para você saber mais:

Caso o professor queira se aprofundar mais sobre o tema apresentado, poderá acessar os materiais abaixo:

Quais os critérios utilizados para a definição de indígena? Disponível em: http://www.funai.gov.br/index.php/todos-ouvidoria/23-perguntas-frequentes/97-pergunta-3# Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Ser indígena no Brasil contemporâneo: Novos rumos para um velho dilema. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252008000400011 Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Vídeo Menos preconceito, mais índio. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?time_continue=91&v=uuzTSTmIaUc Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Vídeo Índios somos nós. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZecRLbA7H3w Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Coleção Caravana em Direitos Humanos: Indígenas. Disponível em: http://flacso.org.br/files/2017/06/Ind%C3%ADgena.pdf Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos, peça para que algum aluno leia em voz alta para a turma. Se necessário, você poderá escrever no quadro ou você mesmo poderá realizar a leitura.

Para você saber mais: Sugerimos que assista ao vídeo produzido especialmente para a reflexão acerca do Dia do Índio, este material trabalha a questão da identidade indígena, sobretudo no que se refere à contemporaneidade do Brasil.

Indígenas no Brasil:

#1 - Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=zV6aQ7QLQNU&t=210s Acesso em: 10 de mar. de 2019.

# 2 - Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=J-HwQBmml4c Acesso em: 10 de mar. de 2019.

# 3 - Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=uR4UrwYmrLA Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Apresente os slides aos alunos. Se necessário, entregue uma versão impressa por grupo.

  • Nesta etapa é importante que os alunos realizem não apenas a leitura das legendas, mas anotem em seus cadernos, ou façam observações de forma oral (você poderá anotar as percepções no quadro) sobre as contradições entre a fala presente nas legendas e as imagens apresentadas nos trechos do vídeo.
  • O objetivo desta Contextualização é fazer com que os alunos compreendam que o narrador busca passar uma mensagem de desconstrução da imagem do indígena enquanto sujeito que não possui direito de exercer costumes e ações tais como a religião cristã, futebol, uso de bonés, roupas
    etc. sem que perca a sua identidade indígena.

Desta forma, o Contexto propõe que os alunos debatem entre si: O que faz um sujeito ser indígena no Brasil? Espera-se que os alunos observem que a inserção do povo indígena a elementos contemporâneos da sociedade não indígena não descaracteriza sua identidade enquanto sujeito indígena.
Outro ponto que merece destaque é a reflexão que o narrador do vídeo faz, sobretudo quando se refere que a mudanças não afetam a relação com
sua identidade indígena.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue este material impresso, poderá ser um para cada equipe. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/6SNy9spt49W8tdRG7xbSzws9KHd44Tb9k7UutkWA4YZvZSR3WdFxJxyPZkQQ/his8-27und-contexto.pdf

Para você saber mais: Caso o professor se interessar em assistir ao vídeo completo, onde utilizamos alguns trechos para compor esta Contextualização, sugerimos que acesse o link abaixo:

Vídeo: Menos preconceito, mais índio. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?time_continue=91&v=uuzTSTmIaUc (1m31s).
Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Sugerimos que assista uma série de vídeos: Povos indígenas: conhecer para valorizar, nele, cada episódio traz desconstruções acerca das imagens equivocadas sobre os povos indígenas. Sobretudo, no episódio 3, há um rico debate sobre a visão pejorativa sobre o “indígena parar no tempo”.
Abaixo, seguem os links de cada episódio:

#1 https://www.youtube.com/watch?v=Tf-tOJGRYOI (5m36s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#2 https://www.youtube.com/watch?v=0jaRI0KOrms (3m30s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#3 https://www.youtube.com/watch?v=VZmWUF3e75I (3m58s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#4 https://www.youtube.com/watch?v=XhZPOcYy6Wk (3m35s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#5 https://www.youtube.com/watch?v=IPqYxU9dd_M (7m28s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

Sugerimos outro vídeo para maiores conhecimentos do tema:

Vídeo Índios somos nós. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZecRLbA7H3w (26m45s). Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Apresente os slides aos alunos. Se necessário, entregue uma versão impressa por grupo.

  • Nesta etapa é importante que os alunos realizem não apenas a leitura das legendas, mas que anotem em seus cadernos ou façam observações de forma oral (você poderá anotar as percepções no quadro) sobre as contradições entre a fala presente nas legendas e as imagens apresentadas nos trechos do vídeo.
  • O objetivo desta Contextualização é fazer com que os alunos compreendam que o narrador busca passar uma mensagem de desconstrução da imagem do indígena enquanto sujeito que não possui direito de exercer costumes e ações tais como a religião cristã, futebol, uso de bonés, roupas
    e etc. sem que perca a sua identidade indígena.

Desta forma, o Contexto propõe que os alunos debatem entre si: O que faz um sujeito ser indígena no Brasil? Espera-se que os alunos observem que a inserção do povo indígena a elementos contemporâneos da sociedade não indígena não descaracteriza sua identidade enquanto sujeito indígena.
Outro ponto que merece destaque é a reflexão que o narrador do vídeo faz, sobretudo quando se refere que as mudanças não afetam a relação
com sua identidade indígena.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue este material impresso, poderá ser um para cada equipe. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/6SNy9spt49W8tdRG7xbSzws9KHd44Tb9k7UutkWA4YZvZSR3WdFxJxyPZkQQ/his8-27und-contexto.pdf

Para você saber mais: Caso o professor se interessar em assistir ao vídeo completo, onde utilizamos alguns trechos para compor esta Contextualização, sugerimos que acesse o link abaixo:

Vídeo Menos preconceito, mais índio. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?time_continue=91&v=uuzTSTmIaUc (1m31s).
Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Sugerimos que assista uma série de vídeos: Povos indígenas: conhecer para valorizar, nele, cada episódio traz desconstruções acerca das imagens equivocadas sobre os povos indígenas. Sobretudo, no episódio 3, há um rico debate sobre a visão pejorativa sobre o “indígena parar no tempo”.
Abaixo, seguem os links de cada episódio:

#1 https://www.youtube.com/watch?v=Tf-tOJGRYOI (5m36s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#2 https://www.youtube.com/watch?v=0jaRI0KOrms (3m30s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#3 https://www.youtube.com/watch?v=VZmWUF3e75I (3m58s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#4 https://www.youtube.com/watch?v=XhZPOcYy6Wk (3m35s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#5 https://www.youtube.com/watch?v=IPqYxU9dd_M (7m28s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

Sugerimos outro vídeo para maiores conhecimentos do tema:

Vídeo Índios somos nós. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZecRLbA7H3w (26m45s). Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Apresente os slides aos alunos. Se necessário, entregue uma versão impressa por grupo.

  • Nesta etapa é importante que os alunos realizem não apenas a leitura das legendas, mas que anotem em seus cadernos, ou façam observações de forma oral (você poderá anotar as percepções no quadro) sobre as contradições entre a fala presente nas legendas e as imagens apresentadas nos trechos do vídeo.
  • O objetivo desta Contextualização é fazer com que os alunos compreendam que o narrador busca passar uma mensagem de desconstrução da imagem do indígena enquanto sujeito que não possui direito de exercer costumes e ações tais como a religião cristã, futebol, uso de bonés, roupas
    etc. sem que perca a sua identidade indígena.

Desta forma, o Contexto propõe que os alunos debatem entre si: O que faz um sujeito ser indígena no Brasil? Espera-se que os alunos observem que a inserção do povo indígena a elementos contemporâneos da sociedade não indígena não descaracteriza sua identidade enquanto sujeito indígena.
Outro ponto que merece destaque é a reflexão que o narrador do vídeo faz, sobretudo, quando se refere que as mudanças não afetam a relação com
sua identidade indígena.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue este material impresso, poderá ser um para cada equipe. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/6SNy9spt49W8tdRG7xbSzws9KHd44Tb9k7UutkWA4YZvZSR3WdFxJxyPZkQQ/his8-27und-contexto.pdf

Para você saber mais: Caso o professor se interessar em assistir ao vídeo completo, onde utilizamos alguns trechos para compor esta Contextualização, sugerimos que acesse o link abaixo:

Vídeo Menos preconceito, mais índio. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?time_continue=91&v=uuzTSTmIaUc (1m31s).Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Sugerimos que assista uma série de vídeos: Povos indígenas: conhecer para valorizar, nele, cada episódio traz desconstruções acerca das imagens equivocadas sobre os povos indígenas. Sobretudo, no episódio 3, há um rico debate sobre a visão pejorativa sobre o “indígena parar no tempo”.
Abaixo, seguem os links de cada episódio:

#1 https://www.youtube.com/watch?v=Tf-tOJGRYOI (5m36s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#2 https://www.youtube.com/watch?v=0jaRI0KOrms (3m30s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#3 https://www.youtube.com/watch?v=VZmWUF3e75I (3m58s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#4 https://www.youtube.com/watch?v=XhZPOcYy6Wk (3m35s). Acesso em: 12 de mar. de 2019.

#5 https://www.youtube.com/watch?v=IPqYxU9dd_M (7m28s). Acesso em: 12 de mr. de 2019.

Sugerimos outro vídeo para maiores conhecimentos do tema:

Vídeo Índios somos nós. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZecRLbA7H3w (26m45s). Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide para a turma , ou entregue uma cópia impressa, poderá ser uma por grupo.

Oriente para que um aluno leia em voz alta o texto sobre os critérios para a definição da identidade indígena.
Depois, peça para que outro aluno leia em voz alta o trecho do texto apresentado sobre o artesanato e a cultura do
consumo como reinvenção da cultura indígena. Após a leitura das fontes, apresente o slide com a proposta de Problematização,
peça para que os alunos formulem respostas e anotem em seus cadernos.

Proposta para debate.

  • De acordo com a Fundação Nacional do Índio, quais os critérios utilizados para a definição da identidade indígena?

Espera-se que os alunos identifiquem dois dos principais critérios utilizados pela Funai - seriam eles: a autodeclaração e consciência de sua identidade indígena e o reconhecimento desta identidade por parte do grupo de origem. É importante que os alunos compreendam que a identidade não se confere como algo exclusivamente externo, mas perpassa por uma relação dual, entre o reconhecimento do próprio indivíduo em relação com seu grupo. Interno e externo devem ser considerados como fatores de construção identitária.

  • Podemos afirmar que a comercialização de artesanatos prejudica a identidade indígena?

Espera-se que os alunos respondam não. A produção e a comercialização do artesanato são fatores de ressignificação da cultura indígena, sobretudo, inseridas no contexto brasileiro capitalista e contemporâneo.

Como adequar à sua realidade: O professor poderá entregar uma cópia impressa desta etapa, se preferir, entregue uma cópia para cada grupo. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/CGbN6wbPcHhYNMqnQTEH6ywBFWSuykVzysjUKg9rC64M2KU6uhYZQCRCN5E2/his8-27und-problematizacao.pdf

Para você saber mais: Caso o professor deseje aprofundar seus conhecimentos sobre este tema, sugerimos o acesso aos materiais disponíveis nos links abaixo:

Quais os critérios utilizados para a definição de indígena? Disponível em: http://www.funai.gov.br/index.php/todos-ouvidoria/23-perguntas-frequentes/97-pergunta-3# Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Ser indígena no Brasil contemporâneo: Novos rumos para um velho dilema. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252008000400011 Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: Apresente o slide para a turma , ou entregue uma cópia impressa, poderá ser uma por grupo.

Oriente para que um aluno leia em voz alta o texto sobre os critérios para a definição da identidade indígena. Depois,
peça para que outro aluno leia em voz alta o trecho do texto apresentado sobre o artesanato e a cultura do consumo
como reinvenção da cultura indígena. Após a leitura das fontes, apresente o slide com a proposta de Problematização,
peça para que os alunos formulem respostas e anotem em seus cadernos.

Proposta para debate.

  • De acordo com a Fundação Nacional do Índio, quais os critérios utilizados para a definição da identidade indígena?

Espera-se que os alunos identifiquem dois dos principais critérios utilizados pela Funai - seriam eles: a autodeclaração e consciência de sua identidade indígena e o reconhecimento desta identidade por parte do grupo de origem. É importante que os alunos compreendam que a identidade não se confere como algo exclusivamente externo, mas perpassa por uma relação dual, entre o reconhecimento do próprio indivíduo em relação com seu grupo. Interno e externo devem ser considerados como fatores de construção identitária.

  • Podemos afirmar que a comercialização de artesanatos prejudica a identidade indígena?

Espera-se que os alunos respondam não. A produção e a comercialização do artesanato são fatores de ressignificação da cultura indígena, sobretudo inserida no contexto brasileiro capitalista e contemporâneo.

Como adequar à sua realidade: O professor poderá entregar uma cópia impressa desta etapa, se preferir, entregue uma cópia para cada grupo. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/CGbN6wbPcHhYNMqnQTEH6ywBFWSuykVzysjUKg9rC64M2KU6uhYZQCRCN5E2/his8-27und-problematizacao.pdf

Para você saber mais: Caso o professor deseje aprofundar seus conhecimentos sobre este tema, sugerimos o acesso aos materiais disponíveis nos links abaixo:

Quais os critérios utilizados para a definição de indígena? Disponível em: http://www.funai.gov.br/index.php/todos-ouvidoria/23-perguntas-frequentes/97-pergunta-3# Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Ser indígena no Brasil contemporâneo: Novos rumos para um velho dilema. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252008000400011 Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide para a turma , ou entregue uma cópia impressa, poderá ser uma por grupo.

Oriente para que um aluno leia em voz alta o texto sobre os critérios para a definição da identidade indígena.
Depois, peça para que outro aluno leia em voz alta o trecho do texto apresentado sobre o artesanato e a cultura
do consumo como reinvenção da cultura indígena. Após a leitura das fontes, apresente o slide com a proposta de Problematização,
peça para que os alunos formulem respostas e anotem em seus cadernos.

Proposta para debate.

  • De acordo com a Fundação Nacional do Índio, quais os critérios utilizados para a definição da identidade indígena?

Espera-se que os alunos identifiquem dois dos principais critérios utilizados pela Funai- seriam eles: a autodeclaração e consciência de sua identidade indígena e o reconhecimento desta identidade por parte do grupo de origem. É importante que os alunos compreendam que a identidade não se confere como algo exclusivamente externo, mas perpassa por uma relação dual, entre o reconhecimento do próprio indivíduo em relação com seu grupo. Interno e externo devem ser considerados como fatores de construção identitária.

  • Podemos afirmar que a comercialização de artesanatos prejudica a identidade indígena?

Espera-se que os alunos respondam não. A produção e a comercialização do artesanato são fatores de ressignificação da cultura indígena, sobretudo inserida no contexto brasileiro capitalista e contemporâneo.

Como adequar à sua realidade: O professor poderá entregar uma cópia impressa desta etapa, se preferir, entregue uma cópia para cada grupo.
Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/CGbN6wbPcHhYNMqnQTEH6ywBFWSuykVzysjUKg9rC64M2KU6uhYZQCRCN5E2/his8-27und-problematizacao.pdf

Para você saber mais: Caso o professor deseje aprofundar seus conhecimentos sobre este tema, sugerimos o acesso aos materiais disponíveis nos links abaixo:

Quais os critérios utilizados para a definição de indígena? Disponível em: http://www.funai.gov.br/index.php/todos-ouvidoria/23-perguntas-frequentes/97-pergunta-3# Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Ser indígena no Brasil contemporâneo: Novos rumos para um velho dilema. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252008000400011 Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos.

Orientações: Apresente este slide aos alunos.

Para a Sistematização desta aula, o professor deverá disponibilizar folhas A4 para cada aluno, lápis de cor, canetas coloridas hidrocor, giz de cera, lápis para desenho, borracha, régua e se possível, revistas para recorte e tesoura sem ponta.

O objetivo desta Sistematização é estimular os alunos a desenvolver análise, compreensão e raciocínio crítico quanto à identidade indígena dentro do contexto atual do Brasil. Oriente que os alunos releiam suas anotações, realizadas na etapa de Problematização, pois, podem ajudar no desenvolvimento de seus quadrinhos.

No final, o professor poderá sortear dois ou três alunos para expor seus trabalhos para a turma e depois, se preferir, poderá expô-los em um local de grande circulação na escola. Se achar pertinente, o professor poderá pedir para que os alunos levem seus trabalhos para casa para possíveis ajustes e finalizações, antes de colocá-los para exposição.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa para cada grupo. Cada etapa desta aula está disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/5Bq8DcjZ2x3bSQca6ftkCQsHx2z8mS58UZ9djDyKaWqdXgERVwkpjTKQPBDk/his8-27-sistematizacao.pdf

Para você saber mais: Abaixo, sugerimos links de orientações para trabalhos com histórias em quadrinhos:

A arte de ensinar. Disponível em: http://aartedeensinarblog.blogspot.com/2008/03/utilizando-histrias-em-quadrinhos.html Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Divertudo. Disponível em: https://www.divertudo.com.br/ebook/e-quadrinhos.pdf Acesso em: 10 de mar. de 2019.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Configurações do mundo no século XIX do 8º ano :

MAIS AULAS DE História do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08HI27 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano