9497
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Diferentes espaços e direções

POR: Sonia Antunes Caregnato 16/07/2018
Código: MAT2_13GEO03

2º ano / Matemática / Geometria

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF02MA12) Identificar e registrar, em linguagem verbal ou não verbal, a localização e os deslocamentos de pessoas e de objetos no espaço, considerando mais de um ponto de referência, e indicar as mudanças de direção e de sentido.

Plano de aula de Matemática com atividades para 2º ano do Fundamental sobre Plano de aula de Matemática com atividades para 2º ano do Fundamental sobre Plano de aula de Matemática com atividades para 2º ano do Fundamental sobre Relacionar pessoa e objeto

 

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete e/ou leia o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.


Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Sonia Antunes Caregnato

Mentor: Cibele Diogo Kimura

Especialista de área: Pricilla Cristina Mendes Cerqueira

Habilidade da BNCC

(EF02MA12) Identificar e registrar, em linguagem verbal ou não verbal, a localização e os deslocamentos de pessoas e de objetos no espaço, considerando mais de um ponto de referência e indicar as mudanças de direção e de sentido.

Objetivos específicos

Relacionar pessoas e objetos em diferentes posições, direção e sentido.

Conceitos-chave

Localização e deslocamentos.

Recursos necessários

  • Folha de papel A4 branca;
  • Livro de literatura “Se eu fosse muito magrinho” (autor António Mota, ilustrador Rui Castro);
  • Lápis e borracha;
  • Bola;
  • Giz escolar;
  • Materiais escolares: mochila, régua, caderno, estojo, etc.;
  • Palitos de picolé;
  • Atividades impressas em folhas, coladas no caderno ou não.

Tempo sugerido: 6 minutos.

Orientação: Solicite que todos se posicionem em fileira na frente da porta da sala. Utilizando a linguagem verbal, peça que expliquem o caminho que devem seguir para chegar ao banheiro. Espera-se que falem alguns termos como “em frente”, “vira à direita ou esquerda”, “segue reto”, dependendo da localização deste espaço na sua realidade. Depois, realizar com todos os alunos, seguindo em fila, o trajeto de acordo com a explicação que deram e confrontar com a descrição apresentada. Instigá-los a descrever o caminho de volta e também fazê-lo seguindo as orientações.

Caso a localização do banheiro seja muito distante ou inadequada, dificultando atingir o tempo sugerido, pode-se utilizar outro ponto de referência, como a cozinha, refeitório, sala dos professores ou sala de aula do 1º ano, por exemplo, mas é importante que esta sugestão de deslocamento aconteça para proporcionar o uso linguagem verbal no desenvolvimento dos conceitos.

Propósito: Observar as diferentes posições por meio do seu deslocamento utilizando algumas referências.

Discuta com a turma:

  • Foi possível chegar ao banheiro utilizando as orientações que vocês apresentaram?
  • Se não, o que faltou?

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Solicite que todos se posicionem no fundo da sala e para isso, peça que desloquem as carteiras do lugar para deixar um espaço amplo. Com giz, risque no chão pelo menos três trajetos diferentes. Coloque no caminho, na direita ou esquerda, alguns objetos da própria sala, mochila, estojo, caderno, régua para que possam descrever o caminho usando termos adequados, e na frente, uma bola. Pode escolher alguns alunos para fazer individualmente ou em duplas, e outros para fazer o trajeto de volta, descrevendo em linguagem verbal o caminho e as direções. Cada um deverá caminhar sobre a linha traçada e explicar o caminho percorrido.

Propósito: Utilizar a linguagem verbal para identificar a localização e o deslocamento de pessoas e objetos.

Discuta com a turma:

  • Vocês estão no fundo da sala e a bola onde está? E quando chegar na bola, a posição será a mesma?
  • Veja como seu colega descreveu o caminho apontando as direções e localizações. É parecida com a sua descrição?
  • Quais foram os obstáculos que encontrou?
  • Você pode explicar o melhor caminho que achou? Quais as direções que seguiu?

Materiais Complementares:

Atividade Principal

Guia de intervenção

Tempo sugerido: 4 minutos.

Orientação: A sugestão é que o professor conte a história “Se eu fosse muito magrinho” (autor António Mota, ilustrador Rui Castro). Ou pelo menos, conheça a obra para falar numa linguagem que se aproxime do universo literário da criança com o intuito de desenvolver a percepção espacial de forma lúdica.

Propósito: Reconhecer diferentes trajetos e caminhos aguçando a imaginação.

Referência: MOTA, António. Se Eu Fosse Muito Magrinho. Ilustração de Rui Castro. 1ed. São Paulo: GLB Edições Gerais, 2013.

Tempo sugerido: 12 minutos.

Orientação: O professor pode contar a história “Se eu fosse muito magrinho” (autor António Mota, ilustrador Rui Castro) para aguçar a imaginação das crianças sobre diferentes locais, localizações e direções que o personagem passa e se aventura. Aproveite para dialogar sobre o que tem ou pode surgir no caminho percorrido entre a sua casa e a escola. Entregue uma folha impressa com a atividade, faça a leitura em voz alta para que eles a realizem individualmente, fazendo-os perceber o ponto de referência que se coloca no caminho. Após, oriente que confrontem suas respostas com um colega. O professor deve realizar intervenções, circulando pela sala de aula, ouvindo, questionando e oportunizando reflexões sobre suas respostas, validando suas hipóteses.

Propósito: Utilizar a imaginação e linguagem verbal e não verbal para desenvolver noções de direção a partir de diferentes pontos de referência.

Discuta com a turma:

  • Você escolheria o caminho 1, 2 ou 3? Explique o trajeto e as direções que deve seguir.
  • Os elementos que aparecem no caminho facilitaram ou dificultaram a sua escolha?
  • É a mesma escolha do seu colega da esquerda?
  • Você percebeu a posição dos objetos e obstáculos em cada trajeto? Observou se estão localizados à direita ou à esquerda?
  • A bola mudou de lugar? O que mudou em relação à bola no caminho de ida e de volta?

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientação: Há várias possibilidades para analisar as respostas dos alunos considerando os pontos de referência e os deslocamentos. Pode acontecer de responderem “vai, daí vira e vai” ou “vai reto até encontrar a vaca no caminho daí vira” sem utilizar o vocabulário adequado ao deslocamento e posicionamento dos elementos de referência.

É importante que o professor esteja atento às descrições dos alunos, percebendo a utilização dos termos à direita, à esquerda, em frente, acima, abaixo… Neste sentido, é preciso fazer questionamentos, como “Explique para mim: antes de chegar na vaquinha, você precisa mudar de direção e vai escolher à direita ou à esquerda?” ou “A árvore é um obstáculo ou é uma referência?”

Propósito: Apresentar diferentes alternativas para descrever os deslocamentos nos diferentes caminhos.

Discuta com a turma:

  • Ao escolher o caminho 1, acha que há muitos obstáculos? É um caminho fácil ou difícil de seguir? O que dificultou ou facilitou?
  • Ao descrever os caminhos 2 e 3, vocês acham que conseguiriam chegar facilmente na escola prestando atenção nas direções que os colegas explicaram?

Materiais Complementares:

Resolução da Atividade Principal

Tempo sugerido: 4 minutos.

Orientação: Encerre a atividade fazendo-os entender que o deslocamento de pessoas e objetos mudam as direções e sentidos.

Propósito: Compreender as diferentes posições por meio do deslocamento e pontos de referência.

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientações: Como já foi apresentada a história “Se eu fosse muito magrinho”, a qual permite vivenciar diferentes espaços e conceitos, e ainda descreve que sempre há coisas esquecidas em cima dos armários, nesta atividade, o professor entrega uma folha a cada aluno, faz a leitura em voz alta, considerando que pode haver alunos não leitores, explica que devem descrever individualmente a localização de cada objeto utilizando os termos: à direita, à esquerda, acima, abaixo, entre outros que considerar importante para identificar a localização dos objetos. O professor deve circular entre todos para perceber seus avanços, fazendo algumas perguntas para perceber se os objetivos da atividade foram atingidos. Desta forma, pretende-se analisar se os mesmos conseguem compreender e interpretar a solicitação, utilizando um dado ponto de referência.

Propósito: Localizar objetos a partir de um ponto de referência.

Discuta com a turma:

  • Observe se na sua sala de aula tem um armário. Há coisas em cima dele?
  • Você acha que podem ser esquecidas coisas embaixo do armário?
  • Há objetos no lado esquerdo e/ou direito? Quais?

Materiais Complementares:

Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade Complementar

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Sonia Antunes Caregnato

Mentor: Cibele Diogo Kimura

Especialista de área: Pricilla Cristina Mendes Cerqueira

Habilidade da BNCC

(EF02MA12) Identificar e registrar, em linguagem verbal ou não verbal, a localização e os deslocamentos de pessoas e de objetos no espaço, considerando mais de um ponto de referência e indicar as mudanças de direção e de sentido.

Objetivos específicos

Relacionar pessoas e objetos em diferentes posições, direção e sentido.

Conceitos-chave

Localização e deslocamentos.

Recursos necessários

  • Folha de papel A4 branca;
  • Livro de literatura “Se eu fosse muito magrinho” (autor António Mota, ilustrador Rui Castro);
  • Lápis e borracha;
  • Bola;
  • Giz escolar;
  • Materiais escolares: mochila, régua, caderno, estojo, etc.;
  • Palitos de picolé;
  • Atividades impressas em folhas, coladas no caderno ou não.

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

AULAS DESSA UNIDADE:

AULA 03

Diferentes espaços e direções

VOCÊ ESTÁ AQUI

AULAS DESSA DISCIPLINA:

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes