17055
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 4º ano > Transformações e permanências nas trajetórias dos grupos humanos

Plano de aula - As comunidades quilombolas e seus modos de vida com o passar dos tempo

Plano de aula de História com atividades para 4º ano do EF sobre As comunidades quilombolas e seus modos de vida com o passar dos tempo

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Aline Soares Silva

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide, em específico, não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Nele serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF04HI03 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de um período, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Cartolina, massinha, sucata, caneta hidrocor, revistas, jornais.

Material complementar: Links relativos aos materiais complementares citados no plano:

Problematização - Texto de trabalho - https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

Para saber mais sobre as diferentes comunidades quilombolas no Brasil, leia: http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&view=article&id=857:quilombolas&catid=51:letra-q (Acesso em 4 de abril de 2019)

Para ler a reportagem completa sobre os quilombolas de Presidente Kennedy acese:

https://www.presidentekennedy.es.gov.br/noticia/ler/1601/comunidades-quilombolas-mantem-viva-tradicao-e-cultura-negra-em-presidente-kennedy (Acesso em 4 de abril de 2019)

Para saber mais sobre os quilombolas acesse: https://terradedireitos.org.br/acoes/quilombolas/8 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Acesse o site: http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga, para saber mais sobre a comunidade kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Acesse o site: https://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/05/2017/comunidades-quilombolas-mantem-viva-tradicao-e-cultura-negra-em-presidente-kennedy

para saber sobre as comunidades de Presidente kennedy (Acesso em 4 de abril de 2019)

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete o slide para os alunos, caso não possua projetor ele poderá ser impresso, escrito no quadro ou lido para a turma. Faça a leitura conjunta e peça aos alunos que reflitam sobre o termo quilombola. Pergunte se todos conhecem o nome e sua derivação. Possibilite que os alunos levantem hipóteses nesse momento.

Chame atenção do grupo para a existência de dessas comunidades (quilombolas) em vários estados brasileiros e explique que na aula de hoje conhecerão um pouco mais sobre elas.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Organize seus alunos em semicírculo e projete a imagem. Peça aos alunos que respondam a questão proposta no slide a partir do detalhamento da foto. Faça alguns questionamentos:

Vocês sabem quem são os quilombolas?

Onde vivem?

Como vivem?

Como se vestem?

Onde ficam suas casas?

Essas casas se parecem com as que vocês conhecem?

Explore ao máximo a foto e as informações que os alunos possam oferecer a partir de sua leitura. É esperado que eles concluam que os quilombolas são pessoas comuns, que vivem como qualquer pessoa, em moradias que eles conhecem. Caso os alunos já tenham estudado sobre a história do Brasil e se lembrem dos quilombos, explore o sentido da palavra quilombola e de onde ela deriva.

Não dê respostas ao grupo e na sequência apresente as imagens do próximo slide.

Ao projetar as imagens, explore as personagens das fotos, suas ações, aparência, vestimenta, etc. Leve os alunos a entenderem que as pessoas retratadas vivem como qualquer pessoa da sua cidade, seja por meio do pequeno comércio (foto), de festas típicas (foto), agricultura, trabalhos formais ou informais, etc.

Nesse momento, os alunos levantarão hipóteses sobre a origem desses povos. Explique aos alunos que os quilombolas são descendentes dos povos africanos que foram trazidos à força para o Brasil para serem escravizados.

Fonte da imagens:

1 - Disponível em:

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/86/Quilombolas_amapa.jpg

Acesso em: 07/02/2019

2 - Disponível em: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d2/Quilombolas_de_Goi%C3%A1s_%2816263414525%29.jpg

Acesso em: 07/02/2019

3- Disponível em:https://www.flickr.com/photos/pacgov/15767781472

Acesso em: 07/02/2019

Para você saber mais: http://geografia.seed.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=47 (Acesso em 4 de abril de 2019)

http://www.dominiopublico.gov.br/download/video/me004838.mp4 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Organize seus alunos em semicírculo e projete a imagem. Peça aos alunos que respondam a questão proposta no slide a partir do detalhamento da foto. Faça alguns questionamentos:

Vocês sabem quem são os quilombolas?

Onde vivem?

Como vivem?

Como se vestem?

Onde ficam suas casas?

Essas casas se parecem com as que vocês conhecem?

Explore ao máximo a foto e as informações que os alunos possam oferecer a partir de sua leitura. É esperado que eles concluam que os quilombolas são pessoas comuns, que vivem como qualquer pessoa, em moradias que eles conhecem. Caso os alunos já tenham estudado sobre a história do Brasil e se lembrem dos quilombos, explore o sentido da palavra quilombola e de onde ela deriva.

Não dê respostas ao grupo e na sequência apresente as imagens do próximo slide.

Ao projetar as imagens, explore as personagens das fotos, suas ações, aparência, vestimenta, etc. Leve os alunos a entenderem que as pessoas retratadas vivem como qualquer pessoa da sua cidade, seja por meio do pequeno comércio (foto), de festas típicas (foto), agricultura, trabalhos formais ou informais, etc.

Nesse momento, os alunos levantarão hipóteses sobre a origem desses povos. Explique aos alunos que os quilombolas são descendentes dos povos africanos que foram trazidos à força para o Brasil para serem escravizados.

Fonte da imagens:

1 - Disponível em:

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/86/Quilombolas_amapa.jpg

Acesso em: 07/02/2019

2 - Disponível em: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d2/Quilombolas_de_Goi%C3%A1s_%2816263414525%29.jpg

Acesso em: 07/02/2019

3- Disponível em:https://www.flickr.com/photos/pacgov/15767781472

Acesso em: 07/02/2019

Para você saber mais: http://geografia.seed.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=47 (Acesso em 4 de abril de 2019)

http://www.dominiopublico.gov.br/download/video/me004838.mp4 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Projete o vídeo do slide para os alunos acessando o link:

https://www.youtube.com/watch?v=fGUFwFYx46s&t=221s

Acesso em: 07/02/2019

Explique que por meio do vídeo eles conhecerão um pouco da origem dos povos africanos escravizados, que foram trazidos para o Brasil na época da colonização. Desses povos africanos, vieram as pessoas que hoje são chamadas afrodescendentes. Pelo vídeo é possível conhecer um pouco da história desse povo e também sobre a formação dos primeiros quilombos.

Neste momento não dê muitas informações ao grupo. Ao finalizar o vídeo abra uma discussão:

Quem são as pessoas que aparecem no vídeo?

Elas ainda vivem da mesma forma?

Vocês viram que essas pessoas se organizavam em quilombos? Qual a relação dos quilombos com os quilombolas que vimos no slide anterior?

Há escravidão no Brasil nos dias de hoje?

Como vivem os quilombolas?

Deixe que os alunos levantem hipóteses e esclareça as dúvidas quando surgirem. É possível que associem quilombo à quilombola dando o mesmo sentido para a organização dos afrodescendentes ontem e hoje. Nesse momento explique que as comunidades quilombolas hoje vivem de forma livre, de maneira a manter seus costumes e tradições.

Explique que os quilombolas existem, pois eles são parte da população que descende diretamente dos africanos que foram escravizados. É importante ressaltar ao grupo que um quilombo é bem diferente de uma comunidade quilombola, pois nos dias de hoje, felizmente não há escravidão e as pessoas não precisam fugir para os aldeamentos.

É importante esclarecer o termo “escravo” que aparece em 3 momentos do vídeo, foi empregado de forma incorreta. Explique aos alunos que são pessoas em condição escrava, ou seja, eram obrigados a exercer trabalhos pesados sem qualquer remuneração ou valorização.

Para saber mais sobre as diferentes comunidades quilombolas no Brasil, leia: http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&view=article&id=857:quilombolas&catid=51:letra-q (Acesso em 4 de abril de 2019)

Explique ao grupo que após assistirem ao vídeo eles conhecerão sobre duas comunidades quilombola e um pouco de suas tradições. Em função disso, devem ficar muito atentos a alguns critérios para identificar elementos das culturas africanas que ainda estão presentes na vida dessas comunidades.

Antes de iniciar a atividade explique ao grupo que as comunidades quilombolas que serão apresentadas nas aula estão localizadas em dois municípios brasileiros: Presidente Kennedy (Espírito Santo) e Cavalcante, Monte Alegre e Teresina de Goiás (Goiás). Esses municípios se dividem em áreas rurais e urbanas. As comunidades quilombolas se encontram no interior dos municípios ocupando os espaços rurais. É comum que essas comunidades se alojem em meio a áreas rurais, até mesmo para cultivarem costumes antigos. Mas explique aos grupo que nem todas as comunidades se alojam somente em espaços rurais, algumas delas podem se localizar em regiões mais periféricas das cidades.

Na sequência, projete o slide que conta sobre os quilombolas de Goiás.

Em seguida entregue o texto de trabalho da comunidade de Presidente Kennedy. Imprima aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Forme duplas e peça aos alunos que discutam sobre os materiais apresentados. Entregue para cada dupla de alunos uma folha para registro.

Cada dupla deve acessar os materiais disponíveis e escolher um deles para trabalhar.

1- Vídeo - Maior comunidade quilombola do Brasil - O que fazer?

Caso não seja possível projetar o vídeo, leia a reportagem sobre o quilombo Kalunga para seus alunos:

http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Peça aos alunos que percebam as semelhanças nas moradias, as condições de trabalho, criação de projetos de sustentabilidade e infraestrutura.

Analisem sobre quem são essas pessoas, como vivem e se relacionam com as demais comunidades do município.

Como podem contribuir com o município onde moram e como as cidades podem contribuir com eles?

Qual a tradição que essa comunidade quilombola mantém?

Por que para eles (quilombolas) é importante viver juntos?

Como vivem os povos do quilombo Kalunga?

O que é ser quilombola?

2- Texto sobre a comunidade de Presidente Kennedy - O que fazer?

Link de acesso para texto - https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Leia outra fonte para seus alunos com informações sobre essa comunidade: https://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/05/2017/comunidades-quilombolas-mantem-viva-tradicao-e-cultura-negra-em-presidente-kennedy (Acesso em 4 de abril de 2019)

Por que é importante para os quilombolas viverem em sociedade, com pessoas que descendem dos povos de mesma etnia?

Como eles convivem com os outros povos?

É possível, viver sua cultura e tradições e, ao mesmo tempo, adquirir outros modos de viver?

Explore, com seu grupo, a maneira como essas pessoas escolheram para viver e se organizar. Explique aos grupos que para os quilombolas terem suas comunidades reconhecidas e mantidas é preciso muita luta. Fale aos alunos que essas comunidades se firmam com muita dificuldade, que é necessário esforço coletivo, para terem o direito à terra e ao reconhecimento de suas origens. E somente dessa forma conseguem manter vivas suas tradições. É importante salientar que a cultura africana está fortemente enraizada na cultura brasileira, seja na culinária, religiosidade, nas palavras de origem africana, nas comidas, festas, música, etc.

Os quilombolas resistem, pois, assim como indígenas, necessitam de espaço para assim manter vivos seus costumes. Isso não significa que não adquiram hábitos culturais de outros povos, mas que preservam vivos aspectos culturais importantes de seus antepassados.

Fale da dificuldade de aceitação dessas pessoas em muitos lugares por onde passam, justamente por escolher viver de modo parecido com seus antepassados. Trate do racismo que ainda permeia a sociedade e dos prováveis problemas pelos quais essas pessoas passam, por se organizarem e viverem de uma forma que, pela manutenção de muitos costumes, acaba se diferenciando da maioria das pessoas que vivem nas cidades. Explique aos alunos que mesmo após muitos anos, as religiões de origem africanas ainda não têm boa aceitação entre muitos brasileiros, e com isso, quando os quilombolas professam sua fé, em muitos momentos sofrem preconceito.

Ao final das discussões, cada dupla deve ter seu registro realizado de acordo com a comunidade escolhida.

Para saber mais: Para saber mais sobre os quilombolas acesse: https://terradedireitos.org.br/acoes/quilombolas/8 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Acesse o site: http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga, para saber mais sobre a comunidade kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Projete o vídeo do slide para os alunos acessando o link:

https://www.youtube.com/watch?v=fGUFwFYx46s&t=221s

Acesso em: 07/02/2019

Explique que por meio do vídeo eles conhecerão um pouco da origem dos povos africanos escravizados, que foram trazidos para o Brasil na época da colonização. Desses povos africanos, vieram as pessoas que hoje são chamadas afrodescendentes. Pelo vídeo é possível conhecer um pouco da história desse povo e também sobre a formação dos primeiros quilombos.

Neste momento não dê muitas informações ao grupo. Ao finalizar o vídeo abra uma discussão:

Quem são as pessoas que aparecem no vídeo?

Elas ainda vivem da mesma forma?

Vocês viram que essas pessoas se organizavam em quilombos? Qual a relação dos quilombos com os quilombolas que vimos no slide anterior?

Há escravidão no Brasil nos dias de hoje?

Como vivem os quilombolas?

Deixe que os alunos levantem hipóteses e esclareça as dúvidas quando surgirem. É possível que associem quilombo à quilombola dando o mesmo sentido para a organização dos afrodescendentes ontem e hoje. Nesse momento explique que as comunidades quilombolas hoje vivem de forma livre, de maneira a manter seus costumes e tradições.

Explique que os quilombolas existem, pois eles são parte da população que descende diretamente dos africanos que foram escravizados. É importante ressaltar ao grupo que um quilombo é bem diferente de uma comunidade quilombola, pois nos dias de hoje, felizmente não há escravidão e as pessoas não precisam fugir para os aldeamentos.

É importante esclarecer o termo “escravo” que aparece em 3 momentos do vídeo, foi empregado de forma incorreta. Explique aos alunos que são pessoas em condição escrava, ou seja, eram obrigados a exercer trabalhos pesados sem qualquer remuneração ou valorização.

Para saber mais sobre as diferentes comunidades quilombolas no Brasil, leia: http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&view=article&id=857:quilombolas&catid=51:letra-q (Acesso em 4 de abril de 2019)

Explique ao grupo que após assistirem ao vídeo eles conhecerão sobre duas comunidades quilombola e um pouco de suas tradições. Em função disso, devem ficar muito atentos a alguns critérios para identificar elementos das culturas africanas que ainda estão presentes na vida dessas comunidades.

Antes de iniciar a atividade explique ao grupo que as comunidades quilombolas que serão apresentadas nas aula estão localizadas em dois municípios brasileiros: Presidente Kennedy (Espírito Santo) e Cavalcante, Monte Alegre e Teresina de Goiás (Goiás). Esses municípios se dividem em áreas rurais e urbanas. As comunidades quilombolas se encontram no interior dos municípios ocupando os espaços rurais. É comum que essas comunidades se alojem em meio a áreas rurais, até mesmo para cultivarem costumes antigos. Mas explique aos grupo que nem todas as comunidades se alojam somente em espaços rurais, algumas delas podem se localizar em regiões mais periféricas das cidades.

Na sequência, projete o slide que conta sobre os quilombolas de Goiás.

Em seguida entregue o texto de trabalho da comunidade de Presidente Kennedy. Imprima aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Forme duplas e peça aos alunos que discutam sobre os materiais apresentados. Entregue para cada dupla de alunos uma folha para registro.

Cada dupla deve acessar os materiais disponíveis e escolher um deles para trabalhar.

1- Vídeo - Maior comunidade quilombola do Brasil - O que fazer?

Caso não seja possível projetar o vídeo, leia a reportagem sobre o quilombo Kalunga para seus alunos:

http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Peça aos alunos que percebam as semelhanças nas moradias, as condições de trabalho, criação de projetos de sustentabilidade e infraestrutura.

Analisem sobre quem são essas pessoas, como vivem e se relacionam com as demais comunidades do município.

Como podem contribuir com o município onde moram e como as cidades podem contribuir com eles?

Qual a tradição que essa comunidade quilombola mantém?

Por que para eles (quilombolas) é importante viver juntos?

Como vivem os povos do quilombo Kalunga?

O que é ser quilombola?

2- Texto sobre a comunidade de Presidente Kennedy - O que fazer?

Link de acesso para texto - https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Leia outra fonte para seus alunos com informações sobre essa comunidade: https://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/05/2017/comunidades-quilombolas-mantem-viva-tradicao-e-cultura-negra-em-presidente-kennedy (Acesso em 4 de abril de 2019)

Por que é importante para os quilombolas viverem em sociedade, com pessoas que descendem dos povos de mesma etnia?

Como eles convivem com os outros povos?

É possível, viver sua cultura e tradições e, ao mesmo tempo, adquirir outros modos de viver?

Explore, com seu grupo, a maneira como essas pessoas escolheram para viver e se organizar. Explique aos grupos que para os quilombolas terem suas comunidades reconhecidas e mantidas é preciso muita luta. Fale aos alunos que essas comunidades se firmam com muita dificuldade, que é necessário esforço coletivo, para terem o direito à terra e ao reconhecimento de suas origens. E somente dessa forma conseguem manter vivas suas tradições. É importante salientar que a cultura africana está fortemente enraizada na cultura brasileira, seja na culinária, religiosidade, nas palavras de origem africana, nas comidas, festas, música, etc.

Os quilombolas resistem, pois, assim como indígenas, necessitam de espaço para assim manter vivos seus costumes. Isso não significa que não adquiram hábitos culturais de outros povos, mas que preservam vivos aspectos culturais importantes de seus antepassados.

Fale da dificuldade de aceitação dessas pessoas em muitos lugares por onde passam, justamente por escolher viver de modo parecido com seus antepassados. Trate do racismo que ainda permeia a sociedade e dos prováveis problemas pelos quais essas pessoas passam, por se organizarem e viverem de uma forma que, pela manutenção de muitos costumes, acaba se diferenciando da maioria das pessoas que vivem nas cidades. Explique aos alunos que mesmo após muitos anos, as religiões de origem africanas ainda não têm boa aceitação entre muitos brasileiros, e com isso, quando os quilombolas professam sua fé, em muitos momentos sofrem preconceito.

Ao final das discussões, cada dupla deve ter seu registro realizado de acordo com a comunidade escolhida.

Para saber mais: Para saber mais sobre os quilombolas acesse: https://terradedireitos.org.br/acoes/quilombolas/8 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Acesse o site: http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga, para saber mais sobre a comunidade kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Projete o vídeo do slide para os alunos acessando o link:

https://www.youtube.com/watch?v=fGUFwFYx46s&t=221s

Acesso em: 07/02/2019

Explique que por meio do vídeo eles conhecerão um pouco da origem dos povos africanos escravizados, que foram trazidos para o Brasil na época da colonização. Desses povos africanos, vieram as pessoas que hoje são chamadas afrodescendentes. Pelo vídeo é possível conhecer um pouco da história desse povo e também sobre a formação dos primeiros quilombos.

Neste momento não dê muitas informações ao grupo. Ao finalizar o vídeo abra uma discussão:

Quem são as pessoas que aparecem no vídeo?

Elas ainda vivem da mesma forma?

Vocês viram que essas pessoas se organizavam em quilombos? Qual a relação dos quilombos com os quilombolas que vimos no slide anterior?

Há escravidão no Brasil nos dias de hoje?

Como vivem os quilombolas?

Deixe que os alunos levantem hipóteses e esclareça as dúvidas quando surgirem. É possível que associem quilombo à quilombola dando o mesmo sentido para a organização dos afrodescendentes ontem e hoje. Nesse momento explique que as comunidades quilombolas hoje vivem de forma livre, de maneira a manter seus costumes e tradições.

Explique que os quilombolas existem, pois eles são parte da população que descende diretamente dos africanos que foram escravizados. É importante ressaltar ao grupo que um quilombo é bem diferente de uma comunidade quilombola, pois nos dias de hoje, felizmente não há escravidão e as pessoas não precisam fugir para os aldeamentos.

É importante esclarecer o termo “escravo” que aparece em 3 momentos do vídeo, foi empregado de forma incorreta. Explique aos alunos que são pessoas em condição escrava, ou seja, eram obrigados a exercer trabalhos pesados sem qualquer remuneração ou valorização.

Para saber mais sobre as diferentes comunidades quilombolas no Brasil, leia: http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&view=article&id=857:quilombolas&catid=51:letra-q (Acesso em 4 de abril de 2019)

Explique ao grupo que após assistirem ao vídeo eles conhecerão sobre duas comunidades quilombola e um pouco de suas tradições. Em função disso, devem ficar muito atentos a alguns critérios para identificar elementos das culturas africanas que ainda estão presentes na vida dessas comunidades.

Antes de iniciar a atividade explique ao grupo que as comunidades quilombolas que serão apresentadas nas aula estão localizadas em dois municípios brasileiros: Presidente Kennedy (Espírito Santo) e Cavalcante, Monte Alegre e Teresina de Goiás (Goiás). Esses municípios se dividem em áreas rurais e urbanas. As comunidades quilombolas se encontram no interior dos municípios ocupando os espaços rurais. É comum que essas comunidades se alojem em meio a áreas rurais, até mesmo para cultivarem costumes antigos. Mas explique aos grupo que nem todas as comunidades se alojam somente em espaços rurais, algumas delas podem se localizar em regiões mais periféricas das cidades.

Na sequência, projete o slide que conta sobre os quilombolas de Goiás.

Em seguida entregue o texto de trabalho da comunidade de Presidente Kennedy. Imprima aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Forme duplas e peça aos alunos que discutam sobre os materiais apresentados. Entregue para cada dupla de alunos uma folha para registro.

Cada dupla deve acessar os materiais disponíveis e escolher um deles para trabalhar.

1- Vídeo - Maior comunidade quilombola do Brasil - O que fazer?

Caso não seja possível projetar o vídeo, leia a reportagem sobre o quilombo Kalunga para seus alunos:

http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Peça aos alunos que percebam as semelhanças nas moradias, as condições de trabalho, criação de projetos de sustentabilidade e infraestrutura.

Analisem sobre quem são essas pessoas, como vivem e se relacionam com as demais comunidades do município.

Como podem contribuir com o município onde moram e como as cidades podem contribuir com eles?

Qual a tradição que essa comunidade quilombola mantém?

Por que para eles (quilombolas) é importante viver juntos?

Como vivem os povos do quilombo Kalunga?

O que é ser quilombola?

2- Texto sobre a comunidade de Presidente Kennedy - O que fazer?

Link de acesso para texto - https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Leia outra fonte para seus alunos com informações sobre essa comunidade: https://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/05/2017/comunidades-quilombolas-mantem-viva-tradicao-e-cultura-negra-em-presidente-kennedy (Acesso em 4 de abril de 2019)

Por que é importante para os quilombolas viverem em sociedade, com pessoas que descendem dos povos de mesma etnia?

Como eles convivem com os outros povos?

É possível, viver sua cultura e tradições e, ao mesmo tempo, adquirir outros modos de viver?

Explore, com seu grupo, a maneira como essas pessoas escolheram para viver e se organizar. Explique aos grupos que para os quilombolas terem suas comunidades reconhecidas e mantidas é preciso muita luta. Fale aos alunos que essas comunidades se firmam com muita dificuldade, que é necessário esforço coletivo, para terem o direito à terra e ao reconhecimento de suas origens. E somente dessa forma conseguem manter vivas suas tradições. É importante salientar que a cultura africana está fortemente enraizada na cultura brasileira, seja na culinária, religiosidade, nas palavras de origem africana, nas comidas, festas, música, etc.

Os quilombolas resistem, pois, assim como indígenas, necessitam de espaço para assim manter vivos seus costumes. Isso não significa que não adquiram hábitos culturais de outros povos, mas que preservam vivos aspectos culturais importantes de seus antepassados.

Fale da dificuldade de aceitação dessas pessoas em muitos lugares por onde passam, justamente por escolher viver de modo parecido com seus antepassados. Trate do racismo que ainda permeia a sociedade e dos prováveis problemas pelos quais essas pessoas passam, por se organizarem e viverem de uma forma que, pela manutenção de muitos costumes, acaba se diferenciando da maioria das pessoas que vivem nas cidades. Explique aos alunos que mesmo após muitos anos, as religiões de origem africanas ainda não têm boa aceitação entre muitos brasileiros, e com isso, quando os quilombolas professam sua fé, em muitos momentos sofrem preconceito.

Ao final das discussões, cada dupla deve ter seu registro realizado de acordo com a comunidade escolhida.

Para saber mais: Para saber mais sobre os quilombolas acesse: https://terradedireitos.org.br/acoes/quilombolas/8 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Acesse o site: http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga, para saber mais sobre a comunidade kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Explique aos alunos que agora eles deverão apresentar para todo o grupo o que aprenderam. Peça para que se organizem em dois grandes grupos. Um grupo representará, por meio de diferentes materiais, o que aprenderam sobre a comunidade Kalunga de Goiás e o outro sobre a comunidade de Presidente Kennedy. Cada grupo deve utilizar os materiais disponíveis: caneta hidrocor, revistas, cartolina, jornais, massinha, cartolina, etc. Os grupos podem fazer cartazes, mapas mentais, história em quadrinhos… Caso queira, sugira outro tipo de registro.

Faça com os grupos uma chuva de ideias e peça para que registrem as ideias principais, levantando as frases e palavras essenciais sobre as comunidades a serem representadas. Após as ideias, eles podem colar imagens, desenhar figuras, fazer desenhos em 3 d com as massinhas, etc.

Ressalte que devem representar a importância da manutenção das culturas desses povos. Lembre aos alunos sobre a importância da manutenção da cultura dos antepassados para os povos afrodescendentes. Fale das contribuições desse povo, da religiosidade, da culinária, das danças, música etc. Explique que esses aspectos podem estar evidenciados nos materiais de apresentação.

Devem ser levados em consideração a importância desses grupos viverem próximos às comunidades locais, de modo que se difundam os costumes, hábitos, relações de trabalho e tradições.

Explique aos alunos que os afrodescendentes foram essenciais para a construção de nosso país, portanto devem ser valorizados e sua cultura mantida, pois parte dela, na verdade foi apropriada pelos povos de outras etnias. Peça ao grupo para pensar sobre os municípios que acomodam comunidades como as que eles conheceram. O que teria nessas cidades? Peça para representarem.

Ao final dos trabalhos, cada grupo deve apresentar os materiais produzidos sobre a comunidade quilombola com a qual trabalhou.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide, em específico, não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Nele serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF04HI03 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de um período, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Cartolina, massinha, sucata, caneta hidrocor, revistas, jornais.

Material complementar: Links relativos aos materiais complementares citados no plano:

Problematização - Texto de trabalho - https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

Para saber mais sobre as diferentes comunidades quilombolas no Brasil, leia: http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&view=article&id=857:quilombolas&catid=51:letra-q (Acesso em 4 de abril de 2019)

Para ler a reportagem completa sobre os quilombolas de Presidente Kennedy acese:

https://www.presidentekennedy.es.gov.br/noticia/ler/1601/comunidades-quilombolas-mantem-viva-tradicao-e-cultura-negra-em-presidente-kennedy (Acesso em 4 de abril de 2019)

Para saber mais sobre os quilombolas acesse: https://terradedireitos.org.br/acoes/quilombolas/8 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Acesse o site: http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga, para saber mais sobre a comunidade kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Acesse o site: https://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/05/2017/comunidades-quilombolas-mantem-viva-tradicao-e-cultura-negra-em-presidente-kennedy

para saber sobre as comunidades de Presidente kennedy (Acesso em 4 de abril de 2019)

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete o slide para os alunos, caso não possua projetor ele poderá ser impresso, escrito no quadro ou lido para a turma. Faça a leitura conjunta e peça aos alunos que reflitam sobre o termo quilombola. Pergunte se todos conhecem o nome e sua derivação. Possibilite que os alunos levantem hipóteses nesse momento.

Chame atenção do grupo para a existência de dessas comunidades (quilombolas) em vários estados brasileiros e explique que na aula de hoje conhecerão um pouco mais sobre elas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Organize seus alunos em semicírculo e projete a imagem. Peça aos alunos que respondam a questão proposta no slide a partir do detalhamento da foto. Faça alguns questionamentos:

Vocês sabem quem são os quilombolas?

Onde vivem?

Como vivem?

Como se vestem?

Onde ficam suas casas?

Essas casas se parecem com as que vocês conhecem?

Explore ao máximo a foto e as informações que os alunos possam oferecer a partir de sua leitura. É esperado que eles concluam que os quilombolas são pessoas comuns, que vivem como qualquer pessoa, em moradias que eles conhecem. Caso os alunos já tenham estudado sobre a história do Brasil e se lembrem dos quilombos, explore o sentido da palavra quilombola e de onde ela deriva.

Não dê respostas ao grupo e na sequência apresente as imagens do próximo slide.

Ao projetar as imagens, explore as personagens das fotos, suas ações, aparência, vestimenta, etc. Leve os alunos a entenderem que as pessoas retratadas vivem como qualquer pessoa da sua cidade, seja por meio do pequeno comércio (foto), de festas típicas (foto), agricultura, trabalhos formais ou informais, etc.

Nesse momento, os alunos levantarão hipóteses sobre a origem desses povos. Explique aos alunos que os quilombolas são descendentes dos povos africanos que foram trazidos à força para o Brasil para serem escravizados.

Fonte da imagens:

1 - Disponível em:

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/86/Quilombolas_amapa.jpg

Acesso em: 07/02/2019

2 - Disponível em: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d2/Quilombolas_de_Goi%C3%A1s_%2816263414525%29.jpg

Acesso em: 07/02/2019

3- Disponível em:https://www.flickr.com/photos/pacgov/15767781472

Acesso em: 07/02/2019

Para você saber mais: http://geografia.seed.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=47 (Acesso em 4 de abril de 2019)

http://www.dominiopublico.gov.br/download/video/me004838.mp4 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Organize seus alunos em semicírculo e projete a imagem. Peça aos alunos que respondam a questão proposta no slide a partir do detalhamento da foto. Faça alguns questionamentos:

Vocês sabem quem são os quilombolas?

Onde vivem?

Como vivem?

Como se vestem?

Onde ficam suas casas?

Essas casas se parecem com as que vocês conhecem?

Explore ao máximo a foto e as informações que os alunos possam oferecer a partir de sua leitura. É esperado que eles concluam que os quilombolas são pessoas comuns, que vivem como qualquer pessoa, em moradias que eles conhecem. Caso os alunos já tenham estudado sobre a história do Brasil e se lembrem dos quilombos, explore o sentido da palavra quilombola e de onde ela deriva.

Não dê respostas ao grupo e na sequência apresente as imagens do próximo slide.

Ao projetar as imagens, explore as personagens das fotos, suas ações, aparência, vestimenta, etc. Leve os alunos a entenderem que as pessoas retratadas vivem como qualquer pessoa da sua cidade, seja por meio do pequeno comércio (foto), de festas típicas (foto), agricultura, trabalhos formais ou informais, etc.

Nesse momento, os alunos levantarão hipóteses sobre a origem desses povos. Explique aos alunos que os quilombolas são descendentes dos povos africanos que foram trazidos à força para o Brasil para serem escravizados.

Fonte da imagens:

1 - Disponível em:

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/86/Quilombolas_amapa.jpg

Acesso em: 07/02/2019

2 - Disponível em: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d2/Quilombolas_de_Goi%C3%A1s_%2816263414525%29.jpg

Acesso em: 07/02/2019

3- Disponível em:https://www.flickr.com/photos/pacgov/15767781472

Acesso em: 07/02/2019

Para você saber mais: http://geografia.seed.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=47 (Acesso em 4 de abril de 2019)

http://www.dominiopublico.gov.br/download/video/me004838.mp4 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Projete o vídeo do slide para os alunos acessando o link:

https://www.youtube.com/watch?v=fGUFwFYx46s&t=221s

Acesso em: 07/02/2019

Explique que por meio do vídeo eles conhecerão um pouco da origem dos povos africanos escravizados, que foram trazidos para o Brasil na época da colonização. Desses povos africanos, vieram as pessoas que hoje são chamadas afrodescendentes. Pelo vídeo é possível conhecer um pouco da história desse povo e também sobre a formação dos primeiros quilombos.

Neste momento não dê muitas informações ao grupo. Ao finalizar o vídeo abra uma discussão:

Quem são as pessoas que aparecem no vídeo?

Elas ainda vivem da mesma forma?

Vocês viram que essas pessoas se organizavam em quilombos? Qual a relação dos quilombos com os quilombolas que vimos no slide anterior?

Há escravidão no Brasil nos dias de hoje?

Como vivem os quilombolas?

Deixe que os alunos levantem hipóteses e esclareça as dúvidas quando surgirem. É possível que associem quilombo à quilombola dando o mesmo sentido para a organização dos afrodescendentes ontem e hoje. Nesse momento explique que as comunidades quilombolas hoje vivem de forma livre, de maneira a manter seus costumes e tradições.

Explique que os quilombolas existem, pois eles são parte da população que descende diretamente dos africanos que foram escravizados. É importante ressaltar ao grupo que um quilombo é bem diferente de uma comunidade quilombola, pois nos dias de hoje, felizmente não há escravidão e as pessoas não precisam fugir para os aldeamentos.

É importante esclarecer o termo “escravo” que aparece em 3 momentos do vídeo, foi empregado de forma incorreta. Explique aos alunos que são pessoas em condição escrava, ou seja, eram obrigados a exercer trabalhos pesados sem qualquer remuneração ou valorização.

Para saber mais sobre as diferentes comunidades quilombolas no Brasil, leia: http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&view=article&id=857:quilombolas&catid=51:letra-q (Acesso em 4 de abril de 2019)

Explique ao grupo que após assistirem ao vídeo eles conhecerão sobre duas comunidades quilombola e um pouco de suas tradições. Em função disso, devem ficar muito atentos a alguns critérios para identificar elementos das culturas africanas que ainda estão presentes na vida dessas comunidades.

Antes de iniciar a atividade explique ao grupo que as comunidades quilombolas que serão apresentadas nas aula estão localizadas em dois municípios brasileiros: Presidente Kennedy (Espírito Santo) e Cavalcante, Monte Alegre e Teresina de Goiás (Goiás). Esses municípios se dividem em áreas rurais e urbanas. As comunidades quilombolas se encontram no interior dos municípios ocupando os espaços rurais. É comum que essas comunidades se alojem em meio a áreas rurais, até mesmo para cultivarem costumes antigos. Mas explique aos grupo que nem todas as comunidades se alojam somente em espaços rurais, algumas delas podem se localizar em regiões mais periféricas das cidades.

Na sequência, projete o slide que conta sobre os quilombolas de Goiás.

Em seguida entregue o texto de trabalho da comunidade de Presidente Kennedy. Imprima aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Forme duplas e peça aos alunos que discutam sobre os materiais apresentados. Entregue para cada dupla de alunos uma folha para registro.

Cada dupla deve acessar os materiais disponíveis e escolher um deles para trabalhar.

1- Vídeo - Maior comunidade quilombola do Brasil - O que fazer?

Caso não seja possível projetar o vídeo, leia a reportagem sobre o quilombo Kalunga para seus alunos:

http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Peça aos alunos que percebam as semelhanças nas moradias, as condições de trabalho, criação de projetos de sustentabilidade e infraestrutura.

Analisem sobre quem são essas pessoas, como vivem e se relacionam com as demais comunidades do município.

Como podem contribuir com o município onde moram e como as cidades podem contribuir com eles?

Qual a tradição que essa comunidade quilombola mantém?

Por que para eles (quilombolas) é importante viver juntos?

Como vivem os povos do quilombo Kalunga?

O que é ser quilombola?

2- Texto sobre a comunidade de Presidente Kennedy - O que fazer?

Link de acesso para texto - https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Leia outra fonte para seus alunos com informações sobre essa comunidade: https://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/05/2017/comunidades-quilombolas-mantem-viva-tradicao-e-cultura-negra-em-presidente-kennedy (Acesso em 4 de abril de 2019)

Por que é importante para os quilombolas viverem em sociedade, com pessoas que descendem dos povos de mesma etnia?

Como eles convivem com os outros povos?

É possível, viver sua cultura e tradições e, ao mesmo tempo, adquirir outros modos de viver?

Explore, com seu grupo, a maneira como essas pessoas escolheram para viver e se organizar. Explique aos grupos que para os quilombolas terem suas comunidades reconhecidas e mantidas é preciso muita luta. Fale aos alunos que essas comunidades se firmam com muita dificuldade, que é necessário esforço coletivo, para terem o direito à terra e ao reconhecimento de suas origens. E somente dessa forma conseguem manter vivas suas tradições. É importante salientar que a cultura africana está fortemente enraizada na cultura brasileira, seja na culinária, religiosidade, nas palavras de origem africana, nas comidas, festas, música, etc.

Os quilombolas resistem, pois, assim como indígenas, necessitam de espaço para assim manter vivos seus costumes. Isso não significa que não adquiram hábitos culturais de outros povos, mas que preservam vivos aspectos culturais importantes de seus antepassados.

Fale da dificuldade de aceitação dessas pessoas em muitos lugares por onde passam, justamente por escolher viver de modo parecido com seus antepassados. Trate do racismo que ainda permeia a sociedade e dos prováveis problemas pelos quais essas pessoas passam, por se organizarem e viverem de uma forma que, pela manutenção de muitos costumes, acaba se diferenciando da maioria das pessoas que vivem nas cidades. Explique aos alunos que mesmo após muitos anos, as religiões de origem africanas ainda não têm boa aceitação entre muitos brasileiros, e com isso, quando os quilombolas professam sua fé, em muitos momentos sofrem preconceito.

Ao final das discussões, cada dupla deve ter seu registro realizado de acordo com a comunidade escolhida.

Para saber mais: Para saber mais sobre os quilombolas acesse: https://terradedireitos.org.br/acoes/quilombolas/8 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Acesse o site: http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga, para saber mais sobre a comunidade kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Projete o vídeo do slide para os alunos acessando o link:

https://www.youtube.com/watch?v=fGUFwFYx46s&t=221s

Acesso em: 07/02/2019

Explique que por meio do vídeo eles conhecerão um pouco da origem dos povos africanos escravizados, que foram trazidos para o Brasil na época da colonização. Desses povos africanos, vieram as pessoas que hoje são chamadas afrodescendentes. Pelo vídeo é possível conhecer um pouco da história desse povo e também sobre a formação dos primeiros quilombos.

Neste momento não dê muitas informações ao grupo. Ao finalizar o vídeo abra uma discussão:

Quem são as pessoas que aparecem no vídeo?

Elas ainda vivem da mesma forma?

Vocês viram que essas pessoas se organizavam em quilombos? Qual a relação dos quilombos com os quilombolas que vimos no slide anterior?

Há escravidão no Brasil nos dias de hoje?

Como vivem os quilombolas?

Deixe que os alunos levantem hipóteses e esclareça as dúvidas quando surgirem. É possível que associem quilombo à quilombola dando o mesmo sentido para a organização dos afrodescendentes ontem e hoje. Nesse momento explique que as comunidades quilombolas hoje vivem de forma livre, de maneira a manter seus costumes e tradições.

Explique que os quilombolas existem, pois eles são parte da população que descende diretamente dos africanos que foram escravizados. É importante ressaltar ao grupo que um quilombo é bem diferente de uma comunidade quilombola, pois nos dias de hoje, felizmente não há escravidão e as pessoas não precisam fugir para os aldeamentos.

É importante esclarecer o termo “escravo” que aparece em 3 momentos do vídeo, foi empregado de forma incorreta. Explique aos alunos que são pessoas em condição escrava, ou seja, eram obrigados a exercer trabalhos pesados sem qualquer remuneração ou valorização.

Para saber mais sobre as diferentes comunidades quilombolas no Brasil, leia: http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&view=article&id=857:quilombolas&catid=51:letra-q (Acesso em 4 de abril de 2019)

Explique ao grupo que após assistirem ao vídeo eles conhecerão sobre duas comunidades quilombola e um pouco de suas tradições. Em função disso, devem ficar muito atentos a alguns critérios para identificar elementos das culturas africanas que ainda estão presentes na vida dessas comunidades.

Antes de iniciar a atividade explique ao grupo que as comunidades quilombolas que serão apresentadas nas aula estão localizadas em dois municípios brasileiros: Presidente Kennedy (Espírito Santo) e Cavalcante, Monte Alegre e Teresina de Goiás (Goiás). Esses municípios se dividem em áreas rurais e urbanas. As comunidades quilombolas se encontram no interior dos municípios ocupando os espaços rurais. É comum que essas comunidades se alojem em meio a áreas rurais, até mesmo para cultivarem costumes antigos. Mas explique aos grupo que nem todas as comunidades se alojam somente em espaços rurais, algumas delas podem se localizar em regiões mais periféricas das cidades.

Na sequência, projete o slide que conta sobre os quilombolas de Goiás.

Em seguida entregue o texto de trabalho da comunidade de Presidente Kennedy. Imprima aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Forme duplas e peça aos alunos que discutam sobre os materiais apresentados. Entregue para cada dupla de alunos uma folha para registro.

Cada dupla deve acessar os materiais disponíveis e escolher um deles para trabalhar.

1- Vídeo - Maior comunidade quilombola do Brasil - O que fazer?

Caso não seja possível projetar o vídeo, leia a reportagem sobre o quilombo Kalunga para seus alunos:

http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Peça aos alunos que percebam as semelhanças nas moradias, as condições de trabalho, criação de projetos de sustentabilidade e infraestrutura.

Analisem sobre quem são essas pessoas, como vivem e se relacionam com as demais comunidades do município.

Como podem contribuir com o município onde moram e como as cidades podem contribuir com eles?

Qual a tradição que essa comunidade quilombola mantém?

Por que para eles (quilombolas) é importante viver juntos?

Como vivem os povos do quilombo Kalunga?

O que é ser quilombola?

2- Texto sobre a comunidade de Presidente Kennedy - O que fazer?

Link de acesso para texto - https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Leia outra fonte para seus alunos com informações sobre essa comunidade: https://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/05/2017/comunidades-quilombolas-mantem-viva-tradicao-e-cultura-negra-em-presidente-kennedy (Acesso em 4 de abril de 2019)

Por que é importante para os quilombolas viverem em sociedade, com pessoas que descendem dos povos de mesma etnia?

Como eles convivem com os outros povos?

É possível, viver sua cultura e tradições e, ao mesmo tempo, adquirir outros modos de viver?

Explore, com seu grupo, a maneira como essas pessoas escolheram para viver e se organizar. Explique aos grupos que para os quilombolas terem suas comunidades reconhecidas e mantidas é preciso muita luta. Fale aos alunos que essas comunidades se firmam com muita dificuldade, que é necessário esforço coletivo, para terem o direito à terra e ao reconhecimento de suas origens. E somente dessa forma conseguem manter vivas suas tradições. É importante salientar que a cultura africana está fortemente enraizada na cultura brasileira, seja na culinária, religiosidade, nas palavras de origem africana, nas comidas, festas, música, etc.

Os quilombolas resistem, pois, assim como indígenas, necessitam de espaço para assim manter vivos seus costumes. Isso não significa que não adquiram hábitos culturais de outros povos, mas que preservam vivos aspectos culturais importantes de seus antepassados.

Fale da dificuldade de aceitação dessas pessoas em muitos lugares por onde passam, justamente por escolher viver de modo parecido com seus antepassados. Trate do racismo que ainda permeia a sociedade e dos prováveis problemas pelos quais essas pessoas passam, por se organizarem e viverem de uma forma que, pela manutenção de muitos costumes, acaba se diferenciando da maioria das pessoas que vivem nas cidades. Explique aos alunos que mesmo após muitos anos, as religiões de origem africanas ainda não têm boa aceitação entre muitos brasileiros, e com isso, quando os quilombolas professam sua fé, em muitos momentos sofrem preconceito.

Ao final das discussões, cada dupla deve ter seu registro realizado de acordo com a comunidade escolhida.

Para saber mais: Para saber mais sobre os quilombolas acesse: https://terradedireitos.org.br/acoes/quilombolas/8 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Acesse o site: http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga, para saber mais sobre a comunidade kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Projete o vídeo do slide para os alunos acessando o link:

https://www.youtube.com/watch?v=fGUFwFYx46s&t=221s

Acesso em: 07/02/2019

Explique que por meio do vídeo eles conhecerão um pouco da origem dos povos africanos escravizados, que foram trazidos para o Brasil na época da colonização. Desses povos africanos, vieram as pessoas que hoje são chamadas afrodescendentes. Pelo vídeo é possível conhecer um pouco da história desse povo e também sobre a formação dos primeiros quilombos.

Neste momento não dê muitas informações ao grupo. Ao finalizar o vídeo abra uma discussão:

Quem são as pessoas que aparecem no vídeo?

Elas ainda vivem da mesma forma?

Vocês viram que essas pessoas se organizavam em quilombos? Qual a relação dos quilombos com os quilombolas que vimos no slide anterior?

Há escravidão no Brasil nos dias de hoje?

Como vivem os quilombolas?

Deixe que os alunos levantem hipóteses e esclareça as dúvidas quando surgirem. É possível que associem quilombo à quilombola dando o mesmo sentido para a organização dos afrodescendentes ontem e hoje. Nesse momento explique que as comunidades quilombolas hoje vivem de forma livre, de maneira a manter seus costumes e tradições.

Explique que os quilombolas existem, pois eles são parte da população que descende diretamente dos africanos que foram escravizados. É importante ressaltar ao grupo que um quilombo é bem diferente de uma comunidade quilombola, pois nos dias de hoje, felizmente não há escravidão e as pessoas não precisam fugir para os aldeamentos.

É importante esclarecer o termo “escravo” que aparece em 3 momentos do vídeo, foi empregado de forma incorreta. Explique aos alunos que são pessoas em condição escrava, ou seja, eram obrigados a exercer trabalhos pesados sem qualquer remuneração ou valorização.

Para saber mais sobre as diferentes comunidades quilombolas no Brasil, leia: http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&view=article&id=857:quilombolas&catid=51:letra-q (Acesso em 4 de abril de 2019)

Explique ao grupo que após assistirem ao vídeo eles conhecerão sobre duas comunidades quilombola e um pouco de suas tradições. Em função disso, devem ficar muito atentos a alguns critérios para identificar elementos das culturas africanas que ainda estão presentes na vida dessas comunidades.

Antes de iniciar a atividade explique ao grupo que as comunidades quilombolas que serão apresentadas nas aula estão localizadas em dois municípios brasileiros: Presidente Kennedy (Espírito Santo) e Cavalcante, Monte Alegre e Teresina de Goiás (Goiás). Esses municípios se dividem em áreas rurais e urbanas. As comunidades quilombolas se encontram no interior dos municípios ocupando os espaços rurais. É comum que essas comunidades se alojem em meio a áreas rurais, até mesmo para cultivarem costumes antigos. Mas explique aos grupo que nem todas as comunidades se alojam somente em espaços rurais, algumas delas podem se localizar em regiões mais periféricas das cidades.

Na sequência, projete o slide que conta sobre os quilombolas de Goiás.

Em seguida entregue o texto de trabalho da comunidade de Presidente Kennedy. Imprima aqui: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Forme duplas e peça aos alunos que discutam sobre os materiais apresentados. Entregue para cada dupla de alunos uma folha para registro.

Cada dupla deve acessar os materiais disponíveis e escolher um deles para trabalhar.

1- Vídeo - Maior comunidade quilombola do Brasil - O que fazer?

Caso não seja possível projetar o vídeo, leia a reportagem sobre o quilombo Kalunga para seus alunos:

http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Peça aos alunos que percebam as semelhanças nas moradias, as condições de trabalho, criação de projetos de sustentabilidade e infraestrutura.

Analisem sobre quem são essas pessoas, como vivem e se relacionam com as demais comunidades do município.

Como podem contribuir com o município onde moram e como as cidades podem contribuir com eles?

Qual a tradição que essa comunidade quilombola mantém?

Por que para eles (quilombolas) é importante viver juntos?

Como vivem os povos do quilombo Kalunga?

O que é ser quilombola?

2- Texto sobre a comunidade de Presidente Kennedy - O que fazer?

Link de acesso para texto - https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/g4Pt3JQrQ9cWUQsBSzasyUDMmTt4MRjYDdRketfcQjRH9uNuCHfDybqftK4u/his4-03und02-texto-problematizacao.pdf

Leia outra fonte para seus alunos com informações sobre essa comunidade: https://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/05/2017/comunidades-quilombolas-mantem-viva-tradicao-e-cultura-negra-em-presidente-kennedy (Acesso em 4 de abril de 2019)

Por que é importante para os quilombolas viverem em sociedade, com pessoas que descendem dos povos de mesma etnia?

Como eles convivem com os outros povos?

É possível, viver sua cultura e tradições e, ao mesmo tempo, adquirir outros modos de viver?

Explore, com seu grupo, a maneira como essas pessoas escolheram para viver e se organizar. Explique aos grupos que para os quilombolas terem suas comunidades reconhecidas e mantidas é preciso muita luta. Fale aos alunos que essas comunidades se firmam com muita dificuldade, que é necessário esforço coletivo, para terem o direito à terra e ao reconhecimento de suas origens. E somente dessa forma conseguem manter vivas suas tradições. É importante salientar que a cultura africana está fortemente enraizada na cultura brasileira, seja na culinária, religiosidade, nas palavras de origem africana, nas comidas, festas, música, etc.

Os quilombolas resistem, pois, assim como indígenas, necessitam de espaço para assim manter vivos seus costumes. Isso não significa que não adquiram hábitos culturais de outros povos, mas que preservam vivos aspectos culturais importantes de seus antepassados.

Fale da dificuldade de aceitação dessas pessoas em muitos lugares por onde passam, justamente por escolher viver de modo parecido com seus antepassados. Trate do racismo que ainda permeia a sociedade e dos prováveis problemas pelos quais essas pessoas passam, por se organizarem e viverem de uma forma que, pela manutenção de muitos costumes, acaba se diferenciando da maioria das pessoas que vivem nas cidades. Explique aos alunos que mesmo após muitos anos, as religiões de origem africanas ainda não têm boa aceitação entre muitos brasileiros, e com isso, quando os quilombolas professam sua fé, em muitos momentos sofrem preconceito.

Ao final das discussões, cada dupla deve ter seu registro realizado de acordo com a comunidade escolhida.

Para saber mais: Para saber mais sobre os quilombolas acesse: https://terradedireitos.org.br/acoes/quilombolas/8 (Acesso em 4 de abril de 2019)

Acesse o site: http://www.secretariacidada.go.gov.br/index.php/comunidade-quilombola-kalunga, para saber mais sobre a comunidade kalunga (Acesso em 4 de abril de 2019)

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Explique aos alunos que agora eles deverão apresentar para todo o grupo o que aprenderam. Peça para que se organizem em dois grandes grupos. Um grupo representará, por meio de diferentes materiais, o que aprenderam sobre a comunidade Kalunga de Goiás e o outro sobre a comunidade de Presidente Kennedy. Cada grupo deve utilizar os materiais disponíveis: caneta hidrocor, revistas, cartolina, jornais, massinha, cartolina, etc. Os grupos podem fazer cartazes, mapas mentais, história em quadrinhos… Caso queira, sugira outro tipo de registro.

Faça com os grupos uma chuva de ideias e peça para que registrem as ideias principais, levantando as frases e palavras essenciais sobre as comunidades a serem representadas. Após as ideias, eles podem colar imagens, desenhar figuras, fazer desenhos em 3 d com as massinhas, etc.

Ressalte que devem representar a importância da manutenção das culturas desses povos. Lembre aos alunos sobre a importância da manutenção da cultura dos antepassados para os povos afrodescendentes. Fale das contribuições desse povo, da religiosidade, da culinária, das danças, música etc. Explique que esses aspectos podem estar evidenciados nos materiais de apresentação.

Devem ser levados em consideração a importância desses grupos viverem próximos às comunidades locais, de modo que se difundam os costumes, hábitos, relações de trabalho e tradições.

Explique aos alunos que os afrodescendentes foram essenciais para a construção de nosso país, portanto devem ser valorizados e sua cultura mantida, pois parte dela, na verdade foi apropriada pelos povos de outras etnias. Peça ao grupo para pensar sobre os municípios que acomodam comunidades como as que eles conheceram. O que teria nessas cidades? Peça para representarem.

Ao final dos trabalhos, cada grupo deve apresentar os materiais produzidos sobre a comunidade quilombola com a qual trabalhou.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Transformações e permanências nas trajetórias dos grupos humanos do 4º ano :

MAIS AULAS DE História do 4º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF04HI03 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano