16937
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 8º ano > O Brasil no século XIX

Plano de aula - As diferentes versões sobre a Guerra do Paraguai

Plano de aula de História com atividades para 8º ano do EF sobre As diferentes versões sobre a Guerra do Paraguai

Plano 02 de 3 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: João Carlos De Melo Silva

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08H18, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

  • Impressões dos trechos bibliográficos.
  • Impressões dos quadros bibliográficos.
  • Projetor (opcional).

Material complementar:

Para você saber mais:

POMER, Leon, A Guerra do Paraguai, a grande tragédia rioplatense. São Paulo, Global, s.d.

CALMON, Pedro. História da civilização brasileira. Senado Federal, Conselho editorial. 2002.

SCHWARCZ, Lilia Mortiz. Brasil: uma biografia. 1ª edição. São Paulo. Companhia das Letras, 2015.

Chiavenato, Júlio José. A Guerra do Paraguai. 2ª edição. São Paulo. Editora Ática, 1987.

A Guerra do Paraguai - a nossa grande guerra. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=2lGEagENznE Acesso em: 24/2/2019.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto.

Orientações: Acrescente aqui as orientações para o professor sobre a apresentação do tema da aula. Não esqueça de contemplar diferentes realidades, considerando principalmente a escola pública. Assim, em vez de incluir orientações do tipo “Projete o tema aos alunos”, indique todos
os suportes possíveis. Exemplo: Apresente o tema aos alunos escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso de projetor, apresente esse slide e faça uma leitura coletiva.

Para você saber mais: Se necessário, insira aqui links ou explicações sobre conceitos que o professor deverá utilizar nesta etapa do plano. É o mesmo conteúdo que você colocou no primeiro slide. Fique especialmente atento a esse item - e recorra ao especialista, se necessário - se o seu plano é voltado aos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos.

Orientações:

  • Projete a manchete da reportagem para os alunos. Se não for possível projetar distribua cópias impressas para eles (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tJWhmnFJz2QqBcVkr3DUwzvYcdUfx3Whjh4K7ac6RrUdAFjYCTjuchTbsmDN/his8-18und02-contexto.pdf) A reportagem completa pode ser acessada aqui http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/12/apos-150-anos-estopim-da-guerra-do-paraguai-ainda-gera-controversia.html
  • Explique que definir o que causou uma guerra é sempre uma tarefa muito complicada para os historiadores. Guerras sempre são resultado de um conjunto de fatores que levam à decisão radical e violenta da intervenção militar. E que é por este motivo que os historiadores discutem até hoje o que realmente provocou a Guerra do Paraguai em 1862.
  • Explique aos alunos que as guerras sempre envolvem vários choques de interesses entre países, disputas por riquezas naturais, terras ou rivalidades, antagonizam Estados nacionais que de certo modo sempre acreditam que a versão deles da situação é a verdadeira. Sendo assim, as guerras também produzem disputas pela verdade, e a História não está totalmente isenta desta disputa. As diferentes versões sobre a Guerra do Paraguai que foram produzidas ao longo do tempo se relacionam de diferentes maneiras às disputas envolvidas.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, acrescente aqui orientações específicas para o professor adaptar o plano à região dele. Este item não é obrigatório em todas as etapas.

Para você saber mais: Se necessário, insira aqui links ou explicações sobre conceitos que o professor deverá utilizar nesta etapa do plano. É o mesmo conteúdo que você colocou no primeiro slide. Fique especialmente atento a esse item - e recorra ao especialista, se necessário - se o seu plano é voltado aos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 21 minutos.

Orientações:

Como adequar à sua realidade: Se necessário, acrescente aqui orientações específicas para o professor adaptar o plano à região dele. Este item não é obrigatório em todas as etapas.

Para você saber mais: Se necessário, insira aqui links ou explicações sobre conceitos que o professor deverá utilizar nesta etapa do plano. É o mesmo conteúdo que você colocou no primeiro slide. Fique especialmente atento a esse item - e recorra ao especialista, se necessário - se seu plano é voltado aos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: Indique o tempo necessário para esta etapa.

Orientações:

Como adequar à sua realidade: Se necessário, acrescente aqui orientações específicas para o professor adaptar o plano à região dele. Este item não é obrigatório em todas as etapas.

Para você saber mais: Se necessário, insira aqui links ou explicações sobre conceitos que o professor deverá utilizar nesta etapa do plano. É o mesmo conteúdo que você colocou no primeiro slide. Fique especialmente atento a este item - e recorra ao especialista, se necessário - se o seu plano é voltado aos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos.

Orientações:

  • Dívida toma a turma em três grandes grupos.
  • Designe uma versão historiográfica para cada grupo defender. O grupo 1 deverá defender que a Inglaterra foi responsável pelo conflito.
    O grupo 2 que a culpa é do Império brasileiro, e o grupo 3 deverá acusar o Paraguai pelo início da guerra.
  • Oriente os grupos a reunir as tabelas que foram preenchidas pelos grupos anteriores para utilizar como argumentos para o debate. Oriente-os também a sempre citar o autor que embasa o seu argumento. Por exemplo: De acordo com Pedro Calmon o Paraguai já vinha elevando seu militarismo, o que pode ser considerado uma demonstração de interesse bélico e provocação ao Brasil.
  • Após a divisão inicie e siga mediando o debate seguindo o roteiro a seguir:
  • Pergunte ao grupo 1 quais argumentos podem ser usados para defender que a Inglaterra está por trás da guerra. O grupo deverá responder esta pergunta citando Leon Pomer a partir da tabela. Segundo Pomer a Inglaterra estaria por trás da guerra devido ao seu interesse comercial na região. Para Pomer o Paraguai representava um entrave para a penetração do capital britânico e utilizou o Brasil para resolver este problema.
  • Pergunte ao grupo 2 qual seria o principal responsável pela guerra e por quê. Este grupo deverá afirmar que o Brasil foi o principal responsável pela guerra e seu interesse estaria relacionado ao controle comercial sobre os rios da região. A invasão do Brasil ao Uruguai em 1862 pode ser apontada como uma prova da atitude imperialista do Estado brasileiro naquele período.
  • Pergunte ao terceiro grupo qual é a posição deles sobre o conflito. Eles deverão afirmar que o Paraguai iniciou a guerra e já estava em processo de militarização quando o Brasil interferiu no Uruguai os fornecendo o pretexto.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08H18, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

  • Impressões dos trechos bibliográficos.
  • Impressões dos quadros bibliográficos.
  • Projetor (opcional).

Material complementar:

Para você saber mais:

POMER, Leon, A Guerra do Paraguai, a grande tragédia rioplatense. São Paulo, Global, s.d.

CALMON, Pedro. História da civilização brasileira. Senado Federal, Conselho editorial. 2002.

SCHWARCZ, Lilia Mortiz. Brasil: uma biografia. 1ª edição. São Paulo. Companhia das Letras, 2015.

Chiavenato, Júlio José. A Guerra do Paraguai. 2ª edição. São Paulo. Editora Ática, 1987.

A Guerra do Paraguai - a nossa grande guerra. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=2lGEagENznE Acesso em: 24/2/2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto.

Orientações: Acrescente aqui as orientações para o professor sobre a apresentação do tema da aula. Não esqueça de contemplar diferentes realidades, considerando principalmente a escola pública. Assim, em vez de incluir orientações do tipo “Projete o tema aos alunos”, indique todos
os suportes possíveis. Exemplo: Apresente o tema aos alunos escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso de projetor, apresente esse slide e faça uma leitura coletiva.

Para você saber mais: Se necessário, insira aqui links ou explicações sobre conceitos que o professor deverá utilizar nesta etapa do plano. É o mesmo conteúdo que você colocou no primeiro slide. Fique especialmente atento a esse item - e recorra ao especialista, se necessário - se o seu plano é voltado aos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos.

Orientações:

  • Projete a manchete da reportagem para os alunos. Se não for possível projetar distribua cópias impressas para eles (https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tJWhmnFJz2QqBcVkr3DUwzvYcdUfx3Whjh4K7ac6RrUdAFjYCTjuchTbsmDN/his8-18und02-contexto.pdf) A reportagem completa pode ser acessada aqui http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/12/apos-150-anos-estopim-da-guerra-do-paraguai-ainda-gera-controversia.html
  • Explique que definir o que causou uma guerra é sempre uma tarefa muito complicada para os historiadores. Guerras sempre são resultado de um conjunto de fatores que levam à decisão radical e violenta da intervenção militar. E que é por este motivo que os historiadores discutem até hoje o que realmente provocou a Guerra do Paraguai em 1862.
  • Explique aos alunos que as guerras sempre envolvem vários choques de interesses entre países, disputas por riquezas naturais, terras ou rivalidades, antagonizam Estados nacionais que de certo modo sempre acreditam que a versão deles da situação é a verdadeira. Sendo assim, as guerras também produzem disputas pela verdade, e a História não está totalmente isenta desta disputa. As diferentes versões sobre a Guerra do Paraguai que foram produzidas ao longo do tempo se relacionam de diferentes maneiras às disputas envolvidas.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, acrescente aqui orientações específicas para o professor adaptar o plano à região dele. Este item não é obrigatório em todas as etapas.

Para você saber mais: Se necessário, insira aqui links ou explicações sobre conceitos que o professor deverá utilizar nesta etapa do plano. É o mesmo conteúdo que você colocou no primeiro slide. Fique especialmente atento a esse item - e recorra ao especialista, se necessário - se o seu plano é voltado aos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 21 minutos.

Orientações:

Como adequar à sua realidade: Se necessário, acrescente aqui orientações específicas para o professor adaptar o plano à região dele. Este item não é obrigatório em todas as etapas.

Para você saber mais: Se necessário, insira aqui links ou explicações sobre conceitos que o professor deverá utilizar nesta etapa do plano. É o mesmo conteúdo que você colocou no primeiro slide. Fique especialmente atento a esse item - e recorra ao especialista, se necessário - se seu plano é voltado aos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: Indique o tempo necessário para esta etapa.

Orientações:

Como adequar à sua realidade: Se necessário, acrescente aqui orientações específicas para o professor adaptar o plano à região dele. Este item não é obrigatório em todas as etapas.

Para você saber mais: Se necessário, insira aqui links ou explicações sobre conceitos que o professor deverá utilizar nesta etapa do plano. É o mesmo conteúdo que você colocou no primeiro slide. Fique especialmente atento a este item - e recorra ao especialista, se necessário - se o seu plano é voltado aos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos.

Orientações:

  • Dívida toma a turma em três grandes grupos.
  • Designe uma versão historiográfica para cada grupo defender. O grupo 1 deverá defender que a Inglaterra foi responsável pelo conflito.
    O grupo 2 que a culpa é do Império brasileiro, e o grupo 3 deverá acusar o Paraguai pelo início da guerra.
  • Oriente os grupos a reunir as tabelas que foram preenchidas pelos grupos anteriores para utilizar como argumentos para o debate. Oriente-os também a sempre citar o autor que embasa o seu argumento. Por exemplo: De acordo com Pedro Calmon o Paraguai já vinha elevando seu militarismo, o que pode ser considerado uma demonstração de interesse bélico e provocação ao Brasil.
  • Após a divisão inicie e siga mediando o debate seguindo o roteiro a seguir:
  • Pergunte ao grupo 1 quais argumentos podem ser usados para defender que a Inglaterra está por trás da guerra. O grupo deverá responder esta pergunta citando Leon Pomer a partir da tabela. Segundo Pomer a Inglaterra estaria por trás da guerra devido ao seu interesse comercial na região. Para Pomer o Paraguai representava um entrave para a penetração do capital britânico e utilizou o Brasil para resolver este problema.
  • Pergunte ao grupo 2 qual seria o principal responsável pela guerra e por quê. Este grupo deverá afirmar que o Brasil foi o principal responsável pela guerra e seu interesse estaria relacionado ao controle comercial sobre os rios da região. A invasão do Brasil ao Uruguai em 1862 pode ser apontada como uma prova da atitude imperialista do Estado brasileiro naquele período.
  • Pergunte ao terceiro grupo qual é a posição deles sobre o conflito. Eles deverão afirmar que o Paraguai iniciou a guerra e já estava em processo de militarização quando o Brasil interferiu no Uruguai os fornecendo o pretexto.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE O Brasil no século XIX do 8º ano :

MAIS AULAS DE História do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08HI18 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano