16915
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Paisagens naturais e antrópicas da cidade

Plano de aula de Geografia com atividades para 3º ano do Fundamental sobre perceber a existência de paisagens naturais e antrópicas no ambiente de vivência.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Elisabeth Cristina Dantas De Araújo

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF03GE04 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Ficha de observação impressa, projetor multimídia, lápis, borracha, fotografias da cidade onde está localizada a escola, projetor multimídia, computador.

Material complementar:

Link para a ficha de observação:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/MUpKRpVZ74JxYGP4dJBuS7BDrAmqwjcM3P5YZNdGxR2ajeumSuXWUfn982aj/geo3-04und03-ficha-de-observacao-acao-propositiva.pdf

Para você saber mais: Esta aula foi pensada tomando como base o conceito de Paisagem, que de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino da Geografia (BRASIL, 1998, p. 28), “é definida como sendo uma unidade visível do território, que possui identidade visual, caracterizada por fatores de ordem social, cultural e natural, contendo espaços e tempos distintos; o passado e o presente. A paisagem é o velho no novo e o novo no velho”.

BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais : Geografia. Brasília : MEC/ SEF, 1998. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/geografia.pdf>. Acesso em: 12 fev 2019.

Da mesma maneira, a paisagem é compreendida e conceituada por Milton Santos, no livro Metamorfoses do Espaço Habitado (2008, p. 40) como “tudo aquilo que nós vemos, o que nossa visão alcança. Esta pode ser definida como o domínio do visível, aquilo que a vista abarca. Não é formada apenas de volumes, mas também de cores, movimentos, odores, sons, etc. [...] A paisagem é um conjunto de formas heterogêneas, de idades diferentes, pedaços de tempos históricos representativos das diversas maneiras de produzir as coisas, de construir o espaço”.

Dessa forma, é importante considerar que a paisagem não se resume apenas ao que podemos enxergar, mas também ao que os nossos outros sentidos são capazes de construir no cotidiano, tais como os cheiros, os sons, bem como as memórias e percepções. Assim também, as paisagens se caracterizam por reunirem elementos tanto naturais quanto culturais (artificiais) e, portanto, não são estáticas ou iguais umas às outras.

Contextos prévios: Este plano de aula foi pensado e elaborado para turmas que já tenham tido contato com aulas sobre conceitos como Paisagem e Elementos da Paisagem, tendo em vista que reconhecer as paisagens naturais e antrópicas prevê que os alunos saibam o que é uma paisagem, e quais elementos as compõem.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete, escreva no quadro ou fale para a turma o tema da aula de hoje. Explique que vocês conversarão sobre a presença e organização das paisagens naturais e culturais (humanizadas) da cidade, especialmente do entorno da escola.

Como adequar à sua realidade: Caso sua escola esteja inserida no ambiente rural ou em áreas distantes da cidade, sugerimos que faça relações entre o conteúdo da aula e as paisagens que são vistas na cidade mais próxima à sua escola. Além disso, se algum aluno demonstrar não conhecer a cidade localizada nas proximidades da escola, você pode levar fotografias e/ou imagens que os ajudem a estabelecer essa relação.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Converse com os alunos sobre as diferenças existentes entre paisagens naturais e antrópicas. Uma paisagem natural é aquela em que há apenas a existência de elementos naturais em sua composição; já nas paisagens antrópicas - que também podem ser denominadas “paisagens humanizadas”, “paisagens culturais” e/ou “paisagens artificiais” - enxergamos um número expressivo de elementos construídos pelo ser humano, tais como casas, prédios, pontes, passarelas, viadutos, parques, praças, entre outros. Dessa forma, você pode incentivá-los a pensar sobre o assunto, questionando-os sobre o que sabem a respeito de paisagens naturais e antrópicas, e solicitando exemplos de elementos que as compõem, conforme ilustra o slide.

Explique também que existem elementos que são implementados pelo ser humano e que parecem naturais, porém não são. Um exemplo disso é a arborização das ruas e praças. Se a árvore já existe naquele local e não tiver sido alterada no período da construção da rua, ela é de caráter natural. Porém, se as árvores foram deslocadas com o intuito de serem plantadas na rua ou em uma praça, elas se tornam elementos humanizados.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Projete, imprima as imagens presentes no slide ou leve recortes de outras paisagens de cidades, para que a partir delas, você possa questionar os alunos. Uma sugestão de pergunta a ser feita à turma é: “Quais elementos naturais podemos encontrar nas paisagens das cidades?. Com base em suas respostas, incentive-os a pensar sobre a diversidade de paisagens que encontramos e temos contato no nosso dia a dia.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Proponha aos alunos um passeio no entorno da escola. Para esse momento, eles levarão uma ficha de observação das paisagens. Com a ajuda dela, poderão descrever as paisagens naturais e culturais que encontrarem, partindo de elementos visíveis nesses espaços, tais como carros, árvores, prédios, pontes, rios, casas, entre outros. Na ficha de observação os alunos encontrarão as seguintes questões norteadoras:

  • Há elementos naturais na paisagem observada? Quais são eles?
  • Há elementos culturais nas paisagens observadas? Quais são eles?

A ficha tem a sugestão de observação de 5 paisagens, mas você pode expandir esse número, de acordo com o seu planejamento.

Link para a ficha de observação:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/MUpKRpVZ74JxYGP4dJBuS7BDrAmqwjcM3P5YZNdGxR2ajeumSuXWUfn982aj/geo3-04und03-ficha-de-observacao-acao-propositiva.pdf

Como adequar à sua realidade: Caso não possa realizar o trajeto no entorno da escola, sugerimos que leve fotografias de paisagens que fazem parte desse recorte espacial, ou mesmo, peça aos alunos que descrevam oralmente ou através de desenhos paisagens da cidade, as quais eles tenham lembranças e possam apontar os elementos que as compõem.

Uma segunda sugestão caso você não possa sair da escola com a sua turma, é que a observação seja feita da janela da sala de aula, ou mesmo do portão da escola. Em todos os casos, você terá a possibilidade de perceber os mais variados pontos de vista do alunos, pois cada um perceberá elementos na paisagem, que talvez outro colega não observe com a mesma intensidade.

Em outra situação, caso um ou mais dos seus alunos ainda não estejam alfabetizados, solicite que façam um desenho na ficha, das paisagens observadas. O desenho é uma ótima estratégia de organização e expressão do pensamento por parte da criança. Logo, aqueles que ainda não dominam a escrita alfabética, não ficarão prejudicados pela proposta da atividade.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Reúna os alunos em uma roda de conversa e solicite que eles leiam ou expliquem as descrições que fizeram sobre as paisagens observadas. Ao final, questione a turma: “Na cidade, há apenas paisagens naturais? Por que?”. Encerre a aula ajudando-os a responder ao questionamento, explicando que na cidade encontramos paisagens que misturam elementos naturais e antrópicos, especialmente devido às transformações realizadas pelo ser humano, no intuito de atender às suas necessidades de moradia, lazer, transporte, segurança, entre outros.

Você pode utilizar exemplos da cidade em que vive, para tornar a aula mais próxima da realidade de vida dos alunos. Faça-os refletir também sobre o fato de que os espaços em que hoje encontram-se as cidades já foram um dia, apenas paisagens naturais e podem ter pertencido à chamada “área rural” do município. Com o passar do tempo, de modo a atender às demandas das populações que por razões diversas se aglomeram nos lugares, esses espaços foram sendo transformados no que hoje conhecemos como cidade.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF03GE04 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Ficha de observação impressa, projetor multimídia, lápis, borracha, fotografias da cidade onde está localizada a escola, projetor multimídia, computador.

Material complementar:

Link para a ficha de observação:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/MUpKRpVZ74JxYGP4dJBuS7BDrAmqwjcM3P5YZNdGxR2ajeumSuXWUfn982aj/geo3-04und03-ficha-de-observacao-acao-propositiva.pdf

Para você saber mais: Esta aula foi pensada tomando como base o conceito de Paisagem, que de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino da Geografia (BRASIL, 1998, p. 28), “é definida como sendo uma unidade visível do território, que possui identidade visual, caracterizada por fatores de ordem social, cultural e natural, contendo espaços e tempos distintos; o passado e o presente. A paisagem é o velho no novo e o novo no velho”.

BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais : Geografia. Brasília : MEC/ SEF, 1998. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/geografia.pdf>. Acesso em: 12 fev 2019.

Da mesma maneira, a paisagem é compreendida e conceituada por Milton Santos, no livro Metamorfoses do Espaço Habitado (2008, p. 40) como “tudo aquilo que nós vemos, o que nossa visão alcança. Esta pode ser definida como o domínio do visível, aquilo que a vista abarca. Não é formada apenas de volumes, mas também de cores, movimentos, odores, sons, etc. [...] A paisagem é um conjunto de formas heterogêneas, de idades diferentes, pedaços de tempos históricos representativos das diversas maneiras de produzir as coisas, de construir o espaço”.

Dessa forma, é importante considerar que a paisagem não se resume apenas ao que podemos enxergar, mas também ao que os nossos outros sentidos são capazes de construir no cotidiano, tais como os cheiros, os sons, bem como as memórias e percepções. Assim também, as paisagens se caracterizam por reunirem elementos tanto naturais quanto culturais (artificiais) e, portanto, não são estáticas ou iguais umas às outras.

Contextos prévios: Este plano de aula foi pensado e elaborado para turmas que já tenham tido contato com aulas sobre conceitos como Paisagem e Elementos da Paisagem, tendo em vista que reconhecer as paisagens naturais e antrópicas prevê que os alunos saibam o que é uma paisagem, e quais elementos as compõem.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete, escreva no quadro ou fale para a turma o tema da aula de hoje. Explique que vocês conversarão sobre a presença e organização das paisagens naturais e culturais (humanizadas) da cidade, especialmente do entorno da escola.

Como adequar à sua realidade: Caso sua escola esteja inserida no ambiente rural ou em áreas distantes da cidade, sugerimos que faça relações entre o conteúdo da aula e as paisagens que são vistas na cidade mais próxima à sua escola. Além disso, se algum aluno demonstrar não conhecer a cidade localizada nas proximidades da escola, você pode levar fotografias e/ou imagens que os ajudem a estabelecer essa relação.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Converse com os alunos sobre as diferenças existentes entre paisagens naturais e antrópicas. Uma paisagem natural é aquela em que há apenas a existência de elementos naturais em sua composição; já nas paisagens antrópicas - que também podem ser denominadas “paisagens humanizadas”, “paisagens culturais” e/ou “paisagens artificiais” - enxergamos um número expressivo de elementos construídos pelo ser humano, tais como casas, prédios, pontes, passarelas, viadutos, parques, praças, entre outros. Dessa forma, você pode incentivá-los a pensar sobre o assunto, questionando-os sobre o que sabem a respeito de paisagens naturais e antrópicas, e solicitando exemplos de elementos que as compõem, conforme ilustra o slide.

Explique também que existem elementos que são implementados pelo ser humano e que parecem naturais, porém não são. Um exemplo disso é a arborização das ruas e praças. Se a árvore já existe naquele local e não tiver sido alterada no período da construção da rua, ela é de caráter natural. Porém, se as árvores foram deslocadas com o intuito de serem plantadas na rua ou em uma praça, elas se tornam elementos humanizados.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Projete, imprima as imagens presentes no slide ou leve recortes de outras paisagens de cidades, para que a partir delas, você possa questionar os alunos. Uma sugestão de pergunta a ser feita à turma é: “Quais elementos naturais podemos encontrar nas paisagens das cidades?. Com base em suas respostas, incentive-os a pensar sobre a diversidade de paisagens que encontramos e temos contato no nosso dia a dia.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Proponha aos alunos um passeio no entorno da escola. Para esse momento, eles levarão uma ficha de observação das paisagens. Com a ajuda dela, poderão descrever as paisagens naturais e culturais que encontrarem, partindo de elementos visíveis nesses espaços, tais como carros, árvores, prédios, pontes, rios, casas, entre outros. Na ficha de observação os alunos encontrarão as seguintes questões norteadoras:

  • Há elementos naturais na paisagem observada? Quais são eles?
  • Há elementos culturais nas paisagens observadas? Quais são eles?

A ficha tem a sugestão de observação de 5 paisagens, mas você pode expandir esse número, de acordo com o seu planejamento.

Link para a ficha de observação:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/MUpKRpVZ74JxYGP4dJBuS7BDrAmqwjcM3P5YZNdGxR2ajeumSuXWUfn982aj/geo3-04und03-ficha-de-observacao-acao-propositiva.pdf

Como adequar à sua realidade: Caso não possa realizar o trajeto no entorno da escola, sugerimos que leve fotografias de paisagens que fazem parte desse recorte espacial, ou mesmo, peça aos alunos que descrevam oralmente ou através de desenhos paisagens da cidade, as quais eles tenham lembranças e possam apontar os elementos que as compõem.

Uma segunda sugestão caso você não possa sair da escola com a sua turma, é que a observação seja feita da janela da sala de aula, ou mesmo do portão da escola. Em todos os casos, você terá a possibilidade de perceber os mais variados pontos de vista do alunos, pois cada um perceberá elementos na paisagem, que talvez outro colega não observe com a mesma intensidade.

Em outra situação, caso um ou mais dos seus alunos ainda não estejam alfabetizados, solicite que façam um desenho na ficha, das paisagens observadas. O desenho é uma ótima estratégia de organização e expressão do pensamento por parte da criança. Logo, aqueles que ainda não dominam a escrita alfabética, não ficarão prejudicados pela proposta da atividade.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Reúna os alunos em uma roda de conversa e solicite que eles leiam ou expliquem as descrições que fizeram sobre as paisagens observadas. Ao final, questione a turma: “Na cidade, há apenas paisagens naturais? Por que?”. Encerre a aula ajudando-os a responder ao questionamento, explicando que na cidade encontramos paisagens que misturam elementos naturais e antrópicos, especialmente devido às transformações realizadas pelo ser humano, no intuito de atender às suas necessidades de moradia, lazer, transporte, segurança, entre outros.

Você pode utilizar exemplos da cidade em que vive, para tornar a aula mais próxima da realidade de vida dos alunos. Faça-os refletir também sobre o fato de que os espaços em que hoje encontram-se as cidades já foram um dia, apenas paisagens naturais e podem ter pertencido à chamada “área rural” do município. Com o passar do tempo, de modo a atender às demandas das populações que por razões diversas se aglomeram nos lugares, esses espaços foram sendo transformados no que hoje conhecemos como cidade.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Conexões e escalas do 3º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 3º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF03GE04 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano