16906
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 8º ano > Os processos de independência nas Américas

Plano de aula - Os líderes indígenas nas lutas anticoloniais na América

Plano de aula de História com atividades para 8º ano do EF sobre Os líderes indígenas nas lutas anticoloniais na América

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: João Paulo Pereira De Araújo

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Ferramentas sugeridas
- Essenciais: PDF com documentos de texto, imagens e áudio ou vídeo com orientações do professor.
- Optativas: Google Sala de Aula, Google Meets, Padlet.

Contexto
Envie o objetivo da aula e a imagem do contexto. Junto com ela, envie questões para ajudar os estudantes a analisarem esta fonte. Utilize a forma de comunicação que for mais conveniente para a turma: e-mail, Whatsapp, Google Sala de Aula ou outro meio de comunicação.

Questões para refletirem:
- Que tipo de fonte é esta?
- O que são rituais andinos?
- Quem são as outras pessoas que aparecem na imagem? O que sua presença pode significar?

Questões para responder:
- Qual o título da reportagem?
- Quem é Evo Morales? Qual a relação dele com os indígenas?
- Segundo a matéria, iria ocorrer uma cerimônia em Tiwanaku? Que cerimônia é essa e por que este local é importante?

Estabeleça um prazo para que os estudantes analisem as fontes e enviem as respostas. Eles podem encaminhá-las por escrito, áudios ou vídeos no próprio grupo da sala.
Você pode encaminhar pequenos vídeos ou áudios pontuando questões que eles possam não ter percebido ou compreendido a respeito da matéria jornalística apresentada e respondendo dúvidas que os alunos possam ter.

Outra alternativa para este momento é marcar uma aula síncrona com a turma, para ouvir as respostas e fazer um debate, enquanto esclarece dúvidas e acrescenta informações.

Problematização
Nesta etapa da aula, você pode propor que os alunos trabalhem agrupados ou individualmente. Para trabalharem agrupados, eles podem se comunicar por meio de Whatsapp, e-mail, Facebook ou qualquer outra ferramenta. O importante é que troquem informações e se auxiliem na análise das fontes. Você pode deixar que se agrupem livremente ou pode separá-los em duplas, trios ou grupos produtivos, de acordo com o seu conhecimento sobre a turma.

Encaminhe as fontes desta etapa com as perguntas que irão orientar a análise destes documentos. Outra possibilidade, nesta etapa, é dividir os dois personagens a serem estudados entre a turma, de modo que metade analise as fontes relacionadas a Tupac Amaru e a outra metade os documentos relacionados a Tupac Katari. Neste caso, estabeleça um momento, síncrono ou não, para que os alunos possam ensinar os colegas sobre o que descobriram com as fontes e aprenderem uns com os outros.

Questões para refletirem:
Tupac Amaru
- Quem seria o personagem retratado na cédula? A qual país esta cédula pertence? O que pode significar a imagem de uma pessoa estar estampada em uma nota do dinheiro de um país?
- A qual raça ou etnia o personagem estampado na cédula parece pertencer? Como está vestido? O que este tipo de vestimenta nos indica?

Tupac Katari
- Quem são os personagens representados no selo? A qual país este selo pertence? O que pode significar a imagem de uma pessoa estar estampada em um selo de correio?
- A qual raça ou etnia os personagens do selo parecem pertencer? Como estão vestidos? O que isso pode significar?

Questões para responderem:
Tupac Amaru
- O que é este documento? Qual a sua relação com Tupac Amaru?
- Qual a recomendação que Tupac Amaru faz ao seu povo?
Tupac Katari
- Quais personagens o texto procura destacar?
- Para que povos a figura de Tupac Katari ficou na memória? Por quê?

Estabeleça um prazo para que os alunos enviem as respostas, que podem ser dadas através de breves áudios ou vídeos, no grupo da sala, ou por escrito, por e-mail, Google sala de Aula, Padlet etc. Você pode responder as questões que surgirem e fazer intervenções com breves áudios ou vídeos, que podem ser compartilhados com a sala toda de uma vez.
Há, também, a opção de marcar uma aula síncrona para que os estudantes compartilhem as observações uns com os outros e com você, e para que você faça correções e retome pontos que achar necessário.

Sistematização
Para a produção da atividade de sistematização, você pode propor que os estudantes trabalhem individualmente ou em conjunto.
Você pode propor que eles façam um tuíte, com limite de 280 caracteres, assim como na rede original de microblogs. Outra opção é propor que os alunos façam uma postagem direcionada a alguma rede que estejam mais habituados a usar, como Facebook ou Instagram.

Convite às famílias
Incentive os estudantes a compartilharem as criações com os familiares e amigos através das redes sociais.
O canal Nerdologia tem um vídeo interessante sobre a história do Império Inca (disponível aqui).

Sugestão Enviada Por: Chayene Medeiros


Código: HIS8_08UND02

(EF08HI08) Conhecer o ideário dos líderes dos movimentos independentistas e seu papel nas revoluções que levaram à independência das colônias hispano-americanas.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Os processos de independência nas Américas do 8º ano:

MAIS AULAS DE História do 8º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas