16809
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 8º ano > Os processos de independência nas Américas

Plano de aula - O Haiti e a busca por liberdade ontem e hoje

Plano de aula de História com atividades para 8º ano do EF sobre O Haiti e a busca por liberdade ontem e hoje

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Guilherme Barboza De Fraga

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Ferramentas sugeridas
- Essenciais: PDF com documentos de texto, imagens e áudio ou vídeo com orientações do professor.
- Optativas: Google Sala de Aula, Google Meets, Padlet, Google Drive.

Contexto
Envie o objetivo da aula e os conteúdos do contexto, juntamente com as questões que irão ajudar os estudantes a analisarem as fontes. Utilize a forma de comunicação que for mais conveniente para a turma: e-mail, Whatsapp, Google Sala de Aula ou outro meio de comunicação.
Para facilitar a interpretação das fontes pelos estudantes sozinhos, algumas questões propostas no plano original foram alteradas ou excluídas, bem como novas questões podem ter sido incluídas neste material. Faça uso dos questionamentos da maneira que considerar mais eficiente para a sua turma.

Questões para refletirem:
- Quais bandeiras aparecem na foto?
- Por que há pessoas com a camiseta da Seleção Brasileira?
- Vocês já ouviram falar na Minustah? Sabem do que se trata?

Questões para responder:
- O que significam as letras “UN” no veículo (tanque)?
- O que parece estar acontecendo na imagem?
- De acordo com a reportagem, o que foi a Minustah?
- Qual(is) o(s) objetivo(s) da missão?
- O(s) objetivo(s) foi/foram atingido(s)?

Estabeleça um prazo para que os estudantes analisem as fontes e enviem as respostas. Eles podem encaminhá-las por escrito, áudios ou vídeos, no próprio grupo da sala.
Você pode encaminhar pequenos vídeos ou áudios pontuando questões que eles possam não ter percebido ou compreendido a respeito dos materiais apresentados e respondendo dúvidas que os alunos possam ter.

Problematização
Nesta etapa da aula, você pode propor que os alunos trabalhem agrupados ou individualmente. Para trabalharem agrupados, eles podem se comunicar por meio de Whatsapp, e-mail, Facebook ou qualquer outra ferramenta. O importante é que troquem informações e se auxiliem na análise das fontes. Você pode deixar que se agrupem livremente ou pode separá-los em duplas, trios ou grupos, de acordo com o seu conhecimento sobre a turma.
Encaminhe as fontes propostas nesta etapa com as perguntas que irão orientar a análise destes documentos.
Você pode dividir as fontes entre os alunos ou grupos, de modo que recebam uma ou mais fontes, mas, não necessariamente todas. Você pode distribuí-las segundo os níveis de dificuldade e o seu conhecimento da turma. Neste caso, é extremamente importante que os grupos tenham uma oportunidade para compartilharem as respostas e o que aprenderam com a análise das fontes. Para isso, eles podem escrever um texto, gravar áudios ou vídeos, ou realzar essa troca em uma aula síncrona.

Questões para refletirem:
Trecho de Reportagem que avalia a Minustah
- Por que os haitianos ficaram com o “desafio de reconstruir o próprio país”?
- De acordo com a reportagem, que problemas o Haiti enfrentou nos últimos dois séculos?
Trecho do artigo “A revolução do Haiti”
- Os autores dizem que os haitianos não conseguiram terminar a sua história. Por que os autores dizem isso?
Música
- Como o autor pede que o Haiti e seu povo sejam mostrados?
- Por que, muitas vezes, não damos voz aos próprios haitianos para que contem sua história ou suas impressões sobre o presente?

Questões para responderem:
Trecho de Reportagem que avalia a Minustah
- Por que um país independente (o primeiro da América Latina) precisa de interferência externa para resolver seus problemas?
- Por que foi necessária uma missão de paz internacional para reorganizar o país?
Trecho do artigo “A revolução do Haiti”
- Por que os autores apontam que “A Revolução haitiana deve ser considerada a primeira grande revolução moderna”?
- Por que a Revolução haitiana foi “anticolonial e nacional”?
Dados Haiti x Brasil
- Como é a qualidade de vida no Haiti, segundo a tabela?
- Quais desafios a população do Haiti precisa vencer?
Música
- Qual a visão que o autor tem de seu país, de acordo com o trecho da música?
- Pelo que se percebe na música, como o Haiti vem sendo mostrado pelos outros países do mundo?

Estabeleça um prazo para que os alunos enviem as respostas, que podem ser dadas através de breves áudios ou vídeos no grupo da sala ou por escrito, via e-mail, Google Sala de Aula, Padlet etc. Você pode responder as questões que surgirem e fazer intervenções com breves áudios ou vídeos, que podem ser compartilhados com a sala toda de uma vez.

Há, também, a opção de marcar uma aula síncrona, para que os estudantes compartilhem as observações uns com os outros e com você. Dessa forma, você poderá fazer correções e retomar pontos que achar necessários.

Sistematização
Para a produção da atividade de sistematização, os alunos podem trabalhar agrupados ou individualmente. Eles podem produzir um manifesto coletivamente, conversando por meio de Whatsapp, Facebook ou utilizando um documento do Google Drive.
Você também pode propor que os alunos gravem um áudio ou vídeo com os manifestos.

Convite às famílias
Incentive os estudantes a compartilharem as criações com os familiares e amigos através das redes sociais.
O documentário Haiti 12 Janvier mostra um pouco sobre o impacto da construção de hospitais no país, com cooperação do Brasil (disponível aqui).
As famílias também podem ouvir a música Haiti, de Gilberto Gil, disponível no Youtube.

Links para tutoriais sobre as ferramentas propostas neste plano:
Google Sala de Aula (como criar e postar atividades).
Google Sala de Aula (como criar uma turma). 
Google Drive (como organizar pastas).
Google Meet (como criar uma reunião online).
Padlet (como usar). 
Youtube (e suas muitas possibilidades).

Sugestão Enviada Por: Chayene Medeiros


Código: HIS8_10UND05

(EF08HI10) Identificar a Revolução de São Domingo como evento singular e desdobramento da Revolução Francesa e avaliar suas implicações.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Os processos de independência nas Américas do 8º ano:

MAIS AULAS DE História do 8º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas