16640
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 6º ano > Conexões e escalas

Plano de aula - Chuva e índice pluviométrico

Plano de aula de Geografia com atividades para 6º ano do Fundamental sobre compreender como é feita a medição da chuva num determinado local.

Plano 06 de 9 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Paula Teixeira De Mello

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06GEO04 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Esta habilidade diz respeito a compreensão do ciclo da água na natureza considerando os elementos e os fatores importantes para esse processo, como exemplo, a energia solar, o clima, o relevo, a evapotranspiração, o escoamento superficial e a percolação da água no solo. Neste plano os alunos terão a oportunidade de estudar sobre o índice pluviométrico e aprender como é feito a sua medicação.

Para a realização desta atividade utilizaremos uma imagem para que os alunos possam compreender o ciclo hidrológico, apresentaremos alguns tipos de chuva e produziremos coletivamente um pluviômetro. Como esta habilidade deve ser desenvolvida ao longo do ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade neste plano e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Datashow, 1 garrafa pet de 2 litros, 1 régua de 30cm, um copo de 200ml com pedrinhas, estilete, fita adesiva, corante azul e 1 copo de 200 ml com água.

Os materiais para a confecção do pluviômetro devem ser solicitados previamente para a turma ou para a escola.

Para você saber mais:

Ciclo hidrológico e águas subterrâneas. Ministério do Meio Ambiente. Disponível em:

<http://www.mma.gov.br/agua/recursos-hidricos/aguas-subterraneas/ciclo-hidrologico.htm>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Como construir um pluviômetro. Nova Escola. Disponível em:

<https://novaescola.org.br/conteudo/3300/como-construir-um-pluviometro>. Acesso em: 01 fev. 2019.

COSTA, A.J.T.; CONCEIÇÃO, R.S.; AMANTE, F.O. As enchentes urbanas e o crescimento da cidade do Rio de Janeiro: estudos em direção a uma cartografia das enchentes urbanas. Geo UERJ, n.32, Rio de Janeiro. Disponível em: <https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/geouerj/article/viewFile/25685/25251>. Acesso em: 28 jan. 2019.

Pluviômetro. Secretaria da Educação do Paraná. Disponível em:

<http://www.ciencias.seed.pr.gov.br/modules/galeria/detalhe.php?foto=1931&evento=7>. Acesso em: 03 fev. 2019.

SANTOMAURO, B.; TREVISAN, R. O que é e como se calcula o índice pluviométrico?. Nova Escola. Disponível em:

<https://novaescola.org.br/conteudo/2262/o-que-e-e-como-se-calcula-o-indice-pluviometrico>. Acesso em: 29 jan. 2019.

Contextos prévios: Os alunos precisam conhecer os estados físicos da água, o ciclo hidrológico e compreender a importância de cada elemento da natureza para o equilíbrio do ecossistema.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 4 minutos

Orientações: Projete o tema da aula ou o imprima e fale que saber a média de chuva é muito importante na agricultura, pois podemos saber em qual época do ano chove mais e qual o melhor tipo de produto a ser plantado em cada região, e também é importante nas áreas urbanas, pois o governo, representado pela defesa civil, pode criar estratégias para prevenir tragédias como deslizamento de terra e grandes enchentes. Comente que a proposta da aula envolve a construção de um pluviômetro.

Como adequar à sua realidade: Pesquise o clima tempo de sua região e converse com a turma sobre o período em que há maior concentração ou escassez de chuvas.

Para você saber mais:

SANTOMAURO, B.; TREVISAN, R. O que é e como se calcula o índice pluviométrico?. Nova Escola. Disponível em:

<https://novaescola.org.br/conteudo/2262/o-que-e-e-como-se-calcula-o-indice-pluviometrico>. Acesso em: 29 jan. 2019.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Pergunte para a turma se eles sabem como é possível identificar se choveu muito ou pouco num período de tempo em uma determinada região e explique o que é um pluviômetro e índice pluviométrico.

Em seguida revise com a turma o ciclo hidrológico para indicar a origem das chuvas. O uso da imagem facilitará a visualização do ciclo hidrológico. Aproveite para explorar a imagem, e perguntar sobre os estados físicos da água, e quais podem ser observados na imagem, como se formam as nuvens e as chuvas. Por fim, converse sobre a importância do equilíbrio entre os elementos da natureza para a manutenção desse ciclo.

Para você saber mais:

Ciclo hidrológico e águas subterrâneas. Ministério do Meio Ambiente. Disponível em:

<http://www.mma.gov.br/agua/recursos-hidricos/aguas-subterraneas/ciclo-hidrologico.htm>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Pluviômetro. Secretaria da Educação do Paraná. Disponível em:

<http://www.ciencias.seed.pr.gov.br/modules/galeria/detalhe.php?foto=1931&evento=7>. Acesso em: 03 fev. 2019.

SANTOMAURO, B.; TREVISAN, R. O que é e como se calcula o índice pluviométrico?. Nova Escola. Disponível em:

<https://novaescola.org.br/conteudo/2262/o-que-e-e-como-se-calcula-o-indice-pluviometrico>. Acesso em: 29 jan. 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos

Orientações: Mostre as três imagens acima para a classe e pergunte sobre o que há em comum entre elas. Se caso não consiga projetar, imprima as imagens. Depois pergunte se há diferenças e quais são as diferenças entre as imagens representadas. É importante que os alunos observem que as três imagens retratam dias chuvosos, no entanto, períodos de chuvas com intensidade e até mesmo consequências diferentes. Converse que mesmo quando não temos instrumentos de medição de chuva, podemos perceber as diferenças de intensidade. É possível que nesse momento os alunos relacionem os alagamentos aos períodos de forte intensidade de chuva, portanto será interessante explicar aos alunos que no período de chuvas (cheia dos rios) os rios dobram de tamanho e que a vegetação tem a função fundamental de ajudar na absorção da água da chuva abastecendo o lençol freático e protegendo o solo. No entanto, com a urbanização desordenada, as áreas dos leitos dos rios são ocupadas e a vegetação é retirada, muitas vezes substituída por uma camada de asfalto ou cimento que impossibilita a absorção da água pelo solo. Como a água não consegue ser absorvida, mesmo com a existência de bueiros que por falta de uma manutenção adequada ficam entupidos de lixo, ela acaba escoando superficialmente e causando grandes transtornos à população.

Fonte das Imagens:

Imagem 1: Temporal causa alagamentos em diversas cidades do estado. O Dia. Disponível em: <https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2018/11/5596456-temporal-causa-alagamentos-em-diversas-cidades-do-estado.html#foto=1>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Imagem 2: Após feriado de sol, Rio deve registrar chuva fraca a moderada nesta quarta. O Dia. Disponível em: <https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2018/05/5536582-apos-feriadao-de-sol-rio-deve-registrar-chuva-fraca-a-moderada-nesta-quarta.html>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Imagem 3: Veja fotos da enchente no Subúrbio e Zona Norte do Rio. G1. Disponível em: <http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/fotos/2012/12/veja-fotos-da-enchente-no-suburbio-e-zona-norte-do-rio.html>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Para você saber mais:

COSTA, A.J.T.; CONCEIÇÃO, R.S.; AMANTE, F.O. As enchentes urbanas e o crescimento da cidade do Rio de Janeiro: estudos em direção a uma cartografia das enchentes urbanas. Geo UERJ, n.32, Rio de Janeiro. Disponível em: <https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/geouerj/article/viewFile/25685/25251>. Acesso em: 28 jan. 2019.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Organize a turma em semicírculo ou posicione-os de forma que todos possam ver a confecção do pluviômetro. Disponha o material necessário para a confecção do pluviômetro na mesa do professor para que você tenha acesso com facilidade.

Para realizar essa atividade é necessário solicitar previamente à turma ou a escola os seguintes materiais: 1 garrafa pet de 2l., 1 régua de 30cm, um copo de 200ml com pedrinhas, estilete, fita adesiva, 5 gotas de corante azul e 1 copo de 200 ml com água.

Etapas para a produção do pluviômetro caseiro:

Corte com o estilete o bico da garrafa pet ( de modo que forme um funil se virado de cabeça para baixo);

Coloque as pedrinhas dentro da garrafa de forma que elas ultrapassem a base da garrafa. Essas pedrinhas servirão como peso para que o pluviômetro não vire;

Coloque 5 gotas de corante azul ou da cor que você preferir;

Complete com água até o seu nível passar das pedrinhas;

Cole um pedaço de fita adesiva para marcar o nível da água;

Cole a régua com fita adesiva por fora da garrafa fazendo com que o zero da régua coincida com o nível da água;

Encaixe o bico da garrafa, que foi cortado em forma de funil, em cima do pluviômetro;

Caso sobre um pedaço da régua no comprimento da garrafa pet será necessário cortá-la para não atrapalhar a medição, pois se você mantiver o pedaço da régua que sobrou e a chuva tiver a direção lateral, a régua pode impedirá entrada de água no pluviômetro e atrapalhar a nossa medição.

Para você saber mais:

Como construir um pluviômetro. Nova Escola. Disponível em:

<https://novaescola.org.br/conteudo/3300/como-construir-um-pluviometro>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Explique para a turma que para o pluviômetro funcionar e medir a chuva corretamente, é preciso que ele fique num local plano e aberto, sem que haja nada acima ou ao lado dele que impeça a chuva de atingi-lo. Converse com a turma sobre o melhor local para instalá-lo dentro da própria escola e sobre a importância de não mexer no instrumento para não alterar a medição. Lembre que para sabermos se o instrumento realmente funciona precisaremos de um elemento natural essencial, a água da chuva. Portanto, não poderemos testar o instrumento caso não esteja chovendo.

Após escolherem o local de instalação do pluviômetro, peça para que os alunos anotem em seu caderno a data que fizeram o instrumento e cada dia eles deverão observar se houve ou não alteração no nível da água do pluviômetro. Lembrando que essa alteração dependerá da ocorrência de chuva. Explique para a turma que medir a quantidade de chuva significa medir a quantidade de água que se acumulou, ou seja, o quanto o nível de água subiu no seu medidor. Como atividade eles deverão anotar a data da medição do instrumento e o nível de água.

Caso chova, é importante que eles anotem a data da medição, o nível de água e o tempo aproximado da chuva. No final do mês eles poderão analisar, quantos dias choveu e o quanto choveu. Ao longo do ano, os alunos poderão analisar os períodos do ano mais secos ou chuvosos e a intensidade da chuva. É importante ressaltar que a análise que os alunos farão será apenas uma estimativa, pois eles não terão como medir se a chuva ocorrer a noite, no final de semana ou no período de férias ou feriados.

Fonte: Como construir um pluviômetro. Nova Escola. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/3300/como-construir-um-pluviometro>. Acesso em: 23 fev. 2019.

Imagem provisória

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06GEO04 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Esta habilidade diz respeito a compreensão do ciclo da água na natureza considerando os elementos e os fatores importantes para esse processo, como exemplo, a energia solar, o clima, o relevo, a evapotranspiração, o escoamento superficial e a percolação da água no solo. Neste plano os alunos terão a oportunidade de estudar sobre o índice pluviométrico e aprender como é feito a sua medicação.

Para a realização desta atividade utilizaremos uma imagem para que os alunos possam compreender o ciclo hidrológico, apresentaremos alguns tipos de chuva e produziremos coletivamente um pluviômetro. Como esta habilidade deve ser desenvolvida ao longo do ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade neste plano e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Datashow, 1 garrafa pet de 2 litros, 1 régua de 30cm, um copo de 200ml com pedrinhas, estilete, fita adesiva, corante azul e 1 copo de 200 ml com água.

Os materiais para a confecção do pluviômetro devem ser solicitados previamente para a turma ou para a escola.

Para você saber mais:

Ciclo hidrológico e águas subterrâneas. Ministério do Meio Ambiente. Disponível em:

<http://www.mma.gov.br/agua/recursos-hidricos/aguas-subterraneas/ciclo-hidrologico.htm>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Como construir um pluviômetro. Nova Escola. Disponível em:

<https://novaescola.org.br/conteudo/3300/como-construir-um-pluviometro>. Acesso em: 01 fev. 2019.

COSTA, A.J.T.; CONCEIÇÃO, R.S.; AMANTE, F.O. As enchentes urbanas e o crescimento da cidade do Rio de Janeiro: estudos em direção a uma cartografia das enchentes urbanas. Geo UERJ, n.32, Rio de Janeiro. Disponível em: <https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/geouerj/article/viewFile/25685/25251>. Acesso em: 28 jan. 2019.

Pluviômetro. Secretaria da Educação do Paraná. Disponível em:

<http://www.ciencias.seed.pr.gov.br/modules/galeria/detalhe.php?foto=1931&evento=7>. Acesso em: 03 fev. 2019.

SANTOMAURO, B.; TREVISAN, R. O que é e como se calcula o índice pluviométrico?. Nova Escola. Disponível em:

<https://novaescola.org.br/conteudo/2262/o-que-e-e-como-se-calcula-o-indice-pluviometrico>. Acesso em: 29 jan. 2019.

Contextos prévios: Os alunos precisam conhecer os estados físicos da água, o ciclo hidrológico e compreender a importância de cada elemento da natureza para o equilíbrio do ecossistema.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 4 minutos

Orientações: Projete o tema da aula ou o imprima e fale que saber a média de chuva é muito importante na agricultura, pois podemos saber em qual época do ano chove mais e qual o melhor tipo de produto a ser plantado em cada região, e também é importante nas áreas urbanas, pois o governo, representado pela defesa civil, pode criar estratégias para prevenir tragédias como deslizamento de terra e grandes enchentes. Comente que a proposta da aula envolve a construção de um pluviômetro.

Como adequar à sua realidade: Pesquise o clima tempo de sua região e converse com a turma sobre o período em que há maior concentração ou escassez de chuvas.

Para você saber mais:

SANTOMAURO, B.; TREVISAN, R. O que é e como se calcula o índice pluviométrico?. Nova Escola. Disponível em:

<https://novaescola.org.br/conteudo/2262/o-que-e-e-como-se-calcula-o-indice-pluviometrico>. Acesso em: 29 jan. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Pergunte para a turma se eles sabem como é possível identificar se choveu muito ou pouco num período de tempo em uma determinada região e explique o que é um pluviômetro e índice pluviométrico.

Em seguida revise com a turma o ciclo hidrológico para indicar a origem das chuvas. O uso da imagem facilitará a visualização do ciclo hidrológico. Aproveite para explorar a imagem, e perguntar sobre os estados físicos da água, e quais podem ser observados na imagem, como se formam as nuvens e as chuvas. Por fim, converse sobre a importância do equilíbrio entre os elementos da natureza para a manutenção desse ciclo.

Para você saber mais:

Ciclo hidrológico e águas subterrâneas. Ministério do Meio Ambiente. Disponível em:

<http://www.mma.gov.br/agua/recursos-hidricos/aguas-subterraneas/ciclo-hidrologico.htm>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Pluviômetro. Secretaria da Educação do Paraná. Disponível em:

<http://www.ciencias.seed.pr.gov.br/modules/galeria/detalhe.php?foto=1931&evento=7>. Acesso em: 03 fev. 2019.

SANTOMAURO, B.; TREVISAN, R. O que é e como se calcula o índice pluviométrico?. Nova Escola. Disponível em:

<https://novaescola.org.br/conteudo/2262/o-que-e-e-como-se-calcula-o-indice-pluviometrico>. Acesso em: 29 jan. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos

Orientações: Mostre as três imagens acima para a classe e pergunte sobre o que há em comum entre elas. Se caso não consiga projetar, imprima as imagens. Depois pergunte se há diferenças e quais são as diferenças entre as imagens representadas. É importante que os alunos observem que as três imagens retratam dias chuvosos, no entanto, períodos de chuvas com intensidade e até mesmo consequências diferentes. Converse que mesmo quando não temos instrumentos de medição de chuva, podemos perceber as diferenças de intensidade. É possível que nesse momento os alunos relacionem os alagamentos aos períodos de forte intensidade de chuva, portanto será interessante explicar aos alunos que no período de chuvas (cheia dos rios) os rios dobram de tamanho e que a vegetação tem a função fundamental de ajudar na absorção da água da chuva abastecendo o lençol freático e protegendo o solo. No entanto, com a urbanização desordenada, as áreas dos leitos dos rios são ocupadas e a vegetação é retirada, muitas vezes substituída por uma camada de asfalto ou cimento que impossibilita a absorção da água pelo solo. Como a água não consegue ser absorvida, mesmo com a existência de bueiros que por falta de uma manutenção adequada ficam entupidos de lixo, ela acaba escoando superficialmente e causando grandes transtornos à população.

Fonte das Imagens:

Imagem 1: Temporal causa alagamentos em diversas cidades do estado. O Dia. Disponível em: <https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2018/11/5596456-temporal-causa-alagamentos-em-diversas-cidades-do-estado.html#foto=1>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Imagem 2: Após feriado de sol, Rio deve registrar chuva fraca a moderada nesta quarta. O Dia. Disponível em: <https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2018/05/5536582-apos-feriadao-de-sol-rio-deve-registrar-chuva-fraca-a-moderada-nesta-quarta.html>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Imagem 3: Veja fotos da enchente no Subúrbio e Zona Norte do Rio. G1. Disponível em: <http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/fotos/2012/12/veja-fotos-da-enchente-no-suburbio-e-zona-norte-do-rio.html>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Para você saber mais:

COSTA, A.J.T.; CONCEIÇÃO, R.S.; AMANTE, F.O. As enchentes urbanas e o crescimento da cidade do Rio de Janeiro: estudos em direção a uma cartografia das enchentes urbanas. Geo UERJ, n.32, Rio de Janeiro. Disponível em: <https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/geouerj/article/viewFile/25685/25251>. Acesso em: 28 jan. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Organize a turma em semicírculo ou posicione-os de forma que todos possam ver a confecção do pluviômetro. Disponha o material necessário para a confecção do pluviômetro na mesa do professor para que você tenha acesso com facilidade.

Para realizar essa atividade é necessário solicitar previamente à turma ou a escola os seguintes materiais: 1 garrafa pet de 2l., 1 régua de 30cm, um copo de 200ml com pedrinhas, estilete, fita adesiva, 5 gotas de corante azul e 1 copo de 200 ml com água.

Etapas para a produção do pluviômetro caseiro:

Corte com o estilete o bico da garrafa pet ( de modo que forme um funil se virado de cabeça para baixo);

Coloque as pedrinhas dentro da garrafa de forma que elas ultrapassem a base da garrafa. Essas pedrinhas servirão como peso para que o pluviômetro não vire;

Coloque 5 gotas de corante azul ou da cor que você preferir;

Complete com água até o seu nível passar das pedrinhas;

Cole um pedaço de fita adesiva para marcar o nível da água;

Cole a régua com fita adesiva por fora da garrafa fazendo com que o zero da régua coincida com o nível da água;

Encaixe o bico da garrafa, que foi cortado em forma de funil, em cima do pluviômetro;

Caso sobre um pedaço da régua no comprimento da garrafa pet será necessário cortá-la para não atrapalhar a medição, pois se você mantiver o pedaço da régua que sobrou e a chuva tiver a direção lateral, a régua pode impedirá entrada de água no pluviômetro e atrapalhar a nossa medição.

Para você saber mais:

Como construir um pluviômetro. Nova Escola. Disponível em:

<https://novaescola.org.br/conteudo/3300/como-construir-um-pluviometro>. Acesso em: 01 fev. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Explique para a turma que para o pluviômetro funcionar e medir a chuva corretamente, é preciso que ele fique num local plano e aberto, sem que haja nada acima ou ao lado dele que impeça a chuva de atingi-lo. Converse com a turma sobre o melhor local para instalá-lo dentro da própria escola e sobre a importância de não mexer no instrumento para não alterar a medição. Lembre que para sabermos se o instrumento realmente funciona precisaremos de um elemento natural essencial, a água da chuva. Portanto, não poderemos testar o instrumento caso não esteja chovendo.

Após escolherem o local de instalação do pluviômetro, peça para que os alunos anotem em seu caderno a data que fizeram o instrumento e cada dia eles deverão observar se houve ou não alteração no nível da água do pluviômetro. Lembrando que essa alteração dependerá da ocorrência de chuva. Explique para a turma que medir a quantidade de chuva significa medir a quantidade de água que se acumulou, ou seja, o quanto o nível de água subiu no seu medidor. Como atividade eles deverão anotar a data da medição do instrumento e o nível de água.

Caso chova, é importante que eles anotem a data da medição, o nível de água e o tempo aproximado da chuva. No final do mês eles poderão analisar, quantos dias choveu e o quanto choveu. Ao longo do ano, os alunos poderão analisar os períodos do ano mais secos ou chuvosos e a intensidade da chuva. É importante ressaltar que a análise que os alunos farão será apenas uma estimativa, pois eles não terão como medir se a chuva ocorrer a noite, no final de semana ou no período de férias ou feriados.

Fonte: Como construir um pluviômetro. Nova Escola. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/3300/como-construir-um-pluviometro>. Acesso em: 23 fev. 2019.

Imagem provisória

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Conexões e escalas do 6º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06GE04 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano