16467
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 9º ano > Conexões e escalas

Plano de aula - Refugiados no continente europeu

Plano de aula de Geografia com atividades para 9º ano do Fundamental sobre identificar as origens e os motivos que levam o continente europeu a receber uma quantidade significativa de refugiados

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Lara D'Assunção Dos Santos

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Ferramentas sugeridas
WhatsApp ou e-mail

Valor trabalhado
Solidariedade

Apresentação do tema da aula
O objetivo desta aula é identificar as origens e os motivos que levam o continente europeu a receber uma quantidade significativa de refugiados. Nesse momento, é importante dizer aos alunos que os fluxos migratórios são constantes e cíclicos e, por isso, uma temática sempre atual. Explique que nesta aula serão relembrados os fatores que levam à migração para que eles compreendam as diferenças existentes entre o migrante e o refugiado. Caso a turma ainda não tenha um grupo, crie um no WhatsApp. A aula será organizada pelo aplicativo, mas você pode adaptá-la para o e-mail. Nesta aula, o valor de solidariedade estará presente. Tempo estimado de 5 minutos.

Contextualização
Envie aos alunos os arquivos disponíveis aqui. Grave um áudio e leia os infográficos para os alunos. Em seguida, pergunte se eles têm alguma ideia da diferença entre os termos que aparecem nas imagens: “deslocados internos”, “refugiados”, “solicitantes de refúgio”. Posteriormente, explique que os termos imigrantes e refugiados não são sinônimos. De acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), organismo criado em 1950 com o objetivo de prestar assistência a refugiados em todo o mundo, refugiados são pessoas que se veem obrigadas a abandonar seu país por conta de perseguições, por motivos étnicos, religiosos, ideológicos, políticos, ou ainda por motivos de catástrofes naturais. No Plano de Aula, disponível aqui, há muitos argumentos para ajudar nesta etapa, professor. Tempo estimado: 15 minutos.

Problematização
É importante saber que a problematização dará ferramentas para que os alunos elaborem seus mapas conceituais. Assim, é primordial que o foco seja nos conceitos trabalhados nesta aula, juntamente com o que eles já sabem a respeito de migração, sobretudo no sentido dos fatores de repulsão, isto é, o que levou o refugiado a deixar seu país de origem, e dos fatores de atração, que são os motivos que levaram os refugiados a estar naquele novo país. A fotografia disponível aqui serve para ilustrar um acontecimento histórico, a Convenção das Nações Unidas de 1951 para o Estatuto dos Refugiados, e o que mudou a partir de então. Tempo estimado: 15 minutos.

Ação propositiva
Grave um áudio e explique passo a passo esta etapa. A partir das informações trabalhadas durante esta aula, os alunos deverão montar um mapa conceitual (veja o arquivo disponível aqui). Ao solicitar um mapa conceitual, deve-se saber que não se pode esperar que o aluno apresente um mapa conceitual “correto”, mas com evidências de que ele está aprendendo significativamente o conteúdo. Peça que elaborem seus mapas conceituais com base nos conteúdos aprendidos durante a aula. Sugira que eles elaborem primeiramente a lápis. Divida a turma em trios. Deixe claro que o mapa conceitual precisa de uma pergunta focal, e ressalte a importância da clareza semântica. Envie aos alunos a pergunta focal: POR QUE EXISTE UM GRANDE NÚMERO DE REFUGIADOS NA EUROPA? O mapa conceitual deve responder a esta pergunta. Consulte o Plano de Aula, disponível aqui, para saber mais detalhes desta etapa. Tempo estimado: 35 minutos.

Sistematização
Solicite que todos compartilhem, pelo WhatsApp, seus mapas conceituais com um áudio explicando a elaboração. Comente os mapas conceituais dos alunos e esclareça alguns pontos. Por fim, grave um áudio e leia a ONU News, disponível aqui. Explique que algumas medidas importantes têm sido tomadas para que os refugiados tenham uma melhor qualidade em seu trânsito e na chegada ao novo lugar. A mais recente delas é o Pacto Global de Migrações da ONU, que consiste em um amplo acordo global que visa tornar as migrações mais seguras e dignas para todos. Ele foi acordado pela primeira vez pelos Estados-membros da ONU, em 13 de julho de 2018. É um documento abrangente para melhor gerenciar a migração internacional, enfrentar seus desafios e fortalecer os direitos dos migrantes, contribuindo para o desenvolvimento sustentável. Diga que o texto do Pacto Global está profundamente enraizado na Carta das Nações Unidas e na Declaração Universal dos Direitos Humanos, e reconhece que é necessária uma abordagem cooperativa para otimizar os benefícios gerais da migração, além de mitigar seus riscos e desafios para indivíduos e comunidades nos países de origem, de trânsito e de destino. Tempo estimado: 15 minutos.

Convite às famílias
Convide os pais para lerem o Pacto Global para Refugiados, disponível aqui. Assim, podem ajudar seus filhos na discussão sobre o tema.

Sugestão Enviada Por: Leandro Campelo


Código: GEO9_09UND04

(EF09GE09) Analisar características de países e grupos de países europeus, asiáticos e da Oceania em seus aspectos populacionais, urbanos, políticos e econômicos, e discutir suas desigualdades sociais e econômicas e pressões sobre seus ambientes físico-naturais.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Conexões e escalas do 9º ano:

MAIS AULAS DE Geografia do 9º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas