16451
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 8º ano > Os processos de independência nas Américas

Plano de aula - A Independência do Haiti e a Revolução Francesa

Plano de aula de História com atividades para 8º ano do EF sobre A Independência do Haiti e a Revolução Francesa: a liberdade, a igualdade e a fraternidade valem para a colônia americana também?

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Guilherme Barboza De Fraga

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08HI10, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Data show para projetar as imagens. Se não houver esta possibilidade, levar a cópia impressa da imagem, da bandeira e dos textos.

Material complementar:

Imagens do Contexto - Ideais da Revolução Francesa e Bandeira do Haiti:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/zRSfnSuDcQa6MfdUbzNzACZrWTX6ufd6PP9hs7ufDx5cnKVFKYnwjnqJEamD/his8-10und02-contexto.pdf

Trecho da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão e Trecho da carta enviada por Toussaint L’Overture ao Diretório Francês:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NBvxTBVBAfdh9TYSTtAXT4ZH4VJjXYXRszC8CCrTxpzFkruAUefN8jrGJaxU/his8-10und02-problematizacao.pdf

Material complementar - comparação Napoleão e Rei Henri I:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3FHGVrfV2Rpv7CWSZqt8f6bedfwgYMVqaahH9D7SxnGAGMBnEKxBMUHFrmzr/hist8-10und02-sugestao-complementar-napoleao-e-henri-i-do-haiti.pdf

Professor, para que os alunos aprendam a interpretar fontes históricas, é muito importante que você não forneça a eles as informações básicas sobre a fonte histórica antes da leitura de cada uma delas. Não comece a aula com uma exposição sobre o contexto histórico destes documentos, pois isso os impediria de construir o Contexto com base nas fontes, que é o objetivo central da aula de História.

Para você saber mais:

  • Trecho de música “O Haiti”, de Ellen Oléria:

“Além do efeito dos tremores da terra

O efeito de anos e anos de guerra

Desespero de quem nunca viu vida liberta”

Link: https://www.youtube.com/watch?v=06Nb_DOB0Ug

Justificativa: A canção pode ajudar a problematizar o conceito de liberdade para a atual situação do Haiti após diversos conflitos internos e o abalo sísmico de 2010. Caso o professor queira utilizá-la nesta aula, sugiro que seja inserida após o debate das fontes, na Sistematização. Antes da produção final da aula, a música poderia ser apresentada para questionar à turma: O Haiti é, de fato, livre?

  • Caso o professor queira explorar melhor a relação entre a Independência do Haiti e os ideais da Revolução Francesa, sugiro uma análise comparativa das pinturas representando Napoleão Bonaparte e o Rei Henri I do Haiti:

Imagem 1: Napoleão I com seu manto de coroação. Obra No Palácio de Versalhes, de François Gérard. https://napoleonbonaparte.files.wordpress.com/2008/03/napoleon-en-costume-de-sacre.jpg

Imagem 2: Rei Henri I do Haiti (Henri Christophe) - Obra Emperor Christophe, sem referência de autoria.

https://www.latinamericanstudies.org/haiti/christophe-emperor.jpg

Justificativa: Retomar a relação metrópole-colônia existente entre França e Haiti, associando o imperador francês ao processo de Independência haitiano. Como a proposta da aula é relacionar a Revolução Francesa à Independência do Haiti, indico comparar Napoleão ao rei Henri I (sucessor de Dessalines) num exercício de análise das rupturas e permanências. Convém chamar a atenção dos alunos para as semelhanças presentes nas duas imagens: a posição de ambos, os trajes e os calçados repletos de bordados, o manto, a espada e a coroa de louros. Após, convém notar as diferenças entre as pinturas: enquanto Napoleão aparece sozinho em seu palácio com seu cetro, seu trono e outros símbolos de poder, Henri I aparece em algo similar a uma sacada onde aparece o povo haitiano (majoritariamente negro), indicando a participação popular no processo de Independência do Haiti.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Apresente o objetivo aos alunos, escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso do projetor, apresente este slide e faça uma leitura coletiva. É muito importante começar com a apresentação do objetivo para que os estudantes entendam a proposta e compreendam qual a expectativa de aprendizado no fim da aula.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Questione os estudantes sobre a imagem, que apresenta os ideais da Revolução Francesa:

  • A qual país se refere esta bandeira ilustrada? (A bandeira é da França, suas cores são azul, branco e vermelho).
  • Quais conceitos presentes na imagem? (liberdade, igualdade e fraternidade).
  • Tais ideias são importantes para outros povos? (espera-se que os estudantes reconheçam os valores como importantes para todos os povos, enquanto valores humanos).
  • Tais conceitos foram também reivindicados, por exemplo, pela sociedade haitiana em meio a seu processo de Independência. Com relação a isso, o que poderiam significar liberdade, igualdade e fraternidade naquele contexto? (Neste momento o objetivo é identificar os saberes prévios dos estudantes a respeito do Haiti e seu processo histórico, assim como de levantar hipóteses que serão verificadas ao longo da aula).

Caso não seja possível projetar a pintura, o professor pode levar a imagem impressa colorida. Caso imprima em preto e branco, informe os estudantes acerca da disposição de cores da imagem original.

Para saber mais:

NORONHA, Aline Garcia Chaves. Mesmas ideias, rumos diferentes: um paralelo entre a revolução francesa e a revolução haitiana. Ameríndia-História, cultura e outros combates., v. 5, n. 1, p. 09, 2010. Disponível em: http://repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/14988/2/2010_art_agcnoronha.pdf . Acesso em: 2/12/2018.

ROMANI, Carlo. As ideias da Revolução Francesa e os movimentos de Independência latino-americanos. Disponível em: https://scholar.googleusercontent.com/scholar?q=cache:DxkggT-d-2QJ:scholar.google.com/+As+id%C3%A9ias+da+Revolu%C3%A7%C3%A3o+Francesa+e+os+movimentos+de+Independ%C3%AAncia+latino-americanos&hl=pt-BR&as_sdt=0,5 . Acesso em: 2/12/2018.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Analise com os estudantes a presença das cores da bandeira da França e de símbolos da liberdade (grilhões no chão) e do povo haitiano - verificando a influência francesa na constituição da nova nação.

Deste modo, questione a turma:

  • Observem a bandeira do Haiti. De que modo ela indica a relação com a metrópole francesa? (As cores da bandeira do Haiti mantêm sua relação com a metrópole (França). Além disso, alguns dizeres em francês estão presentes no brasão ao centro da bandeira).
  • De acordo com o lema inscrito na bandeira, qual valor está sendo ressaltado? Há alguma semelhança entre ele e os ideais da revolução francesa? (O lema valoriza a ideia da “União”, como importante para o fortalecimento. Isso remete especialmente a ideia de fraternidade, presente na revolução francesa).
  • Como os demais valores e simbolismos atribuídos a Revolução francesa (slide anterior) aparecem na bandeira do Haiti? ( A partir da observação da imagem e comparação com a bandeira apresentada anteriormente, os estudantes podem identificar a presença da ideia de luta (presença de armamentos; na imagem anterior estava presente como um punho cerrado) por um ideal. As correntes presentes no chão, podem remeter, neste sentido, a ideia de liberdade e igualdade).

Fonte: Wiki Commons. Disponível em: https://www.google.com/url?q=https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/56/Flag_of_Haiti.svg/1200px-Flag_of_Haiti.svg.png&sa=D&ust=1543768673407000&usg=AFQjCNGg18rLsx4TKYOyLCn9XnzlCdYxXQ . Acesso em: 2/12/2018.

Caso não seja possível projetar a pintura, o professor pode levar a imagem impressa colorida.

Para você saber mais:

NORONHA, Aline Garcia Chaves. Mesmas ideias, rumos diferentes: um paralelo entre a revolução francesa e a revolução haitiana. Ameríndia-História, cultura e outros combates., v. 5, n. 1, p. 09, 2010. Disponível em: http://repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/14988/2/2010_art_agcnoronha.pdf . Acesso em: 2/12/2018.

ROMANI, Carlo. As idéias da Revolução Francesa e os movimentos de Independência latino-americanos.Disponível em: https://scholar.googleusercontent.com/scholar?q=cache:DxkggT-d-2QJ:scholar.google.com/+As+id%C3%A9ias+da+Revolu%C3%A7%C3%A3o+Francesa+e+os+movimentos+de+Independ%C3%AAncia+latino-americanos&hl=pt-BR&as_sdt=0,5 . Acesso em: 2/12/2018.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 18 minutos.

Orientações: Leia com a turma o trecho da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão e o trecho da carta enviada por Toussaint L’Overture ao Diretório Francês. A partir deles, os alunos devem perceber como os ideais da Revolução Francesa foram apropriados como estratégia política, motivando a união do povo haitiano na busca por sua Independência e fim da escravidão.

Trecho da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão (1789) e Trecho da carta enviada por Toussaint L’Overture ao Diretório Francês:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NBvxTBVBAfdh9TYSTtAXT4ZH4VJjXYXRszC8CCrTxpzFkruAUefN8jrGJaxU/his8-10und02-problematizacao.pdf

Sobre o trecho da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão (1789), questione:

  • Quais as contradições entre o que pregava a Declaração dos Direitos e a realidade social vivida pelos haitianos no fim do século XVIII? (A persistência da escravidão na colônia haitiana)
  • O que vocês entendem por direitos naturais? (liberdade, a propriedade, a segurança e a resistência à opressão)
  • De acordo com o documento, a liberdade é um direito natural. Ela estava sendo respeitada no Haiti? (Não, pois havia escravidão. Lembre os alunos, caso necessário, que o país era colônia da França e Napoleão havia restaurado a escravidão após chegar ao poder em 1799).
  • O documento trata como um direito a resistência à opressão. Como isso podia ser apropriado no contexto haitiano? (com a luta pela independência do Haiti e o fim da escravidão).

Sobre o trecho da carta enviada por Toussaint L’Overture ao Diretório Francês, questione:

  • Quem está enviando a carta? Quem é ele? (Um homem chamado Toussaint L’Overture, que é de São Domingos - Haiti).
  • A quem a carta está sendo enviada? (Ao Diretório Francês).
  • Como os ideais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade da Revolução Francesa aparecem na carta de Toussaint L’Overture (um dos líderes do processo de Independência)? (Aparece como valores importantes a serem respeitados pela França).
  • Tais ideais influenciaram a independência do país juntamente com o fim da escravidão na antiga colônia? É possível perceber isso na carta? (Sim. O autor da carta reconhece estes ideais como importantes e espera que a França não os traia, caso o faça, reconhece que haverá luta para manter o fim da escravidão).
  • Toussaint e seu povo estavam dispostos a abrir mão de sua liberdade? Justifique. (Não, a carta sugere que arriscariam a própria vida para defender sua liberdade).

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Proponha aos alunos que apresentem a contradição dos conceitos de Liberdade, Igualdade e Fraternidade da Revolução Francesa aplicados ao contexto do Haiti. A ideia é de que expressem o quanto era contraditória a defesa de liberdade, igualdade e fraternidade na França enquanto a escravidão e a exploração da metrópole sobre a colônia era mantida no Haiti. Isso deverá ser feito por meio da redação de uma nova Declaração de Direitos, na qual os estudantes poderão dar um título próprio e reeditar ou elaborar os artigos previstos.

Nos últimos 5 minutos, os alunos podem apresentar sua produção ao restante da turma, socializando suas considerações.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08HI10, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Data show para projetar as imagens. Se não houver esta possibilidade, levar a cópia impressa da imagem, da bandeira e dos textos.

Material complementar:

Imagens do Contexto - Ideais da Revolução Francesa e Bandeira do Haiti:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/zRSfnSuDcQa6MfdUbzNzACZrWTX6ufd6PP9hs7ufDx5cnKVFKYnwjnqJEamD/his8-10und02-contexto.pdf

Trecho da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão e Trecho da carta enviada por Toussaint L’Overture ao Diretório Francês:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NBvxTBVBAfdh9TYSTtAXT4ZH4VJjXYXRszC8CCrTxpzFkruAUefN8jrGJaxU/his8-10und02-problematizacao.pdf

Material complementar - comparação Napoleão e Rei Henri I:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3FHGVrfV2Rpv7CWSZqt8f6bedfwgYMVqaahH9D7SxnGAGMBnEKxBMUHFrmzr/hist8-10und02-sugestao-complementar-napoleao-e-henri-i-do-haiti.pdf

Professor, para que os alunos aprendam a interpretar fontes históricas, é muito importante que você não forneça a eles as informações básicas sobre a fonte histórica antes da leitura de cada uma delas. Não comece a aula com uma exposição sobre o contexto histórico destes documentos, pois isso os impediria de construir o Contexto com base nas fontes, que é o objetivo central da aula de História.

Para você saber mais:

  • Trecho de música “O Haiti”, de Ellen Oléria:

“Além do efeito dos tremores da terra

O efeito de anos e anos de guerra

Desespero de quem nunca viu vida liberta”

Link: https://www.youtube.com/watch?v=06Nb_DOB0Ug

Justificativa: A canção pode ajudar a problematizar o conceito de liberdade para a atual situação do Haiti após diversos conflitos internos e o abalo sísmico de 2010. Caso o professor queira utilizá-la nesta aula, sugiro que seja inserida após o debate das fontes, na Sistematização. Antes da produção final da aula, a música poderia ser apresentada para questionar à turma: O Haiti é, de fato, livre?

  • Caso o professor queira explorar melhor a relação entre a Independência do Haiti e os ideais da Revolução Francesa, sugiro uma análise comparativa das pinturas representando Napoleão Bonaparte e o Rei Henri I do Haiti:

Imagem 1: Napoleão I com seu manto de coroação. Obra No Palácio de Versalhes, de François Gérard. https://napoleonbonaparte.files.wordpress.com/2008/03/napoleon-en-costume-de-sacre.jpg

Imagem 2: Rei Henri I do Haiti (Henri Christophe) - Obra Emperor Christophe, sem referência de autoria.

https://www.latinamericanstudies.org/haiti/christophe-emperor.jpg

Justificativa: Retomar a relação metrópole-colônia existente entre França e Haiti, associando o imperador francês ao processo de Independência haitiano. Como a proposta da aula é relacionar a Revolução Francesa à Independência do Haiti, indico comparar Napoleão ao rei Henri I (sucessor de Dessalines) num exercício de análise das rupturas e permanências. Convém chamar a atenção dos alunos para as semelhanças presentes nas duas imagens: a posição de ambos, os trajes e os calçados repletos de bordados, o manto, a espada e a coroa de louros. Após, convém notar as diferenças entre as pinturas: enquanto Napoleão aparece sozinho em seu palácio com seu cetro, seu trono e outros símbolos de poder, Henri I aparece em algo similar a uma sacada onde aparece o povo haitiano (majoritariamente negro), indicando a participação popular no processo de Independência do Haiti.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Apresente o objetivo aos alunos, escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso do projetor, apresente este slide e faça uma leitura coletiva. É muito importante começar com a apresentação do objetivo para que os estudantes entendam a proposta e compreendam qual a expectativa de aprendizado no fim da aula.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Questione os estudantes sobre a imagem, que apresenta os ideais da Revolução Francesa:

  • A qual país se refere esta bandeira ilustrada? (A bandeira é da França, suas cores são azul, branco e vermelho).
  • Quais conceitos presentes na imagem? (liberdade, igualdade e fraternidade).
  • Tais ideias são importantes para outros povos? (espera-se que os estudantes reconheçam os valores como importantes para todos os povos, enquanto valores humanos).
  • Tais conceitos foram também reivindicados, por exemplo, pela sociedade haitiana em meio a seu processo de Independência. Com relação a isso, o que poderiam significar liberdade, igualdade e fraternidade naquele contexto? (Neste momento o objetivo é identificar os saberes prévios dos estudantes a respeito do Haiti e seu processo histórico, assim como de levantar hipóteses que serão verificadas ao longo da aula).

Caso não seja possível projetar a pintura, o professor pode levar a imagem impressa colorida. Caso imprima em preto e branco, informe os estudantes acerca da disposição de cores da imagem original.

Para saber mais:

NORONHA, Aline Garcia Chaves. Mesmas ideias, rumos diferentes: um paralelo entre a revolução francesa e a revolução haitiana. Ameríndia-História, cultura e outros combates., v. 5, n. 1, p. 09, 2010. Disponível em: http://repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/14988/2/2010_art_agcnoronha.pdf . Acesso em: 2/12/2018.

ROMANI, Carlo. As ideias da Revolução Francesa e os movimentos de Independência latino-americanos. Disponível em: https://scholar.googleusercontent.com/scholar?q=cache:DxkggT-d-2QJ:scholar.google.com/+As+id%C3%A9ias+da+Revolu%C3%A7%C3%A3o+Francesa+e+os+movimentos+de+Independ%C3%AAncia+latino-americanos&hl=pt-BR&as_sdt=0,5 . Acesso em: 2/12/2018.

Slide Plano Aula

Orientações: Analise com os estudantes a presença das cores da bandeira da França e de símbolos da liberdade (grilhões no chão) e do povo haitiano - verificando a influência francesa na constituição da nova nação.

Deste modo, questione a turma:

  • Observem a bandeira do Haiti. De que modo ela indica a relação com a metrópole francesa? (As cores da bandeira do Haiti mantêm sua relação com a metrópole (França). Além disso, alguns dizeres em francês estão presentes no brasão ao centro da bandeira).
  • De acordo com o lema inscrito na bandeira, qual valor está sendo ressaltado? Há alguma semelhança entre ele e os ideais da revolução francesa? (O lema valoriza a ideia da “União”, como importante para o fortalecimento. Isso remete especialmente a ideia de fraternidade, presente na revolução francesa).
  • Como os demais valores e simbolismos atribuídos a Revolução francesa (slide anterior) aparecem na bandeira do Haiti? ( A partir da observação da imagem e comparação com a bandeira apresentada anteriormente, os estudantes podem identificar a presença da ideia de luta (presença de armamentos; na imagem anterior estava presente como um punho cerrado) por um ideal. As correntes presentes no chão, podem remeter, neste sentido, a ideia de liberdade e igualdade).

Fonte: Wiki Commons. Disponível em: https://www.google.com/url?q=https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/56/Flag_of_Haiti.svg/1200px-Flag_of_Haiti.svg.png&sa=D&ust=1543768673407000&usg=AFQjCNGg18rLsx4TKYOyLCn9XnzlCdYxXQ . Acesso em: 2/12/2018.

Caso não seja possível projetar a pintura, o professor pode levar a imagem impressa colorida.

Para você saber mais:

NORONHA, Aline Garcia Chaves. Mesmas ideias, rumos diferentes: um paralelo entre a revolução francesa e a revolução haitiana. Ameríndia-História, cultura e outros combates., v. 5, n. 1, p. 09, 2010. Disponível em: http://repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/14988/2/2010_art_agcnoronha.pdf . Acesso em: 2/12/2018.

ROMANI, Carlo. As idéias da Revolução Francesa e os movimentos de Independência latino-americanos.Disponível em: https://scholar.googleusercontent.com/scholar?q=cache:DxkggT-d-2QJ:scholar.google.com/+As+id%C3%A9ias+da+Revolu%C3%A7%C3%A3o+Francesa+e+os+movimentos+de+Independ%C3%AAncia+latino-americanos&hl=pt-BR&as_sdt=0,5 . Acesso em: 2/12/2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 18 minutos.

Orientações: Leia com a turma o trecho da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão e o trecho da carta enviada por Toussaint L’Overture ao Diretório Francês. A partir deles, os alunos devem perceber como os ideais da Revolução Francesa foram apropriados como estratégia política, motivando a união do povo haitiano na busca por sua Independência e fim da escravidão.

Trecho da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão (1789) e Trecho da carta enviada por Toussaint L’Overture ao Diretório Francês:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NBvxTBVBAfdh9TYSTtAXT4ZH4VJjXYXRszC8CCrTxpzFkruAUefN8jrGJaxU/his8-10und02-problematizacao.pdf

Sobre o trecho da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão (1789), questione:

  • Quais as contradições entre o que pregava a Declaração dos Direitos e a realidade social vivida pelos haitianos no fim do século XVIII? (A persistência da escravidão na colônia haitiana)
  • O que vocês entendem por direitos naturais? (liberdade, a propriedade, a segurança e a resistência à opressão)
  • De acordo com o documento, a liberdade é um direito natural. Ela estava sendo respeitada no Haiti? (Não, pois havia escravidão. Lembre os alunos, caso necessário, que o país era colônia da França e Napoleão havia restaurado a escravidão após chegar ao poder em 1799).
  • O documento trata como um direito a resistência à opressão. Como isso podia ser apropriado no contexto haitiano? (com a luta pela independência do Haiti e o fim da escravidão).

Sobre o trecho da carta enviada por Toussaint L’Overture ao Diretório Francês, questione:

  • Quem está enviando a carta? Quem é ele? (Um homem chamado Toussaint L’Overture, que é de São Domingos - Haiti).
  • A quem a carta está sendo enviada? (Ao Diretório Francês).
  • Como os ideais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade da Revolução Francesa aparecem na carta de Toussaint L’Overture (um dos líderes do processo de Independência)? (Aparece como valores importantes a serem respeitados pela França).
  • Tais ideais influenciaram a independência do país juntamente com o fim da escravidão na antiga colônia? É possível perceber isso na carta? (Sim. O autor da carta reconhece estes ideais como importantes e espera que a França não os traia, caso o faça, reconhece que haverá luta para manter o fim da escravidão).
  • Toussaint e seu povo estavam dispostos a abrir mão de sua liberdade? Justifique. (Não, a carta sugere que arriscariam a própria vida para defender sua liberdade).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Proponha aos alunos que apresentem a contradição dos conceitos de Liberdade, Igualdade e Fraternidade da Revolução Francesa aplicados ao contexto do Haiti. A ideia é de que expressem o quanto era contraditória a defesa de liberdade, igualdade e fraternidade na França enquanto a escravidão e a exploração da metrópole sobre a colônia era mantida no Haiti. Isso deverá ser feito por meio da redação de uma nova Declaração de Direitos, na qual os estudantes poderão dar um título próprio e reeditar ou elaborar os artigos previstos.

Nos últimos 5 minutos, os alunos podem apresentar sua produção ao restante da turma, socializando suas considerações.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Os processos de independência nas Américas do 8º ano :

MAIS AULAS DE História do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08HI10 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano